Você está na página 1de 3

O Deus que Peleja Por Nós

O Senhor Pelejará por Vós e Vós vos Calareis (Êxodo 14.1-14)

Viver nesse mundo conturbado sem fé é impossível. Não há como obtermos sucesso em
nossas empreitadas se não tivermos fé. A questão não é apenas ter fé. Há algo mais
importante que precisamos saber do que simplesmente a verdade de que é necessário ter fé.
Mais importante do que ter fé é em quem nós depositamos nossa fé?

Se é em nossas experiências pessoais, fracassaremos. Se confiamos no braço humano


seremos vergonhosamente humilhados (Jeremias 17.5)

Se depositamos nossa fé em artifícios dessa terra, não progrediremos em nossa jornada


cristã.

Ouvindo essa mensagem parece ser fácil depositarmos nossa fé no Senhor Jesus, mas
quando a adversidade nos cerca de muitas maneiras, vacilamos, pois somos tomados pelo
medo, pela insegurança, pela incerteza, que são próprias do ser humano e não conseguimos
vislumbrar o livramento e a vitória que o Senhor nos proporciona.

O povo de Deus, ao sair da terra do Egito, sendo guiados pela mão de Moisés, perdeu isso
de vista, pois foi tomado por todos esses sentimentos. Todos no Egito viram os sinais que Deus
operou por intermédio de Moisés, viram as dez pragas do Egito, e agora esse povo tão sofrido
está prestes a colocar os pés fora dos limites territoriais do Egito.

Faraó libera o povo para ir, junto com Moisés, mas depois se arrepende e vai atrás da sua
mão de obra barata.
De repente, esse povo agora liberto, fica sabendo que as tropas de faraó se aproximam
para capturá-los ou matá-los. O povo se viu certado de todos os lados. Por trás vinham os
carros de Faraó com seus soldados fortemente armados em busca de seus escravos; nas
laterais um vale, rochas, arbustos, e espinheiros intransponíveis; na frente do povo, o mar
vermelho. Humanamente falando, não havia saída. Como escapar?

Moisés ao ouvir as queixas do povo, e perceber o desespero desses encurralados,


tranqüiliza o povo dizendo: “Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do Senhor, que
hoje, vos fará; porque os egípcios que hoje vedes, nunca mais tornareis a ver. O Senhor
pelejará por vós, e vós vos calareis.” (Êxodo 14.13,14).

Moisés sabia que Deus traria a solução diante dessa tribulação. Podemos crer também que
o mesmo Deus que operou milagrosamente na vida desse povo pode operar também em
nossas vidas.

Podemos ter a certeza de que o Senhor peleja e pelejará por nós. Ele peleja por nós
quando:

1) SOMOS CERCADOS DE TODOS OS LADOS SEM QUE HAJA SAÍDA (v. 9,10)

Meus amados, quando o povo de Deus se viu cercado, não havia para onde fugir. Se Deus
não abrisse o mar, o seu povo voltaria a ser escravo dos egípcios. Se Deus não operasse um
milagre ali, seu povo seria derrotado e envergonhado.

Quando não existe saída e somos cercados de todos os lados, quando não há solução para
o nosso problema, Ele luta as nossas lutas e ganha nossas batalhas. Davi no Salmo 121,
versículo 1 pergunta para si mesmo: “Elevo os olhos para os montes, de onde me virá o
socorro?” Ele mesmo encontra a resposta.

Meus irmãos, quando não há mais saída, o Senhor mostra que Ele é nossa púnica saída. Ele
é quem peleja por nós, quando somos cercados.

2) SOMOS TOMADOS POR UM DESESPERO QUE OFUSCA NOSSA FÉ (v. 11,12)

Meus amados, quando somos tomados pelo desespero, nossas forças desaparecem. O
povo de Deus ficou tão desesperado diante dessa perseguição que se esqueceu do que Deus já
tinha operado com seu poder no Egito.

Diante de tantos milagres que o Senhor já realizou em nossas vidas, muitas vezes nós nos
desesperamos, porque há situações que nos pressionam de tal forma que até mesmo
duvidamos da presença e da intervenção de Deus. Em Josué 7.7, Josué agora, sucessor de
Moisés clama ao Senhor por que o povo perdeu a batalha para os Amorreus em Ai. Josué ficou
desesperado e atordoado por causa da derrota.

Quando o sentimento de desespero, preocupação e ansiedade tomam conta de nós, Deus


nos manda aquietarmos e esperarmos pelo seu livramento. Meus amados, nós não podemos
nos acovardar diante dos perigos da vida pois Deus peleja por nós quando nos faltam forças, e
Ele demonstra que ele tem todo poder no céu e na terra para fazer o impossível e mudar nossa
sorte.
3) PARAMOS DE MURMURAR E MARCHAMOS COM FÉ (v. 13-15)

Meus amados, um dos motivos pelo qual nossa bênção muitas vezes demora a nos alcançar
é nossa murmuração e inércia diante do problema. O povo de Deus murmurou tanto que uma
caminhada de apenas alguns meses durou 40 anos pelo deserto. Muitos que viveram nesse
período morreram no deserto. Somente a geração de Josué e Calebe entraram na terra
prometida.

O povo aqui nesse episódio falhou porque tomados pelo desespero, pela descrença, pelo
medo, reclamaram de Deus, e ficaram paralisados. Deus começou a agir quando o povo se
calou e aguardou o livramento do Senhor. Quando o povo se cala Deus ordena ao povo que
marche. Mas marchar para onde? Para o mar que se abriria diante dos olhos de todos. Meu
amado quer que Deus lute suas batalhas, pare de reclamar e marche com fé. Paulo quando
chega ao final de sua vida, ele se despede de Timóteo dizendo assim: “Combati o bom
combate, completei a carreira e guardei a fé” (II Tim. 4.7). Paulo marchou até o fim e não
reclamou das dificuldades, mas creu que o mar se abriria para ele também. É Deus quem
guerreira nossas guerras. Precisamos marchar com fé e não reclamarmos.

Deus de fato, cumpriu com o que prometeu ao seu povo. Ele foi adiante desse povo e o
tempo todo agiu de forma sobrenatural para livrar seu povo:

- obscurecendo o caminho dos inimigos e clareando para o povo de Deus (v. 20);

- manteve os egípcios distante do povo seu povo (v. 20);

- trouxe alvoroço no arraial dos egípcios (v. 24);

- emperrou as rodas dos carros de Faraó, quando estavam no meio das paredes de águas
que foram abertas (v. 25);

- fechou as águas sobre os egípcios afogando-os no mar, junto com seus cavalos (v.26-31).

Meus amados, esse é o Deus que zela por nós. Creia tão somente em sua intervenção, e
não duvide que ele é quem faz o impossível para mim e para você. Ele peleja por nós porque
ele é fiel e cumpre sua Palavra.

Creia e não duvide desse Deus tremendo que peleja por nós. Em nome de Jesus, que Deus
te abençoe, amém.