Você está na página 1de 25

Simpósio

Ventosaterapia Chinesa
Aplicada ao Esporte
Bem Vindos!
Ventosaterapia Chinesa
Definição e conceito
Segundo Tao Xian Yue e Qu Fei: “Como uma das Terapias Externas, a ventosa é
uma importante parte da Medicina Chinesa. É uma terapia física utilizada para tratar
doenças por criar congestão local ou hemóstase via pressão negativa por aderir
uma série de copos especialmente produzidos em pontos ou áreas da superfície do
corpo.”
Ventosaterapia Chinesa
Histórico
• Registros históricos mais antigos remetem ao Egito antigo

• Gregos – Escritos de Hipócrates remetem ao século IV A.C

• Medicina Chinesa – Dinastia Han 186 A.C Wu Shi Er Bing Fang (五十二病方
wǔshíèr bìngfāng) – Prescrições para Cinquenta e Duas Doenças

Cirugiões barbeiros
Tumbas egípcias em luxor Ocidente antigo aplicando ventosaterapia
Ventosaterapia Chinesa
Histórico – Descompressão Miofascial

Universidade da Califórnia (San Francisco)


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte

Performance

• Regular função de Zang Fu;

• Manter níveis adequados de Qi e


Xue;

• Mobilizar Qi e Xue nos Canais e


Colaterais
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Performance
• Regular função de Zang Fu: A dupla baço e estômago

Su Wen, capitulo 44: “O baço governa os músculos e as carnes do corpo.”

Su Wen, capitulo 05: “O baço geras carnes.”


“O yang claro preenche os quatro membros”

Huang Di Nei Jing Tai Su: “O órgão baço armazena um qi, o qi dos músculos e das
carnes”

Ling Shu, capítulo 29: “Os quatro membros recebem todo o qi do estômago, mas
este não pode acessá-los diretamente. É necessariamente graças ao baço que os
membros podem recebe-lo. Se o baço está doente e não pode circular os líquidos
do estômago, os quatro membros não recebem o qi das águas e dos grãos, o qi
enfraquece, a via dos vasos não é fluida, os tendões, os ossos, os músculos e as
carnes ficarão todos sem qi para nutri-los”
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Performance e flexibilidade
• Regular função de Zang Fu: O fígado e a flexibilidade da Madeira

Su Wen, capitulo 44: “O fígado governa as membranas tendinosas do corpo .”

Su Wen, capitulo 23: “O fígado governa os tendões .”

Su Wen, capitulo 21: “O qi dos alimentos entra no estômago, o jing se dispersa


para o fígado, o qi que esta em abundância se dirige aos tendões.”

Lei Jing – Clássico das classificações: “O fígado pertence a madeira, a madeira se


curva se endireita e é flexível, é a imagem dos tendões, é por isso que o fígado
está ligado aos tendões”.
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Performance
• Regular função de Zang Fu: Pulmão, Difusão, Descendência e Dispersão

Yī Xué Shí Zài Yì – Ensinamentos completos e fáceis da medicina: “O qi se


comunica com o pulmão, todos os qi dos canais e do zang fu, sem exceção, são
difundidos pelo qi do pulmão”

Tái Píng Shèng Huì Fāng – Fórmulas sabias e benevolentes da grande harmonia:
“O pulmão faz comunicar e circular o qi dos órgãos zang”

Qí Zhèng Huí – Coletânea sobre sintomas estranhos: “O qi do corpo inteiro


dependente totalmente do pulmão. O pulmão está claro então o qi circula, o
pulmão está turvo então o qi está bloqueado”.
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Performance
Força muscular x Flexibilidade e elasticidade
Baço (Rou) e estômago: Fígado(Jin):
Força Muscular; Flexibilidade e elasticidade
Capacidade Contrátil. de músculos e tendões

B20, B21, Ba6, VC12, E36 B18, F8, Ba6, F14


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Performance e flexibilidade
Nutrição periférica
Distribuição de substratos essenciais para camadas superficiais do corpo.

• Pele;
• Músculos;
• Canais Superficiais.
Qi, Xue, Fluidos

B13, P5, P1, P2


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Performance e flexibilidade
• Manter níveis adequados de Qi e Xue
• Mobilizar Qi e Xue nos Canais e Colaterais Yuan Qi Zong Qi

Wei Qi Ying Qi
Su Wen, capitulo 24:
“O canal tai yang contêm muito sangue, pouco qi.
O canal shao yang contêm pouco sangue, muito qi.
Qi = Aspectos funcionais
O canal yang ming contêm muito qi e muito sangue.
(movimento, ação, metabolismo)
O canal shao yin contêm pouco sangue, muito qi.
O canal jue yin contêm muito sangue, pouco qi.
O canal tai yin contêm muito qi, pouco de sangue.”
Xue Jin Ye

Jing

Xue = Aspectos nutricionais


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte - Performance
Doping

Critérios World Anti-Doping Agency

• Evidência científica de que o método ou substância tem potencial para


melhorar ou melhora a performance esportiva;

• Evidência científica de que o método ou substância representa risco


potencial ou real à saúde do atleta;

• O método ou substância viola o espírito esportivo (WADA Code)


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Lesões musculo esqueléticas

• Crônicas e Agudas;

• Incidência e prevalência de acordo com


modalidade e categoria;

• Aliviar a dor e aumentar mobilidade


(Meleger & Borg-Stein, 2000);

• Ventosaterapia melhora fluxo sanguíneo


local, oxigenação tecidual, troca
metabólica, produção de ATP. Melhora
controle motor e reflexos neurológicos.
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Lesões musculo esqueléticas
1. Reconhecer o quadro de acordo com a Medicina Moderna
2. Diagnóstico de acordo com as teorias de base da MTC
3. Compreender o mecanismo da doença de acordo com a Medicina
Chinesa
4. Diferenciação de Síndrome
5. Determinar o princípio de TTO
6. Selecionar técnica de TTO de acordo com objetivos
7. Teoria de Canais e Colaterais
8. Síndrome Bi (obstrução dolorosa) de caráter agudo ou caráter crônico,
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Lesões musculo esqueléticas

Alterações Determinação da Princípio de Método aplicado


natureza da tratamento
alteração

Excesso Sensibilidade a Dispersão Tração forte e


palpação retenção longa

Deficiência Conforto a palpação Tonificação Tração fraca e


retenção curta

Ampla atuação sobre canais tendino-musculares


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Lesões de Joelho

E35 – Dubi
E34 – Liangqiu
VB34 – Yanglinquan
Heiding Ex
F8 - Quguan

Velocistas e maratonistas (25-30%)


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Lesões de ombro
Degeneração acrômio clavicular, capsulite adesiva,
deslocamento de ombro, lesão de manguito rotator

P2 - Yunmen
Ba20 - Zhourong
ID9 - Jianzhen
ID10 - Naoshu
ID11 – Tianzhong
IG14 - Binao
IG15 - Jianyu
IG16 - Jugu
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Lesões em região isquiotibial

VB30 – Huantiao
VB32 – Zhongdu
B36 – Chengfu 
B40 - Weizhong
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte

Aspectos psicofisiológicos
Segundo BOMPA (2002), o treinamento psicológico é de grande importância,
pois melhora a autoconfiança dos atletas fazendo com que adquiram um
melhor desempenho físico.

Variáveis que afetam o atleta de alto rendimento:

• Concentração
• Motivação
• Emoções (stress e ansiedade)
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte
Aspectos psicofisiológicos
Abordagens terapêuticas
• Acalmar o Shen: Professor Antonio Augusto Cunha enfatiza em sua
obra sobre ventosaterapia a aplicação do recurso para relaxamento dos
músculos enrijecidos e nervos excitados, fator que promove o
relaxamento mental, o qual é obtido através do relaxamento físico.

• Regular o sono;

• Assegurar o livre fluxo de Qi e Xue


Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte

Aspectos psicofisiológicos
Abordagens terapêuticas
• Regular o sono;

失眠shī mián
Insônia
PC6 (Neiguan)
PC8 (Laogong)
BA6 (Sanyinjiao)
Anmian
B15 (Xinshu)
B20 (Pishu)
B23 (Shenshu)
Ventosaterapia Chinesa
Aplicações no Esporte

Aspectos psicofisiológicos
Abordagens terapêuticas
Obrigado!
謝謝
Xièxiè