Você está na página 1de 1

Esquema/ Idade máxima para Local de

Idade Vacina História vacinal


Dose indicada início do esquema aplicação

Com 3 doses Não há reforço - -

Completar o
Hepatite B (recombinante) Com menos de
esquema com 2ª
DOENÇAS EVITADAS: Hepatite B 3 doses
ou 3ª dose
Sem limite de idade DD

Não vacinado 3 doses

com 3 doses de
Reforço, se última
Penta/DTP/dT
dose ≥10 anos
anteriormente

Aplicar Reforço de
20 a 59 Dupla adulto (toxoide) Completar o
Com menos de 10 em 10 anos, DE
anos DOENÇAS EVITADAS: Difteria e Tétano esquema com 2ª ou
3 doses sem limite de idade
3ª dose

Não vacinado 3 doses

Não há dose
Com 2 doses SCR
adicional Até 29 anos, 11
-
meses e 29 dias
Com 1 dose 2ª dose
Tríplice viral - SCR* (atenuada)
DOENÇAS EVITADAS: Sarampo, Caxumba e Rubéola

De 30 a 49 anos,
Não vacinado Dose única 11 meses e 29 dias DD
(acima desta idade avaliar
situação epidemiológica)

Com 3 doses Não há reforço - -

Hepatite B (recombinante) Completar o


Com menos de
DOENÇAS EVITADAS: Hepatite B esquema com 2ª
3 doses
ou 3ª dose
Sem limite de idade DD

Não vacinado 3 doses


60 anos
ou mais
com 3 doses de
Reforço, se última
Penta/DTP/dT
dose ≥10 anos
anteriormente

Dupla adulto (toxoide) Completar o Aplicar reforço de


Com menos de DE
DOENÇAS EVITADAS: Difteria e Tétano esquema com 10 em 10 anos
3 doses
2ª ou 3ª dose

Não vacinado 3 doses

Vacina Influenza: está disponível anualmente em períodos de campanha, conforme grupos


recomendados pelo Ministério da Saúde (criança, idoso, gestante, etc.)

Vacina Pneumo 23: está disponível para idosos asilados, anualmente, no período de campanha de vacinação.
* Para profissionais de saúde, independente da idade: administrar 2 doses de SCR, conforme situação vacinal anterior, com intervalo mínimo de 30 dias.
Fonte: CPI/SVS/SUBPAV/SMS-Rio baseado no Calendário Nacional de Vacinação da CGPNI/MS / Portaria GM/MS nº 1533/2016 e NI nº 135/2017 | Atualizado em 25/01/2018 | Arte Ascom – SMS-Rio