Você está na página 1de 4

Prof. Dr.

Alexandre de Oliveira Fernandes


Junho de 2016
73 – 9126 3077 - Tim
alexandre.pro@gmail.com

Possui graduação em Letras pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB, pós-


graduação em Letras: Língua Portuguesa e Literatura pelas Faculdades Integradas
Jacarépagua/RJ – FIJ-RJ. Também pelas Faculdades Jacarepaguá, pós strictu sensu em
Cultura Afro-brasileira. Especialista em Antropologia com Ênfase em Cultura Afro-
brasileira pela Universidade do Sudoeste da Bahia - UESB. Professor de Língua
Portuguesa e Literatura do Instituto Federal de Educação Tecnológica da Bahia -
IFBA/Porto Seguro. Mestre em Letras: Linguagens e Representações pela Universidade
Estadual de Santa Cruz - UESC. Doutor em Letras (Ciência da Literatura) pela
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ.

Formação acadêmica/titulação

2014 –

Graduação (em andamento) em Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades


Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil

2011 - 2015
Doutorado em Letras (Ciência da Literatura) (Conceito CAPES 6).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.

2008 - 2010
Mestrado em Letras: Linguagens e Representações.
Universidade Estadual de Santa Cruz, UESC, Brasil.

Atuação Profissional

Instituto Federal da Bahia, IFBA, Brasil.


2008 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Prof de Língua Portug e Literaturas
Aprovação em Concurso Público - DOU - nº 14, segunda-feira, 21 de janeiro de 2008.
Seção 2. Portaria de 15 de janeiro de 2008.
Participação em Grupos de Pesquisa, eventos, congressos, orientações

Grupo de Estudos em Diversidade – IFBA / Porto Seguro


Participante do Grupo de Pesquisa em Educação das Relações Étnicas – UESB
Estudos Transdisciplinares da Herança Africana – UNIP/SP

Eventos, congressos

Jornada Pedagógica 2017.A imparcialidade política na sala de aula. 2017. (Seminário).


XIII Encontro de Combate à Discriminação Étnica.Relações étnicas, sexualidades
dissidentes e transgeneridade. 2017. (Encontro).
2 Ciclo de Debates Cultura da Paz e Direitos Humanos. Estado Democrático ou Estado
de Ódio?. 2016. (Congresso).
7 Encontro de investigadores - Lusofonia: da dominação colonial à cooperação.Análise
de capítulo de livro didático a partir de uma perspetiva intercultural crítica: da violência
à esperança. 2016. (Encontro).
Café com Educadores.Bataille, Foucault e Butler: interações, fricções, clivagens em
torno da sexualidade e do poder. 2016. (Encontro).
CONEPS 2016 VII Congresso de Educação de Porto Seguro. Relações conflituosas e
discriminação na escola. 2016. (Congresso).
II Seminário do Programa de Pós-Grad Relações Étnicas.Exuriand@: Feminilidades
de/em Exu à luz da différance. 2016. (Seminário).
I Seminário sobre Cidadania e Direitos LGBT.Saúde e o desafio da diferença: a vida é
mais além. 2016. (Seminário).
Jornada Pedagógica: Escola Indígena Pataxó.Avaliação: Questões contemporâneas.
2016.
V Cbpn - Congresso de pesquisadores negros. Reflexões sobre o Mysterium tremendum
et fascinans: a verdade nos mitos. 2015.
II Seminário Internacional Desfazendo Gênero.O cobrador indiciado: cobranças, modus
operandi e correlatos. 2015.
I Ciclo de Debates Cultura da Paz, Juventude e Convivência Cidadã.Uma Literatura da
paz. 2015.
Desenvolvimento profissional docente: formação de professores em Diversidade Afro e
Indígena.Coordenação de Curso de Extensão em Diversidade Afro e Indígena. 2015.
VIII Congresso APLU Literaturas Infernales. Corpo/Corpus de Exu em Jorge Amado.
2014. (Congresso).
Coneps 2014. Tempo de Mal Estar e Adoecimento Docente & Condição do Trabalho na
Escola. 2014. (Congresso).
Secretaria de Educação Porto Seguro.A identidade do Coordenador Pedagógico:
responsabilizar-se. 2014. (Encontro).
Secretaria de Educação Porto Seguro.A educação que pergunta pelo Outro: Diversidade
na diferença. 2014. (Encontro).
I Simpósio Sudeste da ABHR. Umberto Eco, Carlo Maria Martini, Jacques Derrida:
saber e fé no Deserto do Deserto. 2013. (Congresso).

Artigos / Capítulo de livro publicados

FERNANDES, A. O.. Geertz e os usos da diversidade: uma perspectiva pós-


estruturalista. Revista Odeere, v. I, p. 168-187, 2016.
FERNANDES, A. O.. Eticizar o mundo e desenvolver o humano. In: Benedito
Gonçalves Eugênio. (Org.). Currículos, relações étnico-raciais e práticas educacionais.
1ed.Vitória da Conquista, BA: CRV, 2016, v. 1.
Gênero e Sexo: Onde há différance?. Revista Mulheres e Literatura, v. 13, p. 18, 2014.
Um Corpo/Corpus para Exu: nem Eros, nem Tânatus, nem Apolo, nem Dionísio.
Revista Nures, v. VIII, p. 135-151, 2013.
NOTAS PARA UMA LEITURA DERRIDIANA DE EXU. Palimpsesto (Rio de Janeiro.
Online), v. 01, p. 1-1, 2011.
Contribuições contra a invisibilidade e o silenciamento afro-descendente. Revista África
e Africanidades, v. Ano II, p. fev 2010, 2010.

Orientações

Mestrado
Luciano Fernandes de Souza. CONSENTIDA, ENSINADA, RESISTIDA: Discursos de
egressos não heteronormativos sobre a homofobia na escola. Início: 2015. Dissertação
(Mestrado profissional em Mestrado em Ciências da Educação) - Universidade
Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Trabalho de conclusão de curso de graduação


Clébia Rocha Lima. A oralidade como prática social: Uma análise dos livros do IBEP
para os 8 e 9 anos do Ensino Fundamental. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso.
(Graduação em Letras) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Alexandre de
Oliveira Fernandes.

Ana Marta de Araújo Silva. Ana Maria Machado: Formação do sujeito histórico crítico
em Raul da Ferrugem Azul. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em
Letras) - Universidade do Estado da Bahia. Orientador: Alexandre de Oliveira
Fernandes.

Currículo Lattes completo em CV: http://lattes.cnpq.br/8309021430364979