Você está na página 1de 5

NaOH à pressão constante, um aluno obteve

Questão 1 os seguintes resultados:


Em alguns fogos de artifício, alumínio
metálico em pó é queimado, libertando luz e  Temperatura inicial da solução ácida:
calor. Esse fenômeno pode ser representado 25ºC.
como:  Temperatura inicial da solução
alcalina: 25 ºC.
2 Al(S) + 3/2 O2 (G ) → Al2O3 (S)  Temperatura após a mistura: 32 ºC.
 Massa aproximada da solução: 100
a) Qual o volume de O2 (G), nas ºC.
condições normais de temperatura e
pressão, necessário para reagir com Pergunta-se:
1,0 g do metal?
b) Qual a quantidade de calor à pressão a) Qual a quantidade de calor liberado?
constante desprendida na reação de b) Na reação de 1 mol de HCl com 1
1,0 g de alumínio? mol de NaOH, qual a quantidade de
calor (em calorias) liberada?
Dados: Volume molar do gás ideal nas c) A reação em questão pode ser
condições normais de temperatura e pressão classificada como exotérmica ou
= 22,4 litros, M(Al) = 27 g/mol. endotérmica?
Gabarito:
Dados: calor específico da água: 1 cal/g.ºC.
a) 0,62 L de gás oxigênio.
M(H) = 1,0 g/mol, M(O) = 16,0 g/mol,
b) 30,6 kJ de energia liberada
M(Na) = 23,0 g/mol e M(Cl) = 35,5 g/mol
Questão 2
(PUC – SP) Num calorímetro de gelo, Gabarito:
fizeram-se reagir 5,400 g de alumínio (Al) e a) Q = 700 cal
16,000 g de óxido férrico, Fe2O3. O b) 14400 cal
calorímetro continha, inicialmente, 8,000 Kg c) A reação é exotérmica porque o calor
de gelo e 8,000 Kg de água. A reação foi foi liberado.
iniciada mediante controle remoto. Ao final, Questão 4
encontraram-se, no calorímetro, 7,746 Kg de Dadas as seguintes equações, a 25 oC:
gelo e 8,254 Kg de água. Os produtos finais
da reação foram ferro e óxido de alumínio. C(grafite) + 2 H2(g) + ½ O2(g) → CH3OH(l) +
Sabendo-se que o valor do calor latente de 238,6 kJ
fusão do gelo é igual a 80 cal/g, pede-se:
CO2(g) → C(grafite) + O2(g) – 393,5 kJ
a) A quantidade de calor liberada pela
reação nas condições acima. H2(g) + ½ O2(g) → H2O(l) + 285,8 kJ
b) A variação de entalpia por mol de
Fe2O3(S) que reage. a) Calcule a entalpia de combustão
Dadas as massas molares: M(O) = 16 g/mol; completa do metanol, a 25 oC.
M(Al) = 27 g/mol e M(Fe) = 56 g/mol. b) Tal processo é endotérmico ou
exotérmico?
Gabarito:
a) Q = 20320 cal Gabarito:
b) 203200 cal liberados a) ∆H = – 681,5 kJ
Questão 3 b) É exotérmica
Com o objetivo de determinar o calor de
reação entre 50 mL de uma solução 1 mol/L
de HCl e 50 mL de uma solução 1 mol/L de
Questão 5 (Unicamp) Quantidades diferentes de
Determine a entalpia de formação do ácido entalpia são envolvidas na combustão do
clorídrico gasoso, segundo a reação etanol, C2H5OH, e etileno, C2H4, como
representada pela equação: mostram as equações I e II:

H2(g) + Cl2(g) → 2 HCl(g) I. 1 C2H5OH(l) + 3 O2(g) → 2 CO2(g)


+ 3 H2O(l) ∆H = – 1368 kJ/mol de
Dados: etanol
II. C2H4(g) + 3 O2(g) → 2 CO2(g) + 2
I. H2(g) → 2 H(g) ∆H = 436 kJ/mol H2O(l) ∆H = – 1410 kJ/mol de
II. Cl2(g) → 2 Cl(g) ∆H = 243 kJ/mol etileno
III. HCl(g) → H(g) + Cl(g) ∆H = 431
kJ/mol Sob condições adequadas, é possível obter
etanol a partir da reação representada pela
Indique todos os cálculos. equação III.

Gabarito: ∆H = – 183 kJ III. C2H4(g) + H2O(l) → C2H5OH(l)


Questão 6
(UnB) O calor liberado na queima de um a) Qual a variação de entalpia
mol de uma substância combustível, em envolvida por mol de C2H4
condições estabelecidas, é chamado de calor consumido na reação III?
molar de combustão e a quantidade de calor b) Sabendo-se que a entalpia de
liberada por unidade de massa da substância formação da H2O(l) é – 286 kJ/mol e
combustível é chamada de poder calorífico. que a do C2H4(g) é 52 kJ/mol, calcule
Analise os dados da tabela abaixo. a entalpia de formação por mol de
C2H5OH(l).
Substância Calor molar de Poder
combustão calorífico Gabarito: a) ∆H = – 42 kJ/mol
(kJ/mol) (kJ/Kg) b) ∆H = – 276 kJ/mol
Hidrogênio 285,5 142750
Butano 2878,6 49631 Questão 8
Julgue os itens a seguir.
Julgue os itens.
(1) Considere a reação CaCO3 (S) →
(1) Na combustão de 1 kg de butano, é CaO(S) + CO2(g) e a tabela abaixo
obtida um quantidade de calor menor
do que na combustão de 1kg de gás Entalpia de formação
Substância
(kJ/mol, a 25 ºC e 1 atm )
hidrogênio (H2). CaCO3 (S) – 1207,0
(2) O gás hidrogênio (H2) não é CaO(S) – 635,5
considerado um bom combustível em CO2(g) – 393,5
função do seu poder calorífico. A partir desses dados, é correto afirmar que
(3) Na combustão dessas substancias, a o gráfico a seguir representa adequadamente
energia liberada na formação das o aspecto energético da reação apresentada.
ligações dos produtos é menor que a
energia absorvida na ruptura das
ligações dos reagentes.
(4) A soma das energias de ligação do
butano é maior do que a do
hidrogênio.

Gabarito: C, E, E, C
Questão 7 (2) A molécula CO3-2 tem geometria
piramidal.
(3) O raio atômico do cálcio é menor por dez e despreze a parte fracionária do seu
que o do magnésio. resultado, caso exista.

Gabarito: E, E, E. Gabarito: 166


Questão 9 Questão 11
A tabela abaixo, em que C6H12O6 representa Um motorista de táxi afirmou gastar em seu
a glicose, mostra valores de entalpia de carro 10 litros de gasolina por dia.
formação de diversas substâncias. Com base Admitindo-se combustão total e que a
nesses dados, calcule, em kJ, a entalpia de gasolina utilizada possui fórmula C8H18,
combustão de 90,0774 g de glicose, a 25 ºC. quantas calorias são liberadas diariamente
Multiplique o valor obtido por – 100. Para a por essa quantidade de combustível?
marcação na folha de resposta, despreze a Dados: a massa de um litro de gasolina é
parte fracionária do resultado final obtido, igual a 7,3 x 102g; o calor de combustão da
após efetuar todos os cálculos solicitados. gasolina é igual a 10,5 kcal/g.

Substância Entalpia de formação a) 5,7 x 104 kcal.


(kJ/mol) a 25 ºC b) 6,7 x 103 kcal.
C6H12O6 – 4073,23 c) 1,5 x 106 kcal.
CO2 – 393,51 d) 3,0 x 103 kcal.
H2O – 285,83 e) 7,6 x 104 kcal.
O2 0,00
Gabarito: Letra A
Dados: M(H) = 1,0079g/mol; M(C) =
12,011g/mol e M(O) = 15,999g/mol. Questão 12
A combustão completa do butano pode ser
Gabarito: 140 representada por: 1 C4H10(g) + 13/2 O2(g) → 4
Questão 10 CO2(g) + 5 H2O(g). Considerando-se o butano,
Cerca de 90% do ácido nítrico, principal C4H10, como componente majoritário do gás
matéria–prima dos adubos à base de nitratos, de cozinha, GLP, e utilizando-se os seguintes
são obtidos pela reação de oxidação da dados para entalpias padrão de formação:
amônia pelo O2, em presença de catalisador
– platina com 5% a 10% de paládio ou de 4 C + 5 H2(g) → 1 C4H10(g) ∆H0 = – 125 kJ
ródio (ou de ambos) – a uma temperatura de 1 C + 1 O2(g) → 1 CO2(g) ∆H0 = – 394 kJ
950oC. A reação é representada pela 1 H2(g) ½ O2(g) → 1 H2O(g) ∆H0 = – 242 kJ
equação:
Obtêm-se, para o calor de combustão do
6 NH3(g) + 9 O2(g)  2 HNO3(g) + 4 NO(g) + 8 H2O(g) butano, em kJ/mol:

Essa reação ocorre nas seguintes etapas: a) – 2911


b) – 2661
I– 6NH3(g) + 15/2O2(g)  6NO(g) + 9H2O(g) H = -
c) – 1693
1359 kJ
d) – 1479
II – 3 NO(g) + 3/2 O2(g)  3 NO2(g) H = - 170 kJ e) – 761

III– 3NO2(g) + H2O(g)  2HNO3(g) + NO(g) H = - 135 Gabarito: Letra B


kJ Questão 13
(UnB – 1º/99)Em geral, as reações químicas
Com base nas informações relativas às três que provocam a liberação de grande
etapas envolvidas na produção de ácido quantidade de calor tem uso potencial como
nítrico, calcule, em quilojoules, a variação combustível. Esse é o caso da combustão do
de entalpia correspondente à síntese de um hidrogênio, que possui também a vantagem
mol desse ácido. Divida o valor calculado de não ser poluente.
Em um determinado tipo de doce
diet, existe 0,10 g de lipídios para casa 100 g
de doce. Considere que esses lipídios sejam
todos representados pela tripalmitina (M =
800 g/mol) e que essa será queimada no
organismo segundo a equação abaixo.

Calcule, em quilocalorias, a energia que


será produzida pelo consumo de 1 kg desse
doce, desprezando a parte fracionária de seu
resultado, caso exista.

Gabarito: 006
Questão 15
Suponha que o trabalho realizado por
Sabendo que variação de entalpia é o calor um motor de combustão interna a gasolina,
liberado ou absorvido em uma reação em um ciclo, seja igual a 0,5 Kcal e que a
química sob pressão constante, é gasolina seja constituída pelo hidrocarboneto
considerado o diagrama acima, no qual os C9H20, que possui calor de combustão de
coeficientes das equações químicas 1.500 Kcal/mol. Considere, ainda, que a
apresentadas referem – se à quantidade de densidade da gasolina seja de 0,8 g/mL e que
matéria, julgue os itens a seguir. o rendimento desse motor seja de 30%.
Sabendo que M(C9H20) = 128 g/mol, calcule
(1) Apesar de a reação de combustão do o número de ciclos que o motor pode
hidrogênio liberar grande quantidade realizar com 480 mL de gasolina. Divida o
de energia, a indústria valor calculado por 100 e despreze a parte
automobilística não o utiliza como fracionária de seu resultado, caso exista.
combustível porque os produtos
provenientes de sua combustão são Gabarito: 027
muito tóxicos ao ser humano. Questão 16
(2) A reação apresentada por 2H(g) + Por “energia de ligação” entende-se a
½O2(g)  2H(g) + O(g) absorve 59.200 variação de entalpia, H, necessária para
cal. quebrar um mol de uma dada ligação. Esse
(3) A energia medida necessária para processo é sempre endotérmico, H>0.
romper 1 mol de ligações O – H é Assim, no processo representado pela
igual a 110,6 Kcal. equação:
(4) Utilizando a lei de Hess, conclui – se
que a formação de 1 mol de O 2 CH4(g)  1C(g) + 4 H(g) H = + 1663
gasoso libera 118,4 Kcal. kJ/mol,
(5) O processo de quebra da ligação
absorve energia. São quebrados 4 mols de ligação C – H,
sendo a energia de ligação, portanto 416
Gabarito: E, C, C, C, C kJ/mol.
Questão 14
Sabendo-se que no processo:
C2H6(g)  2C(g) + 6H(g) H = + 2826 10 e despreze a parte fracionária de seu
kJ/mol, resultado, caso exista.

São quebradas ligações C – C e C – H, qual Gabarito: 024


o valor da energia de ligação C – C? Questão 19
Uma aplicação prática importante da
Gabarito: 330 kJ/mol Termoquímica é a determinação da energia
Questão 17 liberada nas reações de combustão. Uma
A combustão do metanol, CH4O(l), e a do fração da energia que o mundo utiliza vem
etanol, C2H6O(l), podem ser representadas da combustão do gás natural que é formado
pelas equações: de metano, principalmente, mais etano e,
ainda, em menor proporção, propano e
1 CH4O(l) + 3/2 O2(g)  1 CO2(g) + 2 H2O(g) butano. A reação principal do gás natural é,
H = – 671 kJ/mol portanto a combustão do metano:

1 C2H6O(l) + 3 O2(g) 2 CO2(g) + 3 H2O(g) CH4(g) + 2 O2(g) → CO2(g) + 2 H2O(l)


H = – 1.327 kJ/mol
A tabela a seguir fornece valores
Sabe–se que as densidades desses aproximados da entalpia padrão de
dois líquidos são praticamente iguais. Na combustão:
combustão de um mesmo volume de cada
Substância Fase Entalpia padrão de
um, qual libertará mais calor? Indique como combustão (kJ/mol)
resposta o que libera mais calor, divida por C(grafite) Sólido – 394
10 o resultado e despreze a parte fracionária, CH4 Gás – 889
caso exista. C2H6 Gás – 1560
Dados: massas molares do metanol = 32 C3H8 Gás – 2220
C4H10 Gás – 2878
g/mol e do etanol = 46 g/mol. H2 Gás – 289

Gabarito: O etanol libera maior quantidade Calcule a variação da entalpia padrão, em


de energia que o metanol, respectivamente: kJ/mol da reação:
923 kJ/32g e 671 kJ/32g.
Questão 18 C(grafite) + 2 H2(g) → CH4(g)
O hidrogênio é uma matéria – prima gasosa Gabarito: H = + 77 kJ/mol
importante nas indústrias químicas e de Questão 20
petróleo. Um dos processos utilizados Dadas as variações de entalpia de formação
industrialmente para a sua obtenção é a para as substâncias:
eletrólise de água alcalinizada, que fornece
hidrogênio de elevada pureza, podendo ser Substâncias H of (kcal/mol)
representado pela decomposição da água CH4(g) – 17,9
líquida, conforme a equação abaixo, cuja CO2(g) – 94,0
variação de entalpia corresponde a +571,6 H2O(l) – 68,3
KJ, a 25oC e 1 atm.
Calcule a entalpia (em kcal/mol) da reação
2H2O(L)  2H2(g) + O2(g) de combustão do metano.

Sabendo que o calor de vaporização para a CH4(g) + 2 O2(g) → CO2(g) + 2 H2O(l)


água, H2O(L)  H2O(g), é +44 KJ/mol, a 25oC
e 1 atm, calcule, em KJ/mol, o valor da Gabarito: H = – 212,7
variação de entalpia para a produção de gás
hidrogênio a partir da decomposição de água
no estado gasoso, à mesma temperatura e à
mesma pressão. Divida o valor calculado por