Você está na página 1de 3
> sistemas de informacéo gerenclais pode utilizar sistemas de informagto para encontrar respostas? Que decisbes gerenciais pode- riam ser tomadas usando-se informagées obtidas a partir desses sistemas? APERFEICOANDO A TOMADA DE DECISOES: USANDO FERRAMENTAS DA WEB PARA CONFIGURAR E PRECIFICAR UM CARRO Habilidades de software: software baseado na Internet Habilidades organizacionais: pesquisa de informacao de produtos e precos 3.11 Neste exercicio, vocé usaré um software dispontvel em sites de venda de carros para encontrar informagées sobre um modelo de carro de sua preferéncia e usaré essas informacbes para deci- dir sobre a compra de um veiculo. Vocé também avaliard dois desses sites como ferramentas de venda, Vocé est interessado em comprar 0 novo Ford Escape (ou algum outro carro de sua preferéncia). Va ao site do CarsDirect () ¢ comece sua pesquisa. Localize o Ford Escape. Consulte as varias versdes disponiveis para esse modelo e decida qual prefere, considerando preco, itens de fabrica, itens opcionais ¢ itens de seguranca. Localize e leia pelo menos duas anélises sobre esse automével. Navegue no site do fabricante, no caso a Ford (). Compare as informagoes dispontveis no site da Ford com as do CarsDirect sobre o Ford Escape. Tente localizar 0 menor prego para o carro escolhido no estoque de uma concessionéria local. Sugira melhorias para o CarsDirect.com para o Ford.com. DO PROBLEMAS ANCIONINS Essa livraria pode ser salva? (© Borders Group Gnchindo muitas antigas livra- sias Waldenbooks, rebatizadas como Borders Expres) liguidow seus ativos © encerrou suas operagoes no Segundo semestre de 2011, 0 ano anterior jé havia visto 0 fechamento da B. Dalton, que desde 1987 era uma subsidigria da Barnes & Noble. Desde 191, onze das priticipais cadeias de livarias dos Estados Unidos foram reduaidas a apenas seit, ¢ de aproximadamente 3.300 loasrestaram pouco mais de 2.200 em 2011. A lider do setoré a Barnes & Noble, que tem per ‘manecido na lideranca por mais de vinte anos, ¢ ert ‘requentemente tia como “valentond”-inviabilizando 6 negécio de cadeias tegioneis © pequenas livrarias Independents pelo uso de ttias agressivas de pregos ~e-por um estoque-imbstivel- Antes-do e-commerce, reformulou 0 cenério, com sua iojas enormes fogando 4s concorrenes menores a entrerem em uma guerra pelo “maior nimero de tulos oferecidos’. Enquanto Iutavam para se manter no negcio, as cadeias menores lo tiveram apoio das editors Essa extratégia de curto prezo voltaria para assombrar a eitoas. A.BAN se aventuo no conceit de vender livros online, utilizando-se da Trintex, um protétipo de varejo na Web dos anos 1980, vendendo livros atra- vvés da CompuServ em meados da década de 1990 abrindo uma loja on-line na AOL. No entanto, somente em 1997, dois anos apés a chegada da Amazon, foi que ela langou 0 seu primeiro site na Web. Os dados de varios mereados de e-commerce emergentes hoje atestam que os livros so um produto neil ideal para atrair compradores de primeira viagem. A BAN jé estava atrasada na curva de tecnologia ‘A Amazon, langeda inicialmente como uma livraris on-line, éncerrou de vez a guerra dos titulos. Enquanto a BEN podia ser capaz de oferecer mais de 200 mil tiulos em suas lojas isicas, a Amazon oferecia um estogue limitado apenas pela disponibilidade das editors. Transes financeiras perspicares, ncluindo 2 venda de 50% de sua operagio de Internet para o Bigante alemgo Bertelsmann em 1998, mantiveram a BAN no jogo. Assim, ela estabelecew urm novo padelo do setor com 750 mil ttulos em mos ¢alardeou que povlria adquirir mais de oito milhies de livros novos, esgotados raros para os clients junto a seus fornece- dores. No entanto, a Amazon continuava a arquitetar medidas inovadoras contra a B&N. Quando a B&N ab langou sua loja de misica on-line em 1999, varios ‘meses depois de tornar piiblica a barnesandaoble.com de realizar uma reforma em suas financas, foi nova ‘mente “brincar de pega-pega” com a Amazon, pioneira ‘no eonceito no ano anterior. No infeio de 2009, a B&N adquiriu a Fictionwise, um dos maiores proprietérios de livros eletrGnicos da ‘América do Norte, mas ficou novamente atrés na curva de tecnologia. A Amazon ja havia revelado o Kindle, seu Ieitor eletcénico de livros e-reader) dezesseis meses antes. Além do mais, a Amazon ofereceria novos best- -sellers do New York Times ¢ outros e-books populares por menos de dez délares. Enquanto as editoras preocupavam-se a0 ver os leitores sendo condicionados a desvalorizar a palavra impressa e as lojas fisicas indo a seus limites méxi- ‘mos de desconto para permitir que os livros impressos ainda fossem competitivos, a B&N desabou. Demorou até julho de 2009 (dois meses apés a compra da Fictionwise) para finalmente a B&N desvendar o negé- cio da livraria eletrdnica (¢-bookstore). Seu e-reader ‘Nook foi langado em outubro, novamente mais de dois ‘anos apés a Amazon. Ironicamente, ainda em 1998, a BAN tinha uma parceria com empresas de software como a Nuvo-Media para desenvolver um protétipo de e-reader chamado Rocket, mas rejeitou 0 projeto ‘em 2003 porque nao acreditou em sua rentabilidade. ‘Agora cla teve de se mover rapidamente, remodelando- se como uma vendedora de e-books, de e-readers & de aplicativos para aperfeicoar a experiéncia da leitura, 'Bem-recebido pela critica, 0 Nook comecou a arra~ har a participagdo de mercado do Kindle quando pro- vvocot-uma guerra de precos um ano depois. Reduzindo ‘0 prego de USS 259 para US$ 199 ¢ lancando uma ver- so apenas com Wi-Fi por USS 149, a B&N mirou a gigante, A Amazon reagiu rapidamente, reduzindo 0 preco do Kindle para USS 189 oito horas depois e lan-