Você está na página 1de 14

Método LIDE O curso de Comandos Elétricos

e Instalações Elétricas Focado na Leitura e


Interpretação de Diagramas Elétricos:

Conheça o Método LIDE EXPRESS, é Gratuito


1 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

Eng. Everton Moraes

p. 1 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


2 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

Sumário

1. 2 Símbolos Indispensáveis nos Diagramas Elétricos ....................................................... 3


2. Interpretação e desenvolvimento de Diagramas somente com os símbolos gráficos
mais Importantes. ....................................................................................................................... 3
3. 9 dos 23 Símbolos Literais que você precisa conhecer AGORA! .................................... 4
4. 4 Motivos pelo qual Eletrônica Digital está diretamente relacionado a Leitura de
Diagramas Elétricos [Comprovado] ............................................................................................. 4
4.1. Função Não (Not, Inversora ou Complemento) ............................................................. 4
4.2. Função “E” (AND) ........................................................................................................... 5
4.3. Função “OU” (OR) .......................................................................................................... 5
4.4. Função “OU Exclusivo” (XOR) ......................................................................................... 5
5. Exercícios para fixação ................................................................................................... 6
5.1. Exercício 1 .......................................................................................................... 6
5.2. Exercício 2 .......................................................................................................... 6
5.3. Exercício 3 .......................................................................................................... 6
5.4. Exercício 4 .......................................................................................................... 7
5.5. Exercício 5 .......................................................................................................... 7
5.6. Exercício 6 .......................................................................................................... 7
5.7. Exercício 7 ......................................................................................................... 8
5.8. Exercício 8 .......................................................................................................... 8
5.9. Exercício 9 .......................................................................................................... 9
5.10. Exercício 10........................................................................................................ 9
6. Partida Estrela Triângulo .............................................................................................. 10
6.1. Partida Estrela Triângulo – Diagrama de Potência ........................................... 10
6.2. Partida Estrela Triângulo – Diagrama de Comando ......................................... 11
7. Partida tipo Aceleração Rotórica para motor elétrico trifásico com rotor bobinado. .. 11
7.1. Diagrama de Potência ...................................................................................... 11
7.2. Partida tipo Aceleração Rotórica para motor elétrico trifásico com rotor
bobinado – Diagrama de Comando.............................................................................. 12
8. Referência Cruzada – A mágica na Leitura e Interpretação de Diagramas ................... 12
9. Referência Cruzada em diagramas de instalações elétricas ......................................... 13

p. 2 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


3 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

Neste Material você encontra os principais tópicos abordados em nossa primeira aula do
Método LIDE Express. Tenho certeza que será útil a você e não tenho dúvidas que fará um bom
proveito deste material.

1. 2 Símbolos Indispensáveis nos Diagramas Elétricos

Por mais simples que aparenta ser, os contatos Normalmente Aberto (NA/NO) e os Contatos
Normalmente Fechado (NF/NC) representam através de vários símbolos expressos de
diferentes formas tudo o que precisamos saber em relação ao diagrama.

Observe abaixo dois contatos, um NA e um NF de um Botão simples:

Observe que o formato e as numerações que o acompanham


estes símbolos gráficos são cruciais para podermos identifica-los.

Um contato NA, em sua maioria das vezes terá como


representação de seus terminais as numerações 3 e 4, já o
contato NF comumente pode ser encontrado com as numerações 1 e 2 para representa-los.

2. Interpretação e desenvolvimento de Diagramas somente com


os símbolos gráficos mais Importantes.

Como você pode ver abaixo, retirei algumas tabelas do curso completo do Método LIDE para
você ver que mesmos símbolos podem possuir diferentes simbologias, e conhecer as principais
é crucial...

p. 3 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


4 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

3. 9 dos 23 Símbolos Literais que você precisa conhecer AGORA!

A identificação dos componentes é um dos fatores mais importante para representa-los, sua
TAG (letras que os representam) dizem a função e tipo de dispositivo. Dê uma olhada nesta
tabela onde mostro alguns dos símbolos literais mais importantes desta nossa área:

4. 4 Motivos pelo qual Eletrônica Digital está diretamente


relacionado a Leitura de Diagramas Elétricos [Comprovado]

Funções de Lógicas Digitais que fazem parte de nosso dia a dia na Leitura e
Interpretação de Diagramas Elétricos.

4.1. Função Não (Not, Inversora ou Complemento)


H=S

S X=S Porta Lógica


0 1
1 0

p. 4 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


5 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

4.2. Função “E” (AND)


H = K1.K2

K1 K2 X Porta Lógica
0 0 0
0 1 0
1 0 0
1 1 1

4.3. Função “OU” (OR)


H = K1+K2

K1 K2 H Porta Lógica
0 0 0
0 1 1
1 0 1
1 1 1

4.4. Função “OU Exclusivo” (XOR)


H = K1 + K2

K1 K2 H Porta Lógica
0 0 0
0 1 1
1 0 1
1 1 0

p. 5 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


6 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

5. Exercícios para fixação

Considerando os exemplos abaixo preencha a resposta certa em relação ao status do


acionamento da lâmpada “H”.

Considere a mão ( ) como o contato acionado, assim se o contato é Normalmente


Aberto então ele estará fechado, caso este seja normalmente fechado estará então aberto...

5.1. Exercício 1

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

5.2. Exercício 2

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

5.3. Exercício 3

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

p. 6 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


7 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

5.4. Exercício 4

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

5.5. Exercício 5

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

5.6. Exercício 6

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

p. 7 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


8 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

5.7. Exercício 7

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

5.8. Exercício 8

a) ( ) H Ligada
b) ( ) H Desligada

p. 8 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


9 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

5.9. Exercício 9

a) ( ) K1 Ligada
b) ( ) K1 Desligada

5.10. Exercício 10

a) ( ) K1 Ligada
b) ( ) K1 Desligada

p. 9 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


10 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

Por diversas vezes sou questionado sobre os assuntos que julgo ser mais importantes para
nossa área de atuação e neste vídeo resolvi selecionar o melhor da área de comandos elétricos
e da área de instalações elétricas.

Começando por comandos elétricos temos os seguintes conteúdos que vai fazer a diferença para
você:

 Desmistificando a Partida Estrela Triângulo


 Por que a Partida de Aceleração Rotórica ainda é tão importante?
 Referência Cruzada

6. Partida Estrela Triângulo

A grande vantagem na utilização deste sistema de partida é que neste caso o circuito empregado
irá permitir a redução da corrente de partida do motor elétrico trifásico fazendo uso da redução
da tensão de fase (A tensão em cada uma das bobinas que compõe o motor).

Para realizar este feito contamos com no mínimo um motor de seis terminais e manipulamos o
fechamento de suas bobinas de maneira que exista a redução de sua tensão de fase.

Desta maneira teremos como resultado a redução da corrente de partida do motor elétrico
trifásico.

Vale lembrar que este sistema de partida será utilizado somente para iniciar o acionamento do
motor e após o tempo definido pelo temporizador teremos o motor sendo alimentado
normalmente com o sistema realizando seu fechamento em triângulo.

6.1. Partida Estrela Triângulo – Diagrama de Potência

p. 10 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


11 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

6.2. Partida Estrela Triângulo – Diagrama de Comando

7. Partida tipo Aceleração Rotórica para motor elétrico trifásico


com rotor bobinado.
Este tipo de motor fornece ao sistema a qual ele é empregado uma das principais características
exigidas do motor no instante da partida, um torque elevado. Através da adição de reostatos de
partida podemos reduzir a corrente de partida e até mesmo trabalhar a variação de velocidade
deste motor.

7.1. Diagrama de Potência

p. 11 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


12 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

7.2. Partida tipo Aceleração Rotórica para motor elétrico trifásico com rotor
bobinado – Diagrama de Comando

8. Referência Cruzada – A mágica na Leitura e Interpretação de


Diagramas

Observe que em uma folha de diagrama elétrico você sempre vai contar com a identificação de
página na legenda mas o principal e que será nosso assunto aqui neste tópico são as
identificações de linhas e colunas,
sendo esta última a de maior peso de
importância.

Veja nesta imagem ao lado que na


parte superior temos as colunas sendo
representadas por letras e na lateral
números indicam as linhas.

Este modelo não é regra, você também


encontrará números indicando colunas
e letras indicando linhas.

O Mais importante é reconhecer no diagrama que chega a sua mão esta estrutura e atentar-se
no que vamos falar no próximo parágrafo.

p. 12 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos


13 MÉTODO LIDE – Material de Apoio Aula 1
Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos

Costumo dizer que a referência cruzada pode ser considerada como seu principal recurso para
ter sucesso na Leitura e Interpretação de Diagramas Elétricos. Mas existem muitas maneiras de
representar esta técnica.

Primeiramente entenda que a Referência Cruzada te mostra


exatamente onde está localizado os componentes e seus
respectivos contatos no Diagrama Elétrico.

No exemplo ao lado temos a representação de uma das


maneiras de ler a Referência Cruzada, observe que neste caso
o contator K2 possui um contato NA na página 1 coluna F.

Esta representação pode ser substituída também desenhando


abaixo da bobina do contator o próprio símbolo do contato
aberto ou fechado, mas sempre deverá ter em sua TAG a
identificação de página e coluna, as vezes até a linha onde se
encontra o componente também

9. Referência Cruzada em diagramas de instalações elétricas


Na verdade não se trata exatamente de referência cruzada propriamente dita, mas no diagrama
unifilar de uma instalação elétrica residencial por exemplo, encontramos informações que
acompanham as simbologias que
referenciam posicionamento e conjuntos de
componentes.

Observe este simples exemplo que separei


aqui para você onde na área demarcada
podemos deduzir que os condutores (2
Fases + Terra) terão seção transversal -
“bitola” – de 2,5mm² e compõe o circuito de
número 6 desta instalação. Estes três
condutores estão sendo acomodados por
um eletroduto flexível de ɸ¾".

Podemos ainda encontrar em diagramas


unifilar a indicação de potência nos pontos
de tomadas e iluminação, você pode
perceber que neste cômodo que escolhi existe um ponto de iluminação que possui como
potência nominal 100VA.

p. 13 Seu Link de acesso a Aula 1: Primeiros Passos