Você está na página 1de 3

Texto Jornalístico

Prof.: Maria João Costa - 8º ano

Os géneros jornalísticos possuem uma linguagem e um estilo muito próprios. Esta linguagem e este estilo adoptados prendem-se com o grande objectivo dos géneros jornalísticos: informar objectivamente o maior número de pessoas possível.

Linguagem e estilo jornalísticos

Linguagem clara, objectiva, directa, simples (nível corrente da língua).de pessoas possível. Linguagem e estilo jornalísticos Utilizar os nomes e os verbos em detrimento dos

Utilizar os nomes e os verbos em detrimento dos adjectivos valorativos, de forma a ser mais claro e objectivo.objectiva, directa, simples (nível corrente da língua). Empregar frases curtas e vocabulário comum. Evitar

Empregar frases curtas e vocabulário comum.valorativos, de forma a ser mais claro e objectivo. Evitar repetições. Colocar a informação importante no

Evitar repetições.e objectivo. Empregar frases curtas e vocabulário comum. Colocar a informação importante no início do texto

Colocar a informação importante no início do texto para captar a atenção do leitor.frases curtas e vocabulário comum. Evitar repetições. Redigir na 3ª pessoa. Os títulos Os grandes objectivos

Redigir na 3ª pessoa.no início do texto para captar a atenção do leitor. Os títulos Os grandes objectivos dos

Os títulos

Os grandes objectivos dos géneros jornalísticos são captar a atenção do leitor e informar. Como tal, deve o título ser interessante, atractivo, original, inédito, ou seja, o título:

deve ser curto;atractivo, original, inédito, ou seja, o título: utilizar nomes em detrimento de outras classes de palavras;

utilizar nomes em detrimento de outras classes de palavras;original, inédito, ou seja, o título: deve ser curto; usar frases interrogativas; possuir jogos de palavras;

usar frases interrogativas;utilizar nomes em detrimento de outras classes de palavras; possuir jogos de palavras; ter recursos expressivos;

possuir jogos de palavras;de outras classes de palavras; usar frases interrogativas; ter recursos expressivos; partir de nomes de filmes,

ter recursos expressivos;usar frases interrogativas; possuir jogos de palavras; partir de nomes de filmes, livros, programas de televisão,

partir de nomes de filmes, livros, programas de televisão, provérbios popularespossuir jogos de palavras; ter recursos expressivos; Observa estes exemplos: "Tornado e Star abrem

Observa estes exemplos:

"Tornado e Star abrem hostilidades"

"A semana "D" para o BCP"

"CMVM investiga operações da "quinta-feira negra""

"Poupar o (im)possível e investir as sobras"

A estrutura da notícia

A notícia é uma narrativa curta (refere o fundamental), de um acontecimento actual (24 horas) do interesse geral. A notícia caracteriza-se, assim, pela actualidade, objectividade, brevidade e interesse geral.

A notícia é constituída por três partes:

Título - pode, ainda, ter antetítulo e/ou subtítulo (facultativos);

Lead ou Parágrafo-guia - é o primeiro parágrafo da notícia que contém a informação mais importante, respondendo às questões: Quem? 0 Quê? Onde? e Quando?

Corpo da notícia - parágrafos seguintes, constituindo o desenvolvimento da notícia e respondendo às questões: Como? Porquê?

Lê esta notícia e atenta nas anotações.

Título

Porquê? Lê esta notícia e atenta nas anotações. Título Subtítulo Lead Corpo da notícia Sophia relembrada
Subtítulo Lead
Subtítulo
Lead

Corpo da notícia

nas anotações. Título Subtítulo Lead Corpo da notícia Sophia relembrada com o coração Faz três anos

Sophia relembrada com o coração Faz três anos que a poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen.

«Sophia relembrada com o coração» é o título de uma conferência que Alberto Vaz da Silva proferirá terça-feira no Centro Nacional de Cultura, em Lisboa, para assinalar os três anos da morte da poetisa. «Conheci-a por volta dos anos 50», disse à Lusa Vaz da Silva, antecipando que a sua conferência para evocar Sophia será «muito intimista» e baseada em memórias pessoais. Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu no Porto a 6 de Novembro de 1919 e passou a infância nesta cidade e em Lisboa. Os anos da juventude da poetisa, os tempos da resistência ao salazarismo e a sua paixão pela Grécia serão

alguns aspectos abordados na

conferência do Centro Nacional de Cultura, onde Alberto Vaz da Silva vai falar de uma viagem que fez com a

escritora, com a mulher (Helena Vaz da Silva) e outros amigos à

Sicília,

em 1990.

O

investigador promete

também fazer uma espécie de balanço «sobre o lugar gigantesco que a poesia de Sophia tem na cultura portuguesa». Sophia de Mello Breyner Andresen morreu em Lisboa a 2 de Julho de 2004. Por ocasião do terceiro aniversário da sua morte, o Pen Clube Português lança hoje o livro «Sophia» reunindo 70 textos que constituem uma homenagem à autora de «A menina do mar».

In Jornal de Notícias, 10/05/04 (texto adaptado)

Observa agora a notícia analisada:

 

Antetítulo

 

Título

Título

Sophia relembraria com o coração

Subtítulo

Faz três anos que a poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen morreu.

 

Quem?

Alberto Vaz da Silva.

 

O quê?

Proferirá uma conferência.

Lead

   
 

Onde?

Centro Nacional de Cultura.

Quando?

Terça-feira.

 

Como?

Corpo

 

Baseada em memórias pessoais e de cariz intimista, focando aspectos biográficos da poetisa.

da notícia

Porquê?

Devido ao lugar que a poetisa ocupou na vida do conferencista e ocupa no panorama literário português.

 

Conclusão

A notícia é normalmente representada por uma pirâmide invertida, uma vez que apresenta as informações mais importantes no início, e os pormenores de seguida (apresentando o esquema inverso do conto clássico).

(Antetítulo) Título (Subtítulo) Lead Corpo da notícia In Essencial da Língua Portuguesa 8º ano
(Antetítulo)
Título
(Subtítulo)
Lead
Corpo
da notícia
In Essencial da Língua Portuguesa 8º ano