Você está na página 1de 10

ANEXO I - MINUTA PADRÃO

TERMO DE PERMISSÃO DE USO DO_______________________

TERMO DE PERMISSÃO DE USO QUE ENTRE SI


FIRMAM A FUNDAÇÃO ANITA MANTUANO DE
ARTES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -
FUNARJ, COMO PERMITENTE,
E ........................................ EMPRESA, COMO
PERMISSIONÁRIA, NA FORMA ABAIXO

Aos ___ dias do mês de __________ de 20 ____, na sede da Fundação Anita


Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, presentes, de um lado, a FUNDAÇÃO
ANITA MANTUANO DE ARTES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, com sede na
Rua da Quitanda nº 86 - 8º andar, Centro, Rio de Janeiro, CNPJ nº 30.874.762/0001-88,
doravante designada simplesmente FUNARJ, neste ato representada por seu Presidente,
________________, e, de outro a _____________, com sede na Rua _________________,
nº___, na cidade ________, inscrita no CNPJ perante o nº xx.xxx.xxx/xx, doravante
designada simplesmente PERMISSIONÁRIA, neste ato representada por ____________,
(__nacionalidade___), (___estado civil___), (__profissão__), portador da cédula de
identidade nº _________ e inscrito no CPF sob o nº _______, domiciliado à _____________,
Cidade _________, é firmado o presente TERMO DE PERMISSÃO DE USO DO
______________________, a título eminentemente precário, na forma do constante no
Processo Administrativo nº E-18/______/20___, de __/__/____, e que se regerá pelas normas
da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1.993 e alterações, Lei Complementar Estadual nº 8, de 25
de outubro de 1977 e alterações, aplicando-se a este Termo, irrestrita e incondicionalmente,
suas disposições, bem como pelas cláusulas, ANEXOS que integram este Termo e condições
seguintes:

CLÁUSULA PRIMEIRA: DO OBJETO E DA DESTINAÇÃO


O presente Termo de Permissão de Uso, em caráter eminentemente precário, tem por objeto o
_______________, sendo destinado exclusivamente para o seguinte EVENTO
______________________, nos dias __ e ___ do mês de _______ de 20___.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
Ao __________________ não poderá ser dada destinação diversa daquela mencionada no
caput desta cláusula, salvo prévia autorização da FUNARJ sobre a possibilidade do seu uso
2

para nova destinação, a ser formalizada por termo aditivo, sob pena de rescisão de pleno
direito do presente instrumento.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
O período da permissão de uso encontra-se definido no ANEXO I – PERÍODO DA
PERMISSÃO DE USO, parte integrante do presente Termo. Caso seja ultrapassado o horário
definido no ANEXO I, será cobrado por hora excedente o equivalente a 4% (quatro por cento)
sobre o valor mínimo fixado para presente permissão.

PARÁGRAFO TERCEIRO:
A ficha técnica do EVENTO, à qual esta permissão está vinculada, encontra-se definida no
ANEXO II – FICHA TÉCNICA e os lugares cativos ou excluídos de comercialização no
ANEXO III – LUGARES CATIVOS OU EXCLUÍDOS DE COMERCIALIZAÇÃO, que
integram este termo.

CLÁUSULA SEGUNDA: DA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL


A presente permissão de uso se rege pelo disposto nos artigos 35 e seguintes da Lei
Complementar nº 8, de 25.10.1977, bem como pelas demais normas legais em vigor ou que
venham a ser posteriormente editadas sobre a utilização de imóveis do patrimônio estadual.

CLÁUSULA TERCEIRA: DO PRAZO


De acordo com a legislação aplicável, esta permissão de uso é concedida em caráter
eminentemente precário e vinculado, expressamente reconhecidos pela PERMISSIONÁRIA,
ficando ajustado que a utilização efetiva do ______________ não poderá exceder aos dias e
horário especificados na cláusula primeira e no ANEXO I.

CLÁUSULA QUARTA: DA REMUNERAÇÃO


Como contraprestação pela permissão de uso objeto deste Termo, a PERMISSIONÁRIA
pagará à FUNARJ, por ocasião do ACERTO DE CONTAS, disciplinado na cláusula sexta, o
percentual de ___ (_________ por cento) sobre a renda bruta obtida com a venda dos
ingressos, ficando, desde já, estabelecido o pagamento do valor mínimo de R$ _______
(______________), prevalecendo, em qualquer hipótese, o maior valor.

PARÁGRAFO ÚNICO:
O não pagamento do valor estipulado na data designada pela FUNARJ para o ACERTO DE
CONTAS, sujeitará a PERMISSIONÁRIA à multa de equivalente a 20% (vinte por cento)
do valor da remuneração, consoante o critério definido pela cláusula quarta, incidência de
juros de mora de 1% (hum por cento) ao mês, além da atualização monetária pelo INPC.

CLÁUSULA QUINTA: DA REMUNERAÇÃO ADICIONAL


Caso a PERMISSIONÁRIA pretenda realizar a venda de qualquer bem ou produto, deverá
comunicar previamente a sua intenção, por escrito, à FUNARJ, com antecedência mínima de
24 (vinte e quatro) horas da realização do EVENTO, que única e a seu exclusivo critério,
3

poderá conceder a necessária permissão.

PARÁGRAFO ÚNICO:
Sobre o valor da receita bruta obtida pela comercialização do bem ou produto, incidirá sobre
este o acréscimo correspondente a 10% (dez por cento), que será repassado à FUNARJ,
quando do ACERTO DE CONTAS.

CLÁUSULA SEXTA: DO ACERTO DE CONTAS


A FUNARJ e a PERMISSIONÁRIA promoverão o necessário ACERTO DE CONTAS, no
prazo de até 10 (dez) dias úteis após a realização do EVENTO objeto da presente permissão,
perante a Diretoria Administrativa e Financeira da FUNARJ, quando serão apresentadas
todas as receitas obtidas com o EVENTO, bem como indicado o inadimplemento por parte da
PERMISSIONÁRIA, para fins de cobrança de eventual multa e também para as
providências posteriores.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
Da renda bruta auferida somente serão descontados, para fins de cálculo da remuneração da
FUNARJ, as taxas incidentes sobre a venda de ingressos na bilheteria do ______________
realizada mediante cartões de crédito ou de débito; o custo de impressão por bilhete e o custo
das publicações de extrato contratual em Diário Oficial.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
A PERMISSIONÁRIA entregará à Diretoria Administrativa e Financeira da FUNARJ as
cópias do borderô da bilheteria do ___________, relativo ao EVENTO, onde serão
relacionados todos os ingressos vendidos, com os respectivos valores e demais condições de
pagamento, no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis a partir da realização do EVENTO,
permanecendo com uma das cópias.

PARÁGRAFO TERCEIRO:
Na hipótese de haver retirada de convites pela PERMISSIONÁRIA em número além do
convencionado no ANEXO III – LUGARES CATIVOS OU EXCLUÍDOS DE
COMERCIALIZAÇÃO será cobrado, por ocasião do ACERTO DE CONTAS, o percentual
estipulado no caput da cláusula quarta, exceto na hipótese de formação de plateia ou qualquer
outro motivo, desde que expressamente justificado, a fim de constar do mencionado ACERTO
DE CONTAS.

PARÁGRAFO QUARTO:
Na hipótese de haver retirada de convites pela FUNARJ, em número além do convencionado,
os respectivos valores serão cobrados, por ocasião do ACERTO DE CONTAS, deduzindo
estes da quantia correspondente à remuneração, prevista na cláusula quarta, exceto na
hipótese de formação de plateia ou por qualquer outro motivo, desde que expressamente
justificado, a fim de constar do mencionado ACERTO DE CONTAS.
4

PARÁGRAFO QUINTO:
Na hipótese do parágrafo anterior, a quantia a ser paga corresponderá ao valor facial dos
ingressos retirados.

CLÁUSULA SÉTIMA: DA LOTAÇÃO DO ___________ E DOS INGRESSOS


A lotação do ___________________, inclusive os lugares cativos, e os de uso técnico-
operacional, os excluídos de comercialização e aqueles que vierem a ser utilizados como
convites, sempre na forma deste termo, somam ______ (____________) lugares, distribuídos
da seguinte maneira:
FRISAS: ____; CAMAROTES: ____; CAMAROTE GOVERNADOR: ___; CAMAROTE
PRESIDENTE: ____; PLATEIA: ____ e PLATEIA PARA DEFICIENTES: ____; BALCÃO
NOBRE: ___; BALCÃO SIMPLES: ____ e GALERIA: ____.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
A impressão dos ingressos ficará a cargo da FUNARJ.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
Será comercializada na bilheteria do ______________ a cota mínima correspondente a 20%
(vinte por cento) dos ingressos relativo a cada setor.

PARÁGRAFO TERCEIRO:
No verso dos ingressos será, obrigatoriamente, impresso o seguinte:
“A AQUISIÇÃO DO INGRESSO IMPLICA NA ACEITAÇÃO DAS SEGUINTES
NORMAS”:
1- O ingresso deverá ser conferido no ato da compra. Não serão aceitas reclamações
posteriores;
2- O ____________ não se responsabiliza por ingressos adquiridos fora da bilheteria
ou em locais não credenciados;
3- Não será permitida a entrada na sala após o início do espetáculo;
4- Fotos, filmagens e gravações não autorizadas previamente pela Presidência da
FUNARJ são absolutamente proibidas;
5- Não é permitido usar telefone celular, fumar ou portar alimentos e bebidas dentro da
sala de espetáculos. Os infratores serão retirados do local;
6- Este ingresso não dá direito ao acesso às áreas de serviço interno e/ou cênico.
“MANTENHA ESTE BILHETE EM SEU PODER ATÉ O FINAL DO
ESPETÁCULO.”

CLÁUSULA OITAVA: DAS CONDIÇÕES E DEVERES PARA O USO


Aplicam-se as seguintes condições à permissão de uso objeto deste Termo:

I - A FUNARJ poderá utilizar única e exclusivamente, a seu critério, a Associação dos


Amigos do ______________ do Rio de Janeiro para as reservas e as vendas preferenciais de
5

ingressos que integrarão a receita bruta, sendo assegurado o direito de reserva com 05 (cinco)
dias úteis antes da abertura das vendas ao grande público, devendo as reservas não utilizadas
serem desbloqueadas, automaticamente, pelo Setor de Bilheteria, no prazo de 05 (cinco) dias
antes da realização do EVENTO.

II - A FUNARJ e a PERMISSIONÁRIA poderão estabelecer, com antecedência mínima de


10 (dez) dias da realização do EVENTO, um sistema de vendas especiais por reservas
telefônicas, grupos, cupons e cartões de crédito, mediante condições previamente fixadas em
documento que fará parte integrante do presente termo e que com este não pode conflitar, a
não ser na hipótese das novas e conflitantes condições estarem firmadas em Termo Aditivo.

III - Caso a PERMISSIONÁRIA promova qualquer forma de propaganda, distribuição de


brindes, participação de patrocinadores, dentre outros, relativos ao EVENTO, deverá
comunicar previamente a sua intenção, por escrito, à FUNARJ, com antecedência mínima de
24 (vinte e quatro) horas da realização do EVENTO, que única e a seu exclusivo critério,
poderá conceder a necessária permissão e, igualmente, estabelecer, em Termo Aditivo um
acréscimo ao valor da remuneração prevista no caput da cláusula quarta, que será paga por
ocasião do ACERTO DE CONTAS.

IV - É obrigatória a inclusão de créditos institucionais relativos ao Governo do Estado do Rio


de Janeiro, à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e à Fundação de Artes
Anita Mantuano do Estado do Rio de Janeiro em todo e qualquer material gráfico sobre o
EVENTO, inclusive na hipótese de ser editada uma revista programa, em local de destaque e
em tamanho não inferior ao das logomarcas dos demais colaboradores e patrocinadores, na
forma aprovada previamente pela Diretoria Operacional da FUNARJ, sob pena de incidência
de multa pelo descumprimento, no valor equivalente a 20% (vinte por cento) da receita bruta
obtida pela venda de ingressos do EVENTO, a ser paga pela PERMISSIONÁRIA, por
ocasião do ACERTO DE CONTAS.

V - No caso de EVENTO realizado com a utilização de equipamentos de gravação ou


ampliação de som, bem como de equipamentos de iluminação acrescidos aos do
________________________, haverá um acréscimo de 20% (vinte por cento) incidente sobre
o valor da remuneração, devendo a PERMISSIONÁRIA indicar, com o mínimo de 10 (dez)
dias de antecedência da data da estréia, os profissionais responsáveis por esses serviços,
responsabilizando-se, ademais, por quaisquer danos causados às suas instalações
equipamentos, bem como a pessoas e coisas.

CLÁUSULA NONA: DA FISCALIZAÇÃO


Cabe à FUNARJ, a seu critério, exercer ampla, irrestrita e permanente fiscalização de todas
as fases de preparação e realização do EVENTO, aceitando a PERMISSIONÁRIA, neste
ato, o controle da FUNARJ sobre o trabalho individual ou coletivo a ser realizado durante o
período de duração do presente termo.
6

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
A PERMISSIONÁRIA deve abster-se do uso de equipamentos de som que ultrapassem o
limite de 80 (oitenta) decibéis, sendo este considerado como o limite de segurança necessária
para evitar danos estruturais irreparáveis ao prédio do _______________, cabendo à
PERMISSIONÁRIA a reparação de qualquer dano ocorrido em face ao desrespeito do limite
fixado.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
A FUNARJ poderá única e exclusivamente a seu critério, vedar, a todo e qualquer momento,
inclusive durante a realização do EVENTO, a utilização de equipamentos que venham a
causar danos ou ameaçar o patrimônio do ____________________, considerando o seu dever
de guarda e a sua responsabilidade sobre os bens tombados pelo Instituto do Patrimônio
Histórico e Artístico Nacional.

CLÁUSULA DÉCIMA: OBRIGAÇÕES DA PERMISSIONÁRIA PARA COM


TERCEIROS
A FUNARJ não será responsável por quaisquer compromissos ou obrigações assumidos pela
PERMISSIONÁRIA com terceiros, ainda que vinculados ou decorrentes do uso do imóvel
objeto deste termo. Da mesma forma, a FUNARJ não será responsável, seja a que título for,
por quaisquer danos ou indenizações a terceiros, em decorrência de atos da
PERMISSIONÁRIA ou de seus empregados, visitantes, subordinados, prepostos ou
contratantes.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
A PERMISSIONÁRIA é responsável por danos causados a FUNARJ ou a terceiros,
decorrentes de culpa ou dolo na execução do contrato, não excluída ou reduzida essa
responsabilidade pela presença de fiscalização ou pelo acompanhamento da execução por
parte da FUNARJ.

PARÁGRAFO SEGUNDO: A PERMISSIONÁRIA é responsável por quaisquer


pagamentos ou repasses de valores para os prestadores ou participantes de seus espetáculos,
não havendo qualquer responsabilidade solidária ou subsidiária da FUNARJ.

PARÁGRAFO TERCEIRO: A PERMISSIONÁRIA é responsável pelo pagamento de


todas verbas incidentes sobre os direitos autorais e conexos, encargos trabalhistas, inclusive
decorrentes de acordos, dissídios e convenções coletivas, previdenciários, fiscais e comerciais
oriundos da execução do contrato, podendo a FUNARJ, a qualquer tempo, exigir a
comprovação do cumprimento de tais encargos.

CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA: OUTROS ENCARGOS


A PERMISSIONÁRIA fica obrigada a pagar toda e qualquer despesa, tributos, tarifas,
custas, emolumentos ou contribuições federais, estaduais ou municipais, que decorram direta
ou indiretamente deste termo ou da utilização do imóvel, bem como da atividade para a qual a
7

presente permissão é outorgada, inclusive encargos previdenciários, trabalhistas e securitários,


cabendo-lhe providenciar, especialmente, os alvarás e seguros obrigatórios e legalmente
exigíveis.

PARAGRAFO PRIMEIRO:
É de exclusiva responsabilidade da PERMISSIONÁRIA a autorização para a realização do
EVENTO perante as autoridades competentes, devendo ser enviadas as cópias dos
documentos pertinentes a essa matéria à FUNARJ, impreterivelmente, até 12 (doze) horas
antes da sua realização.

PARAGRAFO SEGUNDO:
A PERMISSIONÁRIA não terá direito a qualquer indenização por parte da FUNARJ, no
caso de denegação de licenciamento total ou parcial da atividade que se propõe a realizar no
imóvel objeto deste termo.

CLÁUSULA DECIMA SEGUNDA : DA DIVULGAÇÃO


É de exclusiva responsabilidade da PERMISSIONÁRIA toda e qualquer divulgação do
EVENTO objeto do presente termo.

PARÁGRAFO ÚNICO:
Caberá à FUNARJ, livre de qualquer ônus e para sua utilização não comercial, um reparte de,
no mínimo, 20 (vinte) exemplares da revista programa, ou de qualquer outro material,
vinculado ao EVENTO, para o arquivamento no Centro de Documentação da FUNARJ,
visando a composição do acervo documental.

CLÁUSULA DECIMA TERCEIRA: TRANSMISSÃO E GRAVAÇÃO


Na hipótese de haver transmissão e/ou gravação de qualquer EVENTO relativo ao objeto do
presente termo, a PERMISSIONÁRIA deverá comunicar previamente a sua intenção, por
escrito, à FUNARJ, com antecedência mínima de ___ (____) horas da realização do
EVENTO, que única e a seu exclusivo critério, poderá conceder a necessária permissão.

PARÁGRAFO ÚNICO:
Caberá à FUNARJ, uma vez concedida a autorização da transmissão e/ou gravação do
EVENTO, a respectiva cópia, para o arquivamento no Centro de Documentação da FUNARJ,
visando a composição do acervo documental.

CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA: CREDENCIAMENTO


A PERMISSIONÁRIA indicará, por escrito, todas as pessoas que participarão dos
EVENTOS, sejam artistas, técnicos ou intervenientes, suas respectivas funções e horários de
serviço, durante a montagem, ensaios, apresentação e desmontagem do espetáculo, a fim de
possibilitar a sua admissão nas dependências do __________________.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
8

Caso a PERMISSIONÁRIA conte com um serviço de divulgação ou possua uma assessoria


de imprensa, seus integrantes deverão ser previamente credenciados pela FUNARJ,
comprometendo-se, desde já, a seguir rigorosamente os procedimentos que lhe serão
determinados, sob pena de serem retirados do ______________ pelo serviço de segurança.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
A PERMISSIONÁRIA indicará, igualmente, as pessoas por ela credenciadas com
competência para manter entendimentos nas áreas administrativa e financeira da FUNARJ.

PARÁGRAFO TERCEIRO:
Para ingresso e permanência dos credenciados acima mencionados, a FUNARJ entregará à
PERMISSIONÁRIA os necessários crachás que deverão ser devolvidos à saída e, na
hipótese de serem extraviados, deverão ter o seu valor descontado por ocasião do ACERTO
DE CONTAS.

PARÁGRAFO QUARTO:
Todas as pessoas indicadas pela PERMISSIONÁRIA para ingressar nas dependências do
________________ deverão subordinar-se aos regulamentos da FUNARJ, sob pena de não
mais serem admitidos.

PARÁGRAFO QUINTO:
O(s) artista(s) representado(s) pela PERMISSIONÁRIA e todos os seus prepostos deverão
obedecer às normas de comportamento e acatar as regras de segurança estabelecidas para o
palco, camarins e demais dependências do _______________, sob pena de serem retirados,
independentemente das demais medidas previstas no presente termo, inclusive a rescisão do
Termo, sempre a único e exclusivo critério da FUNARJ.

CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA: DO CANCELAMENTO DO EVENTO


O cancelamento do EVENTO, objeto da presente permissão de uso, sujeita a
PERMISSIONARIA a pagar à FUNARJ a multa compensatória equivalente a 20% (vinte
por cento) da receita bruta correspondente à lotação máxima do ________________,
independentemente da retenção da taxa de reserva, cabendo-lhe, ainda, a responsabilidade por
quaisquer perdas e danos causados pelo cancelamento, bem como, pelos decorrentes da
rescisão do presente termo.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
Na hipótese do cancelamento do EVENTO, por parte da PERMISSIONÁRIA, ter sido
ocasionado em virtude de caso fortuito ou força maior, desde que suficientemente provados, a
FUNARJ, única e exclusivamente a seu critério, poderá dispensar a PERMISSIONÁRIA,
parcial ou integralmente, do pagamento acima previsto.

PARÁGRAFO SEGUNDO:
Caberá à PERMISSIONÁRIA a responsabilidade da divulgação pelos meios de
9

comunicação (imprensa escrita, falada, televisionada, bem como pela internet e mídias
sociais) do referido cancelamento, seus motivos e orientação sobre a forma de devolução dos
ingressos, após a orientação da FUNARJ sobre o procedimento a ser adotado.

CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA: DA RESCISÃO DO TERMO


O não cumprimento de qualquer cláusula ou simples condição deste termo, assim como o
descumprimento das hipóteses previstas na Lei nº 8.666/93, no Decreto nº 3.149/80 e na Lei
Complementar nº 8/77, acarretará a rescisão administrativa do Termo, a critério único e
exclusivo da FUNARJ, independentemente de interpelação judicial e sem que caiba à
PERMISSIONÁRIA qualquer indenização e sem prejuízo de responsabilidade por quaisquer
danos morais ou materiais que, porventura, venham a ser causadas à FUNARJ pelo
descumprimento deste instrumento.

PARÁGRAFO PRIMEIRO:
A rescisão do Termo, conforme o disposto no caput, fica a critério único e exclusivo da
FUNARJ, não importando em perdão tácito, transação ou novação qualquer ato de tolerância
ao descumprimento do ora avençado.

CLÁUSULA DECIMA SÉTIMA: DO RITO PROCESSUAL


A cobrança de quaisquer quantias devidas a FUNARJ e decorrentes do presente Termo,
inclusive multas, far-se-á pelo processo de execução, mediante inscrição em Dívida Ativa, na
forma da lei.

PARÁGRAFO ÚNICO:
Por essa via a FUNARJ poderá cobrar não apenas o principal devido, mas ainda juros de
mora de 1% (um por cento) ao mês, atualização monetária, multa contratual, fixada em 10%
(dez por cento) do valor do débito, e honorários de advogado, pré-fixados estes em 20% (vinte
por cento) do valor em cobrança, além das custas e despesas do processo.

CLÁUSULA DÉCIMA OITAVA: DAS NOTIFICAÇÕES E INTIMAÇÕES


A PERMISSIONÁRIA será notificada das decisões ou dos despachos proferidos ou que lhe
formulem exigências, por qualquer uma das seguintes formas:
I - publicação no Diário Oficial do Estado, com a indicação do número do processo e nome da
PERMISSIONÁRIA;
II - por via postal, mediante comunicação registrada e endereçada à PERMISSIONÁRIA,
com aviso de recebimento (A.R.);
III - pela ciência que do ato venha a ter a PERMISSIONÁRIA:
a) no processo, em razão de comparecimento espontâneo ou a chamado da FUNARJ ou
b) pelo recebimento de auto de infração ou documento análogo.

CLÁUSULA DÉCIMA NONA: DA PUBLICAÇÃO


A FUNARJ providenciará a publicação do presente instrumento, em extrato, no Diário
Oficial do Estado, dentro de 20 (vinte) dias, contados da data de sua assinatura, ficando
10

condicionada a esta publicação a plena eficácia deste instrumento.

CLÁUSULA VIGÉSIMA: DA FISCALIZAÇÃO


A FUNARJ providenciará o encaminhamento da cópia autenticada do presente Termo ao
Tribunal de Contas do Estado, para conhecimento, na forma e no prazo determinado por este.

CLÁUSULA VIGÉSIMA PRIMEIRA: DO FORO


Fica eleito o foro central da cidade do Rio de Janeiro para dirimir quaisquer dúvidas ou
litígios decorrentes do presente termo ou da sua execução, renunciando a
PERMISSIONÁRIA, por si e por seus sucessores a qualquer outro foro que tenha ou venha a
ter, por mais especial ou privilegiado que seja.

E assim, por estarem justos e avençados, firmam o presente termo em 03 (três) vias de igual
teor e forma, para um só fim, na presença das testemunhas abaixo assinadas e devidamente
qualificadas.

_____________ ____________________
FUNARJ

__________________________________
PERMISSIONÁRIA

Testemunhas:

Qualificação: Qualificação: