Você está na página 1de 9

Lista de Exercícios – Estática dos Fluidos

A atmosfera padrão
1 - Uma mina de diamantes está a 3200 m abaixo do nível do mar. (a) Calcule a pressão do ar
nessa profundidade. (b) Se um barômetro, com precisão de 1 mm de mercúrio, for levado para
dentro dessa mina, com que precisão ele pode estimar a profundidade da mina?
Ar: R = 287 m²/s²K; B = 0,0065 K/m
R: a) 144,4 kPa b) 11,45 m

2 - “Estalos” nos ouvidos é um fenômeno desconfortável experimentado quando ocorrem


variações na pressão ambiente, por exemplo, em um elevador rápido ou em um avião. Se você
está em um aeroplano, a 3000 m de altitude, e uma rápida descida de 100 m causa estalos em
seus ouvidos, qual é a variação de pressão em milímetro de mercúrio que causa esse
desconforto? Se, em seguida, o avião sobre 8000 m e novamente começa a descer, quanto o
avião descerá antes que os seus ouvidos estalem novamente?
R: a) ΔP = 6,72 mm Hg b) Δz = 173 m

Variação de pressão em um fluido estático


3 - Qualquer valor de pressão medida pode ser expresso como um comprimento ou carga, h =
p/ρg. Qual é a pressão padrão ao nível do mar expressa em (a) m de glicerina, (b) mm de Hg,
(c) m de coluna de água e (d) mm de etanol?
Glicerina: γ = 12 360 N/m³; Mercúrio: γ = 133 100 N/m³;
Água: γ = 9800 N/m³; Etanol: γ = 7733 N/m³
R: a) 8,2 m b) 761,3 mm c) 10,35 m d) 13 103 mm

4 - Um tanque fechado contém 1,5 m de óleo SAE 30, 1m de água, 20 cm de mercúrio e um


espaço de ar no topo, tudo a 20 °C. A pressão absoluta no fundo do tanque é de 60 kPa. Qual é
a pressão no espaço de ar?
Óleo SAE 30: γ = 8720 N/m³
R: 10,5 kPa

5 - Na figura abaixo, o tanque contém água e óleo imiscíveis a 20 °C. Qual é o valor de h em
cm se a massa específica do óleo é 898 kg/m³.

R: 80,4 cm

6 - O tubo em V simétrico da figura contém água estática e ar a 20 °C. Qual é a pressão do ar


na parte fechada no ponto B?
R: 92,7 kPa

7 - Considere que um barômetro, usando tetracloreto de carbono (pressão de vapor = 12 kPa)


como fluido de trabalho seja instalado em um local cuja altitude é de 1600 m em relação ao
nível do mar. (a) Até que altura vai subir o fluido no tubo do barômetro? (b) Compare esse
resultado com um barômetro de mercúrio.
R: a) 4,61 m b) 0,63 m

8 - O sistema da figura abaixo está a 20 °C. Se a pressão atmosférica é de 101,33 kPa e a pressão
no fundo do tanque é de 242 kPa, qual a massa específica do fluido X?

R: 1558,7 kg/m³

9 - O macaco hidráulico da figura abaixo está cheio com óleo a 8797 N/m³. Desprezando o peso
dos dois pistões, qual a força F que é necessária na alavanca para suportar o peso de 8900 N
indicado no desenho?

R: 61 N
10 - A 20 °C o manômetro A registra 350 kPa absoluta. (a) Qual é a altura h da água em cm?
(b) Qual deve ser a leitura do manômetro B em kPa absoluta?

R: a) h = 6,48 m b) 251,3 kPa

11 - Um tubo piezométrico de vidro limpo vertical tem um diâmetro interno de 1 mm. Quando
é aplicada a pressão, água a 20 °C sobe no tubo até a altura de 25 cm. Após corrigir para a
tensão superficial, calcule a pressão aplicada em Pa. A tensão superficial da água é σ = 0,0728
N/m.
R: 2153,8 Pa

12 - Para o manômetro invertido da figura abaixo, todos fluidos estão a 20 °C. Se PB – PA = 97


kPa, qual deve ser a altura H em cm?

R: H = 22,6 cm

13 - Considere o escoamento de água para cima em um tubo inclinado de 30°. O manômetro de


mercúrio indica h = 12 cm. Ambos os fluidos estão a 20 °C. Qual é a diferença de pressão P1 –
P2 no tubo?
R: 26,1 kPa

14 - Na figura abaixo, o tanque e o tubo estão abertos para a atmosfera. Se L = 2,13 m, qual é
o ângulo de inclinação θ do tubo?

R: 25°

15 - Na figura ambas as extremidades do manômetro são abertas à atmosfera. Calcule a


densidade do fluido X.

R: 1443,9 kg/m³
16 - O manômetro de tubo inclinado mostrado tem D = 96 mm e d = 8 mm. Determine o ângulo,
θ, necessário para fornecer um aumento de 5:1 na deflexão do líquido, L, comparada com a
deflexão total de um manômetro comum de tubo em U.

R: θ = 11,13°

17 - Um manômetro de reservatório tem tubos verticais com diâmetros D = 18 mm e d = 6 mm.


O líquido manométrico é o óleo Meriam vermelho. (a) Desenvolva uma expressão algébrica
para a deflexão do líquido, L, no tubo pequeno quando uma pressão manométrica ΔP é aplicada
no reservatório. (b) Calcule a deflexão do líquido quando a pressão aplicada for equivalente a
25 mm de coluna d’água (manométrica).

∆P
R: a) L = d2
b) L = 27,2 mm
γ(1+ 2 )
D

Forças sobre superfícies planas


18 - A comporta mostrada na figura é articulada em H. A comporta tem 3 m de largura em um
plano normal ao diagrama mostrado. Calcule a força requerida em A para manter a comporta
fechada.

R: 110,25 kN

19 - Uma comporta plana, de espessura uniforme, suporta uma coluna de água conforme
mostrado. Determine o peso mínimo da comporta necessário para mantê-la fechada.
R: P = 67,9 kN

20 - A comporta AB em forma de triângulo isósceles da figura está articulada em A e pesa 1500


N. Qual é a força horizontal P necessária no ponto B para haver equilíbrio?

R: 18 078,5 N

21 - A comporta mostrada na figura tem 3 m de largura e, para fins de análise pode ser
considerada sem massa. Para qual profundidade de água a comporta retangular ficará em
equilíbrio como mostrado?

R: d = 2,657 m
Forças sobre superfícies curvas
22 - A comporta mostrada tem 1,5 m de largura e é articulada em O; a = 1 m−2 , D = 1,2 m e H
= 1,4 m. Determine: (a) o módulo e o momento da componente vertical da força em torno de O
e (b) a força horizontal que deve ser aplicada em torno do ponto A para manter a comporta na
posição mostrada.

R: a) Fv = 7620,5 N Mo = 3762,2 Nm b) Fh = 5711,3 N

23 - A comporta parabólica mostrada na figura tem 2 metros de largura e é articulada em O; c


= 0,25 𝑚−1, D = 2 m e H = 3 m. Determine (a) o módulo e a linha de ação da força vertical
sobre a comporta causada pela água, (b) a força vertical aplicada em A requerida para manter a
comporta em equilíbrio.

R: a) Fv = 73,916 kN; x = 1,061m b) Fah = 34,853 kN c) Fav = 30,183 kN

24 - Uma comporta, na forma de um quarto de cilindro, articulada em A e vedada em B, tem


largura w = 3 e R = 3 m. O fundo da comporta está 4,5 m abaixo da superfície da água.
Determine a força sobre o batente B, se a comporta for feita de concreto (γ = 23 520 N/m³).

R: 277,9 kN

Forças em fluidos em camadas


25 - Um tanque cúbico tem lado 3 m e está cheio com camadas de 1 metro de fluido de densidade
1,0; 1 metro de fluido com d = 0,9 e 1 metro de fluido com d = 0,8. Despreze a pressão
atmosférica e determine: (a) a força hidrostática sobre o fundo e (b) a força sobre um painel
lateral.
R: a) 238,14 kN b) 124,95 kN

Empuxo
26 - Se você jogar para fora de sua canoa uma âncora, e a corda for muito curta para a âncora
chegar ao fundo da lagoa, a sua canoa flutuará mais baixo ou no mesmo nível? Prove sua
resposta.
R: Mais alto.

27 - Um balão pesando 15,5 N tem 1,8 m de diâmetro. Ele está cheio com hidrogênio a 124 kPa
de pressão absoluta e 15,5 ºC e assim é liberado. Considerando um perfil linear de temperatura
da atmosfera, em que altitude esse balão flutuará neutramente?
R: 5,36 km.

28 - A lata na figura abaixo flutua na posição mostrada. Determine seu peso em N.

R: 4,99 N.

29 - Um bloco uniforme de aço (d = 7,85) “flutuará” em uma interface mercúrio-água, como


mostra a figura abaixo. Qual é a razão entre as distâncias a e b para essa condição?

R: a/b = 0,8336.

30 - Um densímetro flutua em um nível que é uma medida da massa específica do líquido. A


haste é de diâmetro constante D e o peso no fundo estabiliza o corpo para flutuar verticalmente,
como mostra a figura abaixo. Se a posição h = 0 indica água pura (d = 1), deduza uma fórmula
para h em função do peso total P, D e pesos específicos γa da água e γo do fluido.
4𝑃 𝛾𝑜
R: ℎ = 𝛾 2 𝛾
( − 1)
𝑜 𝜋𝐷 𝑎

Estabilidade
31 - Um iceberg pode ser idealizado como um cubo de lado L, como na figura. Se a água do
mar for representada por d = 1, então o gelo do iceberg tem d = 0,88. Determine se esse iceberg
“cúbico” é estável para a posição mostrada.

R: Sim, ̅̅̅̅̅
𝑀𝐺 = 0,695L.