Você está na página 1de 6

As Danças Folclóricas

• Expressões abertas de emoções, ideias, significado especial;

• Representação de usos, costumes, acontecimentos que constituíram a história de um povo;

• Padrões, costumes, maneiras e atividades da vida e experiências de um povo, perpetuadas de geração em


geração, resguardando assim, sua tradicionalidade;

• No Brasil, o folclore brasileiro possui muitas danças que representam as tradições e as culturas de
determinada região.

• No país, as danças folclóricas surgiram da fusão das culturas europeia, indígena e africana. Elas são
celebradas em festas populares caracterizadas por músicas, figurinos e cenários representativos.

• Confira as principais danças folclóricas brasileiras:


O pau-de-fitas
Vamos dançar
Pra festejar o São João.
É colorida.
É enfeitada.
É uma dança animada.
Segue pro centro da roda.
A fita amarela pra destacar,
Enquanto a fita azul vai ficando
no meio,
A vermelha na ponta.
E começam a girar.
Vamos girando à direita,
Girando, girando,
Sem se atrapalhar.
Depois girando ao contrário,
Seguindo à esquerda,
Vai girando, girando,
E volta pro seu lugar.
A amarela,
A vermelha,
A azul,
Para entrançar.
A vermelha,
A amarela,
A azul, destrançar
Minha ciranda não é minha só
Ela é de todos nós
A melodia principal quem
Guia é a primeira voz
Pra se dançar ciranda
Juntamos mão com mão
Formando uma roda
Cantando uma canção
O fandango, fandango gaúcho
É raiz, é semente e é flor
É a sanga da água mais pura
É a cura pros males do amor

O fandango, fandango gaúcho


É raiz, é semente e é flor
É a sanga da água mais pura
É a cura pros males do amor
CATIRA
A Catira, também chamada de Cateretê, é uma dança coletiva e Pra se dançar o catira
Tem que se bater o pé
popular do folclore brasileiro. Vem depois um palmeado
Essa expressão é típica da região sudeste, entretanto, foi aos Só não dança quem não quer
Ai, ai, só não dança quem não
poucos se espalhando e ganhando adeptos em outros locais. quer
Hoje podemos ver essa dança em quase todas as regiões do Primeiro um sapateado
Depois um palmeado
Brasil, com destaque para o sudeste e o centro-oeste. Pro catira sair gostoso
Essa dança folclórica é marcada pela batida dos pés e das mãos Tem que ser bem animado
Ai, ai, tem que ser bem animado
movimentadas pelo ritmo da música, que por sua vez, é Pra se dançar o catira
produzida pela viola caipira. Tem que ter bons violeiros
Nós tocando de viola
Note que essa manifestação cultural é mais encontrada nas Podem vir os catireiros
cidades interioranas e, portanto, faz parte da cultura sertaneja. Ai, ai, podem vir os catireiros
Quadrilha Olha pro céu – Luiz Gonzaga

Olha pro céu, meu amor


É uma dança típica da época de festa junina. Há um Vê como ele está lindo
Olha praquele balão multicor
animador que vai anunciando frases e marcando os Como no céu vai sumindo
momentos da dança. Os dançarinos (casais), Olha pro céu, meu amor
Vê como ele está lindo
vestidos com roupas típicas da cultura caipira Olha praquele balão multicor
(camisas e vestidos xadrezes, chapéu de palha) Como no céu vai sumindo
Foi numa noite igual a esta
vão fazendo uma coreografia especial. A dança é Que tu me deste o coração
bem animada com muitos movimentos e O céu estava assim em festa
Pois era noite de São João
coreografias. As músicas de festa junina mais Havia balões no ar
conhecidas são: Capelinha de Melão, Pula Fogueira Xote, baião no salão
E no terreiro o teu olhar
e Cai, Cai balão. Que incendiou meu coração