Você está na página 1de 3

FGV 4.4.

1 lei já preestabeleceu a única conduta a ser praticada, está-se diante


Poder de Polícia 1-2 do poder:
Prof. Eduardo Bento A discricionário, não havendo possibilidade de juízo de valor sobre a
oportunidade e conveniência para prática do ato pela autoridade
administrativa;
1.Ano: 2019 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Salvador - B de polícia, que confere ao administrador público a oportunidade e
BA Prova: FGV - 2019 - Prefeitura de Salvador - BA - Agente de conveniência para a prática do ato administrativo;
Fiscalização Municipal C regulamentar, segundo o qual a autoridade pública está adstrita às
João, agente de fiscalização do Município de Salvador, na área de normas legais para a prática dos atos administrativos;
meio ambiente e serviços públicos, no exercício da função,
D disciplinar, que é ostentado pelo administrador público para
fiscalizava o exercício de atividades e veiculação de publicidade por
impor os atos administrativos aos particulares, atendendo ao
meio de engenhos publicitários, para garantir o cumprimento das
interesse público;
leis, regulamentos e normas pertinentes.
Ao verificar uma irregularidade cometida pelo particular fiscalizado E vinculado, pois, preenchidos os requisitos legais, o ato
por transgressão à legislação específica, João providenciou as administrativo tem que ser praticado pela autoridade administrativa.
pertinentes lavraturas da notificação, auto de infração e intimação.
A conduta de João, na hipótese descrita, está calcada no poder 4.Ano: 2017 Banca: FGV Órgão: MPE-BA Prova: FGV - 2017 - MPE-BA
administrativo - Assistente Técnico - Administrativo
A regulamentar, que autoriza a Administração Pública a fiscalizar e O Ato Normativo nº 10/2010, do Procurador-Geral de Justiça do
Estado da Bahia, “institui o novo modelo e regulamenta a expedição
sancionar o particular que pratica qualquer ato tipificado como
e uso de identidade funcional dos membros do Ministério Público do
infração administrativa.
Estado da Bahia”.
B disciplinar, que autoriza a Administração Pública a regulamentar e
De acordo com a doutrina, o poder administrativo que embasou a
punir o particular que causa qualquer ato que viole o interesse prática do mencionado ato é o:
público.
A hierárquico, eis que o Procurador-Geral de Justiça, na qualidade
C de vinculação, que autoriza a Administração Pública a editar atos
de chefe institucional, tem competência para legislar em qualquer
concretos e específicos para determinar a forma como cada assunto de interesse ministerial;
particular deve exercer suas atividades
B de legislar, eis que o Procurador-Geral de Justiça tem a
D de polícia, que autoriza a Administração Pública a restringir o uso
competência constitucional de enviar projetos de lei de interesse
e o gozo da liberdade e da propriedade em favor do interesse ministerial ao Poder Legislativo;
público.
C de polícia, eis que a carteira funcional dos membros do MP
E de hierarquia, que autoriza a Administração Pública a restringir as
autoriza o porte de arma, matéria ligada à segurança pública;
atividades privadas em favor do interesse público,
D disciplinar, eis que a norma editada disciplina tema interno do MP
independentemente de prévia lei sobre o tema.
baiano, nos limites de sua autonomia administrativa;
2.Ano: 2018 Banca: FGV Órgão: TJ-SC Prova: FGV - 2018 - TJ-SC - E regulamentar, eis que a norma editada tem caráter geral e
Técnico Judiciário Auxiliar abstrato, com efeitos erga omnes e complementa a lei.
Os poderes administrativos são instrumentais, pois consistem em
mecanismos de trabalho por meio dos quais os órgãos e as 5.Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Paulínia -
entidades administrativas executam suas tarefas e cumprem suas SP Prova: FGV - 2015 - Prefeitura de Paulínia - SP - Guarda Municipal
missões. Quando um Guarda Municipal exerce suas funções com o uso da
prerrogativa de direito público que, com base na lei, autoriza a
São hipóteses, respectivamente, de emprego do poder regulamentar Administração Pública a restringir o uso e o gozo da liberdade e da
e do poder de polícia, quando o agente público municipal propriedade individual em favor do interesse da coletividade, o
competente: agente está empregando o poder de:
A indefere a implantação de determinado loteamento urbano A disciplina;
requerido por particular, por não atender aos requisitos legais; e B polícia;
atua como segurança patrimonial para preservar certo bem público C regulação;
municipal; D disponibilidade;
B emite ato administrativo de demissão de servidor público E sanção.
municipal, após regular processo administrativo disciplinar;
determina a servidor hierarquicamente inferior que desempenhe 6.Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Niterói - RJ Prova: FGV
certa função na repartição onde está lotado; - 2015 - Prefeitura de Niterói - RJ - Agente Fazendário
Cedita decreto contendo normas gerais que complementam lei Em tema de poderes administrativos, é exemplo de regular emprego
ordinária municipal em determinada matéria; e procede à apreensão do chamado poder de polícia quando:
de produtos impróprios para consumo em mercado privado; A o Secretário Municipal de Segurança Pública escolhe quais
D delega para autoridade municipal hierarquicamente inferior a agentes públicos serão escalados para participar de determinada
prática de certo ato administrativo; e aplica pena disciplinar a diligência em área de risco;
servidor público municipal, observado o devido processo legal; B a autoridade municipal competente determina ao particular,
E edita emenda à lei orgânica municipal com regras específicas observados os ditames legais, a demolição de obra irregular que
sobre serviços de interesse local; e expede ordem de serviço apresenta risco iminente de desabamento;
disciplinando a divisão de atribuições de servidores lotados na C a autoridade municipal competente, após regular processo
Secretaria Municipal de Segurança Pública. administrativo disciplinar, condena servidor público à pena
disciplinar de suspensão, por falta funcional;
3.Ano: 2018 Banca: FGV Órgão: Câmara de Salvador - BA Prova: FGV D o Prefeito sanciona uma lei aprovada pela Câmara municipal
- 2018 - Câmara de Salvador - BA - Assistente Legislativo Municipal dispondo sobre política municipal de prevenção de crimes contra o
De acordo com a doutrina de Direito Administrativo, quando a lei patrimônio público local;
cria um ato administrativo estabelecendo todos os seus elementos E o Prefeito nomeia, com autorização do Governador do Estado,
de forma objetiva, sem qualquer espaço para que a autoridade Bombeiro Militar para exercer o cargo de Secretário Municipal de
pública possa valorar acerca da conduta exigida legalmente, pois a Defesa Civil.
7.Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Niterói - RJ Prova: FGV D tem como característica a autoexecutoriedade, segundo a qual a
- 2015 - Prefeitura de Niterói - RJ - Fiscal de Posturas Administração não depende da intervenção de outro poder para
Consoante ensina a doutrina de Direito Administrativo, o poder tornar o ato efetivo;
administrativo que autoriza a atuação de um Fiscal de Posturas E tem por fundamento a supremacia do interesse privado sobre o
municipal de, verificada violação a dispositivo do Código de público, respeitados os limites legais.
Posturas, lavrar um auto de infração com regular aplicação de multa
e apreensão é o poder: 11.Ano: 2014 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Florianópolis -
A disciplinar, que é a prerrogativa de direito público que, calcada na SC Prova: FGV - 2014 - Prefeitura de Florianópolis - SC - Fiscal de
lei, autoriza a Administração Pública a aplicar penalidades Serviços Públicos - Tipo 1
disciplinares aos particulares que infringirem a lei; Francisco possui imóvel localizado em zona urbana e resolveu
B regulamentar, que é a prerrogativa de direito público que, calcada transformar seu quintal em um canil, para receber cachorros
na lei, autoriza a Administração Pública a regulamentar a vida em abandonados. Por ter recebido diversas reclamações, a fiscalização
sociedade, fazendo valer os dispositivos legais; municipal realizou vistoria no local, verificando a existência de
C sancionatório, que é a prerrogativa de direito público que, calcada centenas de animais em condições inadequadas, com grave risco à
na lei, autoriza a Administração Pública a aplicar sanções saúde pública e ao meio ambiente. Após regular processo
administrativas e disciplinares aos particulares que causarem danos administrativo, o Município expediu notificação ao proprietário,
ao interesse público; determinando a remoção dos animais, enquanto não forem obtidas
D de polícia, que é a prerrogativa de direito público que, calcada na todas as licenças e autorizações legais necessárias. A conduta do
lei, autoriza a Administração Pública a restringir o uso e o gozo da Município está:
liberdade e da propriedade em favor do interesse da coletividade; A errada, pois houve flagrante abuso de poder por parte da
E de Estado, que é a prerrogativa de direito público que, limitando municipalidade, eis que os animais também integram o meio
ou disciplinando direito, interesse ou liberdade, regula a prática de ambiente e são protegidos por lei;
ato ou a abstenção de fato, em razão da supremacia do interesse B errada, pois houve flagrante abuso de poder por parte da
privado. municipalidade, por ofensa ao direito de propriedade;
C correta, pois o Município possui prerrogativa de limitar o direito
8.Ano: 2015 Banca: FGV Órgão: TJ-SC Prova: FGV - 2015 - TJ-SC - de propriedade, em razão de seu poder de polícia,
Técnico Judiciário Auxiliar independentemente do atendimento ao interesse público;
Em tema de poderes dos administradores públicos, é hipótese de D correta, pois o Município agiu no regular exercício de seu poder
regular emprego do poder de polícia o seguinte caso concreto: de polícia, diante da supremacia do interesse público sobre o
A determinação, pelo poder público municipal, após processo privado;
administrativo, de demolição de imóvel construído ilegalmente por E correta, desde que o Município tenha recorrido previamente ao
particular em área pública; Poder Judiciário para poder limitar o uso da propriedade privada.
B lotação e remoção de inspetores da Polícia Civil, de acordo com
critérios discricionários relacionados aos índices de criminalidade 12.Ano: 2014 Banca: FGV Órgão: TJ-RJ Prova: FGV - 2014 - TJ-RJ -
por região; Técnico de Atividade Judiciária
C aplicação, após regular processo administrativo disciplinar, da Agentes da vigilância sanitária realizaram fiscalização em
penalidade de demissão a servidor público estadual que praticou supermercado e constataram que produtos alimentícios impróprios
crime contra a administração pública; para o consumo estavam expostos à venda. Os produtos foram
D fiscalização, lavratura de auto de infração e imposição de multa a apreendidos e periciados. Após processo administrativo, os
estabelecimento comercial, por autoridade incompetente; alimentos foram destruídos e aplicadas sanções administrativas ao
E interdição de empresa por alegação de poluição ambiental, ainda supermercado. Na situação narrada, o poder público agiu:
que realizada por agente administrativo que agiu com desvio de A no regular uso do poder de polícia, não havendo necessidade de
poder, para atender a seus interesses particulares. prévia intervenção judicial, pela característica da
autoexecutoriedade do ato administrativo;
9.Ano: 2014 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Osasco - SP Prova: FGV B no regular uso do poder de polícia, desde que na diligência
- 2014 - Prefeitura de Osasco - SP - Agente Fiscal - 1ª Classe (Meio estivesse presente alguma autoridade representante da área
Ambiente) criminal da secretaria de segurança pública;
A prerrogativa de direito público, conferida à Administração Pública, C com abuso de poder, eis que a operação de fiscalização somente
de editar atos gerais (como decretos e regulamentos) para poderia ocorrer com mandado judicial de busca e apreensão;
complementar as leis e permitir a sua efetiva aplicabilidade é D com abuso de poder, eis que para destruição de alimentos seria
chamada de: imprescindível ordem judicial para tal;
A processo legislativo; E com abuso de poder, eis que a aplicação de sanções
B processo suplementar; administrativas somente poderia ocorrer após regular processo
C poder de polícia; judicial, assegurados o contraditório e ampla defesa.
D poder complementar;
E poder regulamentar. 13.Ano: 2012 Banca: FGV Órgão: Senado Federal Prova:
FGV - 2012 - Senado Federal - Técnico Legislativo - Processo
Legislativo
10.Ano: 2014 Banca: FGV Órgão: Prefeitura de Osasco -
Entre os Poderes da Administração Pública tradicionalmente
SP Prova: FGV - 2014 - Prefeitura de Osasco - SP - Fiscal Tributário
reconhecidos, qual deles é concedido, em alguns casos, ao
Sobre o poder de polícia, é lícito afirmar que:
administrador público, para a prática de atos segundo os critérios da
A é remunerado por meio de tarifa, ou seja, preço público que é
conveniência e oportunidade?
exigível pelo poder público ao particular sobre o qual recai a atuação
A Poder Hierárquico.
do administrador;
B Poder Vinculado.
B se restringe à atuação das forças de segurança pública, com
escopo de prevenir e reprimir a criminalidade; C Poder Regulamentar.
C se trata de direito absoluto da Administração Pública limitar a D Poder Discricionário.
atuação do particular em prol do interesse público; E Poder Disciplinar.
14.Ano: 2008 Banca: FGV Órgão: Senado Federal
Provas: FGV - 2008 - Senado Federal - Operador de TV
Analise as afirmativas a seguir:
I. O poder de polícia implica restrições e condicionamentos à
liberdade e à propriedade.
II. A complementação das leis com o objetivo de permitir a sua
execução se concretiza pelo exercício do poder regulamentar.
III. O poder discricionário, por traduzir atividade administrativa, só
pode ser exercido no âmbito do Poder Executivo.

Assinale:
A se todas as afirmativas estiverem corretas.
B se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas.
C se apenas a afirmativa I estiver correta.
D se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.
E se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.

Respostas
1: D 2: C 3: E 4: E 5: B 6: B 7: D 8: A 9: E 10: D
11: D 12: A 13: D 14: D