Você está na página 1de 12

TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO: POSSIBILIDADES E DESAFIOS

Marcos Rogério Martins1
Resumo
Neste trabalho pretende-se analisar os recursos existentes nas Tecnologias da Informação de
modo a contribuir para o enriquecimento da prática pedagógica dos professores de
Geografia com os recursos tecnológicos, como ferramentas que facilitem o processo de
ensino e aprendizagem. Diante disso, o problema que norteia este trabalho esta pautado no
seguinte questionamento: quais os desafios enfrentados na adoção das tecnologias na
educação, bem como as probabilidades de desenvolver a inserção das tecnologias nas
práticas cotidianas dos professores? Buscou-se também a abertura para discussões em torno
de temáticas que envolvem o uso das tecnologias na educação, sobretudo, na perspectiva dos
desafios e as possibilidades.

[Palavras - chave:] Tecnologia, Educação e Ensino de Geografia.

Abstract
This paper aims to analyze the existing resources in Information Technology in order to
contribute to the enrichment of the pedagogical practice of Geography teachers with
technological resources, such as tools that facilitate the process of teaching and learning.
Thus, the problem that guides this work is guided by the following question: what are the
challenges faced in the adoption of technology in education well as the probabilities of
developing the insertion of technologies in the daily practices of teachers? The aim was also
the opening for discussions around issues that involve the use of technology in education,
especially in view of the challenges and possibilities.

[Keywords - Keywords:] Technology, Education and Geography Teaching.

1

Graduando em Licenciatura em Ciência da Computação pela Universidade do Estado da Bahia – (UNEB),
mrogeriomartins@hotmail.com

na percepção do mundo. considerando a tecnologia como sua aliada. como todo trabalho humano especializado. simulação e jogo.1. tanto como ferramenta de pesquisa ou fonte de notícias. Os professores. Tardif & Gauthier (2001. pela qual a sociedade vem passando. Talvez a tarefa que pareça mais clara para esse profissional seja a de fazer um elo entre outras disciplinas e a tecnologia. A internet com certeza é a ferramenta que mais proporciona possibilidades. Dentro da sala de aula uma das barreiras que o licenciado em computação encontra é nivelar o conhecimento da informática. pois devido a fatores como o conhecimento superficial das novas tecnologias de professores e alunos e profissionais (professores) não habilitados. Assim. “geram transformações na consciência individual. pode ser utilizada de diversas outras maneiras. ou até mesmo dispondo de outros aparelhos. certos saberes específicos que não são partilhados por todos e que permitem ao grupo de professores assentarem suas atividades sobre uma determinada base de saberes típicos desse ofício. 1999). poder cooperar com o aprendizado de disciplinas como geografia. invenção ou reinvenção do mundo. novos valores e nas formas de atuação social”. exercícios ou prática. as novas tecnologias da informação e da comunicação são incorporadas no ensino com o uso dos computadores como recursos didáticos. exige-se destes agreguem um rol de saberes ou competências que incluem o domínio de tecnologias. Na educação. utilizando de softwares específicos ou softwares educacionais. As formas de utilização dos computadores podem ser classificadas em várias modalidades: tutorial. p. O desenvolvimento tecnológico. é exatamente o que ensinar para esses alunos. mas também às mudanças. outro problema a ser resolvido. visto como uma ação dos homens deve vincular-se não à adaptação. demonstração. 204) apontam que o trabalho de ensinar requer. (BRASIL. Introdução Todas as mudanças tecnológicas. Outra questão é de como tirar o uso da tecnologia de dentro do laboratório de informática. Quais as ferramentas que podem ser utilizadas dentro da sala de aula? Como 2 . como os principais responsáveis pela mediação da aprendizagem do aluno devem apropriar-se da cultura digital. apesar da informática ter várias ramificações escolher entre assuntos simples e complexos não é uma tarefa fácil.

No decorrer deste trabalho. sendo estes: Tecnologia e educação. Dentre alguns autores pesquisados pode-se destacar Marx (1978). entre outros autores de grande relevância na temática. além de expor os resultados obtidos com a pesquisa de campo. Logo. inicialmente foi realizada uma pesquisa de cunho teórico que permitisse reconstruir os argumentos que estruturam os limites e as possibilidades da educação mediada pelas Tecnologias da Informação e das Comunicações (TICs). trabalhar com a tecnologia de forma integrada e articulada com outras disciplinas pode contribuir de forma significativa na construção de outros saberes. além desta Introdução e das Considerações Finais. neste trabalho discutisse as possibilidades e desafios das tecnologias na 3 . assim como. A seção 2 é onde se estabelece o quadro teórico referente aos conceitos contextualizando a temática.podem ser utilizadas? Não se pode deixar de levar em conta a realidade de cada local. relacionando às discussões existentes. Usar o computador de forma a tornar a aula mais interativa. então essas perguntas dependem de fatores extra sala de aula. verificar o paralelo entre Tecnologia e Educação. O trabalho se divide em duas seções. Para responder tais questionamentos. criativa e inteligente. Moraes (1993). Não da para idealizar o uso da informática. auxiliado pela literatura atual. A seção 3 apresenta uma reflexão sobre as novas tecnologias da informação e comunicação na perspectiva do ensino de Geografia. A orientação teórico-conceitual que subsidiou esta pesquisa repousa sobre os trabalhos das novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) e da Educação com enfoque para as possibilidades e desafios no processo de ensino e aprendizagem na disciplina de Geografia. ela tem que ser adequada às ferramentas e à estrutura de cada escola. O trabalho metodológico se insere numa linha interpretativa que exponha a rede conceitual que nos permite compreender o objeto de pesquisa e refletir sobre a percepção dos professores de geografia tecendo discussões com autores que discorrem sobre a temática Tecnologias na Educação. envolvente. com a finalidade de compreender as especificidades da mesma. Alves (2009) e Brito e Purificação (2008). dois conceitos são fundamentais no sentido que perpassam direta e indiretamente por todas as seções. para obter um respaldo científico.

até os que ocupam as instâncias públicas educacionais. 2. 1978) Atenta a estes movimentos. são ferramentas que propiciam ao sujeito a construção do conhecimento. a escola. É relevante que a escola absorva os conhecimentos referentes às inovações da tecnologia para poder repassá-los a sua clientela. especialmente princípios científicos que se aplicam a um determinado ramo de atividade. O fato das tecnologias estarem presentes em todos os setores da sociedade. em linhas gerais. A palavra tecnologia tem como significado o conjunto de conhecimentos. enquanto instituição social é convocada a atender de modo satisfatório as exigências da modernidade. para as autoras.educação. acerca do conceito das TICs. no que se refere ao acesso às Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). o processo imediato de produção de sua vida e assim elucida as condições de sua vida social e as concepções mentais que delas decorrem. pois a escola. (. educação e tecnologia. De acordo com Marcelino (2014). o uso das tecnologias educacionais merece ser considerado por todos os profissionais da educação. é preciso que a escola propicie esses conhecimentos e habilidades necessários ao educando para que ele exerça integralmente a sua cidadania. Antes de qualquer abordagem sobre os aspectos que envolvem a tecnologia no contexto da educação. ou idade da pedra lascada.. enquanto instituição social tenta incorporar o uso das TIC ao seu cotidiano. os avanços tecnológicos se fizeram presente desde a préhistória.. Tecnologia da Informação e Comunicação e Educação: Conceitos e contextualização As mudanças que ocorreram nos mais diversos setores da sociedade foram influenciadas pelas inovações tecnológicas. as tecnologias movimentam as transformações sociais e proporcionam uma série de mudanças na forma como se constrói o mundo e o conhecimento. faz-se necessário uma contextualização. principalmente. desde os que estão inseridos na escola. Desta forma. segundo Brito e Purificação (2008). constitui um justo argumento para sustentar sua necessidade na escola e na educação. Já no período paleolítico. Dessa forma.) A tecnologia revela o modo de proceder do homem para com a natureza. o homem utilizava ferramentas 4 . pois. (Marx.

com o passar do tempo. Em 1700 foi inserido o quadro negro nas escolas e o livro inserido 100 anos depois. Depois utilizando de uma mistura com o estanho passou a utilizar o bronze e posteriormente o ferro. o homem começou a utilizar técnicas de agricultura e polir as pedras para confeccionar suas ferramentas. mesmo com o surgimento da escrita em meados de 4000 a. Depois.C. Atualmente as tecnologias digitais estão invadindo as salas de aula. conduziram à passagem da Sociedade Industrial para a Sociedade da Informação. Esse período ficou conhecido como neolítico ou idade da pedra polida. As tecnologias audiovisuais só foram inseridas a partir do século XX. pois o impulso tecnológico do século XX marca as instituições sociais e interfere em todos os setores da atividade humana. em outros períodos. Essas duas últimas tecnologias ainda estão presentes nas escolas. 5 . a construção do coliseu e. as navegações e a revolução industrial. embora esta mediação seja mais marcante na sociedade contemporânea. as transformações que ocorreram no mundo contemporâneo. seu primeiro uso na educação foi através das transcrições dos manuscritos. onde o homem começou a utilizar primeiro o cobre. uma sociedade da comunicação generalizada. a relação do homem com a natureza foi sempre mediada pela tecnologia. por exemplo. a tecnologia também esteve presente desde os tempos mais remotos. marcada pelo predomínio dos meios de comunicação. Ainda segundo Marcelino (2014). Na educação. em 1600 surgiu à educação pública que contava com a presença do professor. desenvolvimento e aplicação das novas tecnologias.feitas de pedras para realizar atividades como a caça e a pesca. e com a invenção do papel na China. passavam conhecimentos através de desenhos feitos nas paredes. Assim. Logo em seguida veio o período conhecido como a idade dos metais caracterizada pela substituição das ferramentas feitas de pedra pelas feitas de metal. como rádio em 1920 e a televisão em 1960. Os homens das cavernas. as construções das pirâmides. Segundo Alves (2009).. motivadas pelo incremento. Na Grécia antiga o conhecimento era passado de forma verbal pelos grandes filósofos. A tecnologia sempre se fez presente na evolução do homem e alguns acontecimentos históricos ficaram marcados através do uso da tecnologia a qual o homem disponha à época como o surgimento das civilizações. porém o conhecimento era transmitido de forma similar à utilizada na Grécia antiga. a construção dos templos gregos.

um novo modo humano de ser. As novas tecnologias da informação e comunicação na perspectiva do ensino de Geografia Um ponto de partida relevante para se refletir é como proporcionar a construção do conhecimento geográfico. mas.. 3. espera-se que a escola crie novas formas de ensinar. portanto. como são repassados cotidianamente para os sujeitos. Neste sentido. mas são linguagens de interação. construtores da ciência e participantes da reconstrução do mundo. aliando ao uso das tecnologias de informação e comunicação. Possuem como características principais a agilidade. faz-se necessário compreender o papel dos professores e da escola na formação do indivíduo na contemporaneidade.. numa perspectiva moderna e própria de desenvolvimento. Burnham. a partir da percepção de professores de Geografia. não 6 . a paridade e a possibilidade de manipulação do conteúdo e da informação por meio da digitalização e comunicação em redes. com todo o aparato tecnológico que faz parte do contexto escolar.As TICs são um conjunto de recursos tecnológicos que proporcionam um novo modo de comunicação. Desta forma MORAES (1993) afirma que: Pensar na formação do professor para exercitar uma adequada pedagogia dos meios. que produzem mudanças comportamentais e terminam sendo incorporadas ao modo de vida do indivíduo”. o esforço para discernir aquilo que realmente é uma informação com fins educativos desafia professores e alunos a uma grande missão: a de utilizar os objetos técnicos como meio para compreensão do conteúdo geográfico. numa educação capaz de manejar e de produzir conhecimento. Assim. É necessário também compreender como se dá a construção e reprodução dos saberes. é pensar no amanhã. como elementos estruturantes de uma nova razão e de novos modos de aprender. compreendendo que tais concepções podem vir em formatos variados. uma pedagogia para a modernidade. sim. No entanto. Neste contexto. além de discutir o seu conteúdo.. Não se pode considerá-las como simples instrumentos. instituindo. apud Carvalho e Schwarzelmüller (2003) também considera que “[.] E desta forma seremos contemporâneos do futuro..] tecnologias não são apenas suportes. fator principal das mudanças que se impõem [.

para vida social e para o trabalho. como apresentam as figuras 01 e 02.existem modelos prontos ou receitas. a motivação. estão inseridos. na escola é uma necessidade real ao ensino de Geografia como percebemos nos dados apresentados. Figura 02 Figura 01 Vantagens no uso pedagógico dos recursos computacionais nas salas de aula 15 10 Construção do Conhecimento É fácil incluir as TICs no processo de Aprendizagem? 15 10 Sim Motivação Não 5 5 Dinamismo 0 0 Fonte: Pesquisa de campo (questionários) – Novembro -2014 O avanço da tecnologia nos últimos anos é evidente. o dinamismo e que é fácil a inclusão das TICs no processo de aprendizagem. em um período compreendido entre 18 e 27 de novembro de 2014. Na realização desta pesquisa foram aplicados 20 questionários com professores licenciados em Geografia que atuam em escolas da rede pública e privada do município de Santo Antônio de Jesus-BA. não se trata de modismo. professores e alunos. é necessário reinventar. Assim a pesquisa de campo revelou algumas destas percepções. Estas opiniões reafirmam que estas ferramentas auxiliam os alunos na aprendizagem e são embasadas nos Parâmetros Curriculares Nacionais de Ensino Médio (2002. Para compreender a integração entre tecnologia e educação e as possibilidade e desafios do seu uso. quando afirmam que os recursos das TICs oferecem vantagens no uso pedagógico e contribuem com a construção do conhecimento. pois a maioria dos entrevistados compartilham a mesma opinião. A utilização das TICs. nada mais relevante do que valorizar as percepções dos professores em suas práticas pedagógicas. recriar e reorganizar a escola de forma que se alcance um ensino de qualidade adequado à realidade onde estes sujeitos. 50). Porém. sua socialização material e intelectual ainda caminha distante de um envolvimento mais amplo e sem 7 . Portanto. p. quando diz que o uso do computador no ensino e aprendizado escolar deve constituir-se também em instrumento da cidadania.

.) é imprescindível que o professor demonstre suas potencialidades e sua capacitação para apresentar não apenas a importância das TICs. uma formação que capacite o docente a utilizar recursos modernos dentro da sala de aula. dentre eles a formação do professor para a melhoria no ensino aprendizagem. (. Figura 04 Figura 03 Dificuldades encontradas no uso da tecnologias na escola no âmbito da prática pedagógica 10 8 Falta de Conhecimento Um profissional licenciado em computaçãocontribuiria com as aulas de geografia? 20 15 6 2 Falta Plano Pedagógico Utilizando a Informática 0 Outros 4 10 Sim Não 5 0 Fonte: Pesquisa de campo (questionários) – Novembro -2014 Partindo desta discussão. mas também como elas podem ser apropriadas no ensino/aprendizagem e possam ser inseridas em sua prática pedagógica3..) existem vários e novos obstáculos para saber lidar com as TICs. Percebemos esta inquietação. leciona no Ensino Médio em escola privada. Percebemos esta disparidade quando indagamos os professores sobre o uso das tecnologias nas escolas e quais as dificuldades encontradas no âmbito da prática pedagógica? Pode-se constatar pela figura 03 que a dificuldade ao acesso ou a ausência desses recursos é uma evidência importante a ser considerada.. metodologias que envolvam os conteúdos e construção de conhecimentos apropriados à utilização adequada daqueles recursos com fins educativos2.leciona no Ensino Fundamental e Médio da rede pública do município.. 8 . 3 Professor Licenciado em Geografia desde 2010. dentre eles. Baseados nas necessidades de um novo perfil profissional surgem inquietações e novos desafios. sinalizada na figura 04. 2 Professora Licenciada em Geografia desde 2004. podemos perceber a importância que assume a compreensão crítica das TICs para o sistema educacional.discriminações sociais para seu uso. quando os professores afirmam que um profissional licenciado na área de computação traria grandes contribuições nas práticas pedagógicas e complementam com os relatos: (.

pois será preciso pensar novas teorias e metodologias que direcionem os professores a construir junto aos seus alunos percursos próprios. pois a quantidade de informação disponível necessita ser filtrada. com seu aporte teórico e prático. conforme sua realidade. por exemplo. a consciência crítica da utilização e o entendimento aprofundado dos meios e das suas linguagens. também é imperativo realizar reflexões sobre as culturas. softwares de geoprocessamento. tem como responsabilidade o de auxiliar o professor de geografia a elaborar aulas que utilizem de recursos computacionais como. Pois. além de minimizar os problemas estruturais. o uso das tecnologias na escola está além de disponibilizar tais recursos. consta a “capacidade de manejar instrumentos tecnológicos: para trabalhar melhor a transmissão do conhecimento e a socialização das informações e também fazer dos instrumentos eletrônicos componentes formativos e emancipatórios”. Desta forma. ficando este trabalho destinado ao licenciado em Computação que. onde afirma que dentre os saberes necessários à formação docente. considerando. Considerações Finais Com a integração da educação e a tecnologia. e assim elucida as condições de sua vida social”. a qual é amparada em Demo (1996. neste processo. Aqui cabe lembrar o que diz Marx (1978) quando afirma que a “tecnologia revela o modo de proceder do homem para com a natureza. 28). que domina as habilidades essenciais de uso das 9 . Ficou evidente que mesmo com todos os recursos proporcionados pelas Tecnologias os professores de geografia não possuem conhecimento suficiente para utilizar as TICs para enriquecer suas aulas. pode-se destacar que o professor que tem trabalhando com um profissional licenciado em Computação. Este trabalho buscou apresentar que os novos desafios para o ensino de Geografia a partir uso das TICs são bastante amplos. navegadores gráficos e enciclopédias digitais. se torna mais explícita a força da ideia de transformações sociais. p. 3. ele implica aliar método e metodologia na busca de um ensino mais interativo. a incorporação das Tecnologias como uma resposta ao anseio de mudanças na educação tornou-se amplamente facilitada. lugares e comportamentos acessados virtualmente.A análise sobre a importância dos professores licenciados na área de computação fica evidente nos relatos dos professores.

Parâmetros Curriculares Nacionais – Ensino Médio. Taíses Araújo da Silva. Anna Friedericka.TICs. S. Pedro. O professor como ator racional: que racionalidade. E. Educação e novas tecnologias um repensar.. ed. Ministério da Educação. G. CHARLIER.com/watch?v=bxzL_Is1dHc&list=WL&index=7>. GAUTHIER. Brasília: MEC. 4. Salvador. Disponível em: < http://www. Brasília: MEC. que saber. Secretaria de Educação Fundamental. fator principal das mudanças que se impõem numa educação capaz de manejar e de produzir conhecimento. PAQUAY. A História da Tecnologia na Educação. Referências ALVES. uma pedagogia para a modernidade. Curitiba: Ibpex. 03’41”.L. Informática educativa: dimensão e propriedade pedagógica. O Humano e o tecnológico nas organizações: Tecnologia multimídia.>. 1978. TARDIF. In.grupolusofona.com/pt/document/view/27720834/ohumano-e-o-tecnolagico-nas-organizaaaues-rede-dcc/7>. 1.yumpu. 2003. Disponível em: <http://www. MORAES. Kátia de. 1999.. 2002. Terezinha Froes. ALTET. suas conveniências e superar seus desafios. 2008. que julgamento? In: PERRENOUD. Autores Associados.. I.. v. possui um grande aliado que ajuda em seu trabalho de ensinar. C. EC. O Capital. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. C. PURIFICAÇÃO.. SEMT. MARCELINO. 1993. Acesso em: 26 de setembro de 2014. L. Assim. Educar pela Pesquisa. DEMO. Karl.. SCHWARZELMÜLLER. Acesso em: 04 de setembro de 2014. Lisboa. 2009. as TICs na Educação situam-se como um processo complexo. que deve ser constantemente submetido a critérios educativos para aplicar suas possibilidades. BRITO. a formação do professor favorece uma adequada pedagogia dos meios. 1996.. Campinas: Ed. 10 . M.Acesso em: 19 de Outubro de 2014. Maceió: Mimeo. Tecnologias da Informação e Comunicação. MARX. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. a luz do que diz Moraes (1993). Tecnologias de informação e comunicação (tic) nas escolas: da idealização à realidade estudos de casos múltiplos avaliativos realizado em escolas públicas do ensino médio do interior paraibano brasileiro. pois. 2. P. M. BRASIL. um novo instrumento de tecnologia. CARVALHO. BURNHAM.M. 1./taisesaraujoversaofinal.youtube. Disponível em: <https://www. Juliano.pt/. São Paulo: Difel.

11 .(org) Formando professores profissionais: quais estratégias? Quais competências? Porto Alegre: ArtMed. 2001.

Nome (opcional): _________________________________________________________ 2. É destinado a um grupo de professores licenciados em Geografia. Tempo de Magistério (em anos): _____________________________________________ 4. 8. No seu curso de licenciatura. 5. É fácil incluir as TICs no processo de aprendizagem? ( ) sim ( ) não 16. A elaboração de aulas usando recursos computacionais exige um tempo maior de preparação? ( ) sim ( ) não 12. Você utiliza o computador no seu dia a dia em casa? ( ) sempre ( ) às vezes ( ) nunca 7. PowerPoint) ( ) Software de navegação na Internet e redes sociais ( ) Outros. Um profissional licenciado na área de computação contribuiria com suas aulas? ( ) sim ( ) não ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ 12 . estudou disciplina(s) voltada(s) para a utilização do computador na Educação? ( ) sim ( ) não 6.APÊNDICE UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA – UNEB QUESTIONÁRIO SEMIESTRUTURADO Este questionário semiestruturado é parte integrante do Trabalho de Conclusão do Curso de Licenciatura em Ciências da Computação da Universidade do Estado da Bahia – UNEB. ( ) Softwares Educacionais ( ) Internet ( ) Datashow ( ) Smatphones/tablet ( ) outros 11. Quais vantagens você vê no uso pedagógico dos recursos computacionais para suas aulas? ( ) construção do conhecimento mais rápida ( ) motivação ( ) dinamismo ( ) outros 14.Você utiliza o computador para preparar suas aulas? ( ) sim ( ) não 9. Nível de ensino que atua: ( ) Fundamental ( ) Médio ( ) Outro. Quais fatores contribuem para o pouco uso do computador pelos professores? ( ) Condições ruins do laboratório ou não existência dos mesmos ( ) Falta de suporte técnico ( ) Insegurança pela falta de prática ( )Alunos indisciplinados ( ) Outros 13. Com o tema: “Tecnologia na Educação: possibilidades e desafios”. quais as dificuldades encontradas no âmbito da prática pedagógica? ( ) falta de conhecimento ( ) falta plano pedagógico utilizando a informática ___________________________________________________________________________ 15. Você pesquisa na Internet para preparar aulas e materiais? ( ) sim ( ) não 10. Excel. 1. Assinale os recursos que mais utiliza nas suas aulas. Sua instituição possui recursos para essa inclusão? ( ) sim ( ) não 17. Tendo em vista o uso das tecnologias na escola. Sexo: ( ) masculino ( ) feminino 3. Quais os recursos que mais utiliza em casa? ( ) Software educacional e pacote office (Word.