Você está na página 1de 3

Laboratório de Circuitos Elétricos II

Prática 5: Circuitos Trifásicos Equilibrados


I. INTRODUÇÃO
Os circuitos trifásicos são divididos em três partes, que são a fonte trifásica, a linha de
transmissão e a carga trifásica. Eles podem ser formados por três fontes de tensão senoidais
ligadas em Y (estrela) ou por três fontes de tensão ligadas em Δ (triângulo). O mesmo se da em
relação às três fases de carga.
Dessa forma, existem quatro tipos de ligações possíveis entre fonte e carga. Circuito Y-Y
quando a fonte e carga estão em estrelo; Circuito Y-Δ, quando a fonte está em estrela e a carga
em triângulo e Δ-Y no caso inverso; e circuito Δ-Δ quando ambas estão em triângulo.
Na configuração Y, as relações de tensão e corrente são
𝑉𝐿 = √3𝑉𝐹
𝐼𝐿 = 𝐼𝐹
Já na configuração Δ, as relações ficam
𝑉𝐿 = 𝑉𝐹
𝐼𝐿 = √3𝐼𝐹
Onde o índice L denota linha e F denota fase.
Em sistemas equilibrados, as impedâncias de carga das três fases são iguais, e suas tensões
de fase possuem mesmo módulo e estão defasadas 120⁰ entre si.

II. OBJETIVOS
Verificar o funcionamento de circuitos trifásicos na configuração Y-Y e Y-Δ.

III. MATERIAL UTILIZADO


 Fonte trifásica em Y;
 Resistores de 100Ω;
 Capacitor de 10μF.
IV. SIMULAÇÃO
A simulação para um circuito Y-Y está mostrado abaixo.

Pela lei de Ohm, o modulo da corrente de fase é


𝑉𝑎𝑛 127
𝐼𝑎𝑛 = = = 448 < 69.3 𝑚𝐴
𝑍𝑎 1
100 + 𝑗377 ∗ 10𝑢
𝐼𝑏𝑛 = 448 < −50.6 𝑚𝐴
𝐼𝑐𝑛 = 448 < −170.6 𝑚𝐴
Os valores obtidos na simulação computacional estão na tabela a seguir.
Tensao de linha (V) Tensão de fase (V) Corrente (mA)
Vab Vbc Vca Van Vbn Vcn Ia Ib Ic In
220 220 220 127 127 127 453 453 453 0

A simulação para um circuito Y-Δ está mostrado abaixo.

Pela lei de Ohm, o modulo da corrente de fase é


𝑉𝑎𝑏 220
𝐼𝑎𝑏 = = = 776 < 69.3 𝑚𝐴
𝑍𝑎 1
100 +
𝑗377 ∗ 10𝑢
𝐼𝑏𝑐 = 776 < −50.6 𝑚𝐴
𝐼𝑐𝑎 = 776 < −170.6 𝑚𝐴
Os valores obtidos na simulação computacional estão na tabela a seguir.
Tensao de linha (V) Corrente de linha (A) Corrente de fase (mA)
Vab Vbc Vca Ia Ib Ic Iab Ibc Ica
220 220 220 1.36 1.36 1.36 785 785 785

V. PROCEDIMENTOS
1- Desenhar e montar um circuito trifásico equilibrado RC em Y (sem conexão entre o
neutro da carga e o da fonte), ligado à fonte da bancada no laboratório. Preencher a
Tabela 1 (conectando o neutro da fonte ao neutro da carga, por meio de um
amperímetro, medir a corrente In).
Tensao de linha (V) Tensão de fase (V) Corrente (mA)
Vab Vbc Vca Van Vbn Vcn Ia Ib Ic In
211,5 212,4 212,5 123,2 128,7 118,1 400 360 390 60

a) Determinar a relação entre a tensão de linha VL (Vab, Vbc e Vca) e a tensão de fase
VF (Van, Vbn e Vcn). Comparar com o valor teórico esperado.
Pelos valores da tabela tem-se
𝑉𝐿 𝑉𝑎𝑏 211,5
= = = 1.716
𝑉𝐹 𝑉𝑎𝑛 123,2
Como o valor teórico é 1.73, é possível contatar a correspondência com o obtido no
experimento.

b) Houve alguma diferença entre as correntes Ia, Ib e Ic? Por quê?


Sim, porém ainda assim são próximos. Isso se deve às condições não ideais durante a
realização do experimento.

c) O que pode ser concluído ao ser observada a corrente In?


Percebe-se que há uma parcela pequena da tensão do sistema em desequilíbrio.
d) Desenhar um único diagrama fasorial para as tensões de fase e de linha e correntes da
carga.

e) Determinar a potência trifásica da carga.


𝑆 = √3𝑉𝐿 𝐼𝐿 cos ∅ ≅ 50𝑉𝐴

2- Desenhar e montar um circuito trifásico equilibrado RC, com os mesmos componentes


do item anterior, em Δ e preencher as tabelas abaixo.
Tensao de linha (V) Corrente de linha (A) Corrente de fase (mA)
Vab Vbc Vca Ia Ib Ic Iab Ibc Ica
214.5 213.2 213.8 1.26 1.18 1.16 700 700 700

a) Determinar a relação entre a corrente de linha IL (Ia, Ib e Ic) e a corrente de fase IF (Iab,
Ibc e Ica). Comparar com o valor teórico esperado.
Pelos valores da tabela tem-se
𝐼𝐿 𝐼𝑎 1,26
= = = 1.8
𝐼𝐹 𝐼𝑎𝑏 0,7
Como o valor teórico é 1.73, é possível constatar a correspondência com o obtido no
experimento.

b) Comparar os valores de corrente de linha do circuito com carga em ∆ e do circuito com


carga em Y. Comentar o resultado.
Percebe-se que o valor da corrente de linha de uma carga em Y é consideravelmente menor
que o valor da corrente de linha de uma carga em Δ.

c) Desenhar um único diagrama fasorial para as correntes de fase e de linha e tensões da


carga.

d) Determinar a potência trifásica da carga em ∆ e comparar com a carga em Y. Comentar o


resultado.
𝑆 = 3𝑉𝐹 𝐼𝐿 cos ∅ ≅ 275.6𝑉𝐴

VI. REFERÊNCIAS
[1] NILSSON, J. W.; RIEDEL, S. A.; MARQUES. A. S., Circuitos Elétricos, Editora
Prentice Hall, 2008, 8a edição.