Você está na página 1de 252

 Questões de provas

01- Língua Portuguesa (60 questões)......................................................03


02- Informática (40 questões) ...................................................................50
03- Direito Administrativo (55 questões).................................................72
04- Direito Penal (45 questões)...............................................................102
05- Estatuto dos Servidores de SC ( 40 questões)................................128
06- Direito Constitucional (42 questões)...............................................141
07- Direito Processual Penal (46 questões)...........................................162
08- Direitos Humanos (17 questões).......................................................187
09- ECA (25 questões)..............................................................................198
10- Estatuto do Desarmamento (25 questões).......................................213
11- Lei Maria da Penha (35 questões)....................................................228

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 1


Bem-vindo ao material de estudos do professor Renatão, caso você
não me conheça ainda, meu nome é Renato Bordini, sou Professor e
estou no mundo dos concursos desde 2012, já passei em três concursos
públicos, inclusive um da banca FEPESE. Quero te agradecer e
parabenizar pela sua decisão de estudar e por confiar em mim e adquirir
esse material exclusivo da sua aprovação no DEAP de Santa Catarina
2018. Agora que já me apresentei, quero deixar meu e-mail para contato:
professorrenatao@hotmail.com e deixar algumas informações claras
entre nós.

Primeiramente, quero lembrar que essas questões são em sua


maioria de provas da banca FEPESE, portanto alguns assuntos são
tratados diferentes entre uma banca e outra. Isso raramente acontece,
mas ao mesmo tempo podem haver interpretações diferentes.

Em segundo lugar, alguns assuntos cobrados no edital não existem


tantas questões disponíveis assim da banca. Então, foram usadas
questões de outras bancas para ajudar na sua preparação. Portanto,
temos em sua maioria questões FEPESE e para te ajudar ainda mais, você
está recebendo mais de 425 questões. É só você contar!

Para finalizar nossa conversa, quero lembrar que você gastou seu
precioso dinheiro nesse material. Você poderia fazer algo mais legal com
seu dinheiro e não fez! Preferiu comprar esse material!!! E você fez algo
muito importante, investiu na sua vida, então não distribua para ninguém,
pois esse material pode ser rastreado, muito menos em grupo de pessoas
que você não conhece, pois além de potencializar seus concorrentes
você comete um crime e você prejudica meu trabalho. Fazendo com que
eu tenha que elevar os preços para continuar trabalhando. Certo de sua
compreensão, um forte abraço e bons estudos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 2


1-FEPESE 2018-

Considere os trechos abaixo, extraídos do texto.

1.O esportista busca a felicidade através da vitória, acima de tudo. Porém, ele ainda é
uma pessoa que tem seu meio de vida dentro de regras de conduta, com trabalho em
equipe, respeito aos adversários e à torcida, ou seja, um comportamento que o leva à
vitória de forma justa e coerente com as regras que escolheu seguir. (2º parágrafo)

2.Para os gregos, esse exemplo universal era bem definido e representado na


Odisseia e nos Doze Trabalhos de Hércules – histórias famosas, nas quais os heróis,
Odisseu em uma e Hércules em outra, passam por provações até superar seus vícios
e só assim se qualificarem para alcançar a felicidade. (3º parágrafo)

Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( v ) e as falsas ( f ).

( ) Em 1, a palavra “Porém" introduz uma justificativa para o conteúdo da frase


precedente

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 3


( ) Em 1, os pronomes “ele" e “o" fazem referência a “O esportista".

( ) Em 2, os pronomes “seus" e “se" fazem referência, respectivamente, a Odisseu e a


Hércules.

( ) Em 1 e 2, as palavras “vitória", “adversários", “histórias" e “vícios" seguem a mesma


regra de acentuação gráfica.

( ) Em 1 e 2, o alcance da felicidade envolve, respectivamente, um comportamento de


acordo com regras de conduta e a superação de vícios.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a) SQUARE V , V , F , F , F

b) SQUARE V , F , F , V , F

c) Check-square F , V , F , V , V

d) SQUARE F , V , F , F , V

e) SQUARE F , F , V , V , V

COMENTÁRIO: Pronomes são palavras que acompanham os substantivos, podendo


substituí-los (direta ou indiretamente), retomá-los ou se referir a eles. Alguns exemplos
de tipos de pronome são: pessoais, possessivos, demonstrativos, interrogativos,
relativos e indefinidos.

GAB-C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 4


2-FEPESE 2018-

Assinale a alternativa correta, com base no texto.

a) O mais eficiente indicativo de notícias falsas é a grafia errada das palavras.

b) As eleições são responsáveis pelo surgimento de um fenômeno recente: os boatos.

c) O autor defende soluções institucionais de ordem jurídica para impedir fake news.

d) Check-square A educação e a conscientização são ferramentas poderosas para


combater a proliferação de notícias falsas, sem abrir espaço para a censura.

e) Infere-se que conteúdos compartilhados pelas redes sociais com avisos como
“Atenção! Alerta! Cuidado!” são os mais confiáveis.

COMENTÁRIO: Notícias falsas (sendo também muito comum o uso do termo em


inglês fake news) são uma forma de imprensa marrom que consiste na distribuição
deliberada de desinformação ou boatos via jornal impresso, televisão, rádio, ou ainda
online, como nas mídias sociais.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 5


GAB-D

3-FEPESE 2018- Considere as palavras abaixo sublinhadas no texto ACIMA:

propagação , isenta , apuradas , tática , apreço.

A sequência que melhor substitui as palavras destacadas, sem prejuízo de significado


e com os devidos ajustes de concordância, é:

a) SQUARE exposição , sensata , refinadas ,recurso , estima

b) SQUARE comunicação , livre , averiguadas , habilidade , afeição

c) SQUARE universalização , parcial , contabilizadas , metodologia , carinho

d) SQUARE disseminação ,esquiva , elaboradas, medida , valor

e) Check-square difusão , imparcial , conferidas , estratégia , consideração

COMENTÁRIO: A concordância nominal se baseia na relação entre um substantivo


(ou pronome, ou numeral substantivo) e as palavras que a ele se ligam para
caracterizá-lo (artigos, adjetivos, pronomes adjetivos, numerais adjetivos e
particípios). Basicamente, ocupa-se da relação entre nomes.

GAB-E

4-FEPESE 2018- Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( v ) e as falsas ( f ),


considerando o texto.

( ) Quanto ao sinal indicativo de crase, a grafia correta dos seis vocábulos, na


sequência das lacunas nos dois primeiros parágrafos, é: às, às ,a ,a, a , as.

( ) Na primeira frase do texto, a forma verbal é pode ser substituída por são, pois,
nesse caso, se trata de concordância verbal facultativa.

( ) Cada par de palavras segue a mesma regra de acentuação gráfica: fenômeno/ético;


vésperas/ midiática; espontânea/sobrevivência.

( ) O sinal de dois-pontos usado no segundo, parágrafo introduz um esclarecimento de


algo mencionado anteriormente.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 6


( ) A pergunta que encerra o segundo parágrafo é respondida no terceiro parágrafo do
texto.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a) Check-square V , F , V , V , F

b) V , F , F , F , V

c) F , V , V , F , F

d) F , V , F , F , F

e) F , F , F , V , V

COMENTário: Dois-pontos (graficamente, :) É um sinal de pontuação que anuncia


uma citação, uma enumeração, um esclarecimento, ou ainda uma síntese do que se
acabou de dizer. ...

Gab- A

5- FEPESE 2018- Identifique abaixo as afirmativas verdadeiras ( v ) e as falsas ( f ),


considerando o texto ACIMA;

( ) O pronome possessivo “sua" (1ª frase do texto) faz referência a “boatos".

( ) O vocábulo “se" funciona como pronome oblíquo nas três ocorrências: “se deparar",
“Perguntar-se" e “ver se" (5º parágrafo).

( ) A locução verbal “vão agir" (2º parágrafo) expressa tempo presente, podendo ser
substituída por “agem" sem afetar o significado temporal no texto.

( ) A forma verbal “mostraria" (3º parágrafo) reforça a ideia de que a ferramenta


“fakenewsautentica" ainda não se encontra efetivamente em uso.

( ) Em “compartilhe antes que apaguem essa informação" (5º parágrafo), as formas


verbais sublinhadas encontram-se no modo imperativo e subjuntivo, respectivamente.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a) SQUARE V, V , F , F V

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 7


b) SQUARE V , F , V , F , V

c) Check-square V , F , F , V , V

d) SQUARE F , V , F , V , F

e) SQUARE F , F , V , V , F

COMENTÁRIO: As formas verbais são as variações que os verbos apresentam


quando conjugados, ou seja, quando relacionados com um sujeito, ocorrendo flexão
em número, pessoa, tempo e modo.

GAB-C

6- FEPESE 2018- Considerando a correta acentuação gráfica de acordo com as novas


regras, assinale a alternativa correta.

a) São árduos os caminhos daqueles que têm vontade de vencer.

b) As raizes do futebol remontam a séculos anteriores a este.

c) O caráter de um homem é visivel a olhos nús.

d) A tranqüilidade e a obediencia eram os diferenciais daquele time.

e) Não foi boa idéia planejar o jogo em uma tabua feito folhas de papeis.

COMENTÁRIO: letra a) CORRETA

árduos- regra das paroxítonas terminada em ditongo oral;

têm - quando indica plural é acentuado.

letra b) ERRADA

raízes- acentuada pela regra do hiato

letra c) ERRADO

visível- acentuada pela regra das paroxítonas terminadas em L

Letra d) ERRADO

tranquilidade- como o novo acordo ortográfico, não existe mais trema

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 8


Letra e) ERRADO

ideia- perdeu o acento

GB-A

7- FEPESE 2018- Assinale a alternativa na qual os conceitos apresentados são


exemplificados corretamente pelas frases que os seguem.

a) Polissemia:

. O casal negociava suas diferenças.

. O casal negociava móveis.

b) Sinonímia:

. O naturalista protelou durante anos a publicação de sua obra.

. O naturalista contestou durante anos a publicação de sua obra.

c) Antonímia:

. Emma e Charles tratavam com franqueza suas divergências.

. Emma e Charles tratavam com sinceridade suas divergências.

d) Homonímia:

. A morte da filha fez aflorar muitas dúvidas sobre sua fé.

. Durante a viagem, Darwin fez florescer no navio muitas espécies vegetais.

e) Paronímia:

. Durante sua viagem no Beagle, o cientista estabeleceu as bases de sua teoria.

. A questão religiosa estava na base de seu maior dilema.

COMENTÁRIO: a) Polissemia: CORRETA

O casal negociava suas diferenças.

. O casal negociavamóveis.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 9


Polissemia: Mesma palavra que adquire novo sentido, além de seu sentido original.
POLI (vários) sentidos.

A enfermeira tomou a criança pelas mãos (tomou = segurou)

Os ingleses tomaram as Malvinas (tomaram = conquistaram)

GAB-A

8- FEPESE 2018- Texto 2

Os incentivos existem em três tipos de sabores básicos: econômico, social e moral. É


muito comum que um único esquema de incentivos inclua as três varieda-des.
Tomemos a campanha antitabagista dos últimos anos. O acréscimo da "taxa do
pecado" de $ 3 em cada maço é um forte incentivo econômico contra a compra de
cigarros. A proibição do fumo em restaurantes e bares é um poderoso incentivo social.
E a afirmação do governo americano de que os terroristas angariam fundos com a
venda de cigarros no mercado negro atua como um incentivo moral bastante
estridente. LEVITT, Steven D., DUBNER, Stephen J. Freakonomics. O lado oculto e
inesperado de tudo que nos afeta. Tradução Regina Lyra. Rio de Janeiro: Elsevier,
2005, p. 23.

No Texto 2, o uso dos vocábulos (sublinhados no texto) "sabores", para se referir a


"incentivos", "negro", para qualificar "mercado", e "estridente", para qualificar o
substantivo "incentivo", é exemplo de:

a) paronímia.

b) polissemia.

c) homonímia.

d) linguagem figurada.

e) linguagem denotativa.

COMENTÁRIO: E a linguagem figurada é uma expressão subjetiva da paravra. Em


que a palavra diz o que não se pode dizer. Tipos de incentivos, não podem ser
saboreados. Mercado, não tem cor e incentivo moral, não tem som de forma literal.

GAB – D

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 10


9- FEPESE /AGENTE PENITENCIÁRIO: Identifique qual das palavras entre
parênteses completa a frase corretamente.

1- Está (eminente/iminente) a demolição do prédio.

2- É um (previlégio/privilégio) trabalhar nesta organização.

3- Mesmo se ele (quizer/quiser) , não vou ceder ao seu pedido.

4- Talvez por receio, a comissão resolveu não (deferir/diferir) o pedido.

5- O orçamento para a construção de novos presídios é uma soma (vultosa/vultuosa).

Assinale a alternativa que indica as palavras corretas.

a) iminente ; privilégio ; quiser ; deferir ; vultosa

b) eminente ; privilégio ; quizer ; deferir ; vultosa

c) iminente ; previlégio ; quiser ; diferir ; vultuosa

d) eminente ; previlégio ; quiser ; deferir ; vultosa

e) iminente ; privilégio ; quizer ; diferir ; vultuosa

COMENTÁRIO: eminente: que se destaca por sua qualidade ou importância;


excelente, superior

iminente: que ameaça se concretizar, que está a ponto de acontecer; próximo,


imediato

previlégio: NÃO EXiste

privilégio: direito, vantagem, prerrogativa, válidos apenas para um indivíduo ou um


grupo, em detrimento da maioria; apanágio, regalia.

quizer: NÃO EXiste

quiser: é a forma conjugada do verbo querer no futuro do subjuntivo, na 1ª ou 3


pessoa do singular

deferir: (transitivo direto e transitivo indireto) atender (a)o que é solicitado;


condescender.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 11


diferir: (transitivo direto) transferir para outra data; adiar, procrastinar.

vultosa: (adjetivo) Considerável; de tamanho exagerado; em excesso: um valor vultoso


de dinheiro; despesas vultosas

vultuosa: (adjetivo) Que possui os olhos salientes, os lábios e o rosto avermelhados e


inchados; que sofre de vultuosidade.

GAB-A

10- FEPESE /AGENTE PENITENCIÁRIO: Assinale a alternativa que apresenta todas


as palavras corretamente acentuadas.

a) vírus, há, anéis, ônix

b) ítens, pólen, rúbrica, anzóis

c) urubús, açúcares, ímã, anistía

d) prototipo, íbero, aváro, levedo

e) juizes, delata-lo, vê, filântropia

COMENTÁRIO: a) vírus, há, anéis, ônix (vírus: paroxitona terminada em us é


acentuada; há do verbo existir, anéis: paroxítona terminada em i(s) são acentuadas;
paroxítona terminada em "x" é acentuada - macete: paroxítona terminada em Rouxinol
é acentuada)

GAB-A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 12


11-FEPESE /AGENTE PENITENCIÁRIO:

Assinale a alternativa correta em relação ao texto.

a) Todas as prisões nos Estados Unidos são rodeadas por muros altos e cercas
farpadas.

b) Os infratores violentos podem causar problemas nas prisões de segurança máxima.

c) A palavra sublinhada na última frase do texto é um pronome possessivo e retoma a


palavra o conceito de prisão de menor segurança.

d) A palavra sublinhada no primeiro parágrafo do texto é um advérbio e pode ser


trocada por “porém", sem alterar o sentido dado ao contexto.

e) Há no texto dois conceitos de prisão tomada no sentido geral: um para quem


sempre foi livre, outro para quem já passou por essa experiência.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 13


COMENTÁRIO:Alternativa D está incorreta porque "Mas" é conjunção e não advérbio.

GAB-E

12-FEPESE / AGENTE PENITENCIÁRIO: Assinale a frase que transpõe


corretamente o verbo da voz passiva analítica para a voz passiva sintética.

a) Os presos foram soltos. Soltou-se os presos.

b) Na rua, eram vistos jovens se manifestando. Jovens manifestavam-se nas


ruas.

c) Os presídios foram reformados. Reformaram-se os presídios.

d) Uma solução está sendo procurada pelos técnicos. Os técnicos procuraram


uma solução.

e) O rapaz ajudou o animal. O animal foi ajudado pelo rapaz.

COMENTÁRIO: Voz Passiva Analítica: Constrói-se da seguinte maneira: Verbo


SER + particípio do verbo principal.

GAB-C

13- FEPESE / AGENTE PENITENCIÁRIO Assinale a frase correta,


observando-se as regras de concordância nominal ou verbal.

a) Nem eu nem ele faltou com a palavra.

b) Subiram de preço a mão de obra e o material.

c) Louve-se, apesar dos pesares, os esforços empreendidos para a segurança


nos presídios.

d) Os Estados Unidos tem um estudo avançado sobre prisões de segurança


máxima.

e) Poderão fazer invernos menos rigorosos naquele país.

COMENTÁRIO: Concordância verbal é a concordância em número e pessoa


entre o sujeito gramatical e o verbo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 14


Concordância nominal é a concordância em gênero e número entre os diversos
nomes da oração, ocorrendo principalmente entre o artigo, o substantivo e o
adjetivo.

GAB-B

14- FEPESE / AGENTE PENITENCIÁRIO- Assinale a frase com pontuação


correta.

a) Não recebi reconhecimento mas compareci à cerimônia, mesmo assim.

b) O chefe foi recebido pela autoridade máxima e o servidor, pelos


companheiros de sala.

c) A ele não lhe deem o perdão, que na visão deste Tribunal, é caso encerrado.

d) Quando olhava aqueles adolescentes lembrava-me, de tudo o que estava


em suas histórias, de vida.

e) Ainda não decidimos quando, se efetivarão os cargos aprovados.

COMENTÁRIO: SINAIS DE PONTUAÇÃO: No geral, para representar pausas na fala,


nos casos do ponto, vírgula e ponto e vírgula; ou entonações, nos casos do
ponto de exclamação e de interrogação, por exemplo. Além de pausa na fala e
entonação da voz, os sinais de pontuação reproduzem, na escrita, nossas
emoções, intenções e anseios.

GAB-B

15- FEPESE / AGENTE PENITENCIÁRIO- Assinale a frase que apresenta o


correto vocativo para o Presidente da República em Redações Oficiais.

a) Vossa Senhoria

b) Atenciosamente

c) Respeitosamente

d) Excelentíssimo Senhor

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 15


e) A Sua Excelência o Senhor

COMENTÁRIO: REDAÇÃO OFICIAL: É todo ato normativo e toda comunicação do


Poder Público. Deve caracterizar-se pela impessoalidade, uso do padrão culto
de linguagem, clareza, concisão, formalidade e uniformidade.

Outros procedimentos rotineiros também fazem parte da redação de


comunicações oficiais, como as formas de tratamento e de cortesia, certos
clichês de redação, a estrutura dos expedientes etc.

GAB-D

16 2017 PM-SP A frase escrita em conformidade com a norma-padrão da língua


portuguesa, no que se refere à concordância, é:

a) Muitas pessoas tem negligenciado as horas de sono, o que levam a vários


problemas de saúde.

b) É no período do sono que precede imediatamente o estado de vigília que ocorre os


sonhos.

c) As horas dedicadas ao sono devem ser respeitadas por quem deseja ter uma vida
saudável.

d) Alguns sonhos se tornam recorrente, e deve ser dado especial atenção a sua
interpretação.

e) O sono, segundo explicam os especialistas, é essencial para que seja consolidado


a memória.

Comentário: O verbo "dever" deve concordar com "as horas de sono", que está no
plural.

GAB.C

17- VUNESP /2017 CÂMARA DE SUMARE-SP É importante que as crianças


___________ tempo _________ brincar,_____________ é uma necessidade
psicológica do ser humano. A alternativa que preenche as lacunas, correta e
respectivamente, conforme a norma-padrão da língua portuguesa é:

a) tenha … em … portanto

b) tenham … para … porque

c) tenha … por … conforme

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 16


d) tenham … com … então

e) tenham … de … porém

Comentário: as crianças -> sujeito, o verbo ter concordando com o sujeito fica tenham
regência de tempo nesse caso -> quem tem tempo, tem tempo PARA ......porque ->
usado em respostas explicativas e também causa ou finalidade. Pode ser substituído
por POIS ou COMO

GAB.B

18. VUNESP /2017 Leia o texto

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 17


Assinale a alternativa em que o sinal de pontuação indicado tem como característica
permitir que a ideia exposta pelo autor possa ser complementada pelo pensamento do
leitor.

a) Reticências em – agora se usa gato, se não estou atrasado… (3º parágrafo)

b) Ponto simples em – Reconheço, tenho saudade de certos termos. (6º parágrafo)

c) Aspas em – Vão para a balada, para a “night”. (7º parágrafo)

d) Ponto de exclamação em – foge de mingau e de qualquer delícia que engorde! (7º


parágrafo)

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 18


e) Dois-pontos em – A verdade é: não há botox ou plástica que resista. (10º parágrafo)

Comentário: Neste caso a reticências esconde uma resposta do leitor concordando


que a palavra "gato" foi usada corretamente.

GAB.A

19. 2017 Agente previdenciário. O termo “boko moko" foi criado para rotular as
pessoas de cafona porque não tomavam a tal bebida. Os pronomes que substituem
corretamente as expressões destacadas e estão adequadamente colocados na frase
encontram-se na alternativa:

a) O termo “boko moko” foi criado para rotulá-las de cafona porque não tomavam-na.

b) O termo “boko moko” foi criado para rotulá-las de cafona porque não a tomavam.

c) O termo “boko moko” foi criado para as rotular de cafona porque não lhe tomavam.

d) O termo “boko moko” foi criado para rotular-lhes de cafona porque não tomavam-na.

e) O termo “boko moko” foi criado para lhes rotular de cafona porque não a tomavam.

COMENTÁRIO: CAFONA: adjetivo: De péssimo gosto; sem elegância; cujos


comportamentos são espalhafatosos: sujeito cafona; jeito cafona. Em que há
ostentação excessiva; que tende a ser ridículo, muito extravagante ou vulgar.

Desprovido de refinamento; provinciano.

substantivo masculino e feminino: Algo ou alguém deselegante, brega, espalhafatoso


e/ou provinciano: o cafona já chegou?

Gab.B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 19


20. 2017 No trecho – … pensam que é necessário despertar a atividade desde cedo
para garantir o sucesso profissional. – a palavra destacada estabelece sentido de

a) causa.

b) lugar.

c) modo.

d) companhia.

e) finalidade.

Comentário : Consegue substituir a palavra PARA por conjunção subordinativa final: a


fim de, com a finalidade de

GAB.E

21. 2017 Câmera de Sumaré. De acordo com o texto, a sugestão dada aos pais é
que

a) evitem dar tantas atividades aos filhos.

b) mantenham os filhos longe dos celulares.

c) também procurem se ocupar.

d) continuem a compensar a ausência física.

e) procurem ocupar os filhos com esportes.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 20


Comentário: Pode-se concluir no final do texto a afirmação correta, quando o autor
afirma que as crianças precisam de tempo livre para brincar e socializar com as outras
crianças, ou seja, evitar tantas atividades.

GAB.A

22. 2017 Câmera de Sumaré. Assinale a alternativa em que a pontuação está de


acordo com a norma-padrão da língua portuguesa.

a) Flávia, mãe de Paulinho, estava preocupada.

b) Os pais, do menino, queriam que o filho se ocupasse.

c) Amadurecer antes do tempo, prejudica, as crianças.

d) Paulinho venha para casa, mais cedo!

e) Colocaram, o filho no inglês e, no judô.

Comentário: Flavia estava preocupada ¨ a frase é esta, ¨mãe de Paulinho¨ é uma


explicação, que pode estar entre virgulas ou travessão.

GAB.A

23. 2017 Técnico Judiciário. Uma frase escrita em conformidade com a norma-
padrão da língua é:

a) O pai alegou em que tinha sobrevivido dois anos com sua própria comida.

b) O pai tentou persuadir o filho de que era capaz de cozinhar.

c) O pai não conseguiu convencer o filho que estava apto com cozinhar.

d) O pai acabou revelando de que não estava preparado de cozinhar.

e) O pai aludiu da época que tinha sobrevivido com sua própria comida

Comentário: O pai tentou persuadir o filho de que era capaz de cozinhar. Quem
persuade, persuade alguém de algo - VTDI - CORRETA.

GAB.B

24. VUNESP /2017 PM-SP. No que se refere à concordância padrão, a frase correta é:

a) Os tormentos e a angústia inerentes ao processo de criação são alvos de queixa de


escritores talentosos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 21


b) Silêncio e solidão estão entre os requisitos que escritores dizem serem essencial
para realizar seu ofício.

c) As vozes esganiçadas que repercute no aeroporto não chegam a ser um empecilho


para ele escrever.

d) A comparação com a obra de grandes autores, como Machado de Assis, Gógol,


Faulkner e Dante Alighieri, inibiam o autor.

e) Dois anos se passou para que, finalmente, Drauzio Varella terminasse de escrever
seu último livro.

Comentário: o ver ser está no plural para concordar com o sujeito composto (Os
tormentos e a angústia)

GAB.A

MAIAS USAVAN SISTEMA DE ÁGUA EFICIENTE E SUSTENTÁVEL

Um estuo publicado recentemente mostra que a civilização maia da América central


tinha um sistema sustentável de abastecimento de água. Esse sistema hidráulico,
aperfeiçoado por mais de dez mil anos, foi estudado por uma equipe norte-americana.

As antigas civilizações têm muito para ensinar as novas gerações. O caso de coleta e
armazenamento de água é uma prova disso. Para chegar a essa conclusão, os
pesquisadores fizeram uma escavação arqueológica nas ruinas da antiga cidade de
Tikal, na Guatemala.

Durante o estudo, comandado por Vernon Scarborongh, da universidade de Cincinnati,


em Ohio, e publicada na revista cientifica PNAS, foram descoberta a maior represa
antiga da região maia, a construção de uma barragem em cadeia para fazer a
drenagem do maior reservatório de água em Tikal, a presença de uma antigas
nascente ligada ao inicio da civilização na região, em torno de 600 a.c, e o uso de
frintagel como areia para limpar a água dos reservatórios.

No sistema havia também uma estação que desviava a água para diversos
reservatórios. Assim, os maias supriam a necessidade de água, da população
estimada em 80 mil em Tikal, próximo ao ano 700, além da estimativa de mais de
cinco milhões de pessoas que viviam na região de planícies maias ao sul.

No final do século IX a área foi abandonada e os motivos que levaram ao seu colapso
ainda são questionados e debatidos por seus pesquisadores. Para Scarborongh, é
muito difícil disser o que de fato aconteceu. “Minha visão é que o colapso envolveu
diferentes fatores de tal modo que essa sociedade altamente bem-sucedida que
agiram como uma perfeita tempestade”. Nenhum fator isolado nessa coleção poderia
tê-los derrubado severamente. Disse o pesquisador a folha de São Paulo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 22


Segundo ele, a mudança climática contribuiu para a ruina dessa sociedade, uma vez
que eles dependiam muito dos reservatórios que eram abastecidos pelas chuva. É
provável que a população tenha crescido ales da capacidade do ambiente, levando em
consideração as limitações tecnológicas da civilização. “É importante lembrar que os
maias não estão mortos. A população agrícola que permitiu à civilização florescer
ainda é muito viva na América Central, lembra o pesquisador.

Adaptado, revista de, 21 de junho de2013

25. PC-2016. e os motivos que levaram ao seu colapso ainda são questionados e
debatidos pelos pesquisadores. O verbo que possui o mesmo tipo de complemento
que o verbo grifado acima está empregado em:

A) ... os pesquisadores fizeram uma escavação arqueológica nas ruínas da antiga


cidade de Tikal...

B) ... que os maias não estão mortos.

C) ... que a civilização maia da América Central tinha um método sustentável de


gerenciamento da água.

D) ... o que de fato aconteceu.

E) ... uma vez que eles dependiam muito dos reservatórios que...

Comentário do Renatão: Essa questão não é sobre o texto propriamente dito, a


banca usou uma oração do texto para cobrar complementos verbais, vamos ver o que
ela esta pedindo. O verbo LEVER pode ter dois tipos de complemento: Verbo
transitivo indireto: leva (aquilo que leva, leva a algo). O verbo levar exige a preposição
a no sentido de fazer atingir um resultado, fazer chegar a um resultado: a prática leva
à perfeição. A perfeição, portanto, é resultante da prática. Objeto indireto: a perfeição.

Quando verbo direto ele não exigira preposição e será no sentido de levar alguma
coisa ou alguém, veja o exemplo: Vou levar o senhor comigo. Estamos levando
alguma coisa ou alguém, nesse caso, mas a questão esta pedindo o primeiro caso,
VTI.

a)O verbo fizeram está como VTD, pois está se referindo a um substantive concreto(
uma escavação)

b)O verbo estar e verbo de ligação e intransitivo quando indica uma situação.

c)Também a ligação do verbo a um substantive concreto, sendo então VTD

d) Aconteceu é VTD pois seu complemento é sem preposição.

e) gabarito certo. Quem depende, depende de alguma coisa ou alguém, cuidado que
a banca colocou um advérbio(muito) para confundir o candidato, e mascarou a
preposição de + artigo (o) no plural ainda.

GAB.E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 23


26.PC-2016 A substituição do elemento grifado pelo pronome correspondente foi
realizada de modo INCORRETO em:

A) que permitiu à civilização = que lhe permitiu

B) envolveu diferentes fatores = envolveu-os

C) para fazer a dragagem = para fazê-la

D) que desviava a água = que lhe desviava

E) supriam a necessidade = supriam-na

Comentário do Renatão: Essa questão está cobrando a colocação pronominal, Como


ela pede a incorreta, apenas uma alternativa não está de acordo com a norma culta.
Os verbos transitivos direitos (VTD) são usados com pronomes desempenhando papel
de objeto diretio, veja os exemplos: envolveu-os, fazê-la e supriam-na. Já o lhe é
complemento verbal indireto(VTI) será usado com preposição, veja o exemplo: que
permitiu à civilização = que lhe permitiu, uso correto. No item (D) o verbo é direto e
seu complemento esta empregado indiretamente pelo (lhe) ferindo a norma culta e
tornando o item errado.

GAB.D

27. PC-2016 Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores fizeram uma escavação
arqueológica nas ruínas da antiga cidade de Tikal, na Guatemala. O a empregado na
frase acima, imediatamente depois de chegar, deverá receber o sinal indicativo de
crase caso o segmento grifado seja substituído por:

A) uma tal ilação

B) afirmações como essa

C)comprovação dessa assertive

D) emitir uma opinião desse tipo

E) semelhante resultado

Comentário do Renatão: Questão clássica de crase cobrada em vários concursos,


vamos a resolução.

Crase é um fenômeno que ocorre pelo encontro do (a) preposição, pela regência do
verbo + o (a) artigo feminina da palavra seguinte. Nos levando ao item(C) Para chegar
à comprovação dessa assertiva.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 24


Note que o elemento também está determinado, outro fator importante para ocorrer a
crase.

Nos itens A e B as frases estão em sentido amplo, indefinido, o que proíbe a crase. Já
no item D temos um verbo que também é proibitivo e no item E uma palavra
masculina.

GAB.C

28. PC-2016 Nenhum fator isolado nessa coleção poderia tê-los derrubado tão
severamente... A transposição da frase acima para a voz passiva terá como resultado
a forma verbal:

A) poderiam ter vindo a derrubar.

B) poderiam ter derrubado.

C) poderia ter sido derrubado.

D) poderiam ter sido derrubados.

E)poderia terem sido derrubados.

Comentário do Renatão: Quando passamos uma oração para o voz passiva,


acontece uma soma do verbo principal com verbo auxiliar, o que acontece na letra (D)

GAB.D

29. PC-2016 Segundo ele, a mudança climática contribuiu para a ruína dessa
sociedade, uma vez que eles dependiam muito dos reservatórios que eram
preenchidos pela chuva. A locução conjuntiva grifada na frase acima pode ser
corretamente substituída pela conjunção:

A) quando.

B) porquanto.

C) conquanto.

D) todavia.

E) contanto.

Comentário do Renatão: Veja as conjunções Causais, elas introduzem uma oração


que é causa da ocorrência da oração principal. São elas: porque, que, como (=
porque, no início da frase), pois que, visto que, uma vez que, porquanto, já que, desde
que, etc.

Gab.B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 25


30. PC-2016. Considerada a substituição do segmento grifado pelo que está entre
parênteses ao final da transcrição, o verbo que deverá permanecer no singular está
em:

A) ... disse o pesquisador à Folha de S. Paulo. (os pesquisadores)

B) Segundo ele, a mudança climática contribuiu para a ruína dessa sociedade... (as
mudanças do clima)

C) No sistema havia também uma estação... (várias estações)

D) ... a civilização maia da América Central tinha um método sustentável de


gerenciamento da água. (os povos que habitavam a América Central)

E) Um estudo publicado recentemente mostra que a civilização maia... (Estudos como


o que acabou de ser publicado)

Comentário do Renatão: O verbo haver é muito usado em concurso pois quase


sempre ele é invariável, é o que acontece no item (c) porém não se pode, no entanto,
afirmar que o verbo “haver” nunca vai para o plural. Ele pode, por exemplo,
desempenhar a função de verbo auxiliar (que indica pessoa, tempo e modo verbal;
sinônimo de “ter” nos tempos compostos). Nesse caso, o verbo é conjugado no plural.

Ex; Eles haviam chegado cedo.

Eles tinham chegado cedo.

GAB.C

31. PREFEITURA DE ALUMÍNIO. Leia o texto.

Um homem que dorme mantém em círculo em torno de si o fio das horas, a ordem dos
anos e dos mundos. Ao acordar consulta-os instintivamente e neles verifica em um
segundo o ponto da terra em que se acha, o tempo que decorreu até despertar; essa
ordenação, porém, pode se confundir e romper. Se acaso pela madrugada, após uma
insônia, vem o sono surpreendê-lo durante a leitura, em uma posição muito diversa
daquela em que dorme habitualmente, basta seu braço erguido para deter e fazer
recuar o sol, e, no primeiro minuto em que desperte, já não saberá da hora, e ficará
pensando que acabou apenas de deitar-se.

(Marcel Proust. No caminho de Swann. Trad. Mario Quintana. 17 ed. São Paulo:
Globo, 1995, p. 11 [Em busca do tempo perdido, v. 1])

Em consonância com o restante do texto, no trecho – Um homem que dorme mantém


em círculo em torno de si o fio das horas, a ordem dos anos e dos mundos. –,
empregam-se termos com sentido figurado, atingindo, entre outros efeitos, o de

a) atribuir conotação negativa à representação do sono.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 26


b) conferir características espaciais à noção de tempo.

c) descrever o sono como um ato meramente biológico.

d) sugerir que o insone dificilmente perde a noção do tempo.

e) enfatizar a estaticidade do corpo de alguém que está dormindo.

Comentário: adjetivo de dois gêneros 1. Relativo ao espaço de lugar ou de tempo. 2.


Relativo ao espaço intersideral. "Um homem que dorme mantém em círculo em torno
de si o fio das horas, a ordem dos anos e dos mundos."

GAB.B

32. PREFEITURA DE ALUMÍNIO. Foram analisados os


processos____________autos se discutia a política de proteção ao
menor_______________se refere a legislação pátria. Houve várias
sessões,___________foram convocados especialistas no assunto.

Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas.

a) em cujos … a que … para as quais

b) de cujos … à que … a cujas

c) nos quais … no que … que

d) que nos seus … que … a que

e) que nos … à qual … as quais

Comentário: CUJO é pronome relativo variável, analisaremos tais particularidades, tal


termo somente é utilizado no sentido de posse, fazendo referência ao termo
antecedente e ao substantivo subsequente. Observe:

O garoto cujo pai esteve aqui...A enunciação diz respeito ao pai do garoto, expresso
antes.

* Não se usa artigo definido entre o pronome :

O garoto cujo (o) pai esteve aqui (situação inadequada)

O garoto cujo pai esteve aqui... (forma conveniente)

Gab.A

33. PREFEITURA DE ALUMÍNIO. Assinale a alternativa que apresenta concordância


verbal de acordo com a norma-padrão.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 27


a) A empresa atua no setor moveleiro já fazem mais de 50 anos, sempre com
sucesso.

b) Vi muitos professores deixarem de dar inúmeras aulas e nada acontecerem com


eles.

c) A análise dos casos revelou que se tratam de problemas de falta de


comprometimento.

d) Nas avaliações, destacam-se os servidores do legislativo comprometidos com o


bom atendimento ao público.

e) É possível que ainda exista no mercado brasileiro algumas empresas que não
seguem o padrão ISO de qualidade.

Comentário: Veja a forma correta: a - A empresa atua no setor moveleiro já faz mais
de 50 anos, sempre com sucesso. o verbo fazer é impessoal qndo refere-se a tempo
transcorrido (ou a transcorrer), assim ficam no singular e não concorda com o sujeito
da frase

b - A análise dos casos revelaram que se tratam de problemas de falta de


comprometimento.

c - É possível que ainda existam no mercado brasileiro algumas empresas que não
seguem o padrão ISO de qualidade. O sujeito da frase é "algumas empresas", sendo
assim o verbo existi tem que concordar com ele

e - Vi muitos professores deixarem de dar inúmeras aulas e nada acontecer com eles.

Gab.D

34- PREFEITURA DE ALUMÍNIO. A frase redigida corretamente, quanto à


concordância padrão, é:

a) Faz alguns anos, alguns repórteres dirigiram a mim uma pergunta que passou a me
incomodar.

b) Na maioria das vezes, as perguntas que me eram feitas não me deixava muito
constrangido.

c) Os repórteres ficavam intrigados com o fato de ser gasto muitas horas para ir ao
trabalho.

d) Aos poucos, começou a me incomodar as horas que eu perdia dentro do carro nas
estradas.

e) Passei a me preocupar com cálculos e porcentagens, o que se mostraram


extremamente torturante.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 28


Comentário

b) Na maioria das vezes, as perguntas que me eram feitas não me deixava muito
constrangido. (ERRADO) quem eram feitas ? as perguntas eram feitas quem deixar ?
as perguntas não DEIXAVAM

c) Os repórteres ficavam intrigados com o fato de ser gasto muitas horas para ir ao
trabalho. (ERRADO) quem ficavam ? os repórteres ficavam com o fato de quê ? com o
fato de muitas horas SEREM GASTAS

d) Aos poucos, começou a me incomodar as horas que eu perdia dentro do carro nas
estradas. (ERRADO) quem começou a incomodar ? As horas COMEÇARAM A
INCOMODAR quem perdia ? Eu perdia

e) Passei a me preocupar com cálculos e porcentagens, o que se mostraram


extremamente torturante. (ERRADO) quem passou a se preocupar ? Eu passei a me
preocupar quem se mostraram ? Os cálculos "E" Porcentagens (OS QUAIS) SE
MONSTRARAM extremamente TORTURANTES

GAB.A

TEXTO

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 29


35- PREFEITURA DE ALUMÍNIO. A partir da leitura do último parágrafo, conclui-se,
corretamente, que o autor passou a usar o tempo em que dirigia para

a) deixar o corpo relaxar, sem pensar em nada que fosse relevante.

b) projetar textos verbais a partir do exercício da imaginação.

c) planejar as aulas que ministraria quando chegasse ao seu destino.

d) apreciar a natureza, atento ao azul do céu e aos pássaros em revoada.

e) resolver assuntos práticos, que não exigissem muito raciocínio.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 30


Comentário: "...em que o corpo estava preso e condicionado a uns poucos
movimentos mecânicos, para soltar a imaginação. Assim foi que, no azul do céu,
quase sempre muito azul, debaixo do qual costumava viajar, começaram a surgir
revoadas de palavras que aos poucos e aos bandos se combinavam, pintavam cores e
formas, botavam algumas ideias respirando e de pé."

GAB.B

36- PREFEITURA DE ALUMÍNIO. De acordo com o autor,

a) o tempo que passava na estrada não lhe parecia extenso, mesmo com os
comentários dos repórteres, pois ele apreciava dirigir.

b) as frequentes perguntas dos repórteres acerca do tempo gasto para ir de carro ao


trabalho persuadiram-no a mudar de ocupação.

c) a lembrança do poema de Quintana permitiu a ele compreender que sua vida não
era inútil como a das pessoas que apenas sonham com um mundo possível.

d) o conflito acerca do tempo despendido em suas viagens de carro dissipou-se após


a lembrança do poema de Mario Quintana.

e) o poema de Quintana levou-o a perceber que valia a pena gastar o tempo que fosse
dirigindo, pois o importante mesmo era seu destino: a escola.

Comentário: O autor tomou conhecimento do tempo perdido com a pergunta da


reporte, mas a reflexão só veio após lembrar do poema.

Gab.D

37- VUNESP TJ-SP Assinale a alternativa que apresenta o substituto correto para a
construção destacada.

a) Nas dezenas de entrevistas a que fui submetido... (1° parágrafo) – às quais concedi

b) Torturei-me durante algumas semanas... (3° parágrafo) – Sujeitei-me à tortura

c) Dias depois me lembrei de um poema de Mario Quintana... (4° parágrafo) – reportei-


me

d) ... apenas ficavam olhando as pessoas nas janelas do trem... (4° parágrafo) –
examinando às

e) O poema de Mario Quintana devolveu-me a paz. (5° parágrafo) – deu-me à paz de


volta

Comentário:a) Nas dezenas de entrevistas a que fui submetido... (1º parágrafo) – às


quais concedi [ERRADA] Quem é submetido, é submetido A alguma coisa, então o
trecho está correto. Mas a substituição proposta está errada, porque quem concede,

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 31


concede algo A alguém. Nesse caso, o que estão sendo concedidas são as
entrevistas, logo o acento indicativo de crase foi empregado de modo incorreto.
Complementando para entender o sentido da bi transitividade verbal da frase: "Nas
dezenas de entrevistas as quais concedi à emissora".

b) Torturei-me durante algumas semanas.[CORRETA] Quem se sujeita, se sujeita A


alguma coisa e "tortura" é palavra feminina. Sinal indicativo de crase empregado
corretamente. Ratificando: Sujeite-me ao martírio.

c) Dias depois me lembrei de um poema de Mario Quintana... (4º parágrafo) – reportei-


me [ERRADA] Aqui a alternativa não mexeu com questões gramaticais, mas sim
semânticas. Percebam que "se lembrar"(vir a memória) é diferente de "se reportar"(se
referir, aludir).

d) ... apenas ficavam olhando as pessoas nas janelas do trem... (4º parágrafo) –
examinando às [ERRADA]Tanto o verbo "olhar" quanto o verbo examinar são
transitivos diretos, ou seja, não exigem preposição. Então, na substituição, o sinal
indicativo de crase foi empregado incorretamente.

e) O poema de Mario Quintana devolveu-me a paz. (5º parágrafo) – deu-me à paz de


volta [ERRADA] Os dois verbos possuem a mesma transitividade. Quem devolve,
devolve algo a alguém. “Quem dá, dá algo a alguém” .” A paz” é objeto direto, logo o
sinal indicativo de crase foi empregado incorretamente.

Gab.B

38. VUNESP TJ-SP Assinale a alternativa em que a concordância nominal está de


acordo com a norma-padrão.

a) Ainda não identificada pela polícia, as pessoas responsáveis pelo assalto estão à
solta.

b) Já foi divulgado na mídia alguma coisa a respeito do acidente?

c) Vê-se que ficou assegurado à família a guarda do menor.

d) Se foi incluso no contrato, a cláusula não pode ser desconsiderada.

e) Fica claro que o problema atinge os setores público e privado.

Comentário: a) Identificadas.... as pessoas

b) divulgada ma mídia...(a)coisa

c) assegurada...a guarda

d) inclusa...a cláusula

e) correta

GAB.E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 32


39. VUNESP TJ-SP Observe as palavras acentuadas, em destaque no seguinte texto:

A Itália empreende atualmente uma revolução em sua indústria vinícola, apresentando


modernos e dinâmicos vinhos, não abandonando seu inigualável caráter
gastronômico.

Assinale a alternativa cujas palavras são acentuadas, respectivamente, segundo as


regras que determinam a acentuação das palavras destacadas no texto.

a) Saída; mostrará; hífen.

b) Ócio; fenômeno; inútil.

c) Dá-lo; anônima; estéril.

d) Eólica; órfã; ninguém.

e) Comprá-la; político; nível.

Comentário:

Paroxítona terminada em ditongo; (Itália = Ócio)

Proparoxítona; (vinícola = fenômeno)

Paroxítona terminada em L. (inigualável = inútil)

Gab.C

40. VUNESP TJ-SP Assinale a alternativa em que está caracterizada a figura de


sintaxe denominada pleonasmo.

a) Esperamos, sinceramente, você compreenda nossos motivos.

b) Dizem que os brasileiros autênticos somos loucos por futebol.

c) Ao povo, nada lhe dão que não seja seguido de novos impostos.

d) Ele que era forte e corajoso, ei-lo fraco e covarde.

e) Informaram que Sua Santidade continua adoentado.

Comentário:

a) Esperamos, sinceramente, (que) você compreenda nossos motivos. - Elipse:


Omissão de termo identificável pelo contexto

b) Dizem que os brasileiros autênticos somos loucos por futebol. - Silepse de pessoa:
Concorda com a ideia ("nós brasileiros") e não com a expressão sintática .

c) Ao povo, nada lhe dão que não seja seguido de novos impostos. - Pleonasmo:
Repetição de termos semelhantes para dar ênfase. Na ordem direta e sem a figura de
linguagem: Nada dão ao povo que não seja seguido de novos impostos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 33


d) Ele que era forte e corajoso, ei-lo fraco e covarde. - Antítese: Uso de palavras com
sentidos opostos.

e) Informaram que Sua Santidade continua adoentado. - Silepse de gênero: Concorda


com a idéia ("Sua Santidade" - Homem) e não com a expressão sintática

Gab.C

41. VUNESP TJ-SP Assinale a alternativa em que todas as palavras estão grafadas
segundo a ortografia oficial.

a) É certo que os cuidados com o educando devem dobrar durante a adolecencia,


para que o jovem haja sempre de acordo com a lei.

b) Durante o período de recessão, os chefes serão encumbidos de controlar a imissão


de faxes e copias xerox.

c) O revesamento dos funcionarios entre o Natal e o Ano Novo será feito mediante
sorteio, para que não ocorra descriminação.

d) Diante da paralização das atividades dos agentes dos correios, pede-se a


compreenção de todos, pois ouve exceções na distribuição dos processos.

e) A concessão de férias obedece a critérios legais, o mesmo ocorrendo com os casos


de rescisão contratual.

Comentário e correção:

a) É certo que os cuidados com o educando devem dobrar durante a adolescência,


para que o jovem aja sempre de acordo com a lei.

b) Durante o período de recessão, os chefes serão incumbidos de controlar a emissão


de faxes e cópias xerox.

c) O revezamento dos funcionários entre o Natal e o Ano Novo será feito mediante
sorteio, para que não ocorra discriminação.

d) Diante da paralisação das atividades dos agentes dos correios, pede-se a


compreensão de todos, pois houve exceções na distribuição dos processos.

GAB.E

42. VUNESP TJ-SP Assinale a alternativa em que todos os verbos estão conjuga- dos
segundo a norma-padrão.

a) Só haverá acordo se nós propormos uma boa indenização.

b) Perderam seus documentos durante a viagem, mas já os reaveram.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 34


c) Avisem-me, se vocês verem que estão ocorrendo conflitos.

d) Absteu-se do álcool durante anos; agora, voltou ao vício.

e) Antes do jantar, a criançada se entretinha com jogos eletrônicos.

Comentário: Antes do jantar, a criançada se entretinha com jogos eletrônicos. Única


opção com apenas um verbo, visto que "jantar" esta empregado como substantivo. O
verbo "entreter" assume a forma "entretinha" no Pretérito Imperfeito, denotando
situação passada que aconteceu apenas por certo periodo, sem continuidade. Este
tempo expressa um fato ocorrido num momento anterior ao atual, mas que não foi
completamente terminado. Esta adequado ao contexto

Gab.E

43. VUNESP TJ-SP A forma plural das palavras está correta na alternativa:

a) A empresa foi condenada por não pagar os salário-famílias.

b) Preferimos evitar males-entendidos; é melhor pacificar os ânimos.

c) As reuniões ocorrem sempre às segundas-feiras pela manhã.

d) Tomamos conhecimento dos abaixos-assinados apresentados pelos grevistas.

e) Já foram publicados os decreto-leis?

Comentário: Mal-entendidos: advérbio + verbo (somente o segundo deve ser


flexionado. Advérbios são invariáveis).

Salários-família: substantivo + substantivo (neste caso, somente o primeiro vai para o


plural porque a relação entre eles é subordinativa, isto é, não é possível pressupor a
conjunção "e").

Decretos-leis: substantivo + substantivo (ambos vão para o plural porque existe uma
relação coordenativa, pode ser explicitada pela conjunção "e". O diploma é um decreto
e uma lei).

Abaixo-assinados: advérbio + adjetivo (somente o segundo vai para o plural).

gab.C

44.VUNESP TJ-SP Assinale a alternativa em que os pronomes estão empregados e


colocados na frase de acordo com a norma-padrão.

a) Milicianos instalam-se nas comunidades e impõem seu poder; consolidam-no pela


prática do terror.

b) Nos surpreende, a cada dia, constatar a invasão das milícias, que espalham-se
pelas favelas, ditando-as suas leis.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 35


c) Quase nunca vê-se reação das comunidades diante do terror que as milícias as
impõem.

d) Há candidatos que usam as gangues: as procuram movidos pelo interesse em ter


elas como aliadas.

e) Depois de invadir vários territórios da cidade, as milícias dominaram eles e ali


instalaram-se.

Comentário:

b) Nos surpreende, a cada dia, constatar a invasão das milícias, que espalham-se
pelas favelas, ditando-as suas leis. (que se espalham: que é atrativo, nesse caso usa-
se próclise)

c) Quase nunca vê-se reação das comunidades diante do terror que as milícias as
impõem. (nunca se vê: nunca é atrativo, nesse caso usa-se próclise)

d) Há candidatos que usam as gangues: as procuram movidos pelo interesse em ter


elas como aliadas. (procuram-as: após uma pausa, usa-se ênclise)

e) Depois de invadir vários territórios da cidade, as milícias dominaram eles e ali


instalaram-se. (o correto é "ela" ou "a dominaram", pois retoma cidade)

gab.A

46. VUNESP DETRAN-SP Considerando as regras de uso do acento indicativo de


crase, assinale a alternativa que completa corretamente a frase.

Apesar disso, cada vez mais pessoas começam a acreditar que a bicicleta é, numa
comparação entre todos os meios de transporte, um dos que oferecem mais
vantagens_________________.

a) àqueles que a utilizam.

b) à toda a população.

c) à muitos indivíduos.

d) à esta comunidade.

e) à um grande número de usuários.

Comentário: Crase: contração da preposição "a" + o primeiro "a" de "aquele(s)",


"aquela(s)" e "aquilo". Dada uma frase com esses pronomes, trata-se de analisar se
também ocorre a preposição "a" Observe: Refiro-me aquilo.

Quem se refere se refere "a": portanto, ocorre a preposição "a", que vai se contrair
com o "a" de "aquilo". Logo, marcam os a contração com acento indicativo de crase:

Gab.A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 36


47. VUNESP DETRAN-SP Considerando as regras de regência da norma–padrão da
língua portuguesa, as expressões destacadas em – Alguém que resolve integrar a bike
ao seu estilo de vida e usá–la como meio de locomoção precisa compreender que
deverá gastar com alguns apetrechos necessários para poder trafegar. – podem ser
substituídas, correta e respectivamente, sem alteração de sentido, por

a) inserir a bike o ... estar ciente para que

b) inserir a bike entre o ... estar ciente a que

c) inserir a bike ao ... estar ciente que

d) inserir a bike para o ... estar ciente em que

e) inserir a bike no ... estar ciente de que

Comentário: Quem INSERE - insere a bike EM algum lugar -- (em + o = No)

Quem precisa estar CIENTE - Precisa estar ciente DE alguma coisa.

Gab.E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 37


Leia o texto a seguir para responder às questões de números 38 a 40.

48. PC-SP-2013 Considere o trecho apresentado a seguir:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 38


O destino me prestava esse pequeno favor: completava minha identificação com o
resto da humanidade...

Alterando apenas o tempo dos verbos destacados para o tempo presente, sem
qualquer outro ajuste, tem-se, de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa:

a) O destino me prestará esse pequeno favor: completará minha identificação com o


resto da humanidade...

b) O destino me prestou esse pequeno favor: completou minha identificação com o


resto da humanidade...

c) O destino me prestaria esse pequeno favor: completaria minha identificação com o


resto da humanidade...

d) O destino me prestasse esse pequeno favor: completasse minha identificação com


o resto da humanidade...

e) O destino me presta esse pequeno favor: completa minha identificação com o resto
da humanidade...

Comentário: Basta apenas conjugar o verbo PRESTAR e COMPLETAR no


PRESENTE nessa questão:

Eu presto/completo

Tu prestas/completas

Ele presta/completa

Nós prestamos/completamos

Vós prestais/completais

Eles prestam/completam

GAB.E

49. PC-SP-2013 Segundo o texto, o homem que encontrou a bolsa no assento do


ônibus

a) por não estar preparado para encontrar uma bolsa de mulher, limitou-se a deixá-la
no local em que estava.

b) entregou-a imediatamente ao motorista, conforme orientação do passageiro que se


encontrava próximo.

c) não deu importância ao acontecimento, por já ter várias histórias para contar sobre
objetos que encontrara.

d) ficou receoso, pois a ideia de abrir a bolsa de alguém a quem não conhecia
deixava-o embaraçado.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 39


e) escondeu-a do passageiro que se encontrava próximo, com receio de que ele
quisesse ficar com a bolsa.

Comentário: Como na 21° linha diz: "Hesitei: constrangia-me abrir a bolsa de uma
desconhecida ausente; nada haveria nela que me dissesse respeito."

GAB.D

50. PC-SP-2013 Considere o trecho: Leve para casa ponderou meu conselheiro,
como quem diz: É sua. Mas acrescentou: procure direito e o endereço aparece.

Sem que seja alterado o sentido do texto e de acordo com a norma-padrão da língua
portuguesa, o termo em destaque pode ser corretamente substituído por:

a) Porém.

b) Portanto.

c) Porquanto.

d) Por isso.

e) Pois.

Comentário: Conjunção é a palavra invariável que liga orações ou termos da oração.


Quando a conjunção liga duas orações que se completam uma a outra e faz com que
segunda complete a segunda dependa da primeira ela é subordinada. Adversativas:
exprimem mais contraste, oposição: mas, porém, todavia, contudo, entretanto, senão,
ao passo que, no entanto, apesar disso.

Gab.A

51. PC-SP-2013 Assinale a alternativa em que a pontuação está corretamente


empregada, de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa.

a) Diante da testemunha, o homem, abriu a bolsa e, embora experimentasse a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando,
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona.

b) Diante da testemunha, o homem abriu a bolsa e, embora experimentasse a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona.

c) Diante da testemunha, o homem abriu a bolsa e, embora, experimentasse, a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 40


d) Diante da testemunha, o homem abriu a bolsa e, embora, experimentasse a
sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando,
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona.

e) Diante, da testemunha o homem abriu a bolsa e, embora experimentasse a


sensação, de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona.

Comentário:

a) Diante da testemunha, o homem, abriu a bolsa e, embora experimentasse a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando,
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona. Incorreta. A
segunda virgula esta separando o sujeito (o homem) do predicado (abriu a bolsa...); a
virgula que separa o verbo tentando de encontrar está separando o verbo do seu
complemento.

b) Diante da testemunha, o homem abriu a bolsa e, embora experimentasse a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona. Correta.

c) Diante da testemunha, o homem abriu a bolsa e, embora, experimentasse a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona. Incorreta. A vírgula
separando o verbo (Experimentar) do seu complemento (a sensação).

d) Diante da testemunha, o homem abriu a bolsa e, embora, experimentasse a


sensação de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando,
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona. Incorreta. A virgula
separa o verbo (tentando) do seu complemento (encontrar).

e) Diante, da testemunha o homem abriu a bolsa e, embora experimentasse a


sensação, de violar uma intimidade, procurou a esmo entre as coisinhas, tentando
encontrar algo que pudesse ajudar a revelar quem era a sua dona. Incorreta. A
primeira virgula separa o nome (diante e sensação) do seu complemento (da vitima e
de violar).

Gab.B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 41


52. FEPESE 2017 Considerando as opiniões de Margaret Heffernan reproduzidas no
texto, assinale a alternativa em que o elemento de coesão em destaque evidencia uma
concessão feita por Margaret que, no entanto, não invalida seu ponto de vista sobre
competição.

a) … para demonstrar que a competitividade não étão boa quanto o mundo dos
negócios faz parecer.(2o parágrafo)

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 42


b) … ambientes de trabalho competitivos causamestresse e problemas de
relacionamento que nãocompensam os resultados. (2o parágrafo)

c) … fundou sua indústria química com um modelo hierárquicomais amigável e bateu


recordes de patentes.(2o parágrafo)

d) Para Margaret, essa prática, embora dê lucro, criacenários que geram ansiedade e
estresse. (3o parágrafo)

e) Quando nos sentimos ameaçados, podemos ter toda a capacidade mental de que
precisamos… (3o parágrafo)

Comentário: Conjunções subordinativas concessivas: mesmo que, por mais que, ainda
que, se bem que, embora...

GAB-D

53. FEPESE 2016 SEGUINDO TEXTO ACIMA: Assinale a alternativa em que o


pronome substitui corretamente a expressão em destaque e atende às regras de
colocação estabelecidas pela norma-padrão.

a) … e outro formado só pelas que mais produziam ovos. → produziam-nos.

b) … o isolamento das superprodutivas aumentaria a quantidade de ovos gerada. →


aumentaria-a.

c) “Pessoas colaborativas tornam as empresas mais inteligentes”… → tornam-lhes


mais inteligentes.

d) Para alguns, a competitividade serve para criar uma atmosfera mais produtiva. →
lhe criar.

e) … deu fama a seus rankings que dividiam os funcionários entre os 20%


potenciais… → os dividiam entre os 20% potenciais

COMENTÁRIO: a) que mais "os produziam" (pronome indefinido adjetivo usa


Próclise);

b) aumentaria (verbo no futuro do pretérito usa Mesóclise "aumentar-se-ia");

c) tornam - na (verbos terminados em ditongos nasais "am, em, ão, õe, õe,", os
pronomes o, a, os, as alteram-se para no, na, nos, nas.)d) ... cria -los (verbos
terminados em r, s ou z, estas consoantes finais alteram-se para lo, la, los, las, e o
verbo "criar" é Transitivo Direto não admiti o "lhe");

(e) que os dividiam (conjunção "que" palavra atrativa - Próclise). CORRETA.

GAB-E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 43


54. FEPESE 2017 Sobre o conteúdo do texto, é correto afirmar que

a) o pesquisador William Muir tinha por objetivo provar que a convivência em um


ambiente natural levaria as galinhas a produzir quantidade de ovos acima do normal.

b) as seis galinhas mais produtivas, pertencentes ao grupo das superaves, ficaram


doentes e vieram a morrer vitimadas pelo próprio estresse.

c) os indivíduos submetidos a situações constrangedoras e estressantes podem ter


bloqueada sua aptidão mental para solucionar impasses.

d) os rankings estabelecidos por Jack Welch aumentaram a produtividade da empresa,


pois os funcionários não se sentiam discriminados por essa estratégia.

e) Bill Gore criou um modelo de gestão administrativa em que aboliu a hierarquia, ou


seja, a organização da empresa em diferentes setores.

COMENTÁRIO: "Qualquer tarefa complexa requer muito de seu cérebro. Mas o


estresse prejudica especificamente o funcionamento do córtex pré-frontal, onde os
pensamentos ocorrem, e o hipocampo, responsável por coordenar as atividades
mentais necessárias para resolver problemas. Quando nos sentimos ameaçados,
podemos ter toda a capacidade mental de que precisamos, mas simplesmente não
conseguimos articular as ideias"

GAB-C

55. FEPESE 2016

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 44


Assinale a alternativa em que o trecho reescrito apresenta o emprego correto do sinal
indicativo de crase.

a) Além da combinação clássica de mais atividade física com melhor alimentação… →


Além de atrelar mais atividade física à alimentação equilibrada…

b) Só para citar um exemplo: 50% das mulheres que fumavam… → Fazendo alusão à
uma parte do estudo: 50% das mulheres que fumavam…

c) … pesquisadores revisaram 42 estudos envolvendo mais de 1.800 pessoas… →


pesquisadores propuseram-se à analisar 42 estudos envolvendo mais de 1.800
pessoas…

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 45


d) … atividade física em grupo diminui as condições que ameaçam a saúde… →
atividade física em grupo restringe à condições que ameaçam a saúde…

e) … fica mais fácil vencer as resistências e encarar a mudança. → fica mais fácil
opor-se à barreiras e encarar a mudança.

COMENTÁRIO: a) Correta;

b) a uma (artigo indefinido);

c) a analisar (verbo);

d) restringe (o que VTD) as condições...;

e) a barreiras (palavra no plural).

GAB-A

56-FEPESES 2017/PC-SC Considere o período extraído do texto 3.

Fruto do jornal, onde aparece entre notícias efêmeras, a crônica é um gênero literário
que se caracteriza por estar perto do dia a dia, seja nos temas, ligados à vida
cotidiana, seja na linguagem despojada e coloquial do jornalismo. (1º parágrafo)

Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de palavras que substituem


as sublinhadas no período acima, sem prejuízo de significado e sem ferir a norma
culta da língua escrita.

a) em cujo - transitórias - ou - atrelados - ou

b) no qual - temporárias - tanto - unidos - também

c) que - circunstanciais - não só - submetidos - mas também

d) em que - passageiras - quer - associados - quer

e) o qual - curtas - tanto - conectados - bem como

COMENTÁRIO: Questão de graça, pois ONDE só é substituído por EM QUE, logo só


resta a letra. D

GAB-D

57-FEPESE 2017/ PC-SC Considerando o uso da vírgula, numere a coluna 2 de


acordo com a coluna 1.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 46


Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a) 1 - 3 - 4 - 2 - 3

b) 2 - 4 - 1 - 3 - 3

c) 2 - 4 - 1 - 3 - 4

d) 2 - 4 - 2 - 3 - 1

e) 3 - 2 - 1 - 4 – 4

COMENTÁRIO: Diferente do que se imagina, as regras de uso da vírgula não estão


diretamente condicionadas às pausas feitas pelos falantes. Isso porque a linguagem
escrita segue convenções próprias.

GAB- C

58- FEPESE 2017/PC-SC Numere a coluna 2 de acordo com a coluna 1.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 47


Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.

a) 1 - 2 - 3 - 2 - 4

b) 1 - 2 - 4 - 3 - 1

c) 2 - 3 - 1 - 4 - 3

d) 2 - 3 - 2 - 1 - 4

e) 2 - 4 - 1 - 1 – 3

COMENTÁRIO: Por Que = Inicio de frase e quando for possível substituir por "o
motivo pelo qual", "pelo qual"

Porque= Resposta e quando for possível substituir por "pois"

Por Quê = Fim de Frase e após ponto e virgula

Porquê - quando der pra substituir pela palavra "motivo"

GAB-E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 48


59-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa que apresenta a formação do plural correta, de
acordo com a norma culta da língua escrita.

a) o tórax – os tórax

b) o vulcão – os vulcães

c) o balãozinho – os balãozinhos

d) a couve-flor – as couve-flores

e) o joão-de-barro – os joão-de-barro

COMENTÁRIO: Alternativa correta letra '' A '' O Tórax - Os Tórax

b) Errada. Os Vulcões.

c) Errada. Os balõezinhos.

D) Errada. As Couves-Flor

E) Errada. Joões-de-barro

GAB-A

60-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa correta, quanto ao uso da norma culta da língua
escrita.

a) Hoje é 15 de dezembro.

b) Haviam muitos meses que não tínhamos uma conversa tão franca.

c) Trinta por cento do Brasil assistiu aos jogos da Copa.

d) Na loteria devem haver muitos bilhetes premiados.

e) As estrelas parecem brilharem mais do que de costume.

COMENTÁRIO: Norma culta é o conjunto de práticas linguísticas pertencentes ao lugar ou à


classe social de maior prestígio num determinado país. Segundo o Instituto Camões, a norma
culta do português europeu é "o dialeto da região que abrange Lisboa, Coimbra".

GAB- C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 49


1-FEPESE2017/PC-SC O Explorador de Arquivos do Windows 10 permite classificar o
conteúdo de uma pasta de distintas formas. Identifique aquelas que constituem formas
válidas de classificação no modo de exibição Detalhes a partir da instalação-padrão do
Windows 10.

1.Por Data de modificação

2.Por Tipo

3.Por Tamanho

4.Qualquer classificação selecionada de modo crescente ou decrescente

Assinale a alternativa que indica todas as formas corretas.

a) São corretas apenas as formas 1, 2 e 3.

b) São corretas apenas as formas 1, 2 e 4.

c) São corretas apenas as formas 1, 3 e 4.

d) São corretas apenas as formas 2, 3 e 4.

e) São corretas as formas 1, 2, 3 e 4.

COMENTÁRIO: Microsoft Windows (ou simplesmente Windows) é uma família de


sistemas operacionais desenvolvidos, comercializados e vendidos pela Microsoft.

GAB-E

2-FEPESE 2017/PC-SC Qual recurso do MS Office, incluindo o Word, Excel e


PowerPoint, permite compartilhar arquivos entre diversos dispositivos, incluindo tablets
e celulares?

a) MSDrive

b) OneDrive

c) Office.com

d) OfficeShare

e) Office Online

COMENTÁRIO: OneDrive, (antes chamado de SkyDrive) é um serviço de


armazenamento em nuvem da Microsoft. Com ele é possível armazenar e hospedar
qualquer arquivo, usando uma Conta da Microsoft

GAB-B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 50


3-FEPESE 2017/PC-SC O MS Word 2016 em português apresenta uma série de
recursos para auxiliar o usuário a garantir que um texto não contenha erros de
formatação, ortografia, gramaticais ou até mesmo de estilo.

Ao sublinhar uma palavra ou parte do texto com uma linha dupla na cor azul, o MS
Word sinaliza ao usuário que há:

a) Um erro gramatical.

b) Um erro de ortografia.

c) Um erro de numeração.

d) Um erro de formatação.

e) Uma inconsistência de estilo.

COMENTÁRIO: Quando a linha aparecer vermelha, será porque o Word considera


erro de ortografia, e a linha azul é erro de gramatica

GAB- A

4-FEPESE 2017/PC-SC Qual o nome da função do MS Excel em português que


retorna uma referência a um intervalo que possui um número específico de linhas e
colunas com base em uma referência especificada, de uma célula ou intervalo de
células adjacentes?

a) DESLOC

b) PROCV

c) CURSOR

d) PROCH

e) CORRESP

COMENTÁRIO: Na verdade, DESLOC não desloca quaisquer células nem modifica a


seleção; apenas fornece uma referência. DESLOC pode ser usada com qualquer
função que pressuponha um argumento de referência.

GAB-A

5-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa que contém uma forma válida de incluir
um hiperlink em uma apresentação do PowerPoint 2016 em português, removendo o
sublinhado do texto do hiperlink, mas mantendo o texto do endereço do hiperlink, de
modo que a audiência não tenha informações para determinar tratar-se de hiperlink.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 51


a) Selecionar a opção ‘Esconder Hiperlinks do Slide’ a partir da guia Design do
PowerPoint.

b) Selecionar a opção ‘Colar como texto’ ao colar o hiperlink na apresentação do MS


PowerPoint.

c) Clicar com o botão direito do Mouse sobre o hiperlink e selecionar a opção


‘Remover Sublinhado do texto’.

d) Pressionar Ctrl+Z logo após a inserção do hiperlink, o que fará com que o
PowerPoint remova o sublinhado do texto mas mantenha o hiperlink ativo.

e) Remover hiperlink a partir do menu suspenso disponível ao clicar com o botão


direito no hiperlink e inserir uma forma sem preenchimento e sem linha que contenha o
hiperlink junto ao hiperlink.

COMENTÁRIO: A maneira mais rápida de criar um hiperlink de web básico em um


slide de PowerPoint é pressionar ENTER após digitar o endereço de uma página da
Web existente (como http://www.contoso.com).

GAB-E

6-FEPESE 2017/PC-SC Com relação às pesquisas no sítio de busca Google, são


realizadas as seguintes afirmativas.

1.O Google permite o uso do operador – (sinal de menos) para excluir palavras do
resultado de busca.

2.O Google permite o uso do operador + (sinal de mais) que concede destaque a
determinadas palavras a atribui a elas maior relevância nos resultados de busca.

3.O Google permite realizar pesquisas com imagens no lugar de palavras-chave.


Essas imagens podem ser fornecidas pelo usuário ou estar em uma URL na internet .

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) É correta apenas a afirmativa 2.

b) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.

c) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.

d) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.

e) São corretas as afirmativas 1, 2 e 3.

COMENTÁRIO: Para fazer uma pesquisa exata no Google utilize o comando "+" para
ligar as palavras da frase. Essa pesquisa funciona como se você não estivesse
utilizando nenhum operador. Nesse caso o Google entende o operador "+" como se
fosse para ele não suprimir nenhuma palavra, ou seja, é obrigatório que seja
apresentada a palavra 1 e a palavra 2.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 52


GAB-C

7-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa que permite que o usuário role uma
planilha do MS Excel 2016 em português em uma coluna para a direita sem, contudo,
deslocar o cursor, mantendo-o na célula onde se encontra.

a) Pressione a tecla de seta para a direita.

b) Pressione Ctrl e então a tecla de seta para a direita.

c) Pressione Ctrl + Shift e então a tecla de seta para a direita.

d) Pressione Scroll Lock e então a tecla de seta para a direita.

e) Clique com o mouse na coluna imediatamente à direita da coluna onde se encontra


o cursor.

COMENTÁRIO: Planilha eletrônica, planilha de cálculo (português brasileiro) ou folha


de cálculo (português europeu) é um tipo de programa de computador que utiliza
tabelas para realização de cálculos ou apresentação de dados.

GAB-D

8-FEPESE 2017/PC-SC No contexto de moedas virtuais, o Bitcoin mitiga o problema


de gastar uma mesma moeda mais de uma vez (o problema de double-spending),
empregando:

a) Blockchain.

b) Criptografia simétrica centralizada.

c) Criptografia assimétrica centralizada.

d) Autenticação do gasto e sua validação por um comitê central.

e) Registro em tempo real no livro contábil digital da entidade mantenedora do bitcoin.

COMENTÁRIO: O blockchain (também conhecido como "o protocolo da confiança") é


uma tecnologia que visa a descentralização como medida de segurança. São bases
de registros e dados distribuídos e compartilhados que têm a função de criar um índice
global para todas as transações que ocorrem em um determinado mercado.

GAB-A

9-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa que contém o número de portas TCP


padrão empregadas pelos protocolos HTTP, FTP (porta de transferência de dados) e
SMTP (e-mail) no servidor, respectivamente.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 53


a) 80 - 20 - 25

b) 80 - 21 - 25

c) 80 - 22 - 25

d) 80 - 25 - 22

e) 8080 - 21 – 25

COMENTÁRIO: O TCP/IP (também chamado de pilha de protocolos TCP/IP) é um


conjunto de protocolos de comunicação entre computadores em rede. Seu nome vem
de dois protocolos: o TCP (Transmission Control Protocol - Protocolo de Controle de
Transmissão) e o IP (Internet Protocol - Protocolo de Internet, ou ainda, protocolo de
interconexão).

GAB-A

10-FEPESE 2017/PC-SC O MS Windows 10 Pro em português permite modificar itens


de exibição como tela de fundo, tela de bloqueio e as cores do Windows. Esses itens
podem ser personalizados através das configurações do Windows (menu Iniciar -
Configurações), selecionando a opção denominada:

a) Sistema.

b) Personalização.

c) Propriedades do Windows.

d) Resolução de tela.

e) Aparência.

COMENTÁRIO: O Painel de Controle é uma das ferramentas mais importantes do


Windows, pois permite personalizar as configurações do computador.

GAB-B

11- BIBLIOTECÁRIO/2011 - Intranet pode ser definida como

a) um conglomerado de redes em escala mundial de milhões de computadores


interligados que permite o acesso a informações e todo tipo de transferência de dados.

b) uma parte da empresa que é estendida a usuários externos, tais como


representantes e clientes.

c) uma rede de computadores privada, "uma versão privada da Internet", ou uma mini-
Internet restrita a uma organização.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 54


d) uma ampla variedade de recursos e serviços, incluindo os documentos interligados
por meio de hiper ligações da World Wide Web, e a infraestrutura para suportar correio
eletrônico e serviços como comunicação instantânea e compartilhamento de arquivos.

e) uma rede de computadores que pode ser acessada via internet de qualquer lugar
do mundo.

COMENTÁRIO: A intranet é uma rede interna, fechada e exclusiva, com acesso


somente para os funcionários de uma determinada empresa e muitas vezes liberado
somente no ambiente de trabalho e em computadores registrados na rede. Essa
restrição do ambiente de trabalho não é necessária, já que as intranets não são
necessariamente LANs, mas sim redes construídas sobre a internet. Em outras
palavras, tecnicamente é possível acessar intranets de qualquer computador ligado à
internet, caso a mesma também esteja ligada à internet.

GAB-C

12./2014 - Para acessar um site na internet, é preciso digitar o __________ do site em


__________.

Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente as lacunas da frase.

a) link … uma URL


b) endereço … um link
c) endereço … um browser Web
d) URL … um endereço
e) link … um endereço da internet

COMENTÁRIO: ENDEREÇO: que se processa ou ao qual se acede através de um


computador ou outro dispositivo eletrónico, sobretudo através de uma rede ⟨edição
eletrónica do jornal; banca eletrónica⟩.

BROWSER WEB: Um navegador de rede, navegador web, navegador da internet ou


simplesmente navegador (em inglês: Web browser, browser), é um programa que
habilita seus usuários a interagirem com documentos HTML hospedados em um
servidor da rede.

GAB-C

13. FEPESE /2013 - Assinale a alternativa correta em relação à navegação anônima


na Internet.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 55


a) Um software do tipo sniffer deve ser utilizado para navegar anonimamente.

b) Navegar por meio do Google Chrome garante anonimato automaticamente.

c) Um software que utiliza a rede TOR permite navegar anonimamente na internet.

d) O aplicativo MS-Outlook pode ser utilizado para navegar anonimamente.

e) Anonimato só é possível em uma intranet.

COMENTÁRIO: A rede Tor, The Onion Router, é uma rede de computadores


distribuída com o intuito de prover meios de comunicação anonima na internete. A
maioria das distribuições GNU/LINUX disponibilizam pacotes do Tor, embora haja
versões para diferentes sistemas operacionais, tais como Windows e Mac OS.

GAB-C

14. VUNESP/2013 Selecione a alternativa que contém a correta afirmação sobre os


serviços e recursos utilizados pelos usuários da Internet.

a) Microsoft Outlook e Mozilla Thunderbird são os nomes de dois programas para


navegação na Internet.

b) Na Internet, um domínio identifica um conjunto de computadores pertencentes a


uma determinada instituição.

c) O catálogo público de endereços dos usuários de correio eletrônico da Internet é


denominado de Webmail.

d) O local da Internet em que são armazenadas as páginas de hipertexto da World


Wide Web é denominado HTTP.

e) Se o computador do usuário destinatário estiver desligado, a mensagem de e-mail


retornará ao remetente.

COMENTÁRIO: Alguns webmails disponibilizam acesso via SMTP/POP3 para ser


configurado dentro de um cliente de e-mail como o Microsoft Outlook (Office),
Windows Mail (Windows Vista), Outlook Express (Windows XP), Windows Live Mail
(Windows 7), Mozilla Thunderbird.

GAB-B

15. FEPESE/2010 - Assinale a alternativa que contém a correta afirmação sobre os


serviços e recursos disponíveis aos usuários da Internet.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 56


a) A World Wide Web é o nome do serviço que primeiro permitiu aos internautas trocar
mensagens eletrônicas.

b) O termo download refere-se às ferramentas de busca que são úteis para a pesquisa
de informações na rede.

c) Site é a localidade da Internet onde os spammers armazenam as mensagens


indesejáveis a serem postadas.

d) URL é a linguagem de marcação utilizada para produzir páginas Web que podem
ser interpretadas por browsers.

e) Um hyperlink permite a um internauta migrar para outra página ou para outra


posição no mesmo documento.

COMENTÁRIO: Uma hiperligação, um liame/ligame, ou simplesmente uma ligação


(também conhecida em português pelos correspondentes termos ingleses, hiperlink e
link), é uma referência dentro de um documento em hipertexto a outras partes desse
documento ou a outro documento. Fonte: Wikipedia.

GAB- E

16. VUNESP/2007 - Para realizar a navegação na Internet pode ser utilizado qualquer
Browser ou Navegador. Normalmente, essas ferramentas disponibilizam um recurso
para que o usuário possa cadastrar as páginas web de sua preferência, comumente
denominado

a) Destinos preferidos.

b) Sites preferidos.

c) Sites visitados.

d) Favoritos.

e) Histórico.

COMENTÁRIO: FAVORITOS: Os favoritos são hiperligações (ou links) que se


guardam em um navegador, para serem consultados, abertos ou enviados, mais tarde.

GAB-D

17. FEPESE 2015 - Assinale a alternativa correta com relação ao uso do atalho
“CTRL+F” no ambiente de internet, por meio do Google Chrome e do google.com

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 57


a) “CTRL+F” é utilizado para realizar uma nova busca na internet por meio do site
google.com

b) Para adicionar a página que está sendo exibida no Google Chrome aos favoritos,
deve-se utilizar “CTRL+F”.

c) “CTRL+F” é utilizado para buscar texto da página que estiver aberta no navegador
Google Chrome.

d) Para imprimir a primeira página de resultados do google.com, usa-se o atalho


“CTRL+F”.

e) “CTRL+F” é usado no google.com para ir à próxima página.

COMENTÁRIO: Assim como nos outros navegadores, Ctrl+F é Find, para procurar
uma ocorrência de texto na página atualmente carregada pelo browser. Uma nova
busca na Internet poderá ser pelo atalho Ctrl+L, caso o buscador padrão seja o
Google. Para adicionar a página atual aos Favoritos, lista de sites preferidos do
usuário, pressione Ctrl+D. Para imprimir, assim como em outros programas do
computador, é Ctrl+P. Para ir para a próxima página de resultados, não temos um
atalho de teclado direto.

GAB-C

18. VUNESP/2013 - A imagem a seguir contém ícones de programas do tipo


__________.

Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna da frase.

a) Google

b) Programas Acessórios do MS-Windows 7

c) Leitor de e-mail

d) Navegador de Internet

e) Gerenciador de Banco de Dados

COMENTÁIO: Navegadores (browser) são programas utilizados para a visualização


de arquivos HTML (formato mais comum dos arquivos web) Como exemplo de
navegadores temos o Internet Explorer, Mozilla Firefox, google chrome, Apple
Safari,Opera, KDE (Linux),Netscape Navigator .

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 58


GAB-D

19. VUNESP/2013 - Um usuário que queira melhorar a sua privacidade ao navegar


pela internet observa o cadeado indicativo de segurança nos browsers como Google
Chrome e Internet Explorer. Assinale a alternativa que contém o protocolo usado
nessa situação, que é outro indicativo de navegação segura.

a) SMTP.

b) HTTPS

c) ICQ

d) MSN

e) FTP

COMENTÁRIO: CONCEITO HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure), que insere
uma camada de proteção na transmissão de dados entre seu computador e o servidor.
Em sites com endereço HTTPS, a comunicação é criptografada, aumentando
significativamente a segurança dos dados. É como se cliente e servidor conversassem
uma língua que só as duas entendessem, dificultando a interceptação das
informações.

GAB-B

20. VUNESP/2017 - Considerando o uso de correio eletrônico, ao se preparar uma


mensagem para envio,

a) se esta for um encaminhamento de uma mensagem recebida, não é possível enviá-


la a destinatários em cópia oculta.

b) o número de destinatários em cópia oculta não pode ser superior ao número de


destinatários em cópia aberta.

c) se esta for um encaminhamento de uma mensagem recebida, não é possível alterar


o assunto presente na mensagem original.

d) o número de destinatários em cópia aberta deve ser igual ao número de


destinatários em cópia oculta.

e) é possível enviá-la sem a especificação de seu assunto.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 59


COMENTÁRIO: em um email, os únicos campos obrigatórios são o remetente e o
destinatário. Emails não precisam nem ter conteúdo, nem anexos, e nem assunto
(pelo menos não como obrigação).

GAB-E

21. FEPESE 2015 - Para que uma mensagem possa ser enviada pelo serviço de
correio eletrônico (e–mail), é imprescindível a inclusão

a) do nome completo do destinatário no campo Para:.

b) de pelo menos uma palavra no campo Assunto ou Subject.

c) do endereço de e–mail nos campos Para:, ou Cc: ou Cco:.

d) de pelo menos uma letra no corpo da mensagem.

e) da mensagem em formato texto.

COMENTÁRIO: É preciso inserir no mínimo um endereço de e-mail, em qualquer um


dos campos de destinatários (para, cc, ou cco).

GAB-C

22. FEPESE 2015 - Os endereços de correio eletrônico (e–mail) são padronizados


quanto à sua composição para possibilitar a correta identificação e o envio das
mensagens pela internet. Dentre as alternativas apresentadas, a que contém um
endereço de e–mail de acordo com a padronização é:

a) marcos.com.br@

b) @carlos.com.br

c) #marcos@.eng.br

d) marcos@#com.br

e) carlos@casa.br

COMENTÁRIO: Aos que ficaram com dúvida, uma dica; não interpretem além da
pergunta. Às vezes a coisa é tão óbvia que erramos por pensar além do que a questão
propõe.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 60


GAB-E

23. VUNESP/2015 - Os programas e os sites (webmail) para o envio de correio


eletrônico (e–mail) possuem o recurso identificado por Cco: que deve ser utilizado
para

a) anexar um arquivo de forma oculta à mensagem, ou seja, sem a apresentação do


link na mensagem.

b) especificar o endereço de e–mail alternativo de quem está enviando a mensagem.

c) especificar o endereço de e–mail para o qual a mensagem deve retornar, caso


ocorra algum erro.

d) incluir um endereço de e–mail que receberá a cópia da mensagem de forma oculta.

e) incluir um link para acessar um arquivo disponibilizado na internet.

COMENTÁRIO: CC = com cópia (o destinatário vê para quem além dele, voce enviou
o e-mail)

CCO = com cópia oculta (o destinatário não consegue saber para quem além dele,
voce enviou o e-mail)

GAB- D

24. VUNESP/2014 - Durante o preparo de uma mensagem de correio eletrônico, um


usuário preencheu o campo Para com um email válido e existente, anexou um
documento do Microsoft Word existente em seu computador e clicou em Enviar. A
mensagem foi transferida com sucesso. Porém, algum tempo depois, o usuário
remetente apagou esse arquivo Word de seu computador. Ao realizar essa ação,

a) não aconteceu nada nas caixas postais do remetente e do destinatário.

b) não aconteceu nada na mensagem do destinatário, mas a mensagem do próprio


remetente, que estava na Caixa de Saída, foi apagada, de forma automática.

c) a mensagem, previamente transmitida, foi mantida na caixa postal do destinatário,


porém sem o documento Word, que foi apagado de forma automática.

d) não aconteceu nada na mensagem do destinatário e do remetente, mas o


documento Word que estava anexado dentro da mensagem do próprio remetente foi
apagado, de forma automática.

e) a mensagem, previamente transmitida, também foi apagada da caixa postal do


destinatário, de forma automática.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 61


COMENTÁRIO: Depois de anexado um arquivo em um email e posteriormente apagar
o arquivo original do computador, nada ocorre com o anexo contido nos emails tanto
do destinatário quanto do remetente.

GAB-A

25. FEPESE 2014 - Considere uma mensagem de e–mail editada em um software de


e–mail típico no qual o campo Para: é preenchido: contato@nono.com. Caso o
endereço de e–mail: chefe@nono.com seja inserido no campo Cco:,

a) contato@nono.com receberá a mensagem da mesma forma que chefe@nono.com


e ambos serão informados sobre a recepção da mensagem.

b) chefe@nono.com receberá uma cópia da mensagem sem que contato@nono.com


saiba.

c) contato@nono.com receberá a mensagem cujo endereço do remetente terá sido


alterado para chefe@nono.com.

d) chefe@nono.com receberá a confirmação do recebimento da mensagem por


contato@nono.com.

e) chefe@nono.com receberá uma mensagem informando que contato@nono.com


recebeu aquela mensagem.

COMENTÁRIO: Veja agora a diferença entre enviar: Para, CC e CCO.

Para: se enviar um e-mail para mais de um destinatário, inserindo os endereços no


campo “Para” , todos os destinatários receberão a mensagem e saberão quem, além
de você, recebeu o e-mail.

CC: envia cópia para os e-mails da lista, ou seja, todos os usuários terão acesso aos
outros endereços.

CCo: envia cópia oculta para os e-mails da lista. Os endereços das outras pessoas
não aparecerão para o destinatário indicado no campo “Para”.

GAB-B

26. VUNESP/2013 - A pasta desse webmail em que um e-mail recém-chegado é


armazenado é

a) Limpeza automática.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 62


b) Enviados.

c) Entrada.

d) Lixeira.

e) Rascunhos.

COMENTÁRIO: As mensagens recebidas são armazenadas na Caixa de Entrada.

As mensagens salvas são armazenadas em Rascunhos, as que foram apagadas em


Itens Excluídos (Lixeira), as que serão enviadas em Caixa de Saída e as que foram
efetivamente enviadas em Itens Enviados.

GAB-C

27. FEPESE 2013 - Observe o correio eletrônico do MS-Outlook, parcialmente


ilustrado na figura a seguir.

Ao clicar no ícone encontrado no grupo Incluir da barra de ferramentas, o


usuário pretende

a) anexar outro e-mail que se encontra na Caixa de Entrada.

b) anexar documento que se encontra na biblioteca Documentos do computador.

c) verificar a ortografia e gramática do texto.

d) salvar a mensagem na pasta Rascunhos.

e) adicionar destinatários copiados existentes na lista de contatos do usuário.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 63


COMENTÁRIO: Para anexar outro item existente no Outlook, como um e-mail na
Caixa de Entrada, devemos clicar no ícone sugerido. Para anexar um arquivo que está
no computador, o ícone é um clipes de papel, somente.

GAB-A

28. VUNESP/2013 - O termo “anexo” é utilizado pelos programas de correio


eletrônicos para designar

a) a prioridade da mensagem.

b) o arquivo enviado junto com a mensagem.

c) o destinatário da mensagem.

d) o assunto da mensagem.

e) o remetente da mensagem. Conhecimentos Específicos

COMENTÁRIO: O arquivo, não pasta, que é enviado junto da mensagem de e-mail é o


ANEXO. O(s) arquivo(s) enviado junto com a mensagem. Obs: não pode anexar um
executavel (EXE)

GAB- B

29. VUNESP/2013 - Na rede mundial de computadores, a internet, os serviços e todos


os recursos são disponibilizados utilizando o padrão de identificação estabelecido pelo
W3C. Nesse padrão, um exemplo de endereço de e-mail válido é o apresentado em:

a) www@email@com.br

b) fulano@empresa.com.br

c) @fulano.industria.com.br

d) www.email.org

e) email.com.br

COMENTÁRIO: COMPLEMENTANDO:

a) www@email@com.br -> ERRADO, tem dois @

b) fulano@empresa.com.br -> CORRETO

c) @fulano.industria.com.br -> ERRADO, @ deve vir depois de algo

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 64


d) www.email.org -> ERRADO, faltou o @

e) email.com.br -> ERRADO, faltou o @

GAB-B

20. VUNESP/2012 - No uso de correio eletrônico, as contas são protegidas por


senhas, sobre as quais é correto afirmar que

a) devem ser alteradas periodicamente.

b) devem ser formadas apenas por letras.

c) somente podem ser determinadas pelo administrador do servidor.

d) não podem conter letras maiúsculas.

e) uma vez estabelecidas, não podem mais ser alteradas.

COMENTÁRIO: IMPORTANTÍSSIMO: procedimento padrão de segurança : alterar as


suas senhas regularmente.

GAB- A

31-FEPESE 2017/PC-SC Com relação às propriedades de um arquivo do Microsoft


PowerPoint, assinale a alternativa correta.

a) As propriedades de um documento, também conhecidas como metadados, são


detalhes de um arquivo que o descrevem ou identificam.

b) As propriedades não incluem detalhes como status, tamanho do arquivo, data da


última modificação e número de slides existentes no documento.

c) Há cinco tipos de propriedades do documento: Propriedades-padrão, Propriedades


atualizadas automaticamente, Propriedades herdadas, Propriedades personalizadas e
Propriedades de biblioteca de documentos.

d) Através do gerenciador de propriedades é possível especificar novas propriedades


ou alterar as propriedades atualizadas automaticamente.

e) Você pode definir novas propriedades-padrão ou novas propriedades atualizadas


automaticamente para os documentos do Office. Você pode atribuir texto, hora ou
valor numérico às propriedades-padrão ou propriedades atualizadas automaticamente
e também os valores sim ou não.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 65


COMENTÁRIO: A rigor, as propriedades poderiam ser de um arquivo qualquer, pois as
alternativas praticamente não se referem a nada específico de PowerPoint. Os
metadados de um documento são os detalhes de um arquivo: tipo, tamanho, data de
criação e da última modificação

GAB-A

32-FEPESE 2017/PC-SC Antes de compartilhar uma cópia eletrônica de um


documento do Microsoft Office com outras pessoas, é possível usar o comando
Marcar como Final para tornar o documento somente leitura e impedir alterações no
documento.

Com relação a esta funcionalidade, são realizadas as seguintes afirmativas:

1.Quando um documento é marcado como final, a digitação, comandos de edição e


marcas de revisão são desabilitadas ou desativadas e o documento se torna somente
leitura.

2.Quando um documento é marcado como final, a propriedade Status do documento é


definida como Final.

3.O comando Marcar como Final ajuda você a comunicar que está compartilhando
uma versão completa de um documento. Também ajuda a impedir que revisores ou
leitores façam alterações inadvertidamente no documento.

4.O comando Marcar como Final é um recurso seguro, não sendo possível editar esse
documento removendo o status Marcar como Final do documento.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) É correta apenas a afirmativa 1.

b) É correta apenas a afirmativa 2.

c) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.

d) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

e) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

COMENTÁRIO: MARCAR COMO FINAL PARA TORNAR SEU ARQUIVO DO WORD,


EXCEL OU POWERPOINT COMO SOMENTE LEITURA. QUANDO VOCÊ MARCA
COMO FINAL, A DIGITAÇÃO, OS COMANDOS DE EDIÇÃO E AS MARCAS DE
REVISÃO SÃO DESATIVADOS OU DESABILITADOS E O ARQUIVO SE TORNA
SOMENTE LEITURA; ALÉM DISSO, A PROPRIEDADE STATUS DO DOCUMENTO
É DEFINIDA COMO FINAL.

GAB-D

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 66


33- FEPESE 2016/CELESC Como é conhecida a estrutura mundial de redes que pode
ser acessada por todos os usuários com acesso controlado por protocolos?

a) Força

b) Internet

c) Convenção

d) Hard reset

e) TCP/IP

COMENTÁRIO: A Internet é um sistema global de redes de computadores interligadas


que utilizam um conjunto próprio de protocolos (Internet Protocol Suite ou TCP/IP) com
o propósito de servir progressivamente usuários no mundo inteiro.

GAB-B

34-FEPESE 2016/CELESC Em informática, assinale a alternativa que corretamente


explica o que é um Diretório.

a) Placa de áudio.

b) Código-fonte de programação.

c) Estrutura utilizada para organizar arquivos.

d) O mesmo que velocidade de processamento.

e) Vídeo de alta definição com capacidade de reproduzir em 4K.

COMENTÁRIO: Em informática, diretório é uma estrutura utilizada para organizar


arquivos em um computador ou um arquivo que contém referências a outros arquivos.

GAB-C

35-FEPESE 2016/CELESC Qual é o nome de um programa de informática produzido


pela Microsoft, também conhecido como planilha eletrônica, destinado ao cálculo e à
constru- ção de gráficos com a capacidade de edição, formata- ção e personalização
de documentos?

a) HP 12C

b) Régua de cálculo

c) Metodologias ágeis

d) Plataforma mobile

e) MS Excel

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 67


COMENTÁRIO: Excel é o nome pelo qual é conhecido o software desenvolvido pela
empresa Microsoft, amplamente usado por empresas e particulares para a realização
de operações financeiras e contabilísticas usando planilhas eletrônicas (folhas de
cálculo).

GAB-E

36-FEPESE 2014 As teclas que podem ser utilizadas durante uma apresentação em
MS powerpoint versão 2010 em português, para exibir uma tela preta ou uma tela
branca, respectivamente, durante a apresentação de slides são:

a) B e C.

b) B e W.

c) E e C.

d) P e B.

e) P e W.

COMENTARIO: Durante a apresentação de slides, você pode deixar a tela do


PowerPoint totalmente preta ou totalmente branca. Esse recurso é útil para, por
exemplo, fazer os expectadores prestarem atenção em algo que você tem em mãos.

Para isso, se quizer deixar a "tela toda preta, pressione a tecla E" em seu teclado.

Se quizer deixar a "tela toda branca, pressione a tecla C".

Para voltar à apresentação de onde ela parou, simplesmente pressione qualquer tecla.

GAB- C

37- FEPESE 2014- O atalho de teclado do MS Word versão 2010 em português para
utilizar o pincel de formatação do MS Word é:

a) Ctrl + Alt + (C ou V).

b) Ctrl + Alt + (L ou R).

c) Alt + Shift + (C ou V).

d) Ctrl + Shift + (L ou R).

e) Ctrl + Shift + (C ou V).

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 68


COMENTÁRIO: O recurso do pincel faz com que seja copiada a formatação de um
texto ou parágrafo, sem precisar se preocupar em descobrir qual é o tipo de letra,
tamanho e cor.

GAB-E

38-FEPESE 2014- Assinale a alternativa que indica a opção de formatação da


quebra de texto automática de uma forma inserida de modo central em um
documento escrito no MS Word versão 2010 em português, para que se
possam escrever múltiplas linhas (de acordo com o tamanho da forma inserida)
de ambos os lados da forma, tanto esquerdo quanto direito.

A opção de formatação desejada com relação à posição do texto requer que se


possa escrever tanto acima e abaixo, quanto do lado esquerdo e direito, da
forma inserida, conforme ilustrado acima. Suponha que há espaço em ambos
os lados da folha, ao lado da forma inserida.

a) Através

b) Quadrado

c) Integrado

d) Superior e Inferior

e) Obedecer texto

COMENTÁRIO: Microsoft Word é um programa de processamento de texto que


faz parte da onipresente Microsoft Office suíte de aplicativos de produtividade.
Word é usado para criar, formatar , editar , salvar e imprimir documentos
eletrônicos.

GAB-B

39-FEPESE 2014 O MS Excel versão 2010 em português permite que uma


pasta de trabalho seja compartilhada para que múltiplos usuários editem a
planilha ao mesmo tempo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 69


Assinale a alternativa que indica a ferramenta do MS Excel que possibilita que
este recurso seja utilizado.

a) Guia Dados > Compartilhar Pasta de Trabalho

b) Guia Dados > Permitir múltiplas Edições

c) Guia Revisão > Controlar alterações

d) Guia Revisão > Compartilhar Pasta de Trabalho

e) Guia Desenvolvedor > Permitir múltiplas Edições

COMENTÁRIO: Na guia Revisão, no grupo Alterações, => Compartilhar Pasta


de Trabalho.

Outro dado importante, a planilhas do Excel, são conhecida como pasta de


trabalho.

GAB-D

40-FEPESE 2014 Assinale a alternativa que indica a sequência de passos mais


simples de acessar o Agendador de Tarefas do Windows 7

a) Painel de Controle > Agendador de Tarefas

b) Menu Iniciar >Programas > Agendador de Tarefas

c) Menu Iniciar > Programas > Acessórios > Agendador de Tarefas

d) Computador (botão direito do mouse) > Gerenciar > Agendador de Tarefas

e) Computador (botão direito do mouse) > Propriedades > Agendador de


Tarefas

COMENTÁRIO: Para quem acha que a C. esta correta faltou um salto


"Ferramentas Administrativas."

Clique no botão Iniciar.

Clique em Painel de Controle.

Clique em Sistema e Manutenção.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 70


Clique em Ferramentas Administrativas.

Clique duas vezes em Agendador de Tarefas.

GAB-D

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 71


1-FEPESE 2017- No artigo 27 da Lei 8.666 de 21 de junho de 1993 para a habilitação nas
licitações exigir-se-á dos interessados, exclusivamente, documentação relativa a:

a) Qualificação técnica e certidão negativa

b) Regularidade fiscal e certidão positiva

c) Habilitação jurídica e física

d) Habilitação jurídica, qualificação técnica, qualificação econômico-financeira, regularidade


fiscal e trabalhista

e) Qualificação econômico-financeira e débitos

COMENTÁRIO: Art. 27. Para a habilitação nas licitações exigir-se-á dos interessados,
exclusivamente, documentação relativa a:

I - habilitação jurídica;

II - qualificação técnica;

III - qualificação econômico-financeira;

IV – regularidade fiscal e trabalhista; (Redação dada pela Lei nº 12.440, de 2011) (Vigência)

V – cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7o da Constituição Federal. (Incluído pela


Lei nº 9.854, de 1999)

GAB-D

2-FEPESE 2017- No que concerne ao controle administrativo, o meio utilizado para denunciar
irregularidades feitas na própria administração é denominado

a) pedido de reconsideração.

b) representação.

c) recurso administrativo.

d) revisão.

e) reclamação administrativa.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 72


COMENTÁRIO: 01) A representação é a denúncia de irregularidades feita perante a própria
Administração;

02) A reclamação administrativa é o ato pelo qual o administrado, seja particular ou servidor
público, deduz uma pretensão perante a Administração Pública, visando a obter o
reconhecimento de um direito ou a correção de um ato que lhe cause lesão ou ameaça de
lesão;

03) O pedido de reconsideração é aquele pelo qual o interessado requer o reexame do ato à
própria autoridade que o emitiu;

04) A revisão é o recurso de que se utiliza o servidor público, punido pela Administração, para
reexame da decisão, em caso de surgirem fatos novos suscetíveis de demonstrar a sua
inocência;

05) O recurso hierárquico é o pedido de reexame do ato dirigido à autoridade superior à que
proferiu o ato, sendo qualificado como próprio quando dirigido à autoridade imediatamente
superior, dentro do mesmo órgão em que o ato foi praticado, e como impróprio quando é
dirigido à autoridade de outro órgão não integrado na mesma hierarquia daquele que proferiu
o ato.

GAB-B

3-FEPESE 2017 A nomeação para cargo público depende de prévia habilitação em concurso
público de provas ou de provas e títulos. Assim, é requisito básico para a investidura em cargo
público o (a)

a) interesse da administração.

b) gozo dos direitos políticos.

c) manutenção da essência das atribuições do cargo.

d) vinculação entre os graus de responsabilidade e complexidade das atividades.

e) mesmo nível de escolaridade, especialidade ou habilitação profissional.

COMENTÁRIO: São requisitos básicos para investidura em cargo público:

I - a nacionalidade brasileira;

II - o gozo dos direitos políticos;

III - a quitação com as obrigações militares e eleitorais;

IV - o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 73


V - a idade mínima de dezoito anos;

VI - aptidão física e mental.

GAB-B

4-FEPESE 2017 Segundo a disciplina legal aplicável, a alienação de bens por empresas públicas
e por sociedades de economia mista depende, em regra, de avaliação formal do bem e da
realização de licitação, ressalvada esta última na hipótese de:

a) alienação de bem de valor inferior a R$ 100.000,00 (cem mil reais).

b) comercialização de produto especificamente relacionado como o objeto social da empresa


pública ou sociedade de economia mista.

c) venda de bens considerados inservíveis ou sem utilização previsível pela empresa pública ou
sociedade de economia mista.

d) alienação e bem imóvel.

COMENTÁRIO: Lei 8666/90: Art. 17

II - quando móveis dependerá de avaliação prévia e de licitação, dispensada esta nos seguintes
casos;

e) venda de bens produzidos ou comercializados por órgãos ou entidades da Administração


Pública, em virtude de suas finalidades;

GAB-B

5-FEPESE 2017 Assinale a alternativa CORRETA. O prazo de validade do concurso público será
de até dois anos, sendo:

a) Improrrogável.

b) Prorrogável, quantas vezes for preciso.

c) Prorrogável uma vez, por igual período.

d) Prorrogável até duas vezes, por igual período.

e) Prorrogável até quatro vezes, por igual período.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 74


COMENTÁRIO:

Gab-C

6-FEPESE 2017 Assinale a alternativa que indica corretamente o princípio geral que disciplina a
prestação de serviços públicos, orientando que os mesmos devem ser remunerados a preços
moderados, de modo que o Poder Público avalie o poder aquisitivo dos usuários para que, por
dificuldades financeiras, não sejam alijados do universo de beneficiários do serviço:

a) da eficácia.

b) da modicidade.

c) da universalidade.

d) da impessoalidade.

e) da compulsoriedade.

COMENTÁRIO: Princípios resumidos com palavras chaves:

1. Dever de prestação: o poder público não poderá escusar-se da prestação dos serviços
públicos

2. Modicidade: taxas baixas, preços módicos e razoáveis que sejam acessíveis ao público

3. Atualidade: técnicas modernas, busca pela melhoria do serviço

4. Cortesia: educação na prestação

5. Economicidade: eficiência e gasto razoável na prestação do serviço

6. Generalidade: serviço prestado a maior quantidade de pessoas possível.

7. Submissão e controle: forma de garantir os demais princípios

8. Continuidade: prestação ininterrupta (regra), com exceções

9. Isonomia: é vadado o tratamento diferenciado, via de regra.

GAB-B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 75


7-FEPESE 2017 Sobre a rescisão dos contratos administrativos, analise as afirmativas abaixo:

1.É inadmissível a rescisão contratual amigável, por acordo entre as partes.

2.A rescisão do contrato administrativo poderá ser judicial, nos termos da legislação.

3.No caso de rescisão administrativa, deverá ser precedida de autorização escrita e


fundamentada da autoridade competente.

4.Em caso de cumprimento irregular de cláusulas contratuais, especificações, projetos e


prazos, a rescisão poderá ser determinada por ato unilateral e escrito da Administração.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.

b) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.

c) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

d) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

e) São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.

COMENTÁRIO: O descumprimento, total ou parcial do contrato, acarreta a rescisão, com as


consequências, previstas, no contrato, na lei ou no regulamento. A inexecução do contrato
produz consequências de ordem, civil, administrativa, penal, trabalhista, fiscal,
cumulativamente ou não.

GAB-D

8-FEPESE 2017 A respeito das entidades integrantes da administração pública indireta, as


pessoas jurídicas de direito público, criadas por lei, sem caráter econômico, para desempenho
de funções próprias e típicas de Estado, são denominadas:

a) Autarquias.

b) Empresas públicas.

c) Fundações públicas.

d) Organizações sociais.

e) Sociedades de economia mista.

COMENTÁRIO: Autarquia significa poder absoluto. É o tipo de governo em que uma pessoa ou
um grupo de pessoas concentram o poder sobre uma nação. Autarquia é quando o Estado tem
total autonomia sobre si próprio, é autossuficiente.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 76


GAB-A

9-FEPESE 2017 Assinale a alternativa incorreta a respeito do poder de polícia da administração


pública:

a) A Constituição brasileira autoriza os entes federativos a instituírem impostos e taxas em


razão do exercício do poder de polícia.

b) A manifestação do poder de polícia ocorre quando o Poder Público interfere no domínio dos
interesses privados, restringindo direitos individuais.

c) Além das atribuições típicas das corporações policiais, as atividades oriundas do poder de
polícia também são exercidas por outros órgãos administrativos.

d) Afigura-se inválido o ato de polícia praticado por um agente de ente federativo que não
possua competência constitucional para regular a matéria.

e) O exercício do poder de polícia encontra fundamento no princípio da supremacia do


interesse público.

COMENTÁRIO: Código Tributário Nacional: Art. 77. As taxas cobradas pela União, pelos
Estados, pelo Distrito Federal ou pelos Municípios, no âmbito de suas respectivas atribuições,
têm como fato gerador o exercício regular do poder de polícia, ou a utilização, efetiva ou
potencial, de serviço público específico e divisível, prestado ao contribuinte ou posto à sua
disposição.

GAB-A

10-FEPESE 2017 Os serviços públicos devem ser prestados com a maior amplitude possível,
beneficiando o maior número possível de indivíduos, além de serem prestados sem
discriminação entre os beneficiários, que tenham as mesmas condições técnicas e jurídicas
para a fruição.

Refere-se ao princípio geral:

a) da economicidade.

b) da eficiência.

c) da generalidade.

d) da continuidade.

e) da obrigatoriedade.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 77


COMENTÁRIO: Generalidade: também conhecido como princípio da impessoalidade ou
universalidade. De acordo com este princípio todos os usuários que satisfaçam as condições
legais fazem juz à prestação do serviço, sem qualquer discriminação, privilégio, ou abusos de
qualquer ordem. O serviço público deve ser estendido ao maior número possível de
interessados, sendo que todos devem ser tratados isonomicamente.

Gab-C

11-FEPESE 2017 Sobre as licitações, assinale a alternativa correta.

a) As compras realizadas pela administração pública serão necessariamente precedidas de


licitação, sem qualquer ressalva.

b) A licitação será sempre sigilosa, sendo inacessíveis ao público todos os atos relativos ao seu
procedimento.

c) Denomina-se empreitada por preço unitário a contratação da execução da obra ou do


serviço por preço certo e total.

d) Em igualdade de condições, será assegurada a preferência aos bens e serviços produzidos


no País como critério de desempate da licitação.

e) A concorrência é a modalidade de licitação entre interessados devidamente cadastrados ou


que atenderem a todas as condições exigidas para cadastramento.

COMENTÁRIO: Em igualdade de condições, como critério de desempate, será assegurada


preferência aos bens e serviços:

I - produzidos no País; (Redação dada pela Medida Provisória nº 495, de 2010)

GAB-D

12- FEPESE 2017 -Uma determinada categoria, entre os agentes públicos, congrega o maior
número de integrantes ocupantes de cargos funcionais. Eles exercem, em caráter de
permanência, uma função pública em decorrência da relação de trabalho e recebem a
correspondente remuneração.

Assinale a alternativa que a identifica.

a) Agentes delegados.

b) Agentes honoríficos.

c) Agentes colaboradores.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 78


d) Servidores públicos.

e) Servidores eletivos.

COMENTÁRIO: Servidor público é a pessoa que ocupa legalmente cargo ou função pública para
prestar serviços à sociedade e ao Estado, visando ao interesse público e ao bem comum,
exercendo as atribuições e responsabilidades previstas.

GAB-D

13-FEPESE 2017 A respeito da invalidação dos atos administrativos, assinale a alternativa


correta.

a) A invalidação do ato administrativo opera efeitos “ex nunc”.

b) O direito da Administração de anular os atos administrativos praticados com ofensa à lei


decai em dez anos.

c) O ato administrativo acometido de vício de legalidade poderá ser invalidado pelo Poder
Judiciário ou pela própria Administração.

d) A invalidação é o instrumento jurídico que permite a retirada de um ato administrativo do


mundo jurídico por razões de conveniência e oportunidade.

e) A convalidação é o processo de que se vale a administração pública para o aproveitamento


de atos administrativos com vícios superáveis, como é típico de atos nulos e anuláveis.

COMENTÁRIO: a) A invalidação do ato administrativo opera efeitos "ex nunc". O efeito é EX


TUNC.

b) O direito da Administração de anular os atos administrativos praticados com ofensa à lei


decai em dez anos. Se o ato foi praticado com ofensa à lei, ele é um ato NULO, portanto a sua
anulação não está sujeita a prazo algum. Caso o ato fosse ANULÁVEL, e não NULO, o prazo
seria de 5 anos. Lei nº 9.784/99: Art. 54. O direito da Administração de anular os atos
administrativos de que decorram efeitos favoráveis para os destinatários decai em cinco anos,
contados da data em que foram praticados, salvo comprovada má-fé.

c) O ato administrativo acometido de vício de legalidade poderá ser invalidado pelo Poder
Judiciário ou pela própria Administração. CORRETO

d) A invalidação é o instrumento jurídico que permite a retirada de um ato administrativo do


mundo jurídico por razões de conveniência e oportunidade. É a REVOGAÇÃO, e não a
invalidação.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 79


e) A convalidação é o processo de que se vale a administração pública para o aproveitamento
de atos administrativos com vícios superáveis, como é típico de atos nulos e anuláveis. Os atos
NULOS não podem ser convalidados, apenas os atos anuláveis.

GAB-C

14-FEPESE 2017 De acordo com a legislação, é inexigível a licitação para:

a) a construção, a ampliação, a reforma e o aprimoramento de estabelecimentos penais, desde


que configurada situação de grave e iminente risco à segurança pública.

b) a celebração de contratos de prestação de serviços com as organizações sociais, qualificadas


no âmbito das respectivas esferas de governo, para atividades contempladas no contrato de
gestão.

c) a aquisição ou restauração de obras de arte e objetos históricos, de autenticidade


certificada, desde que compatíveis ou inerentes às finalidades do órgão ou entidade.

d) a compra ou locação de imóvel destinado ao atendimento das finalidades precípuas da


administração, cujas necessidades de instalação e localização condicionem a sua escolha,
desde que o preço seja compatível com o valor de mercado, segundo avaliação prévia.

e) contratação de profissional de qualquer setor artístico, diretamente ou através de


empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião pública.

COMENTÁRIO: ART 25: II – para contratação de profissional de qualquer setor artístico,


diretamente ou através de empresário exclusivo, desde que consagrado pela crítica
especializada ou pela opinião pública.

§ 1o Considera-se de notória especialização o profissional ou empresa cujo conceito no campo


de sua especialidade, decorrente de desempenho anterior, estudos, experiências, publicações,
organização, aparelhamento, equipe técnica, ou de outros requisitos relacionados com suas
atividades, permita inferir que o seu trabalho é essencial e indiscutivelmente o mais adequado
à plena satisfação do objeto do contrato.

GAB-E

15-FEPESE 2017 Designa o princípio fundamental da administração pública, cujo núcleo é a


busca de produtividade e economicidade, que impõe a execução de serviços públicos com
presteza, perfeição e rendimento funcional, a fim de reduzir os desperdícios de dinheiro
público:

a) Legalidade.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 80


b) Probidade.

c) Eficiência.

d) Legitimidade.

e) Imparcialidade.

COMENTÁRIO: O princípio da eficiência implementou o modelo de administração pública


gerencial voltada para um controle de resultados na atuação estatal. Nesse sentido,
economicidade, redução de desperdícios, qualidade, rapidez, produtividade e rendimento
funcional são valores encarecidos por referido princípio.

GAB-C

16- FEPESE 2017 A responsabilidade civil da administração pública, em relação aos danos que
causar a terceiros, é do tipo:

a) Objetiva, dependendo da culpa de seus agentes.

b) Objetiva, não dependendo da perquirição de culpa.

c) Subjetiva, não dependendo da perquirição de culpa.

d) Subjetiva, dependendo da culpa de seus agentes.

e) Inexistente.

COMENTÁRIO: A responsabilidade civil consiste na obrigação de reparar economicamente os


danos causados a terceiros, sejam no âmbito patrimonial ou moral.

GAB-B

17 – FEPESE 2017 A Lei no 8.666/1993 estabelece que:


A.A licitação será sempre sigilosa.
B.O procedimento licitatório previsto nesta Lei caracteriza ato administrativo
informal.
C.O contratado pela Administração Pública deverá ser sempre pessoa física.
D. Poderá participar diretamente da licitação servidor ou dirigente do órgão
contratante ou responsável pela licitação.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 81


E. Os Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios
deverão observar esta Lei, que estabelece as normas gerais sobre licitações e
contratos administrativos.

Sigilo apenas para as propostas, é um ato formal. Servidor não pode participar.
É para pessoa jurídica.

GAB E

18. São modalidades de licitação:


A. Concurso, alienação, empreitada integral.
B. Concorrência, tomada de preços, convite, concurso, leilão.
C. Concorrência, empreitada por preço global, leilão, execução direta.
D. Tomada de preços, empreitada por preço unitário, leilão, alienação.
E. Convite, empreitada, alienação, concorrência.

Modalidades estão relacionadas como são feitas, ou seja, como são


cadastrados os licitantes: prazo, etc. Já o tipo diz respeito a preço, valor
unitário e técnica de execução.

GAB- B

19. O ato administrativo:


A. Deve ser sempre vinculado.
B. Inválido não comporta convalidação.
C. Discricionário não admite controle externo.
D. Tem a auto executoriedade como elemento essencial.
E. Pode ser revogado por ter se tornado inconveniente ou inoportuno.

Revogação é extinção do ato administrativo; ocorre por oportunidade e


conveniência. É contrário à norma jurídica, produzindo efeitos retroativos,
também chamado “extunc”.

GAB – E

20. De acordo com a Lei de Licitações, o regime de execução indireta em que


se contrata a execução da obra ou do serviço por preço certo e total denomina-
se:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 82


A. Tarefa.
B. Empreitada integral.
C. Contratação integrada.
D. Empreitada por preço global.
E. Empreitada por preço unitário.

Quando se fala em execução da obra por preço certo e total, estamos falando
da empreitada por preço global. Art 6º da Lei 8.666/93.

GAB- D

21. Assinale a alternativa que corresponde a uma hipótese de inexigibilidade de


licitação.
A. Contratação de serviços de perícia em geral.
B. A contratação de instituição brasileira incumbida estatutariamente do ensino
ou da pesquisa.
C. Contratação de fornecimento de gás natural com permissionária autorizada,
ou autorizada segundo as normas da legislação específica.
D. Aquisição de bens e instrumentos destinados exclusivamente à pesquisa
científica e tecnológica, desde que os recursos sejam concedidos pela Capes.
E. Aquisição de componentes de origem nacional, necessários à manutenção
de equipamentos durante o período de garantia técnica, junto ao fornecedor
original.

Inexigibilidade está no Art. 25 da Lei de Licitação. Ele é um artigo extenso,


porém, podemos memorizar apenas:
Inexigibilidade para: FORNECEDOR ÚNICO
SERVIÇO DE ESPECIALIZAÇÃO NOTÓRIA
ARTISTA CONSAGRADO

GAB – A

22. Quanto às sanções administrativas prevista na Lei no 8.666 de1993, que


institui normas para licitações e contratos da Administração Pública, assinale a
alternativa correta.
A. A advertência não cabe em caso de inexecução total do contrato.
B. A multa de mora, aplicada após regular processo administrativo, será
descontada da garantia do respectivo contrato.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 83


C. A multa de mora não pode ser aplicada cumulativamente com a multa
prevista para o caso de inexecução total do contrato.
D. A suspensão temporária de participação em licitação, se superior a dois
anos, é de competência exclusiva do Ministro de Estado, do Secretário
Estadual ou Municipal, conforme o caso.
E. A reabilitação em caso de declaração de inidoneidade para licitar com a
Administração se dará perante a autoridade imediatamente superior que
aplicou a penalidade.

Art. 86. O atraso injustificado na execução do contrato sujeitará o contratado à


multa de mora, na forma prevista no instrumento convocatório ou no contrato.

GAB –B

23. Em atenção à teoria dos contratos administrativos, assinale a alternativa


correta de acordo com a Lei Federal no 8.666/93, em sua redação atual.
A. Os contratos administrativos podem ser formalizados com prazo de vigência
indeterminado.
B. É nulo e de nenhum efeito o contrato verbal com a Administração, salvo o de
pequenas compras de pronto pagamento, assim entendidas aquelas de valor
não superior a R$ 4.000,00, feitas em regime de adiantamento.
C. Os contratos administrativos serão, necessariamente, formalizados por
instrumento lavrado nos cartórios competentes, devendo, ainda, constar a
assinatura de duas testemunhas, como condição indispensável para a sua
eficácia.
D. As cláusulas econômico-financeiras dos contratos administrativos poderão
ser alteradas unilateralmente pela Administração Pública, sem prévia
concordância do contratado.
E. A declaração de nulidade do contrato administrativo exonera a
Administração Pública do dever de indenizar o contratado pelo que este houver
executado até a data em que ela for declarada.

Os contratos tem prazo determinado, não são lavrados em cartório (é


opcional). Para alteração é necessária prévia concordância. E quando a
administração rescinde, a mesma paga os materiais e serviços já concluídos.

GAB-B

24. Com relação a licitações e contratos de obras de engenharia, é correto


afirmar:
A. Serviço é toda atividade destinada à aquisição renumerada de bens para
fornecimento de uma só vez ou parceladamente.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 84


B. Contrato é todo e qualquer ajuste entre órgãos ou entidades da
administração pública e particulares, em que haja um acordo de vontade para a
formação de vínculo e a estipulação de obrigações recíprocas, seja qual for a
denominação.
C. Projeto básico é o conjunto de atividades destinadas a obter determinada
utilidade de interesse para a administração.
D. Plano de trabalho é o conjunto de elementos necessários e suficientes à
execução completa da obra, de acordo com as normas pertinentes da
Associação Brasileira de Normas Técnicas.
E. Rescisão é a eventual observação quanto ao cancelamento, parcial ou total,
de parcelas ou valores, por ilegais ou indevidos.

O contrato é definido pelo conceito de Acordo entre as partes.

GAB-B

25. FUMARC 2018 PC-MG João, candidato ao cargo de Delegado de Polícia do Estado de Minas
Gerais, inconformado com sua reprovação no certame, impetrou ação mandamental
argumentando a existência de ilegalidade decorrente da formulação de questões com base em
legislação não prevista no edital. Sobre o caso, NÃO é correto afirmar:

a) A adequação das questões da prova ao programa do edital de concurso público constitui


tema de legalidade, suscetível, portanto, de controle pelo Poder Judiciário.

b) A banca examinadora é que possui legitimidade para figurar como autoridade coatora.

c) A petição inicial será indeferida, com fundamento no artigo 10 da Lei n. 12.016/2009, caso a
impetração ocorra após 120 dias da ciência do ato impugnado.

d) É vedado ao Poder Judiciário adentrar aos critérios adotados pela banca examinadora do
concurso.

COMENTÁRIO: Não compete ao Poder Judiciário, no controle de legalidade, substituir banca


examinadora para avaliar respostas dadas pelos candidatos e notas a elas atribuídas.
Excepcionalmente, é permitido ao Judiciário juízo de compatibilidade do conteúdo das
questões do concurso com o previsto no edital do certame.

GAB.D

26.FUMARC PC-MG 2018 A “entidade dotada de personalidade jurídica de direito privado,


com criação autorizada por lei e com patrimônio próprio, cujo capital social é integralmente
detido pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federal ou pelos Municípios". A entidade da
administração indireta conceituada é uma:

a) Autarquia.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 85


b) Empresa pública.

c) Fundação pública.

d) Sociedade de economia mista.

COMENTÁRIO: Empresa pública é a entidade dotada de personalidade jurídica de direito


privado, com criação autorizada por lei e com patrimônio próprio, cujo capital social é
integralmente detido pela União, pelos Estados, pelo Distrito Federal ou pelos Municípios.

GAB.C

27. FUMARC 2018 A autonomia conferida às agências reguladoras permite considerar


CORRETA a seguinte assertiva:

a) A criação das agências reguladoras, considerando suas competências para criar normas e
solucionar conflitos em casos concretos, alterou o sistema constitucional de divisão de
funções.

b) As agências reguladoras possuem competências para formulação de políticas e outras


decisões de governo afetas ao setor regulado.

c) O mandato dos dirigentes das agências, embora não sejam os cargos de livre nomeação e
demissão, não pode ultrapassar o mandado do Presidente da República, conforme marco legal
atual desse instituto.

d) Sua autonomia, embora amplie suas competências discricionárias, não afasta a possibilidade
de incidência de controle exercido pelos demais poderes e órgãos autônomos.

COMENTÁRIO: Orgão Autônomo > ministérios/secretarias estaduais e municipais > Toda


agência reguladora é vinculada ao respectivo ministério/secretaria, portanto, passível de
controle finalistico/tutela adminitrativa.

GAB.D

28.FUMARC 2018 COPASA Sobre o emprego público, é CORRETO afirmar que

a) confere ao agente público, em regra, direito de estabilidade.

b) define vínculo de natureza contratual entre o agente e a pessoa da Administração Pública


empregadora.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 86


c) não atrai norma de direito público, sendo o vínculo e as funções do agente integralmente
regidos pelo Direito do Trabalho.

d) não é suscetível de alterações parciais no regime conforme a atividade-fim da pessoa


empregadora.

COMENTÁRIO: Empregado Público Celetista Deve ingressar por meio de concurso público. Não
tem estágio probatório e sim período de experiência de 90 dias. Não adquire estabilidade.
Vinculação contratual com o Estado. Regras só podem ser alteradas por meio de acordo entre
as partes. Após a CRFB/88, apenas podem existir nas Empresas Públicas e Sociedades de
Economia Mista, Pessoas Jurídicas de Direito Privado (só na Administração Indireta).
A demissão deve ser motivada e com garantia do processo administrativo com contraditório e
ampla defesa.
Servidor Público Estatutário Deve ingressar por meio de concurso público. Relação com o
Estado não é contratual, e sim estatutária, com regras previstas na lei e acima das vontades
das partes. Podem haver alterações unilaterais nas regras (exemplo: aposentadoria do
estatutário que passou a respeitar o teto da Previdência). Aprovado em estágio probatório de
três anos, adquire estabilidade.

GAB.B

29. FUMARC COPASA 2018 O seguinte agente NÃO pode ser considerado autoridade coatora
em sede de mandado de segurança:

a) Dirigente de empresa pública ou sociedade de economia mista no curso de processo de


seleção de pessoal.

b) Empregado de empresa privada, concessionária de serviço público, que atue em função de


mera execução.

c) Gestor de empresa privada, concessionária de serviço público, em mandado de segurança


impetrado por idoso, usuário do serviço, em face de violação a direito previsto no Estatuto
próprio.

d) Presidente de Câmara Municipal no exercício de atos de fiscalização de competência do


Poder Legislativo.

COMENTÁRIO Coator é a autoridade superior que pratica ou ordena concreta e


especificamente a execução ou inexecução do ato impugnado e responde pelas suas
consequências administrativas; executor é o agente subordinado que cumpre a ordem por
dever hierárquico, sem se responsabilizar por ela.

GAB.B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 87


30. FEPESE 2015 Sobre os princípios da Administração Pública, é INCORRETO afirmar que

a) a aplicação do devido processo legal às atividades de gestão torna não recepcionadas pela
Constituição vigente normas que autorizem aplicação de penalidade sem prévia oportunidade
de defesa.

b) a aplicação do princípio da autotutela para reconhecer a nulidade de ato ilícito encontra


limite na prescrição da pretensão da Administração Pública.

c) o princípio da eficiência fundamenta na práxis administrativa a prática de ato em


inobservância dos elementos vinculados.

d) o princípio da impessoalidade torna inconstitucional norma legal que relativize a exigência


de concurso público como meio de acesso a cargo ou função pública.

COMENTARIO: É o princípio da legalidade que fundamenta a prática do ato em observância


aos elementos vinculados.

GAB.C

31. Com relação ao processo por Abandono do Cargo ou Função e por Inassiduidade, pode-se
afirmar que

a) será instaurado processo para apurar abandono de cargo ou função, mesmo se o servidor
tiver pedido exoneração.

b)não será extinto o processo instaurado exclusivamente para apurar a inassiduidade, se o


indiciado pedir exoneração até a data designada para o interrogatório.

c) não será instaurado processo para apurar abandono de cargo ou função se o servidor tiver
pedido exoneração.

d) não será extinto o processo instaurado exclusivamente para apurar abandono de cargo ou
função, se o indiciado pedir exoneração até a data designada para o interrogatório, ou por
ocasião deste.

e) será instaurado processo para apurar a inassiduidade, mesmo se o servidor tiver pedido
exoneração.

COMENTÁRIO: Artigo 309 — Não será instaurado processo para apurar


abandono de cargo ou função, bem como inassiduidade, se o servidor tiver
pedido exoneração. (NR)
GAB-C

31. É um dever do servidor público:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 88


a) atender com toda subserviência ao público em geral, prestando as informações requeridas,
mesmo as protegidas por sigilo.

b) atender com prestreza à expedição de certidões reque- ridas para defesa de direito ou
esclarecimento de situa- ções de interesse pessoal

c) cumprir as ordens superiores, mesmo quando em desacordo com a lei.

d) tratar com desurbanidade as pessoas e seus colegas de trabalho

e) recusar fé a documentos públicos, sob pena de responder civil e criminalmente.

COMENTÁRIO: Os deveres impostos aos servidores públicos estão


relacionados no seu estatuto. É válido destacar que a maioria deles possui
natureza subjetiva, contendo previsões genéricas mais relacionadas à moral
administrativa que propriamente à lei.
GAB-B

32. Segundo a Lei n.º 6.745/85, a Reversão é:

a) o retorno de servidor aposentado à atividade.

b) o retorno do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado depois de finda a pena de


indisponibilidade.

c) a reinvestidura do servidor estável no cargo anteriormente ocupado, ou no cargo resultante


de sua transformação, quando invalidada a sua demissão por decisão administrativa ou judicial

d) a investidura do servidor em cargo de atribuições e responsabilidades compatíveis com a


limitação que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental verificada em inspeção
médica.

e) o deslocamento do servidor, a pedido ou de ofício, no âmbito do mesmo quadro, com ou


sem mudança de sede.

COMENTÁRIO: A reversão pode ser definida como o retorno à atividade de


servidor que já se encontrava aposentado. A lei menciona expressamente duas
modalidades distintas de reversão:POR JUNTA MÉDICA OFICIAL OU A
PEDIDO DO SERVIDOR.
GAB-A

33. FEPESE 2012 Sobre a extinção dos atos administrativos, é INCORRETO afirmar que

a) a anulação promovida pela própria Administração decorre do exercício de sua prerrogativa


de autotutela.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 89


b) a revogação é forma de extinção do ato administrativo válido, de caráter vinculado ou
discricionário.

c) a validade ou não do ato de revogação é passível de exame pelo Poder Judiciário.

d) incabível a revogação dos atos cujos efeitos produzidos já restaram consolidados.

COMETÁRIO: A revogação atinge somente os atos discricionários quando estes se tornam


inoportunos ou inconvenientes.Os atos vinculados, por sua vez, somente podem ser retirados
do ordenamento jurídico por razões de ilegalidade. Neste caso, eles serão anulados, e não
revogados.

GAB.B

34. PC-MG Dentre as assertivas abaixo, é CORRETO afirmar que

a) o Estado é pessoa jurídica e a expressão de sua vontade pode ser entendida como a decisão
do membro de cúpula de cada Poder Pertinente, ou seja, do agente político.

b) os agentes públicos são mandatários do Estado.

c) o órgão público, ainda que desprovido de personalidade jurídica, pode atuar em Juízo, na
defesa dos seus interesses, em caráter excepcional, desde que exista expressa previsão legal.

d) a vontade do órgão de representação plúrima ou colegiado deve emanar da unanimidade


ou da maioria das vontades dos agentes que o integram, mesmo em se tratando de ato de
rotina administrativa.

COMENTÁRIO: Os órgãos Independentes e Autônomos somente podem impetrar mandato de


Segurança. NÃO POSSUEM PERSONALIDADE JURIDICA, MAS EXCEPCIONALMENTE PODEM TER
CAPACIDADE JUDICIÁRIA NA DEFESA DAS PRERROGATIVAS INSTITUCIONAIS.

GAB.C

35. FEPESE 2013Sobre o acesso a cargos, empregos e funções públicas, é CORRETO afirmar
que:

a) É inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-se, sem


prévia aprovação em concurso público, destinado ao seu provimento, em cargo que não
integra a carreira na qual anteriormente investido.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 90


b) Não é admissível, por ato administrativo, restringir, em razão da idade, inscrição em
concurso para cargo público, salvo se o limite de idade para a inscrição em concurso público
for justificado pela natureza das atribuições do cargo a ser preenchido.

c) A exigência de experiência profissional prevista apenas em edital não importa em ofensa


constitucional. Contudo, a habilitação legal para o exercício do cargo deve ser exigida no
momento da posse.

d) É legal o edital de concurso que prevê, para cumprir determinação administrativa, a


obrigatoriedade de sujeição de candidato a exame psicotécnico como requisito de habilitação
para que seja empossado em cargo público, sendo inconstitucional o veto não motivado à
participação de candidato a concurso público.

COMENTÁRIO: Letra B- Incorreta "O limite de idade para a inscrição em concurso público só se
legitima em face do art. 7º, XXX, da Constituição, quando possa ser justificado pela natureza
das atribuições do cargo a ser preenchido."

Letra C- Incorreta - “A exigência de experiência profissional prevista apenas em edital importa


em ofensa constitucional”

Letra D- Incorreta - “O Supremo Tribunal Federal fixou jurisprudência no sentido de que o


exame psicotécnico pode ser estabelecido para concurso público desde que por lei, tendo por
base critérios objetivos de reconhecido caráter científico, devendo existir, inclusive, a
possibilidade de reexame. Precedentes

GAB.A

36. FUMARC PM-MG Numere a segunda coluna de acordo com a primeira.

Assinale a resposta CORRETA, considerando a sequência de cima para baixo:

a) II, I, II, II, I.

b) II, II, I, I, I.

c) I, I, I, II, II.

d) II, I, II, I, II.

COMENTÁRIO: O fato administrativo é qualquer ocorrido dentro da administração pública,


independentemente da vontade humana, que gere efeitos jurídicos, como a morte de um
servidor; já o ato da administração é qualquer coisa, obrigatoriamente, ligada à vontade

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 91


humana, que ocorre dentro da administração pública, igualmente, produzindo efeitos
jurídicos.

GAB.A

37.FUMARC PM-MG Assinale a alternativa que descreva a caracterização do desvio de


finalidade:

a) A edição de ato administrativo por administrador público incompetente, em abstrato, para o


fazer.

b) A edição de ato, por particular, objetivando uma finalidade pública, sem a outorga de
poderes para tal.

c) A expedição de ato administrativo por administrador público, no uso de poder discricionário.

d) A edição de ato administrativo por administrador público, competente, em abstrato, para o


fazer, visando a fim diverso daquele que a lei lhe permitiu.

COMENTÁRIO: Finalidade: requisito vinculado, a finalidade é o objetivo de interesse público


pretendido com a prática do ato. Sempre que o ato for praticado visando a defesa de interesse
alheio ao interesse público, será nulo por desvio de finalidade.

GAB.D

38. A omissão na prestação do serviço tem levado à aplicação da teoria da culpa do serviço
público, por uma culpa anônima, não individualizada, e por um dano que decorreu da omissão
do poder público. Assinale a alternativa que traduz uma hipótese de culpa do serviço, que gera
responsabilidade civil do Estado.

a) Danos causados pela aplicação, por parte do Poder Executivo, de norma declarada
inconstitucional.

b) Danos causados, em parte, pela própria vítima, que dirigia em alta velocidade em via pública
com irregularidades na pavimentação.

c) Danos causados por enchentes, demonstrando-se que os serviços de limpeza dos rios ou dos
bueiros teriam sido suficientes para impedir a enchente.

d) Danos causados por multidão ou por delinquentes, demonstrando-se a ocorrência do fato e


do resultado danoso.

COMENTÁRIO: Teoria da culpa do serviço ou culpa anônima ou culpa


administrativa ou falta de serviço: Segundo a teoria o Estado responde quando
a atividade administrativa NÃO FUNCIONAR, FUNCIONAR DE MANEIRA

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 92


INADEQUADA OU FUNCIONAR TARDIAMENTE e, isto causar dano a um
terceiro.
GAB-C

39. Assinale a alternativa correta sobre as responsabilidades do funcionário público.

a) O funcionário é responsável por todos os prejuízos que causar à Fazenda Estadual, quando
agir na qualidade de cidadão, exclusivamente na hipótese de dolo,

devidamente apurado.

b) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com as disposições legais e


regulamentares será responsabilizado pelo respectivo custo, com prejuízo das penalidades
cabíveis e descontos no seu vencimento.

c) Não será responsabilizado o funcionário que, fora dos casos expressamente previstos nas
leis, atribuir a pessoas estranhas às repartições, o desempenho de seus trabalhos ou de
trabalhos de seus subordinados.

d) A responsabilidade administrativa exime o funcionário da responsabilidade civil ou criminal,


bem como ao pagamento da indenização a que ficar obrigado.

e) Caracteriza-se especialmente a responsabilidade pela falta ou inexatidão das necessárias


averbações nas notas de despacho, guias e outros documentos da receita, ou que tenham com
eles relação.

COMENTÁRIO: O funcionário que adquirir materiais em desacordo com


disposições legais e regulamentares, será responsabilizado pelo respectivo
custo, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, podendo-se
proceder ao desconto no seu vencimento ou remuneração
GAB- E

40. A Constituição Federal, ao contemplar no art. 37, § 6.º, que As pessoas jurídicas de direito
público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que
seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o
responsável nos casos de dolo ou culpa, no que tange à responsabilidade civil do Estado,
acolheu a

a) irresponsabilidade do Estado.

b) responsabilidade subjetiva do Estado.

c) responsabilidade subjetiva das prestadoras de serviço.

d) irresponsabilidade do risco integral.

e) responsabilidade objetiva do Estado.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 93


COMENTÁRIO: Responsabilidade civil do estado independe de verificação de dolo ou culpa

Responsabilidade objetiva (modalidade de risco administrativo)

GAB-E

41. João, Escrevente Técnico Judiciário lotado em uma Vara Criminal, praticou ato de
insubordinação grave, em 20 de janeiro de 2012 . Iniciou–se a apuração preliminar dos fatos
de imediato, logo no dia 22 de janeiro de 2012 . Mas esta somente veio a ser concluída em
dezembro de 2014, concluindo pela prática da infração disciplinar consistente na
insubordinação grave, com a ressalva de que João sempre foi um servidor exemplar sem nunca
ter sofrido qualquer penalidade disciplinar anteriormente. Nesse caso, a conduta a ser adotada
pela autoridade competente, na data de hoje, nos termos do Estatuto dos Funcionários
Públicos Civis do Estado de São Paulo, é a

a) declaração da extinção da punibilidade pela prescrição, que, neste caso, em razão da


natureza menos grave da insubordinação, ocorreu em dois anos.

b) decisão do processo pela aplicação da pena de demissão a bem do serviço público, face à
natureza grave do ato de insubordinação.

c) aplicação imediata da pena de suspensão a João, pois esta é a penalidade cabível para ato
de insubordinação.

d) instauração do processo administrativo disciplinar, assegurados o contraditório e a ampla


defesa, para que se decida acerca da penalidade aplicável.

e) aplicação imediata da pena de repreensão a João, pois esta é a penalidade cabível para ato
de insubordinação.

COMENTÁRIO: A apuração preliminar concluiu que é caso para demissão ou demissão a bem
do serviço público, certo? Então, a próxima etapa é a instauração do p.a.d.! Fundamento:

Artigo 270 - Será obrigatório o processo administrativo quando a falta disciplinar, por sua
natureza, possa determinar as penas de demissão, de demissão a bem do serviço público e de
cassação de aposentadoria ou disponibilidade.

GAB-D

42. Leia as afirmações e assinale a alternativa correta.

a) O Poder Judiciário pode, se provocado, examinar os motivos e o conteúdo do ato de


demissão, para julgar se ele é, ou não, legítimo frente à lei e aos princípios, em especial aos da
proporcionalidade e razoabilidade.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 94


b) O Poder Judiciário pode substituir ou modificar penalidade disciplinar a pretexto de fazer
justiça.

c) A falta de defesa técnica por advogado no processo administrativo disciplinar ofende a


Constituição.

d) O julgamento fora do prazo acarreta a nulidade do processo disciplinar.

COMENTÁRIO: O que é vedado ao Judiciário é ter ingerência nos critérios de


conveniência e oportunidade ou justiça, se imiscuindo na função de
administrador, sob pena de malferimento ao princípio da separação dos
poderes.Portanto o Judiciário, ao fazer o controle sobre os atos do PAD,
deverá analisar também se a punição está em consonância com os princípios
constitucionais e administrativos que regem a Administração, notadamente os
princípios da proporcionalidade e da razoabilidade.
GAB-A

43. No Processo Administrativo,

a) não se aplica o princípio do juiz natural.

b) a instauração será exclusivamente por meio de Portaria.

c) admite-se, excepcionalmente, a interceptação de comunicação telefônica.

d) aplica-se o princípio do formalismo moderado.

COMENTÁRIO: Art. 2o A Administração Pública obedecerá, dentre outros, aos


princípios da legalidade, finalidade, motivação, razoabilidade,
proporcionalidade, moralidade, ampla defesa, contraditório, segurança jurídica,
interesse público e eficiência.
GAB-D

44. Nos termos da Lei n.º 9.784/99, que regula o processo administrativo no âmbito da
Administração Pública Federal, assinale a alternativa correta.

a) Não poderá o interessado desistir parcialmente do pedido formulado, somente estando


autorizado a renunciar integralmente ao processo.

b) Antes da tomada de decisão, a juízo da autoridade, diante da relevância da questão, poderá


ser realiza- da audiência pública para debates sobre a matéria do processo.

c) O Ministério Público é considerado parte legítima para iniciar o processo, quando a vítima
não pode prover as despesas legais.

d) O processo administrativo somente poderá iniciar a pedido do interessado ou por iniciativa


do Ministério Público.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 95


e) O interessado poderá, mediante manifestação escrita ou verbal, renunciar a direitos
disponíveis.

COMENTÁRIO: AUDIÊNCIA PÚBLICA:

Art. 32. Antes da tomada de decisão, a juízo da autoridade, diante da relevância da questão,
poderá ser realizada audiência pública para debates sobre a matéria do processo.

GAB-B

45. No Processo Administrativo,

a) havendo denunciante, este deverá prestar declarações, após o interrogatório e na presença


do acusado e de seu defensor.

b) não comparecendo o acusado, será decretada a suspensão do feito, sendo apenas


autorizada a realização das diligências urgentes.

c) a citação do acusado será feita por edital, no mínimo 6 (seis) meses antes do interrogatório.

d) comparecendo ou não o acusado ao interrogatório, inicia-se o prazo de 3 (três) dias para


requerer a produção de provas, ou apresentá-las.

e) em razão da aplicação do princípio da publicidade, a imprensa deverá ter livre acesso ao


processo.

COMENTÁRIO: Artigo 283 - Comparecendo ou não o acusado ao


interrogatório, inicia -se o prazo de 3 (três) dias para requerer a produção de
provas, ou apresentá-las. (NR)
GAB-D

46. Assinale a alternativa que está em sintonia com o processo administrativo.

a) Uma vez concluída a instrução do processo administrativo, a autoridade competente deverá


decidir, no prazo de 30 (trinta) dias, permitida a prorrogação devidamente justificada.

b) Da publicação da decisão administrativa no D.O.M. caberá, no prazo de 15 (quinze) dias, um


único recurso à autoridade imediatamente superior.

c) O recurso administrativo terá efeito suspensivo, salvo as exceções expressamente previstas


na legislação.

d) A vista do processo será permitida a advogado, desde que munido de instrumento de


procuração, comprovada sua condição mediante a exibição do documento de identidade
profissional.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 96


e) Qualquer interessado poderá requerer cópias do processo administrativo ao órgão onde se
encontra o processo, sendo vedada a cobrança de qualquer valor referente à extração das
cópias.

COMENTÁRIO: Art. 36. Da publicação da decisão administrativa no D.O.M.


caberá, no prazo de 15 (quinze) dias, um único recurso à autoridade
imediatamente superior.
GAB-B

47. FUNDATEC 2017 A autoridade pública competente promoveu, indevidamente,


determinado servidor, praticando, assim, um ato nulo. É correto afirmar, neste caso, que a
Administração Pública:

a) Pode revogar o ato, considerando que ato nulo não produz efeitos válidos.

b) Depende de provocação para declarar a nulidade do ato.

c) Deve instaurar processo administrativo, dando ao servidor direito de ampla defesa e


observância do princípio do contraditório para anular.

d) Neste caso, pode adotar o princípio da verdade sabida.

e) Pode anular o ato em qualquer momento, observada a prescrição vintenária.

COMEMTARIO: O processo administrativo disciplinar é um instrumento pelo qual a


administração pública exerce seu poder-dever para apurar as infrações funcionais e aplicar
penalidades aos seus agentes públicos e àqueles que possuem uma relação jurídica com a
administração.

O Processo Administrativo Disciplinar - PAD é o instrumento destinado a apurar


responsabilidade de servidor por infração praticada no exercício de suas atribuições, ou que
tenha relação com as atribuições do cargo em que se encontre investida.

Apuração no Processo Administrativo Disciplinar A autoridade que tiver ciência de


irregularidade no serviço público é obrigada a promover a sua apuração imediata, mediante
sindicância ou processo administrativo disciplinar, assegurada ao acusado ampla defesa. A
apuração, por solicitação da autoridade a que se refere, poderá ser promovida por autoridade
de órgão ou entidade diverso daquele em que tenha ocorrido a irregularidade, mediante
competência específica para tal finalidade.

GAb.C

48. Determinado Prefeito pretende conceder reajuste nos vencimentos dos servidores
públicos municipais antes de terminar o seu mandato. Pela Lei de Responsabilidade Fiscal, este
reajuste, por implicar em aumento de despesa com pessoal, somente poderá ser concedido

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 97


a) antes de cento e oitenta dias faltantes para o final do mandato e se não ultrapassar 60% da
receita corrente líquida do Município.

b) se não ultrapassar os 50% da receita corrente líquida do Município, independentemente do


tempo que falta para o final do mandato.

c) antes de noventa dias faltantes para o final do mandato e se não ultrapassar 60% da receita
corrente líquida do Município.

d) se não ultrapassar os 70% da receita corrente líquida do Município, independentemente do


tempo que falta para o final do mandato.

e) antes de cento e oitenta dias faltantes para o final do mandato e se não ultrapassar 70% da
receita corrente líquida do Município.

COMENTÁRIO: Também é nulo de pleno direito o ato de que resulte aumento


da despesa com pessoal expedido nos cento e oitenta dias anteriores ao final
do mandato do titular do respectivo Poder ou órgão referido no art. 20.

GAB-A

49. É ato de improbidade administrativa que causa prejuízo ao erário:

a) perceber vantagem econômica para intermediar a liberação ou aplicação de verba pública


de qualquer natureza.

b) receber vantagem econômica de qualquer natureza, direta ou indiretamente, para omitir


ato de ofício, providência ou declaração a que esteja obrigado.

c) revelar fato ou circunstância de que tem ciência em razão das atribuições e que deva
permanecer em segredo.

d) revelar ou permitir que chegue ao conhecimento de terceiro, antes da respectiva


divulgação oficial, teor de medida política ou econômica capaz de afetar o preço de
mercadoria, bem ou serviço.

e) conceder benefício administrativo ou fiscal sem a observância das formalidades legais ou


regulamentares aplicáveis à espécie.

COMENTÁRIO: Dica: cuidado para não confundir com a nova modalidade, prevista no art. 10-A
da LIA, que se inclui em categoria específica de ato de improbidade:

Dos Atos de Improbidade Administrativa Decorrentes de Concessão ou Aplicação Indevida de


Benefício Financeiro ou Tributário

Art. 10-A. Constitui ato de improbidade administrativa qualquer ação ou omissão para
conceder, aplicar ou manter benefício financeiro ou tributário contrário ao que dispõem o

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 98


caput e o § 1º do art. 8º-A da Lei Complementar nº 116, de 31 de julho de 2003. (Incluído pela
Lei Complementar nº 157, de 2016) (Produção de efeito)

GAB-E

50. Considere a seguinte situação hipotética: servidor do Instituto de Previdência Social dos
Servidores de Barueri utiliza a máquina copiadora e papel sulfite, existentes na repartição,
para tirar cópias de material que empregará em aulas voluntárias sobre cidadania, que
ministra, gratuitamente, aos sábados, fora do horário do expediente.

A conduta do servidor, à luz da Lei Federal nº 8.429/92,

a) constitui ato de improbidade administrativa que importa enriquecimento ilícito.

b)constitui ato de improbidade administrativa que causa prejuízo ao erário.

c)constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da


Administração Pública.

d)constitui ato de improbidade administrativa decorrente de concessão ou aplicação indevida


de benefício financeiro ou tributário.

e)não constitui ato de improbidade, pois o uso não era em proveito próprio, mas sim de
quaisquer cidadãos que frequentem o curso.

COMENTÁRIO: Pense comigo: É enriquecimento ilícito, pois, a partir do


momento que o servidor utiliza a máquina copiadora para tirar as cópias (de
graça), ele deixa de gastar dinheiro do próprio bolso se fosse tirar essas cópias
em uma papelaria por exemplo. É como se ele estivesse ''economizando'' seu
dinheiro, logo, é enriquecimento ilícito sim.
GAB-A

51. Assinale a alternativa que corretamente discorre sobre as penas previstas na Lei de
Improbidade Administrativa.

a) No caso de condenação por ato de improbidade administrativa decorrente de concessão ou


aplicação indevida de benefício financeiro ou tributário, não cabe a aplicação da pena de perda
da função pública.

b) A aplicação das penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa impede a aplicação


das demais sanções penais, civis e administrativas previstas em legislação específica.

c) Na fixação das penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa, o juiz levará em conta
a extensão do dano causado, assim como o proveito patrimonial obtido pelo agente.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 99


d) A pena de proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos
fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da
qual seja sócio majoritário, terá o prazo máximo de 2 (dois) anos.

e) As penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa deverão ser aplicadas


cumulativamente, exceto quando se tratar de ato de improbidade administrativa que atente
contra os princípios da Administração Pública.

COMENTÁRIO: Lei 8429-92 Art. 12. Parágrafo único. Na fixação das penas
previstas nesta Lei o juiz levará em conta a extensão do dano causado, assim
como o proveito patrimonial obtido pelo agente.
GAB-C

52. Suponha que Secretário da Fazenda de um estado qualquer da Federação aceite exercer,
nas horas vagas, concomitantemente ao exercício do cargo público, atividades de consultoria a
empresas sujeitas ao recolhimento do ICMS, tributo estadual. Nesse caso, à luz do previsto na
Lei Federal nº 8.429/92, a conduta descrita pode ser considerada

a) ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da Administração


Pública.

b) ato de improbidade administrativa que importa enriquecimento ilícito.

c) indiferente, pois não caracteriza nenhuma das hipóteses de ato de improbidade


administrativa previstas.

d) ato de improbidade administrativa decorrente de concessão ou aplicação indevida de


benefício financeiro ou tributário.

e) ato de improbidade administrativa que causa prejuízo ao Erário.

COMENTÁRIO: ART 9º, VIII - aceitar emprego, comissão ou exercer atividade


de consultoria ou assessoramento para pessoa física ou jurídica que tenha
interesse suscetível de ser atingido ou amparado por ação ou omissão
decorrente das atribuições do agente público, durante a atividade;
GAB-B

53. É correto afirmar que o Oficial de Promotoria que utilizar indevidamente, bem como
subtrair, destruir, inutilizar, desfigurar, alterar ou ocultar, total ou parcialmente, informação
que se encontre sob sua guarda,

a) cometerá um crime de improbidade administrativa, mas não será responsabilizado por


infração administrativa.

b) cometerá apenas infração administrativa, não havendo qualquer ato de improbidade.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 100


c) somente poderá ser responsabilizado civilmente, pois não cometerá qualquer infração
administrativa.

d) em razão de atuar no Ministério Público, não cometerá qualquer infração administrativa.

e) cometerá infração administrativa, podendo responder ainda por improbidade


administrativa.

COMENTÁRIO: LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011. Trata-se da


Lei de Acesso à Informação. As leis se complementam. Mas é importante não
confundi-las
GAB-E

54-FEPESE 2018- É correto afirmar sobre a Administração Indireta:

a) O concurso público somente será exigido quando o regime de trabalho for estatutário.

b) As entidades que compõem a Administração Pública indireta possuem personalidade


jurídica própria.

c) Os órgãos da Administração Indireta são subordinados hieráquica e administrativamente à


entidade que os criou.

d) Por meio da desconcentração, os serviços públicos serão prestados pelas entidades da


Administração Pública Indireta.

e) O patrimônio dos órgãos que compõem a Administração Pública indireta é considerado


público, por isso, gravado com a cláusula de inalienabilidade.

COMENTÁRIO: A administração indireta do Estado é o conjunto de pessoas administrativas


que, vinculadas à administração direta, têm o objetivo de desempenhar as atividades
administrativas de forma descentralizada. Seu objetivo é a execução de algumas tarefas de
interesse do Estado por outras pessoas jurídicas.

GAB-B

55- FEPESE 2018- Assinale a alternativa correta sobre a extinção do ato administrativo. em
relação a terceiros.

a) A anulação do ato administrativo pela Administração Pública ou pelo poder judiciário produz
efeitos retroativos.

b) Ao revogar os seus próprios atos por motivos de ilegalidade, deverá a Administração Pública
assegurar a manutenção dos efeitos já produzidos

c) O ato administrativo vinculado poderá, a qualquer tempo, ser revogado ou anulado pela
Administração Pública.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 101


d) Por motivos de conveniência e oportunidade, o ato administrativo poderá ser revogado pelo
poder judiciário.

e) A qualquer tempo a Administração Pública poderá anular o ato administrativo que não mais
atenda ao interesse público.

COMENTÁRIO: Ato administrativo é toda manifestação unilateral de vontade da administração


pública que, agindo nesta qualidade, tenha por fim imediato resguardar, adquirir, modificar,
extinguir e declarar direitos ou impor obrigações aos administrados ou a si própria. Somente o
agente público competente pode praticá-lo, sendo prerrogrativa exclusiva deste.

GAB-A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 102


1-FEPESE 2017/PC-SC De acordo com o Código Penal, assinale a alternativa correta
acerca da imputabilidade penal

a) O menor de dezoito anos é isento de pena para todos os efeitos legais, quando
demonstrado não entender o caráter ilícito do fato.

b) A embriaguez, quando voluntária, afasta a imputabilidade do agente.

c) A emoção, quando proveniente de caso fortuito, torna o agente inimputável se ao


tempo da ação ou da omissão não possuía a plena capacidade de entender o caráter
ilícito do fato.

d) Ao agir sob efeito da paixão, o agente terá reduzida a pena de um a dois terços.

e) O agente que por doença mental, ao tempo da ação ou omissão, era inteiramente
incapaz de entender o caráter ilícito do fato é isento de pena.

COMENTÁRIO: Art. 26. É isento de pena o agente que, por doença mental ou
desenvolvimento mental incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação ou da
omissão, inteiramente incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se
de acordo com esse entendimento.

GAB-E

2-FEPESE 2017/PC-SC De acordo com o Código Penal o erro sobre o elemento


constitutivo do tipo penal permite apenas a:

a) exclusão da culpabilidade.

b) materialização do crime impossível.

c) redução da pena para crime tentado.

d) prática do crime mediante concurso.

e) punição por crime culposo, se previsto em lei.

COMENTÁRIO: Art. 20. O erro sobre elemento constitutivo do tipo legal de crime
exclui o dolo, mas permite a punição por crime culposo, se previsto em lei.

GAB-E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 103


3- FEPESE 2017/PC-SC Para efeitos penais, considera-se funcionário público:

1.quem exerça, ainda que sem remuneração, função pública

2.quem exerça qualquer tipo de atividade remunerada.

3.apenas o servidor público aprovado em concurso de provas ou provas e títulos

4.aquele que exerce, unicamente, cargo ou emprego público.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) É correta apenas a afirmativa 1.

b) São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.

c) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.

d) São corretas apenas as afirmativas 3 e 4.

e) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

COMENTÁRIO: Art. 327, CP - Considera-se funcionário público, para os efeitos


penais, quem, embora transitoriamente ou sem remuneração, exerce cargo, emprego
ou função pública.

GAB-A

4- FEPESE 2017/PC-SC É correto afirmar sobre a infração penal:

a) A infração penal somente poderá ser cometida por pessoa física.

b) O Estado sempre será sujeito passivo formal de um crime.

c) Apenas os bens materiais poderão ser objeto de infração penal.

d) A infração penal não poderá ser praticada de forma isolada por um agente.

e) O sujeito ativo de uma infração penal é o titular do bem jurídico lesado.

COMENTÁRIO: Figura como sujeito passivo de todos os crimes, pois qualquer


violação da lei penal transgride interesse a ele reservado pelo ordenamento jurídico.
Exemplo: em um crime de homicídio, ainda que a vítima direta seja a pessoa privada

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 104


da sua vida, o Estado também foi ofendido, haja vista que a ele convém não sejam
praticados crimes.

GAB-B

5- FEPESE 2017/PC-SC De acordo com o Código Penal, é correto afirmar sobre os


crimes contra a dignidade sexual.

a) Se o autor do crime for casado o crime será apenado com multa.

b) A pena será aumentada se o agente do crime for irmão da vítima.

c) Somente poderão ser praticados contra pessoas maiores de dezoito anos.

d) Não haverá crime quando o autor do delito for cônjuge da vítima.

e) A pena será reduzida quando a vítima for ascendente ou descendente do agente do


crime.

COMENTÁRIO: Aumento de pena

Art. 226. A pena é aumentada: ("Caput" com redação dada pela Lei nº 11.106, de
28/3/2005)

I - de quarta parte, se o crime é cometido com o concurso de 2 (duas) ou mais


pessoas; (Inciso com redação dada pela Lei nº 11.106, de 28/3/2005)

II - de metade, se o agente é ascendente, padrasto ou madrasta, tio, irmão, cônjuge,


companheiro, tutor, curador, preceptor ou empregador da vítima ou por qualquer outro
título tem autoridade sobre ela;

GAB- B

6-- FEPESE 2017/PC-SC De acordo com o Código Penal, é correto afirmar sobre o
crime de roubo.

a) No roubo, a grave ameaça ou o emprego de violência deve ser causado contra


pessoa.

b) No roubo, equipara-se a coisa alheia móvel à obtenção de indevida vantagem


econômica.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 105


c) A ausência do emprego de arma branca ou de fogo afasta a consumação do crime
de roubo.

d) Somente ocorre a prática do crime de roubo quando configurada a restrição da


liberdade da vítima.

e) Para a caracterização do crime roubo, a grave ameaça ou violência deve ocorrer


antes da subtração do bem.

COMENTÁRIO: Código Penal - Art. 157 - Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para
outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por
qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência:

GAB-A

7-- FEPESE 2017/PC-SC De acordo com o Código Penal, pratica crime de


prevaricação o agente público que:

a) facilitar, com infração de dever funcional, a prática de contrabando ou descaminho.

b) praticar violência, no exercício de função ou a pretexto de exercê-la.

c) deixar de praticar ou retardar ato de ofício, com infração de dever funcional,


cedendo a pedido ou influência de outrem.

d) deixar de cumprir seu dever de vedar ao preso o acesso a aparelho telefônico, de


rádio ou similar, que permita a comunicação com outros presos ou com o ambiente
externo.

e) por indulgência, deixar de responsabilizar subordinado que cometeu infração no


exercício do cargo ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento
da autoridade competente.

COMENTÁRIO: Para se considerar prevaricação, ele tem que deixar de praticar ou


praticar o ato por vontade própria, almejando vantagem futura, ou seja, vantagem
própria, e não a pedidos alheios.

Deixando claro que ele praticou o Artigo 319-A: Deixar o Diretor de Penitenciária e/ou
agente público, de cumprir seu dever de vedar ao preso o acesso a aparelho
telefônico, de rádio ou similar, que permita a comunicação com outros presos ou com
o ambiente externo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 106


GAB-D

8-- FEPESE 2017/PC-SC É correto afirmar sobre o erro de tipo.

a) O erro sobre o elemento constitutivo do tipo legal exclui o dolo.

b) O crime praticado com erro de tipo será desclassificado para a forma tentada.

c) A prática de crime com erro de tipo somente é possível nos crimes dolosos contra a
vida.

d) Não se admite o erro de tipo nos crimes contra a administração pública.

e) O ato delituoso deverá ser apenado como contravenção quando presente o erro
sobre o elemento constitutivo do tipo legal.

COMENTÁRIO: Art. 20. O erro sobre elemento constitutivo do tipo legal de crime
exclui o dolo, mas permite a punição por crime culposo, se previsto em lei.

EX: Imputável dispara contra algo achando ser um bicho, mas na verdade é uma
pessoa. Exclui o dolo, mas permite a punição por crime culposo!

GAB-A

9-- FEPESE 2017/PC-SC De acordo com o Código Penal, o agente que se valendo da
condição de servidor público patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado
perante a administração pública, pratica o crime de:

a) peculato.

b) concussão.

c) patrocínio infiel.

d) excesso de exação.

e) advocacia administrativa.

COMENTÁRIO: Advocacia administrativa é: patrocinar, direta ou indiretamente,


interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de
funcionário. Tem pena de detenção, de um a três meses, ou multa. Artigo 321 do
código penal

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 107


GAB-E

10-- FEPESE 2017/PC- Assinale a alternativa que indica corretamente o princípio de


que o direito penal não deve se preocupar com condutas que, embora típicas, o
resultado ocorrido a partir delas não é suficientemente reprovável a ponto de sujeitar
ou haver a necessidade do exercício do poder punitivo do Estado.

a) princípio do juiz natural.

b) princípio da reserva de lei.

c) princípio da insignificância.

d) princípio do exasperação da pena.

e) princípio da humanidade da pena.

COMENTÁRIO: Este principio é voltado para o juiz q deixa de aplicar a lei penal
incriminadora se a conduta, mesmo que formalmente tipica, não lesiona nem expor a
perigo de lesão um bem jurídico protegido pelo direito penal.

Natureza jurídica; Este princípio é causa supra legal de exclusão da tipicidade


material.

GAB-C

11-- FEPESE 2017/PC- É correto afirmar sobre o crime de peculato.

a) Poderão ser objeto do crime de peculato apenas bens públicos.

b) Trata-se de crime praticado exclusivamente por particular contra bens públicos.

c) Dinheiro poderá ser objeto do crime de peculato.

d) Somente ocorrerá o crime se praticado mediante concurso de agentes.

e) Para consumação do crime de peculato, o proveito do crime deverá ser revertido


para terceiro.

COMENTÁRIO: Peculato: É um dos crimes praticados por funcionário público contra a


administração em geral. Caracteriza-se pela apropriação efetuada pelo funcionário
público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que
tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 108


GAB-C

12-- FEPESE 2017/PC De acordo com o Código Penal, é correto afirmar sobre a
exclusão de ilicitude.

a) A legítima defesa somente afastará a ilicitude da conduta quando se tratar da


proteção de bem próprio do agente.

b) Considera-se em estado de necessidade quem necessite afastar uma agressão,


atual ou iminente.

c) Aquele que tem o dever legal de enfrentar o perigo, não pode alegar estado de
necessidade.

d) A proteção de salvaguardar direito próprio ou alheio de perigo atual é tutelada por


meio da legítima defesa.

e) A exclusão de ilicitude afasta eventual responsabilização do agente por eventual


excesso, apenas quando for culposo.

COMENTÁRIO: a) ERRADO - A legitima defesa é para si e a terceiros.

b) ERRADO - só para agressão atual.

c) CERTO - Aquele que tem o dever legal de enfrentar o perigo, NÃO pode alegar
estado de necessidade.

d) ERRADO - Legítima defesa, não! Estado de Necessidade.

e) ERRADO - o excesso culposo também é punível.

GAB-C

13-- FEPESE 2017/PC Assinale a alternativa que indica corretamente o princípio de


direito penal pelo qual uma conduta legalmente tipificada não será considerada típica
se for tolerada e aceita pela sociedade.

a) princípio da legalidade

b) princípio da reserva legal

c) princípio da ulterioridade

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 109


d) princípio da adequação social

e) princípio da aplicação da lei penal

COMENTÁRIO: As mães perfuram as orelhas das suas filhas. Muitas pessoas fazem
tatuagem. Essas condutas são formalmente típicas, ou seja, acham-se descritas na lei
penal, em razão da ocorrência de uma lesão corporal. Apesar disso, não são
consideradas um crime. Por quê?

Porque são socialmente aceitas e não atentam contra a Constituição Federal. Estamos
falando do princípio da adequação social, que é instrumento de interpretação das leis
em geral, o que significa que vai além do Direito penal.

GAB-D

14-- FEPESE 2017/PC De acordo com o Código Penal, o erro sobre a ilicitude do fato,
se inevitável:

a) isenta o agente de pena.

b) exclui a ilicitude do fato.

c) é punível como crime culposo.

d) é punível apenas com pena de detenção.

e) desclassifica o crime para forma tentada.

COMENTÁRIO: A ilicitude consiste na falta de autorização para a prática de uma


conduta típica, esta não será antijurídica se for praticada sob o amparo de uma causa
de exclusão de ilicitude. “Todo fato ilícito é típico, mas nem todo fato típico será ilícito.”

GAB-A

15--- FEPESE 2017/PC De acordo com o Código Penal, quando o juiz deixar de
aplicar a pena na hipótese de homicídio culposo, por considerar que as consequências
da infração atingem o próprio agente de forma tão grave que a sanção penal se torne
desnecessária, ocorre o fenômeno:

a) da desclassificação da conduta.

b) da imputabilidade familiar.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 110


c) da excludente de ilicitude.

d) do perdão judicial.

e) da atipicidade judicial.

COMENTÁRIO: TRATA-SE DA EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE

ART. 121, DO CP: § 5º - Na hipótese de homicídio culposo, o juiz poderá deixar de


aplicar a pena, se as consequências da infração atingirem o próprio agente de forma
tão grave que a sanção penal se torne desnecessária.

GAB-D

16-Assinale a alternativa correta de acordo com o Código Penal.

A.A ação penal pública é promovida mediante queixa oferecida pelo Ministério
Público.
.A ação pública é promovida pelo Ministério Público, mediante representação
do ofendido ou de requisição do Ministro da Justiça.
C.A ação de iniciativa privada pode ser utilizada nos crimes de ação pública, se
o Ministério Público não oferecer denúncia no prazo legal.
D.A vítima ou quem tenha qualidade para representá-la poderá intentar ação
pena privada mediante denúncia.
E. No caso de morte do autor do crime, o ofendido tem o direito de oferecer
queixa ou de prosseguir na ação contra o cônjuge, ascendente, descendente
ou irmão do agressor.

Comentário do Renatão! O interessado provoca o MP, pois o mesmo deveria


agir ex officio e por algum motivo não o fez no prazo legal.

GAB.C

17-Assinale a alternativa correta de acordo com o Código Penal.


A. No peculato culposo, a reparação do dano antes da sentença irrecorrível é
causa de extinção da punibilidade do agente.
B.O crime de abandono de função somente estará caracterizado após o
decurso de trinta dias.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 111


C. Pratica crime de corrupção passiva o servidor público que participa de rateio
de valor obtido por meio ilícito.
D.O sujeito ativo nos crimes praticados contra a administração pública deve ser
funcionário público, assim caracterizado aquele que, de forma remunerada,
exerce cargo, emprego ou função pública.
E.O delito de alteração não autorizada de sistema de informações exige dolo
específico de obter vantagem indevida para si ou para outrem.

Comentário do Renatão! (B)é o tempo juridicamente relevante que cause


prejuízo para a administração.
(C)O crime maior absorve o crime menor.
(D) pode participar em colaboração
(E) Não exige dolo direto.

GAB.A

17-De acordo com o Código Penal, “retardar ou deixar de praticar,


indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei,
para satisfazer interesse ou sentimento pessoal”, caracteriza crime de:
A. Prevaricação, punível com detenção.
B. Prevaricação, punível com reclusão.
C. Concussão, punível com reclusão.
D. Peculato, punível com detenção.
E. Peculato, punível com reclusão.

Comentário do Renatão! O enunciado da questão trás o conceito de


prevaricação

GAB.A

18-Não há crime quando o agente pratica o fato:


A. em estado de necessidade; em legítima defesa; e sob o domínio de emoção
ou paixão.

B. em estado de embriaguez; em estado de necessidade; em legítima defesa; e


sob coação.

C.em estado de necessidade; em legítima defesa; e em estrito cumprimento de


dever legal ou no exercício regular de direito.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 112


D.em legítima defesa; em estrito cumprimento de dever legal; em estado de
necessidade; e sob coação moral.

E. sob o domínio de emoção ou paixão; em legítima defesa; e em estado de


embriaguez ou no exercício regular de direito.

É o que diz o art 23 do código penal, porém vale ressaltar que o agente público
pode responder pelo excesso nessas mesmas condutas

GAB.(C)

19-Considere a seguinte conduta e indique que instituto que ela corresponde


no Direito Penal. O agente que, voluntariamente, impede que o resultado do
crime se produza pratica…

A. crime falho

B. crime impossível

C. desistência voluntária

D. arrependimento eficaz

E. Arrependimento posterior

Comentário do Renatão! O arrependimento eficaz a conduta do crime já foi


realizada, porém, para evitar mal maior ele procura diminuir os efeitos.

GAB. D

20-Com relação ao concurso de crimes assinale a alternativa correta.

A. No crime continuado simples, aplicar-se-á a pena de um só dos crimes, se


idênticas, ou a mais grave, se diversas, aumentada, em qualquer caso, de um
sexto a dois terços.
B. O agente que, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais
crimes da mesma espécie, sem violência ou grave ameaça à pessoa, pratica
crime continuado qualificado.

C. O concurso material, que pode ser homogêneo ou heterogêneo, ocorre


quando o agente, mediante uma só ação ou omissão, pratica dois ou mais

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 113


crimes, idênticos ou não. Nesse caso, as penas correspondentes aos crimes
devem ser somadas.

D. Verifica-se o fenômeno do concurso material quando o agente, mediante


mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes da mesma espécie
e, pelas condições de tempo, lugar, maneira de execução e outras
semelhantes, devem os subsequentes ser havidos como continuação do
primeiro.

E. No concurso formal imperfeito aplica-se-á a mais grave das penas cabíveis


ou, se iguais, somente uma delas, mas aumentada, em qualquer caso, de um
sexto até metade.

Art. 71 - Quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica


dois ou mais crimes da mesma espécie e, pelas condições de tempo, lugar,
maneira de execução e outras semelhantes, devem os subsequentes ser
havidos como continuação do primeiro, aplicasse-lhe a pena de um só dos
crimes, se idênticas, ou a mais grave, ...

GAB. A

21- Sobre o Direito Penal brasileiro, assinale a alternativa correta.


A.A superveniência de causa relativamente independente não exclui a
imputação ainda que, por si só, tenha produzido o resultado.
B. Não se comunicam as circunstâncias e as condições de caráter pessoal,
mesmo quando elementares do crime.
C. Havendo disposição expressa, as regras gerais do Código Penal Brasileiro
aplicam-se aos fatos incriminados por lei especial.
D.É inimputável o agente que, por embriaguez, proveniente de caso fortuito ou
força maior, era, ao tempo da ação ou da omissão, inteira ou parcialmente
incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com
esse entendimento.
E. Ficam sujeitos à lei brasileira, embora cometidos no estrangeiro, os crimes
contra a fé pública da União, do Distrito Federal, de Estado, de Território, de
Município, de empresa pública, sociedade de economia mista, autarquia ou
fundação instituída pelo Poder Público.

Renatão, Cuidado alunos, aqui a fepese trouxe uma pegadinha bem sutil, o
item(b)ela trocou a palavra salvo do art. 30 do CP pela palavra mesma, tornado
o item errado.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 114


GAB,E

22. Joaquim sempre deixa seu carro no mesmo estacionamento. Carlos,


querendo apossar-se do automóvel, vai a esse estacionamento e diz ao
manobrista que foi buscar o carro a pedido de Joaquim. O manobrista entrega
o veículo a Carlos e deixa o local. Sobre a conduta de Carlo, é CERTO afirmar
tratar-se de:

a) Estelionato.

b) Furto mediante fraude.

c) Apropriação indébita.

d) Furto qualificado pelo abuso de confiança.

e) Apropriação de coisa havida por erro.

Comentário do Renatão! Conseguimos resolver essa questão analisando que


Carlos induziu outra pessoa a erro para obter vantagem ilícita, ou seja, pegar o
carro que não é seu, o que diz o art 171 do código penal.

Gab. A

23. Fulano pede a Beltrano, seu amigo de longa data, que guarde em sua casa
um computador de sua propriedade, até que volte de uma viagem que fará
para a Europa. Dias após ter recebido o aparelho de boa-fé, quando Fulano já
se encontrava no passeio, como se fosse seu, Beltrano vende o computador
para terceira pessoa. A conduta de Beltrano se amolda à prática de:

a) Receptação;

b) Receptação qualificada;

c) Furto;

d) Apropriação indébita;

e) Estelionato.

Comentário do Renatão! Apropriar-se de coisa que tenha posse, caput do art


168 do CP

GAB.D

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 115


24. Júnior, advogado, teve o seu relógio furtado. Dias depois, ao visitar uma
feira popular, percebeu que o referido bem estava à venda por R$ 30,00. Como
pagou R$ 2.000,00 pelo relógio e não queria se dar ao trabalho de acionar as
autoridades policiais, Júnior desembolsou a quantia pedida pelo suposto
comerciante e recuperou o objeto. Nessa situação hipotética, Júnior

a) agiu em exercício regular de direito e não deve responder por nenhum delito.

b) não praticou delito, pois o bem adquirido já era de sua propriedade.

c) praticou o delito de receptação.

d) praticou o delito de estelionato.

e) praticou o delito de exercício arbitrário das próprias razões.

É possível a receptação da receptação?


Resposta: Há duas correntes:
1) É possível desde que os sucessivos agentes tenham ciência da origem ilícita
do bem. Se um adquirir de boa-fé estará quebrada a cadeia sucessiva e o
próximo não estará cometendo crime de receptação.
2) É sempre possível, desde que o agente saiba da origem criminosa do bem,
pouco importando se o anterior está ou não de boa-fé.
GAB.C

25. Assinale a alternativa correta de acordo com o Direito Penal.

Entende-se por concurso material quando o agente:

a) mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes,


idênticos ou não.

b) mediante duas ou mais ações ou omissões, pratica o mesmo crime


reiteradamente.

c) mediante uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes, idênticos ou


não.

d) mediante mais de uma ação ou omissão, prática apenas um crime.

e) mediante uma ação, pratica dois crimes, idênticos.

Comentário do Renatão! Concurso de crime quando pratica mais de um crime,


com uma única ação, no concurso material somam-se as penas, no concurso
de crime formal, ou seja, um ato dois ou mais resultados, usa-se a pena
acrescida de 1/6 a1/5

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 116


GAB-A

26. A respeito da infração penal no ordenamento jurídico brasileiro, assinale a


opção correta.

a) Crimes, delitos e contravenções são termos sinônimos.

b) Adotou-se o critério tripartido, existindo diferença entre crime, delito e


contravenção.

c) Adotou-se o critério bipartido, segundo o qual as condutas puníveis dividem-


se em crimes ou contravenções (como sinônimos) e delitos.

d) O critério distintivo entre crime e contravenção é dado pela natureza da pena


privativa de liberdade cominada.

e) A expressão infração penal abrange apenas crimes e delitos.

a) Crimes, delitos e contravenções são termos sinônimos. ERRADO (CRIMES


E DELITOS são sinônimos)
b) Adotou-se o critério tripartido, existindo diferença entre crime, delito e
contravenção. ERRADO (CRIMES E DELITOS são sinônimos)
c) Adotou-se o critério bipartido, segundo o qual as condutas puníveis dividem-
se em crimes ou contravenções (como sinônimos) e delitos. ERRADO(CRIMES
E DELITOS são sinônimos)
d) O critério distintivo entre crime e contravenção é dado pela natureza da pena
privativa de liberdade cominada. CERTO CRIMES E DELITOS (PENA
PRIVATIVA LIBERDADE, RESTRITIVA DE DIREITO E E MULTAS)
CONTRAVENÇÕES (PRISÃO SIMPLES E MULTA)
e) A expressão infração penal abrange apenas crimes e
delitos. ERRADO (TAMBÉM ABRANGEM AS CONTRAVENÇÕES)
GAB-D

27-VUNESP-2017 TJ-SP. O crime denominado “petrechos de falsificação” (CP, art. 294) tem a
Pena aumentada, de acordo com o art. 295 do CP, se
a) praticado com intuito de lucro.

b) cometido em detrimento de órgão público ou da administração indireta.

c) a vítima for menor de idade, idosa ou incapaz.

d) causar expressivo prejuízo à fé pública.

e) o agente for funcionário público e cometer o crime prevalecendo-se do cargo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 117


Comentário: Art. 294, CP: Fabricar, adquirir, fornecer, possuir ou guardar objeto especialmente
destinado à falsificação de qualquer dos papéis referidos no artigo anterior.

Os crimes DE FALSIDADE DOCUMENTAL sempre AUMENTA se o agente é funcionário público, e


comete o crime prevalecendo-se do cargo, aumenta-se a pena de sexta parte.

Gab.E

28. VUNESP-2017 TJ-SP. Imagine que um perito nomeado pelo juiz, em processo judicial,
mediante suborno, produza um laudo falso para favorecer uma determinada parte, praticando
a conduta que configura crime do art. 342 do CP (falsa perícia). Ocorre que, arrependido e
antes de proferida a sentença no mesmo processo, o perito retrata-se, corrigindo a falsidade.
De acordo com o texto literal do art. 342, § 2º do CP, como consequência jurídica da
retratação,

a) o perito fica isento de pena criminal, mas deverá indenizar o prejudicado pela falsidade que
cometeu.

b) o perito fica isento de pena criminal, mas deverá devolver os honorários recebidos em
dobro.

c) o fato deixa de ser punível.

d) o perito, se condenado pelo crime de falsa perícia, terá a pena reduzida de 1/3 (um terço) a
2/3 (dois terços).

e) o perito fica impedido, por 5 (cinco) anos, de prestar tal serviço.

Comentário: De acordo com o Código Penal, o Art. 342. Fazer afirmação falsa, ou negar ou
calar a verdade, como testemunha, perito, contador, tradutor ou intérprete em processo
judicial, ou administrativo, inquérito policial, ou em juízo arbitral:

Pena - reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.

§ 1º As penas aumentam-se de um sexto a um terço, se o crime é praticado mediante suborno


ou se cometido com o fim de obter prova destinada a produzir efeito em processo penal, ou em
processo civil em que for parte entidade da administração pública direta ou indireta.

§ 2º O fato deixa de ser punível se, antes da sentença no processo em que ocorreu o ilícito, o
agente se retrata ou declara a verdade.

Gab.C

29.VUNESP-2017 TJ-SP. Certos crimes têm suas penas estabelecidas em patamares superiores
quando presentes circunstâncias que aumentam o desvalor da conduta. São os denominados

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 118


“tipos qualificados”. Assinale a alternativa que indica o crime que tem como qualificadoras
“resultar prejuízo público” e “ocorrer em lugar compreendido na faixa de fronteira”.

a) Corrupção passiva.

b) Exercício arbitrário das próprias razões.

c) Abuso de poder.

d) Violência arbitrária.

e) Abandono de função.

Comentário: Art. 323. Abandonar cargo público, fora dos casos permitidos em lei: Pena -
detenção, de quinze dias a um mês, ou multa. Se do fato resulta prejuízo público:

Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 2º Se o fato ocorre em lugar compreendido na faixa de fronteira:

Pena - detenção de um a três anos, e multa.

Gab.E

30.VUNESP-2017 PC-SP. A chamada prescrição retroativa

a) não pode ter por termo inicial data anterior à publicação da sentença condenatória
recorrível.

b) é regulada pelo máximo da pena privativa de liberdade cominada ao crime.

c) não marca os antecedentes do acusado, nem gera futura reincidência.

d) acarreta o acréscimo de um terço no lapso prescricional em se tratando de acusado


reincidente.

Comentário: A prescrição retroativa é uma espécie de prescrição da pretensão punitiva e


regula-se pela pena aplicada, desde que a sentença tenha transitado em julgado para a
acusação, ou depois de improvido seu recurso. É o chamado caminho de volta no cálculo da
prescrição da pretensão punitiva, pois se retorna aos mesmos períodos já mencionados (do
crime à denúncia e desta à sentença) modificando-se, contudo, a base de cálculo: no caminho
de ida é a pena máxima cominada; no caminho de volta é a pena concreta.

GAB.C

31.VUNESP-2017 TJ-SP. Considerando os Crimes contra a Administração, nos exatos termos do


art. 334-A, § 1º , III, quem reinsere no território nacional mercadoria brasileira destinada à
exportação incorre na mesma pena do crime de

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 119


a) sonegação fiscal.

b) descaminho.

c) fraude de concorrência.

d) contrabando.

e) corrupção ativa em transação comercial internacional.

Comentário: Veja o artigo Art. 334. Iludir, no todo ou em parte, o pagamento de direito ou
imposto devido pela entrada, pela saída ou pelo consumo de mercadoria:

Pena - reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos.

§ 1º Incorre na mesma pena quem:

I - pratica navegação de cabotagem, fora dos casos permitidos em lei;

II - pratica fato assimilado, em lei especial, a descaminho;

III - vende, expõe à venda, mantém em depósito ou, de qualquer forma, utiliza em proveito
próprio ou alheio, no exercício de atividade comercial ou industrial, mercadoria de procedência
estrangeira que introduziu clandestinamente no País ou importou fraudulentamente ou que
sabe ser produto de introdução clandestina no território nacional ou de importação
fraudulenta por parte de outrem;

IV - adquire, recebe ou oculta, em proveito próprio ou alheio, no exercício de atividade


comercial ou industrial, mercadoria de procedência estrangeira, desacompanhada de
documentação legal ou acompanhada de documentos que sabe serem falsos.

§ 2º Equipara-se às atividades comerciais, para os efeitos deste artigo, qualquer forma de


comércio irregular ou clandestino de mercadorias estrangeiras, inclusive o exercido em
residências.

§ 3º A pena aplica-se em dobro se o crime de descaminho é praticado em transporte aéreo,


marítimo ou fluvial. (Artigo com redação dada pela Lei nº 13.008, de 26/6/2014)

Gab.D

32.VUNESP-2017 PC-SP Quanto aos crimes de trânsito, é correto afirmar que

a) O crime de dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou
habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, por reclamar que decorra do fato perigo
de dano, derrogou, integralmente, a contravenção penal prevista no art. 32 do Decreto-lei nº
3.688/41, sob a rubrica de falta de habilitação para dirigir veículo.

b) o juiz, no curso da ação penal, havendo necessidade para garantia da ordem pública,
poderá, de ofício, decretar, em decisão motivada, a suspensão da permissão ou da habilitação

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 120


para dirigir veículo automotor, ou a proibição de sua obtenção, cabendo contra tal ato recurso
em sentido estrito, sem efeito suspensivo.

c) constitui circunstância agravante, no crime de homicídio culposo na direção de veículo


automotor, a ser considerada na segunda fase do cálculo da pena, o fato de o autor não
possuir permissão para dirigir ou carteira de habilitação.

d) não padece de inconstitucionalidade o tipo que incrimina o ato de afastar-se o condutor do


veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser
atribuída.

Comentário: Questão incompleta, mas que não deixa de estar correta. Algumas bancas não
consideram correta quando está incompleta, não é o caso da VUNESP. Art. 294. Em qualquer
fase da investigação ou da ação penal, havendo necessidade para a garantia da ordem pública,
poderá o juiz, como medida cautelar, de ofício, ou a requerimento do Ministério Público ou
ainda mediante representação da autoridade policial, decretar, em decisão motivada, a
suspensão da permissão ou da habilitação para dirigir veículo automotor, ou a proibição de sua
obtenção.

GAB.B

33. 2017 A conduta de “dar causa à instauração de investigação policial, de processo judicial,
instauração de investigação administrativa, inquérito civil ou ação de improbidade
administrativa contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente” configura

a) denunciação caluniosa.

b) condescendência criminosa.

c) falso testemunho.

d) comunicação falsa de crime.

e) fraude processual.

Comentário: Denunciação caluniosa consiste em dar causa à instauração de investigação


policial, de processo judicial, instauração de investigação administrativa, inquérito civil ou ação
de improbidade administrativa contra alguém, imputando-lhe crime de que o sabe inocente

Gab.A

34. VUNESP-2017 PREFEITURA. A simples conduta de adulterar a placa de veículo automotor,


com arrependimento posterior, tem como bem jurídico tutelado a

a) identificação de veículo automotor.

b) fé pública.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 121


c) idoneidade de documento público.

d) idoneidade de sinal público.

e) idoneidade particular.

Comentário: Constitui crimes contra a fé pública e está no Art. 311 do CP

Art. 311 - Adulterar ou remarcar número de chassi ou qualquer sinal identificador de veículo
automotor, de seu componente ou equipamento:(Redação dada pela Lei nº 9.426, de 1996)
Pena - reclusão, de três a seis anos, e multa.

Gab.B

35. 2017. Funcionário público municipal, imprudentemente, deixa a porta da repartição aberta
ao final do expediente. Assim agindo, mesmo sem intenção, concorre para que outro
funcionário público, que trabalha no mesmo local, subtraia os computadores que guarneciam
o órgão público. O Município sofre considerável prejuízo. A conduta do funcionário que deixou
a porta aberta traduz-se em

a) peculato culposo.

b) fato atípico.

c) prevaricação.

d) peculato-subtração.

e) mero ilícito funcional, sem repercussão na esfera penal.

Comentário: Peculato Culposo

O crime de peculato culposo é aquele que ocorre de forma indireta, sendo o agente público o
dispor da ação criminosa de forma não intencional, através de negligência, imprudência ou
imperícia. Através de um destes três elementos, o agente público torna possível que um dano
ao patrimônio do Estado ocorra.

O peculato culposo nunca pode contar com a intencionalidade do agente – caso contrário,
torna-se impróprio. Mesmo assim, responde diretamente por sua negligência, imprudência ou
imperícia, de acordo com o dano possibilitado por seus atos.

Neste caso, é importante compreender o momento em que o crime de peculato culposo é


consumado. Os atos de imprudência, imperícia ou negligência, por si só, não representam o
ilícito. Este só ocorre quando a ação dolosa de terceiro – seja agente público ou não – gera o
dano. Em outras palavras, a consumação do peculato culposo ocorre junto à execução do crime
que só foi possibilitado pela ação culposa do agente público.

Gab.A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 122


36. 2017. Nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que

a) se considera praticado o crime no momento do resultado.

b) a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos anteriores,
salvo se decididos por sentença condenatória transitada em julgado.

c) o dia do começo deve ser excluído no cômputo do prazo. Contam-se os dias, os meses e os
anos pelo calendário comum.

d) o funcionário público que se apropria, por negligência, de dinheiro, valor ou qualquer outro
bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou o desvia, em
proveito próprio, comete o crime de peculato-culposo.

e) exigir, para outrem, indiretamente, fora da função mas em razão dela, vantagem indevida
caracteriza o crime de concussão.

Comentário: Concussão

Art. 316 - Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou
antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida:

Pena - reclusão, de dois a oito anos, e multa.

GAB.E

37. 2017 MP-SP. No que concerne aos crimes de “peculato culposo”, “peculato mediante erro
de outrem” e “concussão”, a reparação do dano que precede a sentença irrecorrível traz que
consequência?

a) Extingue a punibilidade para o primeiro, mas não beneficia da mesma forma o autor dos
demais.

b) Extingue a punibilidade para os dois primeiros e reduz de metade a pena imposta ao autor
do último.

c) Nenhuma.

d) Extingue a punibilidade para o primeiro, reduz de metade a pena imposta para o autor do
segundo, mas não beneficia o autor do último.

e) Extingue a punibilidade para os dois primeiros, mas não beneficia da mesma forma o autor
do último.

Comentário: Veja a diferença entre eles. Peculato culposo- Se o funcionário concorre


culposamente para o crime de outrem: Pena - detenção, de três meses a um ano, a reparação

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 123


do dano, se precede à sentença irrecorrível, extingue a punibilidade; se lhe é posterior, reduz de
metade a pena imposta.

Peculato mediante erro de outrem - Apropriar-se de dinheiro ou qualquer utilidade que, no


exercício do cargo, recebeu por erro de outrem - reclusão, de um a quatro anos, e multa.

Concussão - Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função
ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida - reclusão, de dois a oito anos, e
multa.

GAB.A

38 2017-PREFEITURA. Configura crime de responsabilidade do Presidente da República ato


que atente contra a Constituição Federal e, conforme expresso nos incisos I a VIII do art. 4 da
Lei n 1.079/50, atos que atentarem especialmente contra

a) a humanidade.

b) as finanças públicas.

c) a soberania nacional.

d) a liberdade de imprensa.

e) o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais.

Comentário: LEI Nº 1.079, DE 10 DE ABRIL DE 1950. Art. 4º São crimes de responsabilidade os


atos do Presidente da República que atentarem contra a Constituição Federal, e,
especialmente, contra:

I - A existência da União:

II - O livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário e dos poderes constitucionais dos
Estados;

III - O exercício dos direitos políticos, individuais e sociais:

IV - A segurança interna do país:

V - A probidade na administração;

VI - A lei orçamentária;

VII - A guarda e o legal emprego dos dinheiros públicos;

VIII - O cumprimento das decisões judiciárias.

GAB.E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 124


39. 2017-PREFEITURA Um brasileiro, João, que reside em Buenos Aires, Argentina, decide
matar um desafeto, José, que reside na cidade de Alumínio, SP, Brasil. João, em sua residência,
fabrica uma “carta-bomba”, no dia 10, e, no mesmo dia, posta o objeto em uma unidade dos
correios de Buenos Aires, com destino a Alumínio. O artefato é recebido por José, em
Alumínio, no dia 20. No dia 25 é aberto, explode e mata José. Com relação à aplicação da Lei
Penal, e de acordo com os arts. 4 e 6 do CP, assinale a alternativa que traz, respectivamente, o
dia do crime e o local em que ele foi praticado.

a) 10; apenas Buenos Aires.

b) 10; Buenos Aires ou Alumínio.

c) 20; apenas Alumínio.

d) 25; apenas Alumínio.

e) 25; Buenos Aires ou Alumínio.

Comentário: Veja o BIzu: Quando fala em tempo ou lugar será L.U.T.A Lugar, Ubiquidade,
Tempo, Atividade

a) 10; apenas Buenos Aires. (ERRADO) OBS. O tempo do crime está certo, pois se refere ao dia
da "atividade", contudo o lugar está errado, pois o Brasil adotou "ubiquidade", portanto
poderá ser os dois Buenos Aires ou Alumínio.

b) 10; Buenos Aires ou Alumínio. (CORRETO)

c) 20; apenas Alumínio. (ERRADO) OBS. O tempo do crime está errado, pois o Brasil adotou
"atividade", logo será no ato da prática realizada, não será no resultado, Como também o
lugar está errado, pois o Brasil adotou "ubiquidade", portanto poderá ser os dois Buenos Aires
ou Alumínio.

d) 25; apenas Alumínio. (ERRADO) OBS. O tempo do crime está errado, pois o Brasil adotou
"atividade", logo será no ato da prática realizada, não será no resultado, Como também o
lugar está errado, pois o Brasil adotou "ubiquidade", portanto poderá ser os dois Buenos Aires
ou Alumínio.

e) 25; Buenos Aires ou Alumínio. (ERRADO) OBS. O tempo do crime está errado, pois o Brasil
adotou "atividade", logo será no ato da prática realizada, não será no resultado.

GAB.B

40. 2017-PREFEITURA A conduta de “falsificar cartão de crédito ou débito”

a) é considerada falsidade de documento particular.

b) é considerada falsidade de documento público.

c) é considerada falsidade ideológica.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 125


d) é crime assimilado ao estelionato.

e) não é prevista no CP

Comentário: Falsificação de documento particular está no Art. 298 - Falsificar, no todo ou em


parte, documento particular ou alterar documento particular verdadeiro, tem pena de
reclusão, de um a cinco anos, e multa. Equipara-se a documento particular o cartão de crédito
ou débito.

GAB.A

41.2016-PREFEITURA O art. 37 da Lei n 9.605/98 estabelece que, independentemente de


autorização ou prévia manifestação da autoridade competente, é conduta autorizada
legalmente (não há crime) o abate de animal quando realizado

a) por ser nocivo [o animal].

b) para fins científicos e didáticos.

c) para controlar reprodução excessiva da espécie.

d) em estado de necessidade, para saciar a fome do agente ou de sua família.

e) para proteger lavouras, pomares e rebanhos da ação predatória ou destruidora de animais.

Comentário: Lei 9.605 (Lei dos crimes contra o meio ambiente) Art. 37. Não é crime o abate de
animal, quando realizado:

I - em estado de necessidade, para saciar a fome do agente ou de sua família;

I - para proteger lavouras, pomares e rebanhos da ação predatória ou destruidora de animais,


desde que legal e expressamente autorizado pela autoridade competente;

IV - por ser nocivo o animal, desde que assim caracterizado pelo órgão competente.

GAB.D

42-FEPESE 2013- Analise o caso abaixo em relação à lei penal no tempo. Determinado agente
comete um crime e é condenado a uma certa pena. Após algum tempo, uma nova lei deixa de
considerar a conduta praticada por aquele agente como criminosa.

Quais os desdobramentos de tal acontecimento?

a) O agente será colocado em liberdade.

b) O condenado deverá ser julgado novamente.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 126


c) Deverá ser apurada a conduta do agente para verificar se não é caso de outra infração
penal.

d) A Lei não será aplicada aos casos julgados antes da sua vigência.

e) O condenado terá sua pena reduzida pela metade.

COMENTÁRIO: Art. 2º - Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de
considerar crime, cessando em virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença
condenatória.

Parágrafo único - A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, ainda que decididos por sentença condenatória transitada em julgado.

GAB- A

43-FEPESE 2013 De acordo com o Código Penal, que crime comete aquele que se opõe ou
presta auxílio, mediante violência ou ameaça, a funcionário competente para executar ato
legal?

a) peculato

b) desacato

c) concussão

d) resistência

e) desobediência

COMENTÁRIO: Essa resistência deve ser ativa com o emprego de violência ou grave ameaça
contra o funcionário...se for passiva Ex: segurar no poste para não ser levado preso, será
apenas crime de Desobediência

GAB – D

44-FEPESE 2013 Em matéria de Direito Penal, ocorre crime doloso quando:

a) quando o agente está embriagado.

b) quando for impossível consumar o crime.

c) quando o agente atua sob domínio de forte emoção.

d) quando o resultado é decorrente de imperícia.

e) o agente assumiu o risco de produzir o ato.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 127


COMENTÁRIO: Crime doloso (Incluído pela Lei nº 7.209, de 11.7.1984)

I - doloso, quandoo o agente quis o resultado ou assumiu o risco de produzi-lo;

GAB-E

45-FEPESE 2013 De acordo com o Código Penal, os crimes cometidos no estrangeiro ficam
submetidos à lei brasileira quando:

a) praticados contra brasileiro.

b) praticados no exercício da função.

c) previstos no Código Penal Brasileiro.

d) praticados contra qualquer agente público.

e) praticados contra quem está a serviço da administração pública.

COMENTÁRIO: Crime cometido por estrangeiro no Brasil

Isto posto, a expulsão ,via de regra, ocorre quando um estrangeiro comete um crime no Brasil
e é condenado por sentença transitada em julgado; a retirada compulsória de um estrangeiro
,no território nacional, é motivada pela prática de um crime que tenha cometido no Brasil ou
por conduta incompatível com os interesses ...

GAB-E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 128


1-FEPESE 2018- Com base na Lei nº 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que
dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa
Catarina, constitui requisito básico para a inscrição em concurso público, além
dos constantes das instruções especiais, a comprovação relativa a:

a) Ser brasileiro nato.


b) Idoneidade moral.
c) Idade mínima de dezesseis anos.
d) Nacionalidade brasileira ou estrangeira.
e) Quitação com as obrigações militares e eleitorais.
GAB E

2-FEPESE 2017- De acordo com a Constituição do Estado de Santa Catarina,


à Polícia Civil, dirigida por delegado de polícia, subordinada ao Governador do
Estado, compete:

a) Fiscalizar jogos e diversões públicas.


b) Cooperar com órgãos de defesa civil.
c) Atuar preventivamente como força de dissuasão e repressivamente como de
restauração da ordem pública.
d) Estabelecer a prevenção balneária por salva-vidas.
e) Estabelecer normas relativas à segurança das pessoas e de seus bens
contra incêndio, catástrofe ou produtos perigosos.
GAB- A

3-FEPESE 2017- De acordo com a Lei nº 6.745, de 1985, a posse é o ato pelo
qual o nomeado para um cargo público manifesta, pessoal e expressamente, a
sua vontade de aceitar a nomeação e inicia o exercício das respectivas
funções, e terá lugar no prazo de:

a) quinze dias da data da publicação do ato de nomeação, improrrogáveis.


b) quinze dias da data da publicação do ato de nomeação, prorrogáveis por
mais quinze dias, ou enquanto durar o impedimento, se estiver
comprovadamente doente.
c) trinta dias da data da publicação do ato de nomeação, improrrogáveis.
d) trinta dias da data da publicação do ato de nomeação, prorrogáveis por mais
quinze dias.
e) trinta dias da data da publicação do ato de nomeação, prorrogáveis por mais
trinta dias, ou enquanto durar o impedimento, se estiver comprovadamente
doente.
GAB- E

4-FEPESE 2013 De acordo com o Estatuto do Servidor Público Civil do Estado


de Santa Catarina, a licença para tratamento de saúde poderá ser concedida
pelo prazo de:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 129


a) 12 meses, prorrogáveis por igual período.
b) até 24 meses, prorrogáveis por igual período.
c) somente por 24 meses.
d) até 36 meses, prorrogáveis.
e) até 5 anos, prorrogáveis.
GAB-B

5-FEPESE 2013 De acordo com a Lei Complementar Estadual n 529/11 –


Regimento Interno dos Estabelecimentos Penais do Estado de Santa Catarina,
a que tipo de preso é vedado o trabalho externo?

a) Ao preso em regime fechado


b) Ao preso em regime aberto
c) Ao preso provisório
d) Ao preso em regime semiaberto
e) Ao beneficiado pelo livramento condicional
GAB- C

6-FEPESE 2013 De acordo com o Estatuto do Servidor Público Civil do Estado


de Santa Catarina, o servidor removido por interesse do serviço público não
poderá novamente ser removido antes de decorridos:

a) seis meses.
b) um ano.
c) dois anos.
d) três anos.
e) cinco anos.
GAB-C

7-FEPESE 2013 Assinale a alternativa correta de acordo com a Lei


Complementar Estadual n 529/11 – Regimento Interno dos Estabelecimentos
Penais do Estado de Santa Catarina.

a) O preso que trabalhar dentro do sistema prisional não terá direito ao pecúlio
prisional.
b) O trabalho do preso dentro do estabelecimento prisional gera vínculo
empregatício com o Estado.
c) O produto da remuneração pelo trabalho reverterá integralmente à família da
vítima do seu crime.
d) Os equipamentos de proteção individual não são extensíveis aos
condenados com pena transitada em julgado.
e) O trabalho do preso será remunerado mediante prévia tabela, não podendo
ser inferior a três quartos do salário-mínimo regional.
GAB- E

8- FEPESE 2013 De acordo com a Lei Complementar Estadual n 529/11 –


Regimento Interno dos Estabelecimentos Penais do Estado de Santa Catarina,
em se tratando de condenado à pena privativa de liberdade, compete à
Comissão Técnica de Classificação:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 130


a) aplicar sanção disciplinar leve.
b) propor à autoridade competente as progressões e regressões dos regimes,
bem como as conversões.
c) gerir os pedidos formulados pelo preso de movimentação do pecúlio
prisional, depositado em conta pecúlio.
d) promover a educação física, intelectual, moral, cívica e profissional, sob
orientação psicopedagógica.
e) assegurar a orientação vocacional e treinamento profissional do preso.
GAB- B

9- FEPESE 2013 De acordo com o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do


Estado de Santa Catarina (Lei no 6.745/1985), conceder-se-á salário-família ao
funcionário:

a) Por filho incapaz para o trabalho


b) Pelo ascendente que vive com o funcionário, mesmo quando possuir
rendimento próprio.
c) Pelo companheiro designado como dependente junto ao órgão
previdenciário do Estado, mesmo quando exercer atividade remunerada
d) Por filho menor de 21 anos, independentemente de comprovação de
dependência econômica
e) Por filho menor de 24, quando comprovada a dependência econômica,
prorrogável até 30 anos, quando se tratar de estudante universitário
GAB-A

10-FEPESE 2013 Assinale a alternativa correta de acordo com a Lei


Complementar Estadual n 472/2009 – Plano de Carreira e Vencimentos do
Grupo Segurança Pública – Sistema Socioeducativo da Secretaria Executiva
da Justiça e Cidadania.

a) Concluído o curso de formação profissional serão os Agentes de Segurança


Socioeducativo submetidos ao exame psicotécnico.
b) O curso de formação profissional é requisito fundamental do estágio
probatório, sendo que a reprovação acarretará a imediata exoneração do
nomeado.
c) Os candidatos nomeados serão empossados em sessão solene, presidida
pelo Secretário de Estado de Segurança Pública.
d) A nomeação será feita imediatamente após a conclusão do concurso
público.
e) A nomeação para os cargos de provimento efetivo de Agente de Segurança
Socioeducativo obedecerá à ordem de antiguidade dos candidatos no concurso
público para ingresso na carreira.
GAB-B

11-FEPESE 2013 De acordo com o Estatuto do Servidor Público Civil do


Estado de Santa Catarina, qual o prazo do período de trânsito concedido ao
servidor público que for designado para exercer suas funções fora da sua
cidade de lotação?

a) 5 dias

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 131


b) até 7 dias
c) 15 dias
d) 20 dias, prorrogáveis
e) até 30 dias
GAB-E

12-FEPESE 2013 De acordo com a Lei Complementar Estadual n 472/2009 –


Plano de Carreira e Vencimentos do Grupo Segurança Pública – Sistema
Prisional da Secretaria Executiva da Justiça e Cidadania, o desenvolvimento
funcional é direito do servidor.
Contudo, perderá o benefício aquele que, durante o período aquisitivo:

a) for convocado para atuar em Tribunal do Júri.


b) tiver usufruído licença para tratamento de saúde.
c) estiver ocupando cargo de chefia.
d) estiver em disponibilidade.
e) estiver cursando mestrado.
GAB-D

13-FEPESE 2013 De acordo com o Estatuto do Servidor Público Civil do


Estado de Santa Catarina, a licença gestação é concedida pelo prazo de:

a) 120 dias para a servidora efetiva.


b) 150 dias para a servidora efetiva.
c) 180 dias para a servidora efetiva.
d) 90 dias, porrogáveis, para a servidora efetiva.
e) 60 dias, prorrogáveis, para a servidora efetiva.
GAB-C

14-FEPESE 2013 Assinale a alternativa correta, no que se refere à posse, de


acordo com o Estatuto do Servidor Público Civil do Estado de Santa Catarina.

a) A pedido do interessado a posse poderá ser prorrogada em até sessenta


dias.
b) A nomeação deverá ocorrer até trinta dias após a publicação da posse no
diário oficial.
c) Será tornada sem efeito a nomeação se a posse não ocorrer dentro do prazo
legal.
d) A posse em cargo de comissão será precedida obrigatoriamente de exame
de saúde.
e) A posse deverá ocorrer no prazo de trinta dias da homologação do resultado
final do concurso público.
GAB-C

15. Conforme disposto no Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de


Santa Catarina (Lei Estadual no 6.745/1985), é correto afirmar:
a. ( ) É permitida a acumulação de férias.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 132


b. ( ) A nomeação será feita em caráter efetivo para os cargos de livre
nomeação e exoneração.
c. ( ) O treinamento constitui atividade inerente aos cargos públicos estaduais.
d. ( ) A admissão ao serviço estadual dependerá, sem exceção, de aprovação
prévia em concurso público.
e. ( ) A posse em cargo público terá lugar no prazo de 15 dias improrrogáveis,
contados da data de publicação do ato de nomeação no Diário Oficial.

GAB.C

16-Nos termos da Lei Estadual no 6.745, de 28 dezembro de 1985, que


estabelece o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa
Catarina, é permitida a prestação de serviço extraordinário, que não está
sujeito à limitação de carga horária semanal, não podendo ultrapassar, como
regra geral:
a. ( ) 90 horas semestrais.
b. ( ) 120 horas semestrais.
c. ( ) 180 horas semestrais.
d. ( ) 240 horas semestrais.
e. ( ) 360 horas semestrais.

GAB.B

17.Com base na Lei nº 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que dispõe sobre o


Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa Catarina, “faltar à
verdade, com má fé, no exercício das funções”, caracteriza infração disciplinar
punível com:
A( ) Repreensão escrita.
B( ) Demissão simples.
C( ) Demissão qualificada.
D( ) Suspensão até dez dias.
E( ) Suspensão até 30 dias.

GAB.A

18-Com base na Lei no 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que dispõe sobre o


Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa Catarina, assinale a
alternativa correta.
A( ) A estabilidade diz respeito ao serviço público.
B( ) A readaptação, quando for o caso, acarretará decesso de remuneração
C( ) Somente a antiguidade é determinada pelo tempo de serviço no cargo para
promoção.
D( ) A posse em cargo de provimento em comissão será precedida de exame
de saúde, mesmo quando se tratar de funcionário público em efetivo exercício.
E( ) Ao servidor efetivo poderá ser concedida licença para tratamento de
interesses particulares, pelo prazo de até 3 anos.

GAB.A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 133


19.De acordo com o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de
Santa Catarina (Lei no 6.745/1985), escolha a opção correta acerca do direito
de petição:
A( ) Os pedidos de reconsideração e os recursos possuem efeito suspensivo.
B( ) O pedido de reconsideração será cabível mesmo quando não contiver
novos argumentos.
C( ) Os pedidos de reconsideração e os recursos que forem providos darão
lugar às retificações necessárias, retroagindo os seus efeitos à data do ato
impugnado.
D( ) O requerimento ou representação será dirigido à autoridade competente
para decidi-lo e terá solução no prazo máximo de 120 dias.
E( ) O pedido de reconsideração será sempre dirigido à autoridade
imediatamente superior àquela que tiver expedido o ato ou proferido a decisão.

GAB.C

20-Considerando o disposto no Estatuto dos Servidores Públicos Civis do


Estado de Santa Catarina, é correto afirmar:
A) Remuneração é a expressão pecuniária do cargo, consoante nível próprio,
fixado em lei.
B)O funcionário perderá dos vencimentos do dia quando se retirar antes de
terminado o horário de trabalho.
C)O funcionário sempre manterá os vencimentos do cargo efetivo quando
nomeado em comissão
D)A gratificação natalina será paga no mês de novembro de cada ano e seu
valor será calculado proporcionalmente aos meses de efetivo exercício.
E) O funcionário não perderá dos vencimentos do dia quando se retirar antes
de terminado o horário de trabalho.
GAB.B

21- Conforme disposto no Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de


Santa Catarina, assinale a alternativa correta.
A( )É permitida a acumulação de férias)
B( ) gratificação natalina não é devida ao funcionário exonerado.
C( )Para efeito de promoção, a antiguidade é determinada pelo tempo de
serviço no cargo.
D( ) A nomeação será feita em caráter efetivo para os cargos declarados em lei
de livre nomeação e exoneração.
E( ) Considera-se trabalho noturno o prestado entre 21 (vinte e uma) horas e
06 (seis) horas do dia seguinte.

GAB.C

22-Conforme dispõe a Lei Estadual no 6.745/1985, que estabelece o Estatuto


dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa Catarina, constitui
acumulação proibida a percepção:
A( )Conjunta, de pensões civis ou militares.
B( ) De pensões com remuneração ou salário
C( )De pensões com proventos de disponibilidade, aposentadoria ou reforma.
D( )De proventos, quando resultante de cargos não acumuláveis

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 134


E( )De proventos com remuneração ou salário, nos cargos de acumulação
legal.
GAB.D

23-De acordo com a Lei no 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que dispõe


sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civil do Estado de Santa Catarina, é
correto afirmar:
a. ( ) Os atrasos no pagamento do vencimento dos servidores serão corrigidos
pelos índices da correção monetária e juros legais.
b. ( ) Os atrasos no pagamento do vencimento dos servidores serão corrigidos
pelos índices da correção monetária, sem a incidência de juros legais.
c. ( ) Os atrasos no pagamento do vencimento dos servidores serão corrigidos
com juros legais, sem a incidência de correção monetária.
d. ( ) Os atrasos no pagamento do vencimento dos servidores, em até 10 dias,
não serão corrigidos com juros legais.
e. ( ) Os atrasos no pagamento do vencimento dos servidores, em até 10 dias,
não serão corrigidos pelos índices da correção monetária.
GAB.A

24- De acordo com a LEI Nº 6.745, de 28 de dezembro de 1985, assinale a


alternativa correta.

A) Haverá substituição nos casos de impedimento de ocupante de cargo em


comissão ou de função de confiança.
B) Readaptação é a volta do funcionário ao cargo por ele anteriormente
ocupado, em consequência de reintegração decretada em favor de outrem
ou, sendo estável, quando inabilitado no estágio probatório em outro cargo
efetivo para o qual tenha sido nomeado ou, ainda, quando for declarada
indevida a transferência, a promoção por antiguidade e o acesso.
C) A readaptação acarretará decesso ou aumento de remuneração.
D) A readaptação implica em mudança de cargo e não terá prazo certo de
duração.
E) O servidor do Poder Executivo que for redistribuído poderá ser mantido sob
responsabilidade do órgão central de pessoal, e ter exercício permanente
em outro órgão ou entidade, até seu adequado aproveitamento.
GAB.A

25- PROVA DE DELEGADO De acordo com a LEI Nº 6.745, de 28 de


dezembro de 1985, no que se refere as hipóteses de afastamento e suspensão
do exercício de suas atividades, é correto afirmar, exceto:
A) O afastamento do funcionário, desde que ocupante de cargo de provimento
efetivo, para o exercício de mandato legislativo municipal, só ocorrerá quando a
representação deva ser exercida em localidade diversa de sua sede funcional
ou por incompatibilidade de horário e limitar-se-á ao período de Sessões da
Câmara de Vereadores.
B) O funcionário estável somente poderá ser posto à disposição para prestar
serviços técnicos ou especializados nos planos federal, estadual ou municipal e
respectivas autarquias, inclusive entidades paraestatais, sem ônus para o
Estado.
C) O início do exercício e a suspensão do servidor serão registrados no

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 135


assentamento individual do funcionário.
D) Será concedido ao funcionário período de trânsito, considerado como de
exercício, nunca superior a 30 (trinta) dias, para as providências relativas à
mudança de local de trabalho e residência.
E) Além das hipóteses legalmente admitidas, o funcionário poderá ser
autorizado a afastar-se do exercício, com prazo certo de duração e sem perda
de direitos, para a elaboração de trabalho relevante, técnico ou científico.

GAB. B

26- Considerando as disposições do Estatuto dos Servidores Públicos Civis do


Estado de Santa Catarina, analise as afirmativas abaixo:
1. É permitida a prestação de serviço extraordinário, que não está sujeito à
limitação de carga horária semanal, não podendo ultrapassar a 200 horas
semestrais.
2. A posse terá lugar no prazo de 30 dias da data da publicação do ato de
nomeação no Diário Oficial, improrrogável.
3. A interrupção do exercício fora dos casos legais e além dos limites
admitidos, sujeita o funcionário a processo disciplinar e às penas
pertinentes.
4. A jornada normal de trabalho, poderá ser reduzida até a metade, sem
redução da remuneração, sempre que essa medida se mostrar
necessária no caso de funcionário estudante.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
a. ( ) É correta apenas a afirmativa 2.
b. ( ) É correta apenas a afirmativa 3.
c. ( ) É correta apenas a afirmativa 4.
d. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.
e. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.

GAB.B

COMENTÁRIO DO RENATÃO. Veja que item 1 pode ser descartado sem


medo, pois fala em não ter limitação, você já pode eliminar a alternativa d sem
medo, no item dois, o erro esta no “im” de improrrogável, já eliminamos mais
duas alternativas restando decidir entre a 3 e 4. No item 4 temos uma das
famosas pegadinhas de concurso, as palavras totalitárias, como: ( sempre,
nunca, todos, nenhum etc.)

27- Nos termos da Lei no 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que trata do


Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa Catarina, é correto
afirmar:
a. ( ) A readaptação funcional sempre acarretará decesso ou aumento de
remuneração do servidor.
b. ( ) A readaptação consiste no conjunto de atividades desenvolvidas para
propiciar ao funcionário público condições de melhor desempenho
profissional.
c. ( ) Diante da inexistência de vagas e até a sua ocorrência, em se tratando
de hipóteses de recondução, o funcionário reconduzido ficará na condição de
excedente, sem a perda de direitos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 136


d. ( ) Tem-se a redistribuição quando, não sendo possível a transferência,
ocorrer modificação do estado físico ou das condições de saúde do
funcionário, que aconselhe o seu aproveitamento em atribuições diferentes,
compatíveis com a sua condição funcional.
e. ( ) Haverá a substituição nos casos de impedimento de ocupante de cargo
em comissão ou de função de confiança, que será sempre automática e não
dependerá de ato da autoridade competente.

GAB.C
COMENTÁRIO DO RENATÃO. É o que trata a disponibilidade, é seu conceito.

28- De acordo com o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de


Santa Catarina, o deslocamento motivado de cargo de provimento efetivo,
ocupado ou vago no âmbito do quadro de pessoal, para outro órgão ou
entidade do mesmo Poder, com prévia apreciação do órgão central de pessoal,
chama-se:
a. ( ) Distribuição.
b. ( ) Readaptação.
c. ( ) Recondução.
d. ( ) Redistribuição.
e. ( ) Reintegração.

GAB.D

29. Com fundamento na Lei no 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que


estabelece o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa
Catarina, a demissão qualificada incompatibiliza o ex-funcionário com o
exercício de cargo ou emprego público pelo período de:
a. ( ) 2 a 4 anos.
b. ( ) 3 a 8 anos.
c. ( ) 3 a 10 anos.
d. ( ) 5 a 8 anos.
e. ( ) 5 a 10 anos.
GAB.E

30. Assinale a alternativa correta em relação ao Estatuto dos Servidores


Públicos do Estado de Santa Catarina.
a. ( ) O funcionário licenciado para tratamento de saúde é impedido de exercer
atividades remuneradas sob pena de cassação da licença.
b. ( ) Ao funcionário estável que, por motivo de mudança compulsória de
domicílio do cônjuge ou companheiro(a), esteja impossibilitado de exercer seu
cargo, será concedida licença sem remuneração, mediante pedido
devidamente justificado, por um ano, renovável por mais um ano.
c. ( ) Após cada quinquênio de serviço público estadual, o funcionário estável
fará jus a uma licença com remuneração, como prêmio, pelo período
de três meses, sendo facultada a conversão em
dinheiro de até um terço da licença prêmio.
d. ( ) O tempo de serviço público prestado à União, Estados, Municípios,
Distrito Federal, Territórios e seus órgãos de Administração Indireta e

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 137


Fundações, bem como o tempo de exercício de mandato eletivo, é computado
parcialmente para efeito de aposentadoria, disponibilidade e adicional por
tempo de serviço.
e. ( ) O regime de trabalho dos funcionários públicos do Estado, sendo omissa
a especificação de cargo, é de 44 (quarenta e quatro) horas semanais,
cumpridas em dias e horários próprios, observada a regulamentação
específica.

GAB.A

31-.Assinale a alternativa correta:


a. ( ) Os proventos da aposentadoria serão revistos, na mesma proporção e na
mesma data, sempre que se modificar a remuneração dos servidores em
atividade, sendo também ou vantagens posteriormente concedidos aos
servidores em atividade, inclusive quando decorrentes da transformação ou
reclassificação do cargo ou função em que se deu a aposentadoria, na forma
da lei.
b. ( ) São estáveis após dois anos de efetivo provimento efetivo em virtude de
concurso público.
c. ( ) O servidor será aposentado por invalidez permanente, sendo os proventos
proporcionais quando decorrente de acidente em serviço, moléstia profissional
ou doença grave, contagiosa ou incurável, especificadas em lei, e
integrais nos demais casos.
d. ( ) O servidor público estável só perderá o cargo em virtude de sentença
judicial transitada em julgado ou mediante processo administrativo
em que lhe seja assegurada ampla defesa.
e. ( ) Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o servidor estável
ficará em disponibilidade, com remuneração integral, até o seu
adequado aproveitamento em outro cargo.

GAB.A

32-Considere as seguintes afirmativas sobre a posse, de acordo com a Lei


Estadual no 6.745/1985.
1. A posse em cargo de provimento em comissão será precedida de exame de
saúde, nos termos deste Estatuto, salvo quando se tratar de funcionário público
em efetivo exercício.
2. A posse terá lugar no prazo de 90 dias da data da publicação do ato de
nomeação no Diário Oficial.
3. Será tornada sem efeito a nomeação quando, por ato ou omissão de que for
responsável o nomeado, a posse não se verificar no prazo estabelecido.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
a. ( ) É correta apenas a afirmativa 1.
b. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.
c. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.
d. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.
e. ( ) São corretas as afirmativas 1, 2 e 3.
GAB.C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 138


33- A Lei Estadual no 6.745/1985 estabelece que_______________ consiste
na situação funcional transitória criada por ato administrativo e cometida a
Funcionário público estadual estável, mediante livre escolha, para desempenho
de atribuições regimentais.
Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna do texto.
a. ( ) função de confiança
b. ( ) ato de designação
c. ( ) ato temporário
d. ( ) ato autoritário
e. ( ) dia casual

GAB.A

34-De acordo com a Lei Estadual no 6745/1985, são requisitos básicos do


estágio probatório:
1. idoneidade moral e publicidade.
2. assiduidade e pontualidade.
3. disciplina e eficiência.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
a. ( ) É correta apenas a afirmativa 1.
b. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.
c. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.
d. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.
e. ( ) São corretas as afirmativas 1, 2 e 3.

GAB.D
COMENTÁRIO DO RENATÃO. Se você assistiu o meu curso regular da lei
6.745, eu falei que esses requisitos são frequentemente cobrados em provas,
por causa isso eu fiz aquele mnemônico para sua memorização

35- De acordo com a Lei Estadual no 6.745/1985, entre os requisitos na prévia


apreciação do órgão central de pessoal para a realização da redistribuição
constam:
1. o interesse da Administração;
2. a equivalência de vencimentos;
3. a manutenção da essência das atribuições do cargo.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
a. ( ) É correta apenas a afirmativa 1.
b. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.
c. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.
d. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.
e. ( ) São corretas as afirmativas 1, 2 e 3

GAB.E

36-Quanto ao Estatuto e Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis do


Estado de Santa Catarina (Lei Estadual n. 6.745/1985, com alterações
supervenientes), é correto afirmar:
a. ( ) A remuneração atribuída ao funcionário não será objeto de arresto,
sequestro ou penhora, salvo quando se tratar de prestação de alimentos, de

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 139


reposição ou de indeniza- ção à Fazenda Pública, não sendo permitido gravá-la
com descontos ou cedê-la, senão nos casos previstos em lei.
b. ( ) Ressalvados os casos de acumulação ilícita, nenhum servidor ativo ou
inativo da Administração Direta, Indireta, de Autarquia ou Fundação instituída
pelo Estado, poderá perceber, mensalmente, a qualquer título, dos cofres
públicos estaduais, importância superior a 90% dos vencimentos do Secretário
de Estado.
c. ( ) O funcionário nomeado para cargo efetivo fica sujeito a um período de
estágio probatório de 2 anos, com o objetivo de apurar os requisitos
necessários à confirmação no cargo para o qual foi nomeado, tornando-se
está- veis 2 anos de efetivo exercício os servidores nomeados após concurso
público.
d. ( ) São requisitos básicos do estágio probatório: a idoneidade moral, a
assiduidade e pontualidade, a disciplina e a eficiência. A verificação desses
requisitos será efetuada por uma comissão de dois membros designada pela
autoridade competente.
e. ( ) O funcionário estável somente poderá ser posto à disposição para prestar
serviços técnicos ou especializados nos planos federal, estadual ou municipal e
respectivas autarquias, inclusive entidades paraestatais, sem ônus para o
Estado.

GAB.A

37- Analise as afirmativas abaixo sobre o Estatuto do Servidor Público Civis do


Estado de Santa Catarina.
1. Será suspensa a contagem do período do estágio probatório do servidor
afastado a qualquer título, exceto férias e o exercício de cargo comissionado
com atribuições afins às do cargo efetivo.
2. O funcionário nomeado para cargo ou função de confiança fica sujeito a um
período de estágio probatório de três anos, com o objetivo de apurar os
requisitos necessários à confirmação no cargo para o qual foi nomeado.
3. A avaliação do estágio probatório será efetuada por uma comissão de, no
mínimo, três membros designados pelo titular do órgão.
4. A quitação com as obrigações militares e eleitorais é um dos requisitos
básicos para o estágio probatório.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
a. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.
b. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.
c. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.
d. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.
e. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

GAB.A

38-Em matéria de servidor público, assinale a alternativa corretal.


a. ( ) Após adquirida a estabilidade trienal, o servidor publico não poderá perder
o cargo.
b. ( ) Lei complementar poderá estabelecer forma de contagem de tempo de
contribuição fictício.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 140


c. ( ) Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o servidor estável
ficará em disponibilidade, com remuneração integral, até seu adequado
aproveitamento em outro cargo.
d. ( ) O tempo de contribuição federal, estadual ou municipal será contado para
efeito de aposentadoria e o tempo de serviço correspondente para efeito de
disponibilidade.
e. ( ) Ao servidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comissão declarado
em lei de livre nomeação e exoneração bem como de outro cargo temporário
ou de emprego público, aplica-se o regime próprio de previdência social.

GAB.D

39- Assinale a alternativa correta em relação ao direito de petição do servidor


público estadual.
a. ( ) Ao funcionário interessado é vedado o direito de vista do processo
administrativo, no órgão competente, durante o horário de expediente.
b. ( ) O pedido de reconsideração dispensa a apresentação de novos
argumentos e será sempre dirigido à autoridade que tiver expedido o ato
ou proferido a decisão.
c. ( ) O recurso somente poderá ser dirigido mais de uma vez à mesma
autoridade quando contiver novos argumentos.
d. ( ) As certidões sobre matéria de pessoal serão fornecidas com os elementos
e registros existentes no assentamento individual do funcionário,
regulamentada a forma de sua expedição pela autoridade competente.
e. ( ) Os pedidos de reconsideração e os recursos terão efeito suspensivo, não
podendo a decisão combatida produzir seus efeitos até a decisão final da
autoridade superior da respectiva esfera administrativa.

GAB.D

40. Verificada a acumulação ilegal de cargos, funções ou empregos, o servidor,


provada a sua boa fé, será obrigado a optar por um dos cargos.
Assinale a alternativa que corresponde corretamente ao prazo de opção.
a. ( ) 15 dias
b. ( ) 20 dias
c. ( ) 45 dias
d. ( ) 30 dias
e. ( ) 90 dias

GAB.A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 141


1-FEPESE 2017/PC-SC Incumbem às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia
de carreira, nos termos da Constituição Federal:
a) ressalvada a competência dos Municípios, as funções de polícia judiciária e a
apuração de infrações penais, inclusive as militares.
b) ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração
de infrações penais, inclusive as militares.
c) ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração
de infrações penais, exceto as militares.
d) ressalvada a competência dos Municípios, as funções de polícia ostensiva e a
apuração de infrações penais, exceto as militares.
e) ressalvada a competência da União, as funções de polícia ostensiva e a apuração
de infrações penais, inclusive as militares.
COMENTÁRIO: ART 144 § 4º Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de
carreira, incumbem, ressalvada a competência da União, as funções de polícia
judiciária e a apuração de infrações penais, exceto as militares.
GAB- C

2-FEPESE 2017/PC-SC De acordo com a Constituição da República Federativa do


Brasil de 1988, o exercício das funções de polícia marítima, aeroportuária e de
fronteiras é incumbência da:
a) Polícia Civil.
b) Polícia Militar.
c) Polícia Federal.
d) Polícia Rodoviária Federal.
e) Guarda Municipal.
COMENTario: Art. 144. A segurança pública, dever do Estado, direito e
responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da
incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos:
I - polícia federal...
GAB- C

3-FEPESE 2017/PC-SC De acordo com a Constituição Federal, conceder-se-á


habeas data para:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 142


a) garantir o relaxamento de prisão.
b) anular ato lesivo ao patrimônio público.
c) sustar violência contra a liberdade de locomoção.
d) assegurar o conhecimento de informações constantes de registros ou
bancos de dados públicos.
e) exigir a edição de norma regulamentadora que viabiliza o exercício de direito
inerente à cidadania.
COMENTÁRIO: Alternativa "d" - Correta. Dispõe o texto constitucional que
"conceder-se-á habeas data: a) para assegurar o conhecimento de informações
relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou bancos de dados
de entidades governamentais ou de caráter público; b) para a retificação de
dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso, judicial ou
administrativo" (inc. LXXII, do art. 5º, da CF)
GAB-D

4-FEPESE 2017/PC-SC O policiamento ostensivo e a preservação da ordem


pública são atribuições constitucionais da Polícia:
a) Civil.
b) Militar.
c) Federal.
d) Municipal.
e) Rodoviária Federal
COMENTÁRIO: O policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública
são atribuições constitucionais da Polícia: MILITAR
GAB-.B

5-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa incorreta a respeito do mandado


de segurança.
a) Não se concederá mandado de segurança quando se tratar de decisão
judicial da qual caiba recurso com efeito suspensivo.
b) Da sentença, denegando ou concedendo o mandado, cabe apelação.
c) Considera-se autoridade coatora aquela que tenha praticado o ato
impugnado ou da qual emane a ordem para a sua prática.
d) O pedido de mandado de segurança poderá ser renovado dentro do prazo
decadencial, se a decisão denegatória não lhe houver apreciado o mérito.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 143


e) O direito de requerer mandado de segurança extinguir-se-á decorridos 180
dias, contados da ciência, pelo interessado, do ato impugnado.
COMENTÁRIO: O prazo é de 120 dias.
GAB-E

6-FEPESE 2017/PC-SC Conforme dispõe a Constituição Federal de 1988, é


permitida a acumulação remunerada de cargos públicos, quando houver
compatibilidade de horários:
a) de dois cargos policiais.
b) de um cargo de professor com outro técnico ou científico.
c) de dois cargos técnicos.
d) de dois cargos científicos.
e) de dois ou mais cargos de professor.
COMENTÁRIO: CF. XVI - é vedada a acumulação remunerada de cargos
públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários, observado em
qualquer caso o disposto no inciso XI: (Redação dada pela Emenda
Constitucional nº 19, de 1998)
a) a de dois cargos de professor; (Redação dada pela Emenda Constitucional
nº 19, de 1998)
b) a de um cargo de professor com outro técnico ou científico; (Redação dada
pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
c) a de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com
profissões regulamentadas;
GAB- B

7-FEPESE 2017/PC-SC Com fundamento no texto constitucional, assinale a


alternativa correta sobre os Direitos Políticos (Dos Direitos e Garantias
Fundamentais).
a) Os estrangeiros podem alistar-se como eleitores.
b) É condição de elegibilidade para Prefeito a idade mínima de trinta anos.
c) O alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos.
d) O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de
dezesseis anos.
e) É condição de elegibilidade para Vereador a idade mínima de vinte e um
anos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 144


COMENTÁRIO: Art. 14 § 1º O alistamento eleitoral e o voto são:
I - obrigatórios para os maiores de dezoito anos;
II - facultativos para:
a) os analfabetos;
b) os maiores de setenta anos;
c) os maiores de dezesseis e menores de dezoito anos.
GAB-C

8-FEPESE 2017/PC-SC Com base na Constituição Federal de 1988, sempre


que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua
liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder, conceder-se-á:
a) habeas data.
b) habeas corpus.
c) mandado de segurança.
d) ação popular.
e) reclamação.
COMENTÁRIO: habeas corpus - ação judicial com o objetivo de proteger o direito
de liberdade de locomoção lesado ou ameaçado por ato abusivo de autoridade.
GAB-B

9-FEPESE 2017/PC-SC Assinale a alternativa correta a respeito dos direitos e


deveres individuais e coletivos previstos no texto constitucional.
a) Não se admite ação privada nos crimes de ação pública, ainda que esta não
seja intentada no prazo legal.
b) São admissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos.
c) A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à
pena de detenção, nos termos da lei.
d) A lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu.
e) O preso não possui direito à identificação dos responsáveis por sua prisão
ou por seu interrogatório policial.
COMENTÁRIO: LXIV - o preso tem direito à identificação dos responsáveis por
sua prisão ou por seu interrogatório policial
LIX - será admitida ação privada nos crimes de ação pública, se esta não for
intentada no prazo legal;
LVI - são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 145


XLII - a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à
pena de RECLUSÃO nos termos da lei;
CORRETA: XL - a lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu;
GAB-D

10-FEPESE 2017/PC-SC Com base no texto da Constituição Federal, são


princípios básicos da administração pública:
a) Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
b) Legalidade, pessoalidade, probidade, publicidade e eficiência.
c) Pessoalidade, probidade, sigilo, eficácia e legalidade.
d) Impessoalidade, legitimidade, moralidade, sigilo e eficiência.
e) Pessoalidade, moralidade, sigilo, eficácia e legitimidade.
COMENTÁRIO: A Constituição Federal , em seu artigo 37 , caput, indica, de
maneira expressa, os princípios da Administração Pública (direta e indireta),
que são: ... São princípios da Administração Pública, seja direta ou indireta:
Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.
GAB-A

11-FEPESE 2017/PC-SC De acordo com a Constituição Federal de 1988, ao


tratar da Nacionalidade (Dos Direitos e Garantias Fundamentais), é correto
afirmar:
a) São privativos de brasileiro nato os cargos de deputado federal e senador.
b) Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão ter símbolos
próprios.
c) A lei poderá estabelecer distinção entre os brasileiros natos e naturalizados,
além dos casos expressamente previstos na Constituição.
d) Será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que tiver cancelada
sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de atividade nociva ao
interesse nacional.
e) São brasileiros natos os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade
brasileira, exigidas aos originários de países de língua portuguesa apenas
residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral.
COMENTÁRIO: CF/88, Art. 12, § 4º - Será declarada a perda da nacionalidade
do brasileiro que:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 146


I - tiver cancelada sua naturalização, por sentença judicial, em virtude de
atividade nociva ao interesse nacional;.
II - adquirir outra nacionalidade, salvo nos casos:
a) de reconhecimento de nacionalidade originária pela lei estrangeira;
b) de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao brasileiro
residente em estado estrangeiro, como condição para permanência em seu
território ou para o exercício de direitos civis;
GAB-D

12.2015 - A expressão “constitucionalização do Direito” tem, de modo geral, sua origem


identificada pela doutrina

A) nos julgamentos dos MI 712/PA, 670/ES e 708/DF, pelo Supremo Tribunal Federal,
alterando entendimento anterior para reconhecer sua competência para editar texto
normativo diante da omissão legislativa, a fim de concretizar previsão constitucional.

B) na Alemanha, especialmente sob a égide da Lei Fundamental de 1949.

C) na Constituição Federal brasileira de 1988, com seu conteúdo analítico e casuístico.

D) nos EUA, com o precedente firmado no julgamento do caso Marbury v. Madison, em 1803.

COMENTÁRIO: LEI FUNDAMENTAL DE 1949: Há 65 anos, em 23 de maio de 1949, a Assembleia


Constituinte alemã promulgou a Constituição que mais tarde serviria de modelo para muitos
países. Com a lei, a República Federal da Alemanha passou a existir oficialmente.

GAB-B

13.2013 - A noção de direitos humanos foi-se expandindo no decorrer da história, de forma


que se passou a falar em diferentes “gerações” ou “dimensões” de direitos. As chamadas
primeira, segunda e terceira gerações de direitos compreendem alguns direitos assegurados
de forma pioneira em relação à fase histórica anterior, dentre os quais podem ser citados, na
ordem cronológica de cada geração, os direitos

A) sociais, à autodeterminação dos povos e econômico.

B) econômico, políticos e ao desenvolvimento.

C) civis, ao desenvolvimento e políticos.

D) políticos, ao meio ambiente sadio e sociais.

E) civis, sociais e à paz.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 147


COMENTÁRIO:ART 5º Direitos e Garantias Fundamentais na Constituição do Brasil é o termo
referente a um conjunto de dispositivos contidos na Constituição brasileira de 1988 destinados
a estabelecer direitos, garantias e deveres aos cidadãos da República Federativa do Brasil.

GAB-E

14. 2017 - Sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos
direitos e liberdades constitucionais, conceder-se-á

a) mandado de segurança coletivo.

b) mandado de injunção.

c) ação de descumprimento de preceito fundamental.

d) habeas data.

e) mandado de segurança.

COMENTÁRIO: VEJA O ARTIGO Art. 5º : LXXI - conceder-se-á mandado de injunção sempre que
a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades
constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania;

GAB-B

15. VUNESP/2017 - Quanto ao habeas corpus, assinale a alternativa correta.

a) É gratuito.

b) É cabível em relação a qualquer punição disciplinar militar.

c) Concede-se para proteger direito líquido e certo.

d) Assegura o conhecimento de informações pessoais.

e) Exige sigilo processual.

COMENTÁRIO: Art. 5º LXXVII - são gratuitas as ações de habeas corpus e habeas data, na forma
da lei, e os atos necessários ao exercício da cidadania.

GAB-A

16. 2016 - O Decreto nº 678/92 promulgou a Convenção Americana sobre Direitos Humanos
(Pacto de São José da Costa Rica), de 22 de novembro de 1969, sendo certo que, segundo o
atual entendimento do Supremo Tribunal Federal, a norma ingressou no sistema jurídico
pátrio no status de

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 148


a) Lei Ordinária.

b) Lei Complementar.

c) Norma supralegal.

d) Emenda à Constituição.

e) Norma Constitucional Originária, com fundamento no art. 5, § 3o , da Constituição Federal.

COMENTÁRIO: Art. 5º, § 2º, da CF, que admite a existência de outros direitos e garantias
individuais decorrentes de tratados internacionais nos quais o Brasil fosse parte, desta forma,
os tratados internacionais que versassem sobre direitos humanos, eram tidos como normas
adicionais assecuratórias de direitos. Concebeu os tratados internacionais sobre direitos
humanos anteriores ao § 3º da CF como norma supralegal.

GAB-C

17. 2015 -Segundo a Constituição Federal, é correto afirmar que

a) não pode haver prisão civil por dívida, exceto nos termos estabelecidos pela própria
Constituição.

b) não é possível a concessão de habeas corpus quando alguém se ache ameaçado de sofrer
violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder,
devendo a violência ou coação estarem concretizadas.

c) pode ser concedido mandado de injunção caso a norma regulamentadora viole o exercício
dos direitos e liberdades constitucionais.

d) conceder–se–á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, ainda que
amparado por habeas corpus ou habeas data, quando o responsável pela ilegalidade ou abuso
de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do
Poder Público.

e) qualquer cidadão é parte legítima para impetrar mandado de segurança coletivo.

COMENTÁRIO: O caput da questão deixa bem claro que é conforme a CF e não conforme
entendimento do STF, portanto está correta. A CF veda e ela mesmo coloca exceções:

Art. 5 LXVII - não haverá prisão civil por dívida, salvo a do responsável pelo inadimplemento
voluntário e inescusável de obrigação alimentícia e a do depositário infiel.

GAB-A

18.2013 - Assinale a alternativa cujo conteúdo corresponde a um direito ou garantia


fundamental previsto expressamente no texto constitucional.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 149


a) Não será concedida extradição de estrangeiro por crime político ou de opinião.

b) Não haverá juízo ou tribunal de exceção, exceto quando se tratar de crime hediondo,
inafiançável ou imprescritível, na forma da lei.

c) Ninguém será processado nem sentenciado senão pela autoridade policial competente.

d) A lei penal não retroagirá, salvo quando for para punir o réu.

e) Não poderá haver penas de morte, cruéis ou de interdição de direitos individuais.

COMENTÁRIO: Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à
vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

LII - não será concedida extradição de estrangeiro por crime político ou de opinião;

GAB-A

19. 2014 - O texto constitucional, em seu art. 5.o, caput, prevê expressamente valores ou
direitos fundamentais ao ditar literalmente que todos são iguais perante a lei, sem distinção de
qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a
inviolabilidade do direito

a) à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

b) à vida, à liberdade, à segurança, à intimidade e à dignidade.

c) à vida, à dignidade, à intimidade e à igualdade.

d) à vida, à liberdade, à fraternidade, à dignidade.

e) à vida, à liberdade e à intimidade.

COMENTÁRIO: Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à
vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

GAB-A

20. 2011 - Determina expressamente o inc. IX do art. 5.° da Constituição da República


Federativa do Brasil, que é livre a expressão da atividade intelectual, artística, cientifica e de
comunicação,

a) mediante prévia obtenção de licença.

b) mediante prévia análise do órgão censor.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 150


c) independentemente de censura ou licença.

d) mediante prévia aprovação por órgão catalogador.

e) independentemente de censura com relação às três primeiras atividades e mediante licença


com relação à última.

COMENTÁRIO: Censura (do latim censura) é a aprovação ou desaprovação prévia de circulação


de informação, visando à proteção dos interesses de um estado ou grupo de poder

GAB-C

21. 2014 - Sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em
sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder, conceder-se-á

a) mandado de segurança.

b) habeas corpus.

c) alvará de soltura.

d) mandado de injunção.

e) ação popular.

COMENTÁRIO: art. 5º, LXVIII, da Constituição Federal que, "conceder-se-á "habeas-corpus"


sempre que alguém sofrer ou SE ACHAR AMEAÇADO de sofrer violência ou coação em sua
liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder.

GAB-B

22. 2013 - Com relação à liberdade de associação, assinale a alternativa que está
expressamente de acordo com o texto constitucional.

a) As associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas ou ter suas atividades


suspensas por decisão judicial, exigindo-se, no primeiro caso, o trânsito em julgado

b) É plena a liberdade de associação, para fins licítos, incluindo a de caráter paramilitar

c) A criação de associações e a de cooperativas dependem de autorização, sendo vedada a


interferência estatal em seu funcionamento.

d) Ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a permanecer associado, a não ser por
meio de convenção coletiva

e) As entidades associativas, ainda que não expressamente autorizadas, têm legitimidade para
exigir contribuição de trabalhadores não filiados, mas que sejam da categoria por elas
representada

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 151


COMENTÁRIO: Trânsito em julgado é uma expressão usada para uma decisão ou acórdão
judicial da qual não se pode mais recorrer, seja porque já passou por todos os recursos
possíveis, seja porque o prazo para recorrer terminou ou por acordo homologado por sentença
entre as partes.

GAB-A

23.2013 - A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais, entre
outros, pelo seguinte princípio:

a) colaboração entre os povos para a evolução religiosa da humanidade.

b) construção de uma sociedade internacional livre, justa e solidária.

c) fruição total e absoluta dos direitos humanos.

d) autodeterminação dos povos.

e) uso autorizado da força para resposta aos ataques terroristas internacionais.

COMENTÁRIO: A autodeterminação dos povos é o princípio que garante a todo povo de um


país o direito de se autogovernar, tomar suas escolhas sem intervenção externa, ou seja, o
direito à Soberania, ou seja, de um determinado povo de determinar seu próprio status
político. Em outras palavras, seria o direito que o povo de determinado país tem de escolher
como será legitimado o direito interno sem influência de qualquer outro país.

GAB-D

24. 2017 - A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e
Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como
fundamentos, EXCETO:

a) Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.

b) Bipartidarismo.

c) A dignidade da pessoa humana.

d) A soberania e a cidadania.

COMENTÁRIO: Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos
Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e
tem como fundamentos:

I - a soberania;(alternativa d)

II - a cidadania (alternativa d)

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 152


III - a dignidade da pessoa humana; (alternativa c)

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; (alternativa a)

V - o pluralismo político. (alternativa b - não é bipartidarismo)

GAB-B

25.TJ-RO/2017 - Conforme prevê a Constituição Federal, é correto afirmar que a República


Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:

a) A soberania; a prevalência dos direitos humanos; a dignidade da pessoa humana; os valores


sociais do trabalho e da livre iniciativa; a defesa da paz.

b) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e da


livre iniciativa; o pluralismo político.

c) A soberania; a prevalência dos direitos humanos; a dignidade da pessoa humana; a solução


pacífica dos conflitos; o pluralismo político.

d) A soberania; a garantia do desenvolvimento nacional; a dignidade da pessoa humana; os


valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; a defesa da paz.

COMENTÁRIO: Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos
Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e
tem como fundamentos

I - a soberania;

II - a cidadania;

III - a dignidade da pessoa humana;

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;

V - o pluralismo político.

GAB-B

26. 2016 - Assinale a opção correta a respeito dos princípios fundamentais na Constituição
Federal de 1988 (CF).

a) A valorização social do trabalho e da livre-iniciativa não alcança, indiscriminadamente,


quaisquer manifestações, mas apenas atividades econômicas capazes de impulsionar o
desenvolvimento nacional.

b) O conceito atual de soberania exprime o autorreconhecimento do Estado como sujeito de


direito internacional, mas não engloba os conceitos de abertura, cooperação e integração.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 153


c) A cidadania envolve não só prerrogativas que viabilizem o poder do cidadão de influenciar
as decisões políticas, mas também a obrigação de respeitar tais decisões, ainda que delas
discorde.

d) A dignidade da pessoa humana é conceito eminentemente ético-filosófico, insuscetível de


detalhada qualificação normativa, de modo que de sua previsão na Constituição não resulta
grande eficácia jurídica, em razão de seu conteúdo abstrato.

e) O valor social do trabalho possui como traço caracterizador primordial e principal a


liberdade de escolha profissional, correspondendo à opção pelo modelo capitalista de
produção.

COMENTÁRIO: É a que apresenta a descrição mais coerente no que diz respeito aos princípios,
especificamente o Princípio da Cidadania. Esta questão exige uma dose de bom senso para ser
resolvida.

GAB-C

27. 2016 - No que diz respeito aos princípios fundamentais da Constituição Federal da
República Federativa do Brasil, de 1988, assinale a afirmativa correta.

a) A República Federativa do Brasil tem como princípio a autodeterminação dos povos.

b) A República Federativa do Brasil tem como fundamento a igualdade entre os Estados.

c) A concessão de asilo político e o pluralismo político são princípios da República Federativa


do Brasil.

d) A erradicação da pobreza e a redução das desigualdades sociais são fundamentos da


República Federativa do Brasil.

COMENTÁRIO: O Título I, que trata dos Princípios Fundamentais, engloba os:

Fundamentos(Art. 1º);

Poderes da União (Art. 2º);

Os Objetivos Fundamentais (Art. 3º) e

Princípios, nas Relações Internacionais (Art. 4º). Portanto, quando uma questão tratar sobre os
Princípios Fundamentais, considere os quatro artigos que compõem esse Título. E além disso,
não confundam os termos.

GAB-A

28. FUMARC/2016 - A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais
pelos seguintes princípios, EXCETO:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 154


a) Igualdade entre os Estados.

b) Independência nacional.

c) Não intervenção.

d) Pluralismo político.

COMENTÁRIO: CF/88 - Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união


indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado
Democrático de Direito e tem como fundamentos:

V - o pluralismo político.

Pluralismo político é um dos fundamentos

GAB-D

29. 2016 - O princípio da solidariedade social

a) não está contemplado no segmento normativo da Constituição Brasileira.

b) tem previsão restrita ao preâmbulo da Constituição e como tal não pode ser invocado
judicialmente para seu asseguramento.

c) é corolário do princípio da soberania nacional que, garantindo a indissolubilidade do Estado,


obriga a formação de laços de solidariedade na sua defesa.

d) não é princípio constitucional, mas mero fundamento da República.

e) é um dos três componentes estruturais do princípio democrático quando a Constituição


preconiza o modelo de construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

COMENTÁRIO: A construção de uma sociedade solidária é um dos objetivos fundamentais da


República Federativa do Brasil (CF, art. 3.°, I, CF/88). Além dos objetivos fundamentais,
somam-se os fundamentos e os princípios que regem as relações internacionais enquanto
componentes estruturais do princípio democrático. Portanto, é correto afirmar que o princípio
da solidariedade social é um dos três componentes estruturais do princípio democrático
quando a Constituição preconiza o modelo de construção de uma sociedade livre, justa e
solidária.

GAB-E

30. 2016 - Constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil

a) a independência nacional.

b) a solução pacífica de conflitos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 155


c) a autodeterminação dos povos.

d) a construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

e) a cooperação entre os povos para o progresso da humanidade

COMENTÁRIO: Todas alternativas estão Inseridas no Titulo I, Dos Princípios Fundamentais,


entretanto, apenas a alternativa D traz a expressão de um objetivo fundamental, inserto no
artigo 3, inciso I da Constituição Federal. As demais alternativas refletem os princípios da
relações internacionais.

GAB-D

31- 2016 - A respeito dos princípios fundamentais e dos direitos e das garantias fundamentais,
assinale a opção correta.

a) Por constituírem direitos relativos às pessoas naturais, os direitos e garantias fundamentais


não são extensíveis às pessoas jurídicas.

b) Enquanto os direitos civis e políticos se baseiam em abstenções por parte do Estado, os


direitos sociais pressupõem prestações positivas do Estado.

c) De acordo com o STF, um direito fundamental constitucionalmente previsto possui caráter


absoluto e se sobrepõe a eventual interesse público.

d) A adoção da Federação como forma de Estado pela CF é embasada na descentralização


política e na soberania dos Estados-membros, que são capazes de se auto-organizar por meio
de suas próprias constituições.

e) Em relação aos direitos políticos, o mandado de segurança coletivo e o habeas corpus são
formas de exercício direto da soberania popular, como previsto na CF.

COMENTÁRIO: A Constituição prevê, como formas de exercício direto da soberania popular, o


plebiscito, o referendo, a iniciativa popular E A AÇÃO POPULAR

GAB-B

32. AUXILIAR ADMINISTRATIVO/2017 - De acordo com a Constituição Federal, sobre os


direitos e garantias fundamentais, assinale a alternativa correta.

a) É garantido o direito de propriedade, independentemente do atendimento de sua função


social.

b) É livre a manifestação de pensamento, inclusive se anônima.

c) Não haverá pena de morte, salvo em caso de crime hediondo ou equiparado.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 156


d) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, em
havendo autorização da autoridade competente.

e) É assegurado o direito a indenização por dano material ou moral, se violada a honra e o


direito de imagem do indivíduo.

COMENTÁRIO: Art. 5° CF 88 - X - são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a


imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral
decorrente de sua violação;

GAB-E

33. 2017 - Todas as afirmativas a seguir referem-se ao título II, Capítulo I, da Constituição
Federal/1988 (Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos), EXCETO:

a) Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal.

b) A lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimidade
ou o interesse social o exigirem.

c) Ninguém será obrigado a filiar-se ou a manter-se filiado a sindicato.

d) É garantido o direito de herança.

COMENTÁRIO: Art. 5º Inciso XX - ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a


permanecer associado;

GAB-C

34- TER-PE/2017 - A respeito dos direitos e deveres individuais e coletivos, assinale a opção
correta.

a) É livre a manifestação do pensamento, seja ela exercida por pessoa conhecida ou por pessoa
anônima.

b) Ninguém pode fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.

c) Todos poderão reunir-se pacificamente, em locais abertos ao público, desde que haja prévia
autorização do poder público.

d) É plena a liberdade de associação para fins lícitos, inclusa a de caráter paramilitar.

e) A expressão de atividade artística é livre, não estando sujeita a censura ou licença.

COMENTÁRIO: IX - é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de


comunicação, independentemente de censura ou licença;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 157


GAB-E

35. 2017 - Sobre os direitos e garantias fundamentais previstos pela Constituição Federal, é
correto afirmar:

a) A todos os litigantes, exceto no âmbito administrativo, são assegurados a razoável duração


do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação.

b) É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, vedada a fixação de restrições


ou exigências de qualificação profissional diversas daquelas já estabelecidas pela norma
constitucional.

c) Aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos acusados em geral são


assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a ela inerentes.

d) É livre a manifestação de pensamento, constitucionalmente assegurado o anonimato para


proteção geral dos cidadãos contra retaliações em virtude de eventuais denúncias.

COMENTÁRIO: CF/88, art. 5º - LV - aos litigantes, em processo judicial ou administrativo, e aos


acusados em geral são assegurados o contraditório e ampla defesa, com os meios e recursos a
ela inerentes;

GAB-C

36- 2017 - Com base no texto constitucional e na jurisprudência do STF acerca dos direitos e
garantias fundamentais, individuais e coletivos, assinale a opção correta.

a) Ainda que sem autorização judicial, admite-se o ingresso no período noturno de agente
policial em escritório de advocacia para a instalação de equipamento de captação de sinal
acústico.

b) Dado o dever fundamental de pagar tributos, não é oponível o sigilo de informações


bancárias à administração tributária.

c) A criminalização da prática de atos libidinosos e da pederastia em quartéis está contida no


CPM, mas não foi acolhida pela CF.

d) É inconstitucional a prisão do depositário infiel, salvo daquele a quem a legislação impuser a


responsabilidade de reter tributos.

COMENTÁRIO: O art. 6º da Lei Complementar 105/01 não ofende o direito ao sigilo bancário,
pois realiza a igualdade em relação aos cidadãos, por meio do princípio da capacidade
contributiva, bem como estabelece requisitos objetivos e o translado do dever de sigilo da
esfera bancária para a fiscal (RE 601314, Tribunal Pleno, julgado em 24/02/2016, ACÓRDÃO
ELETRÔNICO REPERCUSSÃO GERAL - MÉRITO DJe-198 DIVULG 15-09-2016 PUBLIC 16-09-2016

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 158


GAB-B

37. TRT-SC/2017 - Osmar estava em sua residência e foi informado de que deveria permitir a
entrada de um policial que estava portando um mandado judicial de busca e apreensão, a ser
cumprido justamente em sua residência. À luz da sistemática constitucional, é correto afirmar
que o ingresso na residência de Osmar, sem o seu consentimento, para o cumprimento do
referido mandado:

a) poderia ocorrer em qualquer dia ou horário;

b) deveria ocorrer em certo horário, que deve ser indicado pela autoridade judicial;

c) deveria ocorrer à noite, se autorizado pela autoridade judicial;

d) não poderia ser realizado à noite, ainda que Osmar seja muito perigoso;

e) não poderia ocorrer no final de semana.

COMENTÁRIO: Inviolabilidade Domiciliar (Art. 5º, XI), EXCEÇÕES: -> Pode entrar sem o
consentimento do morador: •QUALQUER HORA: flagrante delito, desastre ou prestação de
socorro. •DURANTE O DIA: determinação judicial, flagrante delito, desastre ou prestação de
socorro. OBS.: Vale salientar que alguns tribunais defendem 2 teses relacionadas ao término e
ao início do dia: 1- TESE CRONOLÓGICA: o dia começa às 6h da manhã e termina às 18h. 2-
TESE ASTRONÔMICA: o dia começa com o primeiro raio da matutina e termina com o último
raio do crepúsculo, ou seja, há regiões que o sol se põe depois das 19h, sendo consideradas
válidas algumas violabilidades domiciliares.

GAB-D

39. ADVOGADO/2017 - Sobre os Direitos Humanos e acerca dos Direitos Fundamentais é


CORRETO afirmar que:

a) Os Direitos Fundamentais são absolutos no sentido de que, devido sua importância, não
podem sofrer quaisquer limitações válidas.

b) Pela teoria dos “custos dos direitos”, desenvolvida por Cass Sunstein e Stephen Holmes,
apenas a proteção dos denominados Direitos de 1º geração não implicaria em um custo
econômico para o Estado. Tratar-se-iam (os Direitos de 1ª geração) de Direitos negativos, ou
seja, sua proteção estaria condicionada apenas a um não fazer estatal.

c) Acerca do aborto, o Supremo Tribunal Federal, em recente julgado de sua 1ª Turma, afirmou
ser necessário conferir interpretação conforme a Constituição aos arts. 124 a 126 do Código
Penal (que tipificam o crime de aborto) para excluir do seu âmbito de incidência a interrupção
voluntária da gestação efetivada no primeiro trimestre do período gestacional.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 159


d) Acerca das denominadas ações afirmativas, o Supremo Tribunal Federal deixou assentado,
no caso das universidades públicas, que a metodologia de seleção diferenciada pode levar em
consideração critérios étnico-raciais ou socioeconômicos, de modo a assegurar que a
comunidade acadêmica e a própria sociedade sejam beneficiadas pelo pluralismo de ideias.
Decidiu, ainda, o mesmo STF, que as vantagens decorrentes das Ações Afirmativas poderiam
perdurar indefinidamente no tempo.

COMENTÁRIO: A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) afastou a prisão


preventiva de E.S. e R.A.F., denunciados pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro
pela suposta prática do crime de aborto com o consentimento da gestante e formação de
quadrilha (artigos 126 e 288 do Código Penal). A decisão foi tomada nesta terça-feira (29) no
julgamento do Habeas Corpus (HC) 124306. De acordo com o voto do ministro Luís Roberto
Barroso, que alcançou a maioria, além de não estarem presentes no caso os requisitos que
autorizam a prisão cautelar, a criminalização do aborto é incompatível com diversos direitos
fundamentais, entre eles os direitos sexuais e reprodutivos e a autonomia da mulher, a
integridade física e psíquica da gestante e o princípio da igualdade.
http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=330769

GAB-C

40. ARQUIVISTA/2017 - Considerando todos os preceitos constantes da Constituição Federal


de 1988 (CF/88), assinale a alternativa que NÃO corresponde ao seu texto legal.

a) A lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito.

b) Não haverá pena de caráter perpétuo, salvo em caso de guerra declarada, no termos do art.
84, XIX da CF/88.

c) O Estado indenizará o condenado por erro judiciário, assim como o que ficar preso além do
tempo fixado na sentença.

d) As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços


públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros,
assegurado o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa.

e) O acesso ao ensino obrigatório e gratuito é direito público subjetivo e o não oferecimento


do ensino obrigatório pelo Poder Público, ou sua oferta irregular, importa em responsabilidade
da autoridade competente.

COMENTÁRIO: Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à
vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XXXV - a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito; [LETRA A]

XLVII - não haverá penas:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 160


a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, XIX;

b) de caráter perpétuo; [GABARITO]

c) de trabalhos forçados;

d) de banimento;

e) cruéis;

GAB-B

41. DPE-RS/2017 - Certa pessoa premeditou o assassinato de outra por motivo de dívida de
dinheiro, tendo causado sua morte. O crime foi cometido à vista de autoridades policiais, que
conduziram o ofensor perante o Delegado de Polícia para que fosse preso. Considerando o
disposto na Constituição Federal, nesse caso a prisão do ofensor

a) é admitida, uma vez que o crime foi praticado em flagrante delito, devendo o acusado ser
julgado pelo Tribunal de Justiça do Estado, competente para o julgamento dos crimes dolosos.

b) é admitida, uma vez que o crime foi praticado em flagrante delito, devendo o acusado ser
julgado pelo Tribunal do Júri, sendo-lhe assegurado o direito à plenitude de defesa.

c) não é admitida, uma vez que o acusado somente poderá ser considerado culpado após
sentença penal transitada em julgado proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado.

d) não é admitida, uma vez que o acusado somente poderá ser considerado culpado após
sentença penal transitada em julgado proferida pelo Tribunal do Júri.

e) não é admitida, uma vez que a prisão é permitida apenas por ordem escrita e fundamentada
de autoridade judiciária, devendo o acusado ser julgado pelo Tribunal do Júri.

COMENTÁRIO: Artigo 5°, inciso XXXVIII, CF 88:

"É reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei, assegurados:

d) a competência para o julgamento dos crimes dolosos contra a vida;"

GAB-B

42. ADVOGADO/2017 - Conceder-se-á habeas data:

a) Para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante,


constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter
público e para a retificação de dados, quando não se prefira fazê-lo por processo sigiloso,
judicial ou administrativo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 161


b) Para proteger direito líquido e certo, não amparado por habeas corpus quando o
responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa
jurídica no exercício de atribuições do Poder Público.

c) Sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua
liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder.

d) Sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e
liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à
cidadania e acesso a dados sigilosos.

COMENTÁRIO: -> LETRA A) HABEAS DATA (Art. 5º, LXXII, CF/88). -> LETRA B) Mandado de
Segurança (Art. 5º, LXIX e LXX, "a", "b", CF/88). -> LETRA C) Habeas Corpus (Art. 5º, LXVIII,
CF/88). -> LETRA D) Mandado de Injunção (Art. 5º, LXXI, CF/88).

GAB-A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 162


DIREITO PROCESSUAL PENAL

1-FEPESE 2017 De acordo com o Código de Processo Penal, a prisão preventiva:

a) poderá ser decretada em qualquer fase da investigação policial ou do processo


penal.

b) somente poderá ser decretada pela autoridade judiciária no curso de ação penal
pública incondicionada.

c) é o instrumento cautelar específico para o restabelecimento da garantia da ordem


pública, da ordem econômica, sendo desnecessária para a sua decretação a prova da
existência do crime.

d) por conveniência da instrução criminal não poderá ser decretada por prazo superior
a cinco dias, prorrogáveis por igual período.

e) somente poderá ser revogada por ocasião da prolação da sentença penal, seja de
condenação ou de absolvição.

COMENTARIO: Art. 311. Em qualquer fase da investigação policial ou do processo


penal, caberá a prisão preventiva decretada pelo juiz, de ofício, se no curso da ação
penal, ou a requerimento do Ministério Público, do querelante ou do assistente, ou por
representação da autoridade policial. (Redação dada pela Lei nº 12.403, de 2011).

GAB-A

2-FEPESE 2017 Em matéria de prova processual penal, assinale a alternativa correta


acerca dos documentos.

a) Terá o mesmo valor que o original, a fotografia devidamente autenticada.

b) Por documento se entende apenas o escrito, em papel, produzido ou subscrito por


particular.

c) Para ter validade, os documentos em língua estrangeira devem estar traduzidos por
tradutor público.

d) As cartas particulares, mesmo que obtidas de forma ilícita, serão consideradas


como documentos hábeis para prova em juízo.

e) Os documentos, para servirem como provas hábeis, deverão ser submetidos a


exame pericial.

COMENTÁRIO: Art. 232 Consideram-se documentos quaisquer escritos, instrumentos


ou papéis, públicos ou particulares. (Eliminando a questão B)

Paragrafo único: À fotografia do documento, devidamente autenticada, se dará o


mesmo valor do original.

GAB-A

3-FEPESE 2017 De acordo com o Código de Processo Penal, a prisão em flagrante:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 163


a) poderá ser realizada por agentes de polícia e deverá ser efetuada pela autoridade
policial.

b) poderá ser realizada por qualquer do povo.

c) poderá ser realizada apenas pela autoridade policial.

d) deverá ser realizada por qualquer pessoa, pela autoridade policial e seus agentes.

e) deverá ser realizada apenas por agentes de polícia e facultada à autoridade policial.

COMENTÁRIO: Art. 301. Qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus


agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito. ( CPP)

Sujeitos do flagrante

a) Sujeito ativo: é a pessoa que efetua a prisão. Segundo o Código de Processo


Penal, "qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus agentes deverão
prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito"

GAB-B

4-FEPESE 2017 A competência nos crimes em que não se conhece o lugar da


infração será determinada pelo(a):
a) prevenção.
b) lugar da sua consumação.
c) domicílio ou residência do réu.
d) lugar do último ato de execução.
e) local onde a tentativa se iniciou.

COMENTÁRIO: CPP
Art. 72. Não sendo conhecido o lugar da infração, a competência regular-se-á
pelo domicílio ou residência do réu.
§ 1o Se o réu tiver mais de uma residência, a competência firmar-se-á pela
prevenção.
§ 2o Se o réu não tiver residência certa ou for ignorado o seu paradeiro, será
competente o juiz que primeiro tomar conhecimento do fato.
Art. 73. Nos casos de exclusiva ação privada, o querelante poderá preferir o
foro de domicílio ou da residência do réu, ainda quando conhecido o lugar da
infração.

GAB- C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 164


5-FEPESE 2017 De acordo com o Código de Processo Penal, é correto afirmar
sobre o interrogatório do réu:
a) Não importa em confissão o silêncio do réu.
b) O silêncio do réu poderá ser interpretado em seu desfavor.
c) O interrogatório deverá se limitar, unicamente, a questões relativas aos fatos
decorrentes da infração penal.
d) O réu que silenciar no seu interrogatório deverá ser interrogado quantas
vezes forem necessárias até ele prestar as informações necessárias.
e) Somente é lícito ao réu silenciar no interrogatório, quando não estiver
devidamente acompanhado por advogado ou defensor.

COMENTÁRIO: CF88- Art. 5º: LXIII - o preso será informado de seus direitos,
entre os quais o de permanecer calado, sendo-lhe assegurada a assistência da
família e de advogado;

GAB-A

6-FEPESE 2017 De acordo com o Código de Processo Penal, é correto afirmar


sobre o exame de corpo de delito.
a) O exame de corpo de delito somente será realizado a pedido da parte
interessada.
b) O exame de corpo de delito poderá ser relato à autoridade judicial como
forma testemunhal.
c) A parte interessada na produção de exame de corpo de delito deverá requer
a sua realização à autoridade policial, no prazo de até três dias após a infração
penal.
d) Qualquer pessoa, desde que habilitada na especialidade demandada,
poderá produzir o exame de corpo de delito.
e) Por se tratar de prova indispensável em crimes que deixam vestígios, poderá
ser feito em qualquer dia e a qualquer hora.

COMENTÁRIO: CPP Art. 161. O exame de corpo de delito poderá ser feito em
qualquer dia e a qualquer hora.

GAB-E

7-FEPESE 2017 Nos crimes praticados contra o patrimônio ou interesse da


União, Estado ou Município, a ação será:
a) civil pública.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 165


b) penal privada.
c) penal pública.
d) pública condicionada.
e) pública incondicionada.

COMENTÁRIO: CPP. Art. 24. Nos crimes de ação pública, esta será promovida
por denúncia do Ministério Público, mas dependerá, quando a lei o exigir, de
requisição do Ministro da Justiça, ou de representação do ofendido ou de quem
tiver qualidade para representá-lo.
§ 2o Seja qual for o crime, quando praticado em detrimento do patrimônio ou
interesse da União, Estado e Município, a ação penal será pública.

GAB-C

8-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre o inquérito policial.


a) A notitia criminis deverá ser por escrito, obrigatoriamente, quando
apresentada por qualquer pessoa do povo.
b) A representação do ofendido é condição indispensável para a abertura de
inquérito policial para apurar a prática de crime de ação penal pública
condicionada.
c) O Ministério Público é parte legítima e universal para requerer a abertura de
inquérito policial afim de investigar a prática de crime de ação penal pública ou
privada.
d) Apenas o agressor poderá requerer à autoridade policial a abertura de
investigação para apurar crimes de ação penal privada.
e) O inquérito policial somente poderá ser iniciado de ofício pela autoridade
policial ou a requerimento do ofendido.

COMENTÁRIO: § 4o O inquérito, nos crimes em que a ação pública depender


de representação, não poderá sem ela ser iniciado.

GAB-B

9-FEPESE 2017 Assinale a alternativa que indica corretamente o princípio


processual penal, em que a autoridade policial tem o dever legal de instaurar o
inquérito policial quando da ciência da prática de um crime que se apure
mediante ação penal pública incondicionada.
a) princípio da oficialidade
b) princípio da obrigatoriedade

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 166


c) princípio do delegado natural
d) princípio da indisponibilidade
e) princípio do impulso oficial

COMENTÁRIO: PRINCÍPIO DA OBRIGATORIEDADE


Ocorrido um crime, deve o Estado exercitar o jus puniendi, não sendo possível
aos órgãos encarregados da investigação penal e da promoção da ação penal
a análise da conveniência e oportunidade de apresentar a pretensão punitiva
ao Estado-Juiz. Este princípio obriga a autoridade policial a instaurar inquérito
policial e o órgão do Ministério Público a promover a ação penal pública, desde
que presentes indícios de autoria e materialidade.

GAB-B

10-FEPESE 2017 De acordo com o Código de Processo Penal, é correto


afirmar sobre as provas.
a) Incumbe ao réu provar que as alegações da acusação não são procedentes.
b) O juiz formará sua convicção pela livre apreciação da prova produzida em
contraditório judicial.
c) O magistrado, ao fundamentar a sua decisão, deverá utilizar,
exclusivamente, os elementos informativos colhidos na investigação policial.
d) As provas produzidas em contraditório judicial possuem a mesma força
probatória daquelas produzidas de forma unilateral durante a fase
investigatória.
e) As provas ilícitas produzidas durante o contraditório judicial poderão servir
para formar a convicção do magistrado

COMENTÁRIO: "Art. 155. O juiz formará sua convicção pela livre apreciação da
prova produzida em contraditório judicial, não podendo fundamentar sua
decisão exclusivamente nos elementos informativos colhidos na investigação,
ressalvadas as provas cautelares, não repetíveis e antecipadas.
Parágrafo único. Somente quanto ao estado das pessoas serão observadas as
restrições estabelecidas na lei civil".

GAB-B

11-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre a ação penal.


a) O Ministério Público poderá desistir a qualquer tempo da ação penal privada.
b) A desistência na ação penal pública incondicionada depende do
consentimento do ofendido.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 167


c) Em se tratando de ação penal pública incondicionada, dela não poderá o
Ministério Público desistir.
d) A autoridade policial poderá, a qualquer tempo, requisitar a desistência da
ação penal pública.
e) Após manifestação prévia do Ministério Público, poderá o réu desistir da
ação penal.

COMENTÁRIO: Um dos princípios da ação penal pública é o da


INDISPONIBILIDADE. No qual, após o ajuizamento da denúncia, o MP não
pode desistir do processo, embora em alegações finais, possa pedir a
absolvição do réu, pedido este que não vincula o juiz.

GAB-C

12-FEPESE 2017 Assinale a alternativa que indica corretamente o prazo da


prisão temporária.
a) 5 dias, prorrogável por igual período
b) 10 dias, prorrogável por igual período
c) 15 dias, prorrogável por igual período
d) 30 dias, vedada a prorrogação
e) 180 dias

COMENTÁRIO: SÓ LEMBRANDO QUE NOS CRIMES HEDIONDOS A


PRISÃO TEMPORÁRIA É DE 30 DIAS PRORROGÁVEL POR IGUAL
PERÍODO EM CASO DE EXTREMA E COMPROVADA A NECESSIDADE.

GAB-A

13-FEPESE 2017 De acordo com a lei que dispõe sobre a investigação criminal
conduzida por delegado de polícia, o indiciamento:
a) depende de autorização judicial para ter início.
b) após ouvido o Ministério Público, será tornado oficial.
c) deverá observar os princípios da publicidade, eficiência e oficialidade.
d) é dispensado para crimes cuja pena seja inferior a quatro anos.
e) é ato privativo do delegado de polícia.

COMENTÁRIO: A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso


Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 168


Art. 1o Esta Lei dispõe sobre a investigação criminal conduzida pelo delegado
de polícia.

GAB-E

14-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre a investigação conduzida por


delegado de polícia:
a) A apuração de infrações penais de menor potencial ofensivo, que não
possuírem natureza jurídica, poderá ser delegada a terceiros.
b) O delegado de polícia durante a investigação criminal somente poderá
requisitar a produção de provas após ouvido o Ministério Público.
c) O procedimento investigatório em curso poderá, a qualquer tempo, ser
avocado ou redistribuído por superior hierárquico.
d) A função de polícia judiciária é considerada essencial e exclusiva de Estado.
e) A autonomia investigatória do delegado de polícia o desobriga a observância
aos procedimentos previstos em regulamento da corporação.

COMENTÁRIO: ESTADO GRAFADO COM INICIAL MAIÚSCULA - IDEIA DE


REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL -, QUANDO VIER COM INICIAL
MINÚSCULA - IDEIA DE ENTE FEDERADO.
UMA VEZ CAIU NA PROVA DA CESPE (NÃO ME LEMBRO QUAL) ONDE O
EXAMINADOR ESCREVE MINÚSCULO AO INVÉS DE MAIÚSCULO, E ISSO
ACABOU GERENDO CONFLITO, LEVANDO A BANCA A ANULAR A
QUESTÃO.

GAB-D

15-FEPESE 2017 De acordo com a norma processual penal, a busca e


apreensão:
a) será apenas domiciliar, não podendo ter como objeto pessoa.
b) deverá sempre ser precedida de mandado judicial.
c) quando feita em mulher, somente poderá ser realizada por outra mulher.
d) poderá ser determinada de ofício ou a requerimento de qualquer das partes.
e) deverá ocorrer na presença, indispensável, do Ministério Público.

COMENTÁRIO: Correto letra "d": Art. 242. A busca poderá ser determinada de
ofício ou a requerimento de qualquer das partes.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 169


GAB-D

16- Acerca do inquérito policial (IP), assinale a opção correta.

a. É peça indispensável à propositura da ação penal, tendo em vista que se


destina a apurar a autoria e materialidade do crime.
b. Os vícios existentes no IP acarretam nulidades no processo subsequente.
c. No IP, devem ser observadas as garantias constitucionais do contraditório e
da ampla defesa, sendo indispensável a assistência de advogado ao indiciado.
d. Arquivado o IP por falta de provas, a autoridade policial poderá, enquanto
não se extinguir a punibilidade pela prescrição, proceder a novas pesquisas e
diligências, desde que surjam novas provas.

DICA.No Inquérito, por eliminação já encontraríamos a resposta, que coincide


com o texto do art. 18, CPP: “Depois de ordenado o arquivamento do inquérito
pela autoridade judiciária, por falta de base para a denúncia, a autoridade
policial poderá proceder a novas pesquisas, se de outras provas tiver notícia”.

GAB.D

17-O inquérito é um procedimento investigativo que pode ser realizado pela


polícia judiciária ou por outras autoridades. Nesse contexto, assinale a opção
correta acerca dos inquéritos.
a. Quando, no curso das investigações, surgir indício da prática de infração
penal por parte de membro da magistratura, após a conclusão do inquérito, a
denúncia deve ser remetida ao tribunal ou órgão especial competente para o
julgamento.
b. O inquérito judicial ocorre nos casos das infrações falimentares e deve ser
presidido pelo juiz de direito da vara em que esteja tramitando o processo de
falência.
c. As comissões parlamentares de inquérito têm poderes de investigação
próprios das autoridades judiciais para a apuração de fato determinado e por
prazo certo, sendo suas conclusões encaminhadas à respectiva mesa do
Senado ou da Câmara para promover a responsabilidade civil e criminal.
d. O poder de polícia da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, em
caso de crime cometido nas suas dependências, compreende a prisão em fla-
grante do agente e a realização do inquérito.

O conteúdo da Súmula 397, do STF: “O poder de polícia da Câmara dos


Deputados e do Senado Federal, em caso de crime cometido nas suas
dependências, compreende a prisão em flagrante do agente e a realização
do inquérito”.
Gab-D

18.Com base no disposto na Constituição Federal de 1988 acerca do processo


penal, assinale a opção correta.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 170


a) O contraditório e a ampla defesa são assegurados apenas aos litigantes em
processos judiciais.
b) A prática de racismo configura crime imprescritível, para o qual se admite a
concessão de fiança.
c) As provas obtidas por meios ilícitos, desde que produzidas durante inquérito
policial, poderão ser admitidas no processo.
d) Os crimes hediondos, a prática de tortura, o terrorismo e o tráfico ilícito de
entorpecentes são crimes inafiançáveis.
e) A instituição do júri terá competência para julgar os crimes dolosos contra a
vida e o latrocínio.

DICA DO RENATÃO. Observe os erros

A- ERRADA. O contraditório e a ampla defesa são admitidos também nos


processos administrativos e não só nos judiciais.
B- ERRADA. O crime de racismo está previsto na CF, no Artigo 5º XLII "a
prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena
de reclusão nos termos da lei".
C- ERRADA. Art. 157. São inadmissíveis, devendo ser desentranhadas do
processo, as provas ilícitas, assim entendidas as obtidas em violação a normas
constitucionais ou legais.

1º São também inadmissíveis as provas derivadas das ilícitas, salvo quando


não evidenciado o nexo de causalidade entre umas e outras, ou quando as
derivadas puderem ser obtidas por uma fonte independente das primeiras.

D- CORRETA.
E- ERRADA. O Latrocínio NÃO é de competência do tribunal do juri.
GAB-D

19. Assinale a opção correta no tocante ao direito processual penal.


a) A determinação da competência em matéria criminal deve considerar
eventual prerrogativa de função do réu ou da vítima, situação que indicará
como foro competente um tribunal com jurisdição sobre o local onde tiver
ocorrido o fato.
b) Nos crimes que deixam vestígios, como o homicídio e o latrocínio, para se
comprovar a materialidade do crime é indispensável a realização de prova
pericial, não podendo esta ser substituída pela confissão do acusado.
c) O acusado tem direito a um defensor constituído ou nomeado pelo juiz,
podendo renunciar a esse direito e se autodefender, ainda que não tenha
formação jurídica, em face da amplitude do constitucional direito de defesa.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 171


d) No processo dos crimes de responsabilidade inafiançáveis praticados por
servidor público, o procedimento legal exige que, depois de recebida a
denúncia, o juiz notifique o defensor do réu para responder a acusação por
escrito no prazo legal.
e) Para fins de habeas corpus, entre outras hipóteses, consideram- se
situações de coação ilegal: a permanência de alguém preso por mais tempo do
que determina a lei, a negativa da concessão de liberdade provisória e o fato
de o processo ser manifestamente nulo ou anulável.

COMENTÁRIO DO RENATÃO! Nos crimes que deixam vestígios, como o


homicídio e o latrocínio, para se comprovar a materialidade do crime é
indispensável a realização de prova pericial, não podendo esta ser substituída
pela confissão do acusado. Conforme dispõe a letra da Lei, no Art. 158 - CPP:
"Quando a infração deixar vestígios, será indispensável o exame de corpo de
delito, direto ou indireto, não podendo suprí-lo a confissão do acusado."

GAB.B

20.Assinale a alternativa correta que completa o enunciado a seguir: Nas


contravenções penais a ação penal (...)
a) começa com a lavratura de termo circunstanciado.
b) será promovida por denúncia do órgão do Ministério Público.
c) instaura-se através de portaria da autoridade policial.
d) se inicia com o auto de prisão em flagrante ou por meio de portaria expedida
pela autoridade judiciária ou policial.

COMENTÁRIO DO RENATÃO! Essa questão é da banca acafe e cobrada no


último concurso da policia civil de Santa Catarina, tema também muito
recorrente em prova, quem prove a ação penal.

GAB.B

21- VUNESP PC-CE. Com relação às disposições do Código de Processo Penal relativas ao
ofendido e às testemunhas, é correto afirmar que

a) a redação do depoimento da testemunha deverá evitar a utilização de expressões de “baixo


calão” usadas pelas testemunhas sem reproduzir fielmente as suas frases.

b) durante o depoimento não é permitido que a testemunha manifeste suas apreciações


pessoais, salvo quando inseparáveis da narrativa do fato.

c) os militares e os funcionários públicos deverão ser ouvidos no local em que exercem suas
funções.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 172


d) as pessoas impossibilitadas, por enfermidade ou por velhice, de comparecer para depor,
não serão inquiridas.

e) o ofendido será qualificado e fará, sob palavra de honra, a promessa de dizer a verdade do
que souber e Ihe for perguntado, e sendo perguntado sobre as circunstâncias da infração,
quem seja ou presuma ser o seu autor e sobre as provas que possa indicar, tomar–se–ão por
termo as suas declarações.

Comentário: Art. 213. O juiz não permitirá que a testemunha manifeste suas apreciações
pessoais, salvo quando inseparáveis da narrativa do fato.

Gab.B

22. PC-CE. Segundo o disposto no Código de Processo Penal, consideram–se indícios:

a) a circunstância conhecida mas ainda não provada que, tendo relação com o fato, autorize,
por indução, concluir–se a existência de outra ou outras circunstâncias.

b) o conjunto dos meios de prova de autoria e materialidade que autorize o oferecimento da


denúncia por parte do Ministério Público.

c) a circunstância conhecida e provada que, tendo relação com o fato, autorize o indiciamento
do investigado.

d) a circunstância conhecida e provada que, tendo relação com o fato, autorize, por indução,
concluir–se a existência de outra ou outras circunstâncias.

e) o conjunto dos elementos de prova de autoria e materialidade que autorize o oferecimento


da denúncia por parte do Ministério Público.

Comentário: art. 239. Considera-se indício a circunstância conhecida e provada, que, tendo
relação com o fato, autorize, por indução, concluir-se a existência de outra ou outras
circunstâncias. Os indícios são elementos de convicção cujo valor é inferior, pois NÃO PROVAM
o fato que se discute, mas provam outro fato, a ele relacionado, que faz INDUZIR que o fato
discutido ocorre ou não.

Gab.D

23. VUNESP PC-CE. Com relação às disposições do Código de Processo Penal, acerca do exame
de corpo de delito e perícias em geral, é correto afirmar que

a) não sendo possível o exame de corpo de delito, por haverem desaparecido os vestígios, a
prova testemunhal poderá suprir–lhe a falta.

b) a autópsia será feita até seis horas depois do óbito, salvo se os peritos, pela evidência dos
sinais de morte, julgarem que possa ser feita depois daquele prazo, o que declararão no auto.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 173


c) na falta de perito oficial, o exame será realizado por 1 (uma) pessoa idônea, portadora de
diploma de curso superior.

d) o exame de corpo de delito deverá ser feito durante o dia.

e) os exames de corpo de delito e as outras perícias serão feitos obrigatoriamente por dois
peritos oficiais.

Comentário Art. 167. Não sendo possível o exame de corpo de delito, por haverem
desaparecido os vestígios, a prova testemunhal poderá suprir-lhe a falta.

Gab.A

24. PC-CE. Assinale a alternativa correta com relação às disposições previstas no Código de
Processo Penal, com relação ao reconhecimento de pessoas e coisas e a acareação.

a) Não será admitida acareação entre acusado e testemunha.

b) Do ato de reconhecimento, lavrar–se–á auto pormenorizado, subscrito pela autoridade,


pela pessoa chamada para proceder ao reconhecimento e por uma testemunha presencial.

c) Após a realização do reconhecimento, a pessoa que o fez será convidada a descrever a


pessoa que deva ser reconhecida.

d) É inválida a acareação realizada sem a presença de alguma das testemunhas que divergiram,
em suas declarações, sobre fatos ou circunstâncias relevantes.

e) O reconhecimento de objeto deverá ser realizado com as mesmas cautelas previstas para o
reconhecimento de pessoas, desde que aplicáveis.

COMENTÁRIO: Conforme CPP, Art. 226. Quando houver necessidade de fazer-se o


reconhecimento de pessoa, proceder-se-á pela seguinte forma:

I - a pessoa que tiver de fazer o reconhecimento será convidada a descrever a pessoa que deva
ser reconhecida;

Il - a pessoa, cujo reconhecimento se pretender, será colocada, se possível, ao lado de outras


que com ela tiverem qualquer semelhança, convidando-se quem tiver de fazer o
reconhecimento a apontá-la;

III - se houver razão para recear que a pessoa chamada para o reconhecimento, por efeito de
intimidação ou outra influência, não diga a verdade em face da pessoa que deve ser
reconhecida, a autoridade providenciará para que esta não veja aquela;

IV - do ato de reconhecimento lavrar-se-á auto pormenorizado, subscrito pela autoridade, pela


pessoa chamada para proceder ao reconhecimento e por DUAS testemunhas presenciais. (B)

O Art. 227. Retoma o 226 "No reconhecimento de objeto, proceder-se-á com as cautelas
estabelecidas no artigo anterior (ART 226 - reconhecimento de pessoas), no que for aplicável".

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 174


GAB.E

25- PC-CE. A Lei noº7.960/89 estabelece, em seu art. 1º, inciso III, o rol de crimes para os
quais é cabível a decretação da prisão temporária quando imprescindível para as investigações
do inquérito policial. Esse rol inclui

a) o crime de assédio sexual.

b) o crime de receptação qualificada.

c) o crime de estelionato.

d) o crime de furto qualificado.

e) os crimes contra o sistema financeiro.

Comentário: LEI 7.960/89 Art. 1° Caberá prisão temporária:

I - quando imprescindível para as investigações do inquérito policial;

II - quando o indicado não tiver residência fixa ou não fornecer elementos necessários ao
esclarecimento de sua identidade;

III - quando houver fundadas razões, de acordo com qualquer prova admitida na legislação
penal, de autoria ou participação do indiciado nos seguintes crimes:

a) homicídio doloso

b) sequestro ou cárcere privado

c) roubo

d) extorsão;

e) extorsão mediante sequestro;

f) estupro;

g) atentado violento ao pudor;

h) rapto violento;

i) epidemia com resultado de morte;

j) envenenamento de água potável ou substância alimentícia ou medicinal qualificado pela


morte;

l) genocídio em qualquer de suas formas típicas;

n) tráfico de drogas;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 175


o) crimes contra o sistema financeiro..

Gab.E

26. PC-CE. Assinale a alternativa correta no que tange ao arquivamento do Inquérito Policial,
segundo o disposto no Código de Processo Penal.

a) Depois de ordenado o arquivamento do inquérito pela autoridade judiciária, por falta de


base para a denúncia, a autoridade policial somente poderá proceder a novas pesquisas com
autorização da autoridade judiciária que determinou o arquivamento.

b) A autoridade policial poderá mandar arquivar autos de inquérito.

c) Depois de ordenado o arquivamento do inquérito pela autoridade judiciária, por falta de


base para a denúncia, a autoridade policial não poderá proceder a novas pesquisas se de
outras provas tiver notícia.

d) Depois de ordenado o arquivamento do inquérito pela autoridade judiciária, por falta de


base para a denúncia, a autoridade policial poderá proceder a novas pesquisas se de outras
provas tiver notícia.

e) A autoridade policial poderá mandar arquivar autos de inquérito somente nos casos em que
for constatada atipicidade da conduta.

Comentário: NÃO ESQUECENDO QUE O JUIZ NÃO ARQUIVA IPL DE OFÍCIO, NEM MUITO MENOS
A PEDIDO DA AUTORIDADE POLICIAL E SIM A PEDIDO DO MINISTÉRIO PÚBLICO QUE É O
TITULAR DA AÇÃO PENAL, OU O MP PEDE DILIGÊNCIAS, DENÚNCIA OU PEDE ARQUIVAMENTO.

Gab.D

27. PC-CE. De acordo com o art. 312 do Código de Processo Penal, a prisão preventiva poderá
ser decretada como garantia da ordem pública, da ordem econômica, por conveniência da
instrução criminal, ou para assegurar a aplicação da lei penal, quando houver

a) indícios da existência do crime e prova suficiente de autoria.

b) prova da existência do crime e indício suficiente de autoria.

c) indícios da existência do crime e indício suficiente de autoria.

d) indício suficiente de autoria, apenas.

e) prova da existência do crime, apenas.

Comentário: Art. 312. A prisão preventiva poderá ser decretada como garantia da ordem
pública, da ordem econômica, por conveniência da instrução criminal, ou para assegurar a

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 176


aplicação da lei penal, quando houver prova da existência do crime e indício suficiente de
autoria.

Gab.B

28. PC-CE. Com relação às previsões relativas ao Inquérito Policial no Código de Processo
Penal, é correto afirmar que

a) o inquérito, nos crimes em que a ação pública depender de representação, poderá, sem ela,
ser iniciado, mas seu encerramento dependerá da juntada desta.

b) durante a instrução do Inquérito Policial, são vedados os requerimentos de diligências pelo


ofendido, ou seu representante legal; e pelo indiciado, em virtude da sua natureza
inquisitorial.

c) nos crimes em que não couber ação pública, os autos do inquérito permanecerão em poder
da autoridade policial até a formalização da iniciativa do ofendido ou de seu representante
legal, condição esta obrigatória para a remessa dos autos ao juízo competente.

d) todas as peças do inquérito policial serão, num só processado, reduzidas a escrito ou


datilografadas e, nesse caso, rubricadas pela autoridade.

e) qualquer pessoa do povo que tiver conhecimento da existência de infração penal em que
caiba ação pública poderá, por escrito, comunicá–la à autoridade policial, sendo vedada a
comunicação verbal.

Comentário: Cópia do art 9 do CPP Todas as peças do inquérito policial serão, num só
processado, reduzidas a escrito ou datilografadas e, neste caso, rubricadas pela autoridade.

Gab.D

29. PC-CE. No tocante à prisão em flagrante delito, é correto afirmar que

a) na falta ou no impedimento do escrivão, qualquer pessoa designada pela autoridade lavrará


o auto, depois de prestado o compromisso legal.

b) não havendo autoridade no lugar em que se tiver efetuado a prisão, qualquer pessoa
designada pela autoridade lavrará o auto, depois de prestado o compromisso legal.

c) a falta de testemunhas da infração não impedirá o auto de prisão em flagrante, mas, nesse
caso, com o condutor, deverão assiná–lo pelo menos uma pessoa que haja testemunhado a
apresentação do preso à autoridade.

d) a prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre deverão ser comunicados


imediatamente ao juiz competente, ao Ministério Público, à família do preso ou à pessoa por
ele indicada e à Defensoria Pública.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 177


e) apresentado o preso à autoridade competente, ouvirá esta o condutor e as testemunhas
que o acompanharam e interrogará o acusado sobre a imputação que lhe é feita, lavrando–se
auto que será por todos assinado.

Comentário: B) Art. 308. Não havendo autoridade no lugar em que se tiver efetuado a prisão, o
preso será logo apresentado à do lugar mais próximo.

C) Art. 304. § 2o A falta de testemunhas da infração não impedirá o auto de prisão em


flagrante; mas, nesse caso, com o condutor, deverão assiná-lo pelo menos duas pessoas que
hajam testemunhado a apresentação do preso à autoridade.

D) Art. 306. A prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados
imediatamente ao juiz competente, ao Ministério Público e à família do preso ou à pessoa por
ele indicada.

§ 1o Em até 24 (vinte e quatro) horas após a realização da prisão, será encaminhado ao juiz
competente o auto de prisão em flagrante e, caso o autuado não informe o nome de seu
advogado, cópia integral para a Defensoria Pública.

E) Art. 304. Apresentado o preso à autoridade competente, ouvirá está o condutor e colherá,
desde logo, sua assinatura, entregando a este cópia do termo e recibo de entrega do preso. Em
seguida, procederá à oitiva das testemunhas que o acompanharem e ao interrogatório do
acusado sobre a imputação que lhe é feita, colhendo, após cada oitiva suas respectivas
assinaturas, lavrando, a autoridade, afinal, o auto.

Gab. A

30. PC-CE. Com relação a buscas e apreensões, é correto afirmar que

a) a autoridade ou seus agentes poderão penetrar no território de jurisdição alheia, salvo se


pertencente a outro Estado quando, para o fim de apreensão, forem no seguimento de pessoa
ou coisa, devendo apresentar–se à competente autoridade local, antes da diligência ou após,
conforme a urgência desta.

b) se as autoridades locais tiverem fundadas razões para duvidar da legitimidade das pessoas
que, nas diligências de busca e apreensões, entrarem pelos seus distritos, ou da legalidade dos
mandados que apresentarem, poderão exigir as provas dessa legitimidade, ainda que em
prejuízo da diligência.

c) a busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar retardamento ou prejuízo
da diligência.

d) só será arrombada a porta e forçada a entrada na residência a que será realizada a busca na
hipótese de encontrarem–se ausentes os moradores.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 178


e) sendo determinada a pessoa ou coisa que se vai procurar, é vedado cientificar o morador
acerca dela, contudo não sendo encontrada a pessoa ou coisa procurada, os motivos da
diligência serão comunicados a quem tiver sofrido a busca, se o requerer.

COMENTÁRIO: A autoridade ou seus agentes poderão penetrar no território de jurisdição


alheia, ainda que de outro Estado, quando, para o fim de apreensão, forem no seguimento de
pessoa ou coisa, devendo apresentar-se à competente autoridade local, antes da diligência ou
após, conforme a urgência desta.

Se as autoridades locais tiverem fundadas razões para duvidar da legitimidade das pessoas
que, nas referidas diligências, entrarem pelos seus distritos, ou da legalidade dos mandados
que apresentarem, poderão exigir as provas dessa legitimidade, mas de modo que não se
frustre a diligência. A busca em mulher será feita por outra mulher, se não importar
retardamento ou prejuízo da diligência.

As buscas domiciliares serão executadas de dia, salvo se o morador consentir que se


realizem à noite, e, antes de penetrarem na casa, os executores mostrarão e lerão o mandado
ao morador, ou a quem o represente, intimando-o, em seguida, a abrir a porta. Em caso de
desobediência, será arrombada a porta e forçada a entrada. Art. 247. Não sendo encontrada a
pessoa ou coisa procurada, os motivos da diligência serão comunicados a quem tiver sofrido a
busca, se o requerer.

GAB.C

31. PC-CE. No que diz respeito às disposições constitucionais aplicá– veis ao processo penal, é
correto afirmar que

a) ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e fundamentada de
autoridade judiciária competente, salvo nos casos de transgressão militar ou crime
impropriamente militar, definidos em lei.

b) a lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa da intimidade
ou o interesse social o exigirem.

c) não será admitida ação privada nos crimes de ação penal pública.

d) ninguém será considerado culpado até a publicação de sentença penal condenatória.

e) o preso tem direito à identificação dos responsáveis por sua prisão ou por seu interrogatório
policial, salvo as hipóteses em que a identificação colocar em risco a atividade policial.

Comentário: A. ERRADO - "ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita
e fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de transgressão militar
ou crime propriamente militar, definidos em lei" ART 5º, inciso LXI, CF/88

B. CERTO

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 179


C. ERRADO - Ação Penal Privada Subsidiária da Pública: cláusula pétrea da CF/88. A vítima
pode exercer a ação em crime da alçada ministerial desde que o promotor não atue nos prazos
que a lei confere.

D. ERRADO - "ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal
condenatória" ART 5º, inciso LVII, CF/88

E. ERRADO - "o preso tem direito à identificação dos responsáveis por sua prisão ou por seu
interrogatório policial" ART 5º, inciso LXIV, CF/88 - eficácia plena

GAB.B

32. 2013 SEJUS-ES. Transitada em julgado a sentença que aplicou a pena restritiva de direitos,
o Juiz da execução, de ofício ou a requerimento do Ministério Público, promoverá a execução,
podendo, para tanto, requisitar, quando necessário, a colaboração de entidades públicas ou

a) assistenciais.

b) religiosas.

c) solicitá-la a particulares.

d) do Instituto Médico-Legal.

e) educativas.

Comentário: Art. 147. Transitada em julgado a sentença que aplicou a pena restritiva de
direitos, o Juiz da execução, de ofício ou a requerimento do Ministério Público, promoverá a
execução, podendo, para tanto, requisitar, quando necessário, a colaboração de entidades
públicas ou solicitá-la a particulares.

Gab.C

33- 2013 SEJUS-ES. A penitenciária destina-se ao condenado à pena de reclusão em

a) regime fechado.

b) medida de segurança.

c) penas alternativas.

d) detenção forçada.

e) regime semiaberto.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 180


Comentário: A penitenciária destina-se ao condenado à pena de reclusão, em regime fechado.
cadeia preso provisório/ penitenciaria preso em regime fechado / colônia agrícola preso em
semi aberto / cadeia preso provisório.

Gab.A

34- 2013 SEJUS-ES. No estabelecimento para mulheres, somente se permitirá o trabalho de


pessoal do sexo feminino, salvo quando tratar-se de

a) ocupante do cargo de diretor.

b) pessoal técnico especializado.

c) portador de diploma de nível superior em Psicologia.

d) portador de diploma de nível superior em Direito.

e) ocupante do cargo de vistoriador.

Comentário: Art. 77. A escolha do pessoal administrativo, especializado, de instrução técnica e


de vigilância atenderá a vocação, preparação profissional e antecedentes pessoais do
candidato.

§ 1° O ingresso do pessoal penitenciário, bem como a progressão ou a ascensão funcional


dependerão de cursos específicos de formação, procedendo-se à reciclagem periódica dos
servidores em exercício.

§ 2º No estabelecimento para mulheres somente se permitirá o trabalho de pessoal do sexo


feminino, salvo quando se tratar de pessoal técnico especializado.

Gab.B

35. 2013 SEJUS-ES. A execução da pena privativa de liberdade ficará sujeita à forma
regressiva, com a transferência para qualquer dos regimes mais rigorosos, quando o
condenado

a) ficar impossibilitado, por acidente, de prosseguir no trabalho.

b) praticar fato definido como crime doloso ou falta grave.

c) ficar impossibilitado, por acidente, de prosseguir nos estudos.

d) for ameaçado de morte.

e) estiver acometido de doença grave.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 181


Comentário: Art. 118. A execução da pena privativa de liberdade ficará sujeita à forma
regressiva, com a transferência para qualquer dos regimes mais rigorosos, quando o
condenado:

I - praticar fato definido como crime doloso ou falta grave;

II - sofrer condenação, por crime anterior, cuja pena, somada ao restante da pena em
execução, torne incabível o regime (artigo 111).

§ 1° O condenado será transferido do regime aberto se, além das hipóteses referidas nos
incisos anteriores, frustrar os fins da execução ou não pagar, podendo, a multa
cumulativamente imposta.

§ 2º Nas hipóteses do inciso I e do parágrafo anterior, deverá ser ouvido previamente o


condenado.

Gab.B

36. 2013 SEJUS-ES. No Centro de Observação realizar-se-ão os exames gerais e o


criminológico, cujos resultados serão encaminhados

a) ao defensor público do preso primário.

b) ao defensor particular do preso provisório.

c) ao Juiz da condenação.

d) à Comissão Técnica de Classificação.

e) ao Diretor do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico.

Comentário: Art. 96. No Centro de Observação realizar-se-ão os exames gerais e o


criminológico, cujos resultados serão encaminhados à Comissão Técnica de Classificação.

O exame criminológico é realizado por psicólogos, psiquiatras e assistentes sociais do Sistema


Prisional. A função desse exame, demandado pelo judiciário, é avaliar se o preso “merece” ou
não receber a progressão de regime, (e, como referiu-se o artigo) os resultados serão
encaminhados à Comissão Técnica de Classificação.

Gab.D

37. 2013 SEJUS-ES.. A autoridade administrativa poderá decretar o isolamento preventivo do


faltoso pelo prazo de até

a) uma semana.

b) 24 (vinte e quatro) horas.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 182


c) 3 (três) dias.

d) 30 (trinta) dias.

e) 10 (dez) dias.

Comentário: Segundo a LEP: Art. 60. A autoridade administrativa poderá decretar o isolamento
preventivo do faltoso pelo prazo de até dez dias. A inclusão do preso no regime disciplinar
diferenciado, no interesse da disciplina e da averiguação do fato, dependerá de despacho do
juiz competente.

GAB.E

38. 2013 SEJUS-ES. Os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto e os
presos provisórios poderão obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta,
quando ocorrer um dos seguintes fatos:

a) condenada gestante ou parturiente.

b) estiver trabalhando ou comprovar a possibilidade de fazê-lo imediatamente.

c) sair para o trabalho e retornar, nos horários fixados.

d) condenada com filho menor ou deficiente físico ou mental.

e) falecimento ou doença grave do cônjuge.

Comentário: Da Permissão de Saída Art. 120. Os condenados que cumprem pena em regime
fechado ou semiaberto e os presos provisórios poderão obter permissão para sair do
estabelecimento, mediante escolta, quando ocorrer um dos seguintes fatos:

I - falecimento ou doença grave do cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão;

II - necessidade de tratamento médico (parágrafo único do artigo 14).

A permissão de saída será concedida pelo diretor do estabelecimento onde se encontra o preso.

Gab.E

39. 2013 SEJUS-ES. As recompensas têm em vista o bom comportamento reconhecido em


favor do condenado, de sua colaboração com a disciplina e de sua dedicação ao trabalho.
É(são) recompensa(s):

a) o recolhimento em cela individual ou abrigo.

b) a inclusão no regime disciplinar diferenciado e multidisciplinar.

c) o elogio e a concessão de regalias.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 183


d) as visitas semanais de duas pessoas além de crianças.

e) o direito à saída da cela por 2 horas diárias para banho de sol.

Comentário: Segundo a LEP: Art. 55. As recompensas têm em vista o bom comportamento
reconhecido em favor do condenado, de sua colaboração com a disciplina e de sua dedicação
ao trabalho.

Art. 56. São recompensas:

I - o elogio;

II - a concessão de regalias.

A legislação local e os regulamentos estabelecerão a natureza e a forma de concessão de


regalias.

Gab.C

40. 2013 SEJUS-ES. O Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico destina-se aos


inimputáveis e

a) semi-imputáveis.

b) gestantes e parturientes.

c) condenados acometidos de doença grave.

d) imputáveis.

e) presos provisórios doentes.

Comentário: Art. 99. O Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico destinam-se aos


inimputáveis e semi-imputáveis referidos no artigo 26 e seu parágrafo único do Código Penal.

Gab.A

41. 2013 SEJUS-ES. A Casa do Albergado destina-se ao cumprimento de pena privativa de


liberdade em regime aberto, e da pena de

a) detenção.

b) reclusão.

c) limitação de fim de semana.

d) interdição temporária de direitos.

e) multa.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 184


Comentário: Art. 93. A Casa do Albergado destina-se ao cumprimento de pena privativa de
liberdade, em regime aberto, e da pena de limitação de fim de semana.

Gab.C

42. ESCRIVAO DE POLICIA Segundo a Lei n.º 9.099/95, são orientadores do processo em
trâmite perante o Juizado Especial, os critérios da

a) oralidade, informalidade, seletividade e impessoalidade.

b) informalidade, oralidade, economia processual e celeridade.

c) impessoalidade, abstração, formalidade e economia processual.

d) fungibilidade, informalidade, abstração e economia processual.

e) oralidade, formalidade, impessoalidade e celeridade.

COMENTÁRIO: Art. 62. O processo perante o Juizado Especial orientar-se-á pelos critérios da
oralidade, informalidade, economia processual e celeridade, objetivando, sempre que possível,
a reparação dos danos sofridos pela vítima e a aplicação de pena não privativa de liberdade.

GAB-B

43. A conduta de induzir, instigar ou auxiliar outra pessoa a suicidar-se, que tem como
resultado lesão corporal de natureza leve,

a) tem pena duplicada se cometida por motivo egoístico.

b) tem pena agravada se a vítima tem diminuída, por qualquer causa, a capacidade de
resistência.

c) não é prevista como crime.

d) tem pena aumentada se a vítima for menor de idade.

e) é punida com pena de 1 (um) a 3 (três) anos.

COMENTÁRIO: Induzimento, instigação ou auxílio a suicídio

Art. 122 - Induzir ou instigar alguém a suicidar-se ou prestar-lhe auxílio para que o faça:

Pena - reclusão, de dois a seis anos, se o suicídio se consuma; ou reclusão, de um a três anos,
se da tentativa de suicídio resulta lesão corporal de natureza grave.

GAB-C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 185


44. A esposa que comprovadamente ludibria autoridade policial e auxilia marido, autor de
crime de roubo, a subtrair-se à ação da autoridade pública

a) deve cumprir pena por exercício arbitrário das próprias razões (CP, art. 345).

b) deve cumprir pena por favorecimento real (CP, art. 349).

c) fica isenta de pena.

d) deve cumprir pena por crime de favorecimento pessoal (CP, art. 348).

e) deve cumprir pena por fuga de pessoa presa (CP, art.351).

COMENTÁRIO: Art. 348 do CP. Auxiliar a subtrair-se à ação de autoridade pública autor de
crime a que é cominada pena de reclusão:

Pena - detenção, de um a seis meses, e multa.

§ 1º - Se ao crime não é cominada pena de reclusão:

Pena - detenção, de quinze dias a três meses, e multa.

§ 2º - Se quem presta o auxílio é ascendente, descendente, cônjuge ou irmão do criminoso,


fica isento de pena.

GAB-C

45. Imagine que um policial, em abordagem de rotina, identifique e efetue a detenção de um


indivíduo procurado pela Justiça. Assim que isso ocorre e antes de apresentar o indivíduo à
autoridade de Polícia Judiciária (Delegado de Polícia), o policial recebe verbalmente, do detido,
a seguinte proposta: soltar o indivíduo para que ele vá até o caixa eletrônico e busque R$
500,00, a serem entregues ao policial em troca de sua liberdade. O policial aceita a proposta e
solta o detido, que não retorna e não cumpre com a promessa de pagamento. Diante dessa
hipótese, o policial

a) cometeu crime de prevaricação (CP, art. 319).

b) cometeu crime de corrupção passiva (CP, art. 317).

c) cometeu o crime de condescendência criminosa (CP, art. 320).

d) cometeu o crime de concussão (CP, art. 316).

e) não cometeu crime algum, pois não chegou a receber o dinheiro.

COMENTÁRIO: Art. 317 - Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente,
ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou
aceitar promessa de tal vantagem.

GAB-B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 186


46 Imagine que Pedro, ilicitamente, guarda consigo tintas, papéis e um aparelho capaz de
fabricar moeda falsa. Tal conduta

a) configura o crime de petrechos para falsificação de moeda (CP, art. 291).

b) configura crime assimilado ao de moeda falsa (CP, art. 290).

c) configura o crime de moeda falsa (CP, art. 289).

d) não configura crime algum, por ausência de previsão legal.

e) não configura crime algum, por se tratar de mero ato preparatório.

COMENTÁRIO: Art. 291 - Fabricar, adquirir, fornecer, a título oneroso ou gratuito, possuir ou
guardar maquinismo, aparelho, instrumento ou qualquer objeto especialmente destinado à
falsificação de moeda:

Pena - reclusão, de dois a seis anos, e multa.

GAB-A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 187


1-FEPESE 2017 A Organização dos Estados Americanos tem como princípios:

1.A boa-fé deve reger as relações dos Estados entre si.

2.A educação dos povos deve orientar-se para a justiça, a liberdade e a paz.

3.Toda agressão armada deverá ser repelida na mesma medida e esforço.

4.A justiça e a segurança demandam a eliminação de focos de dissidência.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.

b) São corretas apenas as afirmativas 2 e 4.

c) São corretas apenas as afirmativas 3 e 4.

d) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

e) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

COMENTÁRIO: Os Estados americanos reafirmam os seguintes princípios:

O direito internacional é a norma de conduta dos Estados em suas relações


recíprocas;

A ordem internacional é constituída essencialmente pelo respeito à personalidade,


soberania e independência dos Estados e pelo cumprimento fiel das obrigações
emanadas dos tratados e de outras fontes do direito internacional;

A boa-fé deve reger as relações dos Estados entre si...

GAB-A

2-FEPESE 2017 A Declaração Universal dos Direitos dos Homens prevê que todos os
seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos.

Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros:

a) em espírito de fraternidade.

b) em espírito de fragmentariedade.

c) em espírito de preservar a estratificação social.

d) de modo a influenciar a vida privada alheia.

e) de forma a compartilhar as riquezas individuais.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 188


COMENTÁRIO: Artigo 1° Todos os seres humanos nascem livres e iguais em
dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com
os outros em espírito de fraternidade.

GAB-A

3-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre direitos humanos:

a) São direitos limitados a determinadas pessoas e grupos sociais.

b) Tratam-se de direitos divisíveis a parcela a sociedade, como forma de


autoproteção social.

c) A sua natureza indivisível, inalienável e irrenunciável permite, a qualquer


tempo, que o seu beneficiário o renuncie quando violado.

d) De alcance geral, devem ser aplicados de forma igual e sem discriminação.

e) Somente poderão ser invocados para tutelar direitos quando houver ameaça
a minorias étnicas.

COMENTÁRIO: Direitos humanos são os todos os direitos relacionados à


garantia de uma vida digna a todas as pessoas. Os direitos humanos são
direitos que são garantidos à pessoa pelo simples fato de ser humana. Assim,
os direitos humanos são todos direitos e liberdades básicas, considerados
fundamentais para dignidade.

GAB-D

4-FEPESE 2017 Assinale a alternativa que indica corretamente as funções


exercidas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos.

a) Função administrativa e consultiva

b) Função legislativa e consultiva

c) Função jurisdicional e legislativa

d) Função jurisdicional e executiva

e) Função jurisdicional e consultiva

COMENTÁRIO: Artigo 2. Competência e funções A Corte exerce função


jurisdicional e consultiva.

1. Sua função jurisdicional se rege pelas disposições dos artigos 61, 62 e 63 da


Convenção.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 189


2. Sua função consultiva se rege pelas disposições do artigo 64 da Convenção.

GAB-E

5-FEPESE 2017 A Organização dos Estados Americanos estabeleceu como


propósitos essenciais:

1.Promover e consolidar o desenvolvimento agrário regional, como fonte de


subsistência.

2.Promover e consolidar a democracia parlamentarista, respeitado o princípio


da supremacia legislativa.

3.Promover, por meio da ação cooperativa, seu desenvolvimento econômico,


social e cultural.

4.Promover e consolidar a democracia representativa, respeitado o princípio da


não intervenção.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.

b) São corretas apenas as afirmativas 3 e 4.

c) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.

d) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

e) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

COMENTÁRIO: Artigo 2º Para realizar os princípios em que se baseia e para


cumprir com suas obrigações regionais, de acordo com a Carta das Nações
Unidas, a Organização dos Estados Americanos estabelece como propósitos
essenciais os seguintes:

a) Garantir a paz e a segurança continentais;

b) Promover e consolidar a democracia representativa, respeitado o princípio


da não-intervenção;

c) Prevenir as possíveis causas de dificuldades e assegurar a solução pacífica


das controvérsias que surjam entre seus membros;

d) Organizar a ação solidária destes em caso de agressão;

e) Procurar a solução dos problemas políticos, jurídicos e econômicos que


surgirem entre os Estados membros;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 190


f) Promover, por meio da ação cooperativa, seu desenvolvimento econômico,
social e cultural;

g) Erradicar a pobreza crítica, que constitui um obstáculo ao pleno


desenvolvimento democrático dos povos do Hemisfério; e

h) Alcançar uma efetiva limitação de armamentos convencionais que permita


dedicar a maior soma de recursos ao desenvolvimento econômico-social dos
Estados membros.

GAB-B

6-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre a Declaração Universal dos Direitos


Humanos.

a) A proteção à opinião política é reduzida em razão da salvaguarda das


liberdades.

b) Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos.

c) O caráter laico do Estado dispensa proteção ao direito de religião.

d) Por não possuir natureza comercial, não há previsão de proteção e


satisfação de direitos econômicos.

e) A Declaração somente protege direitos de cidadãos residentes em países ou


territórios plenamente livres e soberanos.

COMENTÁRIO: Art 1º Todos os seres humanos nascem livres e iguais em


dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em
relação uns aos outros com espírito de fraternidade.

GAB-B

7-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre a Declaração Universal dos Direitos


Humanos.

a) Admite-se a tortura, excepcionalmente, para se penalizar crimes hediondos.

b) É vedada a escravatura, porém, admite-se a servidão de pessoas até


dezoito anos.

c) Todo acusado deverá ser considerado culpado até que se prove a sua
inocência.

d) Não se admite a prisão, a detenção ou o exílio arbitrário.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 191


e) É obrigação dos Estados signatários da Declaração instituírem tribunais
parciais e dependentes.

COMENTÁRIO: Súmula do STJ 419: Descabe a prisão civil do depositário


judicial infiel.

GAB-D

8-FEPESE 2017 É correto afirmar sobre a natureza e o regime jurídico da


Corte Interamericana de Direitos Humanos.

a) A Corte Interamericana de Direitos Humanos é uma instituição judiciária


autônoma.

b) A Corte Interamericana de Direitos Humanos é uma instituição legislativa e


consultiva.

c) A Corte Interamericana de Direitos Humanos é uma organização


internacional que integra os Estados Unidos da América.

d) A Corte Interamericana de Direitos Humanos é uma entidade filantrópica e


sem fins lucrativos.

e) A Corte Interamericana de Direitos Humanos equipara-se a um Estado


estrangeiro nas suas relações como os demais Estados Membros.

COMENTÁRIO: A Corte Interamericana de Direitos Humanos é um órgão


judicial autônomo que tem sede em San José, Costa Rica, cujo propósito é
aplicar e interpretar a Convenção Americana de Direitos Humanos e outros
tratados de Direitos Humanos. Faz parte do chamado Sistema Interamericano
de Proteção aos Direitos Humanos. A Corte exerce competência contenciosa e
consultiva.

GAB-A

9-FEPESE 2017 De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos,


todo indivíduo tem direito à:

1.vida.

2.liberdade.

3.segurança pessoal.

4.discriminação.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 192


Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 3.

b) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.

c) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

d) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.

e) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

COMENTÁRIO: Artigo 3° Todo indivíduo tem direito à vida, à liberdade e à


segurança pessoal.

GAB-C

10-FEPESE 2017 Assinale a alternativa que indica corretamente o organismo


internacional cujo preâmbulo da Declaração Universal dos Direitos Humanos
aponta que se compromete a promover, em cooperação com os Estados
Membros, o respeito universal e efetivo dos direitos do Homem e das
liberdades fundamentais.

a) Comunidade Europeia

b) Organização do Tratado Norte

c) Organização das Nações Unidas

d) Organização Internacional do Trabalho

e) Fundo das Nações Unidas para a Infância

COMENTÁRIO: "....Considerando que os Estados membros se


comprometeram a promover, em cooperação com a Organização das Nações
Unidas, o respeito universal e efetivo dos direitos do Homem e das liberdades
fundamentais;...."

GAB-C

11- Assinale a alternativa correta em relação à Declaração Universal dos


Direitos Humanos.

a) A Declaração afirma que toda pessoa tem direito a repouso e lazer.

b) O texto da Declaração garante o sigilo de correspondência, porém assegura


a sua violação para casos em que a segurança exigir.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 193


c) A Declaração contempla que instrução será gratuita apenas para o nível
fundamental.

d) A unicidade de base sindical é tratada na Declaração.

e) Assegura o direito ao apátrida de escolher a nacionalidade cujos laços forem


maiores.

COMENTÁRIO DO RENATÃO: A Declaração afirma que toda pessoa tem


direito a repouso e lazer, inclusive a limitação razoável das horas de trabalho e
férias periódicas remuneradas.

GAB-A

12. A verdadeira consolidação do Direito Internacional dos Direitos Humanos


surge em meados do século XX, em decorrência da Segunda Guerra Mundial,
por isso o moderno Direito Internacional dos Direitos Humanos é um fenômeno
do pós-guerra. Dentre as proposições abaixo, assinale a que NÃO corrobora
com o enunciado acima:

a)O desenvolvimento do Direito Internacional dos Direitos Humanos pode ser


atribuído às monstruosas violações de direitos humanos da era Hitler e, após, à
crença de que somente uma guerra poderia por fim a essas violações no
âmbito internacional para garantir internamente em cada Estado nacional a
dignidade da pessoa humana.

b)A internacionalização dos direitos humanos constitui um movimento


extremamente recente da história, surgido a partir do pós-guerra, como
proposta às atrocidades e aos horrores cometidos durante o nazismo. Se a
Segunda Guerra significou a ruptura com os direitos humanos, o pós-guerra
deveria significar sua reconstrução.

c)No momento em que os seres humanos se tornam supérfuos e descartáveis,


no momento em que vigia lógica de destruição, em que cruelmente se abole o
valor da pessoa humana, torna-se necessária a reconstrução dos direitos
humanos como paradigma ético capaz de restaurar a lógica do razoável.

d)A barbárie do totalitarismo significou a ruptura do paradigma dos direitos


humanos, por meio da negação do valor da pessoa humana, como valor fonte
do direito. Essa ruptura fez emergir a necessidade da reconstrução dos direitos
humanos como referencial e paradigma ético que aproxime o direito da moral.

COMENTÁRIO DO RENATÃO Essa não é uma questão fepese, também é


uma questão de delgado, eu trouxe lea para você refletir e pensar na resposta.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 194


Letra A, pois jamais haveria "à crença de que somente uma guerra poderia
por fim a essas violações no âmbito internacional para garantir internamente
em cada Estado nacional a dignidade da pessoa humana." Houve sim a criação
da ONU em 45 e a intensificação da criação de Tratados internacionais de
Direitos Humanos, uma efetiva internacionalização, que é o maior legado da
chamada Era dos Direitos.

GAB.A

13.Considerando o que a doutrina majoritária dispõe sobre o desenvolvimento


e conquista dos direitos humanos, pode-se afirmar que esse desenvolvimento
histórico, classificado por gerações de direitos, pode ser, cronologicamente,
assim representado:
a) direitos individuais; direitos coletivos e direitos sociais.
b)direitos individuais, direitos coletivos e liberdades negativas.
c) liberdades positivas, liberdades negativas e direitos sociais.
d) direitos sociais; direitos de liberdade e direitos da fraternidade.
e)direitos de liberdade; direitos sociais e direitos difusos.

COMENTÁTIO DO RENATÃO, Vamos lembra aqui as gerações


Os direitos de 1ª geração (a doutrina denomina de direitos de dimensões)
são os direitos e garantias individuais e políticos clássicos (liberdades públicas:
direito à vida, à liberdade, à expressão e à locomoção). Abrange o Pacto
Internacional sobre Direitos Civis e Políticos, bem como a Convenção
Americana de Direitos Humanos (Pacto de San José da Costa Rica). Possuem
aplicação imediata e direta.
Os direitos de 2ª geração são os direitos sociais, econômicos e culturais (direito
ao trabalho, ao seguro social, à subsistência etc.) Abrange o Pacto
Internacional sobre Direitos Sociais, Econômicos e Culturais, assim como o
Protocolo Adicional à Convenção Americana sobre Direitos Humanos em
matéria de Direitos Econômicos, Sociais, Sociais e Culturais "Protocolo de San
Salvador".
Os direitos de 3ª geração, também chamados de solidariedade ou
fraternidade, engloba os direitos difusos.
GAB.E

14. De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, assinale a


alternativa incorreta:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 195


a)Todo indivíduo tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.

b)A escravatura e o trato dos escravos, em tempos de paz, são proibidos.

c)Ninguém será submetido à tortura nem a penas ou tratamentos cruéis,


desumanos ou degradantes.

d)Todos os indivíduos têm direito ao reconhecimento, em todos os lugares, da


sua personalidade jurídica.

e)Ninguém pode ser arbitrariamente preso, detido ou exilado.

COMENTÁRIO DO RENATÃO O enunciado da questão pede a opção


incorreta. O gabarito é, portanto, a letra B pois ela ERRA ao afirmar que a
escravidão é proibida apenas em tempos de paz, sendo que na verdade,
segundo a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a escravatura e o trato
de escravos são proibidos sempre.

GAB.B

15. A respeito do conteúdo da Declaração Universal dos Direitos Humanos,


dentre as assertivas abaixo, marque (V) para as verdadeiras e (F) para as
falsas. Em seguida, assinale a alternativa que corresponde à sequência
CORRETA de respostas.

( ) Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer restrição de raça,


nacionalidade ou religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma
família.

( ) O casamento será válido desde que exista o livre e pleno consentimento de


pelo menos um dos nubentes.

( ) Toda pessoa tem deveres para com a comunidade, em que o livre e pleno
desenvolvimento de sua personalidade é possível.

( ) A vontade do povo será a base da autoridade do Governo.

a)( ) V, F, V, V
b)( ) F, V, F, V
c)( ) V, F, V, F
d)( ) F, V, F, F

COMENTÁRIO DO RENATÃO. Essa questão não é da banca fepese, mas ela


traz uma pegadinha muito usada pelas banca em geral, sendo assim, coloquei
ela para você não cair nesse tipo de pegadinha, veja abaixo o que acontece!

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 196


( V ) Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer restrição de raça,
nacionalidade ou religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma
família.

( F ) O casamento será válido desde que exista o livre e pleno consentimento


de pelo menos um dos nubentes.
PARA QUE O CASAMENTO SEJA VÁLIDO É NECESSÁRIO O PLENO
CONSENTIMENTO DOS NUBENTES E NÃO SOMENTE DE UM DELES.

( V ) Toda pessoa tem deveres para com a comunidade, em que o livre e pleno
desenvolvimento de sua personalidade é possível.

( V ) A vontade do povo será a base da autoridade do Governo.

GAB.A

16.Acerca da Declaração Universal dos Direitos Humanos, assinale a


alternativa correta.

a) A Declaração é documento fortemente inspirado pela doutrina religiosa da


Igreja Católica e baseia-se na crença em um deus único e no amor ao próximo.
b) A Declaração pressupõe as diferenças culturais entre os povos, mas adota
determinados princípios e regras com caráter absoluto e pretensão de
universalidade, como a proscrição da escravidão e da tortura e a igualdade de
todos perante a lei.
c) A fim de garantir o direito à imagem e a privacidade dos cidadãos, a
Declaração estabelece que, no caso de alguém ser processado criminalmente,
deverá ser julgado pelo órgão competente em processo sigiloso; o sigilo
somente deverá ser levantado na hipótese de condenação transitada em
julgado.
d) Pelo fato de reconhecer o direito à liberdade de locomoção e a relevância do
intercâmbio cultural entre os povos, a Declaração propugna a possibilidade de
livre entrada e saída dos indivíduos em qualquer país, em tempo de paz.
e) Devido à inspiração de natureza socialista vigente na época de sua
aprovação, a Declaração não menciona de forma expressa o direito à
propriedade privada.

COMENTÁRIO DO RENATÃO. Talvez você não encontre erro na alternativa D,


mas o erro da D fala de livre possibilidade de ENTRADA e saída, sendo que no
Art. 13 só fala no direito de DEIXAR e, ou, regressar, ou seja, entrada livre.
Mas pode cada país ter uma regra para entrar, por exemplo você precisa de
um passaporte pra entrar no Japão mas deixar você pode!
GAB.B

17- Acerca da Declaração Universal dos Direitos do Homem, julgue os itens a


seguir.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 197


I De inspiração iluminista, encontra raízes no liberalismo e no enciclopedismo
do período de transição entre a idade moderna e a idade contemporânea.

II Corresponde ao tratado firmado no âmbito da Organização das Nações


Unidas, após a Segunda Guerra Mundial.

III Possui natureza jurídica de ato de organização internacional e, como tal, é


fonte não-codificada de direito internacional público.

IV Conforma declaração de princípios que, apesar de serem respeitados pela


comunidade internacional, não integram o ordenamento jurídico brasileiro.

V Como norma de direito internacional, gera obrigações jurídicas apenas para


Estados que a tenham subscrito e ratificado.

Estão certos apenas os itens

a) I e III.
b) I e IV.
c) II e IV.
d) II e V.
e) III e V.

COMENTÁRIO DO RENATÃO. Veja duas pegadinhas velhas das banca!


Corresponde o tratado DECLARAÇÃO firmado no âmbito da Organização das
Nações Unidas, após a Segunda Guerra Mundial.
IV Conforma declaração de princípios que, apesar de serem respeitados pela
comunidade internacional, não integram o ordenamento jurídico brasileiro.
GAB.A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 198


DIREITO DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE
ECA

01.FEPESE Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente , considera-se criança


a pessoa:

a) até 12 anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre 12 e 18 anos de


idade, exceto nos casos expressos em lei.
b) até 12 anos de idade completos, e adolescente, excepcionalmente, aquela entre
12 e 18 anos de idade.
c) até 12 anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre 12 e 21 anos de
idade.
d) até 13 anos de idade incompletos e adolescente aquela entre 13 e 18 anos de
idade.
e) até 13 anos de idade, e adolescente aquela entre 13 e 21 anos de idade.

Comentário do Renatão: Considera-se criança, para os efeitos desta Lei, a pessoa


até doze anos de idade incompletos, e adolescente aquela entre doze e dezoito anos
de idade.

Gab.A

02.2015 .Analise o texto abaixo:

Conforme o artigo 7°, A criança e o adolescente têm direito a proteção à vida e à


saúde mediante (2)________ de políticas sociais (3)___________ que permitam o
nascimento e o desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições dignas de
existência, assinale alternativa que completa corretamente as lacunas numeradas do
texto.

a) a efetivação ;publicas ;
b) ao Estatuto da Criança e do Adolescente ; públicas
c) a Política Nacional de Assistência Social; básicas
d) a Lei Orgânica da Assistência Social; públicas

Comentário do Renatão: A criança e o adolescente têm direito a proteção à vida e à


saúde, mediante a efetivação de políticas sociais públicas que permitam o nascimento
e o desenvolvimento sadio e harmonioso, em condições dignas de existência.

GAB.A

03 De acordo com Estatuto da Criança e do Adolescente, é proibida a venda à criança


ou ao adolescente de:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 199


1- armas, munições e explosivos.

2- bebidas sem álcool.

3- revistas e publicações contendo material impróprio a crianças e adolescentes

4- bilhetes lotéricos e equivalentes.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 2 e 4.


b) São corretas apenas as afirmativas 3 e 4.
c) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.
d) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.
e) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

Comentário do Renatão: É proibida a venda à criança ou ao adolescente de:

I - armas, munições e explosivos;

II - bebidas alcoólicas;

III - produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda
que por utilização indevida;

IV - fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial
sejam incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida;

V - revistas e publicações a que alude gêneros pornográficos;

GAB.E

04. FEPESE Assinale a alternativa correta de acordo com o Estatuto da Criança e do


Adolescente.

a) Entende-se por família natural a comunidade formada por ambos os pais.

b) É vedada, nas modalidades de guarda e de tutela, a colocação da criança ou do


adolescente em família substituta estrangeira.

c) O reconhecimento de paternidade, que deverá acontecer após o nascimento,


poderá ser realizado no próprio termo de nascimento, por testamento, mediante
escritura ou outro documento público.

d) A família substituta poderá, a qualquer tempo, transferir a criança ou o adolescente


a terceiros ou a entidades governamentais ou não-governamentais.

e) A família natural que não demonstrar recursos materiais suficientes para o amparo
à criança e ao adolescente poderá perder ou ter suspenso o seu poder familiar.

Comentário do Renatão: A colocação em família substituta estrangeira constitui


medida excepcional, somente admissível na modalidade de adoção.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 200


GAB.B

05. Qual dos regimes de atendimentos, dentre os abaixo descritos, de programas de


proteção e socioeducativos destinados a crianças e adolescentes foi revogado no
Estatuto da Criança e do Adolescente?

a) abrigo

b) semiliberdade

c) acolhimento institucional

d) prestação de serviços à comunidade

e) apoio socioeducativo em meio aberto

Comentário do Renatão: Esta parte da lei veio para o comentário da questão para
dar maior ênfase ao assunto. Na aplicação das medidas levar-se-ão em conta as
necessidades pedagógicas, preferindo-se aquelas que visem ao fortalecimento dos
vínculos familiares e comunitários. Quando verificada qualquer das hipóteses previstas
a autoridade competente poderá determinar, dentre outras, as seguintes medidas:

I - encaminhamento aos pais ou responsável, mediante termo de responsabilidade;

II - orientação, apoio e acompanhamento temporários;

III - matrícula e frequência obrigatórias em estabelecimento oficial de ensino


fundamental;

IV - inclusão em programa comunitário ou oficial de auxílio à família, à criança e ao


adolescente;

IV - inclusão em serviços e programas oficiais ou comunitários de proteção, apoio e


promoção da família, da criança e do adolescente;

V - requisição de tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico, em regime hospitalar


ou ambulatorial;

VI - inclusão em programa oficial ou comunitário de auxílio, orientação e tratamento a


alcoólatras e toxicômanos;

VII - abrigo em entidade;

VII - acolhimento institucional;

VIII - colocação em família substituta.

VIII - inclusão em programa de acolhimento familiar;

IX - colocação em família substituta.

GAB.A

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 201


06. Em relação ao instituto da guarda, assinale a alternativa correta.

a) A guarda não poderá ser oposta contra os pais naturais.

b) A guarda destina-se a regularizar a posse de fato.

c) Uma vez concedida, a guarda não poderá ser revogada.

d) A guarda somente será deferida após a conclusão do processo de adoção.

e) A guarda não assegura à criança ou ao adolescente a condição de dependente


previdenciários.

Comentário do Renatão: A guarda também é um isntituto que costuma ser mtuito bem
cobrado, veja novamente os seus detalhes.

A guarda obriga a prestação de assistência material, moral e educacional à criança ou


adolescente, conferindo a seu detentor o direito de opor-se a terceiros, inclusive aos
pais.

A guarda destina-se a regularizar a posse de fato, podendo ser deferida, liminar ou


incidentalmente, nos procedimentos de tutela e adoção, exceto no de adoção por
estrangeiros.

Excepcionalmente, deferir-se-á a guarda, fora dos casos de tutela e adoção, para


atender a situações peculiares ou suprir a falta eventual dos pais ou responsável,
podendo ser deferido o direito de representação para a prática de atos determinados.

A guarda confere à criança ou adolescente a condição de dependente, para todos os


fins e efeitos de direito, inclusive previdenciários.

Salvo expressa e fundamentada determinação em contrário, da autoridade judiciária


competente, ou quando a medida for aplicada em preparação para adoção, o
deferimento da guarda de criança ou adolescente a terceiros não impede o exercício
do direito de visitas pelos pais, assim como o dever de prestar alimentos, que serão
objeto de regulamentação específica, a pedido do interessado ou do Ministério
Público.

GAB.B

07. FEPESE. Assinale a alternativa correta de acordo com o Estatuto da Criança e do


Adolescente.

a) O trabalho do adolescente somente poderá ocorrer quando em regime familiar de


trabalho.

b) O empregador deverá fornecer equipamentos de proteção individual ao menor que


exercer trabalho perigoso, insalubre ou penoso.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 202


c) O trabalho noturno do menor deverá ser realizado entre as vinte e duas horas de
um dia e as cinco horas do dia seguinte.

d) A criança e o adolescente não poderão ter remuneração inferior a sua qualificação


profissional.

e) Não desfigura o caráter educativo a remuneração que o adolescente recebe pelo


trabalho efetuado ou a participação na venda dos produtos de seu trabalho.

Comentário do Renatão: O art 68 é claro quando afirma que remuneração que o


adolescente recebe pelo trabalho efetuado ou a participação na venda dos produtos
de seu trabalho não desfigura o caráter educativo. Entende-se que também é uma
forma de educar quem esta em conflito com a lei.

GAB.E

08. FEPESE Em relação à medida socioeducativa da internação, assinale a alternativa


correta.

a) A liberação será compulsória aos dezoito anos de idade

b) A medida será fixada pelo prazo de seis meses, prorrogáveis.

c) O regime comporta a prestação de trabalho forçado.

d) O período máximo de internação não excederá a três anos.

e) A desinternação será determinada pelo Conselho Tutelar.

Comentário do Renatão. Já conversamos sobre a internação, mas vamos lá


novamente aos detalhes!

Na internação será permitida a realização de atividades externas, a critério da


equipe técnica da entidade, salvo expressa determinação judicial em contrário. A
medida não comporta prazo determinado, devendo sua manutenção ser reavaliada,
mediante decisão fundamentada, no máximo a cada seis meses. E em nenhuma
hipótese o período máximo de internação excederá a três anos. Atingido o limite
estabelecido, o adolescente deverá ser liberado, colocado em regime de semi-
liberdade ou de liberdade assistida.

GAB.D

09. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, é proibida a venda à


criança e ao adolescente de:

1- armas.

2- revistas

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 203


3- bebidas alcoólicas.

4- produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda


que por utilização indevida.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.

b) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

c) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

d) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

e) São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.

Comentário do Renatão. Esse assunto é menos cobrado pois há possibilidade de


responder mesmo ser ter lido a lei, é só ir pelo politicamente correto.

Art.81. É proibida a venda à criança ou ao adolescente de:

I - armas, munições e explosivos;

II - bebidas alcoólicas;

III - produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda
que por utilização indevida;

IV - fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial
sejam incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida;

V - revistas e publicações a que alude gêneros pornográficos;

VI - bilhetes lotéricos e equivalentes.

Art. 82. É proibida a hospedagem de criança ou adolescente em hotel, motel, pensão


ou estabelecimento congênere, salvo se autorizado ou acompanhado pelos pais ou
responsável.

GAB.C

10. Assinale a alternativa correta de acordo com o Estatuto da Criança e do


Adolescente.

a) Na apuração de ato infracional atribuído a adolescente, a autoridade policial poderá


conceder a remissão ao menor infrator, caso o crime não tenha sido cometido
mediante violência ou grave ameaça.

b) A representação contra a criança ou o adolescente infrator depende de prova pré-


constituída da autoria e materialidade.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 204


c) A remissão, como forma de extinção ou suspensão do processo, poderá ser
aplicada em qualquer fase do procedimento, antes da sentença.

d) O prazo máximo e improrrogável para a conclusão do procedimento de apuração de


ato infracional será de quarenta e cinco dias.

e) Se o adolescente, devidamente notificado, não comparecer à audiência de


apresentação, a autoridade judiciária nomeará curador especial.

Comentário do Renatão. A medida aplicada por força da remissão poderá ser revista
judicialmente, a qualquer tempo, mediante pedido expresso do adolescente ou de seu
representante legal, ou do Ministério Público. Apenas foi usado sinônimos na resposta,
mas é a copia do art 128

GAB.C

11. Assinale a alternativa incorreta de acordo com o Estatuto da Criança e do


Adolescente.

a) A liberdade assistida será fixada pelo prazo mínimo de seis meses.

b) A família natural é aquela cujo vínculo é biológico.

c) A adoção no ordenamento jurídico brasileiro é irrevogável, rompendo-se todos os


vínculos com a família natural.

d) O Estatuto prevê expressamente que é dever de todos prevenir a ocorrência de


ameaça ou violação dos direitos da criança e do adolescente.

e) O princípio da garantia prioritária assegura a ideia de que a criança e o adolescente


têm prioridade de atendimento em todos os serviços prestados pelo Estado.

Comentário do Renatão. A adoção é medida excepcional e irrevogável, à qual se


deve recorrer apenas quando esgotados os recursos de manutenção da criança ou
adolescente na família natural ou extensa.

GAB.C

12. Qual o órgão responsável por conceder remissão?

a) Procuradoria-Geral de Justiça

b) Defensoria Pública

c) Ministério Público

d) Conselho Tutelar

e) Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 205


Comentário do Renatão. A medida aplicada por força da remissão poderá ser revista
judicialmente, a qualquer tempo, mediante pedido expresso do adolescente ou de seu
representante legal, ou do Ministério Público.

GAB.C

13. Qual o prazo mínimo em que deverá ser fixada a medida de liberdade assistida?

a) 10 dias

b) 30 dias

c) 45 dias

d) 90 dias

e) 6 meses

Comentário do Renatão. A Liberdade Assistida será adotada sempre que se afigurar


a medida mais adequada para o fim de acompanhar, auxiliar e orientar o adolescente.º
A autoridade designará pessoa capacitada para acompanhar o caso, a qual poderá ser
recomendada por entidade ou programa de atendimento. A liberdade assistida será
fixada pelo prazo mínimo de seis meses, podendo a qualquer tempo ser prorrogada,
revogada ou substituída por outra medida, ouvido o orientador, o Ministério Público e o
defensor.

GAB.E

14. Em relação ao Conselho Tutelar, assinale a alternativa correta.

a) Lei Federal disporá sobre o dia e horário de funcionamento do Conselho Tutelar.

b) A função de conselheiro tutelar não poderá ser remunerada.

c) Compete ao Conselho Tutelar decidir processos de adoção.

d) Os membros do Conselho Tutelar serão escolhidos pelo Ministério Público.

e) O Conselho Tutelar é um órgão não jurisdicional.

Comentário do Renatão. O Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não


jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da
criança e do adolescente. Em cada Município haverá, no mínimo, um Conselho Tutelar
composto de cinco membros, eleitos pelos cidadãos locais para mandato de QUATRO
anos, permitidas uma reeleição.

Para a candidatura a membro do Conselho Tutelar, serão exigidos os seguintes


requisitos:

I - reconhecida idoneidade moral;

II - idade superior a vinte e um anos;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 206


III - residir no município.

GAB.E

15. Assinale a alternativa correta de acordo com o Estatuto da Criança e do


Adolescente.

a) Compete apenas à família o dever de zelar pela dignidade da criança e do


adolescente.

b) A criança e o adolescente não poderão ser retirados do seio da sua família natural.

c) À criança e ao adolescente são assegurados todos os direitos inerentes à dignidade


da pessoa humana.

d) Os adolescentes poderão ter sua liberdade restringida por meio da medida


denominada toque de recolher.

e) O Estado tem o dever de assegurar o ensino gratuito aos adolescentes carentes


maiores de doze anos

Comentário do Renatão. Questão de fácil resolução, encontra-se no art 3, veja!


A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à
pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-
se-lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes
facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de
liberdade e de dignidade. Os direitos enunciados nesta Lei aplicam-se a todas as
crianças e adolescentes, sem discriminação de nascimento, situação familiar, idade,
sexo, raça, etnia ou cor, religião ou crença, deficiência, condição pessoal de
desenvolvimento e aprendizagem, condição econômica, ambiente social, região e local
de moradia ou outra condição que diferencie as pessoas, as famílias ou a comunidade
em que vivem.

GAB.C

16. Sobre a prática de ato infracional, prescreve o Estatuto da Criança e do


Adolescente:

1. São penalmente inimputáveis os menores de 18 anos.

2. Em razão de sua menoridade, o adolescente não tem direito à identifcação dos


responsáveis pela sua apreensão.

3. A internação, antes da sentença, pode ser determinada pelo prazo máximo de 60


dias.

4. Nenhum adolescente será privado de sua liberdade sem o devido processo legal.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 207


5. Ao ato infracional praticado por criança corresponderão as medidas
socioeducativas.

Assinale a alternativa que indica todas as afrmativas corretas .

a) São corretas apenas as afrmativas 1 e 4.

b) São corretas apenas as afrmativas 1 e 5.

c) São corretas apenas as afrmativas 1, 2 e 3.

d) São corretas apenas as afrmativas 2, 3 e 5.

e) São corretas apenas as afrmativas 3, 4 e 5.

Comentário do Renatão. Conforme já estudamos, os menores de 18 anos não


podem receber pena do código penal, porem estão sujeitos a medidas protetivas e
socioeducativas. Alternativa 1 correta. Já o processo legal faz parte de todos os atos
do direito brasileiro, item 4 correto também.

Gab-A

17-No que se refere às famílias substitutas previstas no Estatuto da Criança e do


Adolescente, assinale a alternativa correta .

a) O sistema contempla cinco tipos, ou seja: guarda, guarda compartilhada, tutela e


adoção simples e adoção plena.

b) A guarda, a tutela e a adoção são revogáveis, baseadas no princípio do melhor


interesse da criança e do adolescente.

c) Em razão do princípio da celeridade processual, tratando-se de maior de 12 anos de


idade, será dispensado o seu consentimento.

d) Na apreciação do pedido levar - se - á em conta o grau de parentesco e a relação


de afnidade ou de afetividade, a fim de evitar ou minorar as consequências
decorrentes da medida.

e) A colocação em família substituta admitirá transferência da criança ou do


adolescente a terceiros ou a entidades governamentais ou não - governamentais, sem
autorização judicial.

Comentário do Renatão. Todas a ações do ECA priorizam o melhor para a criança e


adolescente, sendo que a afetividade é um item elencado na lei.

GAB.D

18-Analise as seguintes afirmativas:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 208


1. A política de atendimento dos direitos da criança e do adolescente far- se- á através
de um conjunto articulado de ações governamentais e não-governamentais,
exclusivamente pelos estados e municípios.

2. As entidades que mantenham programa de acolhimento institucional poderão, em


caráter excepcional e de urgência, acolher crianças e adolescentes sem prévia
determinação da autoridade competente, fazendo comunicação do fato em até 24
horas ao Juiz da Infância e da Juventude, sob pena de responsabilidade.

3. O dirigente de entidade que desenvolve programa de acolhimento institucional é


equiparado ao guardião, para todos os efeitos de direito.

4. As entidades governamentais e não governamentais deverão proceder à inscrição


de seus programas de proteção e sócioeducativos destinados a crianças e
adolescentes, especifcando os regimes de atendimento, no Conselho Municipal dos
Direitos da Criança e do Adolescente, o qual manterá registro das inscrições e de suas
alterações, do que fará comunicação ao Conselho Tutelar e à autoridade judiciária.

5. A função de membro do conselho nacional e dos conselhos estaduais e municipais


dos direitos da criança e do adolescente é considerada de interesse público relevante
e será remunerada

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas .

a) São corretas apenas as afrmativas 1 e 5.

b) São corretas apenas as afrmativas 1, 2 e 3.

c) São corretas apenas as afrmativas 2, 3 e 4.

d) São corretas apenas as afrmativas 2, 3 e 5.

e) São corretas apenas as afrmativas 3, 4 e 5.

Comentário do Renatão.

01.erro está na palavra exclusivamente, pois exclui a união.

05.erro esta no será remunerada, é não remunerada

O acolhimento da crianças e adolescentes sem prévia determinação da autoridade


competente, fazendo comunicação do fato em até 24 horas ao Juiz da Infância e da
Juventude.

GAB.C

19-Concernente ao Estatuto da Criança e do Adolescente, analise as afirmativas


abaixo no que se refere à proteção judicial dos interesses individuais, difusos e
coletivos de crianças e adolescentes:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 209


1. O Ministério Público poderá instaurar, sob sua presidência, inquérito civil, ou
requisitar, de qualquer pessoa, organismo público ou particular, certidões,
informações, exames ou perícias, no prazo que especificar, o qual não poderá ser
inferior a 10 dias úteis.

2. Aplicam - se subsidiariamente, no que couber, as disposições da Lei da Ação Civil


Pública - Lei nº 7.347, de 24 de julho de 1985.

3. A investigação do desaparecimento de crianças ou adolescentes será realizada


imediatamente após notifcação aos órgãos competentes, que deverão comunicar o
fato aos portos, aeroportos, Polícia Rodoviária e companhias de transporte
interestaduais e internacionais, fornecendo - lhes todos os dados necessários à
identifcação do desaparecido.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas .

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.

b) Esta corretas apena a afirmativa 3

c) Esta corretas apena a afirmativa 2

d) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.

e) São corretas apenas as afirmativas 1,2 e 3.

Comentário do Renatão. Tratamos das politicas integradas para proteger a criança e


adolescente.

GAB.E

20.Assinale a alternativa correta, de acordo com o Estatuto da Criança e do


Adolescente .

a) O adolescente apreendido por força de ordem judicial será, desde logo, não será
encaminhado ao Ministério Público.

b) É direito da criança e do adolescente ser criado e educado no seio de sua família e,


excepcionalmente ou família substituta.

c) O prazo máximo para conclusão do procedimento de perda ou suspensão do poder


familiar será de 190 dias, contando - se o prazo a partir da citação pessoal do
requerido.

d) O requerido, no procedimento de perda ou suspensão do poder familiar, será citado


para, no prazo de 100 dias, oferecer resposta escrita, indicando as provas a serem
produzidas e oferecendo desde logo o rol de testemunhas e documentos.

e) O procedimento para a perda ou a suspensão do poder familiar terá início por


provocação da autoridade judiciária ou de quem tenha legítimo interesse ou por
qualquer pessoa que denuncie.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 210


Comentário do Renatão É direito da criança e do adolescente ser criado e educado
no seio de sua família e, excepcionalmente, em família substituta, assegurada a
convivência familiar e comunitária, em ambiente que garanta seu desenvolvimento
integral.

GAB.B

21-FEPESE 2018 O Estatuto da Criança e do Adolescente determina que as entidades que


desenvolvem programas de internação têm que cumprir uma série de obrigações.

Assinale a alternativa que apresenta a obrigação que deve ser cumprida de forma correta.

a) Oferecer atendimento coletivo, em grandes quantidades e grupos ampliados.

b) Não restringir nenhum direito que não tenha sido objeto de restrição na decisão de
internação.

c) Comunicar à autoridade judiciária, periodicamente e exclusivamente, os casos em que se


mostre viável o reatamento dos vínculos familiares.

d) Oferecer apenas instalações físicas em condições adequadas de habitabilidade, higiene e


segurança pessoal.

e) Manter arquivo de anotações onde constem somente a data e circunstâncias do


atendimento, nome do adolescente, seus pais ou responsável.

COMENTÁRIO: Lei nº: 8.069/1990 – Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) O Estatuto da


Criança e do Adolescente (ECA) é a legislação que explicita a implementação da proteção
integral constitucionalmente estabelecida no artigo 227. Assim, estabelece medidas concretas
para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

GAB-B

22-FEPESE 2018 Consta no artigo 18 do Estatuto da Criança e do Adolescente que a criança e o


adolescente têm o direito de ser educados e cuidados sem o uso de castigo físico ou de
tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer
outro pretexto, pelos:

a) SQUARE pais e professores.

b) SQUARE pais, professores e familiares.

c) SQUARE agentes públicos executores de medidas socioeducativas.

d) SQUARE integrantes da família ampliada, ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar


deles, tratá-los, educá-los ou protegê-los.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 211


e) Check-square pais, integrantes da família ampliada, responsáveis, agentes públicos
executores de medidas socioeducativas ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar deles,
tratá-los, educá-los ou protegê-los.

COMENTÁIO: Art. 18-A. A criança e o adolescente têm o direito de ser educados e cuidados
sem o uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção,
disciplina, educação ou qualquer outro pretexto, pelos pais, pelos integrantes da família
ampliada, pelos responsáveis, pelos agentes públicos executores de medidas socioeducativas
ou por qualquer pessoa encarregada de cuidar deles, tratá-los, educá-los ou protegê-los.
(Incluído pela Lei nº 13.010, de 2014)

GAB-E

23-FEPESE 2013 Em relação ao instituto da guarda, assinale a alternativa correta.

a) A guarda não poderá ser oposta contra os pais naturais.

b) A guarda destina-se a regularizar a posse de fato.

c) Uma vez concedida, a guarda não poderá ser revogada.

d) A guarda somente será deferida após a conclusão do processo de adoção.

e) A guarda não assegura à criança ou ao adolescente a condição de dependente


previdenciários.

COMENTÁRIO: ECA - Art.33: § 1º A guarda destina-se a regularizar a posse de fato, podendo


ser deferida, liminar ou incidentalmente, nos procedimentos de tutela e adoção, exceto no de
adoção por estrangeiros.

GAB-B

24-FEPESE 2013 Em relação à medida socioeducativa da internação, assinale a alternativa


correta.

a) A liberação será compulsória aos dezoito anos de idade

b) A medida será fixada pelo prazo de seis meses, prorrogáveis.

c) O regime comporta a prestação de trabalho forçado.

d) O período máximo de internação não excederá a três anos.

e) A desinternação será determinada pelo Conselho Tutelar.

COMENTÁRIO: ECA, Art. 121, § 3º Em nenhuma hipótese o período máximo de internação


excederá a três anos.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 212


GAB-D

25-FEPESE 2013 De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, é proibida a venda à


criança e ao adolescente de: 1- armas.

2- revistas

3- bebidas alcoólicas.

4- produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que por
utilização indevida.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

a) São corretas apenas as afirmativas 1 e 4.

b) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.

c) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.

d) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.

e) São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.

COMENTÁRIO: Art. 81. É proibida a venda à criança ou ao adolescente de:

I - armas, munições e explosivos;

II - bebidas alcoólicas;

III - produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que por
utilização indevida;

IV - fogos de estampido e de artifício, exceto aqueles que pelo seu reduzido potencial sejam
incapazes de provocar qualquer dano físico em caso de utilização indevida;

V - revistas e publicações a que alude o art. 78 ( Art. 78. As revistas e publicações contendo
material impróprio ou inadequado a crianças e adolescentes deverão ser comercializadas em
embalagem lacrada, com a advertência de seu conteúdo);

VI - bilhetes lotéricos e equivalentes.

GAB-C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 213


Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/03)
1-. NÃO incorre nas mesmas penas cominadas para o delito de posse ou porte ilegal de arma
de fogo de uso restrito quem

a) vender, entregar ou fornecer, ainda que gratuitamente, arma de fogo, acessório, munição
ou explosivo a criança ou adolescente.

b) suprimir ou alterar marca, numeração ou qualquer sinal de identificação de arma de fogo ou


artefato.

c) possuir, detiver, fabricar ou empregar artefato explosivo ou incendiário, sem autorização ou


em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

d) deixar de observar as cautelas necessárias para impedir que menor de 18 (dezoito) anos ou
pessoa portadora de deficiência mental se apodere de arma de fogo que esteja sob sua posse
ou que seja de sua propriedade.

e) produzir, recarregar ou reciclar, sem autorização legal, ou adulterar, de qualquer forma,


munição ou e plosivo.

COMENTÁRIO: Art. 16. Possuir, deter, portar, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito,
transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob sua
guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição de uso proibido ou restrito, sem
autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar. Pena – reclusão, de 3
(três) a 6 (seis) anos, e multa.

GAB- D

2. Considerando a jurisprudência dos tribunais superiores acerca dos delitos previstos na Lei
n.º 10.826/2003 e na Lei n.º 11.340/2006, assinale a opção correta.

a) De acordo com a jurisprudência do STJ, o porte de arma de fogo é crime de perigo abstrato,
razão pela qual o porte de arma desmuniciada representa conduta típica.

b) O delito de disparo de arma de fogo estará configurado mesmo que seja praticado em local
isolado, desabitado e afastado de vias públicas.

c) Sobre o delito de tráfico internacional de arma de fogo incidirá causa de aumento de pena
se a arma de fogo, acessório ou munição forem de uso restrito, não havendo previsão legal
expressa de aplicação dessa majorante para o crime de comércio ilegal de arma de fogo.

d) O delito de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito é insuscetível de liberdade
provisória.

e) É possível a aplicação de penas de prestação pecuniária nos delitos de violência doméstica e


familiar contra a mulher.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 214


COMENTÁRIO: De acordo com a jurisprudência do STJ, o porte de arma de fogo é crime de
perigo abstrato, razão pela qual o porte de arma desmuniciada representa conduta típica.

GAB-A

3- Assinale a opção correta tendo como referência o Estatuto do Desarmamento.

a) Um fazendeiro poderá pleitear à autoridade policial federal a aquisição e registro de arma


de fogo, desde que preencha determinados requisitos legais, como contar com mais de vinte e
um anos de idade, incorrendo na posse irregular de arma de fogo o fazendeiro que, não
cumprindo esses requisitos, adquirir arma de fogo e mantê-la em sua propriedade rural.

b) Modificar as características de uma arma de fogo, de forma a torná-la equivalente a arma


de fogo de uso restrito, constitui, por equiparação, crime de comércio irregular de arma de
fogo.

c) O proprietário de arma de fogo legalmente registrada em seu nome deverá, no prazo de


vinte e quatro horas depois de ocorrido o fato, registrar ocorrência policial e comunicar à
Polícia Federal a sua perda, sob pena de responder por crime de omissão de cautela, previsto
na Lei n.º 10.826/2003.

d) Aquele que exerce a função de frentista em posto de combustíveis durante o período


noturno e possui certificado de registro de arma de fogo da qual é o legítimo proprietário
pode, sem incorrer em crime, mantê-la em seu local de trabalho, para defesa pessoal.

e) São vedadas a fabricação, a venda, a comercialização de réplicas e simulacros de armas de


fogo que com estas se possam confundir, salvo as réplicas e simulacros destinados à instrução,
ao adestramento, ou à coleção de usuário autorizado, nas condições fixadas pelo Comando do
Exército, e os brinquedos. Aquele que, sem autorização legal, proceder à fabricação de
simulacro de arma de fogo, que com esta possa se confundir, responde pelo crime de
comércio ilegal de arma de fogo.

COMENTÁRIO: Decreto 5.123 : Art. 17. O proprietário de arma de fogo é obrigado a comunicar,
imediatamente, à unidade policial local, o extravio, furto ou roubo de arma de fogo ou do
Certificado de Registro de Arma de Fogo, bem como a sua recuperação. § 1o A unidade policial
deverá, em quarenta e oito horas, remeter as informações coletadas à Polícia Federal, para
fins de cadastro no SINARM.

GAB-C

4. Com relação ao Estatuto do Desarmamento, é correto afirmar que:

a) constitui crime a utilização de arma de brinquedo ou simulacro de arma capaz de atemorizar


outrem.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 215


b) para a tipificação do crime de disparo de arma de fogo é necessário provar que determinada
pessoa tenha sido exposta a risco.

c) não poderá ser concedida liberdade provisória ao crime de comércio ilegal de arma de fogo.

d) para a tipificação do crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido não é
necessário que o armamento esteja municiado

e) o crime de tráfico internacional de arma de fogo não admite liberdade provisória.

COMENTÁRIO: Não é crime portar Peças da Arma, Exceto, acessórios munições, silenciador e
outros. A arma precisa está completa. Entra no Art.17 CP. Crime impossível.

GAB-D

5- Assinale a alternativa correta de acordo com a Lei no 10.826/03, que trata do Estatuto do
Desarmamento.

a) Aos integrantes das guardas municipais dos Municípios é vedado o porte de arma de fogo.

b) O caçador para subsistência que der outro uso à sua arma de fogo, independentemente de
outras tipificações penais, responderá, conforme o caso, por porte ilegal ou por disparo de
arma de fogo de uso permitido.

c) A fabricação, a venda, a comercialização e a importação de brinquedos, réplicas e simulacros


de armas de fogo deverão ser autorizadas pelo Comando do Exército.

d) As armas de fogo de uso restrito serão registradas na Polícia Federal.

e) É permitido o porte de arma de fogo em todo o território nacional para uso exclusivo de
servidores públicos que efetivamente estejam no exercício de funções de segurança.

COMENTÁRIO: Disparo de arma de fogo: Art. 15. Disparar arma de fogo ou acionar munição
em lugar habitado ou em suas adjacências, em via pública ou em direção a ela, desde que essa
conduta não tenha como finalidade a prática de outro crime: Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4
(quatro) anos, e multa. Parágrafo único. O crime previsto neste artigo é inafiançável. (Vide
Adin 3.112-1)

GAB-B

6. Quanto ao crime de porte ilegal de arma de fogo, é correto afirmar:

I. É crime de perigo concreto.

II. É imprescindível a demonstração de efetivo caráter ofensivo.

III. Tem como objetivo proteger a incolumidade pessoal.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 216


IV. É um tipo penal preventivo, que busca minimizar o risco de comportamentos que vêm
produzindo efeitos danosos à sociedade.

Indique a opção que contempla a(s) assertiva(s) correta(s).

a) I, II, III e IV.

b) I, II e III, apenas.

c) II, III e IV, apenas.

d) I, apenas.

e) IV, apenas.

COMENTÁRIO: Item I- (FALSO): Crime de perigo abstrato: descrevem apenas um


comportamento, uma conduta, sem apontar um resultado específico como elemento expresso
do injusto.

Item II- (FALSO): Não é obrigatório ou necessário a demonstração de efetivo caráter ofensivo.

Item III- (FALSO): objetivo proteger a incolumidade pública, E NÃO PESSOAL.

Item IV- (VERDADEIRO) : GABARITO, LETRA E

GAB-E

7. Considere as assertivas abaixo sobre os crimes definidos na Lei no 10.826/2003 (Estatuto do


Desarmamento).

I - O Estatuto do Desarmamento faz distinção entre portar e possuir ilegalmente arma de fogo
de uso permitido, sendo que o primeiro possui pena mais severa.

II - O crime de posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito é classificado como de
perigo abstrato.

III - O Estatuto do Desarmamento descriminalizou temporariamente a posse e o porte


irregulares de arma de fogo.

Quais são corretas?

a) Apenas I

b) Apenas II

c) Apenas III

d) Apenas I e II

e) I, II e III

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 217


COMENTÁRIO: No Brasil, o Estatuto do Desarmamento é uma lei federal que entrou em vigor
no dia seguinte à sanção do então presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 23 de dezembro
de 2003. Trata-se da Lei 10826 de 23 de dezembro de 2003, regulamentada pelo decreto 5123
de 1º de julho de 2004 e publicada no Diário Oficial da União no dia seguinte, que "dispõe
sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição

GAB-D

8. ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA:

a) no tráfico internacional de arma de fogo, a pena é aumentada da metade apenas se a arma


é de uso exclusivo das Forças Armadas, de instituições de segurança pública e de pessoas
fisicas e juridicas habilitadas, devidamente autorizadas pelo Comando do Exórcito,de acordo
com legislação especifica;

b) no tráfico internacional de arma de fogo a pena é aumentada da metade apenas se a arma é


de uso proibido;

c) a importação de arma de fogo de uso permitido, sem autorização da autoridade


competente, configura crime de contrabando:

d) o tráfico intemacional de arma de fogo inclui como objeto material estojos, espoletas,
pólvora e projéteis.

COMENTÁRIO: No Brasil, não há regulamentação do Tráfico de Armas de Fogo pelo Código


Penal Brasileiro, mas a Lei 10.826/03, em seus Artigos 18º a 21º, é conhecida popularmente
como Estatuto do Desarmamento.

GAB-D

9. Proprietário de empresa de segurança deixa de comunicar furto de munição de seu


estabelecimento à Polícia Federal. Na hipótese:

a) comete o crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido, na forma comissivo-
omissiva.

b) não comete o crime de omissão de cautela, uma vez que o bem furtado não é arma de fogo.

c) comete o crime de tráfico culposo de arma de fogo.

d) comete o crime de comércio ilegal culposo de arma de fogo.

e) comete o crime de omissão de cautela.

COMENTÁRIO: Omissão de cautela: Art. 13. Deixar de observar as cautelas necessárias para
impedir que menor de 18 (dezoito) anos ou pessoa portadora de deficiência mental se

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 218


apodere de arma de fogo que esteja sob sua posse ou que seja de sua propriedade:Pena –
detenção, de 1 (um) a 2 (dois) anos, e multa.

GAB- E

10. Com relação aos delitos previstos na Lei no 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento),
considere as assertivas abaixo.

I - São vedadas a fabricação, a venda, a comercialização e a importação de brinquedos, réplicas


e simulacros de armas de fogo que com estas se possam confundir, sem qualquer exceção.

II - O Superior Tribunal de Justiça (STJ) possui orientação no sentido de que os crimes de


receptação e porte ilegal de arma de fogo são autônomos e possuem momentos consumativos
diversos, não havendo que falar, portanto, em consunção.

III - A orientação jurisprudencial do Supremo Tribunal Federal (STF) e do STJ é no sentido de


que constitui fato típico o porte de arma em desacordo com determinação legal, desde que
devidamente municiada a arma ou presente a posse de munição.

Quais são corretas?

a) Apenas I

b) Apenas II

c) Apenas III

d) Apenas I e II

e) I, II e III

COMENTÁRIO: Fiquemos atentos aos termos. Sem qualquer exceção, previsto no item I.

GAB-B

11. Considere a seguinte situação hipotética.

Um homem, maior e capaz, com vontade livre e consciente de deflagrar projéteis, disparou a
arma de fogo de seu irmão na via pública. Ato contínuo, tal homem foi preso em flagrante por
policiais militares que passavam pelo local. No processo penal instaurado, ficou comprovado
que as condutas dele ocorreram no mesmo contexto fático, uma vez que ele saiu da residência
do seu irmão, portando a arma em sua cintura e, minutos após, efetuou o disparo. A arma
estava guardada na referida residência, que fica localizada próximo ao local do disparo.
Também ficou comprovado que a arma de fogo é de uso permitido, estava devidamente
registrada e o irmão possuía autorização para portá-la. Por fim, restou provado, ainda, que o
atirador não tinha autorização para o porte de arma de fogo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 219


Considerando o entendimento de Fernando Capez na obra Curso de Direito penal: legislação
especial. Vol. 4, acerca do "Estatuto do Desarmamento", é correto afirmar que o atirador deve
responder

a) somente pelo crime previsto no art. 12 (posse irregular de arma de fogo de uso permitido)
da Lei n° 10.826/ 2003.

b) somente pelo crime previsto no art. 14 (porte ilegal de arma de fogo de uso permitido) da
Lei n° 10.826/ 2003.

c) somente pelo crime previsto no art. 15 (disparo de arma de fogo) da Lei n° 10.826/ 2003.

d) pelos crimes previstos nos art. 12 (posse irregular de arma de fogo de uso permitido) e art.
15 (disparo de arma de fogo) da Lei n° 10.826/2003 em concurso mate-rial .

e) pelos crimes previstos nos art. 14 (porte ilegal de arma de fogo de uso permitido) e art. 15
(disparo de arma de fogo) da Lei n° 10.826/2003 em concurso formal.

COMENTÁRIO: Se o crime de porte e disparo ocorrer no mesmo contexto fático, haverá a


consunção. Por isso a questão enfatizou tanto essa questão do momento, ".. e, minutos após,
efetuou o disparo". Caso uma pessoa ande perambulando a noite toda com a arma e só depois
de muitas horas efetue os disparos, haverá notadamente o concurso de crimes, não havendo
em que se falar de Consunção.

GAB- C

12. Considerando o Estatuto do Desarmamento, a lei que trata dos crimes contra o meio
ambiente, a que dispõe sobre os crimes hediondos e o entendimento dos tribunais superiores
acerca dos institutos de direito penal, assinale a opção correta.

a) O cidadão que possui, em sua residência, para defesa pessoal e de seus familiares, revólver
de calibre 38 com numeração raspada e sem registro pratica o crime de posse ilegal de arma
de fogo de uso permitido.

b) O agente de segurança cuja arma seja furtada dentro do banco privado onde trabalhe e que
não registre ocorrência policial no prazo de vinte quatro horas estará incurso no crime de
omissão de cautela, previsto na Lei n. º 10.826/2003.

c) Superado o prazo da suspensão condicional do processo por crime contra o meio ambiente
e comprovado, pelo laudo de constatação de reparação do dano ambiental, não ter sido
completa a reparação, o benefício da suspensão condicional do processo será revogado.

d) A lei posterior que, de qualquer modo, favoreça o agente aplica-se aos fatos anteriores,
ainda que decididos por sentença condenatória transitada em julgado. Por essa razão, o
agente condenado por crime hediondo em 1998, que não teria direito a progredir de regime
por vedação expressa da lei, faria jus à progressão de regime caso tal vedação fosse declarada

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 220


inconstitucional pelo STF e adviesse lei prevendo progressão de regimes para os crimes
hediondos, desde que o agente fosse réu primário e tivesse cumprido dois quintos da pena.

e) Suponha que João seja preso por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e que, no
relatório apresentado pelo delegado de polícia, conste a informação de João ter sido, ao
tempo do crime, empregado de empresa de segurança privada e de transporte de valores.
Nessa situação, a pena imposta a João deverá ser aumentada da metade.

COMENTÁRIO: Art. 13 - Parágrafo único. Nas mesmas penas incorrem o proprietário ou diretor
responsável de empresa de segurança e transporte de valores que deixarem de registrar
ocorrência policial e de comunicar à Polícia Federal perda, furto, roubo ou outras formas de
extravio de arma de fogo, acessório ou munição que estejam sob sua guarda, nas primeiras 24
(vinte quatro) horas depois de ocorrido o fato.

GAB-E

13. Com relação às regras previstas na Lei nº 10.826/2003, conhecida como Lei de Arrmas, é
correto afirmar que:

a) o porte ilegal de arma de fogo de uso permitido deixou de ser considerado crime, tratando-
se de infração administrativa.

b) a posse irregular de arma de fogo é crime inafiançável.

c) a supressão de sinal de identificação da arma de fogo é infração administrativa punida com


multa.

d) o disparo de arma de fogo deixou de ser considerado crime, tratando-se de contravenção


penal

e) há causa de aumento de pena para os crimes de posse ou porte ilegal de arma de fogo de
uso restrito praticados por policiais civis ou militares

COMENTÁRIO: Art. 20. Nos crimes previstos nos arts. 14, 15, 16, 17 e 18, a pena é aumentada
da metade se forem praticados por integrante dos órgãos e empresas referidas nos arts. 6o, 7o
e 8o desta Lei. Pra facilitar, é só pensar em um POLICIAL (civil ou militar) , que esteja envolvido
em tráfico internacional de armas de fogo de uso restrito. Mesmo ele tendo o porte para usar
tais armas, ele estará cometendo um crime com causa de aumento de pena.

GAB- E

14- Em relação aos crimes previstos no Estatuto do Desarmamento (Lei n° 10.826/2003), é


INCORRETO afirmar que será

a) punido o comércio ilegal de arma de fogo, acessório ou munição.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 221


b) punida a omissão de cautela.

c) punida a posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

d) punida a posse ou porte legal de arma de fogo de uso restrito.

e) punido o porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

COMENTÁRIO: Art. 11. Arma de fogo de uso restrito é aquela de uso exclusivo das Forças
Armadas, de instituições de segurança pública e de pessoas físicas e jurídicas habilitadas,
devidamente autorizadas pelo Comando do Exército, de acordo com legislação específica.

GAB-D

15. Analise as seguintes assertivas sobre a Lei nº 10.826/03, que dispõe sobre as armas de
fogo, e identifique a alternativa correta.

a) O crime de possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso
permitido, em desacordo com determinação legal ou regulamentai', no interior de sua
residência ou dependência desta, ou, ainda no seu local de trabalho, desde que seja o titular
ou o responsável legal do estabelecimento ou empresa, admite a forma culposa.

b) O objeto jurídico do crime de omissão de cautela, tipificado no art. 13 da Lei nº 10.826/03,


é, em primeiro lugar, a integridade física de menor, de deficiente físico ou mesmo de terceiro
e, em segundo plano, a segurança pública. Quanto à classificação, trata-se de delito omissivo e
formal.

c) O ato de suprimir ou alterar marca, numeração ou qualquer sinal de identificação de arma


de fogo recebe o mesmo tratamento, quanto à pena, da posse ou porte ilegal de arma de fogo
de uso restrito.

d) O art. 14 da Lei nº 10.826/03, que tipifica o porte ilegal de arma de fogo de uso permitido
não é norma penal em branco.

e) A conduta de disparar arma de fogo em via pública ou em direção a ela, com a finalidade de
ferir ou mutilar animal silvestre que ah se encontre, é típica de disparo de arma de fogo,
prevista no art. 15 da Lei nº 10.826/03.

COMENTÁRIO: Art. 16. Possuir, deter, portar, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito,
transportar, ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob sua
guarda ou ocultar arma de fogo, acessório ou munição de uso proibido ou restrito, sem
autorização e em desacordo com determinação legal ou regulamentar: Pena – reclusão, de 3
(três) a 6 (seis) anos, e multa. Parágrafo único. Nas mesmas penas incorre quem:

I – suprimir ou alterar marca, numeração ou qualquer sinal de identificação de arma de fogo


ou artefato.

Gab- C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 222


16. Acerca das disposições da Lei n.º 10.826/2003, que trata do registro, da posse, da
comercialização de armas e do sistema nacional de Armas, assinale a opção correta.

a) Constitui conduta criminosa tanto a posse quanto o porte irregular de arma de fogo.

b) Em regra, é livre a comercialização de arma de fogo e munição em todo o território


nacional.

c) Não é obrigatório o registro de arma de fogo no órgão competente.

d) Todos os guardas municipais estão proibidos de portar arma de fogo.

COMENTÁRIO: Art. 12. Possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição,
de uso permitido, em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no interior de sua
residência ou dependência desta, ou, ainda no seu local de trabalho, desde que seja o titular
ou o responsável legal do estabelecimento ou empresa: Porte ilegal de arma de fogo de uso
permitido. Art. 14. Portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar,
ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob guarda ou ocultar
arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, sem autorização e em desacordo com
determinação legal ou regulamentar:

GAB-A

17. É certo afirmar:

I. Os crimes contra a ordem econômica por apresentarem pena de multa alternativa, são
considerados de pequeno potencial lesivo.

II. O disparo de arma de fogo em lugar habitado ou em suas adjacências, em via pública ou em
direção a ela, constitui-se em contravenção penal.

III. Por se tratar o crime contra a ordem tributária de crime de conduta múltipla ou de
conteúdo variado, ainda que o agente pratique várias condutas delitivas, haverá um único
crime, e não multiplicidade de crimes.

IV. Tratando-se de menores, os crimes cometidos contra a criança e o adolescente previstos no


seu Estatuto (ECA), são de ação pública condicionada à representação.

Analisando as proposições, pode-se afirmar:

a) Somente as proposições I e IV estão corretas.

b) Somente as proposições II e IV estão corretas.

c) Somente as proposições I e III estão corretas.

d) Somente as proposições II e III estão corretas.

GAB-C

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 223


18 . Com relação ao Estatuto do Desarmamento, Lei n.º 10.826/2003, assinale a opção correta.

a) O agente que perambula de madrugada pelas ruas com uma arma de fogo de uso permitido,
sem autorização para portá-la, comete infração penal, independentemente de se comprovar
que uma pessoa determinada ficou exposta a uma situação de perigo.

b) Na hipótese de porte de arma absolutamente inapta a efetuar disparos, o fato é


considerado típico, porque se presume o risco em prol da coletividade, apesar de não haver
exposição de alguém a uma situação concreta de perigo.

c) O crime de deixar de observar as cautelas necessárias para impedir que menor se apodere
de arma de fogo que esteja sob sua posse admite tentativa.

d) O porte ilegal de arma de fogo de uso permitido é inafiançável e hediondo, sendo


irrelevante o fato de a arma de fogo estar registrada em nome do agente.

e) No crime de comércio ilegal de arma de fogo, a pena é aumentada se a arma de fogo,


acessório ou munição for de uso permitido.

COMENTÁRIO: Art. 14. Portar, deter, adquirir, fornecer, receber, ter em depósito, transportar,
ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregar, manter sob guarda ou ocultar
arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, sem autorização e em desacordo com
determinação legal ou regulamenta: Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.Ou
seja, a lei não prevê excessão. O fato de portar e transportar, como diz na questão, é o
suficiente para configurar o crime, independente da hora e da circunstância.

GAB-A

19. Sobre as leis que regulam as armas de fogo no Brasil, é CORRETO afirmar:]

a) Aquele que deixa de observar as cautelas necessárias e permite que menor de 18 (dezoito)
anos se apodere de arma de fogo de sua posse ou propriedade não pode ser punido, eis que os
crimes previstos no Estatuto do Desarmamento só admitem o dolo como elemento subjetivo
do tipo.

b) O agente que mantém em sua residência arma de fogo de uso permitido, sem o devido
registro em seu nome, incorre no delito de porte ilegal de arma, previsto no art. 14 da Lei n.
10.826, de 22 dezembro de 2003..

c) A fim de verificar a classificação e a definição de armas de fogo, deve-se consultar a parte


final do Estatuto do Desarmamento, eis que, em suas Disposições Gerais, consta o rol de
armamentos restritos, permitidos e proibidos.

d) A lei expressamente consagra a proibição de porte de arma de fogo em todo o território


nacional, ressalvadas algumas hipóteses específicas, como os integrantes das Forças Armadas

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 224


e as empresas de segurança privada e de transporte de valores, os quais poderão portar armas
de fogo, desde que obedecidos os requisitos legais e regulamentares.

Comentário: A MARINHA do Brasil publicou nova portaria com o objetivo de alterações nos
procedimentos com o propósito de dinamizar a concessão do Porte de Arma de Fogo
Particular. A nova PORTARIA é a de nº 69, de 10 de maio de 2018/DGMM.

GAB-D

20. No que concerne às leis penais especiais, assinale a opção correta

a) Na hipótese de ação praticada por organização criminosa, o acusado envolvido na ação será
apenas civilmente identificado e não deve ser submetido a identificação criminal, de acordo
com direito garantido em regra geral da Constituição Federal.

b) Nos crimes contra as relações de consumo, previstos na Lei n.º 8.137/1990, não se admite a
modalidade culposa.

c) Segundo entendimento do STF, é inconstitucional a vedação de fiança, legalmente prevista,


nos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

d) Nos crimes contra a economia popular, a lei não admite a concessão de suspensão da pena
quando o crime for cometido por funcionário público no exercício de suas funções.

COMENTÁRIO: segundo à nova lei de organizações criminosas (Lei nº 12850/2013) na qual não
se exige mais a identificação criminal obrigatória para os seus integrantes.

GAB-A

21-FEPESE 2013 Assinale a alternativa correta de acordo com a Lei no 10.826/03,


que trata do Estatuto do Desarmamento.

a) Aos integrantes das guardas municipais dos Municípios é vedado o porte de arma
de fogo.
b) O caçador para subsistência que der outro uso à sua arma de fogo,
independentemente de outras tipificações penais, responderá, conforme o caso, por
porte ilegal ou por disparo de arma de fogo de uso permitido.
c) A fabricação, a venda, a comercialização e a importação de brinquedos, réplicas e
simulacros de armas de fogo deverão ser autorizadas pelo Comando do Exército.
d) As armas de fogo de uso restrito serão registradas na Polícia Federal.
e) É permitido o porte de arma de fogo em todo o território nacional para uso exclusivo
de servidores públicos que efetivamente estejam no exercício de funções de
segurança.

COMENTÁRIO: Art. 15 - Disparo de arma de fogo. Disparar arma de fogo ou acionar


munição em lugar habitado ou em suas adjacências, em via pública ou em direção a
ela, desde que essa conduta não tenha como finalidade a prática de outro crime:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 225


Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa.

Parágrafo único. O crime previsto neste artigo é inafiançável.


GAB-

22-NUCEPE 2018 Marque a alternativa CORRETA, tendo como base o Estatuto do


Desarmamento:

a) É possível a comercialização de armas de fogo, acessórios e munições entre


pessoas físicas, desde que o comerciante fique de posse da nota fiscal, com nome
completo e endereço do adquirente.
b) É proibido o porte de arma de fogo em todo o território nacional para os integrantes
das Carreiras de Auditoria da Receita Federal do Brasil e de Auditoria-Fiscal do
Trabalho, cargos de Auditor-Fiscal e Analista Tributário.
c) Compete à Polícia Federal, juntamente como o Ministério da Justiça cadastrar as
armas de fogo produzidas, importadas e vendidas no País.
d) A autorização para o porte de arma de fogo das guardas municipais está
condicionada à formação funcional de seus integrantes em estabelecimentos de
ensino de atividade policial e à existência de mecanismos de fiscalização e de controle
interno, nas condições estabelecidas pelo Estatuto do Desarmamento, observada a
supervisão do Comando do Exército e da Polícia Federal.
e) O certificado de Registro de Arma de Fogo, com validade em todo o território
nacional, autoriza o seu proprietário a manter a arma de fogo exclusivamente no
interior de sua residência ou domicílio, ou dependência desses, ou, ainda, no seu local
de trabalho, desde que seja ele o titular ou o responsável legal pelo estabelecimento
ou empresa.

COMENTÁRIO: a alternativa "D" está errada porque, em sua parte final, ela
menciona que o porte de arma para Guardas Municipais depende da
supervisão do Comando do Exército e da Policia Federal, porém o parágrafo 3º
do Estatuto do Desarmamento menciona que essa supervisão será feita pelo
Ministério da Justiça.
GAB-E

23-VUNESP 2018 Assinale a alternativa que possui um crime da Lei nº 10.826/03


(Estatuto do Desarmamento) apenado com detenção.

a) Porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.


b) Disparo de arma de fogo.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 226


c) Posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.
d) Comércio ilegal de arma de fogo.
e) Posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

COMENTÁRIO: Só tem 2 crimes com PENA de DETENÇÃO no ESTATUTO do


DESARMAMENTO;

- Posse irregular de arma de fogo de uso permitido

- Omissão de cautela
GAB - E

24-IBFC 2018 O Estatuto do Desarmamento ( Lei nº 10.826 de 2003) veda a


concessão do porte de arma para os integrantes:

a) da Polícia Ferroviária Federal


b) da carreira de Auditória da Receita Federal do Brasil
c) das Guardas Municipais de cidades com mias de 500.000 (quinhentos mil)
habitantes
d) das Guardas Municipais das cidades com mais de 20.000 (vinte mil) e
menos de 40.000 (quarenta mil) habitantes, quando em serviço

COMENTÁRIO: CAPÍTULO III

DO PORTE

Art. 6o É proibido o porte de arma de fogo em todo o território nacional, salvo


para os casos previstos em legislação própria e para:

II - os integrantes de órgãos referidos nos incisos I,II,III,IV e V do caput do


art.144 da Constituição Federal e os da Força Nacional de Segurança Pública
(FNSP);

X - integrantes das Carreiras de Auditoria da Receita Federal do Brasil e de


Auditoria-Fiscal do Trabalho, cargos de Auditor-Fiscal e Analista Tributário.

IV - os integrantes das guardas municipais dos Municípios com mais de 50.000


(cinqüenta mil) e menos de 500.000 (quinhentos mil) habitantes, quando em
serviço;
GAB-E

25-IBFC 2018 Configura crime previsto no Estatuto do Desarmamento ( Lei nº


10.826 de 2003) punido com pena de reclusão de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e
multa:

a) empregar artefato incendiário em desacordo com a orientação de


regulamento ou sem a autorização de quem de direito
b) favorecer a saída do território nacional de munição, arma de fogo ou
acessório, sem autorização da autoridade competente

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 227


c) omitir-se em relação aos cuidados necessários para evitar que a para evitar
que pessoas com perturbação da saúde mental se apodere de arma de fogo
que seja de sua propriedade
d) fornecer, ainda que gratuitamente, munição, arma de fogo ou explosivo a
pessoa idosa ou desprovida de discernimento mediando

COMENTÁRIO: LEI Nº 10.826 Estatuto do Desarmamento

A) Art. 16.

Pena – reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa.

III – possuir, detiver, fabricar ou empregar artefato explosivo ou incendiário,


sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar;

B)Art. 18. Importar, exportar, favorecer a entrada ou saída do território nacional,


a qualquer título, de arma de fogo, acessório ou munição, sem autorização da
autoridade competente:

Pena – reclusão de 4 (quatro) a 8 (oito) anos, e multa.

C) Art. 13. Deixar de observar as cautelas necessárias para impedir que menor
de 18 (dezoito) anos ou pessoa portadora de deficiência mental se apodere de
arma de fogo que esteja sob sua posse ou que seja de sua propriedade:

Pena – detenção, de 1 (um) a 2 (dois) anos, e multa.

D) Art. 16.

Pena – reclusão, de 3 (três) a 6 (seis) anos, e multa.

V – vender, entregar ou fornecer, ainda que gratuitamente, arma de fogo,


acessório, munição ou explosivo a criança ou adolescente; e
GAB- B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 228


Lei MARIA DA PENHA Nº 11.340/2006

1-Com relação aos instrumentos previstos na Lei Maria da Penha, assinale a opção correta.

a)A violência patrimonial contra a mulher se restringe à destruição total de seus documentos
pessoais e dos bens e recursos econômicos destinados a satisfazer as suas necessidades.

b)Alguém da convivência da mulher que lhe cause dano moral ou patrimonial não comete
crime, porque essas atitudes, à luz da lei, não são consideradas violência doméstica ou
familiar.

c)A violência doméstica e familiar contra a mulher constitui uma forma de violação de direitos
humanos.

d)Para fins legais, a comprovação da relação íntima de afeto entre o agressor e a ofendida
depende de coabitação.

e)A legislação especial, ao se referir à violência moral, não inclui condutas que configurem a
calúnia, a difamação ou a injúria.

COMENTARIO: ALTERNATIVA: C

Art. 6o A violência doméstica e familiar contra a mulher constitui uma das formas de violação
dos direitos humanos.

GAB-C

2-Acerca da Lei nº 11.340/2006, é correto afirmar:

a) A violência doméstica e familiar contra a mulher não constituiuma violação dos direitos
humanos, salvo nos casos de morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico.

b) No atendimento à mulher em situação de violência doméstica e familiar, a autoridade


policial não deverá encaminhar a ofendida ao hospital ou posto de saúde, e sim, ao Instituto
Médico Legal, cabendo ao médico legista prestar o primeiro atendimento.

c) O poder público desenvolverá políticas que visem garantir os direitos humanos das mulheres
no âmbito das relações domésticas e familiares no sentido de assegurá-las de toda forma de
negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

d) Serão asseguradas às mulheres as condições para o exercício efetivo dos direitos à vida, à
segurança, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, à moradia, ao acesso à justiça, ao
esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à
convivência familiar e comunitária.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 229


e) Toda mulher, dependendo de sua classe, raça, etnia, orientação sexual, renda, cultura, nível
educacional, idade e religião, goza dos direitos fundamentais inerentes à pessoa humana,
sendo-lhe asseguradas as oportunidades e facilidades para viver sem violência, preservar sua
saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual e social.

COMENTARIO: Art.3º... § 1o O poder público desenvolverá políticas que visem garantir os


direitos humanos das mulheres no âmbito das relações domésticas e familiares no sentido de
resguardá-las de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e
opressão.

GB-D

3-NÃO constitui medida protetiva de urgência prevista na Lei nº 11.340/2006 − Lei Maria da
Penha

a)a prestação de alimentos provisórios.

b)a proibição de contato com a ofendida.

c)o afastamento dos familiares da ofendida, com fixação de limite mínimo de distância.

d)a suspensão de visitas aos dependentes menores.

e)o afastamento de cargo ou função pública

COMENTÁRIO: A Lei nº 11.340/2006, conhecida popularmente como Lei Maria da Penha,


entrou em vigor em 2006, dando ao país salto significativo no combate à violência contra a
mulher. Uma das formas de coibir a violência e proteger a vítima asseguradas pela norma é a
garantia das chamadas medidas protetivas.

GAB- E

4-De acordo com a Lei 11.340/06 - Lei Maria da Penha - são formas de violência doméstica e
familiar contra a mulher, dentre outras:

a) A violência psicológica, entendida como qualquer conduta que ofenda sua integridade ou
saúde corporal ou psíquica, que configure calúnia, difamação ou injúria.

b) A violência física, entendida como qualquer conduta que a constranja a presenciar, a manter
ou a participar de relação sexual não desejada, mediante intimidação, ameaça, coação ou uso
da força; que a induza a comercializar ou a utilizar, de qualquer modo, a sua sexualidade, que a
impeça de usar qualquer método contraceptivo ou que a force ao matrimônio, à gravidez, ao
aborto ou à prostituição, mediante coação, chantagem, suborno ou manipulação; ou que
limite ou anule o exercício de seus direitos sexuais.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 230


c) A violência moral, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e
diminuição da autoestima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que
vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante
ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante,
perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito
de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à
autodeterminação.

d) A violência patrimonial, entendida como qualquer conduta que configure retenção,


subtração, destruição parcial ou total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos
pessoais, bens, valores e direitos ou recursos econômicos, incluindo os destinados a satisfazer
suas necessidades.

COMENTARIO: A) VIOLÊNCIA FÍSICA

B) SEXUAL

C) PSICOLÓGICA

D) PATRIMONIAL (GABARITO CERTO)

As letras A, B e C tiveram conceitos invertidos!!!

Gab-E

5-Assinale a alternativa correta sobre as previsões expressas da Lei Federal nº 11.340, de 7 de


agosto de 2006 (Lei Maria da Penha).

a) O Ministério Público atuará apenas quando for parte nas causas cíveis e criminais
decorrentes da violência doméstica e familiar contra a mulher

b) Em todos os atos processuais, cíveis e criminais, a mulher em situação de violência


doméstica e familiar deverá estar acompanhada de advogado

c) Os Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher que vierem a ser criados
poderão contar com uma equipe de atendimento multidisciplinar, a ser integrada por
profissionais especializados nas áreas psicossocial, jurídica e de saúde

d) A instituição dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher deverá ser
acompanhada pela implantação das curadorias necessárias e do serviço de assistência
judiciária

COMENTARIO: Lembrando que a Lei Maria da Penha não invadiu competência com fins a
realizar organização judiciária. Todas as estruturas trazidas pela lei são indicações para a
melhor aplicação no âmbito dos estados, sendo assim não há "deverá" mas sim um "poderá".
A própria criação de Juizados Especializados foi analisado pelo STF sendo declarada a
constitucionalidade pois se entendeu que a lei trouxe apenas orientações no que tange a
organização judiciária.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 231


GAB-C

6-A Lei Maria da Penha, Lei n° 11.340/2006, define no Artigo 5° violência doméstica e familiar
contra a mulher "qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão,
sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial". Nela, a unidade
doméstica é compreendida como o espaço de convívio de pessoas:

a) de laços consanguíneos ou não, desde que haja convivência sistemática.

b) com vínculo matrimonial.

c) com ou sem vínculo familiar, inclusive as esporadicamente agregadas.

d) exclusivamente que tenham vínculo familiar.

e) cujo convívio seja, necessariamente, frequente.

COMENTÁRIO: Violência doméstica é um padrão de comportamento que envolve violência ou


outro tipo de abuso por parte de uma pessoa contra outra num contexto doméstico, como no
caso de um casamento ou união de facto, ou contra crianças ou idosos.

GAB-C

7-Segundo a Lei Maria da Penha, a política pública que visa à assistência à mulher em situação
de violência doméstica e familiar possui como diretrizes:

I. a promoção de estudos e pesquisas, estatísticas e outras informações relevantes, com a


perspectiva de gênero e de raça ou etnia, concernentes às causas, às consequências e à
frequência da violência doméstica e familiar contra a mulher, para a sistematização de dados,
a serem unificados nacionalmente, e a avaliação periódica dos resultados das medidas
adotadas;

II. a promoção de programas educacionais que disseminem valores éticos de irrestrito respeito
à dignidade da pessoa humana com a perspectiva de gênero e de raça ou etnia;

III. a promoção e a realização de campanhas educativas de prevenção da violência doméstica e


familiar contra a mulher, voltadas ao público escolar e à sociedade em geral, e a difusão da Lei
Maria da Penha e dos instrumentos de proteção aos direitos humanos das mulheres.

Está correto o que se afirma em:

a) somente II;

b) somente III;

c) somente I e II;

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 232


d) somente II e III;

e) I, II e III.

COMENTARIO: Art. 8º:

II – a promoção de estudos e pesquisas, estatísticas e outras informações relevantes, com a


perspectiva de gênero e de raça ou etnia, concernentes às causas, às consequências e à
frequência da violência doméstica e familiar contra a mulher, para a sistematização de dados,
a serem unificados nacionalmente, e a avaliação periódica dos resultados das medidas
adotadas;

V – a promoção e a realização de campanhas educativas de prevenção da violência doméstica


e familiar contra a mulher, voltadas ao público escolar e à sociedade em geral, e a difusão
desta Lei e dos instrumentos de proteção aos direitos humanos das mulheres;

V – a promoção e a realização de campanhas educativas de prevenção da violência doméstica


e familiar contra a mulher, voltadas ao público escolar e à sociedade em geral, e a difusão
desta Lei e dos instrumentos de proteção aos direitos humanos das mulheres;

GAB-C

8-Conhecida como Lei Maria da Penha, a Lei 11.340/2006 criou mecanismos para coibir a
violência doméstica e familiar contra a mulher. Sobre o tema, assinale a alternativa CORRETA.

a) Para evitar represálias, em casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, feito o
registro da ocorrência, a autoridade policial está expressamente proibida de ouvir o agressor e
as testemunhas.

b) A violência doméstica prevista na Lei Maria da Penha é unicamente a violência física, na qual
o homem faz uso da força para subjugar a esposa.

c) Para preservar a integridade física e psicológica da mulher em situação de violência


doméstica, o juiz poderá assegurar, quando necessário, o afastamento da mulher do local de
trabalho, por até seis meses.

d) As relações pessoais que podem configurar atos de violência doméstica são


necessariamente aquelas derivadas da relação entre homem e mulher, não se podendo aplicá-
las a eventuais relações homoafetivas entre duas mulheres.

e) A configuração de atos de violência doméstica depende necessariamente de haver


coabitação entre cônjuges.

COMENTÁRIO: Tal lei foi introduzida em nosso ordenamento para que a mulher vítima de
violência doméstica passasse a ter um apoio legal que não fosse apenas repressivo aos atos de
violência, mas também preventivo e assistencial. Esse caráter preventivo da lei trouxe também
dispositivos com base em assegurar o sustento da vítima de violência, seja ela trabalhadora do
setor público ou privado.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 233


GAB-C

9-Considerando-se servidora pública em situação de violência doméstica, para preservar sua


integridade física e psicológica, o juiz assegurará a ela:

a)manutenção do vínculo como servidora por seis meses, afastando-a do local de trabalho.

b)encaminhamento prioritário a grupo de apoio psicológico e social fornecido por ente


público.

c)nomeação de defensor público para atendimento no âmbito administrativo e judicial.

d)acesso prioritário à remoção quando integrante da Administração direta ou indireta.

e)atendimento especializado pela autoridade policial competente, no cumprimento de medida


protetiva.

COMENTARIO: Lei Maria da Penha n° 11.340/2006

"Art. 9° A assistência à mulher em situação de violência doméstica e familiar será prestada de


forma articulada e conforme os princípios e as diretrizes previstos na Lei Orgânica da
Assistência Social, no Sistema Único de Saúde, no Sistema Único de Segurança Pública, entre
outras normas e políticas públicas de proteção, e emergencialmente quando for o caso.

§ 2o O juiz assegurará à mulher em situação de violência doméstica e familiar, para preservar


sua integridade física e psicológica:

I - acesso prioritário à remoção quando servidora pública, integrante da administração direta


ou indireta;

GAB-D

10-A Lei Maria da Penha objetiva proteger a mulher da violência doméstica e familiar que lhe
cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico, e dano moral ou patrimonial,
desde que o crime seja cometido no âmbito da unidade doméstica, da família ou em qualquer
relação íntima de afeto. Diante deste quadro, após agredir sua antiga companheira, porque ela
não quis retomar o relacionamento encerrado, causando-lhe lesões leves, Jorge o (a ) procura
para saber se sua conduta fará incidir as regras da Lei nº 11.340/06. Considerando o que foi
acima destacado, você, como advogado (a ) irá esclarecê-lo de que

a)o crime em tese praticado ostenta a natureza de infração de menor potencial ofensivo.

b)a violência doméstica de que trata a Lei Maria da Penha abrange qualquer relação íntima de
afeto, sendo indispensável a coabitação.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 234


c)a agressão do companheiro contra a companheira, mesmo cessado o relacionamento, mas
que ocorra em decorrência dele, caracteriza a violência doméstica e autoriza a incidência da
Lei nº 11.340/06.

d)ao contrário da transação penal, em tese se mostra possível a suspensão condicional do


processo na hipótese de delito sujeito ao rito da Lei Maria da Penha.

COMENTARIO: Art. 5º, inciso III, 11.340/06. Para os efeitos desta Lei, configura violência
doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe
cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial:

III - em qualquer relação íntima de afeto, na qual o agressor conviva ou tenha convivido com a
ofendida, independentemente de coabitação.

GAB-C

11-De acordo com as disposições da Lei n.º 11.340/2006 — Lei Maria da Penha —, assinale a
opção correta.

a) No caso de mulher em situação de violência doméstica e familiar, quando for necessário o


afastamento do local de trabalho para preservar a sua integridade física e psicológica, o juiz
assegurará a manutenção do vínculo trabalhista por prazo indeterminado.

b) Para a proteção patrimonial dos bens da sociedade conjugal ou daqueles de propriedade


particular da mulher, o juiz determinará a proibição temporária da celebração de atos e
contratos de compra, venda e locação de propriedade em comum, salvo se houver
procurações previamente conferidas pela ofendida ao agressor.

c) A referida lei trata de violência doméstica e familiar em que, necessariamente, a vítima é


mulher, e o sujeito ativo, homem.

d) Na hipótese de o patrão praticar violência contra sua empregada doméstica, a relação


empregatícia impedirá a aplicação da lei em questão.

e) As formas de violência doméstica e familiar contra a mulher incluem violência física,


psicológica, sexual e patrimonial, que podem envolver condutas por parte do sujeito ativo
tipificadas como crime ou não.

COMENTARIO: Fiquem espertos que, em atual entendimento da justiça, a Lei Maria da Penha,
TAMBÉM se aplica as pessoas que, socialmente, se veem como MULHERES: Transgêneros,
travestis, transexuais.

GAB-E

12- a Lei Maria da Penha – Lei 11.430/2006 - reconhece que a violência contra a mulher é
também um problema de saúde pública e uma questão de direitos humanos. Esta importante

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 235


lei criou mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher,
estabelecendo medidas para a prevenção, assistência e proteção às mulheres em situação de
violência. Considerando o exposto, é correto afirmar sobre a Lei Maria da Penha que:

a) A lei considera como formas de violência doméstica e familiar mais comuns contra a mulher
exclusivamente as seguinte: violência psicológica, violência sexual, violência patrimonial e
violência moral.

b) A assistência à mulher em situação de violência doméstica e familiar será prestada de forma


individualizada por cada setor, conforme os princípios e as diretrizes previstos na Lei Orgânica
da Assistência Social, no Sistema Único de Saúde, no Sistema Único de Segurança Pública,
entre outras normas e políticas públicas de proteção.

c) Caberá ao Ministério Público, quando necessário, requisitar força policial e serviços públicos
de saúde, de educação, de assistência social e de segurança, entre outros, além de fiscalizar os
estabelecimentos públicos e particulares de atendimento à mulher em situação de violência
doméstica e familiar.

d) Compete à equipe de atendimento multidisciplinar, fornecer subsídios por escrito ao juiz, ao


Ministério Público e à Defensoria Pública, mediante laudos ou verbalmente em audiência.
Quando a complexidade do caso exigir avaliação mais aprofundada, o juiz determinar
individualmente a manifestação deprofissional especializado.

COMENTARIO: Art. 26. Caberá ao Ministério Público, sem prejuízo de outras atribuições, nos
casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, quando necessário:

I - requisitar força policial e serviços públicos de saúde, de educação, de assistência social e de


segurança, entre outros;

GAB-C

13-De acordo com a Lei 11.340\2006 (Lei Maria da Penha), constatada a prática da violência
doméstica, é conduta proibida ao agressor

a)a visita a equipamentos da Assistência Social.

b)o trabalho remunerado e com carteira assinada.

c)a frequência em curso de qualificação profissional, técnico ou superior.

d)a participação em atividades comunitárias, esportivas e de caráter religioso.

e)o convívio com familiares e testemunhas por qualquer meio de comunicação.

COMENTARIO: Art. 22, III, "b" da Lei Federal 11.340/06:

contato com a ofendida, seus familiares e testemunhas por qualquer meio de comunicação;

GAB-E

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 236


14-A Lei Maria da Penha, nº. 11.340/2006, completou em 2013, 7 anos de vigência. Entre os
principais avanços na responsabilização do poder público na prevenção e violência infringida
contra a mulher, pode-se afirmar:

a)Aplicação de medida protetiva de urgência, assistência articulada entre as políticas públicas


voltadas à reconstrução das mulheres vitimizadas, manutenção do vínculo trabalhista em caso
de necessidade de afastamento das atividades trabalhistas.

b)Definição de violência doméstica e familiar contra a mulher; estabelecem-se suas formas:


violência física e sexual que podem ser praticadas juntas ou separadamente.

c)Reafirmação de preceitos da lei 9.099/2005, zelando pela aplicação de penas pecuniárias,


como o pagamento de multas.

d)Garante a aplicação da lei Maria da Penha em caso de violência contra mulheres, exceto em
relações homoafetivas entre mulheres.

e)Prevê a prisão do agressor estritamente na hipótese de flagrante.

COMENTÁRIO: Entre as possíveis medidas estão a proibição de o agressor se aproximar da


ofendida, de seus familiares e das testemunhas, com limite mínimo de distância entre eles;
proibição de manter contato com a ofendida, seus familiares e testemunhas por qualquer
meio de comunicação; e proibição de frequentar determinados lugares a fim de preservar a
integridade física e psicológica da ofendida.

Gab-A

15- Conforme a Lei Maria da Penha (Lei n.º 11.340/06), no atendimento à mulher em situação
de violência doméstica e familiar, a autoridade policial deverá, entre outras providências,

a)expedir ordem policial contra o ofensor para a imediata desocupação do imóvel, a fim de
que a ofendida a entregue ao ofensor.

b)fornecer transporte para a ofendida e seus dependentes para abrigo ou local seguro,
quando houver risco de vida.

c)verificar se algum dos funcionários da Delegacia de Polícia poderia abrigar,


temporariamente, a ofendida e seus dependentes.

d)abrigar a ofendida e seus dependentes no Distrito Policial se houver risco de vida para
alguém da família.

e)solicitar, em 24 horas, a presença do ofensor no Distrito Policial, para uma tentativa de


conciliação entre este e a ofendida.

COMENTARIO: Art. 11. No atendimento à mulher em situação de violência doméstica e


familiar, a autoridade policial deverá, entre outras providências:...

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 237


III - fornecer transporte para a ofendida e seus dependentes para abrigo ou local seguro,
quando houver risco de vida;

GAB-B

16-A Lei nº 1.1340/2006, também conhecida como Lei Maria da Penha, cria mecanismos para
coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher. São formas de violência doméstica e
familiar contra a mulher as abaixo relacionadas, EXCETO:

a) violência física: qualquer conduta que ofenda a integridade ou a saúde corporal da mulher.

b) violência moral: qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injúria.

c) violência patrimonial: qualquer conduta queconfigure retenção, subtração, destruição


parcial ou total de seus objetos, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, alores
e direitos ou recursos econômicos, incluindo os destinados a satisfazer suas necessidades.

d) violência sexual: qualquer conduta que a obrigue a manter relação sexual não desejada,
mediante intimidação, ameaça, coação ou uso da força.

e) violência presencial: qualquer conduta que leve a mulher a cuidar da sua saúde psicológica,
sob supervisão médica, e seja obrigada a comparecer às consultas médicas previamente
marcadas.

COMENTARIO: AS FORMAS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER SÃO 5: VIOLÊNCIA FÍSICA,


VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA, VIOLÊNCIA MORAL, VIOLÊNCIA SEXUAL, VIOLÊNCIA PATRIMONIAL.

GAB-E

17- Considerando a situação hipotética acima relatada e o que dispõe a Lei n.º 11.340/2006
(Lei Maria da Penha), assinale a opção correta.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 238


a) No caso apresentado, que caracteriza lesão corporal leve no âmbito doméstico, a ação penal
é sempre pública condicionada à representação da vítima.

b) B Delito de lesões corporais envolvendo ex-namorados não configura hipótese de incidência


dessa lei, cujo objeto é a mulher vista sob a perspectiva de gênero e em condições de
hipossuficiência ou vulnerabilidade, o que não se verifica no caso.

c) Na situação em apreço, não cabe o benefício da suspensão condicional do processo, que não
se aplica aos crimes cometidos em contexto de violência doméstica, por expressa vedação
legal.

d) Na situação apresentada, é cabível a substituição da pena privativa de liberdade por


restritiva de direitos visto que o agressor foi condenado a pena inferior a quatro anos.

e) Nas ações penais públicas condicionadas à representação da ofendida, tal como se configura
o caso apresentado, só será admitida a renúncia à representação perante o juiz, em audiência
de realização obrigatória, de ofício ou a requerimento do MP e especialmente designada com
tal finalidade, antes do recebimento da denúncia.

COMENTARIO: Explicando: lesão corporal leve pra cima ( grave , espancamento , morte ) a
ação é pública incondicionada, ou seja, não precisa de representação. Agora se fosse só
ameaça, injuria, calúnia etc, era condicionada a representação, ou seja, ai no caso apresentado
foi lesão corporal leve ( incondicionada ). E a C está certa porque não cabe beneficio algum da
lei 9099 porque a lei maria da penha vedou o seu uso. E o cara pode ser namorado, ex ; o
importante é que ele tinha ou tenha um vinculo afetivo.

GAB-C

18-No tocante às disposições da Lei n.º 11.340/2006, é correto afirmar que:

a)no atendimento à mulher em situação de violência do- méstica e familiar, a autoridade


policial deverá, entre outras providências, garantir proteção policial, quando necessário,
comunicando de imediato à Procuradoria Geral do Estado e à Defensoria

b)nos casos de violência doméstica e familiar contra a mu- lher, caberá ao Ministério Público,
sem prejuízo de ou- tras atribuições, quando necessário, cadastrar tais casos

c)nos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, o juiz poderá aplicar penas
alternativas, entre elas, penas de pagamento de cesta básica ou outras de prestação
pecuniária, bem como a substituição de pena pelo pagamento exclusivamente de multa

d)Em qualquer fase do inquérito policial ou da instrução criminal, caberá a prisão preventiva
do agressor, decre- tada pelo juiz a requerimento do Ministério Público ou mediante
representação da autoridade policial, não po- dendo, entretanto, ser a prisão decretada de
ofício.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 239


e)a medida protetiva de urgência, aplicada ao agressor, consistente no seu afastamento do
lar, domicílio ou lo- cal de convivência com a ofendida, poderá ser decre- tada,
independentemente da oitiva do agressor, sendo facultado à ofendida entregar a intimação ou
notifica- ção ao agressor

COMENTARIO: Art. 20. Em qualquer fase do inquérito policial ou da instrução criminal, caberá
a prisão preventiva do agressor, decretada pelo juiz, de ofício, a requerimento do Ministério
Público ou mediante representação da autoridade policial.

Parágrafo único. O juiz poderá revogar a prisão preventiva se, no curso do processo, verificar a
falta de motivo para que subsista, bem como de novo decretá-la, se sobrevierem razões que a
justifiquem.

gab-B

19-A Lei conhecida como Maria da Penha é reconhecida pela Organização das Nações Unidas
(ONU. como uma das melhores legislações do mundo no enfrentamento à violência contra as
mulheres. Tal Lei assume tal reconhecimento, entre outras características, por

a)determinar que a violência doméstica e familiar contra a mulher é uma questão familiar, não
sendo o Estado brasileiro responsável por questões desta ordem.

b)garantir a aplicação da Lei Maria da Penha em relações heterosexuais, não considerando as


relações homoafetivas entre mulheres, cabendo neste caso a mediação da legislação
pertinente.

c)permitir a aplicação de penas pecuniárias pagamento de multas ou cestas básicas. aos crimes
cometidos contra as mulheres.

d)tornar crime a violência doméstica e familiar contra a mulher e deixa de tratar a violência
sofrida como algo de pequeno valor.

e)prever a prisão do agressor somente se detectado flagrante.

COMENTÁRIO: A Lei Maria da Penha não criou o crime de violência doméstica, mas, ao definir
e especificar as diversas formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, permitiu
uma tipificação mais eficiente dos crimes já previstos na legislação.

GAB-D

20-A Lei nº 11.340/2006 cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e
familiar contra a mulher. Ao tratar das formas de violência doméstica e familiar contra a
mulher, a “Lei Maria da Penha” define que a violência que inclui, entre outros fatores,
qualquer conduta que cause à mulher dano emocional e diminuição da autoestima ou que lhe
prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento, é entendida como:

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 240


a) ( ) violência moral.

b) ( ) violência psicológica.

c) ( ) maus tratos.

d) ( ) violência de gênero.

COMENTARIO: Art. 7o São formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, entre
outras:

I - a violência física, entendida como qualquer conduta que ofenda sua integridade ou saúde
corporal;

II - a violência psicológica, entendida como qualquer conduta que lhe cause dano emocional e
diminuição da auto-estima ou que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento ou que
vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante
ameaça, constrangimento, humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante,
perseguição contumaz, insulto, chantagem, ridicularização, exploração e limitação do direito
de ir e vir ou qualquer outro meio que lhe cause prejuízo à saúde psicológica e à
autodeterminação;

GAB-B

21-Contando com a presença da presidenta Dilma Rousseff, o Congresso Nacional promoveu


sessão solene, em agosto de 2013, para celebrar os sete anos de vigência daquela que ficou
conhecida como Lei Maria da Penha, que visa

a)eliminar gradativamente os centros de reeducação de jovens infratores.

b)normatizar a interrupção da gravidez nos casos permitidos judicialmente.

c)coibir o tráfico de mulheres brasileiras para o exterior.

d)proteger as mulheres contra a violência doméstica.

e)impedir a adoção de crianças por estrangeiros.

COMENTÁRIO: Além da violência física, sempre a face mais chocante da violência doméstica, a
lei elasteceu a moldura normativa, possibilitando a incorporação na tipificação de outras
formas de violência doméstica e familiar em razão do gênero, as quais, apesar de muito
freqüentes, eram pouco invocadas como instrumentos de proteção à mulher agredida

GAB-D

22-A Lei n2 11.340 de 7 de agosto de 2006, ficou conhecida como Lei Maria da Penha e é
resultado de uma luta histórica dos movimentos feministas e de mulheres por uma legislação

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 241


contra a impunidade no cenário nacional de violência doméstica e familiar contra a mulher. Tal
Lei dispõe sobre:

I.a criação de mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher.

II.a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

III.a alteração do Código de Processo Penal, o Código Penal e a Lei de Execução Penal.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmação(ções):

a)somente I.

b)I e II.

c)I, II e III.

d)somente II.

e)somente III.

COMENTÁRIO: Não são novos crimes, mas uma nova visão sobre os mesmos crimes
sancionados no Código Penal, desde que praticados contra a mulher em razão do gênero4. A
maioria das manifestações da violência doméstica e familiar descritas na lei 11.340 possuem os
seus correspondentes típicos no Código Penal.

GAB-C

23-Com base no disposto na Lei Maria da Penha Lei n.º 11.340/2006 , assinale a opção correta.

a) A lei em pauta estabelece a habitualidade das condutas como requisito configurador das
infrações nela contempladas, ou seja, como elemento constitutivo do tipo.

b) Caso uma empregada doméstica, maior e capaz, ao receber a notícia que será despedida,
sob a suspeita da prática de furtos, agrida seu patrão — este com sessenta e sete anos de
idade — e fuja, tal conduta da empregada em face do patrão caracterizará violência doméstica
expressamente tipificada na lei em questão.

c) A violência familiar, assim considerada para efeitos da lei em pauta, engloba a praticada
entre pessoas unidas por vínculo jurídico de natureza familiar ou por vontade expressa.

d) O conflito entre vizinhas de que resulte violência física e agressões verbais constitui evento
que integra a esfera da violência doméstica e familiar de que trata a lei em apreço.

e) Para a caracterização de violência doméstica e familiar é imprescindível a existência de


vínculo familiar entre o agente e o paciente.

COMENTARIO: A violência familiar engloba a praticada entre pessoas unidas por vínculo
jurídico familiar (laço natural), por afinidade (sogro e nora), ou por vontade expressa (adoção).

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 242


GAB-C

24-O Artigo 5° da Lei n2 11.340, de 7 de agosto de 2006, refere que " Para os efeitos desta Lei,
configura violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou omissão baseada no
gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou
patrimonial." Julgue as afirmações abaixo de acordo com o tipo de violência definido pela lei:

I. Qualquer conduta que force a mulher ao matrimônio, à gravidez, ao aborto ou à


prostituição, mediante coação, chantagem, suborno ou manipulação; ou que limite ou anule o
exercício de seus direitos sexuais e reprodutivos.

II. Qualquer conduta que ofenda a integridade ou saúde corporal da mulher.

III. Qualquer conduta que cause dano emocional e diminuição da auto-estima da mulher ou
que lhe prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento, ou que vise degradar ou controlar
suas ações, comportamentos, crenças e decisões, mediante ameaça, constrangimento,
humilhação, manipulação, isolamento, vigilância constante, perseguição, insulto, chantagem,
ridicularização, exploração e limitação do direito de ir e vir.

IV. Qualquer conduta que configure calúnia, difamação ou injúria contra a mulher.

V. Qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de seus
objetos, instrumentos de trabalho, documentos pessoais, bens, valores e direitos ou recursos
econômicos, incluindo os destinados a satisfazer suas necessidades.

a)I - psicológica, II - física, III - moral, IV - sexual, V - patrimonial.

b)I - sexual, II - moral, III - psicológica, IV - patrimonial, V - física.

c)I - moral, II - patrimonial, III - física, IV - psicológica, V - sexual.

d)I - sexual, II - física, III - psicológica, IV - moral, V - patrimonial.

e)I - sexual, II - patrimonial, III - moral, IV - psicológica, V - física.

COMENTÁRIO: A violência doméstica e familiar contra a mulher caracteriza forma específica de


violação dos direitos humanos1. Essa violação é representada por qualquer ação ou omissão
baseada no gênero que cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano
moral ou patrimonial e tenha sido praticada no âmbito da unidade doméstica, no âmbito da
família ou no âmbito de qualquer relação íntima de afeto, na qual o agressor conviva ou tenha
convivido com a ofendida, independentemente de coabitação.

GAB-D

25-Atualmente no Brasil, a violência contra mulheres é reconhecida como violação dos direitos
humanos e, para tanto, estabeleceu- se a prevenção como um dos eixos fundamentais para

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 243


a) a promoção de programas educacionais que disseminem valores éticos familiares que
valorizem a sua composição com pai, mãe e filhos.

b) a inserção nos currículos escolares em todos os níveis de ensino, para os conteúdos relativos
ao papel da mulher na sociedade, no cuidado com o espaço doméstico.

c) o fortalecimento de práticas sociais voltadas às virtudes femininas de diálogo,


subalternidade e mediação, por meio de realização de campanhas.

d) a transformação dos valores discriminatórios ainda praticados pela sociedade brasileira,


especialmente no que se refere aos estereótipos dos papéis masculino e feminino.

e) a afirmação do caráter restrito ao âmbito privado para a resolução de violência ocorrida do


homem sobre a mulher

COMENTARIO: Atualmente no Brasil, a violência contra mulheres é reconhecida como violação


dos direitos humanos e, para tanto, estabeleceu- se a prevenção como um dos eixos
fundamentais para a transformação dos valores discriminatórios ainda praticados pela
sociedade brasileira, especialmente no que se refere aos estereótipos dos papéis masculino e
feminino.

GAB-D

26-Acerca do que estabelece a Lei nº 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha, é
correto afirmar que:

a) a autoridade policial não está obrigada legalmente a disponibilizar transporte a lugar seguro
para a mulher em situação de violência doméstica e familiar, salvo por ordem judicial expressa.

b) a legislação não avançou o suficiente para prever, dentre as condutas configuradoras de


violência doméstica e familiar contra a mulher, a violência psicológica, mas tão somente previu
a violência física e a violência moral.

c) o processo criminal acerca de fato configurador de violência doméstica e familiar contra a


mulher obedecerá, a bem da celeridade processual, às regras próprias, não recebendo a
incidência das normas do Código de Processo Penal.

d) a ação penal concernente a fato configurador de violência doméstica e familiar contra a


mulher obedecerá às normas do Código de Processo Penal.

e) um crime, assim tipificado no Código Penal, não pode configurar-se como conduta também
enquadrada como violência doméstica e familiar contra a mulher

COMENTARIO: Assertiva Correta "D", pois o art.13 da Lei Maria da Penha assim aduz:"

Art. 13. Ao processo, ao julgamento e à execução das causas cíveis e criminais decorrentes da
prática de violência doméstica e familiar contra a mulher aplicar-se-ão as normas dos Códigos

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 244


de Processo Penal e Processo Civil e da legislação específica relativa à criança, ao adolescente e
ao idoso que não conflitarem com o estabelecido nesta Lei.

GAB-D

27- De acordo com a Lei Maria da Penha, conhecer do expediente e do pedido e decidir sobre
as medidas protetivas de urgência; determinar o encaminhamento da ofendida ao órgão de
assistência judiciária, quando for o caso; comunicar ao Ministério Público para que adote as
providências cabíveis, são providências que o juiz deverá tomar, após recebido o expediente
com o pedido da ofendida, no prazo de:

a) 24 horas (vinte e quatro horas).

b) 36 horas (trinta e seis horas).

c) 48 horas (quarenta e oito horas).

d) 72 horas (setenta e duas horas).

COMENTARIO: Assertiva Correta "C", pois o art.18 da Lei Maria da Penha assim aduz:"

Art. 18. Recebido o expediente com o pedido da ofendida, caberá ao juiz, no prazo de 48
(quarenta e oito) horas:

I - conhecer do expediente e do pedido e decidir sobre as medidas protetivas de urgência;

GAB-C

28-Em relação à Lei Maria da Penha, assinale a afirmativa correta.

a)Constatada a prática de violência doméstica e familiar contra a mulher, a autoridade policial


poderá aplicar, de imediato, ao agressor, em conjunto ou separadamente, medidas protetivas
de urgência, dentre as quais o afastamento do lar, domicílio ou local de convivência com a
ofendida.

b)Em todos os casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, feito o registro da
ocorrência, deverá a autoridade policial adotar, de imediato, procedimentos especiais em
relação ao agressor, dentre os quais podemos citar a suspensão da posse ou restrição do porte
de armas, com comunicação ao órgão competente, nos termos da Lei n. 10.826, de 22 de
dezembro de 2003, sem prejuízo daqueles previstos no Código de Processo Penal.

c)Somente o advogado da ofendida deverá ser notificado, através do Diário Oficial, dos atos
processuais relativos ao agressor, especialmente dos pertinentes ao ingresso e à saída da
prisão.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 245


d)Em qualquer fase do inquérito policial ou da instrução criminal, caberá a prisão preventiva
do agressor, decretada pelo juiz, de ofício, a requerimento do Ministério Público ou mediante
representação da autoridade policial.

COMENTARIO: letra D

a) juiz que vai decretar medidas protetivas de urgência.....

b) juiz que vai suspender a posse ou restrição do porte de armas, com comunicação ao órgão
competente

c) a ofendida deverá ser notificado também não somente o advogado dela.

GAB-D

29-Criada com o objetivo de coibir de forma mais rigorosa a violência cometida contra a
mulher em seu ambiente doméstico, familiar e afetivo, a Lei Maria da Penha foi amplamente
aceita pela sociedade, tendo o Supremo Tribunal Federal reconhecido a sua
constitucionalidade. Com relação ao tema, assinale a afirmativa incorreta.

a) a violência física e o comportamento violento do agente que cause dando emocional e


diminuição da autoestima da vítima são formas de violência doméstica e familiar.

b) As medidas protetivas de urgência poderão ser concedidas pelo juiz, a requerimento do


Ministério Público ou a pedido da ofendida.

c) Constatada a prática de violência doméstica e familiar contra a mulher, o juiz poderá


determinar que o agressor seja afastado do lar, bem como fixar alimentos provisionais ou
provisórios.

d) Segundo a jurisprudência majoritária dos Tribunais Superiores, tratando-se de agressão


entre cunhadas que residem na mesma casa, a competência para o julgamento respectivo é da
Vara da Violência Doméstica e Familiar contra a mulher.

e) Segundo a jurisprudência majoritária dos Tribunais Superiores, não é cabível a suspensão do


processo quando incidente a Lei n. 11.340/2006.

COMENTARIO: Conforme jurisprudência, para aplicação da punição por violência doméstica,


há 3 requisitos a serem observados:

- relação íntima de afeto;

- motivação de gênero ( o crime tem que ser cometido porque se tratava de pessoa do sexo
feminino), o que não houve no caso em questão, pois trata-se de duas mulheres;

- situação de vulnerabilidade.

GAB-D

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 246


30- Com base na Lei Maria da Penha, assinale a alternativa INCORRETA.

a)Para efeitos da lei, configura violência doméstica e familiar contra a mulher qualquer ação ou
omissão por razão de gênero, que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou
psicológico e dano moral e patrimonial.

b)A lei assegura à mulher vítima de violência sexual praticada no âmbito doméstico e familiar
os serviços de contracepção de emergência.

c)A mulher homossexual que sofra qualquer tipo de violência por parte de sua parceira, no
âmbito da família, encontra–se sob a proteção da Lei Maria da Penha.

d)É vedada a aplicação, nos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher, de penas
de cestas básicas ou outras de prestação pecuniária, bem como a substituição de pena que
implique o pagamento isolado de pena de multa.

e)Em qualquer fase do inquérito policial ou da instrução criminal, o juiz poderá decretar a
prisão preventiva do agressor, a qual apenas poderá ser revogada na instância superior.

COMENTARIO: Art. 20. Em qualquer fase do inquérito policial ou da instrução criminal, caberá
a prisão preventiva do agressor, decretada pelo juiz, de ofício, a requerimento do Ministério
Público ou mediante representação da autoridade policial. Parágrafo único. O juiz poderá
revogar a prisão preventiva se, no curso do processo, verificar a falta de motivo para que
subsista, bem como de novo decretá-la, se sobrevierem razões que a justifiquem.

GAB-E

31-Assinale a alternativa correta no que se refere às medidas protetivas de urgência previstas


na Lei Maria da Penha.

a)Sempre que a segurança da ofendida ou as circunstâncias o exigirem, o juiz poderá aplicar


outras medidas previstas na legislação em vigor, providências essas que devem,
necessariamente, ser comunicadas ao Ministério Público.

b)A medida protetiva de urgência, que consiste na proibição de que o agressor se aproxime da
ofendida, dispensa fixação de limite mínimo de distância entre a ofendida e o agressor.

c)Antes da concessão de qualquer medida protetiva de urgência, deverá o juiz,


necessariamente, ouvir as partes e o Ministério Público.

d)As medidas protetivas de urgência, em decorrência do Princípio da Legalidade, estão


taxativamente previstas na Lei Maria da Penha, sem prejuízo da possibilidade de prisão
preventiva do agressor, nos termos do Código de Processo Penal.

e)Constatada a prática de violência doméstica e familiar contra a mulher, o juiz poderá


cancelar as visitas do agressor aos dependentes menores, independentemente do parecer da
equipe de atendimento multidisciplinar ou de serviço similar.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 247


COMENTARIO: Art. 19. As medidas protetivas de urgência poderão ser concedidas pelo juiz, a
requerimento do Ministério Público ou a pedido da ofendida. § 1o As medidas protetivas de
urgência poderão ser concedidas de imediato, independentemente de audiência das partes e
de manifestação do Ministério Público, devendo este ser prontamente comunicado.

Gab-A

32-Dentre as formas de violência doméstica e familiar contra a mulher, expressamente


previstas na Lei nº 11.340/06, NÃO figura a violência

a) psicológica.

b) patrimonial.

c) moral.

d) endêmica.

e) sexual.

COMENTARIO: endêmico (endemia + -ico) - adjetivo

1. [Biologia] Que é exclusivo de determinada região (ex.: espécie .endêmica).

2. [Medicina] Relativo a endemia ou doença .frequente nos habitantes de uma região ou


localidade.

3. Particular a um povo ou região (ex.: problema .endêmico).

Gab-D

33-assinale a alternativa correta em relação ao assunto indicado.

Competência no processo penal.

a) Na Lei Maria da Penha, compete ao Colégio Recursal o julgamento do recurso contra as


decisões adotadas pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

b) Na sessão plenária do procedimento do júri popular, quando desclassificado o delito pelo


conselho de sentença para outro de competência do juiz singular, é o próprio juiz presidente
do tribunal do júri aquele que deverá proferir a sentença.

c) A competência do tribunal do júri atrai os processos conexos e prevalece inclusive sobre o


foro por prerrogativa de função.

d) Quando transitada em julgado a sentença penal condenatória, após recurso julgado pelo
Tribunal de Justiça do Estado, a aplicação da lei penal nova mais benéfica ao condenado
deverá se dar em revisão criminal, de competência do Grupo de Câmaras do Tribunal.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 248


e) Não se consumando o delito, a competência será determinada pelo lugar em que foi
praticado o seu primeiro ato de execução.

COMENTARIO: art. 74, §3º - Se o juiz da pronúncia desclassificar a infração para outra atribuída
à competência do juiz singular, observar-se-á o disposto no art. 10; mas, se a desclassificação
for feita pelo próprio Tribunal do Juri, a seu presidente caberá proferir a sentença (art. 492,
§2º).

art. 492, §2º - Em caso de desc

lassificação, o crime conexo que não seja doloso contra a vida será pelo juiz presidente do
Tribunal do Juri, aplicando-se no que couber, o diposto do §1º deste artigo.

GAB-B

34 VUNESP 2018 A retratação da representação, de acordo com o art. 25 do CPP e


do art. 16 da Lei nº 11.340/06 (Lei Maria da Penha), respectivamente,

a) é admitida até o recebimento da denúncia; não é admitida.

b) é admitida até o recebimento da denúncia; só será admitida perante o juiz, antes do


recebimento da denúncia.

c) é inadmitida; só será admitida perante o juiz, antes do recebimento da denúncia.

d) é inadmitida depois de oferecida a denúncia; não é admitida.

e) é inadmitida depois de oferecida a denúncia; só será admitida perante o juiz, antes


do recebimento da denúncia.

COMENTÁRIO: Art. 16. Nas ações penais públicas condicionadas à representação da


ofendida de que trata esta Lei (lei 11.340/060, só será admitida a renúncia à
representação perante o juiz, em audiência especialmente designada com tal
finalidade, antes do recebimento da denúncia e ouvido o Ministério Público.

Art. 25. A representação será irretratável, depois de oferecida a denúncia.

GAB-E

35-IDECAM 2016 Sobre a Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006 – Lei Maria da


Penha, assinale a afirmativa INCORRETA.

a) Serão admitidos como meios de prova os laudos ou prontuários médicos fornecidos


por hospitais e postos de saúde.

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 249


b) As medidas protetivas de urgência poderão ser concedidas pelo juiz, a
requerimento do Ministério Público, do Delegado de Polícia Civil, Comandante da
Polícia Militar ou a pedido da ofendida.

c) É vedada a aplicação, nos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher,


de penas de cesta básica ou outras de prestação pecuniária, bem como a substituição
de pena que implique o pagamento isolado de multa.

d) A ofendida deverá ser notificada dos atos processuais relativos ao agressor,


especialmente dos pertinentes ao ingresso e à saída da prisão, sem prejuízo da
intimação do advogado constituído ou do defensor público. A ofendida não poderá
entregar intimação ou notificação ao agressor.

COMENTÁRIO: LEI Nº 11.340, DE 7 DE AGOSTO DE 2006

B) ERRADA - Art. 19, caput - "As medidas protetivas de urgência poderão ser
concedidas pelo juiz, a requerimento do Ministério Público ou a pedido da ofendida." b)
As medidas protetivas de urgência poderão ser concedidas pelo juiz, a requerimento
do Ministério Público, do Delegado de Polícia Civil, Comandante da Polícia Militar ou a
pedido da ofendida.

GAB-B

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 250


Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 251
Visite sempre o site do professor Renatão, materiais mais acessíveis do Brasil!
https://professorrenatao.wixsite.com/concursos

Código de rastreamento 0061578953421785-51264-2017 Página 252