Você está na página 1de 3

MONOGRAFIA

MONOGRAFIA É FALAR QUASE TUDO SOBRE QUASE NADA.

1 TEMA O título deve seguir a linha de pesquisa da instituição em que o aluno ingressa. Deve ser possível, de acordo com as exigências da coordenação do curso. Deve ser factível = campo acessível, bibliografia disponível. Não deve ser compilação Não deve ser panorâmico.

Deve ser MONOGRÁFICO: fundamentação histórica, tratamento teórico do objeto estudado de forma aprofundada.

2 APRESENTAÇÃO E JUSTIFICATIVA gênese do trabalho.

Importância do trabalho na conjuntura atual, científica.

3 ENUNCIAR O OBJETO E SEUS LIMITES tornar claro o objeto e o assunto a ser tratado.

BALIZAS (limites): espaço tempo pessoas (à que população se refere) autores a serem investigados

4 INDAGAÇÕES OU PROBLEMATIZAÇÃO

Questões fundamentais em torno do objeto. Questões claras e objetivas. Sempre como interrogação.

5 HIPÓTESES

problema. (Cuidado para não formular hipóteses desconexas).

opção por uma solução, posição ou encaminhamento do

6 OBJETIVO resultados a serem atingidos pela monografia.

7 ANUNCIAR O QUADRO TEÓRICO explicitar a fundamentação teórica da demonstração. A teoria é sempre um “pano de fundo” ou categoria de análise pela qual o autor opta.

É preciso definir com clareza o quadro teórico clareza nas principais

categorias nas quais o texto recorre.

O quadro teórico é o sustentáculo de toda nossa narrativa lógica.

Não misturar referências teóricas que são dialeticamente opostas e

excludentes. Como entra o quadro teórico na monografia?

Um capítulo sobre o quadro teórico, com suas bases, suas leis, seus conceitos e normas. A teoria vai sendo evocada (explicitada e explicada) nos capítulos em que faz necessária sua sustentação.

8 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Como demonstraremos nossa hipótese? Será teórica ou teórico-empírica? Como será realizada a pesquisa? Qual será o modelo de entrevista? Qual a dinâmica? Qual a amostragem? Qual o tempo de acompanhamento? (quando houver) Haverá fotos? Haverá questionários? Etc

9 DISTRIBUIÇÃO DO TRABALHO Capítulos (com explanação sobre o tratamento de cada um, com o devido encaminhamento para o seguinte). Na apresentação será bastante compacto este item.

10 REFERÊNCIAS (BIBLIOGRÁFICAS)- livros, documentos, artigos, etc. Sem estes 10 passos não há monografia, apenas um trabalho didático, que não é a condição de aprovação de nossos cursos.

REFERÊNCIAS (BIBLIOGRÁFICAS)- livros, documentos, artigos, etc. Não esquecer a ordem alfabética e as normas de citação das obras. Seguindo as normas sempre atualizadas na apostila do curso. Não esqueçam que tudo deve estar claro e explicitado, faltando um item não é monografia.

LEMBRANDO NOVAMENTE PARA NÃO HAVER DÚVIDAS

TÓPICOS DA INTRODUÇÃO

Lembremos, tudo que DEVE CONSTAR DE UMA INTRODUÇÃO (DE MANEIRA EXPLÍCITA):

1 O que motivou a escolha do subtema?

2 A importância do tema.

3

Qual é o objeto que vocês irão trabalhar? Quais os seus limites?

4 Qual é a indagação central do trabalho?

5 Qual é a hipótese central?

6 Como pretendem demonstrá-la? Qual o método utilizado?

7 Que objetivos querem atingir?

8 Como se estrutura o trabalho? Capítulos, itens, etc.

CONCLUSÃO

Balanço retrospectivo do Trabalho. Síntese. Coroamento. Não pode ter nada de novo na Conclusão. Demonstrar comprovação da tese.