Você está na página 1de 2

ESTUDO DE CASO 03

I HISTÓRICO:

Denuncia contra o Técnico de Edificações Marco Antônio Castro, formulada pela


Sra. Maria Pereira por um projeto de ampliação Residencial/Comercial, que os
proprietários do imóvel acertaram com o técnico de Edificações Marco A. Castro, e o
mesmo recebeu e não fez a devida aprovação, conforme combinado.

Posteriormente apresentou um projeto em nome do Engenheiro Mario Teruia, que a


proprietária desconhece quem é este profissional, mas não regularizou o mesmo junto
a Prefeitura, Municipal de Birigui.

Informações complementares

Considerando que

 o Técnico em Edificações Marco Antônio Castro, foi intimado e fez um Termo


de Conciliação junto ao Poder Judiciário de Birigui (Juizado Especial Cível) se
comprometendo a regularizar e concluir o projeto da construção do imóvel,
realizando todo o tramite junto a Prefeitura, assumindo também as despesas
decorrentes da aprovação do projeto;
 o Técnico em Edificações Marco Antônio Castro, assumiu um compromisso
através do Termo de Conciliação, se comprometendo a regularizar e concluir o
projeto da construção do imóvel, fato este que não poderia realizar, pois a
edificação teria um acréscimo de 93,53 m2, com pavimentos térreo esuperior,
extrapolando o limite permitido aos técnicos;
 o Engenheiro Mario Teruia assinou o projeto, assumindo a responsabilidade da
obra, sem conhecer os proprietários, simplesmente substituindo o Técnico em
Edificações, sem conhecimento da obra, sem fiscalizar a execução da mesma;
 o Técnico em Edificações Marco Antônio Castro, e o Engenheiro MarioTeruia,
foram notificados pelo CREA-SP e não apresentaram nenhuma alegação
referente ao processo;
 o Engenheiro Mario Teruia, já recebeu do CREA-SP a pena de advertência
reservada em 18/10/2010 pela CEEC, existem outros processos contra
este profissional, totalizando 13 processos;
 o Técnico em Edificações Marco A Castro, aceitou uma tarefa (elaborar
projeto) que não poderia, em função da sua qualificação.
 a denunciante e o denunciado Engº Mario Teruia foram devidamente
comunicado da decisão da Câmara Civil do Crea SP

II PARECER

Para onde encaminhar, dentro do Regional de SP a presente Denuncia – Citar


legislação justificando

Legislação pertinente

 Resolução 1004/03,
 Resolução 1002/02 do Confea ,
 Lei 5.194/66, Art 72 ( advertência reservada será anotada nos assentamentos
do profissional e terá caráter confidencial)

O Engenheiro Mario Teruia já recebeu a pena de advertência reservada em 2010,.


Como se deve enquadrá-lo ?

III-VOTO

Como encaminhar os dois profissionais?

Eng Civ Mario Teruia e

Tec Edf Marco Antônio Castro

Interesses relacionados