Você está na página 1de 20

POLOS E CLUSTERS

OPORTUNIDADES E SINERGIAS COM O SECTOR DO TURISMO

PROJECTO “PEQUENO ALMOÇO PORTUGUÊS”

ISABEL OLIVEIRA
PROJECT MANAGER | MARKET DIVISION
02
A PORTUGALFOODS SURGIU EM 2009
PARA TRANSFORMAR O AGROALIMENTAR
03
REPRESENTATIVIDADE DOS NOSSOS
ASSOCIADOS (DADOS 2011)
48 Indústrias Alimentares:
Volume de Negócios: cerca de 2 Mil Milhões € - 16% do total do sector
Volume de Exportação: cerca de 650 Milhões € - 18% do total do sector
Número de Colaboradores: cerca de 14.250 colaboradores
04
REPRESENTATIVIDADE DOS NOSSOS
ASSOCIADOS (DADOS 2011)
14 Entidades do Sistema Científico e Tecnológico Nacional:

- Cerca de 4.250 alunos a frequentar cursos lecionados nas áreas do Agroalimentar;


- Grande dinâmica ao nível da publicação científica e registo de patentes;
- Investimento direto em I&D: cerca de 10 Milhões €
- As ofertas formativas abrangem Licenciaturas, Pós-Graduações, Mestrados e Doutoramentos
em diversas áreas do Agroalimentar, das quais se destacam: Engenharias, Ciências, Inovação,
Sustentabilidade e Higiene e Qualidade & Segurança Alimentar.
05
ÁREAS DE ATUAÇÃO
Conhecimento Internacionalização

Networking

Inovação Competividade

Criação de Valor & Sustentabilidade


OBSERVATÓRIO
Feira Fruit Logistica, Feira Internacional de Agricultura de Novi Sad | Sérvia - Maio 2011
A presença de 51 empresas materializaram a maior presença conjunta de sempre de Fileira
Berlim 2011 Agro-Alimentar Nacional numa feira Internacional
Feira Anuga 2011
Feira Alimentaria 2012 Feira Sial Xangai 2012
Feira World Food Moscow 2012
13
A ESTRATÉGIA DE INTERNACIONALIZAÇÃO
DO SETOR AGROALIMENTAR 2012 - 2017
Segmento do Sector Agro-Alimentar
15
O PROJETO “PEQUENO-ALMOÇO PORTUGUÊS”
16
O PROJETO “PEQUENO-ALMOÇO PORTUGUÊS”
O projeto “Pequeno-Almoço” português é resultante de uma parceria entre a PortugalFoods
e o Turismo de Portugal, no âmbito da iniciativa Prove Portugal /Taste Portugal.

Este projeto prevê a exposição e oferta de produtos portugueses na mesa do


pequeno-almoço, em hotéis de 4 e 5 estrelas.

O seu objetivo principal é aumentar a visibilidade dos produtos portugueses junto dos
consumidores não só nacionais, mas também estrangeiros, sendo considerado a primeira
etapa de um processo de exportação.
17
PLANO DE ACÇÃO
O projeto “pequeno-almoço português” é constituído por 6 fases:

1 - Identificação das várias categorias de produtos que possam estar presentes num pequeno-
almoço de hotel de 4 a 5 estrelas;

2 - Elaboração de critérios que incluem normas de qualidade, segurança alimentar e


proveniência dos produtos, bem como a capacidade de produção e logística da empresa
potencialmente fornecedora dos produtos;

3 - Criação de uma imagem de suporte à identificação dos produtos em ambiente de hotel;

4 - Contato com potenciais fornecedores para implementação numa escala piloto;

5 - Divulgação do projeto;

6 - Implementação.
18
O PROJETO
“PEQUENO-ALMOÇO
PORTUGUÊS”
Exemplos de peças promocionais.