Você está na página 1de 19

Desenhar com a ferramenta Caneta

Desenho de segmentos de linha reta com a ferramenta


Caneta
O demarcador mais simples que você pode desenhar com a ferramenta Caneta é uma
linha reta, feita com a seleção da ferramenta Caneta para criar dois pontos de
ancoragem. Se você continuar clicando, criará um demarcador composto de segmentos
de linha reta conectados por pontos de vértice.

Clicar na ferramenta Caneta cria segmentos retos.

1. Selecione a ferramenta Caneta.


2. Posicione a ferramenta Caneta no local de início do segmento reto e clique para
definir o primeiro ponto de ancoragem (não arraste).
Observação:
o primeiro segmento que você desenhar não ficará visível até você clicar em um segundo ponto de
ancoragem. (Selecione a opção Elástico no Photoshop para visualizar segmentos do demarcador.)
Além disso, se aparecerem linhas de direção, você deve ter arrastado a ferramenta Caneta
acidentalmente; escolha Editar > Desfazer, e clique novamente.

3. Clique novamente onde você deseja que o segmento termine (clique com a tecla Shift
pressionada para restringir o ângulo do segmento a um múltiplo de 45°).
4. Continue clicando para definir pontos de ancoragem para segmentos retos adicionais.
O último ponto de ancoragem a ser adicionado sempre é um quadrado sólido, indicando
que ele está selecionado. Os pontos de ancoragem anteriormente definidos tornam-se
vazados e desmarcados conforme mais pontos de ancoragem são adicionados.
5. Complete o demarcador executando um dos seguintes procedimentos:
 Para fechar o demarcador, posicione a ferramenta Caneta sobre o primeiro ponto de
ancoragem (vazio). Um pequeno círculo aparecerá junto ao ponteiro da ferramenta
Caneta quando ela estiver posicionada corretamente. Clique ou arraste para fechar
o demarcador.
Observação: para fechar um demarcador no InDesign, também é possível
selecionar o objeto e escolher Objeto > Demarcadores > Fechar Demarcador.
 Para deixar o demarcador aberto, clique em qualquer lugar longe de todos os objetos
com a tecla Ctrl (Windows) ou Command (Mac OS) pressionada.
Para deixar o demarcador aberto, você também pode selecionar uma ferramenta
diferente ou escolher Selecionar > Cancelar seleção no Illustrator, ou
Editar > Cancelar todas as seleções no InDesign. No InDesign ou no Illustrator,
você também pode pressionar Enter ou Return para sair de um caminho aberto.

Desenho de curvas com a ferramenta Caneta


Você cria uma curva adicionando um ponto de ancoragem onde uma curva muda de
direção e arrastando as linhas de direção que formam a curva. O comprimento e a
inclinação das linhas de direção determinam a forma da curva.
As curvas são mais fáceis de serem editadas e seu sistema pode exibi-las e imprimi-las
mais rápido se elas forem desenhadas usando o menor número de pontos de ancoragem
possível. O uso de muitos pontos também pode gerar saliências indesejadas em uma
curva. Em vez disso, desenhe pontos de ancoragem bem espaçados e pratique a
formatação das curvas ajustando o comprimento e os ângulos das linhas de direção.
1. Selecione a ferramenta Caneta.
2. Posicione a ferramenta Caneta no local de início da curva e mantenha o botão do
mouse pressionado.
O primeiro ponto de ancoragem aparece e o ponteiro da ferramenta Caneta muda para
uma seta. (No Photoshop, o ponteiro muda apenas depois que você tiver começado a
arrastar.)
3. Arraste para definir a inclinação do segmento curvado que você estiver criando e, em
seguida, solte o botão do mouse.
Em geral, estenda a linha de direção a um terço da distância do próximo ponto de
ancoragem que planeja desenhar. (É possível ajustar posteriormente um dos lados da
linha de direção ou ambos.)
Pressione a tecla Shift para restringir a ferramenta a múltiplos de 45°.

Desenho do primeiro ponto em uma curva

A. Posicionamento da ferramenta Caneta B. Começando a arrastar (botão do mouse


pressionado) C. Arrastando para estender as linhas de direção
4. Posicione a ferramenta Caneta no local em que deseja que o segmento curvado
termine e execute um dos procedimentos a seguir:
 Para criar uma curva em forma de C, arraste em uma direção oposta à linha de
direção anterior. Em seguida, solte o botão do mouse.
Desenho do segundo ponto em uma curva

 Para criar uma curva em forma de S, arraste na mesma direção da linha de direção
anterior. Em seguida, solte o botão do mouse.

Desenho de uma curva S

Observação:
(Somente no Photoshop) Para alterar a direção da curva de maneira nítida, solte o botão do mouse e,
em seguida, com a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) pressionada, arraste o ponto de direção
na direção da curva. Solte a tecla Alt (Windows) ou Option (Mac OS) e o botão do mouse,
reposicione o ponteiro no local em que deseja que o segmento termine e arraste na direção oposta
para completar o segmento curvado.

5. Continue arrastando a ferramenta Caneta a partir de locais diferentes para criar uma
série de curvas suaves. Observe que você está colocando os pontos de ancoragem no
início e no final de cada curva, não na ponta da curva.
Observação:
Para interromper as linhas de direção de um ponto de ancoragem, arraste as linhas com a tecla Alt
(Windows) ou Option (Mac OS) pressionada.

6. Complete o demarcador executando um dos seguintes procedimentos:


 Para fechar o demarcador, posicione a ferramenta Caneta sobre o primeiro ponto de
ancoragem (vazio). Um pequeno círculo aparecerá junto ao ponteiro da ferramenta
Caneta quando ela estiver posicionada corretamente. Clique ou arraste para fechar
o demarcador.
Observação: para fechar um demarcador no InDesign, também é possível
selecionar o objeto e escolher Objeto > Demarcadores > Fechar Demarcador.
 Para deixar o demarcador aberto, clique em qualquer lugar longe de todos os objetos
com a tecla Ctrl (Windows) ou Command (Mac OS) pressionada.
Para deixar o demarcador aberto, você também pode selecionar uma ferramenta
diferente ou escolher Selecionar > Cancelar seleção no Illustrator, ou
Editar > Cancelar todas as seleções no InDesign.

Reposicionamento de pontos de ancoragem conforme


se desenha
 Após clicar para criar um ponto de ancoragem, mantenha o botão do mouse
pressionado, mantenha a barra de espaço pressionada e arraste para reposicionar o
ponto de ancoragem.

Conclusão do desenho do demarcador


 Conclua um demarcador de uma das seguintes maneiras:
 Para fechar um demarcador, posicione a ferramenta Caneta sobre o primeiro ponto
de ancoragem (vazio). Um pequeno círculo aparecerá junto ao ponteiro da
ferramenta Caneta quando ela estiver posicionada corretamente. Clique ou arraste
para fechar o demarcador.
Observação: para fechar um demarcador no InDesign, também é possível
selecionar o objeto e escolher Objeto > Demarcadores > Fechar Demarcador.
 Para deixar um demarcador aberto, clique em qualquer lugar longe de todos os
objetos com a tecla Ctrl (Windows) ou Command (Mac OS) pressionada.
Para deixar o demarcador aberto, você também pode selecionar uma ferramenta
diferente ou escolher Selecionar > Cancelar seleção no Illustrator, ou Editar > Cancelar
todas as seleções no InDesign. No InDesign, você também pode pressionar Enter ou
Return para sair de um caminho aberto.

Desenho de linhas retas seguidas de curvas


1. Usando a ferramenta Caneta, clique nos pontos de vértice em dois locais para criar
um segmento reto.
2. Posicione a ferramenta Caneta sobre a extremidade selecionada. No Illustrator e
InDesign, um ícone de conversão de pontos aparece ao lado da ferramenta Caneta
quando ela está posicionada corretamente (no Photoshop, uma pequena linha
diagonal, ou barra, aparece ao lado da ferramenta Caneta). Para definir a inclinação
do segmento curvado que será criado a seguir, clique no ponto de ancoragem e
arraste a linha de direção exibida.
Desenho de um segmento reto seguido por um segmento curvado (parte 1)

A. Segmento reto concluído B. Posicionando a ferramenta Caneta sobre a extremidade


(o ícone Converter Pontos aparece somente no Illustrator e no InDesign) C. Arrastando
o ponto de direção
3. Posicione a caneta onde deseja colocar o próximo ponto de ancoragem; em seguida,
clique (e arraste, se desejado) o novo ponto de ancoragem para completar a curva.

Desenho de um segmento reto seguido por um segmento curvado (parte 2)

A. Posicionamento da ferramenta Caneta B. Arrastando a linha de direção C. Novo


segmento curvado concluído

Desenho de curvas seguidas de linhas retas


1. Usando a ferramenta Caneta, arraste para criar o primeiro ponto suave do segmento
curvo, e solte o botão do mouse.
2. Reposicione a ferramenta Caneta no local em que deseja que o segmento curvo
termine; arraste para completar a curva e solte o botão do mouse.

Desenho de um segmento curvado seguido por um segmento reto (parte 1)

A. Primeiro ponto suave do segmento curvado concluído e a ferramenta Caneta


posicionada sobre a extremidade B.Arrastando para completar a curva
3. Posicione a ferramenta Caneta sobre a extremidade selecionada. Quando ela estiver
posicionada corretamente, um ícone de conversão de pontos aparecerá junto à
ferramenta. Clique no ponto de ancoragem para converter o ponto suave em um
ponto de vértice.
4. Reposicione a ferramenta Caneta no local em que deseja que o segmento reto
termine, e clique para concluir o segmento reto.

Desenho de um segmento curvado seguido por um segmento reto (parte 2)

A. Posicionando a ferramenta Caneta sobre uma extremidade existente B. Clicando na


extremidade C. Clicando no próximo ponto de vértice

Desenho de dois segmentos curvados conectados por


um vértice
1. Usando a ferramenta Caneta, arraste para criar o primeiro ponto suave de um
segmento curvado.
2. Reposicione a ferramenta Caneta e arraste para criar uma curva com um segundo
ponto suave; em seguida, mantenha pressionada a tecla Alt (Windows) ou Option
(Mac OS) e arraste a linha de direção na direção da extremidade oposta para definir a
inclinação da próxima curva. Solte a tecla e o botão do mouse.
Esse processo converte o ponto suave em um ponto de vértice dividindo as linhas de
direção.
3. Reposicione a ferramenta Caneta no local em que deseja que o segundo segmento
curvado termine, e arraste um novo ponto suave para concluir o segundo segmento
curvado.

Desenho de duas curvas

A. Arrastando um novo ponto suave B. Pressionando Alt/Option para dividir as linhas


de direção enquanto arrasta e oscilando a linha de direção para cima C. Resultado após
reposicionar e arrastar pela terceira vez
Desenho com a ferramenta Lápis
A ferramenta Lápis funciona basicamente da mesma forma no Adobe Illustrator e no
InDesign. Ela permite que você desenhe demarcadores abertos e fechados como se você
estivesse desenhando com um lápis no papel. Essa ferramenta é mais útil para fazer
esboços rápidos ou para criar uma aparência de desenho à mão livre. Quando você
desenha um demarcador, você pode alterá-lo imediatamente se necessário.
Os pontos de ancoragem são definidos conforme você desenha com a ferramenta Lápis;
você não determina onde eles serão posicionados. No entanto, você pode ajustá-los
quando o demarcador estiver concluído. O número de pontos de ancoragem definidos é
determinado pelo comprimento e complexidade do demarcador e por configurações de
tolerância na caixa de diálogo Preferências da ferramenta Lápis. Essas configurações
determinam a sensibilidade da ferramenta Lápis para o movimento do mouse ou do
digitalizador de tablets gráficos.

Desenho de demarcadores de forma livre com a


ferramenta Lápis
1. Selecione a ferramenta Lápis .
2. Posicione a ferramenta onde deseja que o demarcador comece e arraste para desenhar
um demarcador. A ferramenta Lápis exibe um pequeno x para indicar o desenho
de um demarcador de forma livre.
Conforme você arrasta, uma linha pontilhada segue o ponteiro. Os pontos de ancoragem
aparecem nas duas extremidades do demarcador e em vários pontos ao longo dele. O
demarcador adota o traçado atual e os atributos de preenchimento e permanece
selecionado por padrão.

Desenho de demarcadores fechados com a ferramenta


Lápis
1. Selecione a ferramenta Lápis.
2. Posicione a ferramenta onde deseja que o demarcador comece e comece a arrastar
para desenhar um demarcador.
3. Depois que você tiver começado a arrastar, mantenha a tecla Alt (Windows) ou
Option (Mac OS) pressionada. A ferramenta Lápis exibe um pequeno círculo (e, no
InDesign, uma borracha sólida) para indicar que você está criando um demarcador
fechado.
4. Quando o demarcador tiver o tamanho e a forma desejados, solte o botão do mouse
(mas não as teclas Alt ou Option). Depois que o demarcador fechar, solte as teclas
Alt ou Option.
Não é necessário posicionar o cursor sobre o ponto inicial do demarcador para poder
criar um demarcador fechado; se você soltar o botão do mouse em algum outro local, a
ferramenta Lápis fechará a forma criando a menor linha possível de volta ao ponto
original.
Edição de demarcadores com a ferramenta Lápis
É possível editar qualquer demarcador usando a ferramenta Lápis e adicionar linhas e
formas livres a qualquer forma.

Adição a um demarcador com a ferramenta Lápis

1. Selecione um demarcador existente.


2. Selecione a ferramenta Lápis.
3. Posicione a ponta do lápis em uma das extremidades do demarcador.
É possível identificar quando se está bem próximo da extremidade quando o pequeno x
ao lado da ponta do lápis desaparece.
4. Arraste para continuar o demarcador.

Conexão de dois demarcadores com a ferramenta Lápis

1. Selecione ambos os demarcadores (clique com a tecla Shift pressionada ou arraste


em torno dos dois com a ferramenta Seleção).
2. Selecione a ferramenta Lápis.
3. Posicione o ponteiro onde deseja começar em um demarcador, e comece a arrastar
em direção ao outro demarcador.
4. Depois de começar a arrastar, mantenha a tecla Ctrl (Windows) ou Command (Mac
OS) pressionada. A ferramenta Lápis exibe um pequeno símbolo de mesclagem para
indicar que você está adicionando ao demarcador existente.
5. Arraste até a extremidade do outro demarcador, solte o botão do mouse e, em
seguida, solte as teclas Ctrl ou Command.
Observação:
Para obter melhores resultados, arraste de um demarcador para o outro como se estivesse
simplesmente continuando os demarcadores na direção em que eles foram criados.

Remodelagem de demarcadores com a ferramenta Lápis

1. Selecione o demarcador que deseja alterar.


2. Posicione a ferramenta Lápis no demarcador ou próximo a ele para redesenhar.
É possível identificar quando se está bem próximo do demarcador quando o pequeno x
desaparece da ferramenta.
3. Arraste a ferramenta até que o demarcador tenha a forma desejada.

Uso da ferramenta Lápis para editar uma forma fechada


Observação:
Dependendo de onde você começar a redesenhar o demarcador e em que direção você arrastar, você
pode ter resultados inesperados. Por exemplo, você pode acidentalmente trocar um demarcador
fechado por um aberto, trocar um demarcador aberto por um fechado ou perder uma parte da forma.

Opções da ferramenta Lápis


Clique duas vezes na ferramenta Lápis para definir uma destas opções:
Fidelidade
Controla quanto você deve mover o seu mouse ou digitalizador antes que um novo
ponto de ancoragem seja adicionado ao demarcador. Quanto maior o valor, mais suave e
menos complexo será o demarcador. Quanto menor o valor, mais as curvas serão
compatíveis ao movimento do ponteiro, resultando em ângulos mais nítidos. A
fidelidade pode variar de 0,5 a 20 pixels.
Suavidade
Controla a quantidade de suavização aplicada quando você usa a ferramenta. A
suavidade pode variar de 0% a 100%. Quanto maior o valor, mais suave fica o caminho.
Quanto menor o valor, mais pontos de ancoragem são criados e mais as irregularidades
de linhas são preservadas.
Preencher Novos Traçados de Lápis
(Somente no Illustrator) Aplica um preenchimento aos traçados de lápis que você
desenha após selecionar esta opção, mas não aos traçados de lápis existentes. Lembre-se
de selecionar um preenchimento antes de desenhar os traçados de lápis.
Manter selecionado
Determina se um demarcador deve permanecer selecionado depois que você desenhá-lo.
Essa opção é selecionada por padrão.
Editar caminhos selecionados
Determina se você pode ou não alterar ou mesclar um caminho selecionado quando está
a uma certa distância dele (especificado na próxima opção).
Em: _ pixels
Determina quão próximo o mouse ou digitalizador precisam estar de um demarcador
existente para que seja possível editar o demarcador com a ferramenta Lápis. Essa
opção só está disponível quando a opção Editar caminhos selecionados é selecionada.

Desenhar clarões
A ferramenta Clarão cria objetos de clarão com um centro claro, um halo, raios e anéis.
Use essa ferramenta para criar um efeito semelhante ao brilho de uma lente em uma
fotografia.
Clarões incluem uma alça central e uma alça de extremidade. Use essas alças para
posicionar o clarão e seus anéis. A alça central está localizada no centro claro do clarão,
cujo caminho começa a partir deste ponto.
Componentes de um clarão

A. Alça central B. Alça de extremidade C. Raios (exibidos em preto por causa da


claridade) D. Halo E. Anéis
Para saber mais sobre como criar e editar clarões, consulte este tópico na Ajuda da Web.
Observação:
A Ajuda completa e atualizada está disponível na Web. O aplicativo não detectou uma conexão com
a Internet. Para ver uma versão completa deste tópico, clique no link a seguir ou pesquise a Ajuda
integral no endereço community.adobe.com/help.

Criar um clarão
A ferramenta Clarão cria objetos de clarão com um centro claro, um halo, raios e anéis.
Use essa ferramenta para criar um efeito semelhante ao brilho de uma lente em uma
fotografia.
Clarões incluem uma alça central e uma alça de extremidade. Use essas alças para
posicionar o clarão e seus anéis. A alça central está localizada no centro claro do clarão,
cujo caminho começa a partir deste ponto.

Componentes de um clarão

A. Alça central B. Alça de extremidade C. Raios (exibidos em preto por causa da


claridade) D. Halo E. Anéis
Criar um clarão padrão

1. Selecione a ferramenta Clarão .


2. Pressione Alt (Windows), ou Option (Mac OS), e clique no local em que deseja
exibir a alça central do clarão.
Observação:
Na maioria das vezes, clarões têm uma aparência melhor quando desenhados sobre objetos
existentes.

Desenhar um clarão

1. Selecione a ferramenta Clarão.


2. Pressione o botão do mouse para posicionar a alça central do clarão e, em seguida,
arraste para definir o tamanho do centro, especificar o tamanho do halo e girar o
ângulo dos raios.
Antes de soltar o botão do mouse, pressione Shift para restringir os raios em um ângulo
definido. Pressione a seta para cima ou para baixo de modo a adicionar ou subtrair raios.
Pressione Ctrl (Windows), ou Command (Mac OS), para manter o centro do clarão
constante.
3. Solte o botão do mouse quando ficar satisfeito com o centro, o halo e os raios.
4. Pressione e arraste novamente para adicionar anéis ao clarão e posicionar a alça de
extremidade.
Antes de soltar o botão do mouse, pressione a seta para cima ou para baixo de modo a
adicionar ou subtrair anéis. Pressione a tecla (~) para inserir os anéis aleatoriamente.
5. Solte o botão do mouse quando a alça de extremidade estiver no local desejado.
Cada elemento (centro, halo, anéis e raios) no clarão é preenchido com cores em
diferentes configurações de opacidade.

Criar um clarão usando a caixa de diálogo Opções da ferramenta Clarão

1. Selecione a ferramenta Clarão e clique no ponto em que deseja posicionar a alça


central do clarão.
2. Na caixa de diálogo Opções da ferramenta Clarão, execute qualquer uma das opções
a seguir e clique em OK:
 Especifique o diâmetro geral, a opacidade e o brilho do centro do clarão.
 Especifique o Crescimento do halo como uma porcentagem do tamanho geral e
especifique o grau de imprecisão do halo (0 é nítido e 100 é impreciso).
 Se quiser que o clarão contenha raios, selecione Raios e especifique o número de
raios, o raio mais longo (como porcentagem da média de raios) e o grau de
imprecisão dos raios (0 é nítido e 100 é impreciso).
 Se quiser que o clarão contenha anéis, selecione Anéis e especifique a distância do
caminho entre o ponto central do halo (alça central) e o ponto central do anel mais
distante (alça de extremidade), o número de anéis, o anel maior (como porcentagem
da média de anéis) e a direção ou o ângulo dos anéis.

Editar um clarão
Siga qualquer um destes procedimentos:
 Selecione o clarão e clique duas vezes no ícone da ferramenta Clarão para abrir a caixa
de diálogo Opções da ferramenta Clarão. Altere configurações na caixa de diálogo.
Dica: Para redefinir os valores padrão de um clarão, mantenha pressionada a tecla Alt
(Windows), ou Option (Mac OS), e clique em Redefinir.
 Selecione o clarão e a ferramenta Clarão. Arraste um ponto final (a partir da alça central
ou da alça de extremidade) para alterar o comprimento ou a direção do clarão.
 Selecione o clarão e escolha Objeto > Expandir. Isso torna os elementos do clarão
editáveis, como os elementos de misturas.

ocê já juntou todas as imagens necessárias para fazer aquele GIF irado e
mostrar para os seus amigos. Porém, como criar um arquivo propriamente dito
com uma imagem animada? O Photoshop possui as ferramentas necessárias
para a criação do GIF desejado, basta seguir os passos indicados a seguir que
não tem erro.

Pré-requisitos
 Photoshop CS6 instalado.

Faça você mesmo


Com o programa aberto, selecione Arquivo > Scripts > Carregar arquivos na
pilha....
Na janela aberta, use “Procurar” e adicione as figuras.
Use Janela > Linha do Tempo.

No campo aberto, use a seta para escolher “Criar quadro de animação” e clique
sobre o botão com esse nome. É possível removê-lo da janela para liberar sua
mobilidade pela tela.
Embaixo do botão de fechar o campo, clique sobre o botão de opções e
escolha “Criar Quadros A Partir De Camadas”.

As imagens aparecem invertidas, ative “Inverter Quadros” para conseguir a


ordem certa.
Com Shift pressionado, você consegue escolher todos os quadros. Dessa
forma, todos terão as configurações de tempo alteradas quando você mudá-la
(o mesmo vale para quando você usar outras funções).
Os botões na linha inferior da tela executam a animação para você ver como
ela ficou.

Ao selecionar “Transição”, é possível adicionar quadros automaticamente para


tornar a mudança entre os quadros mais suave.

Use Arquivo > Salvar para Web... para salvar a animação.


Mexa onde quiser, mas basta clicar sobre “Salvar...” para escolher onde o GIF
será armazenado.

Finalmente, basta abrir a pasta designada e executar a animação para conferir


se ela ficou como você imaginava. Caso contrário, é necessário ajustar as
figuras e usar as variadas funções disponíveis no Photoshop para melhorar o
resultado final. Porém, falar sobre ajustes de imagens é material para outros
artigos.