Você está na página 1de 5

RECICLE A INFORMAÇÃO:

PASSE ESTE JORNAL A OUTRO LEITOR Pergunta


à Tina
email
averdademz@gmail.com

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA


twitter.com/verdademz DE SABER SOBRE SAÚDE
Jornal Gratuito Sexta-Feira 24 de Agosto de 2018 • Venda Proibida • Edição Nº 508 • Ano 10 • Fundador: Erik Charas SEXUAL E REPRODUTIVA

Acidentes de Nyusi volta a colocar Mpanda Nkuwa 6ª feira fresca


carros continuam a e com previsão
matar nas estradas com prioridade em Moçambique de chuviscos em
moçambicanas ignorando as Mudanças Climáticas Maputo e Cabo
Os acidentes de viação Delgado
mataram 19 pessoas e
feriram grave e ligeiramente O Instituto Nacional de Meteo-
outras 22, na semana rologia prevê o seguinte estado
passada, em algumas do tempo para esta sexta-feira
estradas, segundo o (24) em Moçambique:
Comando-Geral da Polícia da
Nas províncias de Niassa, Cabo
República de Moçambique
Delgado e Nampula céu pouco
(PRM). nublado com períodos de nubla-
Texto: Redacção do. Possibilidade de ocorrência
No total houve 25 sinistros rodoviá- de chuvas fracas ou chuviscos
rios, sendo 13 do tipo atropelamen- no extremo norte da província
to, oito despistes e capotamento, de Cabo Delgado. Ocorrência de
entre outros. O excesso de veloci- neblinas e nevoeiros matinais.
dade e a má travessia de peões são Vento de sueste a nordeste fra-
consideradas as principais causas. co a moderado.
Numa outra operação, a Polícia de
Para as províncias de Tete, Zam-
Trânsito (PT) deteve seis automobi-
bézia, Manica e Sofala céu pou-
listas por condução ilegal.
co nublado a limpo. Ocorrência
Durante semana finda, foram fisca- de neblinas e nevoeiros matinais
lizadas 37.009 viaturas e apreendi- locais. Vento de sueste a nor-
das 498 cartas por conta de várias deste fraco a moderado.
irregularidades, para além de 4.435
multas aplicadas, indica um comu- Nas províncias de Inhambane,
nicado do Comando-Geral da PRM. O Presidente Filipe Nyusi voltou a colocar como prioridade a construção de uma
Gaza e Maputo céu pouco nu-
segunda e megalómana barragem no vale do Zambeze que causará graves impactos
blado com períodos de muito
no clima cada vez mais alterado das províncias de Tete e da Zambézia onde os eventos
Mulher estuprada climáticos extremos são uma constante. “(...)A central hídrica de Mpanda Nkuwa é um
nublado em Maputo. Ocorrência
de chuvas fracas durante a noite
e morta em casa empreendimento estruturante” afirmou o Chefe de Estado que ainda revelou o fim da em Maputo, com possibilidade
em Maputo concessão ao consórcio liderado pelo grupo Insitec e a construtora brasileira Camargo de trovoadas. Vento de sueste
Corrêa. a nordeste fraco a moderado,
Uma mulher foi abusada soprando por vezes com rajadas
Texto: Adérito Caldeira • Foto: Presidência República continua Pag. 02
sexualmente na sua em Maputo.
própria casa e de seguida
assassinada, na madrugada Governo reafirma que Aeroporto de Xai-Xai “é viável” Confira as temperaturas previstas:
de segunda-feira (20),
na periferia da capital
mas não existe estudo de viabilidade Cidade Máx ºC Mín ºC

moçambicana. O Governo, através do ministro dos Transportes e Comunicações, reafirmou que a Maputo 26 19
Texto: Redacção construção do Aeroporto na cidade do Xai-Xai “é viável” no entanto o @Verdade apurou qu Xai-Xai 28 20
O crime aconteceu no bairro das não existe nenhum estudo de viabilidade sobre mais esta infra-estrutura que será edificada Inhambane 28 21
Mahotas, onde os moradores se através de mais dívida de Moçambique com a China. Vilankulo 27 21
queixam da criminalidade, a Texto: Adérito Caldeira
par de outras zonas de Maputo. Beira 28 20
O ministro dos Transportes e Entretanto fontes com conhe- Dívida Pública foram mal gastos,
Até ao fecho desta edição não Chimoio 26 14
Comunicações, Carlos Mesquita, cimento do projecto afiançaram mais uma vez, pois durante um
havia pistas sobre a localiza- Tete 35 19
disse a jornalistas nesta quarta- ao @Verdade que o estudo de ano não aterram sequer mil aviões
ção dos supostos malfeitores,
mas pessoas mais próximas da -feira (22) que ter um Aeroporto viabilidade nem sequer existe, na infra-estrutura e o movimento Quelimane 31 20
vítima acreditam que os men- na cidade de Xai-Xai “é viável, há apenas o desejo do Governo de passageiros ronda os 25 mil. Nampula 30 18
tores do acto sejam indivíduos não é luxo, é uma necessidade de Filipe Nyusi e a disponibilida-
urgente”. de chinesa em pagar a obra. Aliás as tentativas do Executivo Pemba 29 20
do mesmo bairro.
Para lograrem os seus inten- concessionar a privados a gestão Lichinga 24 12
tos, os bandidos destruíram, Contudo há mais de um ano que Importa recordar que na cidade do Aeroporto de Nacala também
primeiro, o vidro da janela, o @Verdade tem solicitado sem de Nacala existe um outro Aero- têm se revelado infrutíferas, ne-
sem gradeamento, do quarto sucesso, ao abrigo da legislação porto, por sinal internacional, que nhum interessado sequer ma-
Diga-nos quem é o
onde a mulher dormia. Já no em vigor, o estudo de viabilidade na altura do lançamento da obra nifesta interesse, e o sonho de
interior, eles violentaram-na da infra-estrutura aeroportuária também foi considerado viável torna-lo num hub para voos regio-
e mantiveram cópula forçada que vai ser edificada com finan- mas o tempo encarregou-se de nais e intercontinentais não passa da semana
com ela até à morte. ciamento chinês avaliado em 60 confirmar o que os 216 milhões de uma ilusão que soma prejuízos
O @Verdade apurou de al- milhões de dólares. de dólares norte-americanos em de manutenção todos os dias.
guns parentes da senhora que,
quando ela foi descoberta esta-
va quase com o tronco despido. Mais um português detido por suspeita de tráfico e consumo
Na ocasião, os três filhos da se- de drogas em Inhambane
nhora, que por sinal é viúva há
poucos anos, encontravam-se Um jovem de nacionalidade portuguesa foi detido na terça-feira (21) pelas autoridades
em casa de familiares a gozar policiais moçambicanas, na província de Inhambane, acusado de tráfico e consumo de
férias escolares.
drogas. Uma semana antes, dois tanzanianos tinham sido encarcerados em Maputo, por
A Polícia da República de Mo-
çambique (PRM) não se pro- alegada posse de cocaína e crack. Aliás, três conterrâneos daquele lusitano estão, também,
Texto: Agências
nunciou sobre o caso, alegada- há dias, sob custódia policial, indiciados de mesmo tipo de crime.
mente porque estava a reunir Texto: Redacção
elementos possam levar à lo-
calização dos meliantes para a Na posse do visado, a Polícia da Re- controu 700 gramas de cannabis soruma, 200 gramas de cocaína e Escreva um E-Mail para
devida responsabilização. pública de Moçambique (PRM) en- sativa, vulgarmente conhecida por pelo menos averdademz@gmail.com
continua Pag. 02
02
Sociedade
www.verdade.co.mz
24 de Agosto de 2018

continuação Pag. 01 - Nyusi volta a colocar Mpanda Nkuwa com prioridade em


Moçambique ignorando as Mudanças Climáticas

Discursando no acto de ver intermediários”. não só os ganhos económi-


inauguração da Central Ter- cos como a preocupação com
moeléctica de Maputo, nesta “Se a barragem for o povo. Se a barragem for
quarta-feira (22), o Presiden- construída só vai trazer construída só mostra a falta
te da República constatou: desgraças para o povo” de respeito e consideração
“A existência de um grande pelo nosso povo e país. Acre-
potencial energético, aliado Acontece que embora o Estu- ditamos que se a barragem
a posição geoestratégica do do de Impacto Ambiental da for construída só vai trazer
nosso país coloca-nos numa barragem de Mpanda Nkuwa desgraças para o povo, para
posição privilegiada em re- já tenha sido aprovado, afinal o ecossistema e nenhum be-
lação a produção para os ou- foi executado pela empresa neficio para o país”, acres-
tros países da África Austral. cujos estudos são sempre centou a directora da Justiça
Da mesma maneira sabemos aprovados apesar dos impac- Ambiental.
que na região da SADC o aces- tos danosos para os moçam-
so a energia é de apenas 38 bicanos, o mesmo está vicia- Para além da ONG moçam-
por cento e estima-se que até do de várias irregularidades bicana o Plano Intergover-
2030 a procura de energia na que têm sido denunciados namental sobre Mudanças
região atingirá os 50 por cen- desde que o projecto foi con- Climáticas, que é um órgão
to. Muitos países da região âmbito o Governo irá criar sileira Camargo Corrêa, am- cessionado, em 2010. criado pelo Programa das
têm actualmente um défice um Unidade Técnica de im- bas com 40 por cento, e ain- Nações Unidas para o Meio
de energia, em 2017 a procu- plementação e as empresas da integra a EDM. “É uma farsa, necessitava de Ambiente e pela Organiza-
ra atingiu 40 por cento”. EDM e HCB são as únicas estudos mais conclusivos e ção Meteorológica Mundial,
mandatadas para o desenvol- Para Nyusi a Electricidade válidos cientificamente, de categorizou o Zambeze como
“Assim, para nos tornarmos vimento do projecto, poden- de Moçambique e a Hidroe- forma a poder prever quais sendo a bacia hidrográfi-
mais competitivos precisa- do para o efeito buscar recur- léctrica de Cahora “possuem seriam os verdadeiros im- ca que apresenta os piores
mos urgentemente de ma- sos necessários e estabelecer capacidade e competência pactos sociais e ambientais potenciais efeitos das mu-
ximizar as vantagens que parcerias estratégicas”. técnica e financeira para a do projecto” declarou em danças climáticas entre as
temos preparando-nos atem- 2012 a Justiça Ambiental, Or- 11 maiores bacias de África
padamente para responder ganização Não Governamen- devido ao efeito do aumento
a necessidade de mais ener- tal que tem acompanhado e da temperatura e da dimi-
gia do país e aproveitarmos feito advocacia a questionar nuição da precipitação e por
as oportunidades comerciais a pertinência e viabilidade isso o rio irá enfrentar perío-
que os mercados emergentes desta barragem que estava dos de seca mais prolonga-
da região oferecem, é nes- orçada em 2,3 biliões de dó- dos e cheias mais graves.
te contexto que o Governo lares norte-americanos.
presta atenção especial ao Sobre os reais benefícios
projecto de Mpanda Nkuwa Anabela Lemos, num breve para o povo, e embora os
e a linha de transporte de contacto com o @Verdade, mentores da barragem es-
energia eléctrica Tete – Ma- destacou a necessidade de condam os estudos de via-
puto”, declarou o estadista. se avaliar também a sismo- bilidade, tem sido avançado
logia da província de Tete, a pelas entidades relacionadas
Na perspectiva do Presiden- variação do fluxo e nível das ao projecto que pelo menos
te Nyusi: “A linha e a central águas, a questão da retenção 80 por cento dos 1.500 me-
hídrica de Mpanda Nkuwa é de importantes sedimentos gawatts de energia que es-
um empreendimento estru- para a manutenção do ri- peram produzir será para
turante que permite por um O Chefe de Estado anunciou estruturação do projecto. quíssimo ecossistema. exportação, portanto os mo-
lado acelerar o processo de ainda o fim da concessão ao Esta medida irá evitar a obs- çambicanos e os cada vez
acesso universal de energia a consórcio Hidroeléctrica de trução e o atraso que se veri- “Continuamos a dizer que mais projectos de explora-
população e por outro a ma- Mphanda Nkuwa (HMNK) fica por um lado, e por outro, a decisão da construção da ção de recursos naturais
ximização da exportação de que é liderado pelo Grupo contribuirá para a redução barragem é uma decisão in- deverão repartir a restante
energia para a região neste Insitec e a construtora bra- do seu custo por não envol- consciente, sem ter em conta electricidade.
continuação Pag. 01 - Mais um português detido por suspeita de tráfico e consumo de
drogas em Inhambane Governo considera que AIESEC ajuda os jovens a superar os
1.500 recipientes que supostamen- Identificação Civil (DNIC), Alberto obstáculos e a alcançar resultados
te eram usados para acondicionar Sumbane, revelou que seis funcio-
estupefacientes. nários do Estado, afectos àquela O Governo, através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-
instituição subordinada ao Minis- Profissional (MCTESTP), considera que os programas de estágio desenvolvidos pela
Ainda das mãos do indivíduo, de 32 tério do Interior (MINT), foram Associação Internacional de Estudantes de Ciências Económicas e Empresariais (AIESEC-
anos de idade, a corporação confis- expulsos, no primeiro semestre Moçambique) contribuem para a preparação dos jovens graduados para o mercado de
cou oito talões de pedido de bilhete do ano em curso, no sul e norte do
trabalho.
de identidade falsos, alguns com país, por alegadas cobranças ilícitas
Texto & Foto: www.fimdesemana.co.mz
data e mês do próximo ano. e tentativa de facilitar a atribuição
de bilhetes de identidade a cida- Para além de estágios, a AIE- O encontro, denominado Part-
A sua detenção “foi graças à in- dãos de nacionalidade estrangeira. SEC-Moçambique promove ners Breakfast, tinha por objec-
teligência policial”, disse Nércia actividades ligadas ao desen- tivo partilhar o relatório de ac-
Vaz, porta-voz da corporação em Dos suspeitos, dois estavam afectos volvimento do potencial de tividades do biénio 2017/2018,
Inhambane. Segundo ela, a Polí- aos postos de identificação civil na liderança e de projectos, bem bem como apresentar a nova
cia acredita que o cidadão pode província de Gaza, onde outro fun- como à gestão de equipas, o direcção nacional da AIESEC-
ser um dos maiores fornecedores cionário recolheu aos calabouços. que, para o MCTESTP, ajuda os -Moçambique e o plano refe-
de estupefacientes na cidade de jovens a superar os obstáculos rente a 2018/2019.
Inhambane. Ainda em relação à detenção do e a alcançar resultados tangí-
jovem português, importa sa- veis em qualquer frente em Relativamente ao balanço,
Segundo a Polícia, o lusitano con- lientar que, no dia 16 de Agosto que são colocados. Deasy Muzima, presidente da
tou que vive em Moçambique corrente, três conterrâneos seus AIESEC-Moçambique, referiu
há mais de sete anos e foi detido caíram nas mãos da PRM em Ma- “A disponibilização de quadros que, entre os meses de Julho de
numa casa na Praia de Tofo, na puto, no Aeroporto Internacional devidamente formados e qua- 2017 e Julho de 2018, a organi-
cidade de Inhambane. de Maputo, por suspeita de tráfico lificados permitirá uma melhor zação enviou 35 jovens moçam-
de droga, que na altura era trans- exploração das oportunidades bicanos para programas de está-
Questionado sobre a origem dos portada para o país de origem. de negócio que estão a surgir gio no Egipto, Tanzânia e Brasil.
documentos encontrados na sua com os investimentos que estão a ao Sistema Nacional de Educação.
posse, o indiciado respondeu que Relativamente aos dois tanza- ser feitos no País”, afirmou Eugénia No mesmo período, “o País rece-
foram emitidos pelos serviços de nianos privados de liberdade em Cossa, directora nacional da Ciên- “As características do líder, bem beu, por via da AIESEC-Moçambi-
identificação civil de Gaza. Maputo, há mais de uma semana, cia, Tecnologia, Ensino Superior e como as habilidades práticas, que que, 32 jovens estagiários, prove-
o Comando-Geral da PRM disse Técnico-Profissional. a AIESEC-Moçambique desenvol- nientes de Portugal, Brasil, Egipto
Contudo, ele não revelou os no- que os mesmos respondem pelos ve são essenciais e necessárias para e Malawi”, disse Deasy Muzima,
mes das pessoas que pretensa- nomes de M. Massud, de 40 anos Eugénia Cossa, que falava na quinta- todos os jovens graduados que que avançou que, para o biénio
mente facilitaram a emissão de de idade, e E. Bila, de 32 anos. Em -feira, 23 de Agosto, num encontro pretendem entrar no mercado de 2018/2019, a organização espera
tais documentos. sua, foram apreendidas 35 em- que a AIESEC-Moçambique manteve trabalho”, acrescentou a directora enviar e receber 100 jovens esta-
balagens de cocaína e quatro de com os seus parceiros, acrescentou nacional, para quem a AIESEC-Mo- giários, sendo que, para tal, pre-
Refira-se que, na semana finda, o crack, todos de pequena dimen- que estas acções constituem uma çambique representa o surgimento tende sensibilizar e envolver mais
porta-voz da Direcção Nacional de são, no bairro de Micadjuine. forma de educação complementar de uma nova geração no País. organizações públicas e privadas.
Por opção editorial, o exercício da liberdade de expressão é total, sem limitações, 03
Cidadania
www.verdade.co.mz
nesta secção. As escolhas dos leitores podem, por vezes, ter um conteúdo
susceptível de ferir o código moral ou ético de algumas pessoas, pelo que o Jornal 24 de Agosto de 2018
@Verdade não recomenda a sua leitura a menores ou a pessoas mais sensíveis.
As opiniões, informações, argumentações e linguagem utilizadas pelos participantes nesta secção não reflectem, de algum modo, a linha editorial ou o trabalho jornalístico do @Verdade.
Os que se dignarem a colaborar são incentivados a respeitar a honra e o bom nome das pessoas. As injúrias, difamações, o apelo à violência, xenofobia e homofobia não serão tolerados.
Diga-nos quem é o Xiconhoca desta semana. Envie-nos um E-MAIL para averdademz@gmail.com

Xiconhoquices
Editorial Xiconhoca
averdademz@gmail.com
Materiais eleitorais Polícias que
produzidos pela violentaram médicos
Académica Não pagamos A Polícia moçambicana é o
É vergonhoso o nível de promis- exemplo mais acabado de
cuidade existente entre a Comis- O Governo da Frelimo não es- somente pelas elevadas taxas, dades. Aliás, não se pode com- um bando de indivíduos
são Nacional de Eleições (CNE) e conde a sua aversão mórbida mas pelo facto de a medida parar com outras actividades quadrados, que só sabem
o partido Frelimo. Numa atitude aos órgãos de informação in- violar três direitos fundamen- comerciais, que chegam a ter usar a força para resolver
de clara falta de respeito para uma situação. O caso mais
dependentes. Uma das pro- tais, nomeadamente a de li- investidores estrangeiros.
com os eleitores moçambicanos,
va mais acabadas desse ódio berdade de informação, de ex- recente está relacionado
a produção do material de vota-
desmedido contra os meios de pressão e de imprensa. Basta um pequeno olhar para com a agressão perpetrada
ção para as Eleições Autárquicas
do Outubro próximo foi adjudi- Comunicação Social nacionais se aperceber que neste país, contra dois médicos afectos
cado ao Consórcio Académica- é o Decreto número 40/2018, É de conhecimento de todos por exemplo, todos os jornais ao Hospital Central de Mapu-
-Uniprint. Ou seja, mais uma aprovado pelo Conselho de que os cidadãos têm direito de independentes juntos não ven- to. Esse bando de Xiconhocas
vez a CNE volta a confiar a uma Ministros no passado dia 12 de se informarem e serem infor- dem mais de 10 mil exempla- que se diz Polícia da Repú-
empresa cujo proprietários são Junho. O referido decreto que mados, para além da liberdade res por semana. Aliado a essa blica de Moçambique (PRM)
membros influentes do partido estabelece taxas proibitivas de expressarem as suas opi- situação, o mercado de anún- destratou aqueles profissio-
Frelimo. É evidente que a entre- para o exercício da actividade niões e inquietações. Os meios cios ou publicidades continuam nais alegadamente porque
ga desse negócio a esse consór- jornalística no país já entrou de Comunicação Social, sobre- exíguo. Como consequência negligenciaram a saúde de
cio é uma fraude de proporções um paciente que morreu,
em vigor esta semana, embora tudo os independentes são um disso, os profissionais da Co-
pronográficas, e não nos vamos
o mesmo Governo tenha reco- dos principais instrumentos para municação Social auferem cujo familiar é membro da
surpreender se voltarmos a as-
sistir ao enchimentos de urnas nhecido que o documento não a materialização desses direitos salários míseros, mas, apesar PRM.
com boletins de votos previa- foi precedido por consultas aos fundamentais do cidadão. É, disso, não deixam de cumprir o
mente preenchidos nas sedes do principais intervenientes. no entanto, repugnante quan- seu papel de informar e formar Perseguidores da
partido Frelimo espalhados pelo do um Governo toma decisões os cidadãos. AJUDEM
país. Além da criação de (mais) um com vista a acabar com esses
Definitivamente, estamos a
órgão regulador da Comuni- direitos, por não tolerar críticas. O decreto não passa de um
Políticos na CNE cação Social em Moçambique, documento cheio de asneiras
anos -luz para nos tornarmos
num país verdadeiramente
Esperava-se que o Conselho Na- o Governo de Filipe Nyusi au- Ao tomar a tal medida, o Go- produzidas por um bando de
cional das Eleições (CNE) fosse democrático. Prova disso é a
mentou e criou diversas ta- verno de Nyusi não fez um insensatos que não têm noção
um órgão que se guia pela legis- vandalização dos escritórios
xas de licenciamento e registo estudo de mercado do sector da realidade do mercado de
lação para tomar determinadas da Associação Juvenil para
para serviços de rádio, televi- de comunicação nacional. Na comunicação no país. Portan-
decisões. Porém, não é o que se o Desenvolvimento de Mo-
são e imprensa escrita e ainda verdade, não é necessário um to, os órgãos de informação
tem estado a acompanhar nos çambique (AJUDEM), supos-
últimos dias. Aliás, a CNE tem agravou “astronomicamente” estudo profundo para perce- independentes devem se unir
tamente por indivíduos des-
agido por motiva,cões políticas o custo da acreditação de jor- ber que os órgãos de informa- e recusarem veementemente
conhecidos. Está claro que
para o afastamento de cabeças- nalistas estrangeiros. Trata-se ção independentes não lucram a pagar essas taxas absurdas e
essa acção vergonhosa tem
-de-lista dos partidos da oposi- de uma posição absurda, não como outros sectores de activi- desfocadas da realidade.
a mão dos suspeitos de cons-
ção. As últimas deleiberações
tume, que já nos habituaram
do CNE mostra que este órgão
eleitoral continua, de forma eleições viciadas.
recorrente, a ser uma fonte de Tung Massango Saudades e bebe cerveja feita de mandioca, ao
conflitos em períodos eleito-
goste de nós no
.com/JornalVerdade
dos Samora e Mondlane · 1 almoço você come chima de milo Governo
rais. Exemplo disso é O facto dia(s) com mathapa de mandica e bebe
O Governo da Frelimo é, sem
de cabeça-de-lista da Renamo, Isac Langa Esse sao cerveja feita de milho e ao jantar
Jornal @Verdade dúvidas, um dos governos
lapidadores da coisa você come chima de mandioca com
Venâncio Mondlane, e da AJU- O Grupo Mecula, do General mais cómicos e insensato que
publica deveriam ser mathapa de mandioca e bebe cerveja
DEM, Samora Machel Jr, estão Alberto Joaquim Chipande que há existe na face da terra. Após
respossablizados. · 1 dia(s) feita de mandioca. Por isso a vida de
fora da corrida para a presi- 19 anos deve ao Tesouro Público aprovar o Decreto 40 que é na
moçambicano está entre mandioca e
dência do Conselho Autárquico mais de 40 milhões de me cais, Otavio Ernesto Nhanala
milho. · 3 h verdade um atentado a liber-
de Maputo nas eleições de 10 ficou com o património da ex nta Nhanala Sem
Melo Jaime Atelauaia dade de imprensa, o Governo
de Outubro deste ano. Rodoviária de Moçambique -Norte comentarios!!! · 13 h
Espero que não usem o da frelimo veio a público re-
(ROMON) em Nampula e em Helder Dos Santos Carrier
Alienação da ROMON Cabo Delgado por 25,3 milhões de Divida suberana, povo
milho nem a madioca para conheceu que a criação do De-
para General produzirem essa substância, está nos creto 40 não foi precedido de
me cais montante ainda que não paga · 1 dia(s)
prejudicar nós pobres... Procurem consultas com os intervenien-
Chipande amor zou na totalidade. Antonio Simoes MarƟnho outro produto para prosseguiram
hƩp://www.verdade.co.mz/ tes, como aliás tem feito em
Sem sombras de dúvidas, o Go- Vai fechar por com o vosso negócio, com muito
tema-de-fundo/35/66667 inconpetecia. · 1 dia(s) toda legislação. O mais carica-
verno da Frelimo é uma verda- respeito! · 6 h
deira piada. Num acto pouco to é que deixou o decreto en-
Francelino Orlando Ringe É trar em vigor. No auge da sua
claro, o Governo alienou ao
goste de nós no isso meu irmão, eles podem estupidez, decidiu criar comis-
Grupo Mecula, do General Al-
.com/JornalVerdade produzir essas coisas apar r do lixo
berto Joaquim Chipande, o pa- são para rever as taxas que
de Hulene kkkkkkk · 5 h
trimónio da extinta Rodoviária são inconstitucionais. Bando
Jornal @Verdade Melo Jaime Atelauaia Eu já
de Moçambique - Norte (RO- de inúteis!
MON) em Nampula e em Cabo As Cervejas de Moçambique (CDM) pensei nesse sen do meu
Delgado por 25,3 milhões de que fabricam o único produto que Irmão, só que não quis falar muito. ·
Se tens alguma
meticais montante ainda que não aumenta de preço desde 2014 5h
anunciou nesta quarta-feira que
não amortizou na totalidade. eres
denuncia ou qu
vai construir uma nova fábrica Macas J-p Francelino
Lembrar de que Chipande, há O Carlos Mavuie Querem Orlando Ringe vão tomar
em Maputo que deverá estar rnalista
19 anos, deve ao Tesouro Públi-
co mais de 40 milhões de meti-
vender terrenos e operacional antes das Eleições com certeza. · 4 h contactar um jo
infraestruturas do estado, Gerais de 2019. Carlos Jamal Inves r nos
cais O Governo formalizou em não querem inves r · 1 dia(s)
hƩp://www.verdade.co.mz/ bebados e depois
Fevereiro de 2017 a alienação
património existente em Nam-
Jose Carvalho Mais um
“libertador” que se tornou
nacional/66677 lamrntar-se nos acidentes
de viação!.... Que bonito!.... · 9 h
Te
eleg
gra
am
pula e Cabo Delgado da Rodo-
viária de Moçambique – Norte,
num dos maiores
“opressores “ . Ladrão da equipa do
Carlos Jamal A cerveja era
feita de cevada ou centeio
Tung Massango Querem pra 86
6 450
0 30
0 76
Empresa Estatal, extinta nos malta ir votar grosso veja só
GUEBUZA. ... · 23 h mas agora em
anos 90, e que deixou mais de os nossos governantes. · 8 h
três centenas de trabalhadores Da Cecília Colonos negros · Moçambique é feita de milho e E-Mail
Helder Eddy Tung Massango
1 dia(s) mandioca. Ora vejamos: ao pequeno
no desemprego e na miséria. kķkkk · 6 h averdademz@gmail.com
Quanta pouca vergonha! almoço você come mandioca cozida

Ficha Técnica
NAMPULA-Av. 25 de Setembro 57 A
Telemóvel+258 84 39 98 635 Jornal registado no GABINFO, sob o número 014/GABINFO-DEC/2008; Propriedade: Charas Lda; Fundador: Erik Charas.
MAPUTO-Avenida Mao Tse Tung 479 Director: Adérito Caldeira; Director-Adjunto: Sérgio Labistour; Chefe de Redacção: Emildo Sambo; NAMPULA - Delegado: Hélder Xavier; Chefe de Redacção: Júlio Paulino;
Telemóvel+258 86 45 03 076
Director Gráfico: Nuno Teixeira; Periodicidade: Diário.
E-mail:averdademz@gmail.com
04
Sociedade
www.verdade.co.mz
24 de Agosto de 2018

Autárquicas 2018: CNE exclui AJUDEM e mata aspiração de Samora Machel Júnior ser
edil de Maputo
A Associação Juvenil para o Desenvolvimento de Moçambique (AJUDEM), encabeçada por Samora Machel Júnior, está fora da corrida para as eleições
autárquicas de 10 de Outubro deste ano. A Comissão Nacional de Eleições (CNE) chumbou a candidatura daquela agremiação por insuficiência de suplentes
para preencher os lugares vagos em consequência da renúncia de quatro membros, o que provavelmente coloca os adversários directos a esfregarem as
mãos, por terem um concorrente a menos.
Texto: Emildo Sambo

Na decisão final sobre a permanência ou não da associa- go 30 da Lei número 7/2018.


ção, 9 votos foram contra, 7 a favor e 1 abstenção, disse o
porta-voz da CNE, Paulo Cuinica. Paulo Cuinica acrescentou que, a partir da afixação das listas
definitivas de candidaturas às eleições autárquicas, os qua-
De acordo com ele, a deliberação que mata as aspirações de tro os queixosos terão/têm 10 dias para se conformarem
Samora Machel Júnior de concorrer à presidência da edilida- com o que está estabelecido no artigo acima citado.
de surgiu da verificação das listas de candidatura de todos os
partidos políticos, coligações de formações políticas e grupos
de cidadãos. Quinta-feira (23) era o dia reservado para o efeito
para que a CNE decidisse sobre as listas aceites e rejeitadas.

A par de Venâncio Mondlane, que foi colocado fora da cor-


rida para a presidência do Conselho Autárquico de Maputo,
a AJUDEM pode recorrer da decisão da CNE, ao Conselho
Os votos em que arruinaram a AJUDEM foram da Frelimo e Constitucional.
do Movimento Democrático de Moçambique (MDM). Este
partido, recorde-se, foi o mesmo que deu azo à rejeição da Na quinta-feira, o porta-voz afirmou que a submissão de
candidatura do cabeça-de-lista da Renamo, Venâncio Mon- candidaturas é feita até ao último dia do prazo estabelecido
dlane, ao impugnar a sua propositura por ter renunciado ao para o efeito [06 a 13/08/2018].
mandato de membro da Assembleia Municipal de Maputo
(AMM), em 2015, pese embora o seu candidato, Silvério
Ronguane, esteja na mesma situação.

Paulo Cuinica explicou que a AJUDEM não reuniu os requisi-


tos previstos no artigo 23 [rejeição definitiva da lista] da Lei
n.º 7/2018, de 3 de Agosto.

Segundo a cláusula acima mencionada, a lista de um parti-


do político, coligação e grupo de cidadãos é definitivamente
rejeitada se não perfizer o número de candidatos efectivos
e de pelo menos três suplentes.

As quintas eleições autárquicas serão realizadas com base num


“sistema de lista”, que consiste na escolha dos membros da
assembleia autárquica e o cabeça da lista vencedora será pro-
Samora Machel Júnior virou-se contra a Frelimo, partido no poder clamado presidente do conselho autárquico de onde concorre.
e no qual nasceu e se tornou homem, e candidatou-se à presi- E não é aceite mais de uma lista de candidatos para a mesma
dência do município de Maputo, nas eleições autárquicas, depois autarquia (artigo 20 Lei n.º 7/2018, de 3 de Agosto).
de ter sido preterido nas eleições internas do partido no poder.
A CNE disse, na terça-feira (21), que os quatro candidatos Ao abrigo do número 2 do artigo 7 [marcação da data e
que desistiram de concorrer às eleições autárquicas de 10 A rejeição da candidatura da AJUDEM para concorrer no es- realização das eleições] da Lei n.º 7/2018, de 3 de Agos-
de Outubro, pela lista da AJUDEM, deviam formalizar a sua crutínio que se avizinha gerou um debate acesso. A Rena- to, a eleição dos membros da assembleia autárquica e do
retirada através de uma declaração assinada e reconhecida mo, por exemplo, defendeu que na CNE devia notificar o presidente do conselho autárquico realiza-se simultanea-
pelo notário, com conhecimento da associação a que estão/ mandatário de candidatura da associação visada a sanar as mente num único dia, em todas as autarquias locais, salvo
estavam filiados, conforme estabelece o número 2, do arti- irregularidades no prazo estipulado por lei. nos casos expressamente previstos na lei.

Tribunal em Inhambane desaconselha fuzilamentos de civis pela Polícia condenando


comandante da PRM na Maxixe e seus subalternos
O juiz do Tribunal Judicial da Província de Inhambane (TJPI), Carlos Fernando Pedro, condenou, na quarta-feira (22), Joaquim Nascimento, ex-comandante
da Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maxixe, e outros três oficiais superiores, seus subalternos, a 24 anos de prisão, por terem
assassinado a tiros quatro jovens naquele ponto do país, em 2017.
Texto: Redacção

O crime foi cometido em Maio de dante distrital PRM na Maxixe, (SERNIC) na Maxixe. Sobre eles todos os arguidos circunstâncias na localidade de Mavume, em Fu-
2017, no distrito de Funhalouro, Julião Ruben, chefe de operações pesa o crime de autoria material agravantes. nhalouro.
segundo a acusação do Ministério afecto à mesma instituição, come- do homicídio qualificado.
Público (MP). teram o crime de são acusados. Para além de confiscar as duas via- As vítimas saíram de Maputo para
Carlos Pedro, juiz da 3a. Seccão turas usadas pelos arguidos no dia Inhambane. Os advogados de de-
No desfecho do julgamento inicia- Foram igualmente sentenciados Criminal do TJPI, disse, por exem- dos factos e que reverterão a favor fesa dos réus manifestaram pre-
do no dia 23 de Julho último, o TJPI à pena máxima, Raul Samuel e plo, que os réus “agiram livre, do Estado, eles devem pagar um tensão de recorrer da sentença,
concluiu que não há dúvidas de Conselho Marques, então oficiais deliberada e conscientemente” total de 5.5 milhões de meticais porque, no seu entender, o tribu-
que os réus Joaquim Nascimento, superiores afectos ao Serviço Na- mesmo “sabendo que a conduta de indemnização às famílias dos nal “baseou-se na mera ficção e
que à data dos factos era coman- cional de Investigação Criminal é punível” por lei. E militam contra quatro jovens mortos numa mata não nos factos”.
05
Mundo
www.verdade.co.mz
24 de Agosto de 2018

Abusos sexuais: “A Igreja tem de assumir esta Israa al-Ghomgham pode


vergonha, promovendo uma purga e uma catarse” ser a primeira mulher
saudita executada por
“A Cúria Romana é responsável por mais ateus do que Karl Marx, Nietzsche e Freud juntos.” É desta activismo
forma lapidar que o padre, professor e ensaísta português Anselmo Borges aponta o dedo ao governo
da Igreja Católica, que considera ter sido conivente com os abusos sexuais de menores divulgados no Um grupo de activistas sauditas de direitos
relatório judicial que revelou que, nos últimos 70 anos, mais de 300 padres abusaram sexualmente de humanos alerta para a possível decapitação
mais de mil crianças no estado norte-americano da Pensilvânia. Na sequência deste relatório, o Papa de uma activista política da Arábia Saudita. A
Francisco dirigiu-se ao mundo numa carta em que (além de se penitenciar) condena violentamente o condenada é Israa al-Ghomgham, que a 6 de
encobrimento de tais abusos por parte de altos membros da hierarquia da Igreja, bispos inclusive. Agosto foi provisoriamente sentenciada à morte
por um tribunal de Riade, conta o Middle East Eye
Texto: Público de Portugal (MEE).
Texto: Público de Portugal
“O que o Papa lembra é que é distorcida”. “Claro que não há co cristalinas”; ou seja, um cal-
preciso agir em consequência uma ligação directa entre celi- do que ajuda à consumação do
em relação aos prevaricadores, bato e pedofilia, mas há claras abuso sexual.
nomeadamente quando se refe- ligações entre uma sexualidade
re aos abusos como crime, além distorcida e esta perturbação”, Outra medida fundamental se-
de como pecado, e quando con- advoga, reclamando, como pas- ria que houvesse um “bondoso
voca todos para a obrigação de so seguinte, a abertura dos car- mas rigoroso escrutínio psico-
os denunciar”, começou por in- gos hierárquicos da Igreja às lógico dos candidatos a padres”,
terpretar Anselmo Borges. Nas mulheres: “Se houvesse mais capaz de ajudar à detecção pre-
entrelinhas da carta de Fran- mulheres nas instâncias mais coce da propensão para tais
cisco, o teólogo descortinou altas de decisão, estes horrores desvios e de garantir o devido
críticas ao clericalismo de que não deixariam de existir, mas acompanhamento psiquiátrico,
enferma a Igreja e que leva os não teriam atingido esta esca- até porque os padres “não têm
seus membros a procurar sal- la.” competências para tal”. Israa al-Ghomgham, 29 anos, está detida há aproxima-
vaguardá-la – encobrindo tais damente três anos, por liderar e participar em manifes-
crimes – mais do que a proteger A Conferência Episcopal Por- Depois de ler a carta de Fran- tações contra o Governo, em Qatif, na província orien-
as suas vítimas. tuguesa (CEP), que agrega os cisco, e falando em nome indi- tal do reino. Estas manifestações, organizadas pela
bispos portugueses, recusa es- vidual, esta membro do Graal minoria xiita do país, pediam mais igualdade e o fim da
“Parece que o importante [para tabelecer este link. “Não gosta- conclui que, “tanto como pedir discriminação da minoria religiosa.
quem encobre os abusos] é a ria de fazer essa ligação entre perdão”, o Papa tem de exone-
instituição tida como divina estes casos e o celibato eclesiás- rar os que cometeram abusos Israa al-Ghomgham está entre o grupo de seis pessoas
quando, afinal, Jesus não fun- tico dos padres. Não vejo que ou os encobriram. Recusando que foram então detidas e acusadas de incitação à de-
dou Igreja nenhuma, mas um se deva fazer tal reflexão neste falar em falhanço da política sobediência — por “repetirem slogans contra o Estado”,
movimento a favor da pessoa. momento”, afirmou ao PÚBLI- de “tolerância zero” para com conforme se lê na acusação —, e de apoio moral a mani-
Este encobrimento sistémico CO o porta-voz da CEP, Manuel os abusos sexuais de menores festantes contra o Governo. A activista foi também acu-
dos abusos é uma espécie de Barbosa, garantindo não ha- iniciada por Bento XVI e que sada de terrorismo, “por criar o caos no país”, defendem
cancro com metástases que ver neste momento em cima Francisco prometeu continuar, os procuradores sauditas, citados pela emissora alemã
ameaça a Igreja, tanto como os da mesa quaisquer denúncias a catedrática acha que o Papa Deutsche Welle.
abusos em si”, acrescenta. contra membros do clero por- devia ter sido mais ousado no
tuguês e garantindo que a CEP seu combate. “Parece-me que A sessão final do julgamento está agendada para 28 de
Convencido da bondade de está alinhada com Francisco no ele teve medo de ser drástico Outubro: nessa altura que Ghomgham saberá se enfren-
Francisco, o teólogo diz não propósito de “lutar contra qual- de mais, mas deveria tê-lo sido, ta pena de morte ou não. Na Arábia Saudita a morte por
acreditar, porém, que o actual quer forma de abuso”. “Não é nem que a Igreja tivesse ficado guilhotina tem de ser ratificada pelo rei. A confirmar-se
Papa tenha a força necessária nova em Francisco esta insis- reduzida a dez padres”. o veredicto, Ghomgham será a primeira mulher saudita
para quebrar “as resistências tência. Temos que continuar a enfrentar a pena de morte por activismo.
brutais das forças ultraconser- este processo de purificação,
vadoras” da Cúria Romana, go- com oração, jejum e penitên- Abusos sexuais e desculpas. Para já, “a vida dela está a salvo”, afirmou Ali Adubi-
verno da Igreja Católica, onde cia”, declarou. Uma história que se repete si, director da Organização para os Direitos Humanos
se integrarão muitos dos que, na Igreja Católica Europeia-Saudita, mas o tempo escasseia. Por isso, o
ao longo dos anos, foram co- responsável pela organização não-governamental pe-
niventes com os abusos, ocul- Escrutínio psicológico dos Concordando que “pedir des- diu “protestos em todo o mundo, em solidariedade e
tando-os, “quase por obrigação futuros padres culpa não chega”, o bispo emé- em defesa da sua liberdade e vida”.
doutrinal em muitos casos”. rito das Forças Armadas, D. Ja-
Para Isabel Allegro de Maga- nuário Torgal Ferreira, reclama Adubisi diz que a saúde da activista se deteriorou du-
lhães, professora catedrática e também a necessidade de ser rante o tempo de detenção. “A prisão é muito má. Há
Um novo modelo de padre membro do Graal (uma comu- feita “uma varredela na Cúria, tortura psicológica e física aqui”, afirma o responsável,
nidade internacional de mulhe- afastando pessoas, quebrando que também há esteve preso durante um mês. “A re-
Perante “uma das suas piores res de inspiração cristã), sarar o silêncio”. “A Cúria precisa de pressão está a aumentar na Arábia Saudita”, disse em
crises”, importava refundar a estas feridas implica escavar uma higienização muito pro- declarações ao MEE.
Igreja e “recuperar a mensa- muito mais fundo e refundar se funda”, defende, dizendo acre-
gem do Evangelho que diz: ‘A não a Igreja, pelo menos a sua ditar que o Papa Francisco tem “Sentenciar uma defensora dos direitos humanos abre
verdade libertar-vos-á’”, segun- doutrina. A começar pelo ce- força para isso, até porque “já um precedente perigoso na Arábia Saudita”, disse Ali
do Anselmo. Como? “Convoque- libato: “Nas igrejas protestan- elegeu muitos cardeais que sa- Adubisi à BBC. “É sobretudo uma vingança contra a Pri-
-se um novo sínodo [assembleia tes – onde os pastores podem berão estar do seu lado”. mavera Árabe e um castigo para Qatif, que registou os
de bispos], com representação casar e praticamente são todos maiores protestos desde 2011.”
de bispos, mas também de re- casados – não se ouve falar de Ao longo dos últimos cinco anos,
ligiosos e de leigos, eles e elas, escândalos com esta dimensão, Francisco foi reconfigurando De acordo com o relatório de 2018 do Observatório dos
proporcionalmente ao seu nú- o que faz pensar que a possibi- o colégio cardinalício, sendo Direitos Humanos, as autoridades sauditas discriminam
mero, isto é, com mais leigos do lidade de matrimónio ajuda a da sua responsabilidade a no- a minoria xiita em temas centrais como “educação pú-
que clero”, sugere, reclamando minimizar estes desvios.” meação de 75 dos 125 cardeais blica, sistema de justiça, liberdade religiosa e emprego”.
a necessidade de “um novo mo- que compõem aquele órgão. E, São especialmente intolerantes face a protestos.
delo de padre” como princípio Reconhecendo que muitos dos insiste D. Januário, o Papa de-
da cura das feridas abertas no abusos de menores ocorrem veria agora “lançar a hipótese” Os ataques à minoria religiosa já custaram a Riade os
seio da Igreja. dentro da família, e muitos são de pôr fim ao celibato obrigató- laços diplomáticos com o Irão, pais de maioria xiita. O
perpetrados por homens casa- rio e “empenhar-se em destruir afastamento foi ditado pela execução, em Janeiro de
“Não podemos andar eterna- dos, a catedrática diz acreditar toda a estrutura dos que foram 2016, de um clérigo xiita, o xeque Nimr-al Nimr.
mente a pedir desculpas. É que a repressão da sexualida- cúmplices de silêncios, perver-
preciso acabar de vez com este de aos que querem ser padres, sidades e crimes”. “A Igreja tem Um relatório das Nações Unidas, publicado em Junho,
equívoco que é o celibato obri- somada a todo um conjunto de de assumir esta vergonha, pro- concluiu que a Arábia Saudita usava, de forma sistemá-
gatório dos padres”, precisa, práticas quer nos seminários, movendo uma purga e uma ca- tica, leis antiterrorismo para suprimir defensores dos
considerando que na sonegação quer nos confessionários, em tarse”, preconiza o bispo, para direitos humanos: “Os que exercerem o seu direito à
da sexualidade dos membros que os padres “aparecem sinis- concluir: “Isto é uma derrota liberdade de expressão de forma ordeira são sistema-
do clero pode residir, em parte, tramente ocultados por aquelas para a Igreja. E só se cura com ticamente perseguidos na Arábia Saudita”, lê-se no re-
a chave para a prática de uma grades com buraquinhos”, cria total verdade, total transparên- latório. “Muitos passam anos na prisão, outros são exe-
sexualidade profundamente situações “pouco límpidas, pou- cia e total humildade”. cutados.”