Você está na página 1de 4

Estudo da Reta

Conhecendo as coordenadas de dois pontos distintos pertencentes a reta podemos


determinar sua equação. Também é possível definir uma equação da reta a partir de sua
inclinação e das coordenadas de um ponto que lhe pertença.

 Equação geral da reta


Podemos obter a equação geral de uma reta r conhecendo dois pontos não coincidentes
de r: A(xa ,ya) e B(xb,yb). Para isso, usa-se a condição de alinhamento de A e B com um ponto
genérico P(x,y) de r.

Toda reta r do plano cartesiano pode ser expressa por uma equação do tipo:
ax + by + c = 0
Em que:
• a, b, e c são números reais;
• a e b não são simultaneamente nulos.

Exemplo 1: Encontre uma equação geral da reta que passa pelos pontos A(−1, 8) e B(−5, −1).

 Equação reduzida da reta


A equação reduzida pode ser obtida diretamente da equação geral ax + by + c = 0:
ax + by + c = 0

y = −ax – c
b b

Fazendo:
m = −a n = −c
b b

Temos: y = mx + n

Toda equação na forma y = mx + n é chamada equação reduzida da reta, em que m é


chamado de coeficiente angular e n de coeficiente linear.

 Coeficiente Angular - E o valor do ângulo θ que a reta apresenta em relação ao eixo x. Para isso
associamos um número m, tal que:
m = tg θ
Ele também pode ser encontrado conhecendo-se dois
pontos pertencentes a reta. Como m = tg θ, então:
∆𝒚 𝒚 𝟐 − 𝒚𝟏
𝒎= =
∆𝒙 𝒙𝟐 − 𝒙𝟏
Conhecendo o coeficiente angular da reta m e um ponto P0(x0,y0) pertencente a ela,
podemos definir sua equação. Para isso vamos substituir na fórmula do coeficiente angular o ponto
conhecido P0 e um ponto P(x,y) genérico, também pertencente a reta:
𝒚 − 𝒚𝟎
𝒎= 𝑙𝑜𝑔𝑜, 𝒚 − 𝒚𝟎 = 𝒎(𝒙 − 𝒙𝟎 )
𝒙 − 𝒙𝟎

Exemplo 2: Determine o coeficiente angular da reta r, que passa pelos pontos A(1,4) e B(2,3).

Exemplo 3: Determine uma equação da reta que passa pelo ponto A(2,4) e tem m = 3.

 Coeficiente linear - O coeficiente linear n da reta r é definido como o ponto em que a reta
intercepta o eixo y, ou seja o ponto de coordenadas P(0,n).

Exemplo 4: Sabendo que a equação da reta r é dada por y = x + 5, identifique seu coeficiente
angular, sua inclinação e o ponto em que a reta intercepta o eixo y.

 Equação segmentária da reta


Considere uma reta r que cruza os eixos cartesianos nos pontos Q(0, q) e P(p, 0). Vamos
escrever a equação da reta r:

Dividindo essa equação por pq, obtemos a equação segmentária da reta:

𝒙 𝒚
+ =𝟏
𝒑 𝒒

Exemplo 5: Escreva na forma segmentária, a equação da reta que passa pelo ponto A(5,0) e tem
coeficiente angular 2.

 Equação Paramétrica da Reta


Sejam A e B dois pontos distintos no espaço e seja r a reta que os contém, esta pode ser
chamada de equação paramétrica da reta r com parâmetro t, caracterizada pela equação:

𝒓: 𝑷 = 𝑨 + 𝒕. ⃗⃗⃗⃗⃗⃗
𝑨𝑩
⃗⃗⃗⃗⃗ é chamado de vetor diretor da reta r e t é denominado parâmetro
O vetor AB
Em coordenadas temos: (x, y, z) = (x1, y1, z1) + t(a, b, c)
Onde: (x, y, z) = (x1 + at, y1 + bt, z1 + ct)
Pela condição de igualdade, obtém-se:
x = x1 + at
y = y1 + bt
z = z1 + ct

São chamadas de equações paramétricas da reta r


Para obter a equação geral dessa reta a partir das paramétricas, basta eliminar o parâmetro
t das duas equações. Assim, por exemplo:
x= t+2
{ , t ∈R
y = −t + 1
x=t+2  t=x−2
Substituindo, temos: y = − (x − 2) + 1 = −x + 3
x + y − 3 = 0 (equação geral de r)

Exemplo 6: Determinar as equações paramétricas da reta r que contém os pontos A = (1, 0, 0) e


B = (0, 1, 1).

Lista de Exercícios

1) Dada a reta que tem a equação 2x + 4y = 9 , determine seu coeficiente angular.

2) Escreva a equação da reta 3x + 9y − 36 = 0 na forma reduzida.

3) Determinar equações paramétricas da reta que passa pelos pontos A(1, –1, 2) e B(2, 1, 0)

4) Obtenha a equação da reta AB quando A(1, 2) e B(7, 6).

5) A soma do coeficiente angular com o coeficiente linear da reta que passa pelos pontos A(1, 5)
e B(4, 14) é:

6) Os pontos A=(–1; 1), B=(2; –1) e C=(0; –4) são vértices consecutivos de um quadrado ABCD. A
equação da reta suporte da diagonal BD, desse quadrado, é:
a) x + 5y + 3 = 0. b) x – 2y – 4 = 0. c) x – 5y – 7 = 0. d) x + 2y – 3 = 0. e) x – 3y – 5 = 0.

7) A equação da reta que passa pelos pontos (3,3) e (6,6) é:


a) y = x. b) y = 3x. c) y = 6x. d) 2y = x. e) 6y = x.

8) A equação da reta mostrada na figura a seguir é:


a) 3x + 4y – 12 = 0 c) 4x + 3y + 12 = 0 e) 4x – 3y + 12 = 0
b) 3x – 4y + 12 = 0 d) 4x – 3y – 12 = 0

9) A equação cartesiana da reta que passa pelo ponto (1, 1) e faz com o semieixo positivo Ox um
ângulo de 60° é:
a) 2x – y = 2 – 1 c) 3x – y = 3 – 1 e) 3x/2 – y = [3/3] – 1
b) 3x + y = 1 – 3 d) 3x/2 + y = 1 – 3/2

10) O coeficiente angular da reta cuja equação é 4x+ 2 y – 7 = 0 é igual a:


a) 0,5 b) – 0,5 c) 2 d) – 2 e) 1
11) Determine a equação reduzida da reta abaixo.

12) A equação da reta que passa pelo ponto A (– 3, 4) e cujo coeficiente angular é 1/2 é:
a) x + 2y + 11 = 0 b) x – y + 11 = 0 c) 2x – y + 10 = 0 d) x – 2y + 11 = 0

Gabarito:
1) m = − 1/2
2) y = −1/3 x + 4
3)
....{ x = 1 + 1 t
r : { y = −1 + 2 t
....{ z = 2 − 2 t
4) 4x +6y – 8 = 0
5) 5
6) C
7) A
8) B
9) C
10) D
3 2 3
11) y = x+4+
3 3
12) D