Você está na página 1de 3

dBi – ganho da antena isotrópica - Delta https://shopdelta.eu/dbi-ganho-da-antena-isotropica_l7_aid836.

html

Top Glossário técnico dBi – ganho da antena isotrópica

dBi – ganho da antena isotrópica

dBi - o ganho da antena (“G”), expresso na unidade dB, indica o valor, em decibéis, pelo qual o ganho da antena é maior do que
o de uma antena isotrópica hipotética, assumindo que uma potência idêntica é fornecida a ambas as antenas.

Garantia de envio hoje, se fizer


a encomenda até:
Na verdade, este é apenas um valor teórico porque a antena isotrópica não existe, na realidade, e não pode ser projetada ou
construída. Só pode ser calculado ou imaginado em teoria. 00:50:51
Recomendamos
especialmente
De onde vem o termo “isotrópica”? Isotropia, isotrópica vem da palavra grega “isos” que significa “igual”, “idêntica”, e da palavra
“trópos”, ou seja, “rotação”. Na ciência, este termo define as características dos corpos que mostram propriedades idênticas e
uniformes em todas as direcções. CABO DE PAR TRANÇADO
UTP/K5/305M/PE/MTC
METACON

Isto é, a antena isotrópica teórica é um ponto infinitamente pequeno, no vazio, radiante idealmente uniformemente (isotrópico)
em qualquer direcção, no espaço, sem reflexões e perdas (o seu diagrama de radiação é uma esfera).

Líquido: 1.36 PLN

As figuras a seguir ajudam a imaginar uma antena isotrópica: SUPORTE DE CÂMARA


PFA134 DAHUA

como um ponto no espaço como um ponto radiante no espaço

Líquido: 42.00 PLN

FONTE DE ALIMENTAÇÃO
12V/3A/5.5

Líquido: 25.74 PLN

TESTADOR
MULTIFUNCIONAL CCTV CS-
H7-70H

Líquido: 2500.00 PLN

CONECTOR MODULAR
RJ45/C53*P1000

Líquido: 134.40 PLN

CÂMARA ANTIVANDÁLICA
IP DS-2CD1143G0-I(2.8MM)
A seguinte fórmula é usada para calcular o ganho de uma antena isotrópica: 4 Mpx Hikvision

G(dBi) = 10log(G)
Líquido: 600.00 PLN

CÂMARA ANTIVANDÁLICA
G(dBi) – ganho de uma antena isotrópica em decibéis AHD, HD-CVI, HD-TVI, PAL
(G) – determina quantas vezes mais fortemente a antena transmite (recebe) do que uma antena isotrópica (em uma escala APTI-H24V3-2812 - 1080p
linear) 2.8 ... 12 mm

Após a conversão, temos uma fórmula prática:


Líquido: 158.40 PLN

PONTO DE ACESSO TL-


CPE210 2.4 GHz TP-LINK

Exemplo. Vamos calcular quanto mais forte é uma antena com um ganho de 17 dBi do que uma antena isotrópica na recepção
(transmissão) do sinal. Líquido: 168.02 PLN

SEPARADOR DE VÍDEO COM


ISOLAÇÃO ÓPTICA
SV-1000A PADRÃO: AHD,
HD-CVI

Portanto, uma antena com um ganho de 17 dBi recebe (transmite) o sinal 50.11 vezes mais fortemente do que uma antena
isotrópica.
Líquido: 111.30 PLN

A antena isotrópica tem um ganho = 0 dBi

Note-se que a antena isotrópica tem um ganho 2.15 vezes maior do que o ganho de um dipolo de meia-onda (isto é
porque a intensidade de campo do dipolo, em uma determinada direcção, é maior em 2.15 dB do que a antena isotrópica):

G(dBi) = G(dBd) + 2.15

G(dBd) - ganho da antena “dipolo de meia-onda”

Este site usa cookies. Para mais informações sobre os ficheiros de cookies usados por nós, o seu uso e como alterar a aceitação de cookies, clique em link

1 of 3 31/01/2020 09:09
dBi – ganho da antena isotrópica - Delta https://shopdelta.eu/dbi-ganho-da-antena-isotropica_l7_aid836.html

Exemplo. Temos uma antena com um ganho de 8 dBi. Vamos calcular qual será o ganho desta antena em relação a um dipolo de
meia-onda:

G(dBd) = G(dBi) – 2.15 = 8 dBi - 2.15 = 5.85 dBd

A unidade dBi e o termo “antena isotrópica” são usados para calcular E.I.R.P. Este é um parâmetro muito importante usado na
concepção e cálculo de parâmetros das redes Wi-Fi, ligações via satélite, etc.

O termo E.I.R.P. (Effective Isotropic Radiated Power), ou seja, potência isotrópica radiada equivalente significa, por definição, a
“potência que deve ser radiada por uma antena isotrópica hipotética para alcançar o mesmo nível de sinal na direcção de
radiação máxima de uma antena”.

Ao abrigo da legislação em vigor na Polónia e na União Europeia, o regulamento correspondente define a potência máxima de
transmissão que é permitida em um determinado intervalo de frequência Wi-Fi (a superação desta potência é considerada uma
violação da lei):

2400,0 – 2483,5 MHz (banda de 2,4 GHz) - a potência não pode exceder 100 mW E.I.R.P. (20 dBm),
5150 – 5350 MHz (banda de 5 GHz) - a potência não pode exceder 200 mW E.I.R.P. (23 dBm) - os dispositivos só podem
ser utilizados em ambientes fechados,
5725 – 5875 MHz (banda de 5 GHz) - a potência não pode exceder 1000 mW E.I.R.P. (30 dBm).

Para não exceder os valores limite de E.I.R.P., é necessário ter em conta:

potência de saída do transmissor (por exemplo, um cartão de rede, ponto de acesso),


tipo de cabo, o seu comprimento e atenuação com a frequência de operação e atenuação de conectores,
ganho da antena.

Lembramos que, muitas vezes, os fabricantes de pontos de acesso (Access Points) indicam a potência do transmissor em E.I.R.P.
Isto significa que o dispositivo é conforme com as normas apenas com a antena incluída ou integrada. Se o utilizador decidir
construir uma aplicação Wi-Fi individual, terá que fazer cálculos simples e verificar se está dentro da faixa de potência permitida
pela lei.

Para uma aplicação composta por um transmissor (por exemplo, router sem fio), cabo e antena, E.I.R.P. é calculado usando a
seguinte fórmula:

E.I.R.P. = P – l x Tk + Gi

P – potência do transmissor em dBm


l – comprimento do cabo em metros
Tk – atenuação de 1 metro do cabo para a frequência de operação do transmissor
Gi - ganho de uma antena isotrópica em decibéis

Em termos simples:

E.I.R.P. = potência do transmissor (dBm) + ganho da antena (dBi) – atenuação do cabo (dB) – atenuação de
conectores (dB)

Para simplificar os cálculos, assumimos que a atenuação de um conector = 0,5 dB

Exemplo. Estamos a construir uma rede Wi-Fi na banda de 2,4 GHz e temos:

ponto de acesso com uma potência de 16 dBm,


antena omnidirecional com um ganho de 8 dBi,
8 metros de cabo TRI-LAN-240 (para 2,4 GHz, a atenuação é de 0,4 dB / metro), ou seja, 8 x 0,4 dB = 3,2 dB,
dois conectores, ou seja, atenuação + 2 x 0,5 dB = 1 dB.

Vamos calcular:

E.I.R.P. = 16 dBm + 8 dBi – 3,2 dB – 1 dB = 19,8 dBm (ou seja, estamos dentro da faixa permitida pela lei - a potência é
inferior a 20 dBm).

Se, por exemplo, utilizarmos, neste caso uma antena com um ganho de 13 dBi:

E.I.R.P. = 16 dBm + 13 dBi – 3,2 dB – 1 dB = 24,8 dBm (isto é, 4,8 dBm demais!)

Note-se que nem todos os pontos de acesso são capazes de reduzir a potência de saída. É preciso entender que é muito melhor
usar uma antena de maior ganho e um transmissor com menos potência do que uma antena de menor ganho e um transmissor
com mais potência. Isto é porque os dispositivos operam não só no modo de transmissão, mas também no modo de recepção,
portanto, a sensibilidade do receptor também é importante.

Este site usa cookies. Para mais informações sobre os ficheiros de cookies usados por nós, o seu uso e como alterar a aceitação de cookies, clique em link

2 of 3 31/01/2020 09:09
dBi – ganho da antena isotrópica - Delta https://shopdelta.eu/dbi-ganho-da-antena-isotropica_l7_aid836.html

60-713 Poznań, Graniczna 10 Horário de funcionamento Departamento de Vendas, Envios


tel.: +(48) 61 864 69 66 2.ª-6.ª: 8.00 - 19.00 tel.: +(48) 61 864 69 66
e-mail: shop@delta.poznan.pl Sáb.: 8.00 - 14.00 e-mail: shop@delta.poznan.pl

Suporte técnico Assistência Termos e Condições da loja Mobile/Clasic


tel.: +(48) 61 864 69 98 tel.: +(48) 61 864 69 64 Devoluções e reclamações Sitemap
e-mail: support@delta.poznan.pl e-mail: service@delta.poznan.pl

Este site usa cookies. Para mais informações sobre os ficheiros de cookies usados por nós, o seu uso e como alterar a aceitação de cookies, clique em link

3 of 3 31/01/2020 09:09