Você está na página 1de 6

04/10/2018 [Modelo] Recurso - Contra Processo Administrativo para suspensão de seu direito de dirigir

Publicar Cadastre-se Entrar

Home Artigos Notícias Jurisprudência Diários Oficiais Modelos e Peças Legislação Diretório de Advogados Alertas

[Modelo] Recurso - Contra Processo


Administrativo para suspensão de seu
direito de dirigir

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA JUNTA


ADMINISTRATIVA DE RECURSOS DE INFRAÇÕES – JARI, DO
DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DE SÃO
PAULO - DETRAN/SP.

Processo Administrativo nº 000000/2016

Tipo de Recurso: SUSPENSAO

Portaria: 191100322616

CNH: nº 00000000019

VALTER DOS SANTOS, brasileiro, solteiro, (profissão), inscrito no


CPF/MF sob o n. 301.000.000-57 e CNH com número de registro
00000000019, titular da carteira de identidade R. G. Nº 36.000.000-0
SSP/SP, residente e domiciliada na Avenida Itavuvu, nº 3.560 – Jardim Santa

https://santosvalter.jusbrasil.com.br/modelos-pecas/437646783/modelo-recurso-contra-processo-administrativo-para-suspensao-de-seu-direito-d… 1/6
04/10/2018 [Modelo] Recurso - Contra Processo Administrativo para suspensão de seu direito de dirigir

Cecília, CEP 18078-005, Sorocaba/SP, vem, respeitosamente, à presença de


Vossa Senhoria, interpor

RECURSO

em face do PROCESSO ADMINISTRATIVO PARA SUSPENSÃO DE


SEU DIREITO DE DIRIGIR, o que o faz com fundamento na Lei nº
9.503/97, e Resolução nº 182 de 09 de setembro de 2005, do Conselho
Nacional de Trânsito – CONTRAN, pelos fatos e fundamentos a seguir
aduzidos:

INICIALMENTE

Autorizo O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE TRÂNSITO |


DEMUTRAN, ARARAS/SP, a seu critério, enviar para o correio eletrônico
(e-mail), acima informado, as notificações de autuação ou penalidade, as
cópias de autos de infração, os resultados de defesas/recursos de multa e
outras petições.

I – DOS FATOS

Consta no referido processo que este Recorrente teria em tese, atingido a


contagem de 20 (vinte) pontos, no período de 12 (doze) meses, em seu
prontuário, e por este motivo fora instaurado o presente processo.

Irresignado este Recorrente apresentou defesa junto ao DETRAN/SP,


entretanto, a mesma fora indeferida sob a anêmica e frágil argumentação de
que a farta documentação comprobatória não sustentava a defesa, senão
vejamos:

“DETRAN - Resultado: Indeferido Data: 22/02/2017, Defesa do processo foi


indeferida (recusada), conforme motivo (s) abaixo:

Os argumentos aqui apresentados não foram suficientes para


anular a penalidade de suspensão do direito de dirigir.” (grifamos)

Todavia, este Recorrente junta a defesa que fora ao DETRAN apresentada,


bem como a documentação a ela carreada para apreciação de Vossa Senhoria,
pois, em que pese os veículos abaixo haver pertencido a este recorre, os
mesmo à época das infrações já havia sidos alienados a terceiro e por isso
mesmo as infrações não deve ser imputada como restara comprovado a seguir:

1 – Referente ao veículo de GM/Celta, HATCH SPIRIT, de placas DDD-


0000, CHASSI 9BGR0000000000000, a senhora DAS QUANTAS,
brasileira, casada, comerciante, inscrita no CFP/MF sob o nº 000.000.000-32

https://santosvalter.jusbrasil.com.br/modelos-pecas/437646783/modelo-recurso-contra-processo-administrativo-para-suspensao-de-seu-direito-d… 2/6
04/10/2018 [Modelo] Recurso - Contra Processo Administrativo para suspensão de seu direito de dirigir

e titular da carteira de identidade RG nº 00.000.000-0 SSP/SP, residente e


domiciliada na Rua Firminópolis, nº 000 - Jardim Vista Alegre, CEP 00000-
000, São Paulo/SP, o adquiriu deste recorrente em 29 de setembro de 2013,
sob o compromisso de transferir o veículo para o seu nome em no máximo 30
dias.

Contudo, a senhora DAS QUANTAS, não honrou com os compromissos


contratuais o que ensejou na AÇÃO DE OBRIGAÇÃO DE FAZER
DECORRENTE DA NÃO TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULO, C/C
INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS E MATERIAIS, COM PEDIDO
DE TUTELA PROVISÓRIA, em curso perante a 6ª Vara Cível - Foro de
Sorocaba, processo nº 0000000-00.0000.8.26.0602.

Além disso, a Sra. DAS QUANTAS e/ou pessoas por ela autorizadas, vêm
conduzindo o veículo de forma irresponsável. E, por este motivo assim, como
restara prolatado em sentença na ação precitada, as infrações de trânsito,
cometidas doravante 29 de setembro de 2013, do veículo de GM/Celta,
HATCH SPIRIT, de placas DDD-0000, CHASSI 9BGR000000000, devem
ser suportada pela senhora DAS QUANTAS.

2 – No que se refere aoveículo de GM/Celta, 3 Portas, SUPER cor PRETA


CAP/POT/CIL 5/1000CC, categoria PARTICULAR, ano/modelo de fabricação
2004, chassi 9BGR00000000, PLACAS Doo-3333, o mesmo fora alienado ao
PANGARÉ, brasileiro, casado, comerciante, inscrito no CPF/MF sob o nº
000.000.000-00, titular da carteira de identidade RG nº 00.000.000-9, CNH
nº de registro 000000, residente e domiciliado na Rua Francelino Romão, nº
000 - Vila Rica, CEP 18052-370, Sorocaba/SP, conforme a documentação
anexa, havendo o mesmo inclusive já haver transferido o veículo para o nome
de sua esposa senhora Pangarelaine, alem ter firmado todos os termos de
responsabilidades sobre quaisquer infrações que recaiam sobre o veículo
(anexos).

II – DO DIREITO

Diante do exposto, restam cristalino que o recorrente não cometera quaisquer


das infrações imputadas, não havendo alternativas se não o arquivamento do
processo em testilha.

Pois, em que pese haver a previsão da responsabilidade solidária (Art. 134,


CTB), não significa dizer que o proprietário antigo tenha que suportar todo o
ônus que recair sobre o veículo, até porque não seria solidário, e sim sozinho.
O que de todo não é razoável, pois, não cometerá quaisquer infrações.

Pertinente também é o julgado abaixo transcrito:

https://santosvalter.jusbrasil.com.br/modelos-pecas/437646783/modelo-recurso-contra-processo-administrativo-para-suspensao-de-seu-direito-d… 3/6
04/10/2018 [Modelo] Recurso - Contra Processo Administrativo para suspensão de seu direito de dirigir

STJ - AGRAVO REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL AgRg


no AREsp 438156 RS 2013/0390131-2 (STJ)

Data de publicação: 06/06/2014

Ementa: ADMINISTRATIVO E PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO


REGIMENTAL NO AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. MULTA.
RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA ENTRE OS PROPRIETÁRIOS DO
VEÍCULO. ART. 134 DO CTB. RESPONSABILIDADE MITIGADA.
IMPOSSIBILIDADE DE COBRAR DO ANTIGO PROPRIETÁRIO
ESTANDO COMPROVADO QUE AS INFRAÇÕES QUE ENSEJARAM A
PENALIDADE NÃO FORAM POR ELE COMETIDAS. PRECEDENTES.
CLÁUSULA DE RESERVA DE PLENÁRIO. DESNECESSIDADE. AUSÊNCIA
DE DECLARAÇÃO DE INCONSTITUCIONALIDADE DOS DISPOSITIVOS
DE LEI. AGRAVO REGIMENTAL DESPROVIDO. 1. Esta Corte já decidiu que,
comprovada a transferência da propriedade do veículo, afasta-se a
responsabilidade do antigo proprietário pelas infrações cometidas
após a alienação, mitigando-se, assim, o comando do art. 134 do Código
de Trânsito Brasileiro (AgRg no REsp 1.204.867/SP, Rel. Min. CÉSAR
ASFOR ROCHA, DJe 06.09.2011). 2. Afigura-se inaceitável a argumentação
relacionada à observância da cláusula de reserva de plenário (art. 97 da
CRFB ) e do enunciado 10 da Súmula vinculante do STF, pois não há
declaração de inconstitucionalidade do dispositivo legal suscitado, tampouco o
seu afastamento, mas apenas inaplicabilidade na hipótese dos autos, segundo
a exegese que lhe foi emprestada 3. Agravo Regimental desprovido.

Nesse sentido, coleciona-se a seguir sábia decisão proferida, na qual entendeu


por bem o D. Juiz julgar que a responsabilidade solidária entre o antigo e o
atual proprietário do veículo é relativa e que mesmo ainda constando nos
órgãos competentes como proprietário do veículo, a autuação lançada em seu
nome deve ser afastada:

TJ-MG - Apelação Cível AC 10433120058493002 MG (TJ-MG)

Data de publicação: 30/05/2014

Ementa: ADMINISTRATIVO - INFRAÇÕES POSTERIORES À TRADIÇÃO


DO VEÍCULO - NÃO TRANSFERÊNCIA DO REGISTRO NO DETRAN - ART.
134, CTB - RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA RELATIVA ENTRE O
ANTIGO E O ATUAL PROPRIETÁRIO - HONORÁRIOS DE SUCUMBÊNCIA.
1 - De acordo com o posicionamento adotado pelo Superior Tribunal de
Justiça, a responsabilidade solidária entre o antigo e o atual
proprietário do veículo é relativa. Dessa forma, restando comprovado
nos autos que o vendedor do veículo não foi quem efetivamente cometeu as
infrações, em que pese ainda constar nos órgãos competentes como

https://santosvalter.jusbrasil.com.br/modelos-pecas/437646783/modelo-recurso-contra-processo-administrativo-para-suspensao-de-seu-direito-d… 4/6
04/10/2018 [Modelo] Recurso - Contra Processo Administrativo para suspensão de seu direito de dirigir

proprietário do veículo, a autuação lançada em seu nome deve ser afastada.


(...) Recurso prejudicado. (grifei)

Se há responsabilidades a ser imputadas ao recorrente, não é a suspensão do


direito de dirigir, até porque, como resta fartamente comprovado pelos
documentos carreados aos autos, não cometera qualquer infração de trânsito,
nem tão pouco os veículos estavam sob sua responsabilidade.

III – DOS PEDIDOS

Diante do exposto REQUER-SE digne-se Vossa Senhoria em determinar:

a) A anulação do referido processo administrativo para imposição de


penalidade de SUSPENSÃO DE SEU DIREITO DE DIRIGIR, no pé em
que se encontra, por tudo que acima delineou-se;

b) Caso esse não seja o entendimento de Vossa Senhoria, o que o faz apenas
por hipótese, REQUER, seja a negativa, fundamentada, e entregue por
escrito diretamente ao Recorrente ou no endereço acima citado, no prazo de
05 dias, com a devida motivação sob pena de nulidade, a fim de instruir a
medida judicial cabível, por ser medida da mais LÍDIMA JUSTIÇA!

Termos em que,

Pede deferimento.

São Paulo/SP, 13 de março de 2016.

VALTER DOS SANTOS

É estritamente proibido o uso e/ou publicação desse material, em qualquer


meio, sem permissão expressa e escrita do autor do ARTIGO/MODELO.

VALTER DOS SANTOSPRO


Professor
VALTER DOS SANTOS! AUTOR do BLOG: https://www.professorvalterdossantos.com/ e do canal no YouTube (VALTER DOS SANTOS) É Bacharel em Direito
pela Universidade Paulista - UNIP; Possui graduação em Processos Gerenciais pela Universidade Cidade de São Paulo; MBA - Master in Business
Administration - Gestão em Estratégica Empresarial; Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, ministrado na
Escola Superior de Soldados (ESSd) da PMESP, é Técnico Em Transações Imobiliárias. Foi funcionário público por quase 10 anos, aprovado em diversos
concursos públicos.
159
PUBLICAÇÕES
214
SEGUIDORES
Seguir

0 Comentários

https://santosvalter.jusbrasil.com.br/modelos-pecas/437646783/modelo-recurso-contra-processo-administrativo-para-suspensao-de-seu-direito-d… 5/6
04/10/2018 [Modelo] Recurso - Contra Processo Administrativo para suspensão de seu direito de dirigir

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Escreva aqui...

Comentar

https://santosvalter.jusbrasil.com.br/modelos-pecas/437646783/modelo-recurso-contra-processo-administrativo-para-suspensao-de-seu-direito-d… 6/6