Você está na página 1de 3

ARTES

MARACATU – é propriamente dito, um cortejo rege, que desfila com toda a solenidade,
inerente a realeza e revestido, portanto por galas e opulências,

1 dia de agosto / 25 de março – dia do maracatu, dia de festas para nações (maracatu de
baque virado).

Data criada em homenagem a luiz de França, criador do maracatu leão coroado, um dos mais
antigos do brasil.

Maracatu de baque virado (nação)

Maracatu de baque solto (rural)

Maracatu do Ceará

Maracatu de baque virado – tem ligação aos cultos do candomblé (religião africana cantada
em africano) é uma manifestação cultural, onde há uma corte e um batuque.

Os instrumentos – alfaia (bombo), abe (xequerê), mineiro (chocalho), tarol (caixa) e congue
(agogô com apenas uma campana)

A corte – damas do paço, calungas (bonecas), rei, rainha, vassalo, catirina, baianas

Batuque conhecidos como batuqueiros.

Dona santa (maria Júlia do nascimento, nasceu em 1877 - 1962, bairro da boa vista - recife) –
rainha de um dos mais antigos maracatus, o maracatu/nação elefante

Candomblé – formas de resistência das culturas africanas

Maracatu de baque solto – tem ligação aos cultos de jurema (religião indígena cantada em
português), é um folguedo, que foi criado nas senzalas dos engenhos de cana de açúcar, de
uma cultura indígena, sofrendo influências africanas

Diferença entre o maracatu de baque virado para o de baque solto – os instrumentos, o


batuque, a dança, os caboclos de lança.

Caboclo de lança – guerreiro que protege seu povoe seu território.

Mestre – comanda o maracatu, improvisando as loas e orientando as manobras.

Arreiamá – índio que traz paz ao maracatu e representa a ligação com as forças da natureza.

Catita – abre caminho para o maracatu e arrecada dinheiro e alimentos para o grupo.

Corte – integrada por rei, rainha, fama do paço (carrega a calunga (boneca)), valete e dama de
buquê.
Instrumentos – conguê, bombo (geralmente tem uma porca (cuíca) embaixo do bombo), tarol,
mineiro (ganzá), sopro (trompete, trombone, sax, tuba...)

Maracatu do Ceará – a cultura do maracatu, oriunda do continente africano, chegou em


fortaleza em 1936, e até hoje se mantém como uma das mais importantes manifestações
culturais do estado.

O batuque dos bumbos e o tilindar dos chocalhos, acompanhado de um coro que entoa
canções de reverência aos escravos avisa que o maracatu está passando na avenida. As cortes
das fantasias e as caras pintadas de preto encantam o público, que acompanha atentamente
cada detalhe do cortejo a desfilar no carnaval de fortaleza. A cultura maracatunense, oriunda
do continente africano, chegou na cidade por volta de 1936, e foi inserida como agremiação
no carnaval de rua da capital um ano depois, em 1937, com a fundação do maracatu AZ DE
OURO, criado por Raimundo Alves Feitosa, mais conhecido como “mestre Juca do balaio” que
ingressou aos 22 anos no AZ de ouro.

O maracatu AZ DE OURO é o mais antigo e tradicional de fortaleza. Sua criação serviu de


inspiração para a formação de vários blocos, como os extintos e ainda lembrados RANCHO
ALEGRE, NAÇÂO AFRICANA e REI DE ESPADAS. De acordo com a secretaria de cultura de
fortaleza, na cidade há 13 maracatus oficiais, sendo eles maracatu REI ZUMBI; maracatu REI
DO CONGO; NAÇÃO PICI; maracatu AXÉ DE OXÓSSI; maracatu AZ DE OURO; maracatu VOZES
DA ÁFRICA; maracatu NAÇÃO BAOBAB; maracatu KIZOMBA; maracatu FILHOS DE IEMANJÁ;
maracatu SOLAR e maracatu NAÇÃO PALMARES

ROCK

Década de 40

O rock tem suas origens ligadas fortemente a história do blues, o desenvolvimento das músicas
de colheita que gerou o blues, acabou gerando também o estilo chamado “R&B”, que é um
jeito de tocar o blues, cheio de swing e energia que colocava todo mundo para a dançar.

Aos poucos a palavra “ROCK” começou a fazer parte do “R&B” com significado de agito,
festejar.

Década de 50

OBS – “CHUCK BERRY” foi um dos primeiros a sintetizar o formato do “ROCK”.

Ao unir os blues, R&B, jazz e a country music, nasce então um novo gênero com o balanço
contagiante, chamado “ROCK’N ROLL”, sofrendo grande preconceito, por caracterizar uma
juventude rebelde, e com a música trazendo elementos da cultura negra.

O status de pop só foi adquirido através de “ELVIS PRESLEY (considerado o rei do rock, unindo
em suas músicas diversos ritmos, dentre eles o country, gospel, R&B), e ganhou ainda mais
popularidade, através da guitarra elétrica.
Década de 60.

O mundo conheceu o rock britânico, através dos “THE BEATLES”, que abriram as portas para
diversos grupos ganharem popularidade através do mundo, no brasil, Celly campelo, estourou
com seus sucessos – (banho de lua, estúpido cupido...)

Uma tabela logo abaixo, demonstra as décadas, e cantores que marcaram o rock.

Década mundo brasil Pernambuco

Bill Halley
Jerry Lee Lewis
1950

Elvis Presley

The Beatles Celly Campello


Em PE
Rolling Stones Jerry Adriani
1960 Reginaldo Rossi
Bob Dylan Wanderléa
Roberto Carlos

Led Zeppelin
Black Sabbath Raul Seixas Em PE
The Doors Os Mutantes Ave Sangria
1970
Jimmy Hendrix

Legião urbana
Iron Maiden Titãns
Queen Engenheiros do Hawai
1980 Kiss

Guns’n’Roses
Metallica Raimundos
Megadeth Angra
1990
Nirvana Sepultura