Você está na página 1de 4

Tal como Jesus

Resguardemo-nos dos maus conselhos

“Jesus, porém, voltou-se, olhou para os seus discípulos e repreendeu Pedro, dizendo:
‘Para trás de mim, Satanás! Você não pensa nas coisas de Deus, mas nas dos homens’”.
(Marcos 8.33).

Há pessoas piedosas, imbuídas dos mais sinceros sentimentos que infelizmente, com
seus conselhos, afastam-nos dos caminhos do Senhor, apontando o divórcio, o adultério,
a vingança, o suborno, o vício, o abandono, a mentira e a rebeldia como solução dos
nossos problemas. Mesmo que a obediência nos faça passar por tempestades ou transitar
por desertos, fora dos retos propósitos de Deus só se tem injustiça, dor e vazio, sem
ganho, paz ou recompensa. Ainda que aparentemente bons e agradáveis, repudiemos
todos os conselhos que nos colocam para longe da vontade do Senhor.

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento.”
(Provérbios 3.5)

Autoria: Grupo Candeia da Palavra. Colaborador: Romero Marinho


(conheça mais: https://goo.gl/Bsk8bD).

Leia, compartilhe e abençoe!

1/4
__
DEUS SEJA LOUVADO
/conversion/tmp/scratch/451414222.doc
MMIIrCTMRR
Tal como Jesus

Acolhamos os desprezados

“Quando Jesus viu isso, ficou indignado e lhes disse: ‘Deixem vir a mim as crianças,
não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas.’”
(Marcos 10.14).

Há uma atração natural das pessoas por quem é sábio, poderoso e influente, que, de
alguma forma, se estabelecermos uma relação com elas, poderemos receber algum
benefício ou vantagem. Há uma grande importância em reservarmos um tempo de
qualidade, para os pequeninos, dentro e fora de nossa casa, pois é indispensável nosso
zelo e inadiável nossa atenção. Dediquemos prioritariamente atenção para esses
pequenos seres que estão sendo formados, para ararmos o solo fértil de seus corações,
fazendo com que, quando a semente do Evangelho seja plantada, frutifique
abundantemente.

“Não os esconderemos dos nossos filhos; contaremos à próxima geração os


louváveis feitos do Senhor, o seu poder e as maravilhas que fez.” (Salmos
78.4).

Autoria: Grupo Candeia da Palavra. Colaborador: Romero Marinho


(conheça mais: https://goo.gl/Bsk8bD).

Leia, compartilhe e abençoe!

2/4
__
DEUS SEJA LOUVADO
/conversion/tmp/scratch/451414222.doc
MMIIrCTMRR
Tal como Jesus

Desapeguemos

“Jesus olhou para ele e o amou. ‘Falta-lhe uma coisa’, disse ele. ‘Vá, venda tudo o que
você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e
siga-me.’” (Marcos 10.21).

As pessoas do cotidiano parecem aquele náufrago que prefere se afogar com seu tesouro
do que largar tudo e se agarrar na bóia da salvação. Jesus veio habitar conosco em meio
da pobreza desde o seu primeiro choro, quando nasceu, até o último brado na cruz e
mostrou o quão dispensáveis são as riquezas mundanas. Tenhamos unicamente como
centro gravitacional de nossas vidas Deus, que supre todas as nossas necessidades,
colocando em seu devido lugar as demais coisas perecíveis.

“Você diz: Estou rico, adquiri riquezas e não preciso de nada. Não
reconhece, porém, que é miserável, digno de compaixão, pobre, cego e que
está nu. Dou-lhe este aconselho: Compre de mim ouro refinado no fogo e
você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua
vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder
enxergar.” (Apocalipse 3.17-18)

Autoria: Grupo Candeia da Palavra. Colaborador: Romero Marinho


(conheça mais: https://goo.gl/Bsk8bD).

Leia, compartilhe e abençoe!

3/4
__
DEUS SEJA LOUVADO
/conversion/tmp/scratch/451414222.doc
MMIIrCTMRR
Tal como Jesus

Sirvamos

“Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua
vida em resgate por muitos”. (Marcos 10.45).

Quem já não sonhou em ter um exército de pessoas, para servir a todos os nossos
caprichos? Ao nos rendermos a Cristo, abandonamos os primeiros lugares e somos
chamados a nos dedicar à obra do Senhor, servindo uns aos outros mediante o amor, não
importando se for nas mais relevantes necessidades ou nas mais ínfimas carências dos
nossos próximos. Sigamos os passos de nosso Salvador e vivamos uma vida de inteira
dedicação aos que precisam de nosso amor e serviço.

“O maior entre vocês deverá ser servo.” (Mateus 23.11).

Autoria: Grupo Candeia da Palavra. Colaborador: Romero Marinho


(conheça mais: https://goo.gl/Bsk8bD).

Leia, compartilhe e abençoe!

4/4
__
DEUS SEJA LOUVADO
/conversion/tmp/scratch/451414222.doc
MMIIrCTMRR