Você está na página 1de 48

Faculdade Boa Viagem - FBV

(Gestão de Negócios 1B)

Ana Carla Lima Medeiros da Paz


Bruno de Lira Gonçalves
Camila Galindo Lima
Joyce de Andrade Silva
Maria de Cássia Pereira Pontes

LOC BABY

Recife

2010
Ana Carla Lima Medeiros da Paz
Bruno de Lira Gonçalves
Camila Galindo Lima
Joyce Andrade Silva
Maria de Cássia Pereira Pontes

LOC BABY

Projeto Profissional Interdisciplinar


apresentado como requisito para aprovação na
disciplina de PPI (01) do curso de Gestão de
Negócios da Faculdade Boa Viagem – FBV.

Orientadores:
Mário Torres da Costa (Introdução à
Economia)
Ana Lígia Pessoa de Melo Souza
(Introdução a Administração)
José Edson Furtado de Mendonça (Novos
Negócios)
Geraldina Maria de Siqueira (Comunicação
Empresarial e Interpessoal)
Leny Barros de Almeida Guarana
(Matemática Básica)

Recife

2010
LISTA DE ABREVIATURAS

CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito


IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
IBOPE –Instituto Brasileiro de Opinião Publica e Estatística
PIB – Produto Interno Bruto
PIB Per Capita – Produto Interno Bruto por pessoa
RMR – Região Metropolitana do Recife
LISTA DE FIGURAS

Figura 1 – Organograma da Loc Baby............................................................................21


Figura 2 – Logomarca e slogan da empresa...................................................................30
Figura 3 – Fluxograma da comunicação da empresa.....................................................34
LISTA DE GRÁFICOS
Gráfico 1 – Média de renda dos entrevistados................................................................13
Gráfico 2 - Número de filhos por família.......................................................................14
Gráfico 3 - Média dos gastos que os entrevistados estão dispostos ou podem ter com
utensílios infantis nos próximos 6 (seis) meses..............................................................16
Gráfico 4 - Quantidade de lojas que os entrevistados costumam pesquisar antes de
fazer as compras..............................................................................................................15
Gráfico 5 - Motivo pelos quais os entrevistados optam por determinado
estabelecimento...............................................................................................................15
Gráfico 6 - Com quem os entrevistados costumam fazer compras................................16
Gráfico 7 - Horário em que os entrevistados costumam fazer compras de artigos
infantis.............................................................................................................................16
Gráfico 8 - Formas de pagamento utilizadas pelos entrevistados...................................17
Gráfico 9 – Opinião dos entrevistados sobre ter em sua cidade uma empresa de locação
de utensílios infantis por um preço acessível..................................................................17
Gráfico 10 – Frequência de procura de cadeiras no ato da locação................................18
Gráfico 11 – Período em que as locações aumentam.....................................................18
Gráfico 12 – Frequência de falta de cadeiras no ato da locação.....................................19
Gráfico 13 – Modelo de cadeira mais procurada............................................................29
LISTA DE TABELAS

Tabela 1 - Gastos pré operacionais.................................................................................35


Tabela 2 – Máquinas e equipamentos.............................................................................36
SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO................................................................................................9

2. SUMÁRIO EXECUTIVO..............................................................................10

2.1 Enunciado do projeto....................................................................................10


2.2 Competência dos responsáveis.....................................................................10
2.3 Os produtos e a tecnologia............................................................................12
2.4 O mercado potencial.....................................................................................12
2.5 Elementos de diferenciação..........................................................................12
2.6 Previsão de vendas........................................................................................13
2.6.1 Formas de pagamento........................................................................13
2.6.2 Pesquisa de Mercado.........................................................................13

3. A EMPRESA..................................................................................................20

3.1 Missão...........................................................................................................20
3.2 Visão.............................................................................................................20
3.3 Valores..........................................................................................................20
3.4 Objetivos organizacionais.............................................................................21
3.5 Estrutura organizacional...............................................................................21
3.6 Estrutura Legal.............................................................................................22
3.7 Layout da empresa.......................................................................................22
3.8 Síntese das responsabilidades dos dirigentes...............................................24

5. PLANO DE MARKETING.........................................................................27

5.1 Análise de mercado.......................................................................................27


5.1.1 Área de abrangência....................................................................27
5.1.2 População....................................................................................27
5.1.3 PIB..............................................................................................28
5.1.4 Estrutura de mercado...................................................................28
5.1.5 Tipo de bem quanto ao consumo.................................................28
5.1.6 Tipo de bem quanto a demanda...................................................28
5.1.7 Segmentação................................................................................28
5.1.8 Renda per capta...........................................................................29
5.1.9 Concorrência................................................................................30

5.2 Estratégia de Marketing................................................................................29


5.2.1 Elaboração de Slogan e Logomarca ...............................................30
5.2.2 Elaboração das políticas de lançamento do Produto.......................31
5.2.3 Definição dos canais de comunicação com o público interno e
externo.................................................................................................................32
5.2.3.1 Comunicação interna...................................................................32
5.2.3.2Comunicação externa...................................................................33
5.2.3.3 Fluxograma de comunicação........................................................34

6. PLANO FINANCEIRO.........................................................................................35

6.1 Gastos pré-operacionais................................................................................35


6.2 Investimento inicial total..............................................................................35

REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS............................................................37

APÊNCICES......................................................................................................39
APÊNDICE A - Contrato de Locação da Empresa..................................39
APÊNDICE B - Questionário da pesquisa de mercado pessoa física .....44
APÊNDICE C – Questionário da pesquisa de mercado pessoa jurídica.46
1. INTRODUÇÃO

A Loc Baby será uma empresa de comercialização e prestação serviços de locação


de utensílios para crianças como cadeiras para automóveis, berços, cadeiras para
refeição, andador e carrinhos de passeio.
A sede da empresa será na Avenida 4 de Outubro, 384 sala 02 - Térreo – Galeria
Piedade Center, Piedade – Jaboatão dos Guararapes/Pernambuco.
A partir de 1º de setembro de 2010 passou a vigorar a Lei que obriga os motoristas a
transportarem suas crianças com menos de 7 (sete) anos e meio em cadeiras apropriadas
de acordo com o peso e tamanho da criança. O motorista que infringir a lei, considerada
uma infração gravíssima, leva 7 (sete) pontos na carteira de habilitação e será multado
em R$191,54. As cadeirinhas para automóveis serão o produto foco da empresa.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, a utilização correta da cadeirinha pode
reduzir em até 70% a possibilidade de morte em caso de acidente.
Serão oferecidos serviços para pessoas físicas e jurídicas, incluindo parcerias com
locadoras de carro fornecendo cadeirinhas para automóveis disponibilizando os
produtos adequados para criança de cada idade e peso, hotéis e pousadas fornecendo os
itens de linha da empresa, a fim de atender também famílias que estejam a passeio na
cidade, evitando assim o transtorno de viajar levando uma carga desnecessária,
proporcionando a pais e filhos uma viajem mais tranqüila e despreocupada.
A Loc Baby será criada para atender os requisitos mínimos como a qualidade do
material oferecido, higienização do mesmo, controle de estoque, armazenagem e gestão
de transportes, com objetivo bem definido de estreitar as relações com todos os seus
clientes, acionistas, colaboradores e comunidade onde atua. Possuindo valores básicos
como: ética, transparência, respeito às pessoas e ao meio ambiente. A empresa buscará
constantemente diferencial competitivo em relação aos seus concorrentes.
SUMÁRIO EXECUTIVO

2.1 Enunciado do projeto

O propósito deste plano de negócios é apresentar a proposta de criação de uma


empresa que comercializa e aluga utensílios para crianças, a Loc Baby. A comprovação
de sua viabilidade será feita através de estudos e análises de mercado que serão
apresentadas neste projeto.
A Loc Baby iniciará com uma estrutura simples, porém completa e eficiente,
disponibilizando serviço de qualidade, profissionais qualificados e parcerias com
algumas empresas.
Além do escritório onde funcionará a parte administrativa e comercial a empresa
contará com um estoque variado para oferecer um atendimento de qualidade e rápido
aos seus clientes.

2.2 Competência dos responsáveis

Dentro da criação de uma empresa devem ser observadas quais as competências


e as habilidades que cada integrante possui para atuar no local certo. Foram avaliados
alguns quesitos como liderança, habilidade na atividade-fim (vendas e prestação de
serviço de aluguel), qualidade nos processos administrativos financeiros, capacidade de
lidar com pessoas, poder de persuasão, entre outros. Analisados estes quesitos, foram
atribuídas qualidade às pessoas envolvidas e separadas da seguinte forma:

- Diretoria-geral Administrativa: Joyce de Andrade Silva, 27 anos, formada em


Administração pela Universidade Federal de Pernambuco, com curso de pós-graduação
em Gestão de Negócios. Trabalhou como correspondente bancário da Caixa Econômica
Federal, prestando serviços para grandes construtoras como MRV Construtora e Moura
Dubeux. Foi gerente administrativa de construtoras e possui experiência com sistema
financeiro e com atendimento ao público.
Devido seu poder de liderança e tomada de decisões, na Loc Baby será
responsável pelo bom funcionamento da empresa, trabalhando também a área de
marketing e publicidade. Trabalhará em conjunto com os demais colaboradores para
garantir o bom desempenho e a lucratividade da empresa.
- Gerência Financeira e de Recursos Humanos: Maria de Cássia Pereira Pontes,
formada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Pernambuco com
grande experiência na área administrativa e financeira. Possui experiência na área de
recursos humanos e departamento pessoal.
Na Loc Baby será responsável por toda a parte financeira da empresa, bem como a
liberação de recursos, negociações com os bancos e contas a pagar e a receber.
Trabalhará em parceria com a diretoria, sendo responsável por toda a área de recursos
humanos da empresa e departamento pessoal, como recrutamento, treinamento e folha
de pagamento, bem como todos os interesses dos funcionários.

- Gerência de Operações / Estoque: Camila Galindo Lima, 25 anos, formada em


Relações Públicas pela Universidade Católica de Pernambuco, com pós-graduação em
gestão de negócios pela Universidade de Pernambuco. Foi responsável pelo setor de
vendas de empresas como a Auto Box Serviços Automotivos e a Comercial das Correias
e Correntes, com grande experiência na função.
Na Loc Baby, pelo conhecimento da função, será encarregada da parte
operacional da empresa, incluindo transporte, logística, compras, e estoque. Trabalhará
com parceria com a gerência comercial, para garantir o bom atendimento ao cliente.

- Coordenação de vendas - Pessoa Jurídica: Ana Carla Lima Medeiros da Paz, 28


anos, formada em relações públicas pela Universidade Católica de Pernambuco. Foi
coordenadora de projetos especiais da Santa Clara, trabalhando com pessoas jurídicas.
Possui vários cursos de aperfeiçoamento na área de vendas e vasta experiência na
função.
Por possuir bom poder de liderança e de comunicação, na Loc Baby será
responsável pelo setor de vendas e locação para pessoas jurídicas da empresa, atuando
juntamente com a gerência de operações.

- Coordenação de vendas - Pessoa Física: Bruno de Lira Gonçalves, 25 anos, formado


em administração pela Faculdade Boa Viagem, foi representante comercial da Karne e
Keijo e atua na área de vendas há mais de seis anos.
Na Loc Baby será responsável pela área de vendas e locação para pessoas
físicas, atuando juntamente com a gerência de operações.

2.3 Os produtos e a tecnologia

A Loc Baby se lança no mercado com o objetivo de atender com seus produtos,
seja na prestação de seus serviços ou venda de bens, para um público das mais
diferentes classes sociais, com um grupo de empreendedores designados em fazer a
diferença e preocupados com o conforto e a qualidade de vida de seus clientes.
Trazendo um serviço inédito, de qualidade e de viabilidade financeira para a sociedade
pernambucana.

2.4 O mercado potencial

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE (2007),


as atividades de turismo, apresentaram um crescimento de 22,0%, isso corresponde a
3,6% do valor adicionado a economia. Sua contribuição para o PIB, dentro do setor de
serviços era de 5,4%. Entre 2006 e 2007 o valor adicionado pelas atividades de turismo
era de R$ 82,7 bilhões.

2.5 Elementos de diferenciação

Os dados citados acima incentivaram o investimento, fazendo acreditar nesse


mercado que tende a crescer e apostando no diferencial da empresa, sendo a única
empresa na região a oferecer serviços de locação de utensílios infantis.

2.6. Previsão de vendas

De acordo com pesquisa feita na Região Metropolitana do Recife - RMR, pôde-


se identificar claramente a viabilidade do negócio, visto que é ampla a necessidade que
as pessoas têm em possuir um serviço que lhe proporcione comodidade e economia, e é
isto que a Loc Baby proporcionará aos seus clientes. A estimativa de vendas/aluguel
para o mês de lançamento é de aproximadamente R$21.000,00.
2.6.1 Formas de pagamento

Como formas de pagamento dos produtos (bens e serviços prestados) da empresa


serão aceitos:

-dinheiro (em espécie) na moeda vigente no país (Real);

-cartões de Crédito e débito em conta: podendo ser parcelado em até 4 vezes,


dependendo da natureza do negócio e negociação;

-cheque pré-datado: para pagamento até 30 dias;

-Boleto Bancário: com data de vencimento a combinar na negociação.

2.6.2 Pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado foi realizada com 61 pessoas físicas e 10 pessoas


jurídicas. O objetivo foi de estimar em que quantidade, a que preço e quem comprará o
produto ou serviço a ser oferecido pela empresa. (BUARQUE 1984)
A pesquisa de mercado com pessoa física foi realizada entre os dias 01 de
setembro de 2010 e 01 de outubro de 2010 com 61 pessoas com pelo menos um filho,
fornecendo os seguintes dados:

Gráfico 1- Média da renda dos entrevistados

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010


Como se pode observar no gráfico acima, da totalidade dos entrevistados, 27
pessoas possuem renda entre R$510,00 e R$1.020,00, 19 possuem renda entre
R$1.020,01 e R$1.530,00; 12 pessoas entre R$1.530,01 e R$2.040,00 e apenas 3
pessoas com renda superior a R$2.010,01.

Gráfico 2 - Número de filhos por família

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

Como se pode observar no gráfico acima, dos 61 entrevistados, 11 pessoas


possuem apenas um filho, 14 pessoas dois filhos, 21 pessoas três filhos e 15 pessoas
possuem mais de três filhos.
Gráfico 3 - Média dos gastos que os entrevistados estão pretendem ter com utensílios
infantis nos próximos seis meses.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.


Entre os entrevistados, 21 pessoas pretendem desembolsar até R$500,00; 16
gastariam até R$1.000,00; 13 gastariam aproximadamente R$ 1.500,00 e apenas 11
pessoas pretendem gastar mais de R$2.000,00.

Gráfico 4 - Quantidade de lojas que os entrevistados costumam pesquisar antes de fazer


as compras.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

Entre as pessoas entrevistadas, 14 delas compram na primeira loja que entram,


31 comparam pelo menos duas lojas, 12 pesquisam em torno de três lojas e apenas 4
pessoas costumam pesquisar em mais de três estabelecimentos.

Gráfico 5 - Motivo pelo qual os entrevistados optam por determinado estabelecimento.


Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

Entre os entrevistados, apenas duas pessoas afirmaram que escolhem a loja pelo
serviço, doze escolhem pela qualidade do produto, dez citaram a facilidade no acesso
como fator determinante e a maioria, trinta e sete pessoas afirmaram que o que
determina a compra é o preço.

Gráfico 6 - Com quem os entrevistados costumam fazer as compras.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

Entre os entrevistados, 20 pessoas vão às compras acompanhadas do marido ou


esposa, 24 pessoas vão com parentes (mãe, irmã ou prima), 17 pessoas vão com amigos
e nenhuma pessoa afirmou que costuma fazer compras sozinha.
Gráfico 7 - Horário em que os entrevistados costumam fazer compras de artigos
infantis.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.


Entre as 61 pessoas entrevistadas, 46 vão às compras pela manhã, 15 preferem ir
à tarde, mas nenhuma afirmou que gostaria de fazer compras desses itens à noite.

Gráfico 8 - Forma de pagamento utilizada pelos entrevistados.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

Entre os entrevistados 3 pagam em dinheiro, 40 preferem o cartão de crédito, 16


usam o cartão de débito e apenas 2 pessoas afirmaram usar o cheque como forma de
pagamento.
Gráfico 9 - Opinião dos entrevistados sobre terem em sua cidade uma empresa que
fizesse a locação e manutenção de utensílios infantis por um preço acessível.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

Entre as pessoas entrevistadas, 21 acharam a idéia proposta boa, 27 acharam ótima,


13 se fizeram indiferentes. Nenhuma pessoa entrevistada achou a idéia ruim.
A pesquisa de mercado com pessoa jurídica foi realizada entre os dias 25 de
outubro de 2010 e 10 de novembro de 2010 com 10 locadoras de veículos automotivos,
fornecendo os seguintes dados:

Gráfico 10 – Frequência de procura de cadeiras no ato da locação.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

De acordo com a pesquisa, 5 locadoras apresentam um percentual de procura de


50%, outras duas de 10% e três de 30%.
Gráfico 11 – Período em que as locações aumentam.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

A pesquisa mostra que nos feriadões as locações aumentam em 60%, nas férias e
nas altas estações ficam em torno de 20% já nas datas comemorativas a procura chega a
zero.
Gráfico 12 – Frequência em que faltam as cadeiras no ato da locação.

Fonte: Elaborado pelos autores. 2010.

A pesquisa mostra que em 5 locadoras sempre faltam as cadeiras para auto, 3


delas afirmaram que falta eventualmente e apenas 2 delas disseram que ainda não faltou.
Gráfico 13 – Modelo de cadeira mais procurada.

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

De acordo com a pesquisa em 50% das locadoras o modelo mais procurado é a


cadeira para crianças entre 15kg a 36kg, em 40% das locadoras o modelo mais
procurado é o assento de elevação. As cadeiras para crianças entre 9kg e 36kg tem
procura de apenas 10% e o bebê conforto não teve procura.
3. A EMPRESA

3.1 Missão

Encantar os clientes pela inovação, atendimento personalizado com qualidade,


determinação e segurança na venda e locação de produtos para o público infantil na área
de pousadas, hotéis, locadoras de veículos, agencias de turismo e pessoas físicas. Não
objetiva, apenas, gerar bens econômicos em uma relação de troca entre produtor e
consumidor, como também desempenhar papel significativo na sociedade.

3.2 Visão

Ser reconhecida como uma empresa inovadora no segmento de venda e locação


de artigos infantis pela qualidade no atendimento, permitindo incorporar sempre
inovação de acordo com o que o mercado oferece de moderno em produtos do referido
segmento. Tornando-se referencia no estado de Pernambuco conquistando vitórias e
sólidos relacionamentos em até 5 anos.

3.3 Valores

Os valores são elementos da cultura de uma empresa. Na Loc Baby fazem parte
os seguintes:
Velocidade: agilidade no serviço prestado, pois tempo é dinheiro e cliente satisfeito,
sem esquecer a qualidade e precisão.
Agregar valor: realizar constantemente todos os esforços necessários para agregar valor
ao serviço oferecido aos clientes como segurança e higienização do material oferecido.
Liderança eficiente: o desenvolvimento de pessoas, bem como capacitação e a sua
conscientização, devem ser constantemente praticados. Com foco na melhoria contínua
da produtividade, qualidade, responsabilidade sócio-ambiental, saúde e segurança.
Organização: otimizar recursos humanos e materiais.
Respeito: agir sempre com ética, transparência com todos os seus públicos, com o
objetivo de estabelecer um elo de comprometimento entre ambos.
Espírito Empreendedor: inovar, identificar e criar oportunidades de negócios, agindo
como agente de mudança, melhorando processos e acelerando as inovações num meio
incerto.
Socialmente Responsável: ter atitudes, desejo de mudança, consciência de cidadania. A
empresa fortalecerá os negócios, com eqüidade social e com qualidade ambiental.

3.4 Objetivos organizacionais

A Loc Baby tem por objetivo principal ser referência na prestação de serviços de
alugueis de utensílios para bebês, que é o seu maior diferencial de mercado, além da
comercialização dos mesmos. Ainda não existe em Recife e na RMR esse tipo de
serviço, portanto, atento às necessidades paralelas dos clientes os investimentos serão
ampliados a fim de se lançar no mercado e consolidar a marca da empresa.

3.5 Estrutura organizacional

O organograma é a forma gráfica da estrutura de uma empresa, possibilita a


identificação da hierarquia criando soluções para possíveis deficiências organizacionais.

Figura 1: Organograma da Loc Baby

DIREÇÃO
ADMINSTRATIVA
(Joyce Andrade)

GERÊNCIA GERÊNCIA DE
FINANCEIRA E DE RH OPERAÇÕES (Camila
(Cassia Pontes) Galindo)

COORDENAÇÃO
COORDENAÇÃO DE VENDAS
DE VENDAS PESSOA FISICA
PESSOA JURIDICA (Bruno Lira)
(Ana Paz)

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.


3.6 Estrutura legal

A sociedade terá por nome empresarial Andrade & Galindo Ltda, tendo regime
jurídico LTDA, cujo capital social é representado por quotas. Nesta sociedade todos os
sócios respondem de forma limitada pelas obrigações sociais, na qual os bens dos
sócios irão responder solidariamente pela dividas da sociedade, mas em caso de
dissolução da sociedade, cada sócio responderá pelas dívidas da mesma até o limite da
sua parcela de participação nas quotas no montante total do capital social.

“A sociedade por quotas de responsabilidade limitada foi introduzida


no direito brasileiro pelo Decreto n°3.708/19. Eivado de lacunas e
imperfeições, seus dispositivos deram margem a fervorosas discussões
doutrinárias e causaram insegurança jurídica até mesmo sobre seus
pontos capitais. A fim de atender aos reclamos das sociais, a Lei
n°10.406/2002 (novo Código Civil) surge no ordenamento jurídico
pátrio, com vigência a partir de 11 de janeiro de 2003; suas normas
tratam de maneira pormenorizada o direito societário, em especial as
sociedades objeto do presente estudo, capituladas de “sociedades
limitadas”. (Francisco Willo Borges Cabral: Juiz do Tribunal de
Justiça do Ceará. Sociedade Limitada à Luz do novo Código Civil.
Disponível em: <
http://www.cjf.jus.br/revista/outras_publicacoes/jornada_direito_civil/
14_direito_da_empresa.pdf > Acesso em: 06 de novembro de 2010.

Esta sociedade será enquadrada no terceiro setor da economia (o de serviços) e


terá inicialmente estrutura de micro empresa, ou seja, terá faturamento anual de até
R$1.200.000,00.

3.7 Layout da Empresa

O planejamento do arranjo físico da Loc Baby surgiu da preocupação em


facilitar os movimentos do trabalho realizado pelo fluxo de clientes, materiais e
colaboradores.
Segundo Slack (1993, pag. 259), “o arranjo físico torna mais fácil e suave o
movimento do trabalho através do sistema, esse movimento pode se refletir no fluxo de
pessoas ou de materiais.”
Layout da Empresa
Escritório – 1° andar
Legenda Escritório

1 1Copa
2 2 Mesa Financeiro

3
3 Armário
4 Mesa diretoria
5 5 Mesa RH
4

6 Mesa Operacional
7 Banheiro
8 6 8 Armário
7 9 Armário
9 Estoque – 1° andar
1 2 4

Legenda Estoque Estoque


1 Armazenamento de cadeirinhas 3
2 Armazenamento de Carrinhos
3 Armazenamento de Carrinhos
4 Armazenamento de Berços

Loja - Terreo

1 2
Legenda Loja
3 1 Banheiro
2 Bebedouro
3 Mesa recepção
4 Vitrine
5 Vitrine

4 5
3.8 Síntese das responsabilidades dos dirigentes

Direção Geral (Joyce Andrade)

Será um mediador entre a parte operacional da empresa e a parte administrativa,


responsável pela definição dos objetivos operacionais que vai levar a execução do
objetivo final. Administrar de um modo geral as finanças da empresa. Norteia do
trabalho dos demais gerentes definindo metas gerais de trabalho

Tarefas específicas:
• Traçar caminhos a serem seguidos por todos os funcionários;
• Planejar, desenvolver e Controlar as atividades da empresa;
• Desenvolver liderança com eficiência.

Gerencia Financeira e RH (Cássia Pontes)

Responsável pelo departamento de financeiro, bem como todo o tipo de


negociação financeira da Loc Baby. Será responsável também pelo departamento
pessoal e de recursos humanos.

Tarefas específicas:
• Liberação de Recursos para atender as necessidades da empresa;
• Negociação com as Instituições Financeiras;
• Contas a Pagar;
• Contas a receber.
• Recrutamento e Seleção;
• Desligamento de Funcionários;
• Promoção de Treinamentos/ aperfeiçoamento dos funcionários;
• Acompanhamento e Desenvolvimento dos funcionários;
• Organizar a folha de pagamento e benefícios dos funcionários;
• Cuidar dos Interesses dos funcionários.
Gerente de Operações (Camila Galindo)

É responsável por certificar o cumprimento das metas, dentro dos padrões de


qualidade, custos e prazo estabelecidos pela empresa. Encarregado de realizar todo o
gerenciamento do estoque. Sua função está basicamente ligada a produtividade,
qualidade, controle de processos, capacidade, localização e o uso da tecnologia.

Tarefas específicas:
• Controlar a demanda de bens e serviços;
• Dirigir a operação de logística e transporte,
• Garantir a qualidade do serviço;
• Garantir excelente estrutura para o setor comercial;
• Compra e recebimento de materiais necessários para utilizações diversas;
• Recebimento dos produtos locados, bem como sua higienização e
estocagem.

Coordenadora de vendas – Pessoa Jurídica (Ana Carla Paz)

Terá seu trabalho focado nos clientes Pessoas Jurídicas. Será responsável pela
supervisão e coordenação de praticamente todos os procedimentos que auxiliem na
venda de produtos (bens e serviços) da Loc Baby, e suporte aos clientes, fazendo a
prospecção e fidelização de novos clientes, propondo parcerias. Trabalhará diretamente
com o setor de operações viabilizando a qualidade do serviço.

Tarefas específicas:
• Garantir a integridade e boa imagem da empresa;
• Identificar as necessidades dos consumidores;
• Elaborar estratégias de marketing;
• Promover Parcerias;
• Prospectar clientes;
• Suporte técnico;
• Vendas.
Coordenador de vendas – Pessoa Física (Bruno Gonçalves)

Terá seu trabalho focado nos clientes pessoa física. Será responsável pela
supervisão e coordenação de praticamente todos os procedimentos que auxiliem na
venda de produtos (bens e serviços) da Loc Baby, e suporte aos clientes, fazendo a
prospecção e fidelização de novos clientes, propondo parcerias. Trabalhará diretamente
com o setor de operações viabilizando a qualidade do serviço.

Tarefas específicas:
• Garantir a integridade e boa imagem da empresa;
• Identificar as necessidades dos consumidores;
• Elaborar estratégias de marketing;
• Promover Parcerias;
• Prospectar clientes;
• Suporte técnico;
• Vendas.
5. PLANO DE MARKETING

5.1 Análise de mercado

A análise microeconômica está preocupada em avaliar o comportamento


específico das famílias, empresas, consumidores e etc. Já a macroeconomia estuda os
produtos nacionais, os níveis gerais de preço e a possibilidade de investimentos de um
modo geral. (VASCONCELOS, 2007)
A pesquisa de mercado é a melhor e mais confiável ferramenta para se obter
informações representativas sobre determinado público alvo, além de tornar possível
novas hipóteses, conceitos ou produtos, ela possibilita a identificação de problemas e
ajuda a traçar perfis de consumidores e mercado. Tais pesquisas são feitas para
determinar aquilo que os consumidores querem ou precisam e o quanto eles podem ou
estão dispostos a pagar. (IBOPE, 2001)
Vendo a população surpreendida com a resolução 277/08 do Conselho Nacional
de Trânsito - CONTRAN, que obriga o uso das cadeiras para automóveis em crianças
até sete anos, fez surgir a idéia de criar uma loja desses utensílios incluindo um
diferencial importante: uma prestação de serviços de aluguel desses utensílios e de
tantos outros, evitando com que os pais tivessem gastos desnecessários com produtos
que seriam utilizados por um curto período de tempo.
Embasados nessas necessidades foi feita a primeira pesquisa de mercado
direcionada ao usuário, para verificar a real necessidade com relação ao produto e em
seguida verificar a viabilidade do negócio.

5.1.1 Área de abrangência

A empresa terá como área de abrangência toda a Região Metropolitana do Recife


e a rede hoteleira do litoral sul pernambucano.

5.1.2 População

Segundo pesquisas do IBGE 2007/2009 somente a Região Metropolitana do


Recife tem população de 3.787,667 habitantes.
5.1.3 PIB

De acordo com pesquisas do IBGE 2007/2009 a região tem um PIB de R$


41.006.963.00,00.

5.1.4 Estrutura de Mercado

Segundo Troster e Mochón (2002, pag 157) “Um mercado em concorrência


perfeita é aquele no qual existem muitos compradores e muitos vendedores, de forma
que nenhum comprador ou vendedor individual exerce influencia sobre o preço”. Sendo
assim, chegou-se a conclusão que a Loc Baby trabalhará num mercado onde qualquer
um pode entrar e produzir, ou seja, num mercado de concorrência perfeita.

5.1.5 Tipo de bem quanto ao consumo

A Loc baby quanto ao consumo é do tipo independente, pois não tem substitutos
satisfatórios ou próximos com relação a locação dos utensílios.

5.1.6 Tipo de bem quanto a demanda

Quanto a demanda o bem é do tipo inelástico, não possui substituto, ou seja, não
existe bem similar que satisfaça a mesma necessidade. Pois de acordo com Vasconcelos
e Garcia (2005, pag. 51) “Demanda Inelástica: Ocorre quando uma variação percentual
no preço provoca uma variação percentual relativamente menor nas quantidades
procuradas”.

5.1.7 Segmentação

A Loc Baby atuará na área de vendas de bens e serviços de artigos infantis, com
foco nas cadeiras automotivas, berços e carrinhos passeio para pessoas físicas e
jurídicas, agrupando clientes para assim poder identificar e satisfazer suas necessidades,
conquistando a confiança dos mesmos e garantindo o cumprimento das metas.
5.1.8 Renda per Capita

De acordo com pesquisas do IBGE (2007/2009) a região tem um PIB Per Capta
de R$10.950,00.

5.1.9 Concorrência

O mercado busca por empresas que não ofereçam somente operações de venda,
ele busca alternativas que agreguem valor através da melhoria da qualidade dos serviços
prestados, possibilidades de otimização dos custos totais das operações, melhoria no
relacionamento com os clientes, capacidade de inovação.
Na área de vendas existem muitas empresas que oferecem os mesmos bens, no
entanto na área de serviço de localização a Loc Baby será a única no Estado a oferecer
este serviço, inclusive na proposta de parceria com clientes como hotéis, pousadas e
Locadoras.

5.2. Estratégia de marketing

Segundo Kennat e Tomkins (2004, pag. 73), “marketing é o processo pelo qual
você se identifica e então se compromete com o mercado com seus produtos.” Para que
ele seja bem sucedido a pesquisa para análise inicial do mercado tomou como base os
alguns pontos citados pelos autores acima: o produto correto, que significa identificar a
necessidade do consumidor; o público alvo correto: significa encontrar o público
disposto a pagar pelo produto, o canal promocional correto: conseguir chegar da melhor
maneira onde seus consumidores potenciais estão; e por último, encontrar preço, a
proposta e o momento correto que são fatores determinantes na hora da venda.
Com base nesses pontos foram iniciadas as pesquisas de implantação da empresa
para, dessa forma, ampliar o conhecimento do mercado que será abrangido, mantendo-
se em equilíbrio com a necessidade do cliente e também com a preocupação de
reavaliar e melhorar os produtos e serviços oferecidos.
5.2.1. Elaboração de Slogan e Logomarca

O termo slogan tal como nos chegou, é de origem francesa. No


entanto, ele remonta, segundo Olivier Reboul, à expressão
escocesa “sluagh-ghairm”, que quer dizer “grito de guerra de um
clã” (Reboul, 1986-8). Na França, começou a ser estudada com
sentido pejorativo, designando doutrinamento, propaganda,
reclame. No século XVI, a Inglaterra o transformou em
“catchword”, ou seja, “palavra-engodo”. Mas o termo francês
acabou por predominar na Inglaterra, já no século XIX, para
especificamente designar a divisa de um partido político, de uma
ideologia ou de uma linha filosófica. Coube aos Estados Unidos
tornar o francesismo slogan conhecido em todo mundo na acepção
de divisa comercial, tal como hoje o entendemos. (IASBECK,
2002, pag. 49)

Logo, slogan pode ser entendido como uma mensagem que identifica uma
empresa, expressando a idéia de seu produto, normalmente de fácil memorização.
Para Dolabela (2008, pag. 175) “logomarca é um símbolo gráfico que conjuga o
nome do produto, ou seja, sua marca, com um modo especial de apresentação.” Dessa
forma, todo elemento visual que identifica e diferencia uma instituição, produto ou
serviço de outros iguais ou semelhantes, podem ser chamadas de: marca, logotipo,
identidade visual e identidade corporativa.

Figura 2 – Logomarca e slogan da empresa

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.


“Não é demais repetir que a cor é uma realidade sensorial à qual não podemos
fugir. Além de atuarem sobre a emotividade humana, as cores produzem uma sensação
de movimento, uma dinâmica envolvente e compulsiva.” (FARINA, 1990, pag. 101)

Sabe-se que as cores tem grande influencia sobre o homem. Algumas delas
passam tranqüilidade, outras são alegres, outras estimulantes. Levando esses dados em
consideração, foram escolhidas apenas três cores na elaboração da logomarca da
empresa para facilitar a leitura e assimilação.
-Azul: representa a verdade, a tranquilidade e a compreensão, além de trabalho e
prosperidade;
-Rosa: é uma cor sentimental, delicada, traz lembranças de carinho e está relacionada
com amor verdadeiro e proteção;
-Amarelo: por ser uma cor vibrante e alegre, contribui para a felicidade. Corresponde a
conhecimento, sabedoria, ajudando a assimilar idéias inovadoras.

5.2.2 Elaboração das políticas de lançamento do Produto

A Loc Baby vem estudando a viabilidade do negócio há cerca de 4 (quatro) anos,


procurando entender quais as exigências do mercado com relação a atividade que
exercerá e quais as prioridades mais relevantes.
Com base no serviço diferenciado e pioneiro na Região foram escolhidas as
seguintes formas de divulgação e lançamento da empresa:
-Panfletagem direta em 5 (seis) pontos da Região Metropolitana do Recife,
sendo um em Piedade, um em Boa Viagem, um na Avenida Agamenon Magalhães e um
no Cabo. Essa ação de panfletagem começará uma semana antes da inaugurarão da
empresa e permanecerá por mais dois meses após a abertura da empresa;
-Outbus em 4 linhas na Região Metropolitana do Recife: Pau Amarelo,
CDU/Boa Viagem /Caxangá e linhas complementares CABO e Barra de jangada/Ponte
dos Carvalhos. Essa ação terá duração de seis meses começando uma semana antes da
inauguração da empresa;
-Visitas de prospecção feita pela diretoria da empresa e pelo departamento de
vendas;
-Mala direta por meio de e-mail;
-Sites de redes sociais;
-site personalizado da empresa ainda em construção.

5.2.3 Definição dos canais de comunicação com o público interno e


externo.

Comunicação pode ser definida como transferência de idéias entre interlocutores e


é capaz de, gerar influencia, deixando de ser supérfluo, tornando-se uma ferramenta
imprescindível para a obtenção de resultados.
Para Bueno (2009, pág. 3) comunicação empresarial é um “conjunto integrado de
ações, estratégias, planos, políticas e produtos planejados e desenvolvidos por uma
organização para estabelecer a relação permanente e sistemática com todos os seus
públicos de interesses.”
Comunicação empresarial por sua vez, define-se como toda forma de promover
a troca de informações e conhecimento e melhorar o relacionamento entre uma
organização e seus stakeholders.
Segundo Rego (1986, pág. 16) “Como técnica, a comunicação direciona
naturalmente seus estudos para a procura de mensagens adequadas, corretas, oportunas,
claras, concisas, precisas que possam ser assimiladas.” Para ele, existem elementos que
devem ser levados em consideração para que a comunicação consiga atingir sua meta.
Esses elementos são os seguintes: procurar ajustar seu discurso, estudando as
habilidades e disposição das fontes e receptores a natureza técnica dos canais, a
complexidade ou simplicidade dos conteúdos, a oportunidade e regularidade dos fluxos
e o tamanho dos grupos.
Uma comunicação bem direcionada e elaborada aumenta a credibilidade da
empresa, reduz a circulação de informações erradas reduzindo os ruídos de informação,
fortalece as equipes e promove resultados.

5.2.3.1 Comunicação Interna

Comunicação interna é a comunicação voltada para o publico interno, os


funcionários. Ela pode acontecer para com funcionário ou com o funcionário.
Segundo Rego (1986, pag. 54) uma organização possui três tipos de fluxo de
comunicação. O fluxo ascendente, que funciona dos níveis mais baixos para os mais
altos níveis hierárquicos da organização. O fluxo descendente que funciona dos níveis
hierárquicos mais altos para os mais baixos e o que funciona na vertical entre
colaboradores do mesmo nível ou entre diretores.
Na Loc Baby serão utilizados os seguintes meios de comunicação interna:
-Entre os gestores: Telefonia móvel, mensagem telefônica e instantânea via
internet e-mail.
-Entre os gestores e os colaboradores: Telefonia móvel, mensagem telefônica e
instantânea via internet, e-mail, news letter, mural e circulares.
-Entre os colaboradores: Telefonia móvel, mensagem telefônica e instantânea via
internet e e-mail.

Parabenização dos aniversariantes do mês, de alcance de meta e benefícios para os


funcionários serão informados através dos meios de comunicação adotados pela
empresa, inclusive ações da empresa relativas a responsabilidade social e ambiental.
A comunicação administrativa, utilizada para o bom funcionamento da empresa,
para que as operações aconteçam como mudanças operacionais e estratégicas feitas na
empresa, informações administrativas, participações da empresa no mercado,
comunicação dos novos contratados e informações de desligamentos de colaboradores
da empresa também serão feitos por meio dos meios de comunicação adotados pela
empresa.

5.2.3.2 Comunicação externa

É toda e qualquer manifestação que aconteça dentro da organização com


objetivo de gerar receita, ou seja, venda. Para Bahia, (1995, pag. 16) “comunicação
externa é aquela que abrange consumidores, clientes, fornecedores, acionistas e o
público amplamente afetado por jornal, revista, rádio, televisão, agência de notícias,
etc.”
Após a definição do público alvo, foi decidido utilizar os seguintes canais de
comunicação:
-Panfletagem direta em 5 (seis) pontos da Região Metropolitana do Recife,
sendo um em Piedade, um em Boa Viagem, um na Avenida Agamenon Magalhães e um
no Cabo. Essa ação de panfletagem começará uma semana antes da inaugurarão da
empresa e permanecerá por mais dois meses após a abertura da empresa;
-mala direta via e-mail para clientes do tipo pessoas jurídicas;
-outbus (Outbus em 4 linhas na Região Metropolitana do Recife: Pau Amarelo,
CDU/Boa Viagem /Caxangá e linhas complementares CABO e Barra de jangada/Ponte
dos Carvalhos. Essa ação terá duração de seis meses começando uma semana antes da
inauguração da empresa) e panfletagem para alcançar clientes potenciais, e;
-sites de relacionamento (Orkut e Facebook) e site próprio por apresentar custo
relativamente baixo por pessoa exposta a mensagem.

5.2.3.3Fluxograma de comunicação
O fluxograma objetiva apresentar graficamente como acontece a relação entre a
Loc Baby, clientes e colaboradores facilitando o envolvimento de todos no processo de
tomada de decisões que serão importantes no decorrer de todo o processo.
“É importante para o empresário tanto a opinião com os seus funcionários
sobre o que produzem, quanto a opinião do mundo exterior, influenciando pelos mais
diversos fatores.” (Bahia, 1995)

Figura 3: Fluxograma de comunicação da Loc Baby.

Gerência
Financeira / RH Fornecedores

Sócios

Gestão Estratégica
Colaboradores e Gerência de
Terceirizados Produção

Clientes

Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.


6. Plano Financeiro

6.1 Gastos Pré-Operacionais

Os gastos iniciais antes do funcionamento da empresa serão aproximadamente


R$14.038,00 no total, custos esses relativos a registro da empresa, Junta Comercial,
Prefeitura Municipal, Receita Federal, Secretaria da Fazenda, certificação do Corpo de
Bombeiros, custos cartoriais, contador, reforma (pintura e móveis da loja) e divulgação
(outbus, panfletagem).
Na tabela a seguir dados dessas despesas:

Tabela 1: Gastos pré-operacionais


Gastos Pré Operacionais

Descrição Valor

Despesas R$
Legais 1.538,00
R$
Reforma 2.500,00
R$
Divulgação 10.000,00
R$
TOTAL 14.038,00
Fonte: Elaborado pelos autores, 2010.

6.2 Investimento Inicial Total

O investimento inicial da Loc Baby será de aproximadamente R$130.000,00


distribuídos da seguinte forma: R$ 100.000,00 relativos ao capital de seus sócios, R$
30.000,00 conseguidos através de empréstimo com a Caixa Econômica Federal.
O custo inicial para abertura da empresa será R$58.287,00, sendo destrinchado
da seguinte forma: R$14.038,00 (despesas legais, reforma e divulgação); R$12.324,00
(Mobília, computadores e impressora); R$ 1.100,00 materiais de escritório (resma,
caneta, tonner, pastas A-Z, tinta para carimbo, etc) e R$31.925,00 com estoque de loja
(Cadeiras para auto, carrinho de passeio, andador, cadeira para refeição, banheira com
suporte e berços).
Na tabela a seguir dados dessas despesas:
Tabela 2: Máquinas e equipamentos
Maquinas e Equipamentos
Quantid Valor Valor
Descrição ade Unitário Total
Mobília
Birot 4 R$ 230,00 R$920,00
Cadeiras 5 R$ 120,00 R$600,00
Armário pequeno 2 R$ 229,00 R$458,00
Armário grande 1 R$699,00 R$699,00
R$
Computador 4 R$ 819,00 3276,00
Notebook 3 R$ 1700,00 R$5100,00
Impressora 1 R$ 899,00 R$899,00
Prateleiras 4 R$ 93,00 R$372,00
R$12.324,
Sub total 00
Materiais de R$
escritório R$ 1.100,00 1.100,00
R$13.424
TOTAL ,00
Estoque
R$
Cadeiras Auto 80 R$ 180,00 14.400,00
R$3.200,0
Berço Tradicional 20 R$ 160,00 0
R$3.600,0
Berço Camping 20 R$ 180,00 0 Fonte: Elaborado pelos
R$1.275,0
Andador 15 R$ 85,00 0 autores, 2010.
R$1.500,0
Banheira de pé 15 R$ 100,00 0
R$6.750,0
Carrinho Passeio 25 R$ 270,00 0
R$1.200,0
Cadeira Refeição 15 R$ 80,00 0
R$31.925
TOTAL ,00
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BAHIA, Benedito Juarez. Introdução à comunicação empresarial. Rio de janeiro:


Mauad, 1995.

BUARQUE, Cristovam. Avaliação econômica de projetos: uma apresentação didática.


Rio de Janeiro: Campos, 1984.

BUENO, Wilson da Costa. Comunicação Empresarial: políticas e estratégias. São


Paulo: Saraiva, 2009.

COELHO, Fábio Uchoa. Manual de direito comercial: direito de empresa. 21° Ed.
São Paulo: Saraiva, 2009.

DOLABELA, Fernando. O Segredo de Luísa. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

FARINA, Modesto. Pscicodinâmica das cores em comunicação. 2ª ed - Sao Paulo:


Edgard Blucher, 1990.

IASBECK, Luiz Carlos Assis. A arte dos slogans: as técnicas de construção das frases
de efeito no texto publicitário. São Paulo: Annablume: Brasilia: Upis, 2002.

KENNETT E TOMKINS. Como ser seu próprio consultor de gestão. São Paulo: Clio
Editora, 2004.

MAXIMIANO, Antonio César Amaru. Fundamentos da Administração. São Paulo:


Atlas, 2004.

MONTANA, Patrick J. CHARNOV, Bruce H. Administração. 2ª edição. São Paulo:


Saraiva, 2003.

OGDEN, James R., CRESCITELLI, Edson. Conceitos, técnicas e práticas.


Comunicação Integrada de Marketing. 2ª edição. São Paulo: Pearson, 2007.
REGO, Francisco Gaudencio Torquato do, Comunicação Empresarial, Comunicação
institucional: conceitos, estratégias, sistemas, estrutura, planejamento e técnicas. São
Paulo: Sumos, 1986.

SLACK, Nigel. Administração da Produção. 7ª edição. São Paulo: Atlas, 2009

TROSTER, Roberto Luis, Mochón, Francisco. Introdução à economia. São Paulo:


Pearson Education do Brasil, 2002.

VASCOCELOS, Marco Antonio S. e GARCIA, Manuel E. – Fundamentos da


Economia. 2ª edição. São Paulo: Saraiva 2005.

PIB DA RMR E PIB PER CAPITA DA RMR Disponível em:


<http://pt.wikipedia.org/wiki/Regi%C3%A3o_Metropolitana_do_Recife> Acesso em 12
de novembro de 2010

A SOCIEDADE POR QUOTAS DE RESPONSABILIDADE LIMITADA Disponível em:


<http://www.cjf.jus.br/revista/outras_publicacoes/jornada_direito_civil/14_direito_da_empresa.
pdf > Acesso em: 12 de novembro de 2010
APÊNDICE

APENDICE A – Contrato de Locação da Empresa

CONTRATO DE LOCAÇÃO

LOCADORA – Andrade & Galindo Ltda., sociedade com sede na Av. 4 de Outubro,
384 sl 02 - Térreo – Galeria Piedade Center, Piedade - Jaboatão.dos Guararapes/PE,
inscrita no CNPJ sob o numero 12.345.678/0001-00, designada neste instrumento
simplesmente LOCATARIA - A pessoa ou empresa caracterizada nos Dados Pessoais,
designada neste instrumento como LOCATARIO simplesmente, FIADOR(RES) - A(s)
pessoa(s) caracterizada(s) nos Dados Pessoais designada(s) neste instrumento
simplesmente como FIADOR(es).

2) BENS LOCADOS
A LOCADORA dá em locação, e em bom estado de conservação, o bem escolhido.

3)VALOR DO ALUGUEL
O LOCATARIO pagará a LOCADORA através de boleto bancário ou cheque pré-
datado o valor mensal discriminado referente ao bem escolhido, sendo que a primeira
mensalidade será paga no ato da entrega do bem.
Parágrafo Primeiro - O valor a ser pago pela locação dos bens imóveis a exemplo da
cláusula quarta, também é específico para cada ítem.
Parágrafo Segundo - O aluguel pago com atraso de até 15(quinze) dias sofrerá um
acréscimo equivalente a 20% do VALOR DO ALUGUEL QUINZENAL DO
PRODUTO LOCADO EM VIGOR, e de e 16(dezesseis) a 30(trinta) dias sofrerá um
acréscimo equivalente a 20% do VALOR DO ALUGUEL MENSAL DO PRODUTO
LOCADO EM VIGOR, e a tolerância da LOCADORA em receber com atraso, uma ou
mais vezes, não criará direitos para o LOCATÄRIO e nem alterará a sua obrigação de
pagar o aluguel pontualmente nas datas dos vencimentos.

4) PRAZO DA LOCAÇÃO
A locação terá início na data da celebração deste contrato, e ressalvado o dispositivo na
cláusula 13, vigorará pelo prazo mínimo escolhido no ato da contratação. Vencido este
prazo mínimo, e não rescindida a locação, a mesma passará a ser por prazo
indeterminado, continuando em vigor todas as demais cláusulas e condições do presente
contrato.

5) ENTREGA DOS BENS


A LOCADORA compromete-se a disponibilizar para entrega, na data acordada e em
perfeitas condições de uso, os bens escolhidos, que constituem o objeto deste contrato.
Parágrafo 1 - Cabe ao LOCATÁRIO, na respectiva data de término do período de
locação dos bens, restituí-los, mediante vistoria à LOCADORA.
Parágrafo 2 - Sendo vontade do LOCATÄRIO, e mediante uma taxa, a LOCADORA
poderá fazer atendimentos domiciliares, sem prejuízo das demais cláusulas deste
contrato, entendido que a taxa será devida para cada visita realizada.

6) UTILIZAÇÃO/MANUTENÇÃO
O LOCATÁRIO se obriga a utilizar os bens locados de maneira adequada tomando
todos os cuidados normais necessários à sua boa conservação assim bem como se obriga
a fazer a manutenção do bem locado, a fim de mantê-lo sempre em bom estado de
funcionamento.

7) PROPRIEDADE DOS BENS LOCADOS


Os bens locados são de plena propriedade da LOCADORA não podendo o LOCADOR,
sublocar, emprestar, penhorar ou prever com qualquer outro encargo, bem como se
desfazer, a qualquer título, dos bens locados, ceder ou transferir seus direitos
decorrentes do presente contrato.
Para fins de garantia sobre os bens locados o LOCATÁRIO assinará uma nota
promissória ou boleto manual de cartão de credito no valor relativo a cada bem, que
ficará sob custódia da LOCADORA até que todos os ítens lhe sejam restituídos nas
condições estipuladas na cláusula 6.
Parágrafo 1 - Após a restituição dos bens e pagamentos dos eventuais débitos, a
LOCADORA passará ao LOCATARIO a custódia da nota promissória.
Parágrafo 2 - Caso o LOCATÁRIO não faça a restituição dos bens e pagamento dos
eventuais débitos até 5 (cinco) dias úteis do término do contrato, a LOCADORA poderá
utilizar a Nota Promissória para acioná-lo judicialmente e fazer valer os seus direitos.
Parágrafo 3 - O LOCATÁRIO se obriga, em caso de penhora ou qualquer outro ato de
apreensão judicial dos bens ora locados, a avisar ao Oficial de Justiça que os bens são
de propriedade da LOCADORA e a comunicar o fato de imediato à LOCADORA.

8) RESPONSABILIDADE POR DANOS


O LOCATÁRIO será responsável por qualquer dano, perda total ou parcial, sofrido pelo
bem locado durante a vigência da locação, provocados por uso indevido, incêndio,
roubo ou qualquer outra causa, que por sua culpa quer por culpa de terceiros obrigando-
se a indenizar a LOCADORA nos termos do Art. 1188 e seguintes do Código Civil.

9) RESPONSABILIDADE CIVIL
A LOCADORA não assume qualquer responsabilidade pelas perdas e danos
eventualmente causados a terceiros, ou ao próprio LOCATÁRIO, pelo uso indevido,
negligência ou imprudência, do bem locado.
CONDIÇÕES GERAIS

10) FALTA DE PAGAMENTO


O LOCATÁRIO reconhece o valor dos aluguéis vencidos como dívida líquida e certa,
tendo a LOCADORA, consequentemente direito à cobrança do que lhe for devido por
meio de ação executiva, ficando o LOCATÁRIO responsável pelo pagamento da multa
convencional equivalente a 10% (dez por cento) do valor do débito, acrescido das custas
processuais e honorários advocatícios, independente de faculdade de rescisão da locação
prevista na cláusula 13 do presente contrato.

11) DEVOLUÇÃO DOS BENS LOCADOS


Finda ou rescindida a locação, o LOCATÁRIO deverá devolver os bens locados à
LOCADORA imediatamente, ficando sujeito caso não o faça em até 5 (cinco) dias, ao
pagamento de multa de 5% (cinco por cento) do valor do aluguel, e após 5 (dias) de
atraso, será cobrado o valor da diária do produto até a efetiva entrega, independente da
propositura pela LOCADORA de ação reintegratória de posse, caso em que o
LOCATÁRIO admite expressamente o direito da LOCADORA ser reintegrada.

12) RECISÃO DA LOCAÇÃO PELO LOCATÁRIO


Vencido o prazo mínimo da locação, o LOCATÁRIO poderá rescindir a locação a
qualquer tempo, mediante aviso por escrito à LOCADORA, com uma antecedência
mínima de 30 (trinta) dias.

13) RECISÃO DA LOCAÇÃO PELA LOCADORA


Independente do prazo mínimo fixado neste contrato, a LOCADORA poderá rescindir a
locação a qualquer época, livre de notificação judicial ou extra judicial, mediante aviso
feito por carta ou telegrama dirigido ao endereço do LOCATÁRIO, indicado neste
contrato como endereço para correspondência, bastando para este fim que a carta ou o
telegrama seja entregue no endereço referido ou no prédio, nos seguintes casos: a)
Incorreção nas informações prestadas pelo LOCATÁRIO e que constam do presente
contrato; b) Falecimento, incapacidade de concurso de credores, falência ou concordata
do LOCATÁRIO; c) Atraso no pagamento do aluguel ajustado neste contrato; d)
Reiterada ocorrência de danos nos bens locados, provocados pela utilização indevida
dos mesmos pelo LOCATÁRIO, a critério da LOCADORA.

14) FIANÇA
O(s) Fiador (es) obriga(m)-se solidariamente com o LOCATÁRIO, seus herdeiros ou
sucessores, como fiador (es) e principal (is) pagador (res) de todas as obrigações que
cabem a este último, por força do presente contrato, durante o prazo mínimo da locação
e suas prorrogações, até a devolução dos bens locados, renunciando expressamente ao
benefício de ordem, de acordo com o disposto no inciso I do Artigo 1.492 do Código
Civil.
FORO - As partes elegem o foro da cidade do Recife para a solução de qualquer questão
porventura decorrente do presente contrato, renunciando expressamente a qualquer
privilégio de foro.
O presente contrato firmado entre a LOCADORA de uma parte e o LOCATÁRIO,
caracterizado, de outra parte reger-se-á pelas cláusulas específicas convencionadas e
pelas condições gerais.
APENDICE B – Questionário da pesquisa de mercado pessoa física

Público Alvo: Clientes pessoas físicas


Pesquisa: Quantitativa
Meio de Pesquisa: Entrevista Pessoal

Questionário de Avaliação

1 Qual a renda familiar?

( ) De um a dois salários mínimos


( ) Entre dois e três salários mínimos
( ) Entre três e quatro salários mínimos
( ) Mais de quatro salários mínimos.

2 Nº de filhos?

( ) Um filho
( ) Dois filhos
( ) Três filhos
( ) Mais de três

3 Em média quanto você gasta(rá) com objetos como carrinho, berço,


cercado, banheira, cadeiras para auto?

( ) Até R$ 500,00
( ) Entre R$ 1.00,00 e R$ 1.500,00
( ) Entre R$ 1.501,00 e R$ 2.500,00
( ) Mais de R$ 2.500,00

6 Em quantas lojas costuma pesquisar antes de comprar?

( ) Uma
( ) Duas
( ) Três
( ) Mais de três
5 Qual motivo o faz optar por determinado estabelecimento?

( ) Viabilidade do Serviço
( ) Qualidade do Produto
( ) Viabilidade Financeira
( ) Localidade

6 Com quem você realiza as compras?

( ) Sozinha
( ) Com Marido
( ) Com Parentes
( ) Com Amigos

7 Período em que realiza as compras ou pesquisas?

( ) Manhã
( ) Tarde
( ) Noite

8 Formas de pagamento?

( ) Dinheiro
( ) Cartão de Crédito
( ) Cartão de Débito
( ) Cheque Pré

9 O que você acha de ter em sua cidade uma empresa que fizesse a locação
e a manutenção desses utensílios por um preço extremamente acessível?
( ) Ruim
( ) Bom
( ) Ótimo
( ) Indiferente
APENDICE C – Questionário da pesquisa de mercado pessoa jurídica
Pesquisa destinada a Locadoras de veículos.
Público Alvo: Clientes pessoas físicas
Pesquisa: Quantitativa
Meio de Pesquisa: Entrevista Pessoal

Questionário de Avaliação
1 Com que frequência são procuradas as cadeiras para auto, no ato da
locação?

( ) 1 vez em 10 Locações
( ) 2 Vezes em 10 Locações
( ) 3 Vezes em 10 Locações
( ) Mais de 3 Vezes em 10 Locações

2 Em que período do ano as locações aumentam?

( ) Alta Estação
( ) Férias Escolares
( ) Feriadões
( ) Datas Comemorativas (Carnaval, Semana Santa, Natal..)

3 Numa situação de demanda intensa, com que freqüência falta cadeira


para auto, no momento da locação?

( ) As Vezes
( ) Sempre
( ) Nunca

4 Quais os modelos mais procurados?

( ) Bebê Conforto
( ) Cadeiras de 9 a 36kg
( ) Cadeiras de 15 a 36kg
( ) Assento de elevação