Você está na página 1de 15

Guia de Bolso

JUSTIÇA
ELEITORAL

1 2 3
4 5 6
7 8 9
0
BRANCO CORRIGE CONFIRMA

Caro Policial Militar,

Caso queira ampliar seu conhecimento a respeito das Eleições 2018,


acesse no banner da IntranetPM os documentos produzidos pela Diretoria de
Apoio Operacional.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Prisão de candidatos

Não Pode

A partir de 22 de setembro de 2018 ao término do período eleitoral, nenhum


candidato poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito.

Prisão de eleitor

Não Pode

A partir de 02 de outubro de 2018, nenhum eleitor poderá ser preso ou


detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal
condenatória por crime inafiançável, ou por desrespeito a salvo-conduto.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Comício

Pode
Pode ser realizado a partir do dia 16 de agosto a 4 de outubro, das 8h às 24h, com
exceção do comício de encerramento da campanha, que poderá ser prorrogado
por mais duas horas. Também pode ser utilizada aparelhagem de sonorização fixa e
trio elétrico, desde que este permaneça parado durante o evento, servindo como
mero suporte para sua sonorização. Não é necessária a licença da polícia para a
realização deste tipo de propaganda. Entretanto, as autoridades policiais devem ser
comunicadas em, no mínimo, 24h antes de sua realização. Os candidatos
profissionais da classe artística (cantores, atores e apresentadores) poderão realizar
as atividades normais de sua profissão durante o período eleitoral, exceto para
promover sua candidatura, ainda que de forma dissimulada.

Não Pode

Não pode haver comício com a realização de show ou de evento assemelhado e


apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animação.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Alto-falantes e amplificadores de som

Pode

Podem ser usados a partir do dia 16 de agosto até a véspera da eleição, entre 8h e
22h (exceto o comício de encerramento de campanha), desde que observadas as
limitações descritas abaixo.

Não Pode
Não podem ser utilizados a menos de 200 metros das sedes dos Poderes
Executivo e Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios; das sedes dos Tribunais Judiciais; dos quartéis e de outros
estabelecimentos militares; dos hospitais e casas de saúde; bem como das escolas,
bibliotecas públicas, igrejas e teatros, quando em funcionamento.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Caminhada, passeata e carreata

Pode
A partir do dia 16 de agosto até as 22h do dia que antecede as eleições. Também
são permitidos a distribuição de material gráfico e o uso de carro de som e
minitrios (apenas em carreatas, caminhadas e passeatas ou durante reuniões e
comícios). No dia das eleições, é permitida apenas a manifestação individual e
silenciosa da preferência do eleitor por determinado partido ou candidato,
revelada pelo uso exclusivamente de bandeiras, broches, dísticos e adesivos.

Não Pode

A utilização dos microfones do evento para transformar o ato em comício.


Além disso, as vedações sobre distância mínima de órgãos públicos são as mesmas
para alto-falantes e amplificadores de som.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Camisetas, Chaveiros, Bonés, canetas e brindes

Não Pode
A confecção, utilização ou distribuição realizada por comitê de candidato ou
com a sua autorização durante a campanha eleitoral. Esta vedação também vale
para quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao
eleitor.
Obs: «é permitido, no dia do pleito, manifestação do eleitor pelo candidato de
sua preferência por meio do vestuário, desde que a conduta seja espontânea,
individual e silenciosa» (Ofício Circular nº 094, de 03 de outubro de 2018 - CRE/2018
- TRE-MG - apresenta esclarecimentos e orientações sobre o Art. 39-A da Lei das
Eleições, e dá outras providências).

Bandeiras e mesas para distribuição de materiais


Pode Não Pode
Po d e m s e r c o l o c a d o s Não pode ocorrer a afixação
diariamente, entre 6h e 22h, até de tais propagandas em local
a véspera da eleição, ao longo público e ali per manecer
das vias públicas, desde que durante todo o período da
móveis e não dificultem o bom campanha. Devem ser
andamento do trânsito de retirados diariamente, não
pessoas e veículos. podendo ultrapassar às 22h, até
a véspera da eleição.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Bens públicos e bens particulares de uso comum

Não Pode
Nos bens cujo uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que
a ele pertençam, e nos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação
pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e
outros equipamentos urbanos, é vedada a veiculação de propaganda de qualquer
natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta e exposição de placas, estandartes,
faixas, cavaletes, bonecos e assemelhados.
Obs: é permitida a fixação de adesivos nas janelas das residências particulares,
desde que suas dimensões não excedam meio metro quadrado.

Outdoor

Não Pode
Não pode, independentemente do local. Incluem-se na vedação os outdoors
eletrônicos e demais engenhos, equipamentos publicitários ou conjunto de
peças de propaganda que justapostas se assemelhem ou causem efeito visual de
outdoor.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Folhetos, volantes, adesivos e outros impressos (santinhos)

Pode
Até as 22h do dia que antecede as eleições e não depende da obtenção de licença
municipal e de autorização da Justiça Eleitoral. Os adesivos devem ter a dimensão
máxima de 50 cm x 40 cm.
Deverão conter também o número de inscrição no Cadastro Nacional da Pessoa
Jurídica (CNPJ) ou o número de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do
responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva
tiragem.

Não Pode No dia das eleições, é vedada a arregimentação de eleitor ou a propaganda de


boca-de urna (distribuição de santinhos) e a divulgação de qualquer espécie de
propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos. É proibido também
espalhar material de campanha no local de votação ou nas vias próximas, ainda que
realizado na véspera da eleição, sujeitando-se os infratores a multa e apuração
criminal.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Adesivos em veículos

Pode Colar adesivos Em troca de dinheiro ou de Não Pode


microperfurados até a qualquer tipo de pagamento pelo
extensão total do para- espaço utilizado. Os adesivos
brisa traseiro e, em também deverão conter o número
outras posições, até a de inscrição no Cadastro
dimensão máxima de Nacional da Pessoa Jurídica
0,5 m². (CNPJ) ou o número de inscrição
no Cadastro de Pessoas Físicas
(CPF) do responsável pela
confecção, bem como de quem a
contratou, e a respectiva tiragem.

Venda, distribuição e fornecimento de bebidas alcoólicas

Não Pode
Proibido no horário compreendido entre 06 (seis) e 18 (dezoito) horas do dia
07 de outubro de 2018, a venda, distribuição e o fornecimento de bebidas
alcoólicas nos bares, boates, hotéis, restaurantes, lanchonetes, clubes
recreativos, salões de festas, quiosques, demais estabelecimentos comerciais e
similares, em todo o Estado de Minas Gerais. Caso haja 2º turno nas eleições,
aplicar-se-á as mesmas recomendações no dia 28 de outubro, de acordo com a
Resolução Conjunta SESP/SEAP/PMMG/PCMG/CBMMG nº06, de 04 de
outubro de 2018.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Foguetes, fogos de artifícios e produtos pirotécnicos

Pode
A queima de foguetes, fogos de artifícios ou produtos pirotécnicos, no dia 07
de outubro, e no dia 28 (caso haja segundo turno), deve ser feita em local
completamente isolado num raio de, no mínimo, 50 metros. Se o local for
público, deve haver policiamento e ser autorizado por órgão competente de
trânsito para interdição de via. Os responsáveis devem portar extintores de
incêndio prontos para casos de necessidade. A queima deve ocorrer em pontos
estratégicos, em terrenos livres ou baldios, entre 06 às 22 horas. Após o evento,
os encarregados deverão recolher as sobras do material, inclusive embalagens.
(Resolução Conjunta SESP/SEAP/PMMG/CBMMG/PCMG nº 07, de 04 de
outubro de 2018).

Foguetes, fogos de artifícios e produtos pirotécnicos

Não Pode A queima de foguetes, fogos de artifícios ou produtos pirotécnicos, no dia 07


de outubro, e no dia 28 (caso haja segundo turno), não poderá acontecer nas
proximidades de sedes do Poder Executivo, Legislativo e Tribunais Judiciais,
quartéis e outros estabelecimentos militares, delegacias de polícia, hospitais,
postos de saúde, casas de saúde, bibliotecas públicas ou particulares, escolas
públicas ou particulares, igrejas, teatros, postos de combustíveis, revenda de gás
comercial e industrial, áreas de pastagens ou reservas ambientais, repartições
públicas, adjacentes a estabelecimentos comerciais e industriais ou locais que
possam induzir e/ou indicar possível risco de sinistro e/ou incêndio.
(Resolução Conjunta SESP/SEAP/PMMG/CBMMG/PCMG nº 07, de 04 de
outubro de 2018).

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Crimes Eleitorais
Corrupção Eleitoral: Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro,
dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda
que a oferta não seja aceita.

Boca de Urna e Divulgação de Propaganda no Dia da Eleição: no dia da eleição, I - o uso de alto-
falantes e amplificadores de som ou a promoção de comício ou carreata;
II - a arregimentação de eleitor ou a propaganda de boca de urna; III - a divulgação de qualquer espécie de
propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos."

Concentração de Eleitores: Promover, no dia da eleição, com o fim de impedir, embaraçar ou fraudar o


exercício do voto a concentração de eleitores, sob qualquer forma, inclusive o fornecimento gratuito de
alimento e transporte coletivo.

Fornecimento de Alimentação e Transporte de Eleitores: é crime cometido pelo candidato ou


órgãos partidários, ou a qualquer pessoa, o fornecimento de transporte ou refeições aos eleitores da zona
urbana.

Coação ou Ameaça: Usar de violência ou grave ameaça para coagir a votar, ou não votar, em
determinado candidato ou partido, ainda que os fins visados não sejam conseguidos.

Fraude do Voto: Votar ou tentar votar mais de uma vez, ou em lugar de outrem: Pena - reclusão até três
anos.

Calúnia: Caluniar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda, imputando-lhe


falsamente fato definido como crime.

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Crimes Eleitorais
Difamação: Difamar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando fins de propaganda, imputando-lhe
fato ofensivo à sua reputação.

Injúria: Injuriar Alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda, ofendendo-lhe a


dignidade ou o decoro.

Inutilizar Propaganda Eleitoral: Inutilizar, alterar ou perturbar meio de propaganda devidamente


empregado.

Impedir o exercício de propaganda.

Recusar ou abandonar o serviço eleitoral sem justa causa.

Desordem: Promover desordem que prejudique os trabalhos eleitorais.

Impedimento ou Embaraço ao Exercício do Voto: Impedir ou embaraçar o exercício do sufrágio.

Desobediência: Recusar alguém cumprimento ou obediência a diligências, ordens ou instruções da


Justiça Eleitoral ou opor embaraços à sua execução

Falsidade Ideológica: Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar
ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais.

Os crimes em vermelho são infrações de menor potencial ofensivo (ver Procedimentos para
Registro de Crimes Eleitorais abaixo).

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Procedimentos para registros de crimes eleitorais
Nos locais onde já haja ou forem instaladas Delegacias da Polícia Federal bem como da Polícia
Civil no dia das eleições, as ocorrências relacionadas a crimes eleitorais, incluindo os de menor
potencial ofensivo, deverão ser encerradas nas respectivas Delegacias, não havendo portanto
lavratura de TCO por parte da PMMG.

Nos municípios em que não houver Polícia Federal ou Delegacia de Polícia Civil de plantão,
será «adotada, no primeiro turno das eleições (7/10/2018) e segundo turno (28/10/2018), se
houver, a sistemática segundo a qual a policia militar, ao deparar com a ocorrência de fato que
evidencia relevância penal eleitoral, definido como crime de menor potencial ofensivo, nos termos
da Lei 9099/95, fará o REDS, sem conduzir os envolvidos até a presença do Delegado, que por sua
vez Iavrará o TCO, ajustando, com o Juiz Eleitoral, a data para realização da audiência preliminar,
prevista no art. 72 e seguintes da Lei 9099/95, com posterior intimação dos envolvidos para o
devido comparecimento» (Ofício Circular nº 095, de 04 de outubro de 2018 - CRE/2018 - TRE-MG,
a lavratura de termo circunstancial de ocorrência - TCO, em matéria penal eleitoral).

Nas ocorrências de infrações penais eleitorais de menor potencial ofensivo, em que haja
apreensão/recolhimento de materiais relacionados com o fato, estes devem ser acautelados pela
PMMG e entregues na Delegacia da Polícia Civil destinatária do REDS, no primeiro dia útil
subsequente ao pleito eleitoral.

Nas infrações penais de menor potencial ofensivo que não se enquadrem em crimes eleitorais, o
procedimento da PMMG permanece inalterado quanto à lavratura do TCO, ou seja, nos
municípios que já o fazem em comum acordo com o Juiz do Foro, permanece o status quo
(Memorando Circular nº30.096.1/2018 - CG).

DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL


Encerramento de ocorrências afetas ao pleito eleitoral
Compete à Polícia Federal exercera função de polícia judiciária em matéria eleitoral.
Em localidades que não haja órgãos da Polícia Federal, a função de polícia judiciária será exercida pela Polícia Civil.
ENDEREÇOS DAS SEDES DAS DELEGACIAS DA PF
Superintendência Regional em Belo Horizonte
Rua Nascimento Gurgel, n° 30 - Bairro Gutierrez. Fone: (31) 3330-5200.

Delegacia em Governador Valadares


Av. Dr. Agílio Monteiro, n° 10 - Distrito Industrial. Fone: (33) 3212-9100.

Delegacia em Juiz de Fora


Av. Brasil, n° 4.150, Bairro Manoel Honório. Fone: (32) 3228-9000.

Delegacia em Montes Claros


Rua Coração de Jesus, n° 500 - Centro. Fone: 2103-3200.

Delegacia em Uberaba
Rua Delegado Agílio Monteiro, n° 10 - Parque do Mirante. Fone: (34) 2104 5200.

Delegacia em Uberlândia
Av. João Naves de Ávila, n° 5800 - Bairro Pampulha. Fone: (34) 3230 2000.

Delegacia em Varginha
Av. Princesa do Sul, nº 1600, bairro Rezende. Fone: (35) 3229-4101.

Delegacia em Divinópolis
Rua Guaraci Carlos de Freitas, n.º 710 - Santa Clara. Fone: (37) 3216-9400.

A Polícia Federal, excepcionalmente, no período de 03Out18-Qua a 08Out18-Seg, atenderá ocorrências


nos municípios de Diamantina, Ipatinga/Coronel Fabriciano, Ouro Preto/ Mariana, Sete Lagoas,
Manhuaçu/Manhumirim, Passos, Barbacena, Muriaé, São João Del Rei, Araxá, Frutal, Ituiutaba, Patos de
Minas, Pouso Alegre, Alfenas e Teófilo Otoni.
DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL