Você está na página 1de 23

Sistema Genital Masculino

MONITORIA 2010/11
Objetivos

 Identificar as principais estruturas anatômicas do


aparelho reprodutor masculino
 Referência: roteiro da Disciplina de Anatomia
Componentes

 Testículos
 Epidídimo
 Ductos deferentes
 Glândulas Seminais
 Ductos ejaculatórios
 Próstata
 Glândulas bulbouretrais
 Orgãos genitais externos – pênis e escroto
Testículos
Testículos

 No testículo devemos identificar as faces medial e lateral,


pólos superior e inferior, duas margens anterior e outra
posterior, ocupada em cima e em baixo pelo epidídimo. O
hilo, localizado na metade superior da borda posterior é
chamado de mediastino e o revestimento do testículo é
feito pela túnica albugínea.
 Tanto o testículo como o epidídimo e a primeira porção
do ducto deferente são diretamente envoltos por uma
membrana serosa que é a túnica vaginal.
 Entre o corpo do epidídimo e a face lateral do testículo
vamos encontrar um espaço denominado seio do
epidídimo que vai permitir identificar o lado do testículo.
Epidídimo

 O epidídimo ocupa a borda posterior do testículo e se


divide em cabeça, corpo e cauda.
Ducto Deferente

 O ducto deferente é de fácil identificação por sua parede


espessa, em sua porção terminal apresenta uma dilatação
que é a ampola do ducto deferente.
 O ducto deferente se une ao ducto excretor da vesícula
seminal para formar o ducto ejaculatório que se abre de
cada lado do utrículo prostático.
Glândula seminal e ducto ejaculatório
Glândula seminal e ducto ejaculatório
Glândula seminal e ducto ejaculatório
Glândula seminal e ducto ejaculatório
Próstata
Funículo espermático

 O cordão espermático ou funículo espermático é o


nome dado à estrutura formada pelo ducto deferente
e seus tecidos que o circulam que correm desde o
abdômen ate o testículo.
 Componentes – artéria testicular, artéria do ducto
deferente, artéria cremastérica, ramo genital do
nervo genitofemoral, nervo para o músculo
cremaster, nervos do sistema nervoso simpático,
ducto deferente, vasos linfáticos.
Funículo espermático
Órgão genital externo – pênis

 O pênis é formado pelos corpos cavernosos que se


iniciam posteriormente pelos ramos, dirigem-se para
frente e estão separados pelo septo do pênis.
 O corpo esponjoso tem início no bulbo do pênis,
anteriormente apresenta uma dilatação que é a glande
onde um rebordo elevado contorna a glande sendo
chamado de coroa da glande.
 Na união da glande com o corpo do pênis encontramos
um estrangulamento conhecido como colo.
 O revestimento externo do pênis é feito pelo prepúcio.
Pênis
Pênis
Corte transversal do corpo do pênis
Escroto

 Bolsa situada atrás do pênis e abaixo da sínfise da


pube, divide-se em dois compartimentos, cada um
dos quais contém um testículo, um epidídimo e a
parte inferior do funículo espermático e seus
envoltórios.
 É formado por pele e dartos.
 Pele – apresenta uma rafe na região mediana que se
continua anteriormente com a rafe do períneo.
 Dartos – formado por fibras musculares lisas e
firmemente aderida à pele. O septo do escroto é
formado pela túnica dartos.
Escroto
Escroto
Referência Bibliográfica

 Anatomia orientada para a clinica, MOORE, 5ª


edição
 Atlas de anatomia humana, NETTER, tradução da 4ª
edição
 Roteiro de anatomia