Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA – UFPB

Campus III – Bananeiras - PB


Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias – CCHSA
Curso de Graduação em Ciências Agrárias
Disciplina: DESENHO E TOPOGRAFIA
Professor: Alexandre José Soares Miná

INTRODUÇÃO
Esse curso de Desenho e Topografia busca introduzir noções de topografia de
maneira simples e concisa. Para isso buscou-se usar o mínimo possível de
conceitos matemáticos. Evitou-se o uso da trigonometria e da geometria
analítica, baseando-se quase que exclusivamente em geometria plana.

Com a mesma intenção foi usado o processo gráfico, aplicado a figuras


geométricas desenhadas em escala, para o cálculo de áreas. Atividade
bastante comum em topografia.

Esse módulo foi montado para ser um material de referência, no qual o aluno
possa buscar informações para resolução de exercícios, aplicados pelo
professor durante o desenvolvimento do curso.

Na confecção desse módulo o autor foi apenas um selecionador de material,


acrescentando algumas pequenas contribuições, no intuito de tornar a leitura
mais clara. Buscou-se citar, na lista de Referências Bibliográficas, todas as
referências utilizadas.

Espera-se que esse material possa despertar o interesse dos alunos pela
Topografia, uma ciência há muito tempo praticada, mas sempre atual.

Desejo a todos vocês: Boa sorte!

Prof. Alexandre José Soares Miná

Bananeiras – PB, Junho de 2009.


1. GENERALIDADES
1.1. Definição

A palavra Topografia deriva das palavras gregas topos (lugar) e graphen


(descrever). Assim, de uma maneira simples, Topografia significa “descrição de
um lugar”.

Nas ciências agrárias esse “lugar” geralmente é uma propriedade rural aonde
pode ser desenvolvida alguma atividade agropecuária.

1.2. Objetivo

A topografia tem como objetivo estudar os instrumentos e os métodos para


coleta de dados, cálculo e representação gráfica de parte da superfície
terrestre, sem levar em consideração a curvatura da superfície da Terra.

A Topografia pode ser entendida como parte da GEODÉSIA, que é a ciência


que tem por objetivo determinar a forma e dimensões da Terra, levando em
consideração a sua curvatura. Quando o trecho estudado não tem grandes
dimensões, então pode ser considerado plano, dessa forma facilitam-se os
cálculos necessários para representação desse trecho, podendo-se usar os
conceitos matemáticos de geometria plana.

Dessa forma, em topografia, a representação da superfície estudada é feita


sobre um plano, denominado Plano Topográfico. Na figura seguinte a
superfície estudada é formada pelos pontos ACEGHFDB, o plano topográfico
está destacado na cor amarela e a representação do trecho estudado é
formada pelos pontos A’C’E’G’H’F’D’B’. Essa representação é denominada
PROJEÇÃO ORTOGRÁFICA.

1.3. Importância

A Topografia é a base para diversos trabalhos de engenharia, onde o


conhecimento das formas e dimensões do terreno é importante. Na agricultura
a topografia pode ser usada em diversos tipos de trabalho como: implantação
de culturas, projetos de irrigação e drenagem, projeto e execução de estradas,
cadastro de reservas florestais, reflorestamento, paisagismo, serviços de
terraplanagem, etc.

1.4. Divisão da Topografia

De uma maneira geral a topografia pode ser dividida em: TOPOMETRIA,


TOPOLOGIA, TAQUEOMETRIA e FOTOGRAMETRIA.

1.4.1. Topometria

É o conjunto de métodos empregados para a coleta de dados, cálculo e


representação gráfica de parte da superfície terrestre. Divide-se em:
PLANIMETRIA e ALTIMETRIA.

1.4.1.1. Planimetria: é o conjunto de métodos usados para a representação em


projeção ortográfica da superfície estudada. Os trabalhos topográficos
executados em planimetria são chamados de LEVANTAMENTOS e o desenho
resultante de PLANTA.

1.4.1.2. Altimetria: é o conjunto de métodos usados para determinação das


distâncias verticais de certo número de pontos sobre a superfície estudada. Os
trabalhos topográficos executados em altimetria são chamados de
NIVELAMENTOS e o desenho resultante de PERFIL.

Algumas vezes são executados trabalhos de planimetria e altimetria ao mesmo


tempo. Esses trabalhos são denominados de LEVANTAMENTOS
PLANIALTIMÉTRICOS. Esses trabalhos podem gerar desenhos chamados de
CURVAS DE NÍVEIS, que são linhas traçadas sobre uma planta, passando por
pontos do terreno com uma mesma “altura”. As curvas de níveis também
podem ser traçadas no terreno, geralmente associadas a práticas de
conservação do solo.

1.4.2. Topologia

Tem como finalidade o estudo das formas exteriores da superfície terrestre e


das leis a que rege o seu modelado. Sua aplicação principal é na
representação da altimetria pelas curvas de nível.

1.4.3. Taqueometria

A determinação de distância em topografia, muitas vezes, é feita de maneira


direta, com o uso de uma trena, por exemplo. A taqueometria, ou estadimetria,
tem por finalidade a determinação das distâncias de maneira indireta.

1.4.4. Fotogrametria
São levantamentos efetuados, geralmente em áreas extensas, por meio de
fotografias especiais. Quando são usados aviões o processo é denominado de
AEROFOTOGRAMETRIA.

1.5. Divisão dos trabalhos topográficos

1.5.1. Trabalhos preliminares

Em que é feita uma visita ao lugar que se deseja representar. Essa visita é
importante para se observar o tamanho da área, o tipo de relevo, tipo de
vegetação e todas as informações necessárias para que se possa escolher os
métodos e equipamentos apropriados ao local.

1.5.2. Trabalhos de campo

Nessa etapa são feitas, no lugar estudado, medições de distâncias (grandezas


lineares) e medições de ângulos (grandezas angulares). Essas medições
devem ser devidamente anotadas.

1.5.3. Trabalhos de escritório

Nessa etapa são feitos os cálculos e desenhos necessários para a


representação do trecho estudado.

Em topografia são determinadas e representadas apenas duas grandezas, as


LINEARES e as ANGULARES.