Você está na página 1de 2

Equilíbrio químico

Equilíbrio químico é uma reação reversível, na qual a velocidade


da reação direta é igual à velocidade da reação inversa.
Consequentemente, as concentrações de todas as substâncias
participantes permanecem constantes.
O que acontece no equilíbrio? Entre as moléculas (isto é, em nível microscópico)
continua havendo reação, tanto no sentido direto como no sentido inverso. Por isso
dizemos que o equilíbrio é um equilíbrio dinâmico.

é importante entender que reação química é um processo onde reagentes se


combinam e formam novas substâncias com propriedades diferentes. As
reações químicas podem ocorrer de várias maneiras, em alguns casos elas
ocorrem de forma completa, ou seja, os reagentes são consumidos durante o
processo. Por exemplo, quando queimamos uma folha de papel essa passa a não
existir mais, de forma que é impossível recuperar sua forma original. Esse tipo de
reação se classifica como irreversível.

Quando queimamos um palito de fósforo, a combustão processa-


se até que toda a madeira seja consumida, cessando a reação.
Esse tipo de reação é denominado de “irreversível”, pois se
processa em um único sentido: o de consumo dos reagentes.

Em contrapartida, existem as reações reversíveis, onde os produtos podem se


converter à forma inicial, elas podem ocorrer em processos químicos e físicos e
são identificadas pela seta dupla:

Se você colocar água líquida em um recipiente fechado vai ter uma reação
reversível através da equação:

H O (l)
2 H O (v)
2

As moléculas de água no estado líquido passam para o estado de vapor


continuamente, e ao mesmo tempo a água evaporada retorna para o estado inicial
(líquido). Quando a velocidade de vaporização se iguala à de condensação, o
sistema entra em equilíbrio.

Por exemplo, a produção da amônia ocorrendo em recipiente fechado, sob


pressão e temperatura constantes:
N2(g) + 3H2(g) ⟺ 2NH3(g)

O processo é dinâmico, ou seja, a reação ocorre nos dois sentidos


A quantidade de espécies participantes não precisa ser igual em uma reação para
esta atingir o equilíbrio, basta que se mantenham constantes. Assim sendo, não
importa a quantidade de água líquida e vapor, o importante é que o recipiente se
mantenha fechado para que as moléculas não escapem para o meio externo.

O Equilíbrio químico em uma reação surge desta propriedade, a de manter os


reagentes numa constante transformação.