Você está na página 1de 7

DEPARTAMENTO ANO LETIVO

PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS 2018/2019


DISCIPLINA ANO DE ESCOLARIDADE ENSINO

CIÊNCIAS NATURAIS 8º BÁSICO

AÇÕES ESTRATÉGICAS
AE: CONHECIMENTOS, CAPACIDADES E DE ENSINO
ORGANIZADOR AULAS DESCRITORES DO
ATITUDES ORIENTADAS PARA O
Domínio PREVISTAS PERFIL DOS ALUNOS
O aluno deve ficar capaz de: PERFIL DOS ALUNOS
(Exemplos de ações a desenvolver na
disciplina)
6 Explicar as principais condições da Terra que Promover estratégias que Conhecedor/ sabedor/
TERRA, UM permitiram o desenvolvimento e a manutenção envolvam aquisição de culto/ informado
PLANETA COM VIDA da vida, articulando com saberes de outras conhecimento, informação e (A, B, G, I, J)
disciplinas (ex.: Ciências Físico Químicas). outros saberes, relativos aos
conteúdos das AE, que
Interpretar gráficos da evolução da temperatura impliquem:
e do dióxido de carbono atmosférico ao longo - necessidade de rigor, articulação e
do tempo geológico. uso consistente de conhecimentos;
- seleção de informação pertinente;
Relacionar a influência dos seres vivos com a - organização sistematizada de
evolução da atmosfera terrestre e o efeito de leitura e estudo autónomo;
estufa na Terra. - análise de factos, teorias,
situações, identificando os seus
Distinguir o sistema Terra dos seus elementos ou dados;
subsistemas, identificando as potencialidades - tarefas de memorização,
dos mesmos na geração da vida na Terra. verificação e consolidação,
associadas a compreensão e uso
7 Analisar criticamente o papel das rochas e do de saber, bem como a mobilização
solo na existência de vida no meio terrestre e do memorizado;
dos subsistemas na manutenção da vida. - estabelecer relações intra e
interdisciplinares.
Distinguir células eucarióticas de células
procarióticas em observações microscópicas. Promover estratégias que Criativo
envolvam a criatividade dos (A, C, D, J)
Reconhecer a célula como unidade básica dos alunos:
6 seres vivos, identificando os principais - imaginar hipóteses face a um
constituintes das células eucarióticas. fenómeno ou evento;

Página 1 de 7
MOD.02.1.0
4 Distinguir os níveis de organização biológica - conceber situações onde
dos seres vivos e dos ecossistemas. determinado conhecimento possa
ser aplicado;
SUSTENTABILIDADE Caracterizar um ecossistema na zona - imaginar alternativas a uma forma
NA TERRA 6 envolvente da escola (níveis de organização tradicional de abordar uma
biológica, biodiversidade) a partir de dados situação-problema;
recolhidos no campo. - criar um objeto, texto ou solução
face a um desafio;
Relacionar os fatores abióticos - luz, água, solo, - analisar textos ou outros suportes
temperatura – com a sua influência nos com diferentes pontos de vista,
ecossistemas, apresentando exemplos de concebendo e sustentando um
adaptações dos seres vivos a esses fatores e ponto de vista próprio;
articulando com saberes de outras disciplinas - fazer predições;
(ex.: Geografia). - usar modalidades diversas para
expressar as aprendizagens (por
Interpretar a influência de alguns fatores exemplo, imagens);
abióticos nos ecossistemas, em geral, e aplicá- - criar soluções estéticas criativas e
la em exemplos da região envolvente da pessoais.
escola.
Promover estratégias que Crítico/Analítico (A, B,
Distinguir interações intraespecíficas de desenvolvam o pensamento C, D, G)
6 interações interespecíficas e explicitar crítico e analítico dos alunos,
diferentes tipos de relações bióticas. incidindo em:
- mobilizar o discurso (oral e escrito)
Interpretar informação relativa a dinâmicas argumentativo (expressar uma
populacionais decorrentes de relações bióticas, tomada de posição, pensar e
avaliando as suas consequências nos apresentar argumentos e contra-
ecossistemas. argumentos, rebater os contra-
argumentos);
Sistematizar cadeias tróficas de ambientes - organizar debates que requeiram
aquáticos e terrestres predominantes na região sustentação de afirmações,
envolvente da escola, indicando formas de elaboração de opiniões ou análise
transferência de energia. de factos ou dados;
- discutir conceitos ou factos numa
Interpretar cadeias tróficas, partindo de perspetiva disciplinar e
diferentes exemplos de teias alimentares. interdisciplinar, incluindo

Página 2 de 7
MOD.02.1.0
Analisar criticamente exemplos de impactes da conhecimento disciplinar específico;
3 ação humana que condicionem as teias - analisar textos com diferentes
alimentares, discutindo medidas de pontos de vista;
minimização dos mesmos nos ecossistemas. - confrontar argumentos para
encontrar semelhanças, diferenças,
Explicar o modo como as atividades dos seres consistência interna;
vivos (alimentação, respiração, fotossíntese) - problematizar situações;
interferem nos ciclos de matéria e promovem a - analisar factos, teorias, situações,
sua reciclagem nos ecossistemas. identificando os seus elementos ou
dados, em particular numa
Interpretar as principais fases dos ciclos da perspetiva disciplinar e
água, do carbono e do oxigénio, com base em interdisciplinar
informação diversificada (notícias, esquemas,
4 gráficos, imagens) e valorizando saberes de Promover estratégias que Indagador/Investigador
outras disciplinas (ex.: Geografia e Ciências envolvam por parte do aluno: (C, D, F, H, I)
Físico-Químicas). - tarefas de pesquisa sustentada
por critérios, com autonomia
Analisar criticamente exemplos teoricamente progressiva;
enquadrados acerca do modo como a ação - incentivo à procura e
humana pode interferir nos ciclos de matéria e aprofundamento de informação;
afetar os ecossistemas. - recolha de dados e opiniões para
análise de temáticas em estudo.
Caracterizar as fases de uma sucessão
5 ecológica em documentos diversificados sobre Promover estratégias que Respeitador da
sucessões ecológicas primárias e secundárias requeiram/induzam por parte do diferença/ do outro (A,
aluno: B, E, F, H)
Discutir causas e consequências da alteração - aceitar ou argumentar pontos de
dos ecossistemas, justificando a importância do vista diferentes;
equilíbrio dinâmico dos ecossistemas e do - promover estratégias que induzam
modo como a sua gestão pode contribuir para respeito por diferenças de
alcançar as metas de um desenvolvimento características, crenças ou opiniões;
sustentável. - confrontar ideias e perspetivas
distintas sobre abordagem de um
Discutir opções para a conservação dos dado problema e ou maneira de o
ecossistemas e o seu contributo para as resolver, tendo em conta, por
necessidades humanas, bem como a exemplo, diferentes perspetivas

Página 3 de 7
MOD.02.1.0
4 importância da ciência e da tecnologia na sua culturais, sejam de incidência local,
conservação. nacional ou global.

Distinguir catástrofes de origem natural de Promover estratégias que Sistematizador/


catástrofe de origem antrópica, identificando as envolvam por parte do aluno: organizador (A, B, C, I,
causas das principais catástrofes de origem - tarefas de síntese; J)
antrópica e valorizando saberes de outras - tarefas de planificação, de revisão
disciplinas (ex.: Geografia). e de monitorização;
- registo seletivo;
Explicar o modo como a poluição, a - organização (por exemplo,
desflorestação, os incêndios e as invasões construção de sumários, registos de
biológicas podem afetar os ecossistemas. observações, relatórios de visitas
Interpretar a influência de alguns agentes segundo critérios e objetivos);
poluentes nos ecossistemas, partindo de - elaboração de planos gerais,
problemáticas locais ou regionais e analisando esquemas;
criticamente os resultados obtidos. - promoção do estudo autónomo
com o apoio do professor,
Discutir medidas que diminuam os impactes identificando quais os obstáculos e
das catástrofes de origem natural e de origem formas de os ultrapassar.
antrópica nos ecossistemas, em geral, e nos
4 ecossistemas da zona envolvente da escola, Promover estratégias que Questionador (A, F, G,
em particular. impliquem por parte do aluno: I, J)
- saber questionar uma situação;
Distinguir recursos energéticos de recursos não - organizar questões para terceiros,
energéticos e recursos renováveis de recursos sobre conteúdos estudados ou a
não renováveis. estudar;
- interrogar-se sobre o seu próprio
Caracterizar diferentes formas de exploração conhecimento prévio.
4 dos recursos naturais, indicando as principais
transformações dos recursos naturais. Promover estratégias que Comunicador (A, B, D,
impliquem por parte do aluno: E, H)
Discutir os impactes da - ações de comunicação uni e
exploração/transformação dos recursos bidirecional;
4 naturais e propor medidas de redução dos - ações de resposta, apresentação,
mesmos e de promoção da sua iniciativa;
sustentabilidade. - ações de questionamento

Página 4 de 7
MOD.02.1.0
Relacionar o papel dos instrumentos de organizado.
ordenamento e gestão do território com a
proteção e a conservação da Natureza. Promover estratégias envolvendo Autoavaliador
tarefas em que, com base em (transversal às áreas)
Sistematizar informação relativa a Áreas critérios, se oriente o aluno para:
Protegidas em Portugal e no mundo, - realizar autoanálise;
explicitando medidas de proteção e de - identificar pontos fracos e fortes
conservação das mesmas. das suas aprendizagens;
- descrever processos de
Identificar algumas associações e organismos pensamento usados durante a
4 públicos de proteção e conservação da realização de uma tarefa ou
Natureza existentes em Portugal. abordagem de um problema;
- considerar o feedback dos pares
Explicar a importância da recolha, do para melhoria ou aprofundamento
tratamento e da gestão sustentável de resíduos de saberes;
e propor medidas de redução de riscos e de - a partir da explicitação de
minimização de danos na contaminação da feedback do professor, reorientar o
água procedente da ação humana. seu trabalho, individualmente ou em
grupo.
Relacionar a gestão de resíduos e da água com
a promoção de um desenvolvimento Promover estratégias que criem Participativo/
4 sustentável. oportunidades para o aluno: colaborador (B, C, D,
- colaborar com outros, apoiar E, F)
Analisar criticamente os impactes ambientais, terceiros em tarefas;
sociais e éticos de casos de desenvolvimento - fornecer feedback para melhoria
científico e tecnológico no desenvolvimento ou aprofundamento de ações;
sustentável e na melhoria da qualidade de vida - apoiar atuações úteis para outros
das populações humanas. (trabalhos de grupo).

Promover estratégias e modos de Responsável/


organização das tarefas que autónomo (C, D, E, F,
impliquem por parte do aluno: G, I, J)
- a assunção de responsabilidades
adequadas ao que lhe for pedido;
- organizar e realizar
autonomamente tarefas;

Página 5 de 7
MOD.02.1.0
- assumir e cumprir compromissos,
contratualizar tarefas;
- a apresentação de trabalhos com
auto e heteroavaliação;
- dar conta a outros do cumprimento
de tarefas e funções que assumiu.

Promover estratégias que Cuidador de si e do


induzam: outro (B, E, F, G)
- ações solidárias para com outros
nas tarefas de aprendizagem ou na
sua organização /atividades de
entreajuda;
- posicionar-se perante situações
dilemáticas de ajuda a outros e de
proteção de si;
- disponibilidade para o
autoaperfeiçoamento.

Página 6 de 7
MOD.02.1.0
Distribuição de aulas

Outras atividades
Apresentação/diagnose Terra, um planeta com vida Sustentabilidade na Terra Total
formativas
3 23 48 20 94

Articulações possíveis Disciplina com quem articula

Organizador – Sustentabilidade na Terra, Projeto Rios. Ciências Físico Químicas; Geografia

A planificação anual está em articulação direta com o Programa de Sustentabilidade Ambiental


Eco-Escolas.

Esta planificação foi feita tendo por base as aprendizagens essenciais.

Tendo sido construídas a partir dos documentos curriculares existentes, as aprendizagens essenciais são a base comum de
referência para a aprendizagem de todos os alunos, isto é, o denominador curricular comum, nunca esgotando o que um aluno
tem de aprender.

Sempre que o perfil do aluno, da turma, o justifique a planificação poderá e deverá ser enriquecida recorrendo aos descritores das
metas curriculares.

Página 7 de 7
MOD.02.1.0