Você está na página 1de 12

28/2/2011

Bases de dados Bases de dados


• Etapas da Pesquisa e o uso das bases • Etapas da Pesquisa e o uso das bases
2. Revisão bibliográfica **
1. Início – delimitação do tema e da pergunta “O pesquisador busca um quadro de referências que lhe
possibilite reconstruir o conhecimento à luz dos testemunhos
dos seus pares, orientando seu trabalho no sentido
“O processo de interação com os conhecimentos armazenados na estabelecido pela comunidade científica” (SAYÃO, 1996).
base é que estabelece o foco da questão” (SAYÃO, 1996).

“A dúvida só existe onde existe uma questão; uma questão apenas “Quando um cientista busca informações em uma base de
onde existe uma resposta, e esta somente onde algo pode ser dito” dados, ele só está querendo validar suas dúvidas” (Ibidem).
(WITTGENSTEIN, 1922).
“Fundamentar sua questão sobre o que já foi estabelecido é
uma imposição do método científico” (Ibidem) .

1
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados


• Etapas da Pesquisa e o uso das bases • O avanço do conhecimento é um processo
cumulativo no qual a ciência apropria-se com
3. Final – divulgação do conhecimento rigor e seletividade das contribuições dos
 Busca de um periódico cuja linha editorial inclua o tema da
pesquisa.
pesquisadores.
 Normas de publicação • Isto resulta em um corpo de conhecimento
 Cientometria: baseado no consenso, representado pela
 Indexados X não indexados
 Índice de impacto literatura técnico-científica (livros, artigos de
Ex: Lancet – 10,197 BMJ – 5,143
RSP – 1,197 JAMA – 11,435
revistas, trabalhos de congresso, patentes,...)
Pediatrics – 3,487 Nature – 29,491

2
28/2/2011

Bases de dados
Bases de dados
• O crescimento vertiginoso da capacidade de
• As bases de dados constituem uma memória armazenamento de dados em meios legíveis
consensual coletiva da ciência diálogo por computador (magnéticos, óticos) ainda não
intersubjetivo. possibilitou o armazenamento generalizado
dos conhecimentos produzidos pela atividade
• Apesar de universal, o acervo da ciência não
científica.
consegue reunir todas as obras de uma área
• Adequação da linguagem padronização,
do conhecimento seletividade tradução, ordenação código
critérios

3
28/2/2011

Bases de dados
Bases de dados
• Linguagem representação simbólica da
realidade poder, dominação Apesar dos problemas científicos e
• Ideologia memória eletrônica tecnológicos presentes nas bases muitas
• As grandes bases de dados representam vezes não representarem problemas
essencialmente a ciência do Primeiro Mundo relevantes para nossa realidade, é necessário
Ex: 5% da produção científica dos países periféricos está nas grandes
bases de dados internacionais. e fundamental termos acesso a elas, pois
podem ser as únicas fontes estruturadas de
• Os códigos de representação existentes estão informações disponíveis.
voltados para a problemática destes países.

4
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados

• Desafio • Barreiras para publicação


A criação de bases de dados nacionais bem  Linguagem inadequada
estruturadas e com padronização satisfatória  Qualidade dos trabalhos
pode ser uma forma de se inserir as atividades  Critérios dos referees
de pesquisa dos países em desenvolvimento  Caráter regional dos trabalhos
na comunidade internacional, mantendo  Língua não inglesa
identidade própria e autenticidade na “grande  Temas em áreas não apoiadas para fomento
memória eletrônica”.

5
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados

• Temas de interesse geral • Ciência e mercado


 Energia solar  A atividade científica tornou-se muito lucrativa e,
 Doenças tropicais dessa forma, inseriu-se em uma perspectiva
 Agricultura econômica
 Pecuária, ....  Movimenta milhões de dólares
 A informação: Bem Cultural Bem Econômico
com valor de troca e situado dentro das relações de
mercado (“Industria da Informação”)

6
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados


• IBICT www.ibict.br • Web of Science – ISI – a partir de 1945 – 8.500
 BDTD periódicos de todas as áreas
 BDB
 Prossiga(1995) www.prossiga.br
• Web of Knowledge – 2001 – integra periódicos,
 Dados científicos – Instituições/projetos pesquisa -todas as áreas patentes, anais de eventos e literatura de c. da vida
 Dados estatísticos nacionais, estaduais e municipais com recursos de internet. Produz o JCR – abrange
 Eventos
 Imagem e multimídia
5.700 revistas do ISI e 1.700 de ciências da vida –
 Instituições de C&T mostra o índice de impacto
 Bibliográfica referencial
 Bibliográfica textual

7
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados


• BVS – criada em 1998 pela BIREME (1967) e OPAS • LILACS – a partir de 1982
 Acesso universal  Teses, livros, anais de eventos, artigos de revista,
 Abrange o Sistema LA&C de Informação em Ciências da relatórios técnico-científicos da área da saúde
Saúde, em 37 países e 600 bibliotecas
 Atualizada semanalmente na BVS e 3X/ano no CD
 Produção de conhecimento cooperativa e descentralizada
 Metodologia LILACS – organiza, armazena e disponibiliza  Abrange cerca de 670 periódicos indexados, sendo
 Vocabulário estruturado, padronizado e trilingüe – DeCS 251 brasileiros
 Busca por autor, palavra-chave  80 periódicos estão no SciELO, 44 no Medline e 22
www.bireme.br no ISI

8
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados


• MEDLINE • Biblioteca Cochrane
 Produzida pela NLM (USA)  Produz evidências científicas de cuidados de saúde
 Abrange cerca de 4.000 periódicos  Desde 1992 (Colaboração Cochrane)
 Envolve 50 grupos colaborativos de revisão
 70 países  Inclui as seguintes bases: Revisões sistemáticas, Resumos de
 Possui cerca de 11 milhões de registros desde revisões sobre efetividade, Registro de Ensaios Clínicos
1966 Controlados, Referências da Metodologia Cochrane,
Avaliação Tecnológica em saúde e Avaliação Econômica da
 Atualização mensal NHS.
 Áreas: medicina, biomedicina, enfermagem,  Atualizada trimestralmente
odontologia, veterinária e ciências afins  Gratuita mediante cadastro

9
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados


• PAHO
• BBO – a partir de 1986
 Acervo da biblioteca sede da OPAS
 Fac Odonto – USP
• REPIDISCA – (1982) –  Livros, teses, folhetos, periódicos, artigos
 Engenharia Sanitária e Ciências do Ambiente
• BDENF – 1988 –UFMG
 1994 – incorporou a ECO
 Livros, teses, manuais, folhetos, congressos, periódicos,
 Abrange 23 países AL&C e 352 centros cooperativos
• HomeoIndex – 1990 – Assoc Paulista de Homeopatia
• DESASTRES – CDD (OPAS)
• SIDORH
• ADOLEC - OPAS
• LEYES – Legislação Básica do setor saúde na AL&C
• ADSAUDE – FSP/USP
 Livros, teses, manuais, artigos de periódicos • WHOLIS – OMS
 A partir de 1986  Publicações, artigos, documentos técnicos
 1994 – inclui documentos da OPAS

10
28/2/2011

Bases de dados Bases de dados

• SciELO (Scientific Electronic Library on Line) • Outros sites


 Modelo criado em 1997 de cooperação entre FAPESP e  Entidades – pesquisa, prestação de serviços,
BIREME órgãos do governo, ONGs...
 Possibilita acesso na íntegra de artigos
 Coleções a partir de 1997
 Abrange cerca de 200 periódicos  Revistas científicas
 Áreas: C. Sociais, Engenharia, Nutrição, Saúde Materno- ex: www.bmj.com; www.nejm.org; www.jped.com.br
Infantil, Zoologia e Zootecnia, Saúde Pública
 Brasil, Chile, Cuba, Espanha, S. Pública

11
28/2/2011

Bases de dados

12