Você está na página 1de 8

Instituto de Química – INQUI

Química Geral Experimental


SEGURANÇA NO LABORATÓRIO
Separação de Misturas por Cromatografia

Alunos: Vinicius Raphael Mendonça


Mauro

2019
Campo Grande – MS
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO ........................................................................................................ 1

2. OBJETIVOS.............................................................................................................. 1

3. DESENVOLVIMENTO ........................................................................................... 1

3.1. Procedimento Experimental ..................................................................................... .1

3.1.1. Giz...........................................................................................................................1
3.1.2. Tira de Papel............................................................................................................2
3.1.3. Papel Filtro..............................................................................................................2
3.2. Resultados e Discussão ............................................................................................. 3

4. CONCLUSÃO .......................................................................................................... 6

5. REFERÊNCIAS ........................................................................................................ 6
1. INTRODUÇÃO

A cromatografia acontece pela passagem de uma mistura através de duas fases:


uma móvel e uma estacionária, nesse experimento observaremos a interação e o
comportamento dos componentes em diversos materiais.

2. OBJETIVOS

O objetivo é observar como ocorre a separação de misturas por meio da


cromatografia em diferentes objetos, apontar qual fase os pontos possuem mais afinidade,
e se houve mudança no fator retenção.

3. DESENVOLVIMENTO

3.1. Procedimento Experimental


3.1.1 Giz
Materiais:
 Giz
 Canetões nas cores, Azul, Vermelho e Preto
 Béquer
 Tampa de Vidro
 Lápis
 Mistura de Água com Acetona de 10/1
Preparo:
- Foi feito um risco em todo o contorno do giz usando um lápis, a cerca de 1 cm da
base.
- Acima do risco, foram feitos 3 pontos com canetões de cores diferentes, Azul,
Vermelho e Preto.
- O giz foi colocado dentro do béquer, com a marca do contorno para baixo.
- Em seguida foi colocado um pouco de eluente dentro do béquer, até antes de chegar
na marca no giz.
- E por fim o béquer foi tampado com uma tampa de vidro.

1
3.1.2 Tira de Papel
Materiais:
 Tira de Papel
 Canetões nas cores, Azul, Vermelho e Preto
 Béquer
 Tampa de Vidro
 Lápis
 Mistura de Água com Acetona de 9/1
Preparo:
- Sobre uma placa de vidro, foi colocado a tira de papel e feito um risco na parte
inferior usando um lápis, a cerca de 1 cm da base.
- Acima do risco, foram feitos 3 pontos com canetões de cores diferentes, Azul,
Vermelho e Preto.
- O papel foi colocado dentro do béquer, com a marca do risco para baixo.
- Em seguida foi colocado um pouco de eluente dentro do béquer, até antes de chegar
na marca da tira.
- E por fim o béquer foi tampado com uma tampa de vidro.

3.1.3 Papel Filtro


Materiais:
 Papel filtro
 Canetões nas cores, Azul, Vermelho e Preto
 Placa de Petri
 Lápis
 Tesoura
 Mistura de Água com Acetona de 9/1
Preparo:
- Foram feitos dois cortes da base do papel até o centro com distancias de 2 cm,
sendo marcada a lápis.
- Acima do risco, foram feitos 3 pontos com canetões de cores diferentes, Azul,
Vermelho e Preto.

2
- O papel foi colocado dentro da Placa de Petri, com a parte cortada virada para
baixo.
- Em seguida foi colocado um pouco de eluente dentro da placa.

- E por fim o a Placa de Petri foi tampada.

3.2. Resultados e Discussão

Para calcular o fator de retenção, Rf, de cada amostra analisada iremos utilizar:
Rf = hp / hel
Sendo:
Rf -> Fator de Retenção
hp -> distância percorrida pelo composto
hpa -> distância percorrida pelo ponto azul
hpv-> distância percorrida pelo ponto vermelho
hpp -> distância percorrida pelo ponto preto
hel -> eluente
Giz
Para o experimento com o Giz temos os seguintes valores:
Eluente: 5,7 cm
Ponto Azul (hpa): 1,1 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 1,1 / 5,7
Rf = 0,19 cm
Ponto Vermelho (hpv): 0 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 0 / 5,7
Rf = 0 cm
Ponto Preto (hpp): 1,1 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 1,1 / 5,7
Rf = 0,19 cm
Nota-se que o ponto vermelho é menos polar e tem mais afinidade pela fase
estacionária, diferente dos pontos azul e preto que obtiveram o mesmo fator de reação.

3
Tira de Papel
Já o experimento com a Tira de Papel os valores são:
Eluente: 7,6 cm
Ponto Azul (hpa): 4,0 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 4,0 / 7,6
Rf = 0,52 cm
Ponto Vermelho (hpv): 1,2 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 1,2 / 7,6
Rf = 0,15 cm
Ponto Preto (hpp): 6,6 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 6,6 / 7,6
Rf = 0,86 cm
Em comparação
Papel Filtro
E para o Papel Filtro seguem os valores:
Eluente: 8,2 cm
Ponto Azul (hpa): 1,5 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 1,5 / 8,2
Rf = 0,18 cm
Ponto Vermelho (hpv): 0,3 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 0,3 / 8,2
Rf = 0,03 cm
Ponto Preto (hpp): 4,0 cm
Rf = hpa / hel
Rf = 4,0 / 8,2
Rf = 0,48 cm

Durante a realização do experimento pode-se observar que nas três amostras, o


ponto vermelho apresentou mais proximidade pela fase estacionária, sendo assim, menos
4
polar, do que os outros pontos. Indo pelo lado oposto, ambos os pontos, azul e preto,
foram os que mais apresentaram mudança no fator retenção e mais afinidade com a fase
móvel.

5
4. CONCLUSÃO

O método da Cromatografia pode ser usado para separar e identificar substâncias


químicas, mesmo em misturas complexas contendo centenas de compostos. Talvez se
mudássemos a composição do solvente, o ponto vermelho apresentaria melhor
performance do que o visto nesse experimento.

5. REFERÊNCIAS

Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Cromatografia, acesso em 24/03/2019.


Disponível em: https://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategias-ensino/giz-no-
alcool.htm, acesso em 25/03/2019.