Você está na página 1de 61

RELATÓRIO

LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2


ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: FUNÇÕES LÓGICAS

Data Realização: 04 / 08 / 10
Data Entrega: 11 / 08 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
PORTA LÓGICA E (AND)
Objetivos:
Verificar o funcionamento da função lógica E existente em Circuitos Integrados (C.I.).

Conceitos:
A função E é aquela em que obtemos em sua saída, nível lógico 1 quando ambas as entradas também receberem
simultaneamente, nível lógico 1.

Material Necessário:
1 CI 74LS08
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados.
2 – Montar o circuito mostrado na figura 1.1.2.2.
3 – Variar o nível lógico das entradas como solicitado na tabela 3. Anotar os resultados obtidos.
PORTA LÓGICA OU (OR)
Objetivos:
Verificar o funcionamento da função lógica OU existente em Circuitos Integrados (C.I.).

Conceitos:
A definição da função OU é:
“Se uma ou mais entradas forem 1 a saída será 1”.
Desta maneira o circuito lógico OU terá nível lógico alto (1) na saída quando pelo menos uma das entradas estiver
em nível lógico alto (1).

Material Necessário:
1 CI 74LS32
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados.
2 – Montar o circuito mostrado nas figuras abaixo.
3 – Variar o nível lógico das entradas como solicitado na tabela 4. Anotar os resultados obtidos nos cam-pos
adequados da tabela 4. (Usar 0 para LED apagado e 1 para LED aceso).
Obtendo a função NE (NAND) a partir de portas E e Inversora
Objetivos:
Obter a função lógica NE a partir da interligação das funções lógicas E e Inversora existentes em Circuitos
Integrados (C.I.).

Conceitos:
A função lógica NE é oposta a função lógica E, assim, a saída da função NE será 1 nos casos em que em pelo
menos uma das entradas for aplicado nível lógico 0.
“Se uma ou mais entradas forem 1 a saída será 1”.
Assim como as outras funções estudadas, a função NE também possui um circuito integrado próprio, ou seja,
existe um CI onde no seu interior existem portas lógicas do tipo NE. Porém, com a in-tenção didática, a função
será construída nesta atividade, para mostrar o fato de que, em alguns casos, quando não existe o CI adequado,
ou quando existem CIs de outras funções com portas sem uso, é possível obter a função desejada.

Material Necessário:
1 CI 74LS04
1 CI 74LS08
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados.
2 – Montar o circuito mostrado na figuras abaixo.
3 – Variar o nível lógico das entradas como solicitado na tabela 5. Anotar os resultados obtidos nos campos
adequados da tabela 5. (Usar 0 para LED apagado e 1 para LED aceso).
Obtendo a função NOU (NOR) a partir de portas OU e Inversora
Objetivos:
Obter a função lógica NOU a partir da interligação das funções lógicas OU e Inversora existen-tes em Circuitos
Integrados (C.I.).

Conceitos:
A função lógica NOU é oposta a função lógica OU, assim, a saída da função NOU será 0 nos ca-sos em que em
pelo menos em uma das entradas for aplicado nível lógico 1.
“Se uma ou mais entradas forem 1 a saída será 0”.
Assim como as outras funções estudadas, a função NOU também possui um circuito integrado próprio, ou seja,
existe um CI onde no seu interior existem portas lógicas do tipo NOU. Porém, com a intenção didática, a função
será construída nesta atividade, para mostrar o fato de que, em alguns casos, quando não existe o CI adequado,
ou quando existem CIs de outras funções com portas sem uso, é possível obter a função desejada.

Material Necessário:
1 CI 74LS04
1 CI 74LS32
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados.
2 – Montar o circuito mostrado na figuras abaixo.
3 – Variar o nível lógico das entradas como solicitado na tabela 6. Anotar os resultados obtidos nos campos
adequados da tabela 6. (Usar 0 para LED apagado e 1 para LED aceso).
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: FUNÇÕES LÓGICAS E COMBINAÇÕES DE PORTAS


LÓGICAS

Data Realização: 18/ 08 / 10


Data Entrega: 25/ 08 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
PORTA LÓGICA OU EXCLUSIVO (XOR)
Objetivos:
Verificar o funcionamento da função lógica XOU existente em Circuitos Integrados (C.I.).

Conceitos:
A função OU-EXCLUSIVO é uma funçõa OU modificada, onde uma entrada 1 produz uma saída 1,
porém se mais de uma entrada for 1 a saída será Ø, e também se todas as entra-das forem 0 a saída
será Ø. Deste modo podemos definir a função OU-EXCLUSIVO como:
"Produz uma saída 1 somente se as entradas forem diferentes."
Abaixo, vemos os símbolos utilizados e o diagrama de distribuição dos pinos de uma CI 74LS86.

Figura 22 – Função XOU - a) Símbolo Lógico - b) Pinagem

Material Necessário:
1 CI 74LS86
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados.
2 – Montar o circuito mostrado na figura abaixo.
3 – Variar o nível lógico das entradas como solicitado na tabela 7 e anotar os resultados obtidos na saída do
circuito.
PORTAS LÓGICAS COM MAIS DE DUAS ENTRADAS
Objetivos:
Implementar portas lógicas com mais de duas entradas utilizando apenas portas com duas en-tradas

Conceitos:
Em vários momentos, é necessário implementar portas lógicas com mais entradas do que as
disponíveis no CI que temos.
Para isso,podemos associar portas lógicas de forma a obter no final, a mesma função porém com mais
entradas.

Material Necessário:
1 CI 74LS08
1 CI 74LS32
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados
2 – Monte os circuitos mostrados nas figuras abaixo e para cada um, complete a tabela verdade cor-respondente,
anotando o estado lógico obtido na saída do circuito após a variação do estado lógico presentes nas entradas.
CARACTERÍSTICAS DAS PORTAS LÓGICAS.
Objetivos:
Verificar o funcionamento de diversas portas lógicas em diversas configurações.

Conceitos:
As funções lógicas podem ser utilizadas me diversas aplicações e em situações diferen-tes. Nesta
atividade, serão estudadas algumas aplicações importantes e comuns para as por-tas lógicas.

Material Necessário:
1 CI 74LS08
1 CI 74LS32
Módulo de experiências

Procedimentos:
1 - Selecionar os componentes solicitados
2 – Monte os circuitos mostrados nas figuras abaixo.
3 – Observe o comportamento da saída e anote o que observou em cada caso.
PORTA LÓGICA EX-NOR (EXCLUSIVE NOR)
O propósito é verificar que a operação de um portão EX-NOR de duas entradas está em
conformidade com sua tabela verdade.

Diagrama elétrico

Lista de componentes
• 74LS86
• 74LS04

Dados de cálculo Diagrama topográfico

Procedimentos:
1) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.1.7.2:
2) fixar os interruptores A e B do LS para "L" (estado lógico 0);
3) observar o estado lógico presente no LP (0 = L1, 1 = H1) e escrever na Tab. 1.1.7.2;
4) repetir as operações prévias para todas as combinações dos estados lógicos de entrada escritos na Tab.
1.1.7.2 e escrever, na mesma tabela, os valores lógicos de saída correspondentes;
5) verificar que a Tab. 1.1.7.2 corresponde à tabela verdade do operador lógico EX-NOR;
6) remover todas as conexões

Resultados obtidos
EXECUÇÃO DE UM OPERADOR AND DE QUATRO ENTRADAS
O propósito é executar um operador AND de quatro entradas, tendo alguns portões AND
disponíveis.

Diagrama elétrico

Lista de componentes

• 74LS08

Dados de cálculo
A • B • C • D = (A • B) • (C • D)

Procedimentos:
1) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.2.2;
2) fixar os interruptores A, B, C e D do LS para "L" (estado lógico 0);
3) observar o estado lógico presente no LP (0 = L1, 1 = H1) e escrever na Tab. 1.2.2.2;
4) repetir as operações prévias para todas as combinações dos estados lógicos de entrada escritos na Tab. 1.2.2.2 e
escrever, na mesma tabela, os valores lógicos de saída correspondentes;
Tab. 1.2.2.2
D C B A Y2
0 0 0 0
0 0 0 1
0 0 1 0
0 0 1 1
0 1 0 0
0 1 0 1
0 1 1 0
0 1 1 1
1 0 0 0
1 0 0 1
1 0 1 0
1 0 1 1
1 1 0 0
1 1 0 1
1 1 1 0
1 1 1 1
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: TEOREMAS DA ÁLGEBRA BOOLEANA

Data Realização: 01/ 09 / 10


Data Entrega: 08/ 09 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
TÍTULO: VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA;
TEOREMAS PARA UMA VARIÁVEL.

O objetivo é verificar a veracidade dos teoremas para uma variável.

DIAGRAMA ELÉTRICO

LISTA DE COMPONENTES

• 74LS08
• 74LS32
• 74L
• S86
DADOS DE CÁLCULO

DIAGRAMA TOPOGRÁFICO
PROCEDIMENTOS

VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANOS: TEOREMAS PARA UMA VARIÁVEL

1) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.5.2a;

2) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, os LEDs que exibem a variáveis de entrada e saída
dão a mesma indicação (ambos no estado lógico "0" ou estado lógico "1");

3) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.5.2b;

4) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, os LEDs exibem as variáveis de entrada e saída dão
a mesma indicação (ambos no estado lógico "0" ou no estado lógico "1");

5) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.5.2c;

6) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre mostra o estado lógico 0;

7) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.5.2d;

8) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre mostra o estado lógico 1;

9) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.5.2e;

10) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre mostra o estado lógico 0;

11) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.5.2f;

12) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre mostra o estado lógico 1;
TÍTULO: VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA; ENTRE UMA
VARIÁVEL E UMA CONSTANTE.

O propósito é verificar a veracidade dos teoremas entre uma variável e uma constante.

DIAGRAMA ELÉTRICO
LISTA DE COMPONENTES

• 74LS08
• 74LS32
• S86

DADOS DE CÁLCULO

DIAGRAMA TOPOGRÁFICO
PROCEDIMENTOS

VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA:


TEOREMAS ENTRE UMA VARIÁVEL E UM CONSTANTE

1) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.6.2a;

2) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre mostra o estado lógico 0;

3) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.6.2b;

4) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, os LEDs que exibem as variáveis de entrada e saída
dão a mesma indicação (ambos no estado lógico "0" ou estado lógico "1");

5) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.6.2c;

6) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, os LEDs que exibem as variáveis de entrada e saída
dão a mesma indicação (ambos no estado lógico "0" ou no estado lógico "1");

7) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.6.2d;

8) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre mostra o estado lógico 1;

9) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.6.2e;

10) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, os LEDs que exibem as variáveis de entrada e
saída dão a mesma indicação (ambos no estado lógico "0" ou no estado lógico "1");

11) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.6.2f;

12) verificar que, para qualquer valor assumido pela variável A, o LED exibindo o estado lógico da função de saída
sempre dá a indicação oposta à do LED exibindo o estado lógico de entrada;
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA;


TEOREMAS DE ABSORÇÃO

Data Realização: 08 / 09 / 10
Data Entrega: 15 / 09 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
TÍTULO: VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA; TEOREMAS DE ABSORÇÃO.

O propósito é verificar a veracidade dos teoremas de absorção incluídos nos vários teoremas de variáveis.

DIAGRAMA ELÉTRICO
LISTA DE COMPONENTES

• 74LS08
• 74LS32
• 74LS04
DADOS DE CÁLCULO

Primeiro teorema de absorção A+A•B=A

Segundo teorema de absorção A•B+A•B=A

Terceiro teorema de absorção

Quarto teorema de absorção

Quinto teorema de absorção

DIAGRAMA TOPOGRÁFICO
RESULTADOS OBTIDOS

Primeiro teorema de absorção A+A•B=A

B A Y= A + A • B
0 0
0 1
1 0
1 1

Segundo teorema de absorção A•B+A•B=A

B A Y= A • B + A • B
0 0
0 1
1 0
1 1

Terceiro teorema de absorção

C B A
0 0 0
0 0 1
0 1 0
0 1 1
1 0 0
1 0 1
1 1 0
1 1 1

Quarto teorema de absorção

B A
0 0
0 1
1 0
1 1
Quinto teorema de absorção

C B A

0 0 0
0 0 1
0 1 0
0 1 1
1 0 0
1 0 1
1 1 0
1 1 1
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA;


O TEOREMA DE MORGAN

Data Realização: 15/ 09 / 10


Data Entrega: 22/ 09 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
TÍTULO: VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA; O TEOREMA DE MORGAN.

O propósito é verificar a veracidade do teorema de De Morgan nas duas formas duais.

DIAGRAMA ELÉTRICO

LISTA DE COMPONENTES

• 74LS08
• 74LS32
• 74LS04
DADOS DE CÁLCULO

DIAGRAMA TOPOGRÁFICO
Procedimentos:

VERIFICAÇÃO DOS TEOREMAS DE ÁLGEBRA BOOLEANA:


OS TEOREMAS DE DE MORGAN

1) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.8.2a;

2) fixar os interruptores A e B do LS para "L" (estado lógico 0);

3) observar o estado lógico presente no LP (0 = L1, 1 = H1) e escrever na Tab. 1.2.8.2a;

4) repetir as operações prévias para todas as combinações dos estados lógicos de entrada escritos na Tab.
1.2.8.2a e escrever, na mesma tabela, os valores lógicos de saída correspondentes;

5) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.8.2b;

6) repetir as operações do ponto 2 ao ponto 4;

7) verificar que os valores lógicos das saídas Y1 e Y2 sempre são coincidentes e em conformidade com
os mostrados na tabela verdade (Tab. 1.2.8.1a);

8) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.8.2c;

9) fixar os interruptores A e B do LS para "L" (estado lógico 0);

10) observar o estado lógico presente no LP (0 = L1, 1 = H1) e escrever na Tab. 1.2.8.2b;
11) repetir as operações prévias para todas as combinações dos estados lógicos de entrada escritos na Tab.
1.2.8.2b e escrever, na mesma tabela, os valores lógicos de saída correspondentes;

12) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.2.8.2d;

13) repetir as operações do ponto 9 ao ponto 11;

14) verificar que os valores lógicos das saídas Y1 e Y2 sempre são coincidentes e em conformidade com
os mostrados na tabela verdade (Tab. 1.2.8.1b);

B A 1.2.8.1a 1.2.8.1b 1.2.8.1c 1.2.8.1d


0 0
0 1
1 0
1 1
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: VERIFICAÇÃO FUNCIONAL DE UM CIRCUITO LÓGICO

Data Realização: 22/ 09 / 10


Data Entrega: 29/ 09 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
TÍTULO: VERIFICAÇÃO FUNCIONAL DE UM CIRCUITO LÓGICO POR MEIO DA
COMPARAÇÃO COM A TABELA VERDADE DE SUA FUNÇÃO LÓGICA.

O propósito é preencher a t.t. da função nomeada e verificar que a operação lógica do circuito que executa
está em conformidade com os valores lógicos da t.t. preenchida

Diagrama elétrico

Lista de componentes

• 74LS04
• 74LS08
• 74LS32
Dados de cálculo

Diagrama topográfico
Procedimentos:

A) VERIFICAÇÃO FUNCIONAL DE UM CIRCUITO LÓGICO POR MEIO DE


COMPARAÇÃO COM A TABELA VERDADE DE SUA FUNÇÃO LÓGICA

1) conectar o circuito como mostrado na Fig. 1.3.3.2;


2) para todas as combinações dos interruptores A, B e C verificar as funções lógicas nomeadas na Tab. 1.3.3.2
usando a entrada IN2 do LP;
3) verificar que a Tab. 1.3.3.2 corresponde à tabela verdade 1.3.3.1
4) remover todas as conexões.

Resultados obtidos

B) MONTE O CIRCUITO DA EXPRESSÃO, OBTENHA A TABELA VERDADE, EXPRESSÃO


SIMPLIFICADA E SEU RESPECTIVO CIRCUITO.

S = (A.C + B+D) + C . (A.C.D)


RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: COMPARANDO EXPRESSÕES LÓGICAS SIMPLIFICADAS

Data Realização: 29/ 09 / 10


Data Entrega: 06/ 10 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
Objetivos:

Obter a expressão lógica de uma tabela verdade. Simplificar esta expressão. Montar os dois circuitos e comparar
o funcionamento.

Conceitos:
Complete com a Teoria referente a experiência.

Material Necessário:
• Módulo de experiências

Procedimentos:
1 – Obtenha a expressão lógica da tabela verdade abaixo.
S1(tabela) =

A)

S1(tabela) =

B)

S1(tabela) =

C)

S1(tabela) =

D)
2 – Simplifique a expressão obtida acima, utilizando para isso a Álgebra Booleana.
S1 (simplificada) =

A)

S1 (simplificada) =

B)

S1 (simplificada) =

C)
S1 (simplificada) =

D)

3 – Desenhe os circuitos S1 (tabela) e S1 (simplificada) utilizando portas com duas entradas. Identifique no
desenho do circuito, os Circuitos Integrados utilizados e os respectivos pinos utilizados.

4 – Varie os estados lógicos das entradas conforme a tabela abaixo e visualize simultaneamente as duas saídas,
S1 (tabela) e S1 (simplificada)

X Y Z Saída S1 Saída S1
Tabela Simplificada
A) B) C) D) A) B) C) D)
0 0 0
0 0 1
0 1 0
0 1 1
1 0 0
1 0 1
1 1 0
1 1 1

5 – Compare as duas saídas (s1 tabela) e (s1 simplificada). O resultado obtido foi igual ao anotado na tabela
mostrada no item 1.
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: VERIFICAÇÃO FUNCIONAL DA MINIMIZAÇÃO DE FUNÇÕES


LÓGICAS POR MEIO DOS MAPAS DE KARNAUGH

Data Realização: 06/ 10 / 10


Data Entrega: 20/ 10 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
Objetivos:

O propósito é minimizar as funções lógicas nomeadas por meio dos mapas de Karnaugh e verificar que as
funções simplificadas produzem na saída os mesmos valores lógicos das funções nomeadas.

Conceitos:
Complete com a Teoria referente a experiência.

Material Necessário:
• Módulo de experiências

Procedimentos:

1 – Simplifique a expressão lógica, compare com a saída da expressão simplificada através da


montagem do circuito. Obter a tabela verdade e comparar com a expressão obtida através do
mapa de Karnaugh.

2 – Obtenha a expressão da tabela abaixo, simplifique-a e comprove a saída da expressão


simplificada com a expressão completa através da montagem do circuito.

C B A Y2
0 0 0 1
0 0 1 0
0 1 0 1
0 1 1 1
1 0 0 1
1 0 1 0
1 1 0 1
1 1 1 0
3 – Obtenha a expressão da tabela abaixo, simplifique-a e comprove a saída da expressão
simplificada com a expressão completa através da montagem do circuito.

D C B A Y3
0 0 0 0 0
0 0 0 1 1
0 0 1 0 1
0 0 1 1 1
0 1 0 0 0
0 1 0 1 1
0 1 1 0 0
0 1 1 1 1
1 0 0 0 1
1 0 0 1 1
1 0 1 0 0
1 0 1 1 1
1 1 0 0 1
1 1 0 1 1
1 1 1 0 0
1 1 1 1 1
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: SIMPLIFICAÇÃO DE EXPRESSÕES LÓGICAS POR MEIO DOS


MAPAS DE KARNAUGH

Data Realização: 27/ 10 / 10


Data Entrega: 03/ 11 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
Objetivos:

Utilizar o Mapa de Karnaugh para simplificação de expressões com 4 variáveis.

Conceitos:
Complete com a Teoria referente a experiência.

Material Necessário:
• Módulo de experiências

Procedimentos:

1 – Obter a expressão da tabela verdade.


2 – Simplificar a expressão obtida utilizando o mapa de Karnaugh.
3 – Selecionar os componentes de acordo com a expressão simplificada obtida.
4 – Montar o circuito correspondente da expressão simplificada.
5 – Variar o nível lógico das entradas e anotar a saída respectiva.
6 – Verificar os resultados da saída obtida com a tabela verdade.

A)
D C B A YA

0 0 0 0 0
0 0 0 1 1
0 0 1 0 1
0 0 1 1 1
0 1 0 0 0
0 1 0 1 1
0 1 1 0 0
0 1 1 1 1
1 0 0 0 1
1 0 0 1 1
1 0 1 0 0
1 0 1 1 1
1 1 0 0 1
1 1 0 1 1
1 1 1 0 0
1 1 1 1 1
B)
D C B A YB

0 0 0 0 0
0 0 0 1 1
0 0 1 0 0
0 0 1 1 1
0 1 0 0 0
0 1 0 1 1
0 1 1 0 1
0 1 1 1 1
1 0 0 0 0
1 0 0 1 1
1 0 1 0 0
1 0 1 1 1
1 1 0 0 1
1 1 0 1 1
1 1 1 0 0
1 1 1 1 1

7 – Desenhe o circuito lógico de cada expressão simplificada obtida.


RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: BLOCOS EQUIVALENTES

Data Realização: 03 / 11 / 10
Data Entrega: 10 / 11 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
Objetivos:

Comparar os blocos lógicos equivalentes com os blocos básicos, obtendo sua expressão lógica.

Conceitos:
Complete com a Teoria referente a experiência.

Material Necessário:
• Módulo de experiências
Procedimentos:

1 – Monte os circuitos dos blocos equivalentes e obtenha a tabela verdade abaixo.

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1

A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente


0 0
0 1
1 0
1 1
A B S Bloco Lógico Bloco Equivalente
0 0
0 1
1 0
1 1
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: Circuito conversor BCD de código decimal-binário

Data Realização: 10 / 11 / 10
Data Entrega: 17 / 11 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
1. OBJETIVO:
O propósito é executar um circuito que é capaz de proceder a conversão de um dígito
decimal na configuração binária correspondente.

2. INTRODUÇÃO TEÓRICA
CI 74LS147

3. MATERIAL UTILIZADO

4. PROCEDIMENTOS EXPERIMENTAIS
4.1 REALIZE A MONTAGEM DO ESQUEMA ABAIXO E OBTENHA A TABELA
ATRAVÉS DA VARIAÇÃO DOS ESTADOS NA CHAVE DIP SWITCH.

Diagrama topográfico

CIRCUITO CONVERSOR DE CÓDIGO BINÁRIO-DECIMAL BCD

a) conectar o circuito como mostrado na Fig. 2.1.2;

b) fixar o interruptor 1 do INTERRUPTOR DECIMAL para "ON" (estado lógico 1);

c) observar o estado lógico presente nas SONDAS LÓGICAS (0 = L1, 1 = H1) e escrever na Tab. 2.1.2;

d) repetir as operações prévias para todas as combinações dos estados lógicos de entrada escritos na Tab. 2.1.2 e
escrever, na mesma tabela os valores lógicos de saída correspondentes;

e) verificar que a Tab. 2.1.2 corresponde à tabela verdade do circuito BCD conversor de código decimal-binário;
Resultados obtidos

PARA O RELATÓRIO:

1) PROCURE E ANEXE AO RELATORIO O DATA SHEET DO CI 74-147

2) EXISTEM CI´s EQUIVALENTES AO 74-147 ?


RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: SOMADOR COMPLETO

Data Realização: 17 / 11 / 10
Data Entrega: 24 / 11 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
Objetivos:

Verificar o funcionamento e implementar um circuito lógico somador.

Conceitos:
Complete com a Teoria referente a experiência.

Somador Completo

Material Necessário:
• Módulo de experiências

Procedimentos:

1) Montar um circuito somador de números de 2 bits

2) Realize somas com números de 2 bits para comprovar o funcionamento do circuito somador.

3) Desenha o circuito completo do somador de números de 2 bits, indicando quais C.I.s foram
usados na montagem para cada porta lógica e a respectiva pinagem.

4) Pesquise alguns C.I.s TTL Somador Completo (Full Adder) e anexe seus respectivos data
sheet.
RELATÓRIO
LABORATÓRIO DE ELETRÔNICA DIGITAL 2010-2
ELD*
Cubatão

Titulo Experiência: MULTIPLEXADOR E DEMULTIPLEXADOR

Data Realização: 24 / 11 / 10
Data Entrega: 01 / 12 / 10

Professor: LUCIANO MENDES CAMILLO

Turma CTA-171
Nomes No.
1- Objetivos:

- Verificar a operação de um multiplexador e de um demultiplexador.

2 - Conceitos:
Complete com a Teoria referente a experiência.

Os multiplexadores e demultiplexadores normalmente são abreviados como “mux” e “demux”


respectivamente.
O multiplexador é um dispositivo que seleciona uma das entradas de dados para a saída em função das
entradas de endereçamento, enquanto que, o demultiplexador endereça uma única entrada de dados para uma
das saídas, também em função das entradas de endereçamento. Veja a figura abaixo.

Multiplexador é um circuito lógico que tendo diversas entradas de dados, permite que apenas uma delas
atinja a saída por vez. O multiplexador tem como principais aplicações: seleção de dados, encaminhamento de
dados, operações seqüenciais, etc.

Demultiplexador é um circuito lógico que executa a operação inversa do multiplexador, ou seja, recebe os
dados de uma única entrada e os distribui separadamente para uma das diversas saídas. O demultiplexador é
muito utilizado na recepção de dados do multiplexador e em transmissão síncrona de dados.

3- Material Necessário:
• Módulo de experiências

4- Procedimentos:

MUX

4.1 4 para 1 multiplexor de linha ou interruptor seletor de dados

O propósito é a análise da operação lógica de um circuito seletor de dados de 4 linhas para 1 linha.
Diagrama elétrico

Lista de componentes

• 74LS153

Dados de cálculo
Diagrama topográfico

Resultados obtidos
DEMUX

4.2 1 para 4 - desmultiplexor de linha

O propósito é analisar a operação lógica de um desmultiplexor de 1 linha para 4 linhas.

Diagrama elétrico

Lista de componentes

• 74LS138

Dados de cálculo

Diagrama topográfico
Resultados obtidos

PARA O RELATÓRIO:

PROCURE E ANEXE AO RELATORIO O DATA SHEET DO CI 74-153 E 74-138

EXISTEM CI´s EQUIVALENTES ?