Você está na página 1de 43

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE

CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS


UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

SIMULAÇÃO
ESTOCÁSTICA

Prof. Valterlin da Silva Santos


SIMULAÇÃO ESTOCÁSTICA

 MÉTODO DE MONTE CARLO


Utiliza a geração de números aleatórios para
atribuir valores as variáveis do sistema que se
deseja investigar.
Exemplo 1

Um comerciante vende em média 100 pasteis por dia,


podendo as vendas diárias variar de 50 a 150 pasteis. Ele
comprar os pasteis ao preço de R$ 1,00 e revende a R$
1,50. Os pasteis não vendidos no dia são descartados.
Com o intuito de minimizar os custos ele pensou em duas
alternativas:
a) Comprar a cada dia a demanda efetiva da dia anterior
b) Comprar sempre a média.

Analise qual a melhor opção para um período de 30 dias.


Exemplo 1

GERAR DEMANDA
Exemplo 1
Exemplo 1
Exemplo 1
Exemplo 1
Exemplo 1 – alternativa a
Exemplo 1 – alternativa b
Exemplo 1

Alternativa A : R$ 741,50

Alternativa B: R$ 664,50
Exemplo 2

Um feirante faz compra de ovos uma vez por semana


num entreposto atacadista. Os ovos não vendidos
dentro de uma semana se estragam, e são
descartados, acarretando um prejuízo de R$ 40,00 por
dúzia. Por outro lado, a falta de produto para venda
também acarreta perda, estimada em R$ 15,00 por
dúzia demandada não vendida.
Exemplo 2

O feirante anotou a demanda das ultimas 40 semanas


e dividiu-as em sete classes .
Classes (dúzia) Freqüência
200 – 210 2
210 – 220 5
220 – 230 9
230 – 240 10
240 – 250 7
250 – 260 4
260 – 270 3
Exemplo 2

Para tentar resolver o problema foi sugerido duas


alternativas de comprar:
a) Comprar cada semana a demanda efetiva da
semana anterior
b) Comprar uma quantidade igual a média
histórica.

Analise qual a melhor opção para um período de


10 semanas.
Exemplo 2

Classes (dúzia) Freqüência


200 – 210 2
210 – 220 5
220 – 230 9
230 – 240 10
240 – 250 7
250 – 260 4
260 – 270 3
SOMA 40
Exemplo 2

Classes (dúzia) Freqüência Ponto Médio


200 – 210 2 205
210 – 220 5 215
220 – 230 9 225
230 – 240 10 235
240 – 250 7 245
250 – 260 4 255
260 – 270 3 265
SOMA 40
Exemplo 2

Classes (dúzia) Freqüência Ponto Médio Freqüência relativa


200 – 210 2 205 0,05
210 – 220 5 215 0,125
220 – 230 9 225 0,225
230 – 240 10 235 0,25
240 – 250 7 245 0,175
250 – 260 4 255 0,10
260 – 270 3 265 0,075
SOMA 40 1,00
Exemplo 2

Freqüência
Classes Ponto Freqüência
Freqüência acumulada
(dúzia) Médio relativa
relativa
200 – 210 2 205 0,05 0,05
210 – 220 5 215 0,125 0,175
220 – 230 9 225 0,225 0,40
230 – 240 10 235 0,25 0,65
240 – 250 7 245 0,175 0,825
250 – 260 4 255 0,10 0,925
260 – 270 3 265 0,075 1,00
SOMA 40 1,00
Exemplo 2

Freqüência
Freqüência
Ponto Freqüência acumulada
Freqüência acumulada
Médio relativa relativa
relativa
X 1000
2 205 0,05 0,05 50
5 215 0,125 0,175 175
9 225 0,225 0,40 400
10 235 0,25 0,65 650
7 245 0,175 0,825 825
4 255 0,10 0,925 925
3 265 0,075 1,00 1000
40 1,00
Exemplo 2

Freqüência
Freqüência Limite para
Ponto Freqüência acumulada
acumulada os números
Médio relativa relativa
relativa aleatórios
X 1000
205 0,05 0,05 50 000 a 049
215 0,125 0,175 175 050 a 174
225 0,225 0,40 400 175 a 399
235 0,25 0,65 650 400 a 649
245 0,175 0,825 825 650 a 824
255 0,10 0,925 925 825 a 924
265 0,075 1,00 1000 925 a 999
Exemplo 2
Exemplo 2
Exemplo 2
Exemplo 2
Exemplo 2
Exemplo 2
Exemplo 2

 Estoque inicial

x   PMi  f i  205  0,05  215  0,125    265  0,075  234,75


x  235
Exemplo 2
Exemplo 2
Exemplo 3

Uma revendedora de pneus trabalha com um certo tipo


de pneu cuja demanda diária esta disposta na tabela
abaixo:
Demanda diária de pneus Probabilidade (%)
25 5
30 10
35 20
40 30
45 20
50 10
55 5
Exemplo 3

O contrato do revendedor com o fabricante garante


uma entrega semanal de 240 unidades (semana de 6
dias úteis). Porém, o fabricante está tendo dificuldades
de transporte, o que acarreta possíveis atrasos
aleatórios como mostra a tabela abaixo:
Distribuição dos atrasos na entrega (dias) Probabilidade (%)
1 30
2 40
3 30
Exemplo 3

Os custos de estocagem são:


– $ 3 por pneus por dia, relativos aos juros sobre o capital
empatado;
– $ 2 por pneu por dia, relativos aos custos administrativos.

Cada pneu que deixa de ser vendido, por falta no


estoque representa um prejuízo de $ 80 diários.

Considerando um estoque inicial de 240 unidades,


vamos simular o estoque por 21 dias para avaliar a
política de reposição de estoque da empresa.
Exemplo 3

Demanda Probabilidade Probabilidade Limite para os


diária de (%) acumulada números aleatórios
pneus (%)
25 5 5 01 a 05
30 10 15 06 a 15
35 20 35 16 a 35
40 30 65 36 a 65
45 20 85 66 a 85
50 10 95 86 a 95
55 5 100 96 a 00
Exemplo 3

Dias de Probabilidade Probabilidade Limite para os


atraso (%) acumulada (%) números aleatórios

1 30 30 01 a 30
2 40 70 31 a 70
3 30 100 71 a 100
Exemplo 3

Simulação das datas de entrega


Data inicial Número Atraso na Data real de entrega
de entrega aleatório entrega
6 12 1 7
13 34 2 15
20 40 2 22
Exemplo 3

Simulação dos custos de estocagem e de falta


Exemplo 3
Exemplo 3
Exemplo 3
Exemplo 3
Exemplo 3
Exemplo 3

Quantidade recebida custo de estocagem custo de falta custo total


260 7.550,00 22.800,00 30.350,00
250 6.925,00 30.400,00 37.325,00
240 6.375,00 39.200,00 45.575,00
230 5.825,00 48.000,00 53.825,00
220 5.400,00 58.800,00 64.200,00
210 5.075,00 71.200,00 76.275,00
200 4.775,00 84.000,00 88.775,00
REFERENCIAS

 CORRAR, J. L; et. al. Pesquisa operacional para decisão


em contabilidade e administração. São Paulo: Atlas,
2008.
 ANDRADE, E. L. Introdução a pesquisa operacional:
Métodos e modelos para análise de decisões. 3 ed. Rio
de Janeiro: LTC, 2008.
 MOREIRA, D. A. Pesquisa operacional: curso
introdutório. São Paulo: Thomson Learning, 2007.
 SILVA, E. M; SILVA, E. M.; GONÇALVES, V.; MUROLO,
A. F. Pesquisa Operacional para os Cursos: Economia,
Administração e Ciências Contábeis. São Paulo: Atlas,
1998.