Você está na página 1de 4

Matemática

Prof. Walter Tadeu Nogueira da Silveira

Juros – Exercícios Intermediários – Data: 5/9/2017 - GABARITO


1. Calcule os juros simples obtidos nas seguintes condições:
Solução. Aplicando a fórmula para juros simples em cada caso, com a unidade de tempo de aplicação
igual à unidade de tempo da taxa, temos:
a) Um capital de R$220,00 é aplicado por três meses, à taxa de 4% a.m.
t  3 meses
a) i  0,04  J  C.i.t  (220).(0,04).(3)  R$26,40 .

C  220

b) Um capital de R$540,00 é aplicado por um ano, à taxa de 5% a.m.


t  1 ano  12 meses
b) i  0,05  J  C.i.t  (540).(0,05).(12)  R$324,00 .

C  5400

2. Obtenha o montante de uma dívida, contraída a juros simples, nas seguintes condições:
Solução. Aplicando a fórmula para montante a juros simples, em cada caso, com a unidade de tempo
da dívida igual à unidade de tempo da taxa, temos:
a) capital: R$400,00; taxa: 48% ao ano; prazo: 5 meses;
 5
t  5 meses  12 ano
  5
a) i  0,48  M  C  J  C  C.i.t  C(1  i.t )  (400).1  0,48.   (400).1  0,04.5  .
C  400  12 


M  (400).(1  0,20)  (400).(1,2)  R$480,00

b) capital: R$180,00; taxa: 72% ao semestre; prazo: 8 meses;


 8
t  8 meses  6 semestre
b) i  0,72  8
 M  C  J  C  C.i.t  C(1  i.t )  (180).1  0,72.   (180).1  0,12.8  .
C  180  6


M  (180).(1  0,96)  (180).(1,96)  R$352,80

3. Um capital aplicado a juros simples durante dois anos e meio, à taxa de 4% a.m., gerou, no período, um
montante de R$17.600,00.
a) Qual foi o capital aplicado?
Solução. Escrevendo a fórmula e do: montante a juros simples, temos:
t  2 anos e 6 meses  30 meses

 17600  C.1  0,04.30   C 
17600 17600
i  0,04   R$8.000,00 .
M  17600 1  1, 2 2, 2

b) Qual teria sido o montante gerado se a taxa de rendimento mensal fosse reduzida à metade?
Solução. A taxa de 4% a.m. fosse reduzida a 2% a.m. teríamos:

t  2 anos e 6 meses  30 meses



i  0,02  M  (8000 ).1  0,02.30   (8000 ).1,6  R$12.800,00 .
M  8000,00

Avenida Alberto Torres, 821, 2° e 3° andares, Alto –Teresópolis


1
(0xx21) 2642-62246
Matemática
Prof. Walter Tadeu Nogueira da Silveira

4. Um boleto de mensalidade escolar, com vencimento para 10/08/2012, possui valor nominal de R$740,00.
a) Se o boleto for pago até o dia 20/07/2012, o valor a ser cobrado será R$703,00. Qual o percentual do
desconto concedido?
Solução. Como há um desconto, a fórmula para o valor final é V f = Vi.(1 – i), onde o sinal negativo

indica o desconto: Vf  703  703  740.1  i  1  i  703  i  1  0,95  i  0,05  5% .


Vi  740 740

b) Se o boleto for pago depois do dia 10/08/2012, haverá cobrança de juros de 0,25% sobre o valor nominal
do boleto, por dia de atraso. Se for pago com 20 dias de atraso, qual o valor a ser cobrado?
Solução. O valor cobrado será um montante calculado a juros simples com t = 20 dias e i = 0,25% a.d.

t  20 dias

i  0,0025  M  (740).1  0,0025.20  (740).1  0,05  (740).1,05  R$777,00
.
M  740

5. Um capital é aplicado, a juros simples, à taxa de 5% a.m. Quanto tempo, no mínimo, ele deverá ficar
aplicado, a fim de que seja possível resgatar:
a) O dobro da quantia aplicada? b) O triplo da quantia aplicada? c) dez vezes a quantia aplicada?
Solução. Considerando C o capital a ser aplicado, temos:
t  ?
a) i  0,05  M  C(1  i.t )  2C  C.1  0,05.t   1  0,05t  2  t  1  20 meses .

M  2C 0,05

t  ?
b) i  0,05  M  C(1  i.t )  3C  C.1  0,05.t   1  0,05t  3  t  2  40 meses .

M  3C 0,05

t  ?
c) 
i  0,05  M  C(1  i.t )  10C  C.1  0,05.t   1  0,05t  10  t 
9
 180 meses .
M  10C 0,05

6. Lia fez compras em uma loja no valor total de R$2400,00. Há duas opções para pagamento:
- à vista, com 3% de desconto;
- entrada de R$1200,00 mais uma parcela de R$1200,00 um mês após a compra.
a) Que valor Lia pagará se optar pelo pagamento à vista?
Solução. Com o pagamento à vista há o desconto de 3%.
V f  ?

Vi  2400  V f  2400 .1  0,03  V f  2400 .0,97   R$2.328,00 .
i  0,03

b) Que taxa mensal de juros simples a loja embute no pagamento parcelado?


Solução. O valor à vista é de R$2328,00. Com a entrada de R$1200,00 faltaria ser pago R$1128,00. Mas
será pago outra parcela de R$1200,00. Ou seja, o valor que faltava sofre um juros no tempo igual a 1
mês.
Vf  1200

Vi  1128  1200  1128.1  i.1  1  i 
1200
 i  1,063  1  i  0,063  6,3% .
i  ? 1128

Avenida Alberto Torres, 821, 2° e 3° andares, Alto –Teresópolis


2
(0xx21) 2642-62246
Matemática
Prof. Walter Tadeu Nogueira da Silveira

7. Uma loja oferece duas opções de pagamento:


- 1ª opção: à vista com desconto de 15% no valor da compra;
- 2ª opção: em duas parcelas iguais, a primeira paga no momento da compra e a segunda, passados dois
meses da data da compra. Indique o inteiro mais próximo do valor percentual da taxa de juros mensais
simples embutidos na 2ª opção.
Solução. Considerando V o valor da compra, na 1ª opção o pagamento seria de P = V(1 – 0,15) = 0,85V.
Na 2ª opção, no ato seria pago P1 = V/2 e faltaria P2 = V/2 = 0,5V. Mas, sem os juros, e, já tendo pagado
V/2, deveria faltar a diferença 0,85V – 0,5V = 0,35V.
No entanto a loja espera receber em 2 meses P2 = 0,5V.
Vf  0,5V

Vi  0,35V  0,5V  0,35V.1  i.2  1  2i 
0,5 0,428
 2i  1,428  1  i   0,214  21% . Inteiro = 21.
i  ? 0,35 2

8. Calcule os juros e o montante de uma aplicação financeira a juros compostos, nas seguintes condições:
Capital: R$300,00; taxa: 2% a.m.; prazo: 4 meses;
Solução. Aplicando a fórmula para juros simples em cada caso, com a unidade de tempo de aplicação
igual à unidade de tempo da taxa, temos:
t  4 meses

i  0,02  M  C.(1  i) t  (300).1  0,02  (300).1,02  (300).1,0824  R$324,72 .
4 4

C  300

J  M  C  R$324,72  R$300,00  R$24,72

9. Uma poupança especial rende 1% ao mês, em regime de juros compostos. Décio aplicou R$480,00 nessa
poupança e retirou a quantia um ano depois.
a) Que valor Décio retirou? b) Que valor Décio teria retirado, se a taxa de juros fosse de 2% a.m.?
Solução. Aplicando as fórmulas de juros compostos, temos:

t  1 ano  12 meses
a) 
i  0,01  M  C.(1  i) t  ( 480).1  0,01
12
 ( 480).1,01
12
 ( 480).1,1268  R$540,88 .
C  480

t  1 ano  12 meses
b) i  0,02  M  C.(1  i) t  (480).1  0,02  ( 480).1,02  ( 480).1,2682  R$608,73 .
12 12

C  480

10. Ana emprestou x reais de uma amiga, prometendo devolver a quantia emprestada, acrescida de juros,
após oito meses. O regime combinado foi de juros compostos, e a taxa, de 2,5% a.m. Se após o prazo
combinado Ana quitou a dívida com R$500,00, determine:
a) O número inteiro mais próximo de x; b) O valor que Ana deveria devolver á amiga, caso tivesse
estabelecido regime de juros simples.
Solução. Aplicando as fórmulas de juros simples e compostos quando necessário, temos:
t  8 meses
a) i  0,025 . Inteiro x = 410.
 500  x.(1  0,025) 8  (500)  x.1,025  x 
500
 R$410,34
8

C  x 1,2184
M  500

Avenida Alberto Torres, 821, 2° e 3° andares, Alto –Teresópolis


3
(0xx21) 2642-62246
Matemática
Prof. Walter Tadeu Nogueira da Silveira

t  8 meses
b) i  0,025  M  ( 410,34).(1  0,025.8)  M  ( 410,34).(1  0,2)  M  ( 410,34).(1,2)  R$492,,40 .

C  410,34

11) Um capital de R$200,00 é aplicado a juros compostos, à taxa de 5% a.m., gerando um montante de
R$268,00. (Use log1,34 = 0,13; log1,05 = 0,02 e log2,25 = 0,35).
a) Qual é o tempo em que esse capital ficou aplicado?
Solução. Aplicando as fórmulas de juros simples e compostos quando necessário, temos:

268 log1,34 0,13


a) 268  200.(1  0,05) t  (1,05) t   (1,05) t  1,34  t  log1,05 1,34    6,5 meses .
200 log1,05 0,02

b) Qual o nº mínimo de meses necessário para que o montante fosse de R$450,00?


450 log 2,25 0,35
b) 450  200.(1,05) t  (1,05) t   (1,05) t  2,25  t  log1,05 2,25    17,5 meses .
200 log1,05 0,02
Logo, no mínimo 18 meses.

12) Uma dívida, contraída a juros compostos, aumentou de R$200,00 para R$242,00 em dois meses.
Admitindo que a taxa mensal de juros é fixa, determine:
a) O valor da taxa. b) O montante dessa dívida meio ano após a data em que foi contraída.
Solução. Aplicando as fórmulas de juros compostos, temos:

a) 242  200.(1  i) 2  (1  i) 2 
121 121 11
 1 i   1 i   i  1,1  1  i  0,1  10% a.m. .
100 100 10
meio ano  6 meses
b) .
M  200.(1  0,1) 6  M  (200).(1,1) 6  (200).(1,7715)  R$354,30

13) O Sr. Lima investiu R$5000,00 em um fundo de ações. No 1º ano as ações do fundo valorizaram-se 35%;
no 2º ano, valorizaram-se 20% (em relação ao 1º ano) e no 3º ano desvalorizaram-se 30% (em relação ao 2º
ano).
a) Que valor o Sr. Lima terá ao final dos três anos? b) Qual foi o rendimento percentual da aplicação
nesses três anos?
Solução. As taxas não são fixas e ocorrem de forma sucessiva.
a) M  5000.(1  0,35).(1  0,2).(1  0,3)  5000.(1,35).(1,2).(0,7)  R$5670,00 .

5670
b) 5670  5000(1  i)  1  i   1  i  1,134  i  1,134  1  i  0,134  13,4% .
5000

Avenida Alberto Torres, 821, 2° e 3° andares, Alto –Teresópolis


4
(0xx21) 2642-62246