Você está na página 1de 6

PREFEITURA MUNICIPAL DE IRARÁ – ESTADO DA BAHIA

SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO E CULTURA


DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Rua Cel. Elpídio Nogueira, nº. 66 – Centro | CEP: 44255-000
Tel.: (075) 3247-3840 | Fax: (075) 3247-2341
E-mail: seduce@irara.ba.gov.br
CNPJ: 13.626.205/0001-29

PLANO DE TRABALHO PROGESTÃO/SEMEC - 2011

Nome do profissional/Formação: Fone: E-mail:


EDNA MOREIRA OLIVEIRA (75)81213167 ednaoliveira
_irara@yaho
o.com.br

Link para currículo lates:


Nº de escolas atendidas: 40 Nº de alunos: 7598

Nome e endereço das Gestores Modalidade IDEB


escolas 2007/2009
1. Allan Kardec – Av. Elísio 1. Geórgia Lima de As Unidades
Santana - Centro O. A. Campos Escolares que serão
2. Amaro Ferreira de 2. Marlene C. B. de atendidas pelo
Medeiros - Faz. Cacimba Jesus PROGESTÃO
3. Amando Souza Campos possuem uma
3. Ilda Dias dos
– Faz. Saco Velho clientela de alunos
Santos
4. Ana Souza Carneiro – da Educação
Faz. Olaria 4. Ilda Dias dos Infantil,
5. Antonieta Antonia de Santos Fundamental I e
Freitas – Rua Antonio 5. Rita Maria Pereira Fundamental II.
Hermenegildo de Freitas Santos
- Cajueiro 6. Maria Helena
6. Anísio Teixeira – Faz. Paes Coelho da S.
Juazeiro Oliveira
7. Amaro Bispo dos Santos
7. Edimary dos
Pov. Da Mangabeira -
Santos Campos
8. Coração de Jesus – Faz.
Caboronga 8. Durcelene França
9. Coronel Balbino Félix – Valverde
Pov. da Caroba 9. Marluce de Souza
Gomes
10. Creche Elísio Santana -
10. Adriana Dantas
Praça Pedro Nogueira - Bittencourt Pinheiro
Centro
11. Doce Lar – Distrito de 11. Regilda
Bento Simões Cerqueira dos
Santos Batista
12. Dr. Juliano Moreira -
Praça Pedro Nogueira - 12. Valdelice D.
Centro Santana
13. Elísio Santana – Faz. 13. Marlene
Paramirim Cerqueira Bispo de
14. Edson Arantes do Jesus
Nascimento – Rua Rui 14. Madalena
Barbosa – Centro - Gonçalves Cerqueira
15. Felipa Cerqueira Pinheiro 15. Maria José Dias
– Faz. Saco do Capim dos Santos
16. Irarazinho – Rua José Cerqueira
Benevides 16. Rita Maria
17. José Ângelo Martins - Pereira Santos
Faz. Juazeiro
18. Jorge Martins da Silva – 17. Maria Helena
Paes C. da Silva
Faz. Baixinha
Oliveira
19. Manoel Conrado de
Queiroz – Faz. Manã 18. Maria Helena
20. Manoel Joaquim da Silva Paes C. da Silva
– Faz. Sobrado Oliveira
21. Manoel Policarpo 19. Marlene C. B. de
Rodrigues – Faz. Catete Jesus
22. Mário Campos Martins – 20. Maria Helena
Distrito de Bento Simões Paes C. da Silva
23. Maria Bacelar – Faz. Oliveira
Trindade -
21. Mércia Muniz
24. Nossa Senhora da Barreto
Purificação – Faz. Olhos
d’Água 22. Elieci Gomes de
25. Professora Alzira Martins Santana
Dantas de Oliveira – Rua 23. Maria Helena
Pedro de Lima - Centro dos Reis Gomes
26. Paraíso da Criança – 24. Marlene
Faz. Cavaco Cerqueira Bispo de
27. Paulo Campos – Faz. Jesus
Boa Vista
25. Denilda
28. Profª Maria Inês de Cerqueira Xavier
Campos Genê – Praça
do Cruzeiro - Centro 26. Maria Helena
29. Professora Maria de Paes C. da Silva
Oliveira
Lourdes Campos Portela
– Faz. Várzea 27. Maria Helena
30. Salvador Oliveira Borges Paes C. da Silva
– Faz. Candeal Oliveira
31. Santa Bárbara – Pov. do 28. Ilda Dias dos
Largo Santos
32. São João – Faz. Saco do 29. Durcelene
Bom Jesus França Valverde
33. Santo Antonio de Pádua
- Pov. do Santo Antonio 30. Maria Helena
Paes C. da Silva
34. São Cosme São Damião
– Faz. Saco do Capim Oliveira
35. São Cristóvão – Faz. 31. Vaneide Alves de
Brotas Oliveira
36. São Jorge – Pov. do 32. Maria Antonia dos
Anastácio S. de Souza Dias
37. São Judas Tadeu – Rua 33. Maria Luiza Bispo
Pedro Portela Sobrinho - Cerqueira Rocha
Centro 34. Maria José Dias
38. São Pedro – Faz. dos Santos Cerqueira
Massaranduba 35. Mércia Muniz
Barreto
39. Senhor do Bonfim – Faz.
36. Regiane Pinho de
Serra do Cruzeiro Cerqueira
40. Zezé Martins de Lima –
Faz. Tapera Melão 37. Ângela Maria
Flores de Jesus
Martins

38. Regiane Pinho de


Cerqueira
39. Ilda Dias dos
Santos

40. Marlene C. B. de
Jesus

Plano de Trabalho:
O aperfeiçoamento dos gestores escolares é uma necessidade permanente para que a
gestão se torne cada vez mais qualificada e participativa, com a presença ativa da
comunidade escolar e local no cotidiano da escola. Sendo assim, é importante proporcionar
aos gestores, meios inovadores que lhes permitam adquirir conhecimentos básicos que
contribuam para o fortalecimento da gestão democrática na escola.
O curso é resultado de um acordo de cooperação técnica celebrado entre a Secretaria
da Educação do Estado da Bahia e os Municípios. Para tanto é necessário que o gestor
municipal demonstre interesse e solicite a adesão por meio de parceria com o Programa de
Apoio à Educação Municipal – PROAM.
O PROGESTÃO tem duração de 300 horas/aulas com a utilização de módulos para
possibilitar aos gestores cursistas qualidade nos estudos presenciais e não presenciais. O
Progestão tem como público alvo a equipe gestora das unidades escolares, podendo ser
estendido aos Secretários escolares e Coordenadores Pedagógicos dos municípios
envolvidos no programa.
O Progestão tem como concepção básica o entendimento de que o trabalho dos
gestores é um processo dinâmico e permanente. Nesse sentido, esse programa tem como
diretriz central realizar atividades que permitam o estabelecimento de vínculos entre as
situações de aprendizagens oferecidas e a prática cotidiana nessas escolas. Visa também
proporcionar oportunidades de vivências voltadas para o desenvolvimento de competências e
habilidades profissionais necessárias para atuação em área de gestão escolar.
A proposta do programa de formação de gestores fundamenta-se na formação de
lideranças comprometidas com a construção de um processo de gestão democrática, com
base em metodologia de ação-reflexão-ação, do aprender fazendo e da resolução de
problemas a serem levantados durante a realização dos cursos.

OBJETIVOS:

Neste espaço deverá abrir as ações a fim de que os objetivos do plano de trabalho
sejam atingidos.
Poderá pontuar (numerar) as ações em ordem crescente, descrevendo o que será feito
em cada etapa.

Resultados pretendidos:
• Melhoria da aprendizagem e do sucesso escolar dos alunos.
• Fortalecimento e Gestão democrática da escola pública.
• Formação continuada e em serviço das equipes de gestão escolar.
• Formação de redes de experiências na área de gestão escolar desenvolvidas nas
Unidades Escolares.

Metas:
• Implementação do Programa no município no período de 2011.

• Capacitar 100% das equipes gestoras das escolas da rede municipal de ensino, no
período de 2011;

• Atender a 100% dos gestores das redes municipais de ensino que aderirem ao
Progestão, no período de 2011;

• Acompanhar 100% das equipes de gestão escolar envolvidas no Programa, na


elaboração de planos de gestão articulados com os projetos pedagógicos das escolas.
Descrição de materiais a serem utilizados:

Para estudo dos conteúdos curriculares e orientação das atividades são utilizados os
seguintes materiais:

• Guia didático: roteiro destinado ao gestor-cursista, com orientações metodológicas e de


conteúdo, instruções sobre os encontros presenciais e tutoria, além de outras informações
relativas à modalidade de capacitação oferecida.

• Guia do Gestor Cursista: síntese do Guia de Implementação do Progestão no Estado da


Bahia.

• Módulos: cada um dos dez módulos é composto por um Caderno de Estudo e um Caderno
de Atividades. O Caderno de Estudo contém unidades que apresentam: objetivos gerais e
específicos, textos que trabalham conteúdos específicos das atividades auto-corretivas,
comentários sobre as atividades, resumo, indicação de leitura complementar comentada,
glossário e referências bibliográficas. O Caderno de Atividades corresponde a um conjunto de
atividades a serem desenvolvidas, individualmente ou em equipe.

• Vídeo: recurso utilizado pelo tutor nos encontros presenciais, servindo como apoio
instrucional ao estudo dos módulos.

Outras informações relevantes (quando aplicável):


O Progestão tem como base a avaliação formativa, que prioriza a aprendizagem e está
relacionada com a capacidade de aplicação de conceitos, estratégias e instrumentos à prática
profissional dos cursistas.

Como sustentação do processo avaliativo, os multiplicadores, tutores e coordenação do


programa se baseiam nos seguintes pressupostos:
- Os gestores escolares, como seres humanos, são inacabados, inconclusos sempre;
- Os gestores escolares, como seres humanos, são capazes de aprender e de se desenvolve
sempre;
- Cada gestor escolar é único, singular e aprende de modo próprio, em ritmo próprio;
- Quanto mais aprendem, os gestores escolares mais se desenvolvem; quanto mais aprendem
e se desenvolvem, mais se descobrem capazes e, assim, se permitem o desafio de aprender.

Durante o processo de avaliação do curso, são considerados os seguintes aspectos e


instrumentos:

• Freqüência;

• Registro diagnóstico pelo tutor durante os encontros individuais;

• Registro das atividades desenvolvidas em fichas para acompanhamento dos momentos


individuais e presenciais durante o processo;

• Momentos de sínteses, encontros presenciais;

• Execução do plano de gestão voltado para os órgãos colegiados e projetos escolares, com
impacto positivo na aprendizagem do aluno e nas relações democráticas na escola;

• Portfólio e Memorial relatando as experiências do gestor cursista durante a formação,


incluindo todas as atividades realizadas por módulos e socializadas nos encontros presenciais,
com listas de freqüência e atas de reuniões e outros registros que se fizerem necessários.

Ao término do programa, o cursista receberá um certificado Secretaria da Educação do Estado


da Bahia. Este certificado é considerado na pontuação da avaliação de desempenho dos
gestores escolares.

Referências: