Você está na página 1de 5

Tamanho de amostra para estudos RR

Para determinar a importância da variabilidade da análise em relação à variabilidade do processo e à tolerância é


importante que os desvios padrão de repetibilidade e reprodutibilidade sejam estimados com uma variabilidade
adequada, o que dependo do número de observações utilizadas nos cálculos.

A precisão do desvio padrão pode ser avaliada em termos do Coeficiente de Variação, o qual é calculado pela
equação: 0

1
Coeficiente de variação percentual do desvio padrão  CV%  100
2n

onde n representa os graus de liberdade do desvio padrão. Para maiores detalhes veja a Norma da ABNT: NBR
14597:2000 - Precisão de Métodos Analíticos - Determinação da Repetibilidade e Reprodutibilidade de Métodos
para ensaio de produtos químicos - Estudo Intralaboratorial.

Na tabela abaixo você pode determinar o número de analistas e de medições para que as estimativas dos desvios
padrão de repe e de repro sejam confiáveis. Para que seja confiável o CV do desvio deve estar entre 10% e 15%.

Entre com os parâmetros Resultados

Número de analistas (p) 3 gl da repe 18

Número de amostras (a) 3 CV do srepe 16.7%

número de medições / amostra (n) 3

Por este gráfico pode-se verificar que a precisão é boa quando: p = 30 e n = 2; p = 10 e n = 4 ou 5; p = 5 e n = 6 a


O gráfico abaixo apresenta o CV% do desvio padrão de repe para diversos valores de n e p. A área em destaque
9; p = 1 e n = 26 ou mais.
representa a região aceitável do CV%.
Os gráficos abaixo apresentam o CV% do desvio padrão de repro para p = 5, 10 e 30 e g = 0,5, 1 e 2. Para g = 0,5
a variância de repro é a metade da variância de repe, para g = 1 as variâncias são iguais e para g = 2 a variância de
repro é o dobro daCV
variância de repe.
do desvio padrão de repetibilidade para 3 analistas e 3 amostras
Veja os resultados:
20

15
CV%

10

0
0 5 10 15 20 25 30 35 40
n
5

0
0 5 10 15 20 25 30 35 40
n
so e à tolerância é
uma variabilidade

l é calculado pela

ma da ABNT: NBR
lidade de Métodos

mativas dos desvios


entre 10% e 15%.

Não adequado

u 5; p = 5 e n = 6 a
ea em destaque

1 e 2. Para g = 0,5
g = 2 a variância de
s a 3
p 3
n p=3
0 15.0 10.0
1 15.0 10.0
2 23.6 15.0 10.0
3 16.7 15.0 10.0
4 13.6 15.0 10.0
5 11.8 15.0 10.0
6 10.5 15.0 10.0
7 9.6 15.0 10.0
8 8.9 15.0 10.0
9 8.3 15.0 10.0
10 7.9 15.0 10.0
11 7.5 15.0 10.0

35 40
12 7.1 15.0 10.0
13 6.8 15.0 10.0
35 40 14 6.5 15.0 10.0
15 6.3 15.0 10.0
16 6.1 15.0 10.0
17 5.9 15.0 10.0
18 5.7 15.0 10.0
3
3

3 16.7