Você está na página 1de 309

PROVAS 

OFICIAIS UEL
600 questões oficiais para
você treinar e revisar!
Sumário
Prova 2010 03
Prova 2011 23
Prova 2012 42
Prova 2013 67
Prova 2014 93
Prova 2015 118
Prova 2016 143
Prova 2017 169
Prova 2018 195
Prova 2019 222
prova 2020 250
prova 2021 279
Universidade C oordenadoria de

Estadual de Londrina P rocessos Sel et ivos

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2010

15/11/2009

INSTRUÇÕES
1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição.
Atenção: Assine no local indicado.

2. Esta prova é composta por 60 questões objetivas.

3. Aguarde autorização para abrir o Caderno de Prova. A seguir, antes de iniciar a


prova, confira a paginação.

4. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo


permitidas perguntas aos Fiscais.

5. Verifique se os dados impressos no Cartão-Resposta correspondem aos seus. Caso haja alguma
irregularidade, comunique-a imediatamente ao Fiscal.

6. A Prova Objetiva é composta por questões de múltipla escolha, em que há somente uma alternativa
correta. Transcreva para o Cartão-Resposta o resultado que julgar correto em cada questão,
preenchendo o retângulo correspondente com caneta esferográfica de tinta preta.

7. No Cartão-Resposta anulam a questão: a marcação de mais de uma alternativa em uma mesma


questão, rasuras e preenchimento além dos limites do retângulo destinado para cada marcação. Não
haverá substituição do Cartão-Resposta por erro de preenchimento.

8. Não serão permitidos empréstimos de materiais, consultas e comunicação entre os candidatos,


tampouco o uso de livros e apontamentos. Relógio, aparelhos eletrônicos e, em especial, aparelhos
celulares deverão ser desligados e colocados no saco plástico fornecido pelo Fiscal. O não-
cumprimento destas exigências ocasionará a exclusão do candidato deste Processo Seletivo.

9. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao Fiscal. Aguarde autorização para
devolver, em separado, o Caderno de Prova e o Cartão- Resposta, devidamente assinados.

10. O tempo para o preenchimento do Cartão-Resposta está contido na duração desta prova.

DURAÇÃO DESTA PROVA: 4 HORAS

CONHECIMENTOS GERAIS PROVA 1


O tema geral desta prova é
INVENÇÕES E DESCOBERTAS: UM MUNDO EM MOVIMENTO

As questões de 1 a 7 relacionam-se, de modo geral, a I. A ideia de evolução não era nova, contudo, foi
um ou mais dos subtemas darwinismo, ecossistemas Darwin que estabeleceu cientificamente o princípio
e DNA. da seleção natural como fator responsável pela evo-
lução dos organismos.
Leia o texto I e responda às questões de 1 a 3. II. As conclusões expostas no livro A origem das es-
pécies levaram ao aprimoramento dos estudos de
Texto I Lamark que embasavam a teoria da geração espon-
tânea dos organismos.
Darwin, empolgado com as maravilhas da natureza tropical,
III. Em sua viagem, Darwin observou a ocorrência de
em Salvador e no Rio, registrou: A viagem do Beagle foi sem
processos biológicos semelhantes em áreas geo-
dúvida o acontecimento mais importante de minha vida e de-
gráficas e com seres vivos diferentes, o que colabo-
terminou toda a minha carreira. As maravilhas das vegeta-
rou para a elaboração da Teoria da Evolução pela
ções dos trópicos erguem-se hoje em minha lembrança de
seleção natural.
maneira mais vívida do que qualquer outra coisa.
IV. A Teoria da Evolução pela seleção natural, conhe-
(Adaptado de: MOREIRA, I. C. Darwin, Wallace e o Brasil. In Jornal da Ciên-
cida por darwinismo, também foi desenvolvida por
cia, Ano XXII, n. 625, p. 6, 11 jul. 2008.)
Alfred Wallace que, na mesma época, estudava o
1 fenômeno evolutivo.
Darwin, em sua teoria de seleção natural, forneceu uma Assinale a alternativa correta.
explicação para as origens da adaptação. A adaptação
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
aumenta a capacidade de um organismo de utilizar re-
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
cursos ambientais para sobreviver e se reproduzir.
Com base na série de observações e conclusões de c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Darwin e nos conhecimentos sobre o tema, considere as d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
afirmativas: e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

I. O tamanho das populações naturais mantém-se 3


constante ao longo do tempo, sendo limitado por De acordo com o texto I, Darwin mostrou-se empolgado
fatores ambientais, como a disponibilidade de ali- com a natureza tropical, em Salvador e no Rio de Janeiro.
mento, locais de procriação e presença de inimigos Assinale a alternativa que identifica corretamente o ecos-
naturais. sistema comum às duas localidades e suas característi-
II. Uma luta contínua pela existência ocorre entre indi- cas.
víduos de uma população e a cada geração muitos a) A Caatinga caracteriza-se pela presença de árvores
morrem sem deixar descendentes; os que sobrevi- com troncos retorcidos, de casca espessa e folhas co-
vem apresentam determinadas características rela- riáceas, em áreas com índices pluviométricos entre
cionadas à adaptação. 1.100 e 2.000 mm por ano, e sua vegetação é deter-
III. Os indivíduos de uma população possuem as mes- minada pelas características do solo.
mas características, o que influencia sua capaci- b) A Floresta Pluvial Costeira caracteriza-se pela pre-
dade de explorar com sucesso os recursos naturais sença de árvores com folhas largas e perenes, alta
e de deixar descendentes. diversidade de epífitas, com a altura média do andar
IV. Os indivíduos mais adaptados se reproduzem e superior entre 30 e 35 m, com a maior densidade da
transmitem aos descendentes as características re- vegetação no andar arbustivo.
lacionadas a essa adaptação, favorecendo a perma- c) Os Manguezais são muito afetados pelo clima, estão
nência e o aprimoramento dessas características ao ligados à existência de um ciclo de marés, têm solo
longo de gerações sucessivas. rico em oxigênio e apresentam alta diversidade de es-
pécies vegetais.
Assinale a alternativa correta.
d) O Cerrado caracteriza-se pela presença de árvores
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. que perdem suas folhas periodicamente e de plantas
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. suculentas com folhas transformadas em espinhos,
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. em áreas com índices pluviométricos baixos, entre
500 e 700 mm anuais.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. e) A Floresta de Cocais ou Babaçual tem baixo índice
de precipitação e temperatura média anual acima dos
2 30 °C, com lençol freático profundo; seu solo perma-
Com base no texto I e nos conhecimentos sobre o tema, nece seco a maior parte do ano.
considere as afirmativas a seguir:

1 / 19
4 a) A determinação dos átomos que compõem o DNA foi
No pensamento ético-político de Platão, a organização possível porque o comprimento de onda dos raios X
no Estado Ideal reflete a justiça concebida como a dis- é da mesma ordem de grandeza que o comprimento
posição das faculdades da alma que faz com que cada médio da molécula do DNA.
uma delas cumpra a função que lhe é própria. No Livro V b) As posições dos átomos em uma substância química
de A República, Platão apresentou o Estado Ideal como cristalizada podem ser inferidas pelo padrão de refra-
governo dos melhores selecionados. Para garantir que a ção resultante dos raios X que a atravessam.
raça dos guardiões se mantivesse pura, o filósofo escre-
c) As ligações que ocorrem entre as bases nitrogenadas
veu:
no interior da hélice do DNA são possíveis devido à
É preciso que os homens superiores se encontrem com diferença de eletronegatividade entre os átomos de ni-
as mulheres superiores o maior número de vezes possí- trogênio ligados a átomos de hidrogênio nas bases.
vel, e inversamente, os inferiores com as inferiores, e que
d) Os fosfatos se ligam às pentoses pelos átomos de fós-
se crie a descendência daqueles, e a destes não, se que-
foro por meio de ligações de hidrogênio.
remos que o rebanho se eleve às alturas.
e) Na estrutura do DNA as ligações de oxigênio ocorrem
(Adaptado de: PLATÃO. A República. 7. ed. Lisboa: Calouste Gulben-
entre pares de bases específicos: a adenina liga-se à
kian, 1993, p.227-228.)
citosina e a timina liga-se à guanina.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o pensa-
mento ético-político de Platão é correto afirmar: 6
A fonte de raios X apresentada na figura 1 está detalhada
a) No Estado Ideal, a escolha dos mais aptos para go-
na figura a seguir:
vernar a sociedade expressa uma exigência que está
de acordo com a natureza.
b) O Estado Ideal prospera melhor com uma massa hu-
mana difusamente misturada, em que os homens e
mulheres livremente se escolhem.
c) O reconhecimento da honra como fundamento da or-
ganização do Estado Ideal torna legítima a suprema-
cia dos melhores sobre as classes inferiores.
d) A condição necessária para que se realize o Estado
Ideal é que as ocupações próprias de homens e mu-
lheres sejam atribuídas por suas qualidades distintas.
e) O Estado Ideal apresenta-se como a tentativa de or-
ganizar a sociedade dos melhores fundada na riqueza
como valor supremo. No tubo, sob vácuo, elétrons são produzidos no filamento
A e acelerados para o eletrodo C, devido à diferença
Observe a figura a seguir e responda às questões 5 e 6. de potencial ∆V . Os elétrons acelerados colidem com
o eletrodo transferindo-lhe sua energia e produzindo os
raios X.
Sabendo que a energia cinética (Ec ) adquirida pelos elé-
trons é igual a Ec = e∆V e que sua massa (me ), sua
carga (e) e a diferença de potencial (∆V ) à qual está sub-
metida são me ∼ = 10−31 kg , e ∼
= 10−19 C e ∆V ∼ = 104 V ,
a velocidade aproximada do elétron ao colidir com o ele-
trodo é:
a) 1, 41 × 108 m/s
b) 3, 60 × 108 m/s
c) 5, 10 × 108 m/s
d) 1, 00 × 1016 m/s
Figura 1: Cristalografia e) 4, 00 × 1016 m/s

5
R A
A cristalografia de raios X auxiliou a desvendar a estru-
S C
tura do DNA, cujo modelo foi construído por Watson e
U N
Crick, em 1953.
Com base na figura 1 e nos conhecimentos sobre os prin- H O
cipais aspectos da estrutura do DNA, é correto afirmar:
2 / 19
7 8
A estrutura do DNA, representada na figura 1, possibilitou Sobre a Revolta da Vacina, é correto afirmar que foi
desvendar como as características dos pais são repassa- a) um movimento cuja base social eram os trabalhadores
das aos filhos. imigrantes pobres não reconhecidos pelo Estado bra-
Sabendo que as chances de nascimento de menino e sileiro como portadores de direitos sociais e, portanto,
menina são iguais, a probabilidade de um casal, em três excluídos da campanha de vacinação em massa pro-
gestações, de uma criança em cada gestação, ter pelo posta por Oswaldo Cruz.
menos um menino é
1 b) uma mobilização popular que reivindicava ao governo
a) Rodrigues Alves políticas de saúde pública, em parti-
8
1 cular o combate a doenças como febre amarela, peste
b) bubônica e varíola.
3
5 c) deflagrada em razão dos altos custos financeiros dos
c)
8 medicamentos e das vacinas contra a varíola e a febre
2 amarela, então acessíveis apenas às camadas sociais
d)
3 médias urbanas e às elites rurais.
7
e) d) uma reação das classes populares a um conjunto de
8
medidas sanitárias, entre as quais uma reforma ur-
As questões de 8 a 16 relacionam-se, de modo geral, a bana (eliminação de cortiços, construção de ruas e
um ou mais dos subtemas vacinas, antibióticos, soros avenidas largas), realizada com truculência por funci-
e metabólitos. onários do governo federal.
Leia os textos II e III e responda à questão 8. e) uma iniciativa dos intelectuais positivistas brasileiros
para os quais aquelas medidas de saúde pública, vol-
Texto II tadas às camadas pobres da população, deveriam ser
É preciso compreender que a vacinação é um objeto de difícil obrigatórias.
apreensão, constituindo-se, na realidade, em um fenômeno
9
de grande complexidade onde se associam e se entrechocam
Leia o texto e analise os dados da tabela a seguir:
crenças e concepções políticas, científicas e culturais as mais
variadas. A vacinação é também, pelas implicações sociocul- A rubéola é uma doença causada por vírus, cuja transmis-
turais e morais que envolve, a resultante de processos históri- são se dá pelo contato direto, por secreções ou pelo ar e, ao
cos nos quais são tecidas múltiplas interações e onde concor- atingir as mulheres grávidas, pode causar malformações nos
rem representações antagônicas sobre o direito coletivo e o fetos. Em 2003, a vacina tríplice viral contra sarampo, rubéola
direito individual, sobre as relações entre Estado, sociedade, e caxumba passou a fazer parte do calendário de vacinação
indivíduos, empresas e países, sobre o direito à informação, e suas coberturas vacinais mantiveram-se em 100% da meta
sobre a ética e principalmente sobre a vida e a morte. estabelecida em todas as regiões até 2005. O número total de
(Adaptado de: PORTO, A.; PONTE, C. F. Vacinas e campanhas: imagens de casos no Brasil passou de 749 em 2003 para 365 em 2005.
uma história a ser contada. História, Ciências, Saúde. Manguinhos, vol. 10
Participação das macrorregiões geográficas
(suplemento 2). p. 725-742. 2003.)
nos casos de rubéola, 2003 a 2005
Texto III

No Brasil a vacina esteve


no centro de um grande
embate social no início
do século XX, denomi-
nado Revolta da Vacina,
ilustrado na charge ao
lado.

(Adaptado de: REDE DE INFORMAÇÕES PARA A SAÚDE. Disponível em:


<www.ripsa.org.br/fichasIDB>. acesso em: 8 set. 2009.)
(O Malho. Revista 126. Rio de Ja-
neiro, 11 fev. 1905.)

3 / 19
Dentre os fatores geográficos que contribuem para ex- de validade aumentado, podendo ser transportadas para
plicar a distribuição dos casos de rubéola pelas grandes regiões distantes com precárias condições técnicas de ar-
regiões do país está a mazenagem.
a) dificuldade de acesso às áreas de maior concentra- O fenômeno físico da sublimação caracteriza-se pela
ção populacional, o que reduz a cobertura vacinal nas transição do estado
regiões com menor incidência da doença. a) sólido para o estado vapor.
b) diferença na densidade demográfica, na circulação de b) vapor para o estado líquido.
pessoas e na composição da rede urbana de cada re- c) sólido para o estado líquido.
gião. d) líquido para o estado sólido.
c) dispersão da população e as grandes distâncias entre e) líquido para o estado vapor.
os locais de vacinação e de residência da população 12
alvo nas regiões com maior incidência da doença. A utilização do soro imune é o tratamento utilizado con-
d) prioridade dada às regiões com maior percentual de tra a peçonha de cobras, aranhas, escorpiões e lacraias.
população rural nas campanhas de vacinação da trí- As peçonhas, utilizadas para produção do soro, são re-
plice viral. tiradas de glândulas localizadas em diferentes locais do
e) ausência, em determinadas regiões do país, de siste- corpo desses animais.
mas de transporte eficientes e capazes de viabilizar a Analise as afirmativas a seguir:
ampla distribuição das vacinas. I. As aranhas possuem essas glândulas associadas a
apêndices da região anterior do corpo denominados
10
quelíceras, com os quais inoculam a peçonha.
Analise as afirmativas a seguir:
II. Os escorpiões possuem essas glândulas associa-
I. As vacinas podem ser produzidas a partir de micro- das a uma estrutura localizada na extremidade pos-
organismos atenuados ou mortos, toxinas neutrali- terior do corpo denominada aguilhão, com a qual
zadas, ou simplesmente utilizando componentes de inoculam a peçonha.
cápsula, membrana ou parede bacterianas. III. As lacraias possuem essas glândulas associadas a
II. A vacina inativada é aquela em que o vírus apêndices do último segmento do tronco, modifica-
encontra-se vivo, porém, sem capacidade de pro- dos em uma estrutura injetora de peçonha, denomi-
duzir a doença, e a vacina atenuada é aquela que nados pedipalpos.
contém o vírus morto por agentes químicos ou físi- IV. As serpentes possuem um par dessas glândulas no
cos. maxilar superior sendo que, além de injetar a peço-
nha pela picada, algumas são capazes de expeli-la
III. Malária, tuberculose e tétano são doenças virais;
em jatos.
caxumba, dengue e sarampo são doenças bacte-
rianas, todas controladas por vacinação. Assinale a alternativa correta.
IV. A imunização é um processo pelo qual se adquire a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
imunidade ou proteção contra uma determinada do- b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
ença infecciosa, seja após adquirir a doença ou me- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
diante a administração de vacina. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
Assinale a alternativa correta. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
a) Somente as afirmativas I e III são corretas. 13
O processamento para a obtenção de vacinas inclui al-
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. gumas técnicas de separação como decantação, centri-
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. fugação e filtração, comuns na etapa de esterilização.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. Com relação às técnicas de separação, assinale a alter-
nativa correta.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
a) A filtração comum é realizada sob ação da gravidade.
11 b) Em uma mistura contendo íons amônio e íons sulfato,
A liofilização é uma técnica de secagem de materiais sob os íons são separados por decantação.
condições de baixas temperatura e pressão. Nessas con-
c) Em uma solução aquosa de açúcar, o açúcar dissol-
dições, a eliminação da água preserva a forma do mate-
vido na água é separado por centrifugação.
rial e suas estruturas termossensíveis. Ao longo do pro-
cesso, a temperatura e a pressão são ajustadas de tal d) A decantação, a centrifugação e a filtração utilizam
modo que a água seja retirada por sublimação. Dentre filtros para a separação.
os materiais secados por liofilização destacam-se alguns e) Em uma mistura de água e álcool etílico, estas subs-
tipos de vacinas que, uma vez liofilizadas, têm seu prazo tâncias são separadas por decantação.

4 / 19
14 Assinale a alternativa correta.
O tratamento de infecções bacterianas foi possível com a a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
descoberta dos antibióticos, substâncias estas capazes
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
de matar bactérias. Como exemplos de mecanismos de
ação dos antibióticos, podemos citar: c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Ação I: inibe a enzima responsável pelo desemparelha- d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
mento das fitas do DNA. e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
Ação II: inibe a ligação da RNA polimerase, DNA-
16
dependente.
Leia o texto a seguir:
Ação III: ao ligar-se a subunidade ribossomal inibe a liga-
ção do RNA transportador.
“Atenção fenilcetonúricos: contém
Quanto à interferência direta dessas ações nas células Fenilalanina”
bacterianas, é correto afirmar:
Por que a embalagem apresenta
a) Ação I inibe a duplicação do DNA, impedindo a multi-
essa informação?
plicação da célula.
b) Ação II inibe a tradução, interferindo na síntese de Resposta: A fenilcetonúria é uma doença relacionada a uma
DNA bacteriano. alteração genética, ocasionada pela deficiência da enzima fe-
nilalanina hidroxilase, necessária para converter fenilalanina
c) Ação III inibe a transcrição do RNA mensageiro.
em tirosina. Assim, uma outra enzima na célula converte fe-
d) Ações I e III inibem a síntese de ácidos nucleicos. nilalanina em ácido fenilpirúvico. O acúmulo de fenilalanina
e) Ações II e III inibem a síntese de proteínas bacteria- e ácido fenilpirúvico no sangue pode levar a graves danos
nas. cerebrais. Desta forma, as crianças com fenilcetonúria são
alimentadas com uma dieta pobre em fenilalanina.
15
As equações a seguir mostram as conversões citadas no
Uma dose inicial de um certo antibiótico é ingerida por um
texto.
paciente e, para que seja eficaz, é necessária uma con-
centração mínima. Considere que a concentração do me-
dicamento, durante as 12 primeiras horas, medida em mi-
ligramas por litro de sangue, seja dada pela função cujo
gráfico é apresentado a seguir:

Com base no texto e nas fórmulas, assinale a alternativa


correta.
a) O ácido fenilpirúvico possui atividade óptica, pois
apresenta carbono quiral.
b) A função cetona está presente na fenilalanina, na tiro-
sina e no ácido fenilpirúvico.
c) A massa molar da fenilalanina é maior que a massa
molar da tirosina.
d) O nome oficial da fenilalanina é ácido 2-amino-3-
fenilpropanoico.
Considere as afirmativas a seguir: e) A fenilalanina e o ácido fenilpirúvico são isômeros de
I. Se a concentração mínima for de 20 mg/l, então o função.
antibiótico deve ser ingerido novamente após 8 ho-
ras.
R A
II. A concentração de antibiótico no sangue cresce
mais rápido do que decresce. S C
III. A concentração máxima de antibiótico ocorre apro- U N
ximadamente 3 horas após a ingestão.
IV. O gráfico da função, durante essas 12 horas, repre-
H O
senta uma função bijetora.
5 / 19
As questões de 17 a 22 relacionam-se, de modo geral, III. Para Monet, pintar as ferrovias significava represen-
ao subtema invenção das locomotivas e das ferrovias. tar a atmosfera luminosa que as caracterizava.
Leia os textos IV e V, observe a figura 2 e responda às IV. Enquanto a arte acadêmica valorizava os grandes
questões de 17 a 22. temas históricos e mitológicos, os pintores impres-
sionistas adotavam fatos da vida cotidiana.
Texto IV
Assinale a alternativa correta.
É impossível não partilhar a sensação de excitação, auto- a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
confiança e orgulho que empolgava os que viveram a época
quando a estrada de ferro ligou pela primeira vez o Passo de b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Calais ao Mediterrâneo e quando os trilhos percorreram o ca- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
minho do Oeste norte-americano, o subcontinente indiano na d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
década de 1860 e o interior da América Latina na década de
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
1870. Como podemos negar a admiração por estas tropas de
choque da industrialização que construíram tudo isso e que 18
deixaram seus ossos ao longo de cada milha de trilhos? De acordo com o texto IV e os conhecimentos sobre o
(Adaptado de: HOBSBAWM, Eric J. A era do capital. 2 ed. Rio de Janeiro: tema, é correto afirmar que o trem tornou-se símbolo da
Paz e Terra, 1979, p. 74.) era industrial no século XIX, pois
a) caracterizou, além do início do desenvolvimento da in-
Texto V
dústria de base, a redução do tempo, provocando uma
Essa Maria Fumaça é devagar quase parada sensação de encurtamento das distâncias devido à
Ô seu foguista, bota fogo na fogueira velocidade das locomotivas.
Que essa chaleira tem que estar até sexta-feira b) foi a invenção que causou maior impacto na sociedade
Na estação de Pedro Osório, sim senhor ao propiciar a implantação de uma nova organização
Se esse trem não chega a tempo do trabalho fundada na produção em massa de bens
vou perder meu casamento de capital.
Atraca, atraca-lhe carvão nessa lareira
c) produziu uma nova sensação de liberdade ao propi-
Esse fogão é que acelera essa banheira...
ciar o fomento da indústria de bens de consumo não
(KLEITON e KLEDIR. Maria Fumaça. Disponível em:
duráveis, sendo assim promotor do desenvolvimento
<http://letras.terra.com.br>. Acesso em: 15 set. 2009.)
do capitalismo global.
d) produziu um sentimento geral de prosperidade devido
à quantidade de capitais que mobilizava, propiciando
o surgimento de grandes indústrias nos locais onde as
ferrovias eram implantadas.
e) promoveu uma revolução nas artes aplicadas, especi-
almente na pintura, com o surgimento do Impressio-
nismo, que se voltou para a representação da veloci-
dade.

19
A difusão e distribuição das ferrovias no Brasil, ao longo
do século XIX, obedeceram a propósitos específicos.
Assinale a alternativa que identifica corretamente um des-
ses propósitos.
Figura 2: MONET. Le train dans la neige. 1875. (Disponível em:
http://www.railart.co.uk/images/monet.jpg. Acesso: 22 maio 2009.) a) Consolidar a integração do mercado interno ao romper
o isolamento dos diversos mercados regionais.
17 b) Proporcionar crescente autonomia das atividades pro-
Com base na figura 2 e nos conhecimentos sobre o Im- dutivas primárias em relação ao mercado mundial.
pressionismo, considere as afirmativas a seguir:
c) Dissolver a forma de organização do espaço geográ-
I. Monet foi um artista que, embora utilizando a foto- fico nacional baseada nos arquipélagos econômicos
grafia, pouco proveito tirou da representação natu- regionais.
ralista. d) Internalizar capitais norte-americanos aplicados na
construção e administração das ferrovias
II. Na pintura impressionista o tema deve ser coerente
e completo sob o ponto de vista da unidade compo- e) Incrementar os fluxos econômicos entre áreas produ-
sitiva. toras de bens primários e portos exportadores.

6 / 19
20 I. A reação de decomposição do monóxido de carbono
As linhas férreas são construídas pela junção de segmen- em seus constituintes mais estáveis é um processo
tos de trilhos, longos e de pequena área transversal, pos- que absorve energia.
tos em sequência, com um pequeno espaço entre eles. II. Nas equações (1), (2) e (3) as energias dos reagen-
Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre ter- tes são menores que as energias dos produtos.
mologia, considere as afirmativas a seguir:
III. Cinco toneladas de carvão no forno da caldeira da
I. Em dias frios, o espaço entre os segmentos de tri- Maria Fumaça fornecem aproximadamente 1, 64 ×
lhos diminui. 108 kJ de energia ao se transformar em CO2 (g).
II. Quanto maior o tamanho inicial dos segmentos de IV. Os gases representados nas equações (1), (2) e (3)
trilhos, menor sua dilatação linear com a elevação apresentam estruturas lineares.
da temperatura.
III. Em dias quentes, a área da seção transversal do Assinale a alternativa correta.
segmento de trilho aumenta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
IV. Microscopicamente, a dilatação do segmento de tri- b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
lho deve-se à maior amplitude de vibração dos seus
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
átomos.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Assinale a alternativa correta.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
As questões de 23 a 30 relacionam-se, de modo geral, a
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. um ou mais dos subtemas imprensa, mapas, fotografia,
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. lentes e ótica.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

21 Leia o texto VI e responda às questões 23 e 24.


Em relação à letra da música (texto V) e aos conheci-
Texto VI
mentos sobre transformações físicas e químicas, é cor-
reto afirmar: Este mapa é de fundamental significação na história da car-
a) Na vaporização são rompidas ligações intermolecula- tografia. Ele ampliou a imagem contemporânea do mundo,
res, e na atomização são rompidas ligações intramo- proporcionando uma visão essencialmente nova deste. É co-
leculares. nhecido indubitavelmente a partir da sua publicação em 1507.
Nele o Novo Mundo recebe o nome de América pela primeira
b) A fogueira, a lareira e o fogão remetem a uma caldeira
vez.
para gerar vapor através da troca química entre com-
bustível e água.
c) A chaleira representa o dispositivo da Maria Fumaça
que irá transformar água líquida em vapor por pro-
cesso exotérmico.
d) O carvão na lareira sofre redução e libera os gases
metano e oxigênio.
e) A energia necessária para vaporizar 1 mol de água
líquida é igual à energia necessária para transformar
a mesma quantidade de água em átomos isolados.

22
No trem Maria Fumaça, as reações químicas que ocor-
rem dentro da caldeira estão descritas a seguir: (Adaptado de: WHITFIELD, P. The image of the world: 20 centuries of World
Maps. MARTIN WALDSEEMÜLLER, 1507. San Francisco: Pomegranate
1
C(s) + O2 (g) → CO (g) ∆H = −111, 0 kJ (1) Artbooks & British Library, 1994, p. 48-9. Tradução livre.)
2
1
CO(g) + O2 (g) → CO2 (g) ∆H = −283, 0 kJ (2) 23
2
O mapa de Waldseemüller produzido no início do século
C(s) + O2 (g) → CO2 (g) ∆H = −394, 0 kJ (3)
XVI é inovador, pois antecipa informações corretas
sobre a configuração e o posicionamento relativo de
Com base no texto V, nas equações químicas e sabendo
continentes e oceanos.
que a massa molar do carbono é 12 g/mol, analise as
afirmativas.
7 / 19
As informações corretas que o mapa de Waldseemüller Com base na charge, no enunciado e nos conhecimentos
antecipa são: sobre o tema, é correto afirmar:
a) O contorno da África e a passagem para o oceano a) Vinculados a interesses de classes e grupos, tanto jor-
Índico. nais de grande circulação nacional quanto a “imprensa
b) O contorno do Mediterrâneo e a ligação terrestre entre alternativa”, veiculam juízos de valor nas questões so-
Europa, África e Ásia. ciais centrais.
c) A existência da Austrália e sua posição em relação à b) A isenção na informação é a marca da grande mídia
Antártida. e, no caso brasileiro, contribui para isto a existência
d) A posição da península Indostânica e o contorno da da sociedade civil organizada e vigilante sobre o con-
África. teúdo da informação.
e) A existência do oceano Pacífico e sua localização en-
c) A mídia é produto do neoliberalismo e pauta-se no
tre América e Ásia.
pensamento único, isto é, apenas um mesmo referen-
24 cial ideológico é veiculado no processo de elaboração
De acordo com o texto VI, o mapa e os conhecimentos da informação.
sobre o tema, é correto afirmar que a cartografia do sé- d) Por depender basicamente da opinião pública para
culo XVI existir, a informação midiática é o instrumento capaz
a) abandonou a perspectiva medieval de representação, de garantir a democracia social no mundo moderno.
adotando modelos renascentistas devido à necessi-
e) Com a democratização do Brasil nas últimas décadas,
dade da incorporação da Ásia, descoberta por Co-
rádios comunitárias tornaram-se dispensáveis. Nelas
lombo e pelos navegadores que o sucederam.
a informação circula de modo limitado, sendo de inte-
b) constituiu outro tipo de narrativa da expansão marí-
resse apenas ao bairro no qual se encontram.
tima europeia, ao incorporar os relatos dos navegan-
tes nas representações pictográficas, expressando 26
uma nova consciência sobre o mundo. No final do século XX, com a disseminação da Internet, o
c) significou um aperfeiçoamento natural das formas an- acesso à informação passa a ser instantâneo. Com isso,
teriores de representação de mundo, como as ilumi- novas perspectivas se abrem para o debate político, so-
nuras, das quais descende, tendo se tornado possível bretudo para a atuação dos cidadãos na esfera pública.
graças à invenção da imprensa. Tendo presente a concepção de esfera pública nos escri-
d) descreveu os locais onde se estabeleceriam as colô- tos recentes de Habermas, analise as afirmativas a se-
nias, bem como os dados antropológicos, sociais e guir:
econômicos, antecipando a revolução científica do sé-
culo XIX. I. A esfera pública constitui um espaço no qual os
e) representou o ápice do desenvolvimento científico do problemas da sociedade são recebidos, discutidos
século XVI, na medida em que serviu de modelo para e problematizados, e o sistema político recepciona
o desenvolvimento tecnológico e artístico do Renasci- e sistematiza de forma especializada aqueles que
mento. considera mais importantes.
II. Pelo fato de estar vinculada à sociedade civil, a es-
25
fera pública exime-se de efetuar mediações envol-
A invenção da imprensa por Guttemberg favoreceu a po-
vendo o sistema político e o mundo da vida.
pularização dos conhecimentos expressos na nova car-
tografia, servindo de veículo de expressão das diversas III. Por funcionar como uma estrutura normativa, a es-
representações sobre a configuração do espaço geográ- fera pública efetiva-se como um sistema instituci-
fico. Essa invenção representou, também, o passo inicial onalizado que estabelece papéis e competências
para o desenvolvimento da mídia, que continua, ainda para a participação na sociedade.
hoje, a servir de espaço para a difusão da diversidade de IV. A esfera pública consiste numa rede que permite
interpretações a respeito dos fenômenos sociais. que certos temas, idéias e posicionamentos sejam
debatidos, tendo como referência o agir voltado para
o entendimento.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e III são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
(Adaptado de: www.zerofora.hpg.ig.com.br/images/charg_1.jpg)
8 / 19
Leia o texto VII e responda às questões 27 e 28. I. As fotografias revelam duas paisagens distintas:
uma natural e outra socialmente produzida.
Texto VII
II. As fotografias registram a simultaneidade de dife-
A paisagem não é dada para todo o sempre, é objeto de mu- rentes temporalidades e técnicas resultantes de su-
dança. É o resultado de adições e subtrações sucessivas. É cessivas modernizações.
uma espécie de marca da história do trabalho, das técnicas. III. O caráter estático e momentâneo das fotografias re-
(SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado. São Paulo: Hucitec, 1997, alça a fixidez que caracteriza as paisagens artifici-
p. 68.) ais.
IV. A invenção da fotografia contribuiu para a captura
27 e análise das adições e subtrações na paisagem,
Considerando o impacto da descoberta da fotografia (sé- vinculadas à dinâmica do trabalho social.
culo XIX) nas Artes Plásticas, é correto afirmar que
a) a invenção da fotografia possibilitou maior liberdade à Assinale a alternativa correta.
pintura, pois esta não precisava mais ser descritiva. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) a fotografia passou a ser a principal ferramenta de cri- b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
ação dos artistas do século XIX. c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) os efeitos óticos produzidos pela fotografia foram imi- d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
tados na pintura impressionista por diversos artistas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
d) as fotografias dessa época serviam aos impressionis-
tas por traduzirem a quietude da natureza. 29
A partir da descoberta das lentes, tornou-se possível cor-
e) a fotografia permitiu aos impressionistas representar
rigir deficiências de visão decorrentes da incapacidade do
as emoções humanas de forma minuciosa.
olho de focalizar as imagens sobre a retina.
28 Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre o
Observe as figuras a seguir: tema, considere as afirmativas a seguir:

I. Pessoas com hipermetropia têm globos oculares


mais longos que o normal, o que impede a focaliza-
ção correta de objetos mais próximos. Neste caso,
os raios de luz convergem antes da retina.
II. Em casos de presbiopia, as imagens são formadas
depois da retina, fazendo com que a pessoa afaste
os objetos para vê-los melhor. Este problema é cor-
rigido com lentes convergentes.
Figura 3: STENDERS, C. Lamaçal: Av. Paraná, III. Nos últimos anos, houve significativa diminuição da
Londrina, PR, 1938. Museu Histórico de Londrina. espessura das lentes, para um mesmo grau de dis-
túrbio de visão, devido à descoberta de novos ma-
teriais com alta transparência e alto índice de refra-
ção.
IV. O problema de astigmatismo, corrigido com lentes
esferocilíndricas, é uma deficiência causada pela
assimetria na curvatura da córnea, que ocasiona a
projeção de imagens sem nitidez na retina.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
Figura 4: Av. Paraná, Londrina, PR, década de 1970.
Museu Histórico de Londrina. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Com base nas figuras 3 e 4, no texto VII e nos conheci-


mentos sobre paisagem, considere as afirmativas a se-
guir:
9 / 19
30 Quanto às estruturas anteriormente relacionadas, é cor-
O cloreto de prata e o cloreto de cobre I são sais pre- reto afirmar:
sentes na composição do vidro das lentes fotossensíveis. a) A imagem 1 é de uma organela onde as substâncias
Quando a luz incide sobre essas lentes, ocorre uma re- obtidas do ambiente externo são processadas, forne-
ação química de transferência de elétrons entre os íons cendo energia para o metabolismo celular.
cloreto e os íons prata formando a prata metálica, que b) A imagem 2 é de uma organela na qual a energia da
é a espécie química responsável pelo escurecimento da luz é convertida na energia química presente em liga-
lente. Os íons cobre I, também por reação de transferên- ções entre átomos, produzindo açúcares.
cia de elétrons, recuperam os íons cloretos consumidos c) A imagem 3 é de uma organela que concentra, empa-
na reação de escurecimento da lente. Quando a lente é cota e seleciona as proteínas antes de enviá-las para
retirada da exposição da luz, ela se torna clara, pois os suas destinações celulares ou extracelulares.
íons cobre II, formados na recuperação dos íons cloreto, d) A imagem 4 é de uma organela na qual a energia quí-
reagem com a prata metálica formada no escurecimento mica potencial de moléculas combustíveis é conver-
da lente. tida em uma forma de energia passível de uso pela
Com base no enunciado, assinale a alternativa correta. célula.
a) A reação que representa o escurecimento da lente é: e) A imagem 5 é de uma organela que produz diversos
2Ag + + 2Cl− − luz 0 tipos de enzimas capazes de digerir grande variedade
−→ 2Ag + Cl2 de substâncias orgânicas.
b) Na reação de recuperação do íon cloreto, o íon cobre
I sofre redução com o ganho de um elétron. Leia o texto VIII e responda às questões 32 e 33.
c) A recuperação dos íons cloreto é representada pela
equação: Cu2+ + Cl2 → Cu+ + 2Cl− Texto VIII

d) Na etapa de clareamento da lente, a prata metálica A invenção da perspectiva matemática, ou “perspectiva


provoca a oxidação do cobre II. exata”, em que todos os pontos do espaço retratado obede-
cem a uma norma única de projeção, a técnica do “olho fixo”,
e) O íon prata e o íon cobre I apresentam o mesmo nú- possibilita observar o espaço como que através de um instru-
mero de elétrons. mento ótico e define as proporções dos objetos e do espaço
As questões de 31 a 41 relacionam-se, de modo geral, a entre eles em relação a esse foco visual.
um ou mais dos subtemas ciência e método. (Adaptado de: SEVCENKO, N. O Renascimento. São Paulo: Atual; Campi-
nas: Unicamp, 1985. p. 30.)
31
Na década de 1950, a pesquisa biológica começou a em- 32
pregar os microscópios eletrônicos, que possibilitaram o Com base no texto VIII e nos conhecimentos sobre a
estudo detalhado da estrutura interna das células. perspectiva matemática, assinale a alternativa correta.
Observe, na figura a seguir, a ilustração de uma célula a) A utilização da perspectiva linear permite maior liber-
vegetal e algumas imagens em micrografia eletrônica. dade de criação em relação à dinâmica da vida repre-
sentada na obra.
b) Na perspectiva renascentista, quanto maior a distân-
cia dos objetos da linha do horizonte, menor eles figu-
ram no quadro.
c) O artista renascentista cria imagens em movimento
para descrever a realidade em um único plano com-
positivo.
d) As racionalizações do espaço e das figuras pintadas
demonstram o controle matemático do artista na cria-
ção da obra renascentista.
e) O artista renascentista afasta-se dos ideais clássicos
da antiguidade por não considerá-los aptos a repre-
sentar fielmente a natureza.

R A
S C
U N
(Adaptado de: SADAVA, D. et all. Vida: A ciência da biologia. V. 1. 8 ed.
H O
Porto Alegre: Artmed. 2009. p. 77.)

10 / 19
33 d) A verificação metodológica da verdade das leis ci-
Observe as figuras a seguir: entíficas pelos experimentos aleatórios defendida por
Galileu fundamenta-se na concepção finalista do Uni-
verso.
e) O método galileano reafirma o princípio de autoridade
das interpretações teológico-bíblicas na definição do
método para alcançar a verdade física.

Leia o texto IX a seguir e responda às questões 35 e 36.


Texto IX
Figura 5: Ponto de fuga Dois são os lugares do planeta no firmamento, o aparente e o
(Disponível em: http://www.amopintar.com/perspectiva-com- verdadeiro. O aparente é determinado pela linha reta traçada
um-ponto-de-fuga. Acesso em: 20 ago. 2009.) do olho do observador pelo centro do planeta observado e o
Considere que você esteja assistindo a um filme no qual verdadeiro é aquele marcado pela linha reta lançada do cen-
um caminhão percorre uma estrada, como a da foto, em tro da terra pelo centro do planeta observado. A paralaxe não
direção ao ponto de fuga. Sabe-se que a traseira desse é outra coisa que aquele espaço no céu (ângulo α) que está
caminhão mede 2 m de largura. Fazendo uma análise compreendido entre as duas linhas, a do lugar aparente e a
quadro a quadro do filme, chega-se às seguintes conclu- do lugar verdadeiro.
sões: (Adaptado de: Carta de Galileu Galilei a Francisco Ingoli. São Paulo: Scien-
– uma boa aproximação para o ângulo formado pelas tiae Studio. v. 3, n. 3, p. 481-482. 2005.)
linhas que partem dos extremos superiores da tra- 35
seira do caminhão até o ponto de fuga (ângulo α na O texto IX refere-se à intenção de Galileu de provar que o
figura 5) é de 5, 2o . Sol estava no centro do universo. Por meio desse texto,
– após 1 segundo de movimento, o tamanho aparente Galileu explica a Francisco Ingoli o que é a paralaxe.
da traseira do caminhão reduziu-se à metade. Observe a figura a seguir:
Sabendo que tg(2, 6o ) ≈ 0, 045, a velocidade média do
caminhão nesse intervalo de tempo é de aproximada-
mente
a) 12 km/h
b) 25 km/h
c) 40 km/h
d) 59 km/h
e) 80 km/h
34
A ONU declarou 2009 o Ano Internacional da Astronomia
pelos 400 anos do uso do telescópio nas investigações
astronômicas por Galileu Galilei. Essas investigações de- Com base no texto IX e na figura, analise as afirmativas
sencadearam descobertas e, por sua vez, uma nova ma- a seguir:
neira de compreender os fenômenos naturais. Além de
suas descobertas, Galileu também contribuiu para a pos- I. Para um observador em P, a paralaxe da Lua é
teridade ao desenvolver o método experimental e a con- maior que a paralaxe de Júpiter.
II. Quanto mais próximo estiver um observador do lu-
cepção de uma nova ciência física.
gar verdadeiro, maior a paralaxe do planeta obser-
Com base nas contribuições metodológicas de Galileu
vado.
Galilei, é correto afirmar:
III. A paralaxe do Sol é menor para um observador em
a) A experiência espontânea e imediata da percepção
Q do que para um observador em P.
dos sentidos desempenha, a partir de Galileu, um pa- IV. Para um observador em P, quanto maior o afasta-
pel metodológico preponderante na nova ciência. mento de um planeta em relação à Terra, menor
b) A observação, a experimentação e a explicação dos será sua paralaxe.
fenômenos físicos da natureza desenvolvidos por Ga-
Assinale a alternativa correta.
lileu aprimoram o método lógico-dedutivo da filosofia
aristotélica. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
c) A observação controlada dos fenômenos na forma de b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
experimentação, segundo o método galileano, con- c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
siste em interrogar metodicamente a natureza na lin- d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
guagem matemática. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

11 / 19
36 38
A distinção entre “aparente” e “verdadeiro” no texto de Isaac Newton acreditava que a luz era composta por
Galileu Galilei (texto IX) é retomada, com outra conota- partículas, enquanto seu contemporâneo Christiaan Huy-
ção, nas primeiras teorias sociológicas, como por exem- gens acreditava que a luz era uma onda. Essa controvér-
plo, em Karl Marx (1818-1883) quando formula uma de- sia ressurgiu no início do século XX, quando concluiu-se
finição própria de ideologia. Para este, tal noção supõe que a luz não se tratava exclusivamente de um corpús-
que na sociedade burguesa a realidade dos fatos sociais culo, tampouco de uma onda, mas ambas as caracterís-
contém a forma fenomênica (aparente) e a forma oculta ticas poderiam ser a ela atribuídas.
(verdadeira/essência), sendo a ideologia expressão da Com base nos conhecimentos sobre a natureza da luz e
primeira. seu comportamento, considere as afirmativas:
Analise as afirmativas a seguir, identificando aquelas que, I. As lâmpadas fluorescentes emitem fótons de luz
na perspectiva de Marx, constituem exemplos de repre- branca de mesma frequência.
sentação ideológica da realidade. II. A luz, ao impressionar uma chapa fotográfica,
I. Os Estados nacionais continuam a ser o espaço no transfere-lhe energia, revelando seu aspecto cor-
qual os interesses de classe se manifestam e bus- puscular.
cam sua representação. Mesmo com a globalização III. As várias cores do espectro visível são resultantes
das economias eles se mantêm, em última instân- de fótons de diferentes energias.
cia, como os Estados da classe dominante. IV. A luz difrata ao atravessar uma fenda, revelando seu
II. No Brasil, o conflito social se constituiu com a che- aspecto ondulatório.
gada ao território nacional dos imigrantes europeus, Assinale a alternativa correta.
sobretudo anarquistas, a partir do século XIX. Até
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
então, a população brasileira era pacífica e ordeira,
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
mesmo quando sofredora.
III. Na produção capitalista o salário não representa c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
uma troca igual entre capitalista e trabalhador, já d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
que o valor recebido pelo último equivale a um mon- e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
tante inferior àquele que ele produz na sua jornada
39
de trabalho.
Leia o texto a seguir:
IV. Nem todos são feitos para refletir, é preciso que haja
sempre aqueles voltados ao exercício e à cultura Ao empreender a análise da estrutura e dos limites do
do pensamento e, inversamente, aqueles voltados conhecimento, Kant tomou a física e a mecânica celeste
à ação, ao trabalho manual. elaboradas por Newton como sendo a própria ciência.
Entretanto, era preciso salvá-la do ceticismo de Hume
Assinale a alternativa correta. quanto à impossibilidade de fundamentar as inferências
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. indutivas e de alcançar um conhecimento necessário da
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. natureza.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. Com base no pensamento de David Hume acerca do en-
d) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. tendimento humano, é correto afirmar:
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. a) Dentre os objetos da razão humana, as relações de
37 ideias se originam das impressões associadas aos
Observe a charge a seguir: conceitos inatos dos quais obtém-se dedutivamente o
entendimento dos fatos.
b) As conclusões acerca dos fatos obtidas pelo sujeito do
conhecimento realizam-se sem auxílio da experiência,
recorrendo apenas aos raciocínios abstratos a priori.
c) O postulado que afirma a inexistência de conheci-
mento para além daquele que possa vir a resultar do
hábito funda-se na ideia metafísica de relação causal
(Adaptado de: Folha de São Paulo. 10 maio 2009. Folha Ilustrada, p. E7.) como conexão necessária entre os fatos.
A charge remete à ausência de um procedimento neces- d) O sujeito do conhecimento opera associações de suas
sário na concepção de método de conhecimento cientí- percepções, sensações e impressões semelhantes ou
fico fundamental na corrente empirista, que é sucessivas recebidas pelos órgãos dos sentidos e re-
a) o recurso à dedução lógica. tidas na memória.
b) a formulação de uma hipótese. e) Pelo raciocínio o sujeito é induzido a inferir as rela-
c) o uso da intuição. ções de causa e efeito entre percepções e impres-
d) a prática da generalização. sões acerca da regularidade de fenômenos semelhan-
e) a verificação de evidências fatuais. tes que se repetem na sucessão do tempo.

12 / 19
Observe a figura 6 a seguir e responda às questões 41
40 e 41. No quadro de Judith Lauand (figura 6), seja A a área do
hexágono e A′ a soma das áreas dos quadriláteros. A
figura a seguir ilustra a relação de cada um desses qua-
driláteros (de cor cinza) com parte do hexágono, sendo ℓ
o lado de cada um dos triângulos que compõem o hexá-
gono.
Assinale a alternativa correta.
1
a) A′ = A
4
2
b) A′ = A
4
3
c) A′ = A
4
Figura 6: (Adaptado de: Lauand, J. Espaço virtual. Pontal, SP. Brasil, 1
1992. d) A = A′
4
Têmpera s/ tela, (45, 0 × 45, 0) cm. Aquisição MAC USP.)
3 ′
e) A= A
40 4
A partir dos conhecimentos sobre o Concretismo e obser-
vando a obra “Espaço virtual”, de Judith Lauand, consi-
dere as afirmativas: As questões de 42 a 52 relacionam-se, de modo geral,
a um ou mais dos subtemas energia nuclear e mundo
I. Para o Concretismo, era importante a ideia de in- moderno.
teração do público com a obra de arte, tendo Hélio
Oiticica como seu principal artista. Leia os textos X e XI, observe a charge e responda às
questões de 42 a 46:
II. Na arte concreta, percebe-se a utilização de forma
autônoma das cores, do espaço, da luz e da mate- Texto X
mática na sua criação. Em 1938, O. Hahn e F. Strassmann, ao detectarem bário
III. A partir da 1ª Bienal de São Paulo, ampliou-se no numa amostra de urânio 238 bombardeada com nêutrons,
Brasil o desenvolvimento da ideia de uma arte con- descobriram a fissão nuclear induzida por nêutrons. A coli-
cretista baseada nas formas geométricas simples. são de um nêutron com um núcleo de um isótopo, como o
235
U , com sua consequente absorção, inicia uma violenta vi-
IV. A obra concretista em essência é o naturalismo ree-
bração, e o núcleo é impelido a se dividir, fissionar. Com a
laborado, uma nova forma de representação do real.
fissão cada núcleo de 235 U produz dois ou mais nêutrons,
Assinale a alternativa correta. propiciando uma reação em cadeia.
(Adaptado de: OHANIAN, H. C. Modern physic. New York: Prentice Hall inc.
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
1995, 2 ed. p. 386.)
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
Texto XI
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
A reação em cadeia explosiva do 235 U deu um banho de radi-
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
ação mortífera no centro da cidade: Cerca de dez quilômetros
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. quadrados de Hiroshima ficaram torrados. Noventa por cento
dos prédios da cidade foram destruídos.
R Os médicos que ainda estavam vivos não tinham ideia do tipo

A de arma que havia sido empregada. Mesmo quando se anun-


ciou que uma bomba atômica fora lançada, eles não tinham
S noção do mal que ela pode fazer ao corpo humano nem dos

C seus sintomas posteriores. Era uma revolução na ciência e


na guerra.
U (Adaptado de: SMITH, P. D. Os homens do fim do mundo. São Paulo: Com-

N panhia das Letras, 2008. p. 359-360.)

H
O
13 / 19
GUERRA NUCLEAR NO VIETNÃ

Washington (FP) – O Comando Aéreo Estratégico


dos EUA ameaçou arrasar o Vietnã do Norte usando
inclusive artefatos atômicos, caso Hanói recuse a
paz.

Continuando essa reação em cadeia, o número de nú-


cleos de 235 U que serão fissionados no estágio 20 é
320 − 1
a)
2
b) 320
320 − 1
c) 3
2
320 + 1
d)
2
e) 10(320 + 1)

44
Considere as afirmativas a seguir:
Figura 7: (HENFIL. Hiroshima meu humor. 4 ed. São Paulo: Geração,
2002, p. 19.) I. Um dos principais fatores que provocou a transfor-
mação na arquitetura do poder no mundo, pós 1945,
42 foi a invenção e utilização da bomba atômica.
Com base na charge e nos conhecimentos sobre a geo- II. A descoberta da fusão do isótopo 235 U tornou ob-
política no contexto da ordem mundial bipolar, assinale a soleto e inútil o emprego das Forças Armadas con-
alternativa correta. vencionais nas guerras posteriores a 1945.
a) A geopolítica mundial, inerente à Guerra Fria, III. A energia liberada a partir da fusão nuclear foi em-
caracterizou-se pela desmilitarização das relações in- pregada como fonte de abastecimento das novas in-
ternacionais, em face da ameaça de extermínio nu- dústrias surgidas no pós II Guerra.
clear. IV. A fissão do isótopo de 235 U , a partir de uma reação
b) A ameaça norte-americana de empregar artefatos nu- em cadeia liberando uma energia sem precedentes
cleares na Guerra do Vietnã restringiu o avanço do na história, é uma narrativa, em termos da Física, do
bloco socialista ao Leste Europeu. evento ocorrido em Hiroshima em agosto de 1945.

c) A adoção de um modelo político pluripartidário pelo Assinale a alternativa correta.


Vietnã do Norte resultou da influência chinesa e do a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
apoio militar baseado em seu arsenal nuclear. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
d) A troca do domínio colonial japonês sobre o Vietnã c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
pela hegemonia chinesa amenizou a disputa nuclear d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
entre o bloco socialista e os EUA no Sudeste Asiático.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
e) A eclosão de diversas guerras regionais no período da
Guerra Fria, a exemplo da Guerra do Vietnã, substituiu
R
o confronto bélico direto entre as superpotências.
A
43 S
Sobre a reação em cadeia citada no texto X, considere
C
que a cada processo de fissão de um núcleo de 235 U
sejam liberados três nêutrons. Na figura a seguir está U
esquematizado o processo de fissão, no qual um nêutron N
N0 fissiona um núcleo de 235 U , no estágio zero, liberando H
três nêutrons N1 . Estes, por sua vez, fissionarão outros
três núcleos de 235 U no estágio um, e assim por diante. O
14 / 19
45 à Universidade de Frankfurt.
Assinale a alternativa que apresenta uma das principais Tendo como referência a obra de Adorno e Horkheimer,
razões alegadas por Harry Truman, presidente dos EUA, é correto afirmar:
para justificar o uso da bomba atômica contra as cidades a) Por serem herdeiros do pensamento hegeliano, os au-
de Hiroshima e Nagazaki em agosto de 1945. tores entendem que a superação do modelo de racio-
a) Apesar das vitórias dos EUA no Pacífico, os japone- nalidade inerente aos conflitos do século XX depende
ses apresentaram notável resistência devido ao em- do justo equilíbrio entre uso público e uso privado da
prego de kamikazes, gerando a perspectiva de pro- razão.
longamento da guerra. b) A despeito da Segunda Guerra, a finalidade do ilumi-
b) A base industrial do Japão não fora destruída pelos nismo de libertar os homens do medo, da magia e do
bombardeios convencionais, permitindo ao país a con- mito e torná-los senhores autônomos e livres mediante
tinuidade da produção de armamentos em pé de igual- o uso da ciência e da técnica, foi atingido.
dade com os aliados. c) Os autores propõem como alternativa às catástrofes
c) A despeito das vitórias sobre os alemães na Europa, da primeira metade do século XX um novo entendi-
os exércitos dos EUA e da URSS não tinham condi- mento da noção de progresso tendo como referência
ções de promover uma invasão no Japão devido ao o conceito de racionalidade comunicativa.
seu caráter insular.
d) Como demonstra a análise feita pelos autores no texto
d) A resposta negativa do Japão aos EUA e à Inglaterra, “O autor como produtor”, o ideal de progresso conso-
que buscavam negociar o fim da guerra e evitar o cres- lidado ao longo da modernidade foi rompido com as
cimento da ofensiva nipônica. guerras do século XX.
e) Para garantir a supremacia dos interesses liberais e
e) Em obras como a Dialética do Esclarecimento, os au-
capitalistas no pós-guerra, era necessário impedir a
tores questionam a compreensão da noção de pro-
conquista do Japão pela URSS, evitando que o Pací-
gresso consolidada ao longo da trajetória da razão por
fico ficasse sob a influência soviética.
estar vinculada a um modelo de racionalidade de cu-
46 nho instrumental.
Segundo as unidades convencionais usadas na Física
48
Nuclear, a energia liberada na bomba lançada sobre a
O desenvolvimento industrial posterior à II Guerra Mun-
cidade de Hiroshima foi de 15 kton.
dial, a ameaça nuclear no período da Guerra Fria e
Sabendo que 1 kton corresponde a 1012 calorias e con-
o crescimento dos problemas ambientais explicam, em
siderando que toda a energia liberada pela bomba seja
parte, o destaque alcançado pelo movimento ecologista,
usada para aquecer a água do Lago Igapó I de Londrina,
o qual se insere em mobilizações identificadas pelo pen-
cujo volume é, aproximadamente, 5 × 108 litros, e que
samento sociológico sob a terminologia geral de “novos
a temperatura inicial é de 25 o C , a temperatura final da
movimentos sociais”.
água do lago será de
Sobre os novos movimentos sociais, é correto afirmar:
Dado: Calor específico da água: 1 cal/g o C

a) 30 o C I. Constituem suas demandas em oposição à lógica


dos aparelhos de dominação, priorizando, em parti-
b) 45 o C
cular, as lutas centrais coletivas.
c) 55 o C
d) 65 o C II. Lutam, basicamente, pela conquista de direitos, isto
é, avanços institucionais capazes de aportar mu-
e) 95 o C
danças relevantes na sociedade.
47
III. Substituíram o movimento operário, que perdeu sua
Leia o texto a seguir:
importância histórica diante da redução numérica
A ideia de progresso manifesta-se inicialmente, à época do mundial da classe trabalhadora.
Renascimento, como consciência de ruptura. [...] No século IV. Têm como elemento típico a sua subordinação aos
XVIII tal ideia associa-se à consciência do caráter progressivo partidos políticos e sindicatos, visando controlar o
da civilização, e é assim que a encontramos em Voltaire. Tal aparelho de Estado.
como para Bacon, no início do século XVII, o progresso tam-
bém é uma espécie de objeto de fé para os iluministas. [...] A Assinale a alternativa correta.
certeza do progresso permite encarar o futuro com otimismo. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(Adaptado de: FALCON, F. J. C. Iluminismo. 2. ed. São Paulo: Ática, 1989, b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
p. 61-2.)
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Na primeira metade do século XX, a ideia de progresso
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
também se transformou em objeto de análise do grupo de
pesquisadores do Instituto de Pesquisa Social vinculado e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

15 / 19
49 a) A síntese de um período de desenvolvimento econô-
Leia o texto a seguir: mico sem precedentes na história nacional, pela pros-
Os burgueses consideravam o dadaísta um monstro dis- peridade ocasionada pelo deslocamento maciço de
soluto, um canalha revolucionário, um bárbaro asiático, populações empobrecidas do Nordeste para a nova
conspirando contra suas campanhas, suas contas ban- área de ocupação.
cárias, seu código de honra. b) A construção da primeira cidade planejada do Brasil,
(HANS, A. A garrafa umbilical. In: ADES, D. O Dada e o Surrealismo. época em que se inaugura a modernização do país
São Paulo: Labor do Brasil, s/d. p. 3.) propiciando também a remodelação de portos, cons-
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o Da- trução de ferrovias, aeroportos e indústrias de base.
daísmo, é correto afirmar que os dadaístas c) Uma época na qual o país buscou superar de forma
a) apoiavam a sociedade capitalista e sua moral bur- rápida o atraso econômico da sociedade agroexporta-
guesa, e não as responsabilizavam pelos horrores da dora e adentrar no mundo urbano industrial, vivendo,
guerra. no entanto, uma série de contradições sociais geradas
b) voltavam-se para a produção de uma arte absurda, pela concentração de renda.
pois, na forma de provocações, manifestavam seu d) O coroamento do esforço governamental, iniciado na
apoio e contentamento com a guerra. Primeira República, que procurava estimular a ocupa-
c) consideravam que construir uma arte educativa e es- ção territorial, promovendo a reforma agrária, o de-
piritualista era uma forma de se contrapor ao materia- senvolvimento industrial descentralizado e a moderni-
lismo e ao cientificismo do mundo moderno. zação do país.
d) criticavam a arte ilógica, absurda, valorizando a racio-
e) A reformulação do movimento conhecido como “Mar-
nalidade na criação artística.
e) pregavam o fim da arte tradicional, pois entendiam que cha para o Oeste”, que procurou transformar áreas
esta expressava os valores estéticos e ideológicos de despovoadas do Brasil em polos de desenvolvimento
quem detinha o poder. industrial, política consolidada na Era Vargas.
51
Leia os textos XII e XIII e responda às questões 50 e 51.
Considerando o texto XII e os conhecimentos sobre mi-
Texto XII grações internas e urbanização, analise as afirmativas a
Os cinco anos do governo Juscelino são lembrados como seguir:
um período de otimismo associado a grandes realizações,
cujo maior exemplo é a construção de Brasília. [...] A ideia I. Na década de 1960, a migração de milhares de nor-
não era nova, pois a primeira Constituição Republicana, de destinos para o planalto central foi estimulada pela
1891, atribuía ao Congresso a competência de “mudar a ca- construção de Brasília e viabilizada pela tecnifica-
pital da União”. Coube porém a Juscelino levar o projeto à ção do território mediante a ampliação das redes ro-
prática, com enorme entusiasmo, mobilizando recursos e mão doviárias.
de obra constituída principalmente por migrantes nordestinos II. Em Brasília, desde a sua fundação, a distribuição
– os chamados “candangos”. da população foi marcada pela segregação espacial
(Adaptado de: FAUSTO, B. História do Brasil. 8 ed. São Paulo: EDUSP/FDE, expressa nas desigualdades sociais e nas diferen-
2000, p. 425-430.) ças de acesso a equipamentos urbanos entre ocu-
pantes do plano piloto e das cidades satélites.
Texto XIII
[...] Eu inauguro o monumento III. Produtos do planejamento urbano modernista, as ci-
No Planalto Central do País [...] dades satélites de Brasília caracterizam-se pela har-
O monumento é de papel crepom e prata monização físico-territorial entre zoneamento funci-
Os olhos verdes da mulata onal, traçado viário e topografia.
A cabeleira esconde atrás da verde mata IV. A construção de Brasília, marco do planejamento
O luar do sertão [...] territorial no Brasil, representou uma efetiva ampli-
O monumento não tem porta ação das áreas modernizadas do território com a
A entrada é uma rua antiga, interiorização do processo de urbanização e a re-
Estreita e torta distribuição dos fluxos econômicos e demográficos.
E no joelho uma criança sorridente,
Feia e morta, Assinale a alternativa correta.
Estende a mão [...] a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(VELOSO, C. Tropicália. Álbum Tropicália. Ed. Polygram, 1967.) b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
50 c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Considerando os textos XII e XIII e os conhecimentos so- d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
bre o tema, é correto afirmar que a construção de Brasília
representou: e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

16 / 19
52 b) O metal lítio reage com a água formando íons H + (aq).
Com base nos conhecimentos sobre a política de desen- c) O metal lítio apresenta uma alta reatividade em água.
volvimento do regime militar, considere as afirmativas a d) O átomo de lítio apresenta um próton a mais que o íon
seguir: lítio.
I. No período conhecido como “milagre brasileiro”, e) O átomo de lítio apresenta um nível energético preen-
o país passou por um acelerado desenvolvimento chido a menos que o íon lítio.
econômico caracterizado pela elevação contínua do 54
PIB, expansão do setor industrial e aumento da con- Observe a figura a seguir:
centração populacional nas cidades.
II. Nesse período, o governo buscou ampliar seu con-
trole sobre a economia, investindo em setores consi-
derados estratégicos, a exemplo da energia elétrica,
pelo acordo assinado com o Paraguai, em 1973,
para a construção da Usina de Itaipu.
III. Entre os pontos problemáticos relacionados ao ace-
lerado desenvolvimento econômico do período es-
tão: a dependência do sistema financeiro e do co-
mércio internacionais, o aumento na importação de
petróleo e da concentração de renda. CORDEIRO, W. A-Brasão, 1964. Objeto/assemblage, painel de madeira, tampa de radi

IV. Para combater o surto inflacionário e aumentar as ador, cestos de ovos de arame, escumadeira, 84 × 84 × 44 cm. In PECCININI, D.

reservas cambiais, o governo adotou, a partir de Figurações: Brasil anos 60. São Paulo: Edusp, 1999, p. 52.

1980, uma política de privatizações de empresas A partir da reprodução da obra “A-Brasão”, de Waldemar
estatais de grande porte, entre elas as companhias Cordeiro, e dos conhecimentos sobre a Nova Figuração
Siderúrgica Nacional e Vale do Rio Doce. brasileira, considere as afirmativas a seguir:
Assinale a alternativa correta. I. Os fragmentos de objetos presentes nessa obra,
a) Somente as afirmativas I e III são corretas. construída com aproveitamento de refugos industri-
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. ais, denota aspectos de uma sociedade arruinada,
corroída e decadente.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
II. A Nova Figuração trazia a denúncia da alienação do
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. indivíduo na sociedade de consumo pelos meios de
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. comunicação de massa.
III. Fazendo uso de montagem a partir de fragmentos
As questões de 53 a 60 relacionam-se, de modo geral,
de objetos industriais, a obra de arte transformava-
a um ou mais dos subtemas telefone celular e lixo ele-
se em mensagem construtiva.
trônico.
IV. A semantização da arte era sinal de uma adesão ao
53 valor estético da obra em detrimento de seu valor
Leia o texto a seguir: informativo, caracterizando um entendimento deter-
[...] Baby, bye bye minado pelo artista.
Abraços na mãe e no pai
Eu acho que vou desligar Assinale a alternativa correta.
As fichas já vão terminar [...] a) Somente as afirmativas I e III são corretas.
MENESCAL R.; HOLANDA, F. B. Bye, Bye, Brasil, 1980.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Disponível em <http://letras.terra.com.br/chico-buarque/45118/>
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
No trecho da letra da música Bye, Bye, Brasil, percebe-se
a utilização de telefone público e não de celular. Nessa d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
época, as baterias celulares não eram alvo de ambienta- e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
listas, pois os primeiros celulares chegaram ao Brasil nos
anos 1990. De lá para cá, várias baterias de celulares
foram desenvolvidas, incluindo as de íon lítio, cuja vanta- R A
gem é o baixo peso. S C
Dados: Li (Z = 3)
U N
Com relação a este elemento químico, é correto afirmar:
a) O metal lítio é encontrado na natureza na forma ele-
H O
mentar.
17 / 19
55 56
Analise o mapa a seguir: Um indivíduo em Londrina telefona para um amigo em
São Paulo utilizando um celular. Considere que entre
Londrina e São Paulo há antenas retransmissoras nas
posições indicadas por pequenos círculos na figura a se-
guir:

(Adaptado. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/folha/ Dois sinais que percorrem os diferentes caminhos (cinza
informatica/utl124u500301.shtml>. Acesso em: 24 abr. 2009.) claro e cinza escuro) indicados pelas setas chegarão ao
Com base no mapa e nos conhecimentos sobre regiona- celular receptor (São Paulo) defasados no tempo.
lização mundial, analise as afirmativas a seguir: Sabendo-se que a velocidade de propagação do si-
nal é da ordem da velocidade da luz, ou seja,
I. A distribuição das rotas conhecidas de lixo eletrô-
v ≈ 3 × 105 km/s, a defasagem dos sinais é
nico indica que América do Sul e África são os
destinos preferenciais do lixo eletrônico gerado pela
a) 8
30 × 10
−5
s
Tríade.
b) 2
3 × 10
−5
s
II. A velocidade do consumo e do descarte de apa-
relhos eletrônicos tornam o acúmulo desse tipo de c) 8
30 × 10
−3
s
resíduo duplamente grave nos países do Terceiro d) 2 −3
3 × 10 s
Mundo.
e) 32
30 × 10−3
s
III. A distribuição das fontes e destinos do lixo eletrô-
nico reforça o caráter desigual das relações políticas 57
e econômicas entre a Tríade e os países do Sul. A figura a seguir representa uma área coberta pela radi-
IV. A localização dos destinos conhecidos do lixo ele- ação eletromagnética emitida por duas antenas.
trônico indica o risco de que grande parte da huma-
nidade sofra os efeitos nocivos desses resíduos.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

R Considerando que a radiação eletromagnética é uma

A onda e que, nesta questão, essa onda está representada


pelos semicírculos, cujas cristas são os traços cheios e
S os vales os traços pontilhados, assinale a alternativa cor-

C reta.

U a) No ponto 1 a amplitude resultante é mínima.


b) No ponto 2 a amplitude resultante é máxima.
N c) No ponto 3 a amplitude resultante é metade do que a
H do ponto 1.

O d) No ponto 4 a amplitude resultante é nula.


e) No ponto 2 a amplitude resultante é o dobro do que a
do ponto 3.

18 / 19
58 60
Leia o texto a seguir: Leia o texto a seguir:
A teledensidade é um índice que corresponde ao número de Celulares e carros são, hoje em dia, objetos de grande
celulares a cada 100 habitantes. A teledensidade do Brasil desejo de consumo. Ter um carro pode representar muita
registrou um crescimento de 22,82% de fevereiro de 2008 coisa, sucesso com as garotas, inveja dos vizinhos, gla-
para fevereiro deste ano. mour, requinte. O fato é que poucos podem comprar um
(IDG Now. Brasil tem mais de 152 milhões de celulares em fevereiro de carro, estando este objeto longe da realidade da maioria.
2009. 20 mar. 2009. Disponível em <http://idgnow.uol.com.br/telecom Celular, por sua vez, é uma mercadoria mais barata
/2009/03/20/brasil-tem-mais-de-152-milhoes-de-celulares-em-fevereiro-de- que começou com um apelo funcional: a mãe conseguir
2009/> Acesso em: 5 abr. 2009.) falar com os filhos, ligar para alguém de qualquer lugar,
uma ligação de emergência. Rapidamente ganhou
Sabendo-se que a teledensidade, em fevereiro de 2008,
funções “inúteis”, marcas, modelos e preços diferentes,
era de 65,09, é correto afirmar que, em fevereiro de 2009,
transformando-se num objeto de forte apelo, capaz de
o número de telefones celulares entre cada dez brasilei-
mostrar aos demais “quem você é”, diferenciar ricos
ros era de aproximadamente
de pobres, pessoas de “bom gosto” e pessoas “fora de
a) 5 moda”.
b) 6 (Adaptado de http://panoptico.wordpress.com/2007/04/20/celular.

c) 7 Os fenômenos sociais contidos no


Acesso em: 22 abr. 2009.)
texto referem-se exclusivamente a:
d) 8
I. Mobilidade social ascendente, que expressa a me-
e) 9 lhora da posição do indivíduo no sistema de estrati-
ficação social, decorrente da posse de mercadorias
59
tecnológicas.
A pilha alcalina é uma modificação da pilha comum.
Utilizam-se os mesmos eletrodos, porém a pasta eletrolí- II. Grupos de status referentes à hierarquização de
tica que contém cloreto de amônio (N H4 Cl) é substituída pessoas e grupos com base em “estilos de vida” es-
por uma solução aquosa de hidróxido de potássio con- peciais identificados pela posse de certos atributos
centrado (30% em massa). A grande maioria dos fabri- e bens peculiares que conferem prestígio, honra e
cantes de pilhas adiciona pequenas quantidades de sais distinção social a seus membros.
de mercúrio solúveis ao eletrólito da pilha. III. Reificação, que se refere à iniciativa do homem em
atribuir a coisas e objetos inertes características de
Dado: solubilidade de KOH = 119 g/100 g de água a 20 ºC
seres “animados” ou “humanizados”, portadores de
Com base no enunciado, assinale a alternativa que con- propriedades “mágicas”.
tém as palavras que completam corretamente os espaços
IV. Classes sociais, entendidas como aqueles agrupa-
sublinhados.
mentos de pessoas estratificadas de acordo com
A solução eletrolítica da pilha alcalina está a suas posições nas relações de produção (proprie-
20o C , portanto é . Uma solução aquosa de dade, controle e apropriação dos meios de produ-
cloreto de amônio possui . O sal de mercú- ção).
rio que é representado pela fórmula HgCl2 apresenta
. Assinale a alternativa correta.
a) insaturada; bifásica; pH > 7; três átomos a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
b) insaturada; monofásica; pH < 7; dois elementos quí- b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
micos c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
c) saturada; monofásica; pH < 7; dois átomos d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
d) saturada; bifásica; pH > 7; dois elementos químicos e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) insaturada; monofásica; pH < 7; três elementos quími-
cos.

19 / 19
Universidade C oordenadoria de

Estadual de Londrina P rocessos Sel et ivos

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2011


14/11/2010

INSTRUÇÕES

1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Assine no local indicado.

2. Verifique se os dados impressos no Cartão-Resposta correspondem aos seus. Caso


haja alguma irregularidade, comunique-a imediatamente ao Fiscal da Prova.

3. Não serão permitidos: empréstimos de materiais; consultas e comunicação entre os


candidatos; uso de livros, apostilas e apontamentos. Relógios e aparelhos eletrônicos em
geral deverão ser desligados e colocados no saco plástico fornecido pelo Fiscal.

4. Aguarde autorização para abrir o Caderno de Prova. Antes de iniciar a Prova, confira a
impressão e a paginação e, em caso de qualquer irregularidade, comunique-a
imediatamente ao Fiscal.

5. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas


perguntas ao Fiscal.

6. A Prova é composta de 60 questões objetivas, de múltipla escolha, em que há somente


1 (uma) alternativa correta. Transcreva para o Cartão-Resposta o resultado que julgar
correto em cada questão, preenchendo o retângulo correspondente com caneta
esferográfica transparente de tinta preta.

7. A duração desta Prova será de 4 (quatro) horas, já incluído o tempo destinado ao


preenchimento do Cartão-Resposta.

8. No Cartão-Resposta, anulam a questão: marcar mais de 1 (uma) alternativa correta,


rasurar ou preencher além dos limites do retângulo destinado para cada marcação. Não
1ª fase
haverá substituição do Cartão-Resposta por erro de preenchimento.

9. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao Fiscal. Aguarde


autorização para devolver, em separado, o Caderno de Prova e o Cartão-Resposta,
devidamente assinados.

CONHECIMENTOS GERAI S PROVA 1


O tema geral desta prova é:
ESPORTE

Leia o texto I, analise as figuras 1 e 2 e responda às ques- 1


tões de 1 a 4. Com base no texto e nos conhecimentos sobre re-
giões metropolitanas no Brasil, considere as afirma-
Texto I
tivas a seguir.
No Brasil, o futebol começou oficialmente em 1894, quando
I. O convívio social das camadas populares no
as primeiras bolas aqui chegaram pelas mãos de Charles Mil-
processo de urbanização proporcionou a dis-
ler, um brasileiro que, naquele ano, retornava da Inglaterra,
seminação do futebol varzeano como forma de
onde fora estudar.
apropriação coletiva de áreas não edificadas do
Era necessário ter recursos para adquirir as chuteiras e dividir espaço urbano.
as despesas com a compra das bolas e dos uniformes. Por
isso, inicialmente o jogo só era praticado por rapazes ricos. II. As várzeas, por suas características topográfi-
Se, por um lado, o futebol crescia nos clubes organizados, cas e hidrológicas, são naturalmente desfavorá-
por outro também aumentava o número de seus praticantes veis a grande parte das formas de uso do solo
em campos improvisados. Em São Paulo, nas margens dos urbano.
rios Pinheiros e Tietê, na atual baixada do Glicério, ou no vale III. Muitas várzeas localizadas nas áreas centrais
do riacho Pacaembu, havia incontáveis campos de futebol, dessas regiões foram transformadas em vias de
que, por aproveitarem as várzeas dos rios, acabaram sendo trânsito rápido, anéis viários e outras infraestru-
qualificados como “futebol varzeano”. Hoje, essa é a denomi- turas de circulação.
nação daquele futebol jogado por times de bairros ou peque- IV. A impermeabilização da cobertura do solo de-
nos clubes, não necessariamente em várzeas. vido à prática do futebol em campos improvisa-
(Adaptado de: WITTER, J. S. Breve História do Futebol. São Paulo: FTD, dos multiplicou o problema das enchentes nas
1996, p.10-18.) regiões metropolitanas.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

2
De acordo com as figuras e os conhecimentos sobre
o Modernismo, considere as afirmativas a seguir.

I. A pintura (Fig. 1) foi concebida com a gestuali-


dade empregada no expressionismo.
II. A fotografia (Fig. 2) apresenta-se como registro
de um momento histórico.
Figura 1: (PENNACCHI, F. Futebol na praia. Óleo s/ tela. 66 x 81 cm. 1987.)
III. A pintura (Fig. 1) apresenta aspectos da arte
naïf, identificados desde o assunto abordado até
a sua configuração.
IV. A disposição dos jogadores na fotografia (Fig.
2) atesta o seu caráter de manifestação artística.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Figura 2: (Disponível em: e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
<http://jcbcomunicacao.blogspot.com/2010/04/charles-miller-o-pai-do-
futebol-no.html> Acesso em: 22 set. 2010.)

1 / 18
3 5
De acordo com as figuras, o texto e o contexto sócio- Leia o texto a seguir.
histórico do Brasil na contemporaneidade, considere Nosso futebol mulato, com seus floreios artísticos cuja
as afirmativas a seguir. eficiência – menos na defesa que no ataque – ficou de-
monstrada, é uma expressão de nossa formação social,
I. A figura 1 expressa a origem popular do futebol, democrática como nenhuma e rebelde a excessos de or-
associado ao mito da natureza paradisíaca bra- denação interna e externa; a excessos de uniformização,
sileira, enquanto a figura 2 indica que a classe de geometrização, de estandartização; a totalitarismos
alta passou a imitar os setores populares. que façam desaparecer a variação individual ou espon-
II. A figura 1 aponta a presença do futebol entre os taneidade pessoal.
(Adaptado de FREYRE, G. apud FRANZINI, F. No campo das idéias:
setores populares, e a figura 2 denota sua ori-
Gilberto Freyre e a invenção da brasilidade futebolística. Buenos Ay-
gem elitista, branca e urbana.
res: Lecturas: Educación Física y Deporte. Ano 5 nº 26 - Revista digital
III. A figura 1 mostra a difusão espacial do futebol, (http://www.efdeportes.com), 2000.)
inicialmente praticado em algumas capitais em
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o
fins do século XIX, e a figura 2 expressa as ca-
tema, é correto afirmar:
racterísticas étnicas predominantes nos primei-
ros praticantes desse esporte. a) O futebol, assim como a democracia brasileira, ex-
pressa falta de seriedade, pois não se pauta por re-
IV. A figura 1 indica a popularização do futebol im- gras previamente definidas.
plantada pelo governo Café Filho, e a figura 2 ex-
pressa a participação de camponeses imigran- b) O futebol brasileiro nasce como um símbolo da demo-
tes trabalhadores da cafeicultura paulista. cracia racial no país, uma vez que, em suas origens,
todas as raças estão envolvidas.
Assinale a alternativa correta. c) A rebeldia e a irreverência do futebol brasileiro foram
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas. fundamentais para a construção de resistência popu-
lar às formas autoritárias de governo.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
d) O futebol brasileiro expressa um caráter democrático,
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. que não se prende a modelos.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. e) A riqueza do futebol brasileiro está na raça que lhe dá
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. origem, motivo pelo qual, ao popularizar-se, perdeu
sua criatividade.
4
No contexto histórico do surgimento do futebol na 6
América Latina, no final do século XIX e início do Leia o texto a seguir.
XX, foram marcantes as denominações estrangeiras As Copas do Mundo são ricos observatórios. Em 1938,
como Sport Club Corinthians Paulista, Coritiba Foot o goleiro das Índias Holandesas Orientais, futura Indoné-
Ball Club, Racing, River Plate, Boca Juniors. sia, pretendeu proteger seu gol do ataque húngaro amar-
Com relação aos elementos pertinentes a esse con- rando na rede uma boneca como amuleto. Como parte do
texto, assinale a alternativa correta. equipamento que a Escócia levou para a Copa da Argen-
tina, estavam 456 garrafas de uísque. Na Espanha, em
a) O processo de industrialização em áreas rurais das 1982, a seleção do Kwait queria que, antes da partida de
nações latino-americanas levou à importação de mão estreia, seu mascote, um dromedário, desse a volta em
de obra estrangeira. torno do campo.
b) A participação de imigrantes europeus nas áreas ru- (Adaptado de: FRANCO Jr., H. Futebol e orgulho nacional, Le Monde
rais, devido à farta distribuição de terras, popularizou Diplomatique Brasil, São Paulo, Instituto Polis, jun. 2010, p. 8.)
os esportes de elite. Com base no texto e nos conhecimentos sobre es-
c) O advento do futebol na América Latina, impulsionado porte e cultura, considere as afirmativas a seguir.
pela participação popular democrática, foi reflexo da
política britânica na Liga das Nações. I. Jogos Olímpicos são diferentes das Copas do
Mundo, pois se mantêm fiéis ao princípio de que
d) A crise da economia britânica no início do século XX esporte e interesses econômicos são incompa-
impediu investimentos financeiros na América Latina, tíveis.
excluindo, assim, a participação da elite neste esporte.
II. A instrumentalização política de eventos como a
e) A presença do futebol em nações latino-americanas Copa do Mundo é característica de regimes tota-
se deveu à influência britânica, o que não impediu a litários, mostrando-se ausente em países tradi-
associação desse esporte com as classes populares. cionalmente democráticos.
2 / 18
III. A despeito do espírito que deveria norteá-las, as 8
práticas desportivas internacionais evidenciam Observe, na tabela, os dados referentes às transfe-
a reafirmação do primado do nacionalismo em rências de jogadores para o Oriente Médio.
detrimento do cosmopolitismo. Assinale a alternativa que preenche corretamente as
IV. Apesar de o futebol depender de habilidades in- lacunas a seguir.
dividuais e estratégias objetivas, práticas cultu- A reta de equação _____ passa pelos pontos (2007,89) e
rais locais, ancoradas no senso comum, conti- (2008,112). Se utilizássemos essa reta para prever o nú-
nuam presentes no esporte. mero de transferências em todo o ano de 2009, teríamos
_____ transferências.
Assinale a alternativa correta.
Nota: Os dados referentes a 2009 são parciais, portanto
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. não devem ser considerados.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. a) y = 16(x − 2007) + 70 e 118
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. b) y = 21(x − 2007) + 70 e 85
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. c) y = 23(x − 2007) + 89 e 135
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. d) y = 21(x − 2007) + 89 e 126
e) y = 23(x − 2007) + 89 e 133
Analise a tabela a seguir e responda às questões de 7 a
11. 9
Com base na tabela e nos conhecimentos sobre as
Números totais de transferências de jogadores desigualdades geoeconômicas no mundo, assinale a
brasileiros de futebol por região de destino – alternativa correta.
2007-2009 a) A concentração das transações financeiras futebolís-
Região de Destino 2007 2008 2009* Total ticas reflete o poder desigual de atração das diversas
África 16 14 19 49 regiões de destino sobre o principal país fornecedor
América Central 27 35 14 76 desses atletas no contexto do processo de globaliza-
América do Norte 23 34 29 86 ção.
América do Sul 72 105 62 239 b) Os dados indicam que, entre 2007 e 2008, houve
Ásia 213 152 127 492 um crescimento da migração de jogadores brasileiros
Europa Oriental 135 149 60 344 para cada uma das regiões consideradas.
Europa Ocidental 500 565 185 1250 c) A proximidade cultural do Brasil com os demais paí-
Oceania 10 10 8 28 ses das Américas explica o fato de haver mais trans-
Oriente Médio 89 112 27 228 ferências de jogadores para essas regiões comparati-
Total 1085 1176 531 2792 vamente aos mercados europeus.
*Dados referentes ao primeiro semestre do ano.
d) Entre 2007 e 2008, a África foi o continente que, per-
(RUGGI, L. ; RESENDE, R.; CARNIEL, F. Em campo com
centualmente, apresentou o maior crescimento como
passaporte: notas sobre as transferências internacionais de jogadores
mercado receptor de jogadores brasileiros, tendo em
de futebol brasileiros.
vista a realização de sua primeira Copa do Mundo.
Disponível em: <www.humanas.ufpr.br/evento/SociologiaPolitica>. e) A substituição do continente europeu pelo asiático
Acesso em: 27 jun. de 2010.) como destino principal de jogadores brasileiros entre
2007 e 2008 pode ser explicada pela crise financeira
7 de 2008, iniciada em solo europeu.
Com base na tabela, é correto afirmar que, de 2007
para 2008, o aumento no número de transferências
de jogadores brasileiros foi de, aproximadamente: R
a) 2% para a Europa Ocidental. A
b) 5% para a Europa Oriental. S
c) 10% para a América Central.
C
d) 14% para o Oriente Médio.
U
N
e) 46 % para a América do Sul.

H
O
3 / 18
10 Assinale a alternativa correta.
A flexibilização das relações trabalhistas, nos termos a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
do neoliberalismo, chegou ao futebol brasileiro com
a Lei Pelé (Lei nº 9.615/98), a qual suprimiu a lei do b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
passe e permitiu ao jogador ter controle sobre sua c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
vinculação a um ou outro clube, em regra, por meio d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
de um procurador-empresário.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre flexi- e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
bilização nas relações de trabalho, considere as afir-
Leia o texto II, analise a figura 3 e responda às questões
mativas a seguir.
de 12 a 14.
I. A flexibilização das relações trabalhistas no fu-
tebol profissional introduziu também, neste ter- Texto II
reno, as políticas de informalização das relações Neste trabalho de Aguillar, em meio a rostos sem face, temos
contratuais de trabalho. todo um time que se identifica, tão somente, pela camisa da
II. A flexibilização das relações contratuais, carac- seleção. Não sabemos, entretanto, quem “veste a camisa”
terística da Lei Pelé, reforça iniciativas neolibe- brasileira naquele momento da realidade do País.
rais já presentes em outros setores da econo- (Adaptado de: <http://www.universia.com.br/cultura+/materia.jsp?materia=
mia. 11244>. Acesso em 18 maio 2010.)
III. A relação de compra e venda dos direitos sobre
os atletas, em sua versão flexibilizada, acentua a
tendência ao individualismo dentro das relações
sociais burguesas.
IV. O pragmatismo característico da flexibilização
das relações contratuais fortaleceu ainda mais
as relações afetivas e de identidade entre clube
e atleta no futebol profissional.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
Figura 3: (Aguilar, J. R. Futebol I. Spray s/ tela. 114 x 146 cm. 1966.)
11
Os principais esportes, a exemplo do futebol, deixa- 12
ram o amadorismo das primeiras competições e de- A obra de Aguilar foi produzida no contexto da dita-
ram lugar a negociações de jogadores, bilheterias, dura militar, que se iniciou com o golpe de 1964 e re-
transmissões, licenciamentos e comercialização de crudesceu a partir do Ato Institucional nº 5 em 1968.
produtos diversos. A ditadura militar fez uso político da conquista do tri-
Sobre a relação entre esporte e indústria cultural, campeonato mundial de futebol em 1970.
considere as afirmativas a seguir. Quais das ações a seguir caracterizam esse período
da história brasileira?
I. A indústria cultural, mediada pela diversão, está
a) O ingresso do Brasil na ONU e a participação de mili-
presente em diversas modalidades esportivas e
tares brasileiros nas forças de paz do Oriente Médio.
exerce influência sobre os consumidores.
b) As eleições diretas e as concessões sociais para atin-
II. A diversão no capitalismo tardio constitui um
gir a igualdade de classes.
prolongamento do horizonte do trabalho.
c) A privatização das empresas estatais e a inserção do
III. A diversão patrocinada pela indústria cultural
Brasil no Comitê de Segurança da ONU.
está envolta em uma aura que desconsidera os
aspectos mercadológicos. d) O milagre econômico e o fechamento político por in-
termédio da doutrina de segurança nacional.
IV. A indústria cultural valoriza, mais do que as prá-
ticas esportivas em si, a audiência e o discurso e) A aquisição de equipamentos nucleares dos EUA e o
sobre o entretenimento. distanciamento da tecnologia nuclear alemã.

4 / 18
13 IV. Política, economia e ética são esferas com atua-
Com relação à pintura (Fig. 3), considere as afirmati- ção diferenciada e que estabelecem correlações
vas a seguir. entre si.

I. Os elementos visuais e o modo como foram em- Assinale a alternativa correta.


pregados são geradores de sentido.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
II. As manchas na altura dos rostos atestam o ca-
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
ráter figurativo da pintura.
III. O aspecto escorrido é parte do processo de c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
construção da pintura. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
IV. As distorções ocorrem em virtude da crítica feita e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
pelo artista.

Assinale a alternativa correta. Leia o texto III e responda às questões de 16 a 18.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas. Texto III


b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. 90 milhões em ação, pra frente, Brasil, do meu coração.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. Todos juntos, vamos, pra frente, Brasil, salve a seleção.
De repente é aquela corrente pra frente.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Parece que todo o Brasil deu a mão.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. Todos ligados na mesma emoção.
Tudo é um só coração.
14
Todos juntos, vamos, pra frente, Brasil, Brasil,
A pintura (Fig. 3), referente à participação da sele-
Salve a seleção.
ção brasileira de futebol na Copa do Mundo da Ingla-
(Canção: Pra frente Brasil/ Copa 1970. Autor: Miguel Gustavo)
terra, em 1966, sob o ponto de vista político-social,
exprime:
16
a) Solidariedade aos jogadores da Seleção brasileira que A canção (Texto III) é contemporânea à conquista do
se opuseram à Ditadura Militar. tricampeonato mundial de futebol, em 1970, pelo Bra-
b) Crítica à presença de atitudes racistas por parte dos sil.
jogadores brancos da Seleção Brasileira na Copa de Com base no texto e nos conhecimentos sobre o con-
1966. texto histórico e político brasileiro da época, consi-
c) Repúdio à exportação de jogadores brasileiros do que dere as afirmativas a seguir.
resultou uma seleção sem identidade nacional.
I. A canção alimentou o populismo no período,
d) Denúncia do desaparecimento de atletas brasileiros quando líderes políticos carismáticos compro-
que se opuseram ao Regime Militar. vavam sua influência junto às massas.
e) Ironia à Ditadura Militar brasileira, que havia tomado o II. A canção evidencia o ufanismo do “Brasil potên-
poder político com o Golpe de 1964. cia”, o qual convivia com políticas de arrocho
salarial em pleno período de “milagre econô-
15
mico”.
Antes mesmo do início das obras de reforma ou
construção de novos estádios para a Copa de 2014, III. Transformada, pela guerrilha urbana, em hino de
já ganhou evidência na mídia o questionamento ético luta, a canção evocava a capacidade de os bra-
acerca da correta destinação dos recursos públicos sileiros resistirem, como um grande time unido
e privados para esse fim. e solidário, ao regime militar.
Sobre a relação entre ética e corrupção, considere as IV. Ideologicamente, a canção afirmava a unidade
afirmativas a seguir. nacional, em detrimento da existência das clas-
I. O compromisso ético transcende a esfera esta- ses sociais e dos conflitos entre elas.
tal e atinge também as empresas privadas envol-
Assinale a alternativa correta.
vidas em licitações públicas.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
II. As empresas privadas que atuam de acordo com
a legalidade no mercado, em busca do lucro, es- b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
tão isentas de compromisso ético. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
III. A lógica da corrupção está assentada na sobre-
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
posição dos interesses privados aos interesses
públicos. e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

5 / 18
17 19
Da Copa de 1970 à Copa de 2010, a população brasi- A FIFA cogitou a proibição de jogos de futebol envol-
leira passou de 93.139.037 para uma população esti- vendo seleções nacionais em cidades situadas acima
mada em 193.114.840 habitantes. de 2500 m, pois certos atletas enfrentam problemas
IBGE - Popclock em 23 jun. 2010. físicos decorrentes da altitude.
A alternativa que apresenta três capitais de países
Com base nos conhecimentos sobre a dinâmica do
sul-americanos com altitudes médias superiores a
crescimento vegetativo da população no Brasil, ao
2500 m é:
longo desses 40 anos, assinale a alternativa correta.
a) La Paz, Quito e Bogotá.
a) A taxa de crescimento anual da população brasileira
foi maior na primeira década do século XXI que nos b) Caracas, La Paz e Buenos Aires.
anos 1970, apesar da estabilização da taxa bruta de c) Santiago, Assunção e Quito.
mortalidade. d) Lima, Montevidéu e La Paz.
b) A contínua redução da taxa de fecundidade explica e) Bogotá, Lima e Santiago.
a queda na taxa de crescimento anual da população,
apesar de o número total de habitantes ter mais que 20
dobrado. Se, no decorrer de uma atividade esportiva, um atleta
necessitar de mais oxigênio, poderá utilizar uma más-
c) Nas duas últimas décadas, apesar do aumento das cara contendo superóxido de potássio, que reage
taxas brutas de natalidade, as taxas anuais de cres- com o gás carbônico e com a água exalados por ele
cimento vegetativo da população brasileira se estabili- para formar o gás oxigênio.
zaram devido ao comportamento do saldo migratório. A equação química do processo é mostrada a seguir.
d) O crescimento absoluto de aproximadamente 100 mi-
4KO2 (s) + 2H2 O(g) + 4CO2 (g) → 4KHCO3 (s) + 3O2 (g)
lhões de habitantes foi proporcionado pela elevação
das taxas de fecundidade no Brasil ao longo do pe- Dados:
ríodo. Massas molares (g/mol): H = 1, 00; C = 12, 0; O = 16, 0;
K = 39, 0
e) O fato de a população absoluta ter mais que dobrado
no período se deve ao saldo migratório positivo ocasi- Se esse atleta exalar 0,62 g de gás carbônico por mi-
onado pela absorção de centenas de milhares de imi- nuto, a massa, em gramas, de superóxido de potássio
grantes italianos e japoneses. consumida em 10,0 minutos será:
a) 0,25
18 b) 1,00
Na obra “Resposta à questão: o que é o esclareci-
c) 2,50
mento?”, Kant discute conceitos como uso público e
privado da razão e a superação da menoridade. d) 10,0
À luz do pensamento kantiano, o fenômeno contem- e) 12,5
porâneo do uso político dos eventos esportivos
21
a) torna o indivíduo dependente, já que a sua menori- Nas células com quantidades abundantes de O2 , a
dade impede o esclarecimento e a possibilidade de glicose é oxidada completamente em CO2 e H2 O .
pensar por si próprio. Durante atividades físicas extenuantes, a exemplo do
b) forma o indivíduo autônomo, uma vez que amplia a que ocorre em práticas desportivas, as células mus-
sua capacidade de fazer uso da própria razão para culares podem ficar carentes de O2 e, neste caso,
agir autonomamente. ocorre o processo da glicólise, que é a transforma-
c) impede que o indivíduo pense de forma restrita, pois, ção da glicose em ácido lático.
mesmo estando cercado por tutores, facilmente rompe De acordo com o processo de glicólise e com os da-
com a menoridade. dos considere as afirmativas a seguir.
Dados:
d) proporciona esclarecimento político das massas, pois
Oxidação da glicose:
tais eventos promovem o aprendizado crítico mediante
C6 H12 O6 (s) + 6O2 (g) → 6CO2 (g) + 6H2 O(l)
a afirmação da ideia de nacionalidade.
∆H = −2808 kJ
e) confere liberdade às massas para superar a depen-
dência gerada pela aceitação da tutela de outrem. Oxidação do ácido lático:
CH3 CH(OH)COOH(s) + 3O2 (g) → 3CO2 (g) + 3H2 O(l)
∆H = −1344 kJ

I. O processo de fermentação lática garante o su-


primento de energia para a contração muscular
em situações de emergência.
6 / 18
II. A formação do ácido lático nas células muscu- determinado frasco de 500 mL desta bebida contém
lares causa cãibra, porque ele se ioniza com O+, 225 mg de íons sódio, 60,0 mg de íons potássio,
aumentando o pH da célula. 210 mg de íons cloreto e 30,0 g de carboidrato.
III. O processo da glicólise é exotérmico com ental- Com relação aos íons presentes nesse frasco, é cor-
pia padrão igual a 120kJ . reto afirmar:

IV. O ácido lático é monoionizável. Dados:


Número de Avogrado = 6,0 x 1023
Assinale a alternativa correta. Número atômico Na = 11; Cl = 17; K = 19
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. Massas molares (g/mol) Na = 23,0; Cl = 35,5; K = 39,0
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. a) Os íons sódio têm 10 prótons na eletrosfera e 11 elé-
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. trons no núcleo do átomo.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. b) Os íons potássio apresentam igual número de prótons
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. e elétrons.
c) A configuração eletrônica dos elétrons do íon cloreto
22 é: K = 2, L = 8, M = 7.
Durante atividades físicas, o aumento da temperatura d) A somatória das cargas elétricas dos íons é igual a
do corpo e a consequente transpiração promovem a zero.
oxidação de gorduras acumuladas sobre a pele. As
e) A massa total dos íons positivos é maior que a massa
equações químicas de oxidação do ácido oleico, gor-
total dos íons negativos.
dura presente na pele, são mostradas a seguir.
24
Considere a equação química a seguir e assinale a al-
ternativa que completa corretamente o texto.
CO2 (g) + H2 O(l) ⇄ H2 CO3 (aq) ⇄ H + (aq) + HCO3− (aq)
Durante um exercício físico prolongado, quando
a respiração aumenta, a concentração de dióxido
de carbono diminui e o sangue torna-se mais
__________. Por outro lado, numa situação de re-
pouso, a respiração diminui, a concentração de dió-
xido de carbono aumenta e o sangue torna-se mais
__________. O pH sanguíneo é regulado constan-
temente e seu valor normal está situado entre 7,35
a 7,45, sendo ligeiramente __________. Uma altera-
ção no controle do pH pode alterar o equilíbrio ácido-
Dado: Temperatura de fusão do ácido oleico = 14 ºC base produzindo a acidose ou a alcalose. A acidose
Com base no enunciado e nas equações químicas, é quando o sangue apresenta um excesso de ácido,
assinale a alternativa correta. acarretando uma __________ do pH sanguíneo e a
alcalose é quando o sangue apresenta um excesso
a) Os carbonos da dupla ligação do ácido oleico tornam-
de base, acarretando uma __________ do pH sanguí-
-se carbonos terciários nos produtos das oxidações 1
neo.
e 2.
a) básico, ácido, básico, redução, elevação.
b) A cadeia longa do hidrocarboneto que constitui o ácido
oleico o torna solúvel em água. b) básico, ácido, básico, elevação, redução.

c) Os produtos da oxidação 1 possuem os grupos fun- c) ácido, básico, ácido, elevação, redução.
cionais álcool e éster. d) ácido, básico, ácido, redução, elevação.
d) O ácido oleico é um sólido à temperatura ambiente e) neutro, ácido, básico, elevação, redução.
(25 ºC).
e) O número de oxidação do carbono do radical −CHO R A
é menor que o número de oxidação do carbono do
radical −COOH . S C
23 U N
As bebidas isotônicas, muito utilizadas por atletas,
foram desenvolvidas para repor líquidos e sais mine-
H O
rais perdidos pelo suor durante a transpiração. Um
7 / 18
25 b) Membrana timpânica.
As bolsas instantâneas, frias ou quentes, usadas nos c) Canais semicirculares.
atletas que sofrem distensões musculares, dividem-
-se em dois compartimentos: um contendo água lí- d) Bigorna.
quida e outro contendo um sal, que absorve ou libera e) Órgão de Corti.
calor quando em contato com a água.
As reações químicas que ocorrem nas bolsas instan- 28
tâneas são representadas nos gráficos a seguir. Observe as figuras 4 e 5 a seguir.

Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre


calor de reação, é correto afirmar:
a) A bolsa quente é constituída de nitrato de amônio.
b) A dissociação iônica do cloreto de cálcio libera calor.
c) A dissociação iônica do nitrato de amônio é exotér-
mica.
Figura 4: (Fotografia de Figura 5: (Edgar Degas “Balé”
d) As dissoluções de sais em água são exotérmicas. patinação artística no gelo. (A estrela), pastel sobre
Disponível em: monotipia, 58 x 42 cm,
e) A bolsa fria é constituída de cloreto de cálcio. <www.ar.terra.com/shared/ 1876-77.)
vancouver2010/esporte>. aaaaaaa aa a a a a a a a a
26 Acesso em: 18 maio 2010.) a
A adrenalina é muito associada aos esportes radicais
devido à excitação à qual a pessoa que os pratica
Considerando os aspectos formais e informais para a
está submetida. Este hormônio prepara o corpo para
leitura das imagens, é correto afirmar que a fotografia
enfrentar situações de perigo ou de emergência.
e a obra de Degas
Em qual(is) glândula(s) endócrina(s) humana(s) é
produzida a adrenalina? a) apresentam equilíbrio compositivo e manifestam le-
veza.
a) Hipófise.
b) possuem a centralidade perceptível e são estáticas.
b) Tireoide.
c) estão divididas em cinco planos e expressam agonia.
c) Paratireoides.
d) Suprarrenais. d) apresentam ausência de profundidade e provocam
vertigem.
e) Pâncreas.
e) têm a mesma materialidade e evidenciam força.
27
Para o desempenho das práticas desportivas, o equi-
líbrio é fundamental. Os órgãos de equilíbrio detec-
R
tam a posição do corpo e permitem perceber se es- A
tamos de cabeça para cima ou para baixo e a velo-
cidade em que estamos nos deslocando. A orelha S
humana é o órgão responsável pela audição e pelo C
equilíbrio e uma de suas regiões, a orelha interna, é
um complexo labirinto membranoso conhecido como U
aparelho vestibular.
Qual das estruturas citadas a seguir é um dos compo-
N
nentes do aparelho vestibular responsável pelo equi- H
líbrio?
a) Cóclea.
O
8 / 18
Leia o texto IV, analise a figura 6 e responda às questões 30
29 e 30. Suponha que a sequência de imagens apresentada
na figura 6 foi obtida com o auxílio de câmeras foto-
Texto IV
gráficas dispostas a cada 1,5 m ao longo da trajetória
O cavalo anda nas pontas dos cascos. Nenhum animal se do cavalo.
parece tanto com uma estrela do corpo de balé quanto um Sabendo que a frequência do movimento foi de 0,5
puro sangue em perfeito equilíbrio, que a mão de quem o Hz, a velocidade média do cavalo é:
monta parece manter suspenso. Degas pintou-o e procurou a) 3 m/s
concentrar todos os aspectos e funções do cavalo de corrida:
b) 7,5 m/s
treinamento, velocidade, apostas e fraudes, beleza, elegância
suprema. Ele foi um dos primeiros a estudar as verdadeiras c) 10 m/s
figuras do nobre animal em movimento, por meio dos instan- d) 12,5 m/s
tâneos do grande Muybridge. De resto, amava e apreciava a e) 15 m/s
fotografia, em uma época em que os artistas a desdenhavam
ou não ousavam confessar que a utilizavam. 31
(Adaptado de: VALÉRY, P. Degas Dança Desenho. São Paulo: Cosac & Naif,
O rei espanhol Alfonso X, o Sábio, na sua obra “El
2003, p. 77.)
Libro de Ajedrez”, simula, por meio de uma partida
de xadrez, os conflitos entre cristãos e mouros.
Tais conflitos devem ser entendidos no contexto
a) da expansão muçulmana para o Oriente, a qual en-
trou em choque com os interesses portugueses e es-
panhóis naquela região.
b) das Guerras Púnicas, quando Ocidente e Oriente dis-
putaram o controle do Mar Vermelho.
c) das Cruzadas, quando cristãos, pela força, retomaram
o Estreito de Gibraltar que estava sob domínio mouro.
d) das heresias medievais, quando o poder eclesiástico
Figura 6: (Adaptado de: Eadweard Muybridge. Galloping Horse, 1878. foi ameaçado pela concentração do poder burguês.
Disponivel em: <http://www.masters-of-photography.com/M/
muybridge/muybridge_galloping_horse_full.html> Acesso em: 20 out. 2010.) e) da Reconquista, que praticamente varreu das terras
ibéricas a presença do elemento não cristão.
29 32
Com relação à pintura, ao desenho e à fotografia na Às vésperas da Revolução Francesa, com o fracasso
modernidade, considere as afirmativas a seguir. da Assembleia dos Estados Gerais, membros do Ter-
I. Degas deixou de incorporar, em seu trabalho, a ceiro Estado se reuniram no salão de jogos do palá-
inversão dos planos, proporcionada pela foto- cio real, onde fizeram o Juramento da Sala de Pela,
grafia. que foi o compromisso
a) da burguesia e dos sans-coulottes em elaborar uma
II. Para Degas, a fotografia permitiu apurar o sen-
Constituição.
tido sobre a percepção da realidade.
b) do clero e da aristocracia em permanecer no poder.
III. Com Degas, a fotografia assumiu o estatuto de
arte como substituta da pintura e do desenho. c) da aristocracia e dos sans-coulottes visando ampliar
as liberdades individuais.
IV. Degas traz para a pintura e o desenho novos ru-
mos no que se refere ao registro do movimento. d) da burguesia e do clero para atrelar o Estado à Igreja
Católica.
Assinale a alternativa correta. e) do poder clerical e do popular para o domínio conjunto
a) Somente as afirmativas I e III são corretas. do Estado.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas II e IV são corretas. R A
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
S C
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
U N
H O
9 / 18
Leia o texto V, analise a figura 7 e responda às questões III. As flores apresentam verticilos florais, gineceu,
de 33 a 35. androceu e corola.
Texto V IV. É planta leguminosa, por produzir fruto legume,
que se abre quando maduro, com um número
O louro ou loureiro, importante condimento pertencente ao gê- variável de sementes.
nero Laurus, é originário do Mediterrâneo oriental. Ramos
desta planta eram usados na Grécia antiga para confeccio- Assinale a alternativa correta.
nar as famosas coroas com que eram agraciados os atletas a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
ou outros heróis nacionais que se distinguiam excepcional-
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
mente, costume estendido mais tarde à Roma dos Césares.
Derivado do nome do gênero ( Laurus) e de seu uso, originou- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
-se o termo vernáculo laureado. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
(Adaptado: JOLY, A. B. Botânica: introdução à taxonomia vegetal. 10. ed. e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
São Paulo: Editora Nacional, 1991. p. 290.)
34
Em 1816, a Missão Francesa trouxe ao Brasil um sis-
tema formal preestabelecido no que diz respeito à
arte. Dentre as questões contempladas, a de cará-
ter documental está presente, servindo tais registros
para etnólogos, historiadores e botânicos, como é o
caso da prancha (Fig. 7), cujo sistema formal se iden-
tifica, corretamente, com a estética
a) romântica.
b) barroca.
c) neoclássica.
d) renascentista.
e) gótica.

35
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o
tema, é correto afirmar que a coroa de louros
a) representava, desde a antiguidade, o poder monár-
quico, conferindo ao atleta um poder semelhante ao
do rei.
b) era outorgada aos atletas atenienses que competiam,
evidenciando o espírito olímpico expresso no lema: “o
importante é competir”.
c) passou, de vegetal, a ser confeccionada com me-
tais nobres, adornando a cabeça dos imperadores de
Roma e de reis, sendo símbolo de poder.
d) era a expressão do poder dos basileus atenienses e,
Figura 7: (Nome: Laurus nobilis; Família: Lauraceae; Livro original: Prof. Dr.
na época dos jogos olímpicos, era atribuída aos ven-
Otto Wilhelm Thomé Flora von Deutschland, Österreich und der Schweiz,
1885.) cedores das categorias de ambos os sexos.
e) foi também conferida na Grécia antiga aos atletas cris-
33 tãos, indicando uma tolerância religiosa durante os jo-
De acordo com as informações sobre o louro con- gos olímpicos.
tidas na prancha (Fig. 7) e os conhecimentos sobre
morfologia vegetal, considere as afirmativas a seguir.
R A
I. É planta dioica, por apresentar órgãos reprodu-
tores masculino e feminino situados em diferen-
S C
tes indivíduos. U N
II. Pertence ao grupo das angiospermas, por apre-
sentar flores e frutos, sendo que o fruto abriga e
H O
protege a semente.
10 / 18
Observe as figuras 8 e 9 e responda às questões de 36 a Assinale a alternativa correta.
38.
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

38
A escultura Discóbolo de Míron representa a impor-
tância dada pelos gregos à atividade física.
Sobre o papel da ginástica na educação dos guar-
diães, na obra “A República”, de Platão, considere
as afirmativas a seguir.

I. Ao lado da música, a ginástica desempenha pa-


Figura 9: (Max Bill Unidade
Tripartita (Unità Tripartita), pel fundamental no processo de educação dos
Figura 8: (Discóbolo de guardiães.
1948/49 Aço inoxidável,
Míron. Original grego data
114,0 x 88,3 x 98,2.)
de aprox. 450 a. C. Altura: II. O robustecimento físico é importante para os
125 cm.) guardiães, motivo pelo qual a ginástica deve ser
ministrada desde a infância.
36 III. O cultivo pleno do espírito deve prevalecer sobre
As figuras mostram imagens escultóricas concebi- o cuidado com a formação do corpo, bem como
das em períodos artísticos distintos. guiá-lo.
Assinale a alternativa que indica o que há em comum
IV. A ginástica dos guardiães deve ser mais exi-
nas referidas esculturas.
gente se comparada à ministrada para os guer-
a) Textura. reiros.
b) Simetria.
Assinale a alternativa correta.
c) Bidimensionalidade.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
d) Movimento.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
e) Lateralidade.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
37 d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
A escultura Discóbolo de Míron, do século V a. C.,
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
expressa o ideal de homem na pólis ateniense.
Com base nos valores deste ideal clássico, considere
39
as afirmativas a seguir.
Leia o texto a seguir.
I. Ao cidadão, cabia tempo livre para se dedicar No que tange à configuração territorial, isto é, o arranjo
integralmente ao que era próprio do ser político, sistêmico-funcional dos objetos geográficos no território,
como a especulação filosófica e a prática des- os esportes merecem observação cuidadosa, posto que
portiva, visando à realização do humano. sua prática implica transformações significativas na forma
e na dinâmica territoriais. Neste aspecto, devemos real-
II. Na pólis governada por juristas apoiados por çar o papel dos Jogos Olímpicos.
atletas com poder de comando das tropas,
As instalações esportivas (ginásios, autódromos, está-
o cidadão considerava a igualdade econômica
dios etc.), além de se apresentarem frequentemente
como a realização do ser humano.
como paisagem durável (decorrente do grande investi-
III. O cidadão era o elemento que integrava a pólis à mento necessário para edificação) e de ampla visibilidade
natureza e tal integração era representada pela (decorrente do porte físico), podem ainda constituir impor-
corpolatria e pelas atividades físicas impostas tante centralidade física e simbólica no interior do espaço
pelo Senado. urbano.
IV. O ideal do cidadão era expresso pela sua par- (Adaptado de: JESUS, G. M. A cidade e os grandes eventos olímpicos:
ticipação nas ações e decisões da pólis, o que uma geografia para quem? Revista Digital, Buenos Aires, ano 10, n.º
incluía a busca da beleza e do equilíbrio entre as 78, nov. 2004. Disponível em: <www.efdeportes.com>. Acesso em: 26
formas. maio 2010.)

11 / 18
Com base no texto e nos conhecimentos sobre a pro- III. O despejo de esgotos não tratados de origem ur-
dução do espaço urbano, considere as afirmativas a bana é uma das causas da multiplicação de ci-
seguir. anobactérias, que aparecem nos estágios mais
avançados do processo de eutrofização das
I. As decisões sobre a localização de instalações águas dos sistemas costeiros.
esportivas desconsideram a necessidade de in- IV. A eutrofização da Baía de Guanabara é acentu-
fraestrutura, uma vez que esses equipamentos ada pelas dinâmicas climática e hidrográfica da
são dotados de forte centralidade física e sim- região, que contribuem para esse processo por
bólica. meio de chuvas torrenciais e do carreamento de
II. A construção de complexos esportivos na peri- substâncias eutrofizantes.
feria urbana mantém inalterados os padrões de
Assinale a alternativa correta.
fluxo e uso do solo nessa parte das cidades.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
III. Atualmente, a realização de uma olimpíada im-
plica a articulação de ações dos setores público b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
e privado sobre a estrutura das cidades, aspecto c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
importante na viabilização das transformações
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
da paisagem urbana.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
IV. A implantação e o uso de complexos esportivos
têm impacto sobre a dinâmica da valorização 41
imobiliária de certas áreas da cidade, uma vez As quadras de tênis para jogos de simples e
que fomentam a reconfiguração territorial das de duplas são retangulares e de mesmo compri-
zonas urbanas em que são instalados. mento, mas a largura da quadra de duplas é 34%
maior do que a largura da quadra de simples.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

40
Leia o texto a seguir.
As competições de vela na olimpíada brasileira serão dis-
putadas na poluída Baía de Guanabara. Lars alertou que
o local não tem condições de receber as provas se não
houver uma despoluição completa até 2016. Figura 10: Quadra de tênis
(CARDOSO, A. Lars Grael vê letargia na preparação da Rio-2016. Jor-
nal de Londrina. Esportes. 23 maio 2010. p.16.)
Considerando que a área da quadra de duplas é
Com base nos conhecimentos sobre a urbanização e 66,64 m2 maior, a área da quadra de simples é:
suas relações com a poluição de sistemas costeiros,
a) 89,00 m2
considere as afirmativas a seguir.
b) 106,64 m2
I. A presença de estágios avançados de eutro- c) 168,00 m2
fização na Baía de Guanabara atrapalha a re-
d) 196,00 m2
alização de provas olímpicas, tanto pela pos-
sibilidade da presença de algas na superfície, e) 226,58 m2
como pelo comprometimento da balneabilidade
de suas águas.
R A S
II. Nas fases iniciais do processo de eutrofização,
C U N
os níveis de concentração de compostos quí-
micos ricos em fósforo e nitrogênio diminuem, H O
causando a redução da quantidade de fitoplânc-
ton pela falta desses nutrientes.
12 / 18
42 44
“Top Spin” é uma das jogadas do tênis na qual o te- Observe a figura 12 a seguir.
nista, usando a raquete, aplica à bola um movimento
de rotação (que ocorre em torno do seu próprio eixo)
sobreposto ao movimento de translação, conforme
esquematizado na figura 11 a seguir:

Figura 12: Quadra de Vôlei

Figura 11: Representação da jogada top spin


Com base nessa figura, é correto afirmar:
a) A área de ataque da quadra é 50% da área de defesa.
Com base nos conhecimentos de mecânica, e consi-
derando a representação da figura, é correto afirmar b) As áreas de defesa somam 1/4 da área total da qua-
que dra.
a) a trajetória do centro de massa da bola pode ser des- c) A área da quadra é 176 m2 .
crita por uma espiral, devido à composição dos movi- d) A razão entre a área de ataque e a área de defesa é
mentos de translação e de rotação. de 2 para 3.
b) a bola alcançará uma distância maior devido ao seu
e) A diagonal da quadra mede 27 m.
movimento de rotação.
c) a força que a raquete aplica à bola é a mesma que a 45
bola aplica à raquete, porém em sentido contrário. Uma pista de corrida de 400 m é constituída por tre-
d) a energia cinética adquirida no movimento ascendente chos retos e semicirculares, conforme a figura 13 a
da bola é transformada em energia potencial no movi- seguir:
mento descendente.
e) o torque aplicado à bola pela raquete resulta no seu
movimento de translação.

43
O tenista Gustavo Kuerten se consagrou em quadras
de saibro, piso composto por terra e argila, coberto
com pó de tijolo. A fórmula química do mineral cauli-
nita presente na argila é Al2 O3 .2SiO2 .2H2 O .
Figura 13: Pista de atletismo
Dados: Massas molares (g/mol): H = 1, 00; O = 16, 0;
Al = 27, 0; Si = 28, 0 Suponha que dois atletas, nas curvas, sempre se
Em relação à caulinita, é correto afirmar: mantenham na parte mais interna de suas raias, de
a) A massa molar da caulinita é 240 g/mol. modo a percorrerem a menor distância nas curvas,
e que a distância medida a partir da parte interna da
b) 1 mol de caulinita possui 144 g de oxigênio.
raia 1 até a parte interna da raia 8 seja de 8 m.
c) 1 mol de caulinita apresenta 6,02 x 1023 átomos de Para que ambos percorram 400 m, quantos metros
alumínio. o atleta da raia mais externa deve partir à frente do
d) A porcentagem, em massa, de silício na caulinita é de atleta da raia mais interna?
15%. Dado: π = 3, 14
e) 100 g de caulinita apresenta 8 g de água. a) 10,00 m

R A S
b) 25,12 m

C U N c) 32,46 m

H O d) 50,24 m
e) 100,48 m

13 / 18
46 cosθ 5x2
a) y = h + x−
No lançamento de disco, a abertura da gaiola é de senθ v02 cos2 θ
aproximadamente 36º, como se pode observar na fi- senθ 5x 2
gura 14. b) y = h + x−
cosθ v02 cos2 θ
senθ 5x2
c) y = h + x−
cosθ v0 sen2 θ
2

senθ 5x2
d) y = h + x+
cosθ v0 cos2 θ
2

5x2
e) y = h + (senθ)x − 2
v0 cos2 θ

48
Atletas utilizam seus membros anteriores para a rea-
lização de lançamentos. As figuras 16, 17 e 18 repre-
sentam membros anteriores de diferentes espécies
animais.

Figura 14: Gaiola de lançamento de disco

Durante o lançamento, acidentalmente, o disco es-


capa da mão do atleta. Supondo, para simplificar, que
o movimento do braço do atleta ocorre num plano Figura 16: Braço humano

horizontal, então a probabilidade de o disco sair da


gaiola é de:
a) 1/10
b) 1/8
c) 1/6
d) 1/4
Figura 17: Asa de ave Figura 18: Asa de morcego
e) 1/2

47 De acordo com as figuras e os conhecimentos sobre


Numa prova de arremesso de peso (Fig. 15), consi- características evolutivas dos animais, considere as
dere que a trajetória do objeto é parabólica. afirmativas a seguir.
I. Por terem funções distintas, os membros anteri-
ores de humanos e de aves apresentam esque-
letos com estrutura diferente.
II. Os membros anteriores de morcegos e de huma-
nos são estruturas que surgiram de forma inde-
pendente, com origem embrionária diferente.
III. As estruturas ósseas das asas de morcegos e
de aves são homólogas, pois são derivadas de
um ancestral comum.
IV. No processo de adaptação para o voo, asas
de aves e de morcegos evoluíram independen-
Figura 15: Arremesso de peso temente, fenômeno conhecido como evolução
convergente.
Dados: Assinale a alternativa correta.
aceleração da gravidade: g = 10 m/s2 a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
velocidade inicial: v0
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
ângulo do arremesso: θ
altura inicial do arremesso: h c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
equação horária do movimento: s = s0 + v0 t + 12 at2 d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Nestas condições, a equação da parábola é: e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

14 / 18
Analise a tabela a seguir e responda às questões 49 e 50. b) Os sensores interagem com a radiação por meio do
efeito piezoelétrico.
c) Os lasers, utilizados como emissores, caracterizam-
Nome da prova Espaço Tempo de -se pela absorção simulada da radiação.
percorrido prova d) A intensidade de radiação emitida por um emissor la-
(m) ser é diretamente proporcional à distância que o se-
para do sensor.
Atletismo Corrida 100 9,69 s
e) A radiação de um emissor laser será detectada se sua
Nado livre 50 21,30 s
energia for metade da energia de excitação do sensor.
Atletismo Corrida 1500 4 min 01,63 s
Nado livre 1500 14 min 41,54 s Leia o texto a seguir e responda às questões 52 e 53.
Volta de Classifica- 5200 1 min 29,619 s
ção de um carro de Texto VI
Fórmula-1 Doping pode ser compreendido como a utilização de substân-
cias ou método que possa melhorar o desempenho esportivo
49 e atente contra a ética esportiva em determinado tempo e lu-
De acordo com os dados da tabela e os conhecimen- gar, com ou sem prejuízo à saúde do esportista. Em uma
tos sobre unidades e escalas de tempo, assinale a época em que as ciências do esporte aportam cada vez mais
alternativa correta. decisivamente elementos para a melhoria do desempenho es-
a) A diferença de tempo entre as provas de 1500 m do portivo dos praticantes de esporte de alto rendimento, em par-
nado livre e de 1500 m do atletismo é de dez minutos, ticular, e de atividades físicas, em geral, ganham em impor-
quarenta segundos e novecentos e dez milésimos de tância discussões acerca da utilização de metodologias bio-
segundo. moleculares e substâncias em suas mais amplas aplicações.
b) O tempo da prova de 50 m do nado livre é de vinte e Quer do ponto de vista sanitário ou ético, o doping genético
um segundos e trinta décimos de segundo. tem suscitado debates tão intensos quanto questionáveis do
c) O tempo da prova de 1500 m do nado livre é de qua- ponto de vista científico. A questão que se coloca consiste em
torze minutos, quarenta e um segundos e quinhentos indagar se o recurso obtido com tecnologias biomoleculares
e quarenta centésimos de segundo. se choca com a ideia de espírito esportivo, essência do Olim-
pismo, pautado pela busca do equilíbrio entre corpo, mente e
d) A diferença de tempo entre as provas de 100 m do espírito.
atletismo e a de 50 metros do nado livre é de onze (Adaptado de: RAMIREZ, A. ; RIBEIRO, Á. Doping genético e esporte.)
segundos e sessenta e um centésimos de segundo.
e) A volta de classificação da Fórmula-1 é de um minuto, 52
vinte e nove segundos e seiscentos e dezenove cen- Com base no texto, na teoria de Habermas e conside-
tésimos de segundo. rando as implicações éticas envolvidas nas disputas
entre atletas, assinale a alternativa correta.
50 a) A utilização de terapias genéticas em atletas, por se
Conforme os dados da tabela, assinale a alternativa assemelhar a uma dotação genética, não intencional,
que apresenta a velocidade média aproximada, em similar à da natureza, pode dispensar pressupostos
km/h, para a modalidade nado livre 1500 m. éticos.
a) 3 b) Por desconsiderar a utilização de drogas químicas, o
b) 6 uso do doping genético é eticamente aceitável no es-
porte, já que implica o aprimoramento genético da es-
c) 9
pécie.
d) 12
c) O fato de um atleta ter sido submetido à terapia ge-
e) 15 nética rompe com as condições de simetria entre os
51 competidores, pressuposto ético básico das ativida-
A cronometragem precisa das provas de atletismo des esportivas.
envolve vários equipamentos, entre eles, a associa- d) A ideia de igualdade entre os atletas nas competições
ção de emissores e sensores de radiação. representa uma ficção, já que a vitória é a demonstra-
De acordo com os conhecimentos de física moderna ção da real desigualdade entre eles, fator que legiti-
relacionados com emissores e sensores de radiação, maria, do ponto de vista ético, o doping genético.
assinale a alternativa correta. e) A igualdade dada pela indisponibilidade da natureza é
a) Para fins práticos, o sensor detecta instantaneamente fator ético que proíbe novas possibilidades genéticas,
o bloqueio da radiação devido à elevada velocidade inviabilizando o grau de aperfeiçoamento moral que o
da luz com relação à do atleta. ser humano poderia alcançar.

15 / 18
53 Com base no texto e nos conhecimentos sobre a re-
Com base no texto e nos conhecimentos sobre tera- sistência à participação das mulheres nos esportes,
pia gênica, considere as afirmativas a seguir. considere as afirmativas a seguir.

I. Um gene funcional pode ser inserido em local I. A resistência à participação feminina no esporte
não específico do genoma para a substituição decorreu da construção social que associava
de um gene não funcional. esporte à ideia de força e agressividade perti-
II. Um gene não funcional pode ser substituído por nentes ao papel masculino.
um gene funcional por recombinação genética. II. Assim como ocorreu no esporte, o mercado de
III. Um gene não funcional pode ser corrigido por trabalho tem registrado um crescimento signifi-
apoptose, o que retorna o gene à sua composi- cativo da participação feminina em vários ramos
ção normal. de atividade.

IV. Uma cópia funcional do alelo pode ser adicio- III. O desenvolvimento industrial foi fundamental
nada em substituição ao alelo não funcional. para a participação das mulheres nos esportes
ao criar drogas químicas que nivelaram os índi-
Assinale a alternativa correta. ces esportivos femininos aos dos homens.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. IV. As mulheres são menos competitivas do que os
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. homens nas diversas modalidades esportivas,
sobretudo naquelas envolvendo força.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. Assinale a alternativa correta.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
54
Em algumas modalidades esportivas, as equipes de- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
vem ser formadas apenas por atletas do mesmo sexo. d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
Sobre as características que determinam ou diferen-
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
ciam o sexo, é correto afirmar:
a) O sexo masculino depende de um gene determinador 56
do sexo localizado no cromossomo Y. Na Olimpíada de Pequim, César Cielo venceu a prova
b) A progesterona atua no desenvolvimento de órgãos dos 100 metros livre, vestindo maiô confeccionado
genitais típicos do sexo masculino. com poliuretano, material hidrofóbico obtido a partir
do diisocianato de parafenileno e do etanodiol, e cuja
c) Os núcleos das células feminina e masculina apresen- fórmula química é:
tam um mesmo conjunto cromossômico.
d) A testosterona é o principal hormônio sexual feminino
produzido nas trompas.
e) As células masculinas apresentam cromatina sexual.

55
Leia o texto a seguir. Outros maiôs são confeccionados com 50% de
A participação feminina em competições esportivas de poliuretano e 50% de neopreno. A fórmula química
alto rendimento teve início, somente, nas primeiras dé- do neopreno é mostrada a seguir.
cadas do século XX. Depois de proibidas de participar da
primeira Olimpíada da Idade Moderna, realizada em Ate-
nas (1896), as mulheres participaram da Olimpíada de
Paris (1900) com 16 representantes nas modalidades de
golfe e tênis, correspondendo a 1% dos atletas presen-
tes. Ao longo do século, apesar do imenso progresso in-
dustrial e do desenvolvimento urbano que implicou numa
participação mais ativa da mulher na esfera pública, o
esforço para vencer barreiras e conquistar espaço no es- Com relação às substâncias citadas no enunciado, é
porte foi imenso, a ponto da marca de 40% da represen- correto afirmar:
tação feminina em Olimpíada só ter sido alcançada nos
Jogos de Sydney em 2000. a) Na fórmula química do diisocianato de parafenileno,
(GOELLNER, S. V., O esporte e a espetacularização dos corpos femi-
os radicais estão localizados em carbonos vizinhos.
ninos. Labrys, estudos feministas, nº 4, ago./dez. 2003.) b) O etanodiol é um ácido dicarboxílico.
16 / 18
c) O poliuretano é obtido por um processo denominado III. A tendência do capital é promover a desqualifi-
polimerização. cação do trabalho, inclusive em atividades não
d) O neopreno apresenta monômeros diferentes em sua industriais, como as dos pilotos de F-1.
cadeia. IV. Os pilotos de F-1 são, também, proletários, ape-
sar dos altos salários que recebem anualmente
e) No neopreno, o átomo de cloro se liga ao átomo de
de suas equipes.
carbono por ligação π (pi).
Assinale a alternativa correta.
57
O caráter hidrofóbico do poliuretano está associado à a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
força de repulsão eletrostática entre as moléculas do b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
material e as moléculas de água, fenômeno físico que
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
ocorre entre corpos com cargas elétricas de mesmo
sinal. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
É correto afirmar que a força de repulsão eletrostá- e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
tica
59
a) tem sentido contrário à força de atração eletrostática
A lógica do esporte e da fruição é englobada pela ló-
entre corpos eletricamente neutros.
gica do mercado. A importância dada ao negócio (ne-
b) é maior entre dois corpos com mesma carga elétrica gar o ócio), conforme análise de Max Weber em sua
+Q do que entre dois corpos com mesma carga elé- “Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo”, re-
trica -Q. vela que
c) será duas vezes maior se a distância entre os corpos
I. o trabalho atende às regras do mercado, desta-
carregados for reduzida à metade.
cando a prevalência do negócio, em razão da ne-
d) aumenta com o quadrado da distância entre corpos cessidade de produção capitalista.
eletricamente carregados.
II. a dimensão religiosa, presente nos primórdios
e) é diretamente proporcional à quantidade de carga do capitalismo, na figura do protestantismo de
para corpos eletricamente carregados. orientação luterana, valoriza o caráter sagrado
da atividade fabril, em detrimento do trabalho
Leia o texto VII e responda às questões 58 e 59. braçal.
III. o negócio, quando praticado de acordo com os
Texto VII
preceitos divinos, viabiliza a distribuição igual e
A F-1 começou a perder as características que encantaram solidária das riquezas produzidas.
gerações nos anos 1990 quando o salto tecnológico tornou o IV. o ato de negociar, próprio do comércio, depende
piloto quase um coadjuvante no cockpit. “Os carros de cor- da força produtiva, conectada à divisão social
rida são equipamentos e não mais automóveis. No volante, do trabalho no mundo secularizado.
há mais de 100 botões. O condutor virou um operador de má-
quinas”, reclama Bird Clemente, 72 anos, primeiro brasileiro Assinale a alternativa correta.
a guiar, profissionalmente, um carro de corrida. No passado, a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
esse esporte dependia muito mais do talento do piloto para
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
regular um carro. Hoje, espremido no cockpit como mais um
funcionário de um negócio que movimenta bilhões de dólares, c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
o piloto cumpre religiosamente as regras do mercado. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
(Adaptado de: CARDOSO, R.; LOES, J., O Esporte Perdeu. Revista Isto É, 4
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
ago. 2010, ano 34, n. 2125, p. 84-85.)

58
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o ca-
R A
pitalismo, considere as afirmativas a seguir. S C
I. As novas tecnologias em carros de F-1 tornaram U N
o trabalho do piloto artesanal e, portanto, inten-
sificaram a necessidade de um trabalhador mais H O
criativo e autônomo.
II. Por satisfazer necessidades de ordem espiritual,
como lazer e divertimento, a F-1 deixa de ter o
caráter de mercadoria.
17 / 18
60 c)
No circuito automobilístico de Spa Francorchamps,
na Bélgica, um carro de Fórmula 1 sai da curva Rai-
dillion e, depois de uma longa reta, chega à curva Les
Combes.

d)

Figura 19: Circuito automobilístico de Spa Francorchamps

A telemetria da velocidade versus tempo do carro foi


registrada e é apresentada no gráfico a seguir.

e)

Qual das alternativas a seguir contém o gráfico que


melhor representa a aceleração do carro de F-1 em
função deste mesmo intervalo de tempo?

a)

b)

18 / 18
PROCESSO SELETIVO

C o o r d e na d o r i a d e
VESTIBULAR UEL 2012
P r oc e s s os Se l e t i v os

30/10/2011
INSTRUÇÕES
abaixo, seu nome e número de inscrição. Assine no
indicado.

erifique se os dados impressos no Cartão-Resposta


correspondem aos seus. Caso haja alguma irregularidade,
comunique-a imediatamente ao Fiscal da Prova.

serão permitidos: empréstimos de materiais; consultas e


comunicação entre os candidatos; uso de livros, apostilas e
apontamentos. Relógios e aparelhos eletrônicos em geral
deverão ser desligados e colocados no saco plástico
fornecido pelo Fiscal.

Prova. Antes de iniciar a Prova, confira a impressão e a


comunique-a imediatamente ao Fiscal.

5. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas ao
Fiscal.

6. A Prova é composta de 60 questões objetivas, de múltipla escolha, em que há somente 1 (uma)


alternativa correta. Transcreva para o Cartão-Resposta o resultado que julgar correto em cada questão,
preenchendo o retângulo correspondente com caneta esferográfica transparente de tinta preta.

7. A duração desta Prova será de 4 (quatro) horas, já incluído o tempo destinado ao preenchimento do
Cartão-Resposta.

8. No Cartão-Resposta, anulam a questão: marcar mais de 1 (uma) alternativa correta, rasurar ou


preencher além dos limites do retângulo destinado para cada marcação. Não haverá substituição do
Cartão-Resposta por erro de preenchimento.

9. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao Fiscal. Aguarde autorização para
devolver, em separado, o Caderno de Prova e o Cartão-Resposta, devidamente assinados.

CONHECIMENTOS GERAIS
O tema geral desta prova é:
ELEMENTOS DA NATUREZA

1 d) fusão / bombardeamento / partículas alfa (2 α4 ) /


Observe a figura e leia o texto a seguir. (80 Au203 ) / 1 p1 .
e) fusão / bombardeamento / nêutrons (0 n1 ) / (79 Au198 ) /
3(0 n1 ).

2
Observe a figura a seguir.

Figura 2: Roy Liechtenstein. Super-Homem, 1964. Serigrafia.


Figura 1: *
(Disponível em: <http://icclebexart.webs.com/>. Acesso em: 29 jul. 2011.)
O Lápis ( ), imagem celestial do ouro terreno, é produzido pela rotação
dos elementos, na unificação do superior e do inferior, do fogo (∆) e da
O Super-Homem ganha poderes pelos efeitos dos
água (∇).
raios solares, mas tem uma fraqueza: o minério crip-
tonita. O Homem-Aranha adquire habilidades depois
Empédocles propôs “quatro raízes para todas as coisas”: da picada de um aracnídeo. O Quarteto-Fantástico
a terra, a água, o ar e o fogo, formando assim os quatro nasce dos efeitos de uma tempestade cósmica. Um
elementos. Acredita-se que, na medida em que o homem a um, os elementos da natureza tornam-se importan-
manipula estas propriedades, é também possível alterar tes para o nascimento de vários super-heróis. Porém,
as estruturas elementares da matéria e transmutá-la. mais do que superpoderosos, esses heróis de Histó-
Encontrar a matéria-prima e trazê-la para a terra era a rias em Quadrinhos (HQ) também “escondem um se-
tarefa primordial do alquimista, através das repetidas gredo”:
transmutações dos elementos. Surgem dessa busca
superior muitas tentativas analíticas de transformar I. Reforçam a ideologia de uma nação soberana,
outras substâncias em ouro. a estadunidense, protegida dos inimigos, o que
(Adaptado de: ROOB, Alexander. O museu hermético: alquimia e a credenciaria como mantenedora da liberdade
misticismo. New York: Taschen, 1997. p.14-30.) mundial.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre es- II. Veiculam subliminarmente a crença da suprema-
trutura atômica e radiatividade, assinale a alternativa cia dos brancos, enquanto suposta raça mais
que preenche, correta e respectivamente, as lacunas forte e inteligente face aos demais grupos étni-
do texto a seguir. cos do planeta.
Hoje, com a construção de aceleradores de partícu- III. Defendem a ideologia da igualdade necessária
las, é possível produzir artificialmente o ouro por entre as classes, sem a qual o mundo não pode-
meio de processos de ________ nuclear (também ria viver em paz e em harmonia.
chamada de transmutação artificial). Como exem-
IV. Reconhecem que os verdadeiros super-heróis
plo deste processo, tem-se o ______________ do
não precisam de superpoderes, desde que se-
núcleo de chumbo (82 P b207 ) por ______________
jam pessoas boas e altruístas.
resultando em ouro ________, lítio (3 Li7 ) e liberando
________. Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
a) fissão / aquecimento / partículas alfa (2 α4 ) / (80 Au199 )
/ 5(0 n1 ). b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
1 197
b) fissão / aquecimento / pósitrons (0 n ) / (79 Au ) / c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
3(−1 β 0 ).
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
c) fissão / bombardeamento / nêutrons (0 n1 ) / (79 Au197 )
/ 4(0 n1 ). e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

1 / 24
3 IV. Enquanto área de conhecimento, o esoterismo
A Revolução Industrial, no século XVIII, implicou a é fundamental para desfetichizar a vida social
utilização e a transformação intensiva dos elementos ao esclarecer ao homem o que é sua existência
naturais, por intermédio das máquinas que substituí- real.
ram, em parte, o trabalho humano e manual. Dentre
essas novas máquinas e equipamentos, destacaram- Assinale a alternativa correta.
-se aqueles que surgiram a partir da invenção de Ja-
mes Watt, em 1768. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
a Primeira Revolução Industrial, assinale a alternativa
correta. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

a) A mão de obra fabril excluiu as crianças e as mulheres d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
da linha de montagem industrial.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
b) Criaram-se equipamentos domésticos movidos a ele-
tricidade, como as primeiras máquinas de lavar rou- 5
pas. Leia o texto a seguir.
c) Desenvolveram-se transportes terrestres e marítimos, No ethos (ética), está presente a razão profunda da
como o trem e o navio, movidos a vapor. physis (natureza) que se manifesta no finalismo do bem.
d) O controle da produção na fábrica era realizado pelo Por outro lado, ele rompe a sucessão do mesmo que ca-
ajuste dos mecanismos aos relógios biológicos dos racteriza a physis como domínio da necessidade, com o
trabalhadores. advento do diferente no espaço da liberdade aberto pela
práxis. Embora, enquanto autodeterminação da práxis, o
e) Substituiu-se a tração animal por aquela movida a ga- ethos se eleve sobre a physis, ele reinstaura, de alguma
sogênio, impulsionando o transporte público. maneira, a necessidade de a natureza fixar-se na cons-
4 tância do hábito.
Leia o texto a seguir. (Adaptado de: VAZ, Henrique C. Lima. Escritos de Filosofia II. Ética e
Cultura. 3ª edição. São Paulo: Loyola. Coleção Filosofia - 8, 2000,
A pedra amuleto do signo de Virgem
p.11-12.)
é o quartzo rosa. Segundo crenças
Com base no texto, é correto afirmar que a noção de
antigas, esta pedra ajuda nas dificul-
physis, tal como empregada por Aristóteles, compre-
dades afetivas, nas brigas com o ca-
ende:
sal, nos problemas familiares. Ótimo
talismã contra o mau-olhado. Cor: a) A disposição da ação humana, que ordena a natureza.
ROSA. Para cada uma destas pe-
b) A finalidade ordenadora, que é inerente à própria na-
dras, é necessária uma programa-
tureza.
ção personalizada para conseguir o
máximo dos benefícios. De vez em c) A ordem da natureza, que determina o hábito das
quando, é preferível submergir as pe- ações humanas.
dras em água e sal grosso para des-
carregar as eventuais toxinas acumu- d) A origem da virtude articulada, segundo a necessi-
ladas. dade da natureza.
(Adaptado de: Disponível em: e) A razão matemática, que assegura ordem à natureza.
<www.horoscopofree.com/pt/astrology/stone
/?IdSign=6#point>. Acesso em: 6 set. 2011.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre senso R


comum e senso científico, considere as afirmativas a
seguir. A
I. A complexidade da vida cotidiana produz, no ser S
social, a busca de respostas, ainda que se va-
lendo das dimensões místicas.
C
II. O avanço recente da ciência tornou possível U
compreender objetivamente o destino humano
N
H
mediante o estudo dos astros.
III. Na consulta ao horóscopo, aos astros e às me-
lhores pedras para cada signo do zodíaco, o
senso comum substitui o científico.
O
2 / 24
Observe as figuras 3 e 4 a seguir e responda às questões Assinale a alternativa correta.
de 6 a 8.
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

7
Oceanos abrigaram, uniram e separaram povos no
decorrer do tempo. Representações artísticas, lite-
rárias, cartográficas e narrativas históricas sobre os
oceanos contribuíram para ampliar a sua compreen-
são.
Figura 3: Globo Terrestre Com base no enunciado e nos conhecimentos histó-
(CARRARO, Fernando. Atividades com mapa. São Paulo: FTD, 1996.) ricos, considere as afirmativas a seguir.

I. Grande parte das terras banhadas pelo Mediter-


râneo, denominado Mare Nostrum pelos antigos
romanos, foi por eles colonizada no decorrer do
seu Império.
II. Os portugueses, nos séculos XV e XVI, domi-
naram oceanos com caravelas e conhecimentos
náuticos, anotando, em suas viagens, as rotas
marítimas.
III. As narrativas sobre as criaturas míticas que ha-
bitavam os oceanos apavoraram o homem no
Figura 4: Planisfério
período medieval, retardando as Grandes Nave-
(CARRARO, Fernando. Atividades com mapa. São Paulo: FTD, 1996.)
gações.
IV. No período colonial brasileiro, os holandeses,
6 através de seus empreendimentos de navega-
Planisférios e globos terrestres são representações ção, conquistaram a capitania do Rio de Janeiro,
da Terra que permitem conhecê-la em sua totalidade, por meio século.
indicando o domínio da espécie humana sobre o
mundo. Assinale a alternativa correta.
Com base no globo terrestre, no planisfério e nos co- a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
nhecimentos cartográficos, considere as afirmativas
a seguir. b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
I. Pela rede de coordenadas geográficas, com a
identificação de pontos onde se cruzam parale- d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
los e meridianos, é possível localizar qualquer e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
ponto na superfície terrestre.
II. A medida angular de longitude varia de 0◦ , em
Greenwich, a 180◦ , em posição oposta, o antime- R
ridiano, onde se localiza a Linha Internacional de
Mudança de Data (LIMD).
A
III. O Equador é o paralelo principal, traçado a igual S
distância dos polos, que divide a Terra horizon- C
talmente em dois hemisférios: o Setentrional ou
Boreal e o Meridional ou Austral. U
IV. A representação da Terra, tanto pelo globo N
quanto pelo planisfério, permite visualizar toda
a superfície terrestre de uma só vez, com a dis- H
tribuição uniforme de superfícies continentais e
oceânicas.
O
3 / 24
8
A superfície terrestre consiste de, aproximadamente,
70% de água e 30% de terra. Dois quintos da área
de terra são desertos ou regiões cobertas por gelo,
um terço são pastagens, florestas ou montanhas, en-
quanto o restante é composto por áreas cultiváveis.
Se um dardo é arremessado aleatoriamente em um
planisfério, a probabilidade de ele se fixar em uma
área

I. cultivável é de 25% da área total do planisfério.


II. de pastagem, floresta ou montanha é de 10% da
área total do planisfério.
Figura 6: Calvin
III. com água é de 0,7 da área total do planisfério. (Disponível em: <http://karlacunha.com.br/wp-
content/uploads/2009/10/charge_calvin_haroldo-480x304.jpg>. Acesso em:
IV. de deserto ou coberta por gelo é de 12% da área 29 jun. 2011.)
total do planisfério.

Assinale a alternativa correta. 9


A figura do homem que triunfa sobre a natureza bruta
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(Fig. 5) é significativa para se pensar a filosofia de
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. Francis Bacon (1561-1626).
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. Com base no pensamento de Bacon, considere as
afirmativas a seguir.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. I. O homem deve agir como intérprete da natureza
para melhor conhecê-la e dominá-la em seu be-
Analise as figuras 5 e 6 a seguir e responda às questões nefício.
de 9 a 11. II. O acesso ao conhecimento sobre a natureza de-
pende da experiência guiada por método indu-
tivo.
III. O verdadeiro pesquisador da natureza é um ho-
mem que parte de proposições gerais para, na
sequência e à luz destas, clarificar as premissas
menores.
IV. Os homens de experimentos processam as in-
formações à luz de preceitos dados a priori pela
razão.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

R A
Figura 5: 1932. Acervo CDPH-UEL, Fundo Nixdorf. S C
U N
H O

4 / 24
10 Assinale a alternativa correta.
Os processos sociais de modernização e industriali-
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
zação desenvolvidos no século XX alteraram radical-
mente a atitude do homem ante a natureza. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
Com base nas figuras (5 e 6) e nos conhecimentos c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
sobre o tema, considere as afirmativas a seguir.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
I. Durante o século XX, as relações do homem com
a natureza estavam em harmonia, baseadas em e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
relações de reciprocidade. No final daquele pe-
ríodo, a poluição gerada pela industrialização Leia o texto I a seguir e responda às questões 12 e 13.
fez com que os homens desbravassem territó-
rios inóspitos. Texto I
II. No início do século XX, a Marcha para o Oeste,
O desenvolvimento não é um mecanismo cego que age por
nos Estados Unidos, expressão de um movi-
si. O padrão de progresso dominante descreve a trajetória
mento socioeconômico, ocorreu preservando o
da sociedade contemporânea em busca dos fins tidos como
direito dos povos indígenas.
desejáveis, fins que os modelos de produção e de consumo
III. No início do século XX, a natureza no Brasil era expressam. É preciso, portanto, rediscutir os sentidos. Nos
considerada um obstáculo a ser transposto para marcos do que se entende predominantemente por desen-
o desenvolvimento. No final do mesmo século, volvimento, aceita-se rever as quantidades (menos energia,
o conceito de desenvolvimento sustentável im- menos água, mais eficiência, mais tecnologia), mas pouco as
plicou a tese do crescimento econômico com o qualidades: que desenvolvimento, para que e para quem?
respeito à natureza. (LEROY, Jean Pierre. Encruzilhadas do Desenvolvimento. O Impacto sobre
IV. O século XX exigiu novas posturas do homem o meio ambiente. Le Monde Diplomatique Brasil. jul. 2008, p.9.)
ante a natureza, sobretudo porque ela foi publi-
camente aceita como um organismo vivo e autô- 12
nomo, logo independente das intervenções hu- Tendo como referência a relação entre desenvolvi-
manas. mento e progresso presente no texto, é correto afir-
mar que, em Kant, tal relação, contida no conceito de
Assinale a alternativa correta. Aufklärung (Esclarecimento), expressa:
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
a) A tematização do desenvolvimento sob a égide da ló-
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. gica de produção capitalista.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. b) A segmentação do desenvolvimento tecnocientífico
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. nas diversas especialidades.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas. c) A ampliação do uso público da razão para que se de-
senvolvam sujeitos autônomos.
11
Leia o texto a seguir. d) O desenvolvimento que se alcança no âmbito técnico
Os homens sempre tiveram de escolher entre submeter- e material das sociedades.
-se à natureza ou submeter a natureza ao eu.
e) O desenvolvimento dos pressupostos científicos na re-
(ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclareci-
solução dos problemas da filosofia prática.
mento: fragmentos filosóficos. Trad. Guido Antonio de Almeida. Rio
de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985. p.43.)
Com base no texto, é correto afirmar que a análise
de Adorno e Horkheimer estabeleceu a ideia de que o R
homem A
I. interage com a natureza de maneira pacífica, S
assimilando-a de forma idílica.
II. age com astúcia diante dos fenômenos naturais,
C
ao forjar uma relação de instrumentalidade com U
a natureza.
N
H
III. esclarecido e com pleno domínio da natureza
promove a sua autoconsciência.
IV. apreende a natureza visando controlá-la, o que
resulta na submissão dela.
O
5 / 24
13 d) Os conflitos de interesses entre atores políticos envol-
A situação apontada no texto remete a problemas no vidos em um processo de decisão inviabilizam a for-
uso dos recursos naturais. mação de políticas públicas.
Com base no texto, no enunciado e nos conhecimen- e) É fundamental a constituição de movimentos sociais
tos sobre o desenvolvimento capitalista, considere de base popular em substituição à força política e
as afirmativas a seguir. econômica da esfera estatal.
I. O desenvolvimento do capitalismo industrial
baseou-se no uso de fontes de energia limpa
como principal elemento para a realização da Terra e Fogo
produção.
II. Elementos da natureza, como madeira e miné-
15
rios, serviram para estruturar mecanismos colo-
Analise as figuras 7 e 8 a seguir.
niais de dominação.
III. No mundo atual, a consciência ecológica e a re-
ciclagem de materiais são insuficientes para de-
ter o consumo desenfreado dos recursos natu-
rais.
IV. O capitalismo é racional no espaço de cada uni-
dade produtiva e anárquico no plano social, pois
o capitalista contempla apenas o seu interesse
individual.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. Figura 7: Acervo CDPH - UEL. Fundo Nixdorf, 1932.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
14
Leia a manchete a seguir.

(Folha de Londrina. Londrina. 16 jan. 2011. p.8.)

O uso do solo e do subsolo urbanos brasileiros, de


acordo com o Estatuto das Cidades, é objeto de le-
gislações municipais, o que desencadeou a revisão
dos marcos regulatórios em muitas cidades nos últi-
mos anos, ganhando destaque na agenda pública. Figura 8: Cândido Portinari. Café, 1935. Óleo sobre tela.
Adotando como referência a perspectiva da teoria li- 130 x 195 cm. Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro, RJ).
beral clássica acerca dos processos políticos delibe-
rativos, é correto afirmar:
a) Decisões no espaço público envolvem intensos confli- A relação do homem com a terra, expressa pelo uni-
tos de interesses, entre eles, os econômicos, os quais verso do trabalho, é assunto recorrente na produ-
podem resultar em consensos negociados. ção de fotógrafos e artistas plásticos. A fotografia
(Fig. 7) e a pintura (Fig. 8) abordam essa temática.
b) A democracia direta é um procedimento deliberativo
Com base na análise dessas figuras e nos conheci-
inerente às sociedades contemporâneas para a for-
mentos sobre arte e história, considere as afirmativas
mação de acordos e aprovação de leis.
a seguir.
c) Os processos políticos relacionados à deliberação pú-
blica são determinados pela dominação econômica e I. Tanto na fotografia quanto na pintura, há ele-
pela ideologia dominante. mentos compositivos que constituem um sis-
6 / 24
tema perspectivo gerador do efeito de profundi- 17
dade e que podem ser considerados documen- Reconhecendo a importância da atmosfera para o
tos históricos. equilíbrio térmico da Terra, é possível prever que a
II. Café explicita anseios do movimento moder- modificação em sua composição pode acarretar um
nista, como a busca de uma temática nacional desequilíbrio na manutenção da vida. Realizar am-
no contexto de uma economia predominante- plos reflorestamentos no planeta é uma forma de re-
mente agrícola. duzir o efeito estufa e conter o aquecimento global.
Este procedimento baseia-se na hipótese de que o
III. A fotografia, por ser um instrumento mecânico aumento de áreas de florestas promove
de apreensão da realidade, renuncia a elemen-
tos estéticos ou de caráter documental. a) absorção de CFC, gás responsável pela destruição da
camada de ozônio.
IV. Em Café, a figura humana adquire formas robus-
tas, sugerindo a ligação dos personagens com o b) aumento do gás carbônico no solo, diminuindo a emis-
trabalho e a terra, bem como a sua capacidade são de gás metano para a atmosfera, causando resfri-
produtiva. amento da superfície terrestre.
c) maior disponibilidade de combustíveis fósseis, dimi-
Assinale a alternativa correta. nuindo o fenômeno da inversão térmica.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. d) redução da radiação ultravioleta causada pela libera-
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. ção de gás oxigênio, resultante do processo fotossin-
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. tético dos vegetais.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. e) retenção do carbono pelas árvores, com diminuição
do gás carbônico atmosférico, o qual acentua o efeito
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
estufa.
Leia o texto II a seguir e responda às questões 16 e 17. 18
Elaborada nos anos de 1980, em um contexto de
Texto II preocupações com o meio ambiente e o risco nuclear,
Para obter-se o terreno para o plantio, o mato precisa ser der- a Ética do Discurso buscou reorientar as teorias de-
rubado, galhos e ramos cortados e, depois de secarem, preci- ontológicas que a antecederam. Um exemplo está
sam ser queimados. É um trabalho duro. Em geral é feito por contido no texto a seguir.
grupos de homens acostumados com esse serviço, e que são De maior gravidade são as consequências que um con-
pagos por um chefe o qual contrata o serviço com os donos ceito restrito de moral comporta para as questões da ética
das terras... Depois de mais ou menos 2 a 3 meses que o sol do meio ambiente. O modelo antropocêntrico parece tra-
secou as folhas e os galhos, pode-se começar a queima do zer uma espécie de cegueira às teorias do tipo kantiano,
mato, um acontecimento notável, esperado com grande ten- no que diz respeito às questões da responsabilidade mo-
são. ral do homem pelo seu meio ambiente.
(MAIER, Max Hermann. Um advogado de Frankfurt se torna cafeicultor na (HABERMAS, Jurgen. Comentários à Ética do Discurso. Trad. de Gilda
selva brasileira. CDPH / UEL.) Lopes Encarnação. Lisboa: Instituto Piaget, 1999, p.212.)

16 Com base no texto e nos conhecimentos sobre a


A prática da queimada, utilizada por agricultores para Ética do Discurso, é correto afirmar que a ética
facilitar o plantio, tem efeitos prejudiciais para o solo. a) abrange as ações isoladas das pessoas visando
Assinale a alternativa que apresenta corretamente o adequar-se às mudanças climáticas e às catástrofes
efeito da alta temperatura no solo durante a quei- naturais.
mada.
b) corresponde à maneira como o homem deseja cons-
a) Incorporação do carbono em compostos orgânicos truir e realizar plenamente a sua existência no planeta.
produzidos em altas temperaturas.
c) compreende a atitude conservacionista que o sistema
b) Perda de nitrogênio causada pela sua incorporação econômico adota em relação ao ambiente.
em compostos insolúveis, formados pelas cinzas.
d) implica a instrumentalização dos recursos tecnológi-
c) Aumento da concentração de íons hidrogênio, levando cos em benefício da redução da poluição.
à acidez e à diminuição do oxigênio.
e) refere-se à atitude de retorno do homem à vida na-
d) Eliminação de microrganismos responsáveis pelo pro- tural, observando as leis da natureza e sua regulari-
cesso de degradação da matéria orgânica. dade.
e) Absorção de monóxido de carbono e compostos inor-
gânicos pelas bactérias nitrificantes, causando baixa
fertilidade do solo.
7 / 24
19 III. A gravura realizada por Mestre Vitalino repre-
A Inquisição Portuguesa, ou Tribunal do Santo Ofí- senta a “Vaquejada”, festa cultural nordestina
cio de Portugal, que esteve nas mãos do poder real, em que o boi é sacrificado como prenda para o
utilizou-se da coerção para obter a confissão de pai da noiva.
culpa. Uma vez condenado, um dos rituais consistia IV. A obra, por ser figurativa e ter como matéria-
na execução pública do acusado na fogueira como -prima a terra, caracteriza-se como manifesta-
forma de purificação. ção rupestre no que se refere à simplificação
Sobre esta instituição, é correto afirmar: das formas e temáticas.
a) A Inquisição atuou mais contra os inimigos da pessoa
Assinale a alternativa correta.
do Papa do que sobre os inimigos da Igreja.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) A Inquisição durou em Portugal até meados do século
XX, tendo sido abolida pelo Concílio Vaticano II. b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
c) A Inquisição, por intermédio de seu braço papal, o Tri-
bunal do Santo Ofício, poupava judeus e muçulmanos d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
da execução. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
d) No Brasil, a Inquisição atuou por intermédio das Visita-
ções detendo judeus, mulheres e sodomitas, os quais
eram julgados em Portugal. Madeira

e) O Tribunal do Santo Ofício, após as reformas religio-


sas ocorridas no século XIX, transformou-se na Encí- 21
clica Rerum Novarum. Leia o texto e analise o esquema a seguir.
Uma das alternativas sustentáveis e tecnologicamente
20 viáveis para a produção de combustível é a obtenção do
Analise a figura a seguir. etanol a partir da madeira e demais partes não comes-
tíveis de plantas. O esquema a seguir (Fig. 10) ilustra
esse processo.

Figura 10: Decomposição da celulose com amônia.


(Adaptado de: HEBER, George W.; DALE, Bruce E. Gasolina de Capim e
outros vegetais, Scientific American Brasil. n.87. São Paulo: Ediouro
Segmento-Suetto Editorial Ltda., ago. 2009, p.24-31.)

Figura 9: Mestre Vitalino. Vaquejada, 1961. Cerâmica policromada.


27,5 x 9 x 22 cm. Museu do Homem do Nordeste (Recife, PE). Considere que o tanque 4 contém uma mistura de
20% v/v de etanol e 80% v/v de água. Após o pro-
cesso de destilação, à temperatura constante, é pro-
Tomando como referência a figura e os conhecimen- duzida uma mistura de 96% v/v de etanol e 4% v/v
tos sobre arte e cultura, considere as afirmativas a de água, chamada de álcool etílico 96 ◦ GL (tanque 5).
seguir. Neste processo, o álcool 96 ◦ GL é obtido pelo prin-
cípio da diferença entre o ponto de ebulição da água
I. Mestre Vitalino se notabilizou por constituir figu- (100 ◦ C) e o do álcool (78,4 ◦ C).
ras inspiradas nas crenças populares, em cenas
do universo rural e urbano e no imaginário da Densidades: 1,0 g/mL (água); 0,8 g/mL (álcool)
população do sertão nordestino. Com base no enunciado, assinale a alternativa cor-
II. A obra em questão refere-se a um trabalho tri- reta.
dimensional realizado com argila queimada, téc- a) A fração molar de água na composição do vapor des-
nica que caracteriza a cerâmica. tilado é aproximadamente 0,4.
8 / 24
b) Como o etanol apresenta forças intermoleculares do vasos denominado _________ primaveril e _______
tipo dipolo induzido entre suas cadeias carbônicas, estival. O primaveril é ______ denso, constituído
seu ponto de ebulição é menor que o da água. por células de paredes ______; já o estival é ______
c) O álcool e a água são imiscíveis por serem, respecti- denso, formado por células de paredes ________.
vamente, componente orgânico e componente inorgâ- Assinale a alternativa que preenche, correta e respec-
nico. tivamente, as lacunas do texto.

d) Os componentes dos tanques 4 e 5 apresentam fortes a) Floema, floema, menos, espessas, mais, finas.
interações intermoleculares do tipo pontes de hidrogê- b) Floema, xilema, menos, finas, mais, espessas.
nio.
c) Xilema, xilema, menos, finas, mais, espessas.
e) Uma mistura azeotrópica destilada apresenta ponto
d) Xilema, floema, mais, espessas, menos, finas.
de fusão constante.
e) Xilema, xilema, mais, espessas, menos, finas.
Analise a figura 11 a seguir e responda às questões 22 e
23. 24
O ser humano, historicamente, tem procurado medir
e controlar o tempo. Para isso, criou instrumentos
utilizando-se de elementos naturais.
Sobre as diferentes formas de os homens medirem
o tempo, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) para as
afirmativas a seguir.

( ) O astrolábio, ou relógio de estrelas, foi utilizado


pelos povos Maia e Asteca.
( ) A ampulheta, ou relógio de areia, foi utilizada pe-
los gregos e romanos.
( ) O relógio atômico utiliza a meia vida de um ele-
mento radiativo e regula atualmente a hora inter-
nacional.
Figura 11: Anéis de tronco de árvore.
( ) A clepsidra, ou relógio de água, foi utilizado pe-
los povos da antiguidade.
22
( ) O sextante, ou relógio naval, marcava o tempo
A dendrocronologia é a técnica que possibilita esti-
da viagem na época das Grandes Navegações.
mar a idade das árvores através da contagem dos
anéis de crescimento. Cada anel do tronco corres- Assinale a alternativa que contém, de cima para
ponde a um ano de vida de uma árvore (Fig. 11). Na baixo, a sequência correta.
primavera de 2011, uma árvore que foi plantada na
primavera de 1991 apresenta 16 centímetros de raio a) V, V, F, V, F.
na base do seu tronco. b) V, V, F, F, V.
Considerando uma taxa de crescimento linear, o raio
c) V, F, V, F, V.
da base desse tronco, na primavera de 2026, será
de: d) F, V, V, V, F.
a) 22 cm e) F, F, V, F, V.

R
b) 25 cm
c) 28 cm
d) 32 cm A
e) 44 cm S
23 C
Esses anéis de crescimento são bastante evidentes
em árvores de regiões temperadas, onde as estações
U
do ano são bem definidas. Os anéis são resultantes N
de diferentes taxas de crescimento em espessura do
caule devido às variações das condições ambientais. H
Com base nessas informações e na figura 11, pode-
-se afirmar que cada anel é formado pelo conjunto de
O
9 / 24
25 (IV) Pradaria (D) Caracterizado por relevo em
Os domínios morfoclimáticos brasileiros são defini- "meias laranjas", tem significa-
dos a partir da combinação dos elementos da natu- tivas redes de drenagens, além
reza, como os climáticos, botânicos, pedológicos, hi- da boa precipitação.
drológicos e fitogeográficos, sendo possível delimi-
tar seis regiões, de acordo com Aziz Ab´Saber (1970), (V) Cerrado (E) O clima característico é o se-
além das faixas de transição. miárido, com solo raso e pedre-
goso; os latossolos sofrem o
O mapa a seguir apresenta a localização de tais do- intemperismo físico e os litóli-
mínios. cos são pouco erodidos.

(VI) Amazônico (F) A morfologia do relevo é leve-


mente ondulada, com a utiliza-
ção do solo arenoso sem con-
trole; percebe-se um sério pro-
blema erosivo que origina as
ravinas.
Assinale a alternativa que contém a associação cor-
reta.
a) I-A, II-F, III-C, IV-E, V-B, VI-D.
b) I-B, II-F, III-A, IV-E, V-D, VI-C.
c) I-C, II-E, III-A, IV-B, V-F, VI-D.
d) I-D, II-E, III-A, IV-F, V-B, VI-C.
e) I-D, II-F, III-B, IV-E, V-C, VI-A.

26
Figura 12: AB´SÁBER, Aziz Nacib. Os Domínios de Natureza no Brasil: Analise a figura a seguir.
potencialidades paisagísticas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003. p.32-33.)

Com base no mapa e nos conhecimentos sobre domí-


nios morfoclimáticos brasileiros, associe o domínio,
na coluna da esquerda, com a sua característica, na
coluna da direita.

(I) Mar de Mor- (A) Caracteriza-se por solos fér-


ros teis, rios de planaltos com alto
poder para geração de energia
hidrelétrica. A vegetação carac-
terística é o pinheiro, que desa-
pareceu quase totalmente de-
vido ao extrativismo na área.

(II) Caatinga (B) É o segundo maior domí-


nio em extensão territorial.
Sua vegetação predominante Figura 13: Mangue no Rio Preguiças-Barreirinhas-MA.

caracteriza-se por árvores


retorcidas e cipós. Possui Com base na figura e nos conhecimentos sobre os
também planaltos e chapadas. manguezais, considere as afirmativas a seguir.

(III) Araucária (C) Caracteriza-se por dois tipos I. São formados em ambientes de transição das
de estações fluvioclimáticas: a águas fluviais para as águas oceânicas, nas zo-
das cheias dos rios e a da seca; nas de contato entre terra e mar.
esta última não interrompe o II. Trata-se de um domínio morfoclimático que se
processo pluviométrico diário, desenvolve graças à biodiversidade ambiental
somente em índices diferentes. que caracteriza as suas florestas.
10 / 24
III. Sua fauna representa importante fonte de ali- Analise a figura 15 a seguir e responda às questões 28 e
mentos para o habitante, que depende deste 29.
ecossistema para extrair seu meio de subsistên-
cia.
IV. A ausência de legislação de proteção aos man-
guezais resultou no seu desaparecimento em
escala global.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. Figura 15: Frans Krajcberg. A Flor do Mangue. Década de 1970. Madeira.
300 cm x 900 cm. Coleção do Artista.
27
A figura a seguir representa um modelo plano do
28
desenvolvimento vertical da raiz de uma planta do
Leia o texto a seguir.
mangue. A partir do caule, surgem duas ramifi-
A obra realizada por Frans Krajcberg, ao longo de meio
cações da raiz e em cada uma delas surgem mais
século, baseada no íntimo relacionamento com a natu-
duas ramificações e, assim, sucessivamente. O
reza, é mais do que um projeto estético. É uma ética.
comprimento vertical de uma ramificação, dado pela
É a invenção de um destino através da reinvenção da
distância vertical reta do início ao fim da mesma, é
natureza. Uma luta titânica que vem travando no interior
sempre a metade do comprimento da ramificação
mesmo da natureza, no coração vulcânico da matéria na-
anterior.
tural, em nome de uma revolta individual que tinha muito
a ver com sua solidão, mas que adquiriu, com o tempo,
uma dimensão universal e planetária, quando encarada
no plano mais ambicioso de uma política e ética ecológi-
cas.
(Adaptado de: MORAIS, Frederico. Frans Krajcberg: a arte como re-
volta. FRANS Krajcberg revolta. Rio de Janeiro: GB Arte, 2000.)

Com base no texto, na figura 15 e nos conhecimentos


sobre a produção do artista Frans Krajcberg, assinale
a alternativa correta.
a) Pela temática e procedimentos empregados, a escul-
tura apresentada é uma obra representativa do Natu-
Figura 14: Modelo de raiz de planta de mangue. ralismo no Brasil.
b) Essa escultura se caracteriza como performance, pois
modifica, em termos visuais e simbólicos, o contexto
Sabendo que o comprimento vertical da primeira
natural onde está inserida.
ramificação é de h1 = 1 m, qual o comprimento
vertical total da raiz, em metros, até h10 ? c) Essa escultura é figurativa e representa uma aranha,
artrópode quelicerado típico dos mangues brasileiros.
a) 1 1 d) As madeiras de suas esculturas são recolhidas, en-
 
2 1−
210
1 talhadas e reorganizadas pelo artista, demonstrando
b) 1 − 219
 
2 sua preocupação com a natureza e com a arte.
c) 2 1 − 2110
 
e) O trabalho de Krajcberg consiste em cortar árvores
d) 2 1 − 10110 para realizar a modelagem de suas esculturas; em
 
contrapartida, contribui para o reflorestamento.
e) 2 1 − 219
 

11 / 24
29 Água
A obra A flor do mangue faz alusão às plantas de há-
bito arbóreo típicas do mangue.
Com base nos conhecimentos sobre essas plantas, Analise o mapa a seguir (Fig. 16) e responda às questões
considere as afirmativas a seguir. 30 e 31.

I. Possuem raízes escoras como adaptação ao


solo instável para a sustentação do vegetal.
II. Suas raízes realizam trocas gasosas direta-
mente com o ambiente aéreo como adaptação
a um solo pobre em oxigênio.
III. Possuem raízes com baixo potencial osmótico
de sucção celular, gastando energia para absor-
ver água do solo salgado.
IV. Suas raízes possuem orifícios, denominados
pneumatódios para realizar a absorção e excre-
ção de sais.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Figura 16: América do Sul com a localização do Lago de Itaipu.

R 30
A A histórica disputa pelo controle geopolítico da Ba-

S cia do Prata colocou em guerra, no período de 1864 a


1870, Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.
C O conflito envolveu distintos interesses, entre os

U quais:

N I. As questões de livre navegação nos rios Para-


guai e Paraná, caminhos naturais de acesso ao
H estuário do Prata.

O II. A constituição de uma confederação nos moldes


bolivarianos, capaz de unir diferentes etnias in-
dígenas daqueles países.
III. A política expansionista do Paraguai, efetivada,
na época, pela conquista de áreas do Mato
Grosso.
IV. A presença britânica na região, que defendeu
as suas iniciativas socioeconômicas opondo-se
aos interesses da Argentina.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
12 / 24
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. III. As incertezas sobre os impactos ambientais
com a construção de usinas hidrelétricas trou-
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
xeram, por desdobramento, a formação de mo-
31 vimentos dos atingidos pelas barragens.
Com base nos conhecimentos sobre usinas hidrelé- IV. A construção de hidrelétricas liga-se, também,
tricas e na análise do mapa, atribua V (verdadeiro) ou à preocupação com a crise energética mundial
F (falso) para as afirmativas a seguir. prevista para as próximas décadas.

( ) No mapa, é possível visualizar alagamentos de Assinale a alternativa correta.


grandes áreas a montante da barragem, for- a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
mando o lago de Itaipu; já a jusante do curso
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
do rio Paraná, a vazão mostra-se reduzida.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
( ) A usina de Itaipu foi a primeira obra a utilizar Es-
tudos e Relatórios de Impacto Ambiental (EIA- d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
-RIMA) para a preservação de sítios arqueológi- e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
cos e de territórios habitados pelas populações
ribeirinhas. 33
Em uma usina hidrelétrica, a água do reservatório é
( ) Apesar da amplitude do lago de Itaipu, a sua guiada através de um duto para girar o eixo de uma
formação não gerou variabilidade climática na turbina. O movimento mecânico do eixo, no interior
região, entretanto causou influências no micro- da estrutura do gerador, transforma a energia mecâ-
clima local, com o aumento do albedo nessas nica em energia elétrica que chega até nossas casas.
áreas. Com base nas informações e nos conhecimentos so-
( ) Os municípios envolvidos na implantação de bre o tema, é correto afirmar que a produção de ener-
uma usina hidrelétrica recebem royalties como gia elétrica em uma usina hidrelétrica está relacio-
compensação financeira pela utilização do po- nada
tencial hidráulico dos rios. a) à indução de Faraday.
( ) O relevo propício para a construção de usinas b) à força de Coulomb.
hidrelétricas abarca planaltos como o de Foz do
c) ao efeito Joule.
Iguaçu, com rios caudalosos e de boa vazão.
d) ao princípio de Arquimedes.
Assinale a alternativa que contém, de cima para e) ao ciclo de Carnot.
baixo, a sequência correta.
34
a) V, V, V, F, F.
A tabela a seguir apresenta a capacidade de gera-
b) V, F, V, V, V. ção de energia C, a área inundada A e a razão da ca-
c) V, F, F, V, V. pacidade de geração de energia pela área inundada
E=C/A, de 5 usinas hidrelétricas brasileiras.
d) F, V, F, F, F.
e) F, F, F, F, V.
Hidrelétrica C (MW) A (km2 ) E (MW/km2 )
32 Itaipu 14.000 1.350 10,4
A força das águas tem viabilizado a construção de Porto Primavera 1.800 2.250 0,8
usinas hidrelétricas de grande porte no Brasil, sendo Serra da Mesa 1.275 1.784 0,7
Itaipu um exemplo. Sobradinho 1.050 4.214 0,2
Com base nos conhecimentos sobre desenvolvi- Tucuruí 8.370 2.430 3,4
mento e a questão socioambiental, considere as afir-
mativas a seguir.
O maior valor de E é aquele da usina de Itaipu. O par
ordenado (x, y) do sistema linear
I. A retirada das populações das áreas atingidas
por construção de hidrelétricas tem produzido 
3, 4 0, 2

x
 
10, 4

impactos sociais, como o desenraizamento cul- =
0, 8 0, 7 y 10, 4
tural.
II. Itaipu é um exemplo da prioridade dada à preser- fornece a quantidade de vezes que se deve aumentar
vação dos habitats naturais no projeto nacional- o valor de E nos pares de usinas Tucuruí/Sobradinho
-desenvolvimentista defendido pelos militares e Porto Primavera/Serra da Mesa para que cada par
pós-64. ordenado tenha o mesmo valor E de Itaipu.
13 / 24
Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre 35
matrizes, determinantes e sistemas lineares, consi- Com base no texto e nos conhecimentos antropológi-
dere as afirmativas a seguir. cos e sociológicos sobre a questão de gênero, con-
sidere as afirmativas a seguir.
I. O sistema linear dado tem infinitas soluções.
I. As hierarquias de gênero têm por base material
II. Para que a usina de Sobradinho tenha o mesmo a divisão sexual do trabalho determinada pelas
E da usina de Tucuruí, é necessário que ela au- diferenças percebidas culturalmente.
mente 9,7 vezes sua capacidade de geração de
II. As diferentes sociedades históricas organizam
energia.
a divisão sexual do trabalho de acordo com um
III. A matriz do sistema linear dado tem determi- modelo igualitário uniforme entre homens e mu-
nante não nulo, portanto a solução do sistema lheres.
linear é única. III. Os países definidos como menos desenvolvi-
IV. Para que a usina de Porto Primavera tenha o dos, por se encontrarem excluídos do processo
mesmo E da usina de Itaipu, é necessário que de globalização, preservam a divisão sexual do
ela aumente 13,0 vezes sua capacidade de gera- trabalho.
ção de energia. IV. A existência de atribuições que norteiam “à
risca” o comportamento de homens e mulheres
Assinale a alternativa correta. em um determinado coletivo pode ser tomada
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. como uma instituição social.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas. Assinale a alternativa correta.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Leia o texto III a seguir e responda às questões de 35 a e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
38.
36
A diarreia, citada no texto, é um dos sintomas mais
Texto III
comuns de parasitoses do trato digestivo humano. A
No Konso [Etiópia], o homem carrega água apenas nas duas maior incidência dessas doenças ocorre em regiões
ou três semanas subsequentes ao nascimento de seu bebê. sem água tratada e sistema de esgoto sanitário.
Garotos pequenos pegam água também, mas apenas até Assinale a alternativa correta que contém apenas do-
os 7 ou 8 anos. Essa regra é seguida à risca – por homens enças cuja medida preventiva está associada a insta-
e mulheres. “Se garotos mais velhos carregam água, as lações sanitárias adequadas.
pessoas começam a fofocar que a mãe deles é preguiçosa”, a) Ascaridíase, difteria, doença de Chagas e teníase.
diz Aylito. A reputação de uma mulher do Konso, diz ela, b) Amarelão, dengue, esquistossomose e teníase.
assenta-se no trabalho duro. “Se eu ficar sentada em casa e
c) Amebíase, cólera, esquistossomose e giardíase.
não fizer nada, ninguém vai gostar de mim. Mas, se eu correr
para cima e para baixo com 45 litros de água, eles dirão que d) Ascaridíase, cisticercose, leishmaniose e oxiurose.
sou uma mulher sábia que trabalha duro”. Lemeta, tímido, e) Ancilostomose, cólera, febre tifoide e malária.
para na casa de Aylito Binayo e pede permissão ao marido
dela, Guyo Jalto, para checar seus galões. Jalto leva-o até a Leia o texto IV e responda às questões 37 e 38.
palhoça onde eles são guardados. Lemeta abre a tampa de
Texto IV
um deles e cheira, balançando a cabeça em aprovação – a
família está usando WaterGuard, um aditivo à base de cloro. A família de Aylito trata a água com o WaterGuard (WG),
Uma tampinha cheia do produto purifica um galão de água. O que consiste em uma solução aquosa de hipoclorito de sódio
governo passou a distribuir WaterGuard logo no começo da (2,5% m/v). O N aClO é um forte oxidante que se dissocia
mais recente epidemia de diarreia. Lemeta também verifica em água, conforme as equações [Eq.1] e [Eq.2] a seguir.
se a família possui uma latrina e fala aos moradores sobre ——–N aClO(s) → N a+ −
[Eq.1]
(aq) + ClO(aq)
as vantagens de ferver a água de beber, lavar as mãos e
banhar-se duas vezes por semana.

ClO(aq) + H2 O ⇋ HClO(aq) + −
HO(aq)[Eq.2]
(Adaptado de: ROSENBERG, Tina. O fardo da sede. Revista National Para uma ação desinfetante adequada, há necessidade de,
Geographic. ed.121, 2010. Disponível em: no mínimo, 2 mg/L de cloro residual (HClO(aq) e ClO(aq)

) na
<http://viajeaqui.abril.com.br/national-geographic/edicao-121/busca-agua- água.
propria-542206.shtml?page=3>. Acesso em: 3 ago. 2011.) Dados: 17 11 8
35,5 Cl 23 N a 16 O 1 H
1

14 / 24
37 39
Com base nas informações do texto IV, considere as Observe a figura a seguir.
afirmativas a seguir.

I. O volume mínimo de WG que Aylito precisa para


obter 45 L de água tratada é de aproximada-
mente 3,6 mL.
II. A quantidade de matéria de N aClO presente no
frasco de 1 L de WG é de, aproximadamente,
0,034 mol.
III. Ao adicionar o volume de uma tampinha de WG
ao galão de 45 L, Aylito faz uma diluição, e a
quantidade de matéria de ClO(aq)

no galão será
menor que na tampinha.
IV. Segundo a [Eq.2], no equilíbrio, a velocidade
da reação no sentido da formação do HClO(aq)
é igual à velocidade de sua dissociação em

ClO(aq) .

Assinale a alternativa correta. Figura 17: Camille Claudel. La Vague (A Onda), exposta no salão de 1897.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. Mármore, ônix e bronze. 62 x 56 x 50 cm.

b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.


A Onda, de Camille Claudel, é uma escultura.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Sobre os elementos que definem a sua tridimensio-
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. nalidade, considere as afirmativas a seguir.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
I. A artista desenvolve a forma na modelagem e no
38 entalhe com a utilização de materiais rígidos.
Sabe-se que o composto de cloro com ação antimi- II. O volume ergue-se no espaço real circundante,
crobiana é o ácido hipocloroso (HClO). A prepara- ganha consistência e cresce a fim de constituir
ção de soluções desinfetantes comerciais envolve a uma forma repleta de expressão.
completa dissolução de hipoclorito de sódio em água III. A onda apresenta altura, largura e profundidade,
[Eq.1]. Nestas condições, o ânion hipoclorito dissol- com a presença de figuras humanas e elementos
vido é parcialmente convertido em ácido hipocloroso que expressam a força da natureza.
(HClO) estabelecendo um equilíbrio [Eq.2].
IV. A obra possui áreas vazias que estão dissocia-
Com base no enunciado e nos textos (III e IV), assi-
das dos demais elementos da composição: vo-
nale a alternativa correta.
lume e forma.
a) A adição de N aOH na solução resultará na diminui-
ção da concentração de HClO(aq) . Assinale a alternativa correta.
b) A adição de HCl na solução resultará na diminuição a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
da concentração de HClO(aq) . b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
c) A diminuição da concentração de HO(aq)−
da so- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
lução resultará na diminuição da concentração de d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
HClO(aq) .
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
d) A diminuição do pH da solução resultará na diminui-
ção da concentração de HClO(aq) .
e) O aumento ou diminuição do pH não altera a concen-
tração de HClO(aq) .
R A
S C
U N
H O
15 / 24
40 Terra e Água
O gráfico de uma função f , figura 18, mostra o deslo-
camento vertical de um surfista sobre uma onda, em
função do tempo. Leia o texto V e os mapas (Fig. 19 e 20) a seguir e res-
ponda às questões de 41 a 43.

Texto V

Até a segunda metade do século XIX, pensava-se que o


mapa do mundo fosse praticamente uma constante. Alguns,
porém, admitiam a possibilidade da existência de grandes
pontes terrestres, agora submersas, para explicar as seme-
lhanças entre as floras e faunas da América do Sul e da
África. De acordo com a teoria da tectônica de placas, toda
a superfície da Terra, inclusive o fundo dos vários oceanos,
consiste em uma série de placas rochosas sobrepostas. Os
Figura 18: Gráfico da função f . continentes que vemos são espessamentos das placas que
se erguem acima da superfície do mar.
(Adaptado de: DAWKINS, R. O Maior Espetáculo da Terra. São Paulo:
Com base no gráfico e nos conhecimentos sobre fun-
Companhia das Letras, 2009. p.257-258.)
ções, considere as afirmativas a seguir.
I. Para todo t ∈ (t3 , t7 ), f é constante.
II. Para todo t ∈ [0, t3 ), f (t) = cos(t) + 2.
III. Para todo t ∈ (t7 , t10 ), f (t) = m.t + b,
onde m > 0.
IV. A função f assume seu valor máximo em t = t2 .
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e III são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas II e III são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Figura 19: Mapa de Placas Tectônicas.


(SIMIELI, Maria Helena. Geoatlas. São Paulo: Ática, 2000.)

R
A
S
C
U
N
H
O
Figura 20: Mapa de Zonas Sísmicas e Vulcões.
(SIMIELI, Maria Helena. Geoatlas. São Paulo: Ática, 2000.)

16 / 24
41 a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Com base no texto, nos mapas e nos conhecimen- b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
tos sobre os processos de especiação e distribuição
geográfica dos organismos, considere as afirmativas c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
a seguir. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

I. Há semelhanças entre os fósseis da América do e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.


Sul, África, Antártida e Austrália, pois, em um
43
passado remoto, todas essas regiões estavam
Leia o texto e os mapas a seguir.
unidas, formando um grande continente e im-
Localizado no Estreito de Sunda, na Indonésia, Kracatoa
possibilitando o isolamento reprodutivo.
é um dos vulcões ativos mais vigiados do mundo e faz
II. O modelo clássico de especiação alopátrica parte dos 100 alvos mais importantes monitorados pela
propõe que duas novas espécies se formem Nasa. Antes da grande explosão, havia na região três
em uma mesma região geográfica, de modo grandes ilhas: Rakata, Denan e Perboewatan e, sobre
abrupto, em consequência de mutações cro- esta última, Kracatoa erguia-se a quase 2 mil metros de
mossômicas ocorridas durante as divisões ce- altitude. Após a explosão, Denan e Perboewatan foram
lulares. reduzidas a pó, enquanto Rakata teve seu flanco oriental
III. O isolamento geográfico entre populações de praticamente desintegrado.
uma espécie ancestral pode ocorrer pelo apa-
recimento de um rio cortando uma planície, por
um braço de mar que separa ilhas ou pelo des-
locamento de um continente.
IV. A presença de marsupiais na Austrália repre-
senta a dispersão desde a América do Sul, por
meio da Antártida, no início da era Cenozoica, e
o subsequente isolamento da Austrália permitiu
sua diversificação sobre este país.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

42
Com base nas informações contidas no texto, nos
mapas e nos conhecimentos sobre placas tectônicas,
considere as afirmativas a seguir.

I. As placas tectônicas que dividem as Américas


da Europa e da África são divergentes, compro-
vando a teoria de Wegener, segundo a qual os
continentes estão se afastando.
II. As áreas de subducção são locais de encontro Figura 21: Vulcões.
de placas tectônicas, resultando em formação (Adaptado de: Disponível em:
<www.apolo11.com/vulcoes.php?titulo=Satelite_da_Nasa_mostra_atividade_
de cadeias de montanhas, como os Andes e o vulcanica_do_Filho_de_Kracatoa&posic=dat_20101125-090613.inc>.
Himalaia. Acesso em: 11 jul. 2011.)
III. As áreas propensas a tsunamis, como Tailândia
e Japão, coincidem com as faixas de incidência Com base no texto, nas figuras 19, 20 e 21 e nos co-
de choques entre placas tectônicas. nhecimentos sobre vulcões, considere as afirmativas
IV. O Brasil não sofre a influência de tsunamis ape- a seguir.
sar de possuir um vasto litoral e de localizar-se
em uma área de instabilidade tectônica. I. O aquecimento global, detectado no aumento
da temperatura dos mares, tem intensificado a
Assinale a alternativa correta. ocorrência de erupções vulcânicas.
17 / 24
II. As grandes erupções remodelam o relevo, ge- 45
rando solos férteis resultantes da decomposi- Considere que um tsunami se propaga como uma
ção das rochas vulcânicas. onda circular (Fig. 22).
III. As maiores concentrações geográficas de vul-
cões coincidem com o “Círculo de Fogo”, re-
velando relação entre tectonismo, vulcanismo,
abalos sísmicos e tsunamis.
IV. Uma erupção explosiva forma nuvens de vapor e
poeira com efeitos atmosféricos e impactos so-
cioeconômicos.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e III são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas II e III são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

44
A escala Richter atribui um número M para
quantificar a magnitude de um tremor, ou seja,
M (A) = Log10 A − Log10 A0 , onde A > 0 é a ampli-
Figura 22: Representação da propagação de um tsunami.
tude máxima das ondas sísmicas medidas a 100 km
do epicentro do sismo e A0 > 0 é uma amplitude de
referência. Por exemplo, em 1945, no Japão, o tremor
Se a distância radial percorrida pelo tsunami, a cada
gerado pela bomba atômica teve magnitude aproxi-
intervalo de 1 hora, é de k quilômetros, então a área
mada de 4,9 na escala Richter, enquanto que o tremor
A, em quilômetros quadrados, varrida pela onda en-
ocorrido naquele país, em março de 2011, teve mag-
tre 9 horas e 10 horas é dada por:
nitude de 8,9.
Com base nessas informações, considere as afirma-
a) A = πk 2
tivas a seguir.

I. A amplitude máxima das ondas sísmicas do tre- b) A = 9πk 2


mor de 2011 foi 10.000 vezes maior do que a
amplitude máxima das ondas sísmicas geradas c) A = 12πk 2
pela bomba de Hiroshima.
II. A diferença de magnitude de dois tremores, em d) A = 15πk 2
relação às respectivas amplitudes máximas das
ondas sísmicas, é uma função quadrática. e) A = 19πk 2

III. Um tremor de magnitude 8,0 na escala Richter


tem ondas sísmicas com amplitude máxima 10
vezes maior do que a amplitude máxima em um
tremor de magnitude 7,0.
IV. Se a amplitude máxima das ondas sísmicas de R
um tremor for menor que a amplitude de refe- A
rência A0 , tem-se que a magnitude deste tremor
é positiva. S
Assinale a alternativa correta. C
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. U
b) Somente as afirmativas I e III são corretas. N
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
H
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
O
18 / 24
Analise a figura 23 a seguir e responda às questões de 46
a 49.

Figura 24: Modelo atômico “planetário”

Figura 23: Robert Smithson. Molhe Espiral, 1970. Rocha negra,


cristais de sal, terra, água vermelha (algas). 457,2 m de comprimento
e aproximadamente 4,57 m de largura. Grande Lago Salgado, Utah
(EUA).

46
Leia o texto a seguir. Figura 25: Colapso do elétron no núcleo
Há algumas décadas, certos artistas vêm migrando dos
espaços convencionais da arte – como ateliês, galerias
Com base no enunciado, nas figuras 24 e 25 e nos
e museus – para se afrontarem com a imensidão dos
conhecimentos sobre mecânica e eletromagnetismo,
espaços e tempos infinitos do território natural. Vários
considere as afirmativas a seguir.
exemplos podem ser encontrados nos artistas ligados à
“Land Art”, tendência na qual o meio ambiente se torna I. A variação do vetor velocidade do elétron evi-
o próprio campo de experimentação artística, como os dencia que seu movimento é acelerado.
trabalhos desenvolvidos pelo norte-americano Robert II. Se o módulo da velocidade linear do elétron é
Smithson. constante em toda a trajetória da figura 25, a
(Adaptado de: SOARES, Ana Cecília. Artes em campo expandido. sua velocidade angular aumentará até o colapso
Jornal Diário do Nordeste. 19 ago. 2010. Disponível em: com o núcleo.
<www.diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=834563>.
III. O átomo de Rutherford poderia ser estável se o
Acesso em: 9 ago. 2011.)
elétron possuísse carga positiva.
Com base no texto e na figura 23, assinale a alter- IV. Na figura 25, o elétron está desacelerando, uma
nativa que apresenta, correta e respectivamente, a vez que a força de repulsão eletrostática diminui
linguagem e a tendência artística do trabalho Molhe com o decréscimo do raio da órbita.
Espiral.
Assinale a alternativa correta.
a) Performance e naturalista.
b) Escultura e naturalista. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
c) Intervenção e contemporânea. b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
d) Performance e contemporânea. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
e) Escultura e expressionista. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
47
A obra Molhe Espiral (Fig. 23) faz lembrar o modelo
atômico “planetário”, proposto por Ernest Rutherford
(Fig. 24). Esse modelo satisfaz as observações ex-
R A S
C U N
perimentais de desvio de partículas alfa ao bombar-
dearem folhas de ouro. Entretanto, ele falha quando
se leva em conta a teoria do eletromagnetismo, se-
gundo a qual cargas aceleradas emitem radiação ele-
H O
tromagnética. Assim, o elétron perde energia execu-
tando uma trajetória em espiral e colapsando no nú-
cleo (Fig. 25).
19 / 24
48 Ar
Leia o texto a seguir.
O ser humano, no decorrer da sua existência na face da
terra e graças à sua capacidade racional, tem desenvol- 50
vido formas de explicação do que há no intuito de estabe- Um ciclone tropical é um centro quase circular, com
lecer um nexo de sentido entre os fenômenos e as expe- pressão extremamente baixa, no qual os ventos gi-
riências por ele vivenciados. Essas vivências, à medida ram em espiral, e é causador de danos generalizados.
que são passíveis de expressão através das construções
simbólicas contidas na linguagem, apresentam um cará-
ter eminentemente social.
(HANSEN, Gilvan. Modernidade, Utopia e Trabalho. Londrina: Edições
Cefil, 1999. p.13.)

Com base na obra Molhe Espiral (Fig. 23), no texto


e nos conhecimentos sobre o pensamento de Haber-
mas, assinale a alternativa correta.
a) A linguagem, em razão de sua dimensão material,
inviabiliza a (re)produção simbólica da sociedade.
b) As construções simbólicas se valem do apreço instru-
mental e do valor mercantil.
c) A importância do simbólico na sociedade decorre de
sua adequação aos parâmetros funcionais e técnicos.
d) A dimensão simbólica da sociedade é inerente à forma
como o homem assegura sentido à realidade.
e) A forma de expressão dos elementos simbólicos na
Figura 26: Ciclone Tropical.
arena social deve atender a uma utilidade prática. (Disponível em:
<www.esec.divelas.rcts.pt/Clube%20de%20Meteorologia/altera_clima.htm>.
49 Acesso em: 30 ago. 2011.)
Ao usar os elementos terra e água, o ser humano pro-
duz, historicamente, uma construção material e sim-
bólica, a qual pode ser desfrutada de diversas for- Com base no enunciado, na figura 26 e nos conheci-
mas. mentos relacionados a ciclones tropicais, considere
Com base no enunciado, atribua V (verdadeiro) ou F as afirmativas a seguir.
(falso) para as afirmativas a seguir. I. Têm denominação diferente de acordo com o lu-
( ) Na Mesopotâmia, canais de irrigação propicia- gar de origem: furacões, tufões, trombas d´água
ram a criação das primeiras cidades. e redemoinhos.

( ) Roma Antiga foi abastecida de água por longos II. Possuem uma área central de calmaria, conhe-
aquedutos, possibilitando o seu crescimento. cida como “olho”.

( ) Na antiga Cidade do México, Tenochtitlán, ca- III. Tendem a surgir em estações quentes e, em sua
nais e diques contornavam a cidade auxiliando formação, não há frentes ou massas de ar con-
sua defesa. trastantes.

( ) Na Dubai atual, construíram-se canais trazendo IV. Formam-se nos continentes, intensificando-se
o oceano para o deserto e, desta forma, criaram- ao movimentar-se sobre superfícies aquáticas
-se oásis. frias.
( ) Recife ficou conhecida como a Veneza brasileira Assinale a alternativa correta.
devido ao Rio São Francisco, hoje represado
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
pela usina de Itaparica.
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
baixo, a sequência correta.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
a) V, V, V, F, F.
b) V, V, F, F, V. e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.
c) V, F, F, V, V.
d) F, V, F, V, F.
e) F, F, V, F, V.
20 / 24
51 Assinale a alternativa que contém o gráfico que me-
Analise a figura a seguir. lhor representa a distribuição de velocidades mole-
culares de um gás dentro de certo volume, sob uma
temperatura T.

a)
Figura 27: Sandro Botticelli. O Nascimento de Vênus, 1482. Têmpera
sobre tela. 172,5 x 278,5 cm. Galeria dos Uffizi, Florença (Itália).

Com base nos conhecimentos sobre a pintura no pe-


ríodo do Renascimento e na obra de Sandro Botticelli
(Fig. 27), considere as afirmativas a seguir.

I. Há, nessa obra renascentista, a preocupação


com o naturalismo, a proporção e o efeito de
profundidade, sendo o pintor florentino Sandro
b)
Botticelli um dos principais representantes do
Quattrocento.
II. Essa obra marca o início da Arte Moderna na Itá-
lia ao retratar o conflito entre o homem e a na-
tureza, expresso na ação do vento que afeta os
principais elementos da composição.
III. Essa obra tem como temática um episódio mito-
lógico que aborda o nascimento de uma deusa,
apresentando a movimentação do ar como um
importante elemento para expressar leveza.
c)
IV. O Renascimento é um período histórico caracte-
rizado pelo teocentrismo e a obra O Nascimento
de Vênus é emblemática por apresentar o sopro
divino como temática da composição.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. d)
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

52
As moléculas que compõem o ar estão em constante
movimento, independentemente do volume no qual
estejam contidas. Ludwig Boltzmann (1844-1906) co-
laborou para demonstrar matematicamente que, em
um determinado volume de ar, as moléculas possuem
diferentes velocidades de deslocamento, havendo
maior probabilidade de encontrá-las em velocidades
intermediárias. e)
21 / 24
53 afastou dos seus cânones renascentistas, do compro-
A força e a exuberância das cores douradas do ama- misso de uma representação fidedigna do mundo, com
nhecer desempenham um papel fundamental na pro- as pinturas e esculturas se ocupando não em fabricar du-
dução de diversos significados culturais e científi- plos da realidade, mas em afirmar as suas próprias reali-
cos. dades.
Enquanto as atenções se voltam para as cores, um (Adaptado de: FARIAS, Agnaldo. Arte Brasileira Hoje. São Paulo: Pu-
coadjuvante exerce um papel fundamental nesse es- blifolha, 2002. p.15.)
petáculo. Trata-se de um sistema coloidal formado
por partículas presentes na atmosfera terrestre, que
atuam no fenômeno de espalhamento da luz do Sol.
Com base no enunciado e nos conhecimentos acerca
de coloides, considere as afirmativas a seguir.

I. São uma mistura com partículas que variam de


1 a 1000 nm.
II. Trata-se de um sistema emulsificante.
III. Consistem em um sistema do tipo aerossol só-
lido.
IV. Formam uma mistura homogênea monodis-
persa.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e III são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. Figura 28: Marcel Duchamp. Porta-garrafas, 1914. Ferro galvanizado
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 67,4 cm.

Metal

54
O homem utiliza o fogo para moldar os mais diversos
utensílios. Por exemplo, um forno é essencial para o
trabalho do ferreiro na confecção de ferraduras. Para
isso, o ferro é aquecido até que se torne moldável.
Considerando que a massa de ferro empregada na
confecção de uma ferradura é de 0,5 kg, que a tempe-
ratura em que o ferro se torna moldável é de 520 ◦ C e
que o calor específico do ferro vale 0,1 cal/g ◦ C, assi-
nale a alternativa que fornece a quantidade de calor,
em calorias, a ser cedida a essa massa de ferro para
que possa ser trabalhada pelo ferreiro.
Dado: temperatura inicial da ferradura: 20 ◦ C.
a) 25 Figura 29: Alexander Calder. Aço Peixe, 1934. Folha de metal, arame,
chumbo e pintura. 292 x 348 x 305 cm. Calder Foundation, Nova York
b) 250 (EUA).

c) 2500
d) 25000 Com base no texto e nas figuras, considere as afir-
e) 250000 mativas a seguir.

55 I. O ready-made de Marcel Duchamp e o móbile de


Leia o texto e analise as figuras 28 e 29 a seguir. Calder, pelos materiais empregados, implicam
A partir do impressionismo, a arte paulatinamente se formas tridimensionais impressionistas.
22 / 24
II. Em Porta-Garrafas, Duchamp realiza o processo I. Na dialética de Marx, a sociedade capitalista pro-
de apropriação e recontextualização de um ob- duz os elementos para a emergência de um novo
jeto cotidiano, ação que influenciou a arte con- modo de produção, o comunismo, pautado pelo
temporânea. equilíbrio entre o homem e a natureza.
III. O movimento é de fundamental importância na II. As culturas ditas tradicionais comprovaram que
construção não figurativa de Calder, sendo esse o equilíbrio e a harmonia lhes são próprios e pre-
artista um dos precursores da arte cinética. servados quando estas comunidades entram em
contato com os valores ocidentais modernos.
IV. Tanto no trabalho de Calder quanto no de Du-
champ, os procedimentos utilizados correspon- III. A teoria de Maquiavel respaldou-se na compre-
dem à tradição da escultura acadêmica. ensão do poder do Príncipe como força capaz de
garantir o equilíbrio e a harmonia social desde
Assinale a alternativa correta. que os fins perseguidos não se chocassem com
a) Somente as afirmativas I e IV são corretas. os meios utilizados.
IV. A ideia de leis regendo a vida social e a crença
b) Somente as afirmativas II e III são corretas.
na possibilidade de se encontrar a harmonia
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. conduziram o pensamento positivista a identifi-
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. car a sociedade como um grande organismo.
e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. Assinale a alternativa correta.

56 a) Somente as afirmativas I e II são corretas.


Uma das condições de equilíbrio é que a soma dos b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
momentos das forças que atuam sobre um ponto de c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
apoio seja igual a zero. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

58
As baterias de íon-lítio equipam atualmente vários
aparelhos eletrônicos portáteis como laptops, máqui-
nas fotográficas, celulares, entre outros. As baterias
desses aparelhos são capazes de fornecer 1000 mAh
(mil mili Ampère hora) de carga.
Sabendo-se que a carga de um elétron é de
1, 60 × 10−19 C , assinale a alternativa que representa
corretamente o número de elétrons que fluirão entre
os eletrodos até que uma bateria com essa capaci-
Figura 30: Modelo simplificado de um móbile dade de carga descarregue totalmente.
a) 0, 62 × 10−18
Considerando o modelo simplificado de um móbile b) 1, 60 × 10−16
(Fig. 30), onde AC representa a distância entre c) 5, 76 × 1013
o fio que sustenta m1 e o fio que sustenta m2 , e
1 d) 3, 60 × 1021
AB = AC , qual a relação entre as massas m1 e e) 2, 25 × 1022
8
m2 ?
1
a) m1 = .m2
8 R
b) m1 = 7.m2
A
c) m1 = 8.m2
S
d) m1 = 21.m2
e) m1 = 15.m2 C
57
U
Nas ciências humanas, a existência ou não de equilí- N
brio entre elementos de um dado sistema é também
uma questão presente. H
Com base nos conhecimentos sobre as teorias soci-
ais, considere as afirmativas a seguir.
O
23 / 24
59 60
Baterias de íon-lítio empregam o lítio na forma iô- A areia monazítica, abundante no litoral do Espírito
nica, que está presente no eletrólito pela dissolu- Santo até o final do século XIX, é rica em tório e foi
ção de sais de lítio em solventes não aquosos. Du- contrabandeada para outros países durante muitos
rante o processo de descarga da bateria, os íons lítio anos sob a falsa alegação de lastrear navios. O lastro
deslocam-se do interior da estrutura que compõe o tem por objetivo afundá-los na água, até certo nível,
anodo (grafite) até a estrutura que compõe o catodo conferindo estabilidade para a navegação.
(CoO2 ), enquanto os elétrons se movem através do Se uma embarcação tem massa de 50.000 kg, qual de-
circuito externo (Fig. 31). verá ser a massa de lastro de areia monazítica, em to-
neladas, para que esse navio lastreado desloque um
volume total de 1.000 m3 de água do mar?
Considere a densidade da água do mar igual a 1 g/cm3 .
a) 180
b) 500
c) 630
d) 820
e) 950

Figura 31: Circuito externo.

Neste processo, o cobalto sofre uma alteração repre-


sentada pela equação a seguir.

CoO2(s) + 1Li+(solv) + 1e →(+1) − − −



+
CoO2(s) + 1Li(solv) + 1e → LiCoO2(s)

Com base no enunciado, assinale a alternativa cor-


reta.

a) Durante a descarga, o número de oxidação do cobalto


aumenta.

b) O cobalto recebe elétrons, para haver a recarga da


bateria.

c) No catodo, o cobalto é reduzido durante a descarga.

d) O íon de lítio se desloca para o catodo, durante a des-


carga, devido à atração magnética.

e) O solvente utilizado entre os polos deve ser um líquido


orgânico apolar.

R A S
C U N
H O
24 / 24
PROCESSO SELETIVO

INSTRUÇÕES
1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Assine no local indicado.

2. Verifique se os dados impressos no Cartão-Resposta correspondem aos seus. Caso haja alguma
irregularidade, comunique-a imediatamente ao Fiscal da Prova.

3. Não serão permitidos: empréstimos de materiais; consultas e comunicação entre os candidatos; uso
de livros, apostilas e apontamentos. Relógios e aparelhos eletrônicos em geral deverão ser
desligados e colocados no saco plástico fornecido pelo Fiscal.

4. Aguarde autorização para abrir o Caderno de Prova. Antes de iniciar a Prova, confira a impressão e
a paginação e, em caso de qualquer irregularidade, comunique-a imediatamente ao Fiscal.

5. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas ao
Fiscal.

6. A Prova é composta de 60 questões objetivas, de múltipla escolha, em que há somente 1 (uma)


alternativa correta. Transcreva para o Cartão-Resposta o resultado que julgar correto em cada
questão, preenchendo o retângulo correspondente com caneta esferográfica transparente de tinta
preta.

7. A duração desta Prova será de 4 (quatro) horas, já incluído o tempo destinado ao preenchimento do
Cartão-Resposta.

8. No Cartão-Resposta, anulam a questão: marcar mais de 1 (uma) alternativa correta, rasurar ou


preencher além dos limites do retângulo destinado para cada marcação. Não haverá substituição do
Cartão-Resposta por erro de preenchimento.

9. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao Fiscal. Aguarde autorização para
devolver, em separado, o Caderno de Prova e o Cartão-Resposta, devidamente assinados.
O gabarito oficial provisório estará disponível no endereço eletrônico
www.cops.uel.br a partir das 20 horas do dia 11 de novembro de 2012.
O tema geral desta prova é:
TRANSFORMAÇÕES

Leia o texto I, a seguir, e responda às questões 1 e 2. Com base na análise dessa árvore filogenética, assi-
nale a alternativa correta.
Texto I
a) O grupo formado pelos lêmures é o mais recente, por-
Muitas vezes, o processo de evolução por seleção natural é que divergiu há mais tempo de um ancestral comum.
alvo de interpretações distorcidas. E quando o assunto é a
b) Os chimpanzés apresentam maior proximidade filoge-
evolução humana, a distorção pode ser ainda maior, pois o
nética com os gorilas do que com os humanos.
Homo sapiens é apresentado como o ápice do desenvolvi-
mento. As ilustrações mais conhecidas da evolução estão to- c) Os gorilas compartilham um ancestral comum mais re-
das direcionadas no sentido de reforçar uma cômoda concep- cente com os gibões do que com o grupo formado por
ção da inevitabilidade e da superioridade humanas. A princi- chimpanzés e seres humanos.
pal versão dessas ilustrações é a série evolutiva ou escada de d) Os gorilas são os ancestrais comuns mais recentes do
progresso linear. Esse avanço linear ultrapassa os limites das grupo formado por chimpanzés e seres humanos.
representações e alcança a própria definição do termo evolu- e) Os macacos do Velho Mundo e do Novo Mundo apre-
ção: a palavra tornou-se sinônimo de progresso. A história da sentam grande proximidade filogenética entre si.
vida não é uma escada em que o progresso se faz de forma
previsível e sim um arbusto ramificado e continuamente po- 2
dado pela tesoura da extinção. Com essa noção de progresso, referida no texto I,
construía-se a crença de que o ser humano caminha-
(Adaptado de: GOULD, S. J. Vida maravilhosa: o acaso na evolução e a
va em direção a um progresso irresistível, e ele pró-
natureza da história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. p.23-31.)
prio seria o exemplo dessa noção, implicando, por
exemplo, a minimização do trabalho braçal e uma su-
pervalorização das atividades intelectuais. Porém, no
século XX, tendências de pensamento demonstraram
que a razão, ao mesmo tempo que é libertadora, tam-
bém tem a capacidade de subjugar os homens. Essa
crítica às concepções modernas da razão foi o sus-
tentáculo de um movimento contestador e pacifista,
denominado de movimento __________
Assinale a alternativa que apresenta o termo que pre-
enche, corretamente, a lacuna do enunciado.
a) contracultural.
b) modernista.
c) neoliberal.
Figura 1: Adaptado de: GOULD, S. J. Vida maravilhosa: o acaso na d) trabalhista.
evolução e a natureza da história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.
p.27. e) yuppie.

3
1 Leia o texto a seguir.
A árvore filogenética, representada na figura 2, a se- Não é de hoje que ser “moderno” e “antenado” é ser di-
guir, é construída com base nas comparações de ferente. Toda geração tem seu grupo tentando criar uma
DNA e proteínas. identidade própria, de preferência distante dos padrões
que a sociedade considera normais, mas muito do que
pregam tem um pé nos anos 70. No Brasil, uma das ten-
dências é a ecovila, espécie de comunidade baseada na
produção de alimentos orgânicos, no uso de energia re-
novável e na preservação do ambiente. Outra moda é a
volta dos discos de vinil (por exemplo, LPs) e a cultura do
faça você mesmo, como a produção caseira de cervejas.
(Adaptado de: PRADO, A. C.; HUECK, K. A Volta dos Hippies. Super
Interessante, 296.ed., São Paulo: Editora Abril, out. 2011, p.77-79.)
Com base no texto e nos conhecimentos sobre juven-
tude e sociedade contemporânea, assinale a alterna-
tiva correta.
a) A cultura do “faça você mesmo”, por ser contra a ex-
ploração social, pauta-se pela recusa em utilizar pro-
Figura 2: Árvore Filogenética. dutos industrializados.
1 / 24
b) A retomada de práticas artesanais e criativas de socia- meios adequados para comunicar tal conheci-
bilidade é um dos fatores da redução da criminalidade mento.
juvenil no Brasil. IV. O desenvolvimento das ciências humanas le-
c) Entre os jovens de hoje, as identidades têm se cons- vou a uma recusa da ideia universal de homem:
tituído, predominantemente, a partir de elementos re- nega-se à razão o poder de fundamentar absolu-
conhecidos como culturais. tamente o conhecimento sobre o indivíduo.
d) Inspirados nos hippies dos anos 1970, os jovens de Assinale a alternativa correta.
hoje forçam o capitalismo a retornar a seu período ar-
tesanal. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

e) O retorno aos referenciais setentistas justifica-se por b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
ter sido um período no qual os jovens cultivavam mais c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
os valores tradicionais. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
4 e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
Observe a figura 3 e leia o texto a seguir.
5
Embora a ideia de transformação seja uma caracterís-
tica da modernidade, nos períodos anteriores, na Eu-
ropa, ocorreram diversas mudanças nos campos po-
lítico, econômico, científico e cultural. Pode-se afir-
mar que, com o declínio do Império Romano na Eu-
ropa Ocidental, constituíram-se novas relações soci-
ais entre os habitantes desses territórios, momento
que foi denominado pelos historiadores como Pe-
ríodo Medieval.
Com relação a esse período, considere as afirmativas
a seguir.

I. Carlos Magno libertou o seu império do poderio


papal por intermédio de alianças militares reali-
zadas com a nascente nobreza mercantil de Ve-
neza.
Figura 3: Retrato de George Dyer, Em um espelho. 1968. II. Os camponeses possuíam o direito de deixar as
Óleo sobre tela. Museo Thyssen-Bornemisza, Madrid.
terras em que trabalhavam e migrar para os bur-
gos pelo acordo consuetudinário com os suse-
A crise da razão se manifesta na crise do indivíduo, por ranos.
meio da qual se desenvolveu. A ilusão acalentada pela III. Os chefes guerreiros comandavam seus segui-
filosofia tradicional sobre o indivíduo e sobre a razão – dores no Comitatus por meio de juramentos de
a ilusão da sua eternidade – está se dissipando. O in- fidelidade. Os nobres também realizavam esse
divíduo outrora concebia a razão como um instrumento pacto entre si.
do eu, exclusivamente. Hoje, ele experimenta o reverso
IV. O grande medo da população era ocasionado
dessa autodeificação.
pelas invasões de bárbaros, pelas epidemias e
(HORKHEIMER, M. Eclipse da razão. São Paulo: Centauro, 2000,
pela fome. A crença em milagres se propagava
p.131.)
rapidamente entre a população.
Com base na figura e nos conhecimentos sobre a
crise da razão e do indivíduo na contemporaneidade, Assinale a alternativa correta.
em Horkheimer, considere as afirmativas a seguir.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
I. A crise do indivíduo implica na sua fragmenta- b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
ção: embora ele ainda se represente, a imagem
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
que possui de si é incompleta, parcial.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
II. A crise do indivíduo resulta de uma incompre-
ensão: ignorar que ele é uma particularidade or- e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
denada (microcosmo) inserida numa totalidade
ordenada (macrocosmo).
III. O indivíduo, que é unitário, apreende a si mesmo
e ao mundo plenamente, faltando-lhe, porém, os
2 / 24
6 8
No contexto histórico das transformações ocorridas No Brasil, os fluxos migratórios no século XIX e iní-
no século XIX, que envolveram questões da identi- cio do século XX marcaram a política de construção
dade nacional e da política, no Brasil, após a abdi- de uma “identidade brasileira” que se assentava na
cação de D. Pedro I, ocorreu uma grave crise insti- ideia de “branqueamento da raça”.
tucional. As tentativas de superação por meio das Com relação à influência dos processos migratórios
Regências provocaram uma série de revoltas como a desse período na formação populacional brasileira,
Sabinada (BA), a Balaiada (MA) e a Cabanagem (PA). atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a se-
A superação da crise, que coincidiu com o fim do pe- guir.
ríodo regencial, deveu-se à
( ) As políticas migratórias oficiais, na segunda me-
a) antecipação da maioridade do príncipe herdeiro. tade do século XIX, ressaltaram o interesse de
b) consolidação da Regência Una e Permanente. preservar a ascendência europeia na composi-
ção étnica da população.
c) formação e consolidação do Partido Republicano.
( ) As políticas migratórias pautavam-se por um
d) fundação das agremiações abolicionistas. “modelo ideal de trabalhador”, no qual predomi-
e) volta imediata de D. Pedro I às terras brasileiras. nava a forma capitalista de produção.
( ) As imigrações europeia e asiática tiveram como
Leia o texto II, a seguir, e responda às questões 7 e 8. propósito a ocupação das vagas ociosas na in-
dústria nascente, diante da ausência de qualifi-
Texto II cação dos ex-escravos.
( ) A imigração japonesa no Paraná foi favorecida
O surgimento da bioética coincidiu com o clamor generalizado pela fácil adaptação dos japoneses aos costu-
levantado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, reação mes ocidentais e por serem habituados ao tra-
que culminou com a Declaração Universal dos Direitos Huma- balho com as monoculturas.
nos. O objetivo primordial da bioética se baseia no princípio
humanista de afirmar a primazia do ser humano e defender a ( ) O direcionamento dos fluxos migratórios fez
dignidade e a liberdade inerentes ao mero fato de pertencer à com que existisse maior concentração de afro-
espécie. descendentes nas regiões Sul e Centro-oeste.

(Adaptado de: BERGEL, S. Desafios da bioética. Planeta. ano 40, 472.ed., Assinale a alternativa que contém, de cima para
jan. 2012, p.70.) baixo, a sequência correta.
a) V, V, F, F, F.
7
O período a que se refere o texto envolve também a b) V, F, V, V, F.
ruptura com a democracia pela República de Weimar, c) V, F, F, F, V.
a qual foi engendrada pelas conjunturas políticas da
d) F, V, F, V, V.
Alemanha nos anos 30 do século XX. É nesse qua-
dro democrático que se pode compreender a ascen- e) F, F, V, V, F.
são do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhado-
res Alemães e a fundação do III Reich, criando um Leia o texto III, a seguir, e responda às questões 9 e 10.
totalitarismo com faces eugênicas.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o to- Texto III
talitarismo eugênico, assinale a alternativa que apre- Adquira o óvulo em um país, faça a fertilização em outro e
senta, corretamente, os eventos que comprovam contrate a mãe de aluguel num terceiro. Está pronto o seu
essa prática. filho com muita economia.
a) A capitulação da Alemanha, a independência das na- (COSTA, C. Bebê globalizado. Supernovas. Super Interessante. São Paulo:
ções africanas e a perseguição aos arianos. Editora Abril, 296.ed., out. 2011, p.28.)

b) A nacionalização dos portos, o fim do corredor polo-


nês e o Pacto Ribbentrop-Molotov.
c) A ocupação da Áustria, o fortalecimento dos bancos
públicos e o antifascismo.
R A S
d) A tomada de Paris, a invasão da URSS e a libertação C U N
dos Sudetos.
e) As Leis de Nuremberg, a Solução Final e a criação
H O
dos campos de extermínio.

3 / 24
9 11
O texto apresenta um aspecto da reprodução humana Leia o texto a seguir.
assistida. Tudo isso ela [Diotima] me ensinava, quando sobre as
Sobre as mudanças no referido processo social, as- questões de amor [eros] discorria, e uma vez ela me per-
sinale a alternativa correta. guntou: – que pensas, ó Sócrates, ser o motivo desse
a) A diversidade de arranjos familiares passou a existir a amor e desse desejo? A natureza mortal procura, na me-
partir do acesso aos serviços de reprodução humana dida do possível, ser sempre e ficar imortal. E ela só pode
assistida. assim, através da geração, porque sempre deixa um ou-
b) A globalização das economias e as redefinições cul- tro ser novo em lugar do velho; pois é nisso que se diz
turais têm favorecido os processos de reprodução as- que cada espécie animal vive e é a mesma. É em virtude
sistida. da imortalidade que a todo ser esse zelo e esse amor
acompanham.
c) A reprodução humana assistida tem sido um caminho (Adaptado de: PLATÃO. O Banquete. 4.ed. São Paulo: Nova Cultural,
eficaz para reduzir, nos últimos anos, o ritmo de cres- 1987, p.38-39. Coleção Os Pensadores.)
cimento demográfico mundial. Com base no texto e nos conhecimentos sobre o
d) O direito à liberdade de uso do próprio corpo choca-se amor em Platão, assinale a alternativa correta.
frontalmente com a proposta de reprodução humana
a) A aspiração humana de procriação, inspirada por
sem atividade sexual.
Eros, restringe-se ao corpo e à busca da beleza física.
e) O referido processo, aceito socialmente, coloca-se
b) O eros limita-se a provocar os instintos irrefletidos e
como a base para a existência de uma sociedade glo-
vulgares, uma vez que atende à mera satisfação dos
balizada sem imperfeições.
apetites sensuais.
10 c) O eros físico representa a vontade de conservação
As transformações sociais possibilitam novas for- da espécie, e o espiritual, a ânsia de eternização por
mas de constituição familiar. O desenvolvimento ci- obras que perdurarão na memória.
entífico e tecnológico consegue ajudar casais a terem
d) O ser humano é idêntico e constante nas diversas fa-
filhos, recorrendo à reprodução assistida.
ses da vida, por isso sua identidade iguala-se à dos
Nesse contexto e supondo que um casal constituído
deuses.
por duas mulheres deseje ter um bebê, considere as
afirmativas a seguir. e) Os seres humanos, como criação dos deuses, se-
guem a lei dos seres infinitos, o que lhes permite eter-
I. A célula-ovo será resultante de um óvulo reti- nidade.
rado de uma das mães que foi fecundado por um
espermatozoide e implantado no útero de uma Observe a figura 4, a seguir, e responda às questões de
mulher ou no de uma das mães. 12 a 15.
II. A fusão dos núcleos dos óvulos das mães dará
origem a um embrião do sexo feminino, o qual
apresenta genes de ambas as genitoras, por-
tanto com características haploides de cada
uma delas.
III. O embrião formado, gerado in vitro, foi implan-
tado no útero de uma “mãe de barriga de alu-
guel” para que o bebê tivesse características
dela.
IV. O bebê será do sexo feminino, porque o núcleo
diploide que lhe deu origem é resultante da ferti-
lização do óvulo de uma das mães com o esper-
matozoide haploide com cromossomo X de um
homem. Figura 4: Assim Caminha a Humanidade – Sociedade de Consumo.
(Disponível em:
Assinale a alternativa correta. <http://blogdopedronelito.blogspot.com.br/2012/02/assim-caminha-
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. humanidade.html>. Acesso em: 29 maio
2012.)
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

4 / 24
12 IV. A democracia encontra-se prestigiada pela ca-
O código de barras pode ser tomado como um dos pacidade dos cidadãos de vender os direitos
símbolos da sociedade de consumo e é usado em conquistados como serviços.
diferentes tipos de identificação. Considere que um
determinado serviço postal usa barras curtas e bar- Assinale a alternativa correta.
ras longas para representar seu Código de Endere- a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
çamento Postal (CEP) composto por oito algarismos, b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
em que a barra curta corresponde ao 0 (zero) e a
longa ao 1 (um). A primeira e a última barra são des- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
consideradas, e a conversão do código é dada pela d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
tabela a seguir. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
0 11000 14
1 00011 Uma das características da sociedade moderna é a
2 00101 identificação cada vez mais precisa dos indivíduos.
3 00110 Um exemplo é o CPF (Cadastro de Pessoa Física), um
4 01001 registro na Receita Federal composto por 11 dígitos,
5 01010 sendo os dois últimos verificadores, para se evitar
6 01100 erros de digitação. O número do CPF tem a seguinte
7 10001 configuração:
8 10010
9 10100 N1 N2 N3 N4 N5 N6 N7 N8 N9 − N10 N11

Assinale a alternativa que corresponde ao CEP dado N1 a N8 são os números-base e N9 define a região
pelo código de barras a seguir. fiscal, por exemplo, N9 = 9 para Paraná e Santa Ca-
tarina. N10 e N11 verificam os números anteriores.
O algoritmo para obter o dígito verificador N11 é
calculado a partir da soma:

Figura 5: Código de Barras.


S10 = 11N1 + 10N2 + 9N3 + 8N4 + 7N5 + 6N6
rrrrrrrrrr+5N7 + 4N8 + 3N9 + 2N10
a) 84161-980
b) 84242-908
Dividindo S10 por 11, obtém-se o resto R desta
c) 85151-908 divisão. Se R = 0 ou R = 1, então N11 = 0; caso
d) 86051-980 contrário N11 = 11 − R.
e) 86062-890 Considerando o número de CPF 094.610.079 − 9X ,
assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o
13 valor de X .
A sociedade de consumo mantém uma correlação
com o neoliberalismo, que amplia o espaço privado, a) rr0
restringe o espaço público e transforma os direitos
sociais em serviços demarcados pelo mercado. b) rr3
Sobre essa dinâmica, considere as afirmativas a se- c) rr6
guir. d) rr8
I. Na lógica neoliberal do mercado, a busca do su- e) 10
cesso, a qualquer preço, pelo indivíduo e a vola-
tilidade do sistema econômico-financeiro geram
fatores de insegurança social.

R A S
II. O planeta foi transformado em uma unidade de
operações das corporações financeiras, sendo
a fragmentação e a dispersão socioeconômica C U N
consideradas como natural e positiva.
III. Os valores sociais constituídos no seio das co-
H O
munidades tradicionais são respeitados por in-
divíduos egocentrados, portadores dos valores
essenciais do neoliberalismo.
5 / 24
15
Os documentos de identificação individual podem
ser analisados sob a perspectiva dos estudos webe-
rianos a respeito da sociedade moderna.
Sobre essa análise, assinale a alternativa correta.

a) A ação racional com relação a valores é o tipo concei-


tual que explica o uso do CPF, uma vez que se refere
às riquezas do indivíduo.

b) A adoção de documentos de identificação pessoal cor-


responde aos interesses dos indivíduos pelo prestígio
social.

c) A identificação pelo CPF é um exemplo de imitação e


de ação condicionada pelas massas, fenômenos co-
muns na sociedade moderna. (A) A liberdade guia o povo, Eugène Delacroix, 1830.

d) CPF e documentos pessoais fortalecem o processo


de desburocratização das estruturas racionais de do-
minação.

e) O uso do CPF é uma ação dotada de sentido, isto é,


compreensível pelos demais indivíduos envolvidos na
situação.

16
Considerando as transformações da arte ocidental,
relacione as afirmativas, de I a VI, sobre os termos
Clássico e Romântico nas Artes Visuais, às figuras A
e B.

(I) O termo Clássico está ligado à arte do mundo (B) A banhista de Valpiçon, Dominique Ingres, 1808.
antigo, greco-romano, e ao seu renascimento na
cultura humanista dos séculos XV e XVI. A ên- Assinale a alternativa que contém a associação cor-
fase está na mímese (modelo e imitação). reta.

(II) O termo Romântico está ligado à arte cristã da a) I-A, II-B, III-A, IV-B, V-A, VI-B.
Idade Média, mais precisamente ao Românico e b) I-A, II-B, III-A, IV-B, V-B, VI-A.
ao Gótico. A ênfase está na poética.
c) I-B, II-A, III-A, IV-B, V-A, VI-B.
(III) O termo Clássico está ligado a uma postura ra- d) I-B, II-A, III-B, IV-A, V-A, VI-B.
cional do artista, em que o belo é idealizado e e) I-B, II-A, III-B, IV-A, V-B, VI-A.
objetivo.

(IV) O termo Romântico está ligado a uma pos-


tura predominantemente passional do artista,
em que o belo é subjetivo.
R A
(V) O termo Clássico está ligado a um modelo de S C
equilíbrio, proporção, clareza, imitação da natu-
reza, cópia de obras antigas e projeto de obra. U N
(VI) O termo Romântico está ligado a imagina- H O
ção, inspiração, sensibilidade, emoção, drama,
transcendência, espiritualidade e identidade en-
tre arte e vida.
6 / 24
17 (D) Maria Martins foi influen-
A Arte Moderna caracteriza-se pela oposição aos pa- ciada pelas lendas brasi-
drões acadêmicos, que se intensificaram a partir do leiras e pelos surrealistas
Renascimento, no qual a escultura tornou-se um tra- europeus refugiados em
balho técnico de imitação da natureza. Com Rodin, Nova Iorque. Suas escultu-
no final do século XIX, revalorizou-se a materialidade ras apresentam anatomia
na escultura ocidental. distendida e distorcida. Ex-
Com base no enunciado, relacione as séries de ima- plorou formas arredonda-
gens de esculturas modernas, na coluna da es- das em criaturas híbridas
querda, com as informações sobre os artistas, na co- e imaginárias pertencentes
luna da direita. aos mitos e fantasias, que
evocam a transformação e
(A) Edgar Degas investigou a (IV) a metamorfose e transmi-
gravidade a partir da fi- tem uma impressão de mo-
gura humana em movi- bilidade do corpo com suas
mento, possibilitando a li- contorções, estiramentos e
vre articulação do volume ondulações.
no espaço de forma inven-
tiva e bem elaborada. As
suas figuras realçam a po-
(E) Constantin Brancusi rom-
breza inventiva da escul-
peu com a representação
tura europeia dependente
e investigou a condição de
de estereótipos clássicos
“objeto” da escultura. A
desde a Renascença.
(I) partir da influência de Ro-
din, explorou e pesquisou
as materialidades da ma-
deira, da pedra e do me-
(B) Amílcar de Castro traba- tal, entalhando e fundindo
lhou principalmente com formas geométricas e orgâ-
cortes e dobras em chapas nicas, abstratas e simbóli-
de metal, valorizando os cas. A forma e a estrutura
vazios nas composições, são ordenadas não mais
de modo que suas formas (V) por referência ao mundo
permitem o livre uso dos externo, mas pela articula-
espaços como partes es- ção direta da percepção do
senciais da escultura. In- espectador.
fluenciado por procedimen- Assinale a alternativa que contém a associação cor-
tos construtivos, elaborou reta.
obras em grande escala a) I-A, II-C, III-B, IV-E, V-D.
(II) para espaços públicos.
b) I-A, II-E, III-D, IV-C, V-B.
c) I-B, II-A, III-E, IV-D, V-C.
d) I-E, II-A, III-D, IV-C, V-B.
(C) Henry Moore limitou sua
escultura a poucos temas, e) I-E, II-C, III-B, IV-A, V-D.
como a figura reclinada.
Sua obra possui um po-
der expressivo que não ti-
nha o propósito de repro-
duzir as aparências natu- R A
rais, mas explorar a vitali-
dade orgânica dos materi- S C
ais. Estilizava as figuras e U N
H O
explorava a passagem de
luz, relacionando volumes
e espaços que se definem
(III) mutuamente.

7 / 24
18 ram a complementar seu divisionismo colorista
Considerando as transformações da Arte Moderna com uma fragmentação formal do tipo cubista.
em relação ao Período Acadêmico, observe as fi- As obras futuristas demonstravam a possibili-
guras 6 e 7 das obras futuristas e leia o texto a seguir. dade de usar a arte como meio para captar os
aspectos de um entorno dinâmico. O divisio-
nismo lhes permitia imprimir um ritmo dinâmico
na composição.
( ) Boccioni, em seu Manifesto da Escultura Futu-
rista, proclamou o uso de um único tipo de ma-
terial na escultura. Enfatizou a imitação de fór-
mulas herdadas do passado baseadas na cópia
do modelo nu e no estudo da estatuária clássica.
( ) Enquanto, no Cubismo, a geometrização enfa-
tiza a estrutura formal do motivo representado,
a fragmentação futurista tem a meta de criar ele-
mentos lineares (“linhas de força”) que podem
ser seriados para produzir um efeito de movi-
mento. A coerência formal no Futurismo tem im-
portância secundária.
Figura 6: Dinamismo de um cão na coleira,
( ) O Futurismo italiano foi impulsionado na pri-
Giacomo Balla, 1912.
meira década do século XXI pelas exposições
e imagens do Realismo e do Neoclassicismo,
sendo também influenciado pelo Expressio-
nismo alemão.
( ) O Futurismo teve sua origem em uma maneira
de entender a civilização, considerando o dina-
mismo como sensação típica do “nosso” tempo
a ser buscada na pintura e na escultura. Em al-
guns aspectos foi um movimento radical que re-
chaçou todas as tradições, valores e instituições
sempre respeitados. Valorizou o registro da ve-
locidade como valor plástico.

Assinale a alternativa que contém, de cima para


baixo, a sequência correta.
a) V, V, V, F, F.
b) V, V, F, V, F.
Figura 7: Formas únicas na continuidade do espaço, c) V, F, V, F, V.
Umberto Boccioni, 1913.
d) F, V, F, V, F.
e) F, F, V, F, V.
Para os futuristas, os objetos não se esgotavam no con-
torno aparente e os seus aspectos se interpenetravam
continuamente, devido, sobretudo, à nossa visão, que é
dinâmica e vê vários espaços a um só tempo ou vários
tempos num só espaço.
(DELL’ARCO, M. F., 1968, apud MORAIS, F. Arte é o que eu e você
chamamos arte. Rio de Janeiro: Record, 2000. p.254.)
R A
Com base nas figuras, no texto e nos conhecimentos S C
a respeito do movimento Futurista, atribua V (verda-
deiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir. U N
H O
( ) A partir do contato com o Cubismo, os futu-
ristas investiram menos no tema e se aplica-
8 / 24
19 a) As artes e as ciências geralmente floresceram em so-
No livro Através do espelho e o que Alice encontrou ciedades que se encontravam em pleno vigor moral,
por lá, a Rainha Vermelha diz uma frase enigmática: em que a honra era a principal preocupação dos cida-
Pois aqui, como vê, você tem de correr o mais que pode dãos.
para continuar no mesmo lugar. b) A emancipação advém da posse e do consumo exclu-
(CARROL, L. Através do espelho e o que Alice encontrou por lá. Rio de
sivo e diferenciado de bens de primeira linha, uma vez
Janeiro: Zahar, 2009. p.186.)
que o luxo concede prestígio para quem o possui.
Já na Grécia antiga, Zenão de Eleia enunciara uma c) Os envolvidos com as ciências e as artes adquirem,
tese também enigmática, segundo a qual o movi- com maior grau de eficiência, conhecimentos que lhes
mento é ilusório, pois permitem perceber a igualdade entre todos.
numa corrida, o corredor mais rápido jamais consegue d) O amor-próprio é um sentimento positivo por meio do
ultrapassar o mais lento, visto o perseguidor ter de pri- qual o indivíduo é levado a agir moralmente e a reco-
meiro atingir o ponto de onde partiu o perseguido, de tal nhecer a liberdade e o valor dos demais.
forma que o mais lento deve manter sempre a dianteira.
(ARISTÓTELES. Física. Z 9, 239 b 14. In: KIRK, G. S.; RAVEN, J. E.;
e) O objetivo das investigações era atingir celebridade,
SCHOFIELD, M. Os Pré-socráticos. 4.ed. Lisboa: Fundação Calouste
pois os indivíduos estavam obcecados em exibir-se,
Gulbenkian, 1994, p.284.)
esquecendo-se do amor à verdade.
Com base no problema filosófico da ilusão do movi-
Leia o texto IV, a seguir, e responda às questões de 21 a
mento em Zenão de Eleia, é correto afirmar que seu
23.
argumento
a) baseia-se na observação da natureza e de suas trans- Texto IV
formações, resultando, por essa razão, numa explica-
O Brasil prepara-se para construir e lançar um satélite geo-
ção naturalista pautada pelos sentidos.
estacionário que vai levar banda larga a todos os municípios
b) confunde a ordem das coisas materiais (sensível) e a do país. Além de comunicações estratégicas para as For-
ordem do ser (inteligível), pois avalia o sensível por ças Armadas, o satélite possibilitará o acesso à banda larga
condições que lhe são estranhas. mais barata a todos os municípios brasileiros. O ministro da
Ciência e Tecnologia está convidando a Índia – que tem expe-
c) ilustra a problematização da crença numa verdadeira
riência neste campo, já tendo lançado 70 satélites – a entrar
existência do mundo sensível, à qual se chegaria pe-
na disputa internacional pelo projeto, que trará ganhos para o
los sentidos.
consumidor nas áreas de Internet e telefonia 3G.
d) mostra que o corredor mais rápido ultrapassará inevi- (Adaptado de: BERLINCK, D. Brasil vai construir satélite para levar banda
tavelmente o corredor mais lento, pois isso nos apon- larga para todo país. O Globo, Economia, mar. 2012. Disponí-
tam as evidências dos sentidos. vel em: <http://oglobo.globo.com/economia/brasil-vai-construir-satelite-para-
e) pressupõe a noção de continuidade entre os instantes, levar-banda-larga-para-todo-pais-4439167>. Acesso em: 16 abr. 2012.)
contida no pressuposto da aceleração do movimento
21
entre os corredores.
Suponha que o conjunto formado pelo satélite e pelo
20 foguete lançador possua massa de 1, 0 · 103 tonela-
Leia o texto a seguir. das e seja impulsionado por uma força propulsora de
aproximadamente 5, 0 · 107 N , sendo o sentido de
A questão não está mais em se um homem é honesto,
lançamento desse foguete perpendicular ao solo.
mas se é inteligente. Não perguntamos se um livro é
Desconsiderando a resistência do ar e a perda de
proveitoso, mas se está bem escrito. As recompensas
massa devido à queima de combustível, assinale a
são prodigalizadas ao engenho e ficam sem glórias
alternativa que apresenta, corretamente, o trabalho
as virtudes. Há mil prêmios para os belos discursos,
realizado, em joules, pela força resultante aplicada ao
nenhum para as belas ações.
conjunto nos primeiros 2, 0 km de sua decolagem.
(ROUSSEAU, J. J. Discurso sobre as ciências e as artes. 3.ed. São
Considere a aceleração da gravidade g = 10, 0 m/s2 em
Paulo: Abril Cultural, 1983. p.348. Coleção Os Pensadores.)
todo o percurso descrito.
O texto apresenta um dos argumentos de Rousseau
a) rr4, 0 · 107 J
à questão colocada em 1749, pela Academia de Dijon,
sobre o seguinte problema: O restabelecimento das b) rr8, 0 · 107 J
Ciências e das Artes terá contribuído para aprimorar c) rr4, 0 · 1010 J
os costumes?
d) rr8, 0 · 1010 J
Com base nas críticas de Rousseau à sociedade,
assinale a alternativa correta. e) 10, 0 · 1010 J

9 / 24
22 24
A posição média de um satélite geoestacionário em Uma família viaja para Belém (PA) em seu automóvel.
relação à superfície terrestre se mantém devido à Em um dado instante, o GPS do veículo indica que
a) sua velocidade angular ser igual à velocidade angular ele se localiza nas seguintes coordenadas: latitude
da superfície terrestre. 21◦ 20′ Sul e longitude 48◦ 30′ Oeste. O motorista
solicita a um dos passageiros que acesse a Internet
b) sua velocidade tangencial ser igual à velocidade tan- em seu celular e obtenha o raio médio da Terra,
gencial da superfície terrestre. que é de 6730 km, e as coordenadas geográficas
c) sua aceleração centrípeta ser proporcional ao cubo da de Belém, que são latitude 1◦ 20′ Sul e longitude
velocidade tangencial do satélite. 48◦ 30′ Oeste. A partir desses dados, supondo que a
d) força gravitacional terrestre ser igual à velocidade an- superfície da Terra é esférica, o motorista calcula a
gular do satélite. distância D , do veículo a Belém, sobre o meridiano
48◦ 30′ Oeste.
e) força gravitacional terrestre ser nula no espaço, local Assinale a alternativa que apresenta, corretamente,
em que a atmosfera é rarefeita. o valor da distância D , em km.
23 π
Suponha que as ondas geradas pelo satélite geo- a) D = 6730
9
estacionário possuam uma frequência constante de
π
1, 0 · 108 Hz e demorem 1, 1 · 10−1 s para percorrer b) D = (6730)2
a distância de 3, 3 · 107 m entre o emissor e uma an- 18
tena receptora. π√
c) D = 6730
Com relação às ondas emitidas, considere as afirma- 9
tivas a seguir. π
d) D = 6730
36
8
I. Sua velocidade é de 3, 0 · 10 m/s.  π 2
II. Sua velocidade é diretamente proporcional ao e) D = 6730
3
seu comprimento de onda.
III. Sua velocidade é inversamente proporcional à Observe a figura 8, a seguir, e responda às questões de
sua frequência. 25 a 29.

IV. Seu comprimento de onda é de 3, 0 · 10−3 m.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

R A
S C
U N
H O Figura 8: Detalhe da obra Mapa Mundi, Vik Muniz.

10 / 24
25 d) Marca a totalidade do espaço, que se subordina à ló-
Leia o texto a seguir. gica da globalização.
Quero criar a pior ilusão possível que ainda possa enga- e) Resulta no predomínio de relações lugar-lugar em de-
nar os olhos da média das pessoas. Algo tão rudimentar trimento das relações local-global.
e simples que o observador pense: "Não acredito no que
estou vendo, não posso estar vendo isto, minha mente é 27
sofisticada demais para se deixar enganar por algo tão Computadores articulam-se fortemente à produção
simples assim". Quando uma imagem tem a capacidade de sentidos no mundo contemporâneo. Um desses
de não apenas fornecer-lhe o conteúdo dela própria, mas sentidos reconhece o problema da transformação de
também de fazê-lo indagar sobre a origem, sobre a es- milhões de toneladas de máquinas obsoletas em lixo
sência do que ela está fazendo com você, então você tem eletrônico. Um computador possui em média 32% de
um objeto que funciona como arte. Procuro engrossar metal ferroso, 23% de plástico [poli(cloreto de vinila)]
as imagens, fazer delas o mais complicado possível para e polímeros antichama, como o PPS, 18% de metais
as pessoas que estão olhando se perderem na trama de não ferrosos, como chumbo, cádmio, berílio e mer-
possíveis representações, nos significados daquela ima- cúrio, 15% de vidro e 12% de placas eletrônicas que
gem. possuem ouro, platina, prata e paládio.
(Adaptado de: SAPIENZA, T. T. Ilusões fotográficas de Vik Muniz. In:
Com base nesse contexto, nos constituintes quími-
DVDteca Arte na Escola. São Paulo: Instituto Arte na Escola, 2006.
cos de um computador e em processos de recicla-
p.20.)
gem do lixo eletrônico, assinale a alternativa cor-
reta.
Com base na figura e no texto, considere as afirmati-
vas, a seguir, quanto às características da Arte Con- a) A recuperação, por meio de eletrólise, dos íons metáli-
temporânea. cos presentes em alguns circuitos integrados na forma
de óxido metálico consiste da oxidação dos íons para
I. As linguagens tradicionais da Arte, como pin- a forma reduzida.
tura, desenho, escultura e gravura, são amplia-
b) Considerando que um circuito integrado possui 20%
das e problematizadas.
de vidro, 50% de plástico, 20% de ferro, 5% de platina
II. Na produção artística contemporânea, e 5% de ouro, a reciclagem, por destilação fracionada,
valorizam-se o contexto cultural e suas transfor- com 100% de eficiência, de 1 tonelada de circuitos
mações sociais e políticas. integrados recuperará 4 quilos de ouro.
III. O pluralismo estético, o múltiplo e a repetição c) A destilação fracionada é uma alternativa para a re-
são valorizados em detrimento da autenticidade. ciclagem de placas de circuito impresso de computa-
IV. Os artistas enfatizam os elementos formais da dores. Zn, F e e P b são separados sequencialmente,
linguagem visual, a composição, a unicidade e pois possuem pontos de ebulição de 1748 °C, 906 °C
a originalidade, em detrimento da ideia, do con- e 2869 °C, respectivamente.
ceito e do conteúdo. d) O polímero poli(sulfeto de p-fenileno) (PPS) possui
Assinale a alternativa correta. unidades monoméricas de

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.


b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. e) A representação esquemática da reação de polimeri-
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. zação para formar o poli(cloreto de vinila) é
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

26
A obra de Vik Muniz permite uma reflexão sobre a
organização do espaço no período técnico-científico-
-informacional, discutido por Milton Santos.

R A
Em relação ao processo de espacialização desse pe-
ríodo, assinale a alternativa correta.
a) Caracteriza-se pela redução das necessidades de
transporte das mercadorias.
S C
b) É determinado pela concentração populacional no es- U N
paço geográfico.
c) Exclui os espaços rurais pela restrição da utilização de
H O
ciência e de tecnologia.
11 / 24
28 d) F, V, F, V, V.
A figura 8, Mapa Mundi, é composta por lixo eletrô- e) F, F, V, V, F.
nico.
Com base nessa figura e na crítica de Marx à socie- 30
dade capitalista, assinale a alternativa correta. Atualmente, com a comunicação eletrônica, muitas
a) A cada nova tecnologia desenvolvida pelo capital, atividades dependem do sigilo na troca de mensa-
maior é a qualificação necessária aos trabalhadores. gens, principalmente as que envolvem transações fi-
nanceiras. Os sistemas de envio e recepção de men-
b) A existência de mercadorias é o que distingue o ca-
sagens codificadas chamam-se Criptografia. Uma
pitalismo de outros modos de produção no transcurso
forma de codificar mensagens é trocar letras por nú-
da história do homem.
meros, como indicado na tabela-código a seguir.
c) A produção do desperdício é parte constitutiva do pro-
cesso de acumulação de capital e realização da lei do 1 2 3 4 5
valor. 1 Z Y X V U
d) No capitalismo contemporâneo, o valor de uso foi 2 T S R Q P
substituído pelo valor de troca, do qual resultam as 3 O N M L K
mercadorias. 4 J I H G F
e) Produzir mercadorias com pouca durabilidade é prá- 5 E D C B A
tica momentânea para que o capitalismo supere suas
crises periódicas. Nessa tabela-código, uma letra é identificada pelo nú-
mero formado pela linha e pela coluna, nessa ordem.
29 Assim, o número 32 corresponde à letra N. A mensa-
Um computador pessoal pode conter 700 substân- gem final M é dada por A + B = M , onde B é uma
cias químicas diferentes, e seu descarte indevido matriz fixada, que deve ser mantida em segredo, e A
contribui para o acúmulo de metais pesados despe- é uma matriz enviada ao receptor legal. Cada linha da
jados no ambiente. As relações entre a quantidade matriz M corresponde a uma palavra da mensagem,
de matéria-prima extraída do ambiente e o volume de sendo o 0 (zero) a ausência de letras ou o espaço en-
resíduos sólidos produzidos podem ser identificadas tre palavras.
nos diferentes métodos de tratamento de resíduos José tuitava durante o horário de trabalho quando re-
sólidos. cebeu uma mensagem do seu chefe, que continha
Com base nessas considerações e relativamente aos uma matriz A. De posse da matriz B e da tabela-
métodos de tratamento de resíduos sólidos, atribua -código, ele decodificou a mensagem.
V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir. O que a chefia informou a José?

( ) A reciclagem reduz a matéria-prima extraída do Dados:


ambiente e diminui o volume dos resíduos sóli-
 
12 20 13 8 50 25 1
dos produzidos.  0 0 34 32 3 4 0 
 
( ) A reciclagem reduz o volume dos resíduos só- A=
 45 26 13 24 0 0 0 

lidos produzidos, sem diminuir a matéria-prima  30 45 16 20 11 17 0 
extraída do ambiente. 1 50 21 3 35 42 11
( ) A reciclagem e o reaproveitamento reduzem o
volume de resíduos sólidos produzidos, mas au- 
10 11 10 15 −8 30 −1

mentam a extração de matéria-prima do ambi-  14 31 19 19 −3 −4 0 
ente. 
B= 6 −4 8 31 0 0

0 
( ) O reaproveitamento reduz a matéria-prima ex-
 
 −8 6 16 32 20 −17 0 
traída do ambiente, mas aumenta o volume dos 44 −8 13 30 20 10 20
resíduos sólidos produzidos.
( ) O reaproveitamento reduz o volume dos re- a) Sorria voce esta sendo advertido.
síduos sólidos produzidos, sem diminuir a
b) Sorria voce esta sendo filmado.
matéria-prima extraída do ambiente.
c) Sorria voce esta sendo gravado.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
d) Sorria voce esta sendo improdutivo.
baixo, a sequência correta.
e) Sorria voce esta sendo observado.
a) V, V, F, F, V.
b) V, F, F, F, V.
c) F, V, V, F, F.
12 / 24
31 32
Observe a charge a seguir. Os clientes de um banco, ao utilizarem seus cartões
nos caixas eletrônicos, digitavam uma senha numé-
rica composta por cinco algarismos. Com o intuito de
melhorar a segurança da utilização desses cartões, o
banco solicitou a seus clientes que cadastrassem se-
nhas numéricas com seis algarismos.
Se a segurança for definida pela quantidade de pos-
síveis senhas, em quanto aumentou percentualmente
a segurança na utilização dos cartões?
a) rrr10%
b) rrr90%
c) rr100%
d) rr900%
e) 1900%

33
O cooler, encontrado em computadores e em
aparelhos eletroeletrônicos, é responsável pelo
resfriamento do microprocessador e de outros com-
ponentes. Ele contém um ventilador que faz circular
ar entre placas difusoras de calor. No caso de
Figura 9: Adaptado de: Veja, 28 dez. 2011, p.71.
computadores, as placas difusoras ficam em contato
direto com o processador, conforme a figura 10,
Com base na charge e nos conhecimentos sobre as a seguir.
formas de comunicação na sociedade contemporâ-
nea, considere as afirmativas a seguir.

I. A denominada “sociedade de informação” es-


treita os vínculos diretos entre os indivíduos e
intensifica a coesão e a igualdade social.
II. As novas tecnologias da informação são respon-
sáveis pelo surgimento do modo de produção
pós-moderno ou pós-industrial.
III. As redes sociais contribuem para a redefinição
das fronteiras entre os espaços público e pri-
vado.
Figura 10: Vista lateral do cooler e do processador.
IV. O Twitter e outras formas de comunicação
online evidenciam determinado grau de desen-
volvimento das forças produtivas. Sobre o processo de resfriamento desse processa-
dor, assinale a alternativa correta.
Assinale a alternativa correta.
a) O calor é transmitido das placas difusoras para o pro-
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. cessador e para o ar através do fenômeno de radia-
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. ção.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. b) O calor é transmitido do ar para as placas difusoras e
das placas para o processador através do fenômeno
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
de convecção.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
c) O calor é transmitido do processador para as placas
difusoras através do fenômeno de condução.
d) O frio é transmitido do processador para as placas di-
R A S fusoras e das placas para o ar através do fenômeno
C U N de radiação.

H O e) O frio é transmitido das placas difusoras para o ar atra-


vés do fenômeno de radiação.

13 / 24
34
A tecnologia Touch Screen possibilita acesso à Inter-
net com um toque ou um deslizar sobre a tela. Dentre
as tecnologias conhecidas, cita-se a tela capacitiva
sensível ao toque, constituída, por exemplo, de um
painel de vidro ou plástico revestido com camadas in-
ternas de uma mistura de óxidos condutores (In2 O3 )
( ) Corrente elétrica em função do tempo durante o
e (SnO2 ). Ao tocarmos o vidro com o dedo, há des-
carregamento de um capacitor.
carga do capacitor (retirada ou doação de elétrons
da superfície), sendo detectada a posição do toque.
Atualmente, pesquisas visam projetar telas flexíveis,
resistentes e finíssimas fazendo uso de grafeno, ma-
terial com alta condutividade elétrica composto por
átomos de carbono densamente alinhados. Cada um
deles liga-se a três outros átomos de carbono em
uma rede com forma de colmeia de abelhas (hexago-
nal), de um átomo de espessura. ( ) Corrente elétrica em função do tempo durante o
Com relação a essa descrição, considere as afirmati- carregamento de um capacitor.
vas a seguir.

I. O grafeno é uma substância inorgânica e possui


hibridação sp3 .
II. O grafeno possui elétrons livres na ligação pi (π )
deslocalizada, devido à hibridação sp2 , confe-
rindo caráter condutor ao grafeno.
III. Os números de oxidação do índio e do estanho ( ) Corrente elétrica em função do tempo durante o
são, respectivamente, +3 e +4. descarregamento de um capacitor.
IV. No grafite, que é uma forma alotrópica do gra-
feno, a rede está disposta em camadas unidas
por forças de Van der Waals.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. Assinale a alternativa que contém, de cima para
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. baixo, a sequência correta.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. a) V, V, F, V, F.
35 b) V, F, F, F, V.
Alguns visores Touch screen utilizam a tecnologia de c) F, V, V, F, F.
telas capacitivas, dispositivos que podem ser compa-
d) F, F, V, V, V.
rados a capacitores.
Sobre a natureza dos capacitores e a relação dos pro- e) F, F, V, V, F.
cessos de carga e descarga com os seus respectivos
gráficos, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirma-
tivas a seguir.
R
( ) Carga elétrica em função do tempo durante o A
carregamento de um capacitor.
S
C
U
N
H
O
( ) Carga elétrica em função do tempo durante o
carregamento de um capacitor.
14 / 24
36 b) Na equação química Si(s) + O2(g) → SiO2(s) , utili-
Leia o texto a seguir. zando oxigênio de alta pureza, o número de oxidação
Sentir-se muito angustiado com a ideia de perder seu do silício é aumentado.
celular ou de ser incapaz de ficar sem ele por mais de c) O filme de SiO2 formado em ambiente contendo vapor
um dia é a origem da chamada “nomofobia”, contração de água é menos poroso devido à evolução de gás
de no mobile phobia, doença que afeta principalmente H2(g) como produto da reação.
os viciados em redes sociais que não suportam ficar
d) O rendimento da reação de oxidação térmica repre-
desconectados. Uma parte da população acha que,
sentada por Si(s) + O2(g) → SiO2(s) independe da
se não estiver conectada, perde alguma coisa. E se
temperatura e do tempo de aplicação do fluxo de
perdemos alguma coisa, ou se não podemos responder
O2(g) .
imediatamente, desenvolvemos formas de ansiedade ou
nervosismo. e) O rendimento da reação de oxidação térmica repre-
(Adaptado de: O medo de não ter o celular à disposição cria nova fobia. sentada por Si(s) + O2(g) → SiO2(s) poderá ser au-
Disponível em: mentado pela inserção de agentes redutores no ambi-
<exame.abril.com.br/estilo-de-vida/comportamento/noticias/o-medo- ente reacional.
de-nao-ter-o-celular-a-disposicao-cria-nova-fobia>. Acesso em: 9 abr.
2012.) Leia o texto V, a seguir, e responda às questões 38 e 39.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre
socialização e instituições sociais, na perspectiva Texto V
funcionalista de Durkheim, assinale a alternativa
O vídeo Kony 2012 tornou-se o maior sucesso da história vir-
correta.
tual, independente da polêmica causada por ele. Em seis
a) A nomofobia reduz a possibilidade de anomia social dias, atingiu a espantosa soma de 100 milhões de especta-
na medida em que aproxima o contato em tempo real dores, aproximadamente. No primeiro dia na Internet, o vídeo
dos indivíduos, fortalecendo a integração com a vida foi visto por aproximadamente 100.000 visitantes.
social. (Adaptado de: PETRY, A. O Mocinho vai prender o bandido... e 100 milhões
b) As interações sociais via tecnologias digitais são uma de jovens querem ver. Veja, ano 45, n.12, 2261.ed., 21 mar. 2012.)
forma de solidariedade mecânica, pois os indivíduos
uniformizam seus comportamentos. 38
Seja A = (a1 , a2 , a3 , a4 , a5 , a6 ) a sequência que
c) O que faz de uma rede social virtual uma instituição fornece a quantidade de acessos diários ao vídeo na
é o fato de exercer um poder coercitivo e ao mesmo an
Internet, obedecendo a regra = k, onde k é
tempo desejável sobre os indivíduos. an−1
d) O uso de interações sociais por recursos tecnológi- uma constante real e n = 2, 3, 4, 5, 6.
cos constitui um elemento moral a ser compreendido Sabendo que a fórmula da soma de uma PG é
como fato social.
a1 (kn − 1)
Sn = , onde k 6= 1, considere as afirma-
k−1
e) Para a nomofobia ser considerada um fato social, faz- tivas a seguir.
-se necessário que esteja presente em uma diversi-
dade de grupos sociais. I. A sequência A é uma PG cuja razão está no in-
tervalo 2 < k < 3 e S6 = 108 .
37
II. A sequência A é uma PG cuja razão está no in-
Na década de 1950, Jack Kilby e Robert Noyce
tervalo 2 < k < 3 e a6 = 105 .
criaram um dispositivo capaz de conter milhões
de transistores por mm2 , produzindo transforma- III. A sequência A é uma PG cuja razão está no in-
ções na eletrônica. Um dos processos utilizados tervalo 3 < k < 4 e S6 = 108 .
para a fabricação de circuitos integrados à base IV. A sequência A é uma PG tal que
de SiO2 fundamenta-se na reação de Si com O2 S6 = a1 (1 + k + k2 + k3 + k4 + k5 ) = 108 e
com emprego de temperaturas que variam de 1000 a a1 = 105 .
1200 °C, quando um rendimento ótimo é atingido. O
filme de SiO2 pode ser obtido expondo o silício a Assinale a alternativa correta.
alta temperatura em um ambiente contendo oxigênio
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
de alta pureza ou usando-se vapor de água.
Com base no exposto, assinale a alternativa correta. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
a) Na equação química Si(s) + 2H2 O(g) → SiO2(s) + c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
2H2(g) , utilizando vapor de água, o silício é reduzido,
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
o hidrogênio é reduzido e o número de oxidação do
oxigênio é aumentado. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

15 / 24
39 c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
A Internet revelou-se um poderoso instrumento para d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
a ação política de ONGs e de movimentos sociais. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
A respeito das formas de expressão de necessidades
coletivas no mundo globalizado, assinale a alterna- 41
tiva correta. Leia o texto a seguir.
a) As ONGs e os novos movimentos sociais têm como O modo de comportamento perceptivo, através do qual
característica comum a construção de estruturas hie- se prepara o esquecer e o rápido recordar da música
rarquizadas e rígidas para a realização das lutas cole- de massas, é a desconcentração. Se os produtos nor-
tivas. malizados e irremediavelmente semelhantes entre si, ex-
ceto certas particularidades surpreendentes, não permi-
b) Como toda luta política, a conquista do poder de Es-
tem uma audição concentrada, sem se tornarem insupor-
tado é o referencial a partir do qual se constroem as
táveis para os ouvintes, estes, por sua vez, já não são
ações das novas reivindicações coletivas de ONGs e
absolutamente capazes de uma audição concentrada.
movimentos sociais.
Não conseguem manter a tensão de uma concentração
c) Demandas ligadas ao trabalho perderam sua impor- atenta, e por isso se entregam resignadamente àquilo
tância para as novas lutas coletivas expressas pelas que acontece e flui acima deles, e com o qual fazem ami-
ONGs e pelos recentes movimentos sociais. zade somente porque já o ouvem sem atenção excessiva.
d) Nas novas lutas coletivas há o predomínio dos novos (ADORNO, T. W. O fetichismo na música e a regressão da audição. In:
sujeitos sociais, os grupos sociologicamente minoritá- Adorno et all. Textos escolhidos. São Paulo: Abril Cultural, 1978, p.190.
rios, com um projeto definido e uniforme de constru- Coleção Os Pensadores.)
ção da sociedade. As redes sociais têm divulgado músicas de fácil me-
e) O ativismo de ONGs e de movimentos sociais nas re- morização e com forte apelo à cultura de massa.
des virtuais diversifica as agendas políticas e as práti- A respeito do tema da regressão da audição na In-
cas que buscam inovar o modo de fazer política. dústria Cultural e da relação entre arte e sociedade
em Adorno, assinale a alternativa correta.
40 a) A impossibilidade de uma audição concentrada e de
Leia o texto a seguir. uma concentração atenta relaciona-se ao fato de que
A utilização da Internet ampliou e fragmentou, simulta- a música tornou-se um produto de consumo, enco-
neamente, os nexos de comunicação. Isto impacta no brindo seu poder crítico.
modo como o diálogo é construído entre os indivíduos
b) A música representa um domínio particular, quase
numa sociedade democrática.
autônomo, das produções sociais, pois se baseia no
(Adaptado de: HABERMAS, J. O caos da esfera pública. Folha de São livre jogo da imaginação, o que impossibilita estabele-
Paulo, 13 ago. 2006, Caderno Mais!, p.4-5.) cer um vínculo entre arte e sociedade.
c) A música de massa caracteriza-se pela capacidade
A partir dos conhecimentos sobre a ação comunica-
de manifestar criticamente conteúdos racionais ex-
tiva em Habermas, considere as afirmativas a seguir.
pressos no modo típico do comportamento perceptivo
I. A manipulação das opiniões impede o consenso inato às massas.
ao usar os interlocutores como meios e descon- d) A tensão resultante da concentração requerida para a
siderar o ser humano como fim em si mesmo. apreciação da música é uma exigência extramusical,
II. A validade do que é decidido consensualmente pois nossa sensibilidade é naturalmente mais próxima
assenta-se na negociação em que os interlo- da desconcentração.
cutores se instrumentalizam reciprocamente em e) Audição concentrada significa a capacidade de apre-
prol de interesses particulares. ender e de repetir os elementos que constituem a mú-
III. Como regra do discurso que busca o entendi- sica, sendo a facilidade da repetição o que concede
mento, devem-se excluir os interlocutores que, poder crítico à música.
de algum modo, são afetados pela norma em
questão.
IV. O projeto emancipatório dos indivíduos é cons- R A
truído a partir do diálogo e da argumentação que
prima pelo entendimento mútuo. S C
U N
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
H O
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
16 / 24
42 43
Recentemente, o mundo assistiu a uma série de re- A figura 11 se insere em um momento histórico mar-
voltas populares nos países árabes. A imprensa in- cado por inúmeras transformações científicas, tecno-
ternacional destacou o papel das redes sociais nes- lógicas e culturais.
sas mobilizações contra os ditadores e a repressão Com base nessas transformações e nos conhecimen-
dos governos sobre a população civil. tos sobre cultura e ciência na Idade Moderna, consi-
Sobre esses conflitos, assinale a alternativa correta. dere as afirmativas a seguir.
a) A Jordânia viu seu rei ser deposto devido ao apoio dos I. A imprensa de tipos ou caracteres móveis res-
países ocidentais e de Israel aos movimentos revolto- tringiu a disseminação das informações cientí-
sos. ficas e culturais por meio da censura realizada
b) Na Tunísia, o processo revoltoso de setores popula- pelo aparato estatal.
res foi sufocado por empréstimos vultosos da União II. Por meio do ensino do latim e da autorização
Europeia. da interpretação dos dogmas pelos fiéis, a Igreja
c) No Marrocos, a permanência da violência deve-se aos Católica disseminou os conhecimentos bíblicos
conflitos entre cristãos, muçulmanos e membros de para a população.
religiões tribais. III. O método científico baseado na experiência, na
d) O Egito manteve Hosni Mubarak no poder devido à in- observação e na verificação buscou as regulari-
tervenção da Liga Árabe, com apoio norte-americano. dades, estabelecendo certezas científicas sobre
e) O governo da Síria, apesar dos protestos internacio- a natureza.
nais, atacou os revoltosos com a anuência do Irã, da IV. Os Bizantinos e os Islâmicos preservaram os va-
Rússia e da China. lores clássicos da cultura greco-romana, e o an-
tropocentrismo constituiu-se em um modelo de
Observe a figura 11, a seguir, e responda às questões de proporções exatas.
43 a 46.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

44
A figura 11 mostra um modelo de organismo com si-
metria bilateral. Nos grupos animais, o aparecimento
da bilateralidade está associado às seguintes carac-
terísticas morfofisiológicas:
a) Sistema circulatório fechado e digestão extracelular no
estômago.
b) Sistema digestório completo e cordão nervoso gan-
Figura 11: Estudo Homem Vitruviano, Leonardo da Vinci, 1490. glionar dorsal.
c) Sistema digestório incompleto e órgãos dos sentidos
ocelares.
d) Sistema nervoso central e coordenação motora para
R A locomoção.

S C e) Sistema nervoso difuso e sangue com hemácias anu-


cleadas.
U N
H O

17 / 24
45 ( ) O método de investigação da natureza
Observe a simetria do corpo humano na figura 11 e restringia-se àquilo que podia ser apreen-
considere um quadrado inscrito em um círculo de dido imediatamente pelos sentidos, uma vez
raio R, conforme a figura 12, a seguir. que o que está além dos sentidos é mera
especulação.
( ) Uma das razões mais fortes para a condenação
de Galileu foi sua identificação da imperfeição
dos corpos celestes, o que contrariava os dog-
mas da igreja.

Assinale a alternativa que contém, de cima para


baixo, a sequência correta.
a) V, V, V, F, F.
b) V, V, F, V, F.
c) V, F, V, F, V.
d) F, V, F, F, V.
e) F, F, V, F, V.
Figura 12: Quadrado inscrito em um círculo.
47
A área da região sombreada é dada por: Observe a figura 13 a seguir.

a) A = R2 (π − 2)
R2 (π − 2)
b) A =
2
R2 (π 2 − 4)
c) A =
2 √
R2 (π − 2)
d) A =
4 √
R2 (π 2 − 2)
e) A =
4
46
Em 2012, o Vaticano permitiu o acesso do público
a vários documentos, entre eles o Sumário do jul-
gamento de Giordano Bruno e os Atos do processo
de Galileu. As teorias desses estudiosos, juntamente Figura 13: Gruta de Lascaux, França.
com o Homem Vitruviano, são exemplos de uma pro-
funda transformação no modo de conceber e explicar
o conhecimento da natureza. Nesse tipo de pintura rupestre é comum a visualiza-
Com base nos conhecimentos sobre a investigação ção de pigmento vermelho-tijolo rico em ferro, pro-
da natureza no início da ciência moderna, particular- vavelmente oriundo do sangue dos animais abati-
mente em Galileu, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) dos. É possível estimar a presença do sangue nes-
às afirmativas a seguir. sas pinturas pela detecção qualitativa do ferro. O mé-
todo consiste em tomar uma amostra e fazer reagir
( ) A nova atitude de investigação rendeu-se ao po- com HCl, a 6, 0 mol L−1 , durante três horas e de-
der de convencimento argumentativo da Igreja, pois acrescentar o agente complexante N H4 SCN ,
a ponto de o próprio Galileu, ao abjurar suas a 1, 0 mol L−1 . O produto resultante da reação do
teses, ter se convencido dos equívocos da sua pigmento com o tiocianato somente apresenta resul-
teoria. tado positivo quando existe F e3+ no sangue, origi-
( ) A observação dos fenômenos, a experimentação nando um complexo de coloração vermelho-intensa.
e a noção de regularidade matemática da natu- A equação, a seguir, representa a reação de formação
reza abalaram as concepções que fundamenta- do complexo colorido.
vam a visão medieval de mundo.
( ) O abandono da especulação levou Galileu a ado- F e3+ + 6SCN − ⇋ F e(SCN )3−
6
tar pressupostos da filosofia de Aristóteles, pois
esse pensador possuía uma concepção de expe- Com base no enunciado, considere as afirmativas a
rimentação similar à sua. seguir.
18 / 24
I. Nessa reação, F e3+ atua como ácido de 49
Arrhenius. Relacione as figuras, na coluna da esquerda, aos res-
pectivos períodos da arte, na coluna da direita.
II. O teste é feito em meio ácido para evitar a hi-
drólise de F e3+ , conforme a reação a seguir:
F e3+ + 3H2 O ⇋ F e(OH)3 + 3H +
III. Para preparar 1, 0 L da solução 6, 0 mol L−1 de
HCl, serão necessários 0, 177 L do ácido con-
centrado (12, 5 mol L−1 ).
IV. Se o pigmento contém 2, 0 mols de F e3+ , se-
rão necessários 6, 0 mols de SCN − para con-
sumir metade da quantidade dos íons F e3+ .

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

48
No citoplasma das hemácias, há um pigmento deno-
minado hemoglobina (Hb), que contém ferro (F e).
Ela reage facilmente com O2 , formando um com-
posto denominado oxiemoglobina, conforme a rea-
ção I. Essa reação é reversível, resultando a reação
II, como mostra o exemplo a seguir.
(I)
Hb + O2 ⇄ HbO2
(II)
Embora o CO2 seja transportado, em sua maior
parte, pelo plasma sanguíneo, ele também o é pelas
hemácias. A reação com a hemoglobina resulta num
composto denominado carboemoglobina, conforme
a reação III. Essa reação também é reversível, resul-
tando a reação IV, como mostra o exemplo a seguir.
(III)
Hb + CO2 ⇄ HbCO2
(IV)
As reações I, II, III e IV ocorrem no organismo humano
durante o processo de transporte de gases respirató-
rios pelo sangue.
Com base nessas informações, assinale a alternativa
que apresenta, correta e respectivamente, os locais
do organismo em que ocorrem as reações menciona-
das. Assinale a alternativa que contém a associação cor-
reta.
a) Pulmões; tecidos; pulmões; tecidos.
a) I-B, II-A, III-C, IV-D, V-E.
b) Pulmões; tecidos; tecidos; pulmões.
b) I-C, II-D, III-B, IV-A, V-E.
c) Pulmões; pulmões; tecidos; tecidos. c) I-C, II-E, III-A, IV-B, V-D.
d) Tecidos; pulmões; pulmões; tecidos. d) I-D, II-A, III-B, IV-E, V-C.
e) Tecidos; tecidos; pulmões; pulmões. e) I-D, II-E, III-A, IV-B, V-C.

19 / 24
50 (C) Todos nós sabemos que
Relacione as figuras, na coluna da esquerda, com os (III) a Arte não é a verdade.
textos dos artistas, na coluna da direita. A Arte é uma mentira
que nos faz compreen-
(A) A arte é um método
der a verdade, pelo me-
de abrir áreas de sen-
nos a verdade que nos
timento, e não a mera
é dado compreender. O
(I) ilustração de um objeto.
artista deve conhecer a
Um quadro deve ser a
maneira de convencer
recriação de um aconte-
os outros da veracidade
cimento e não a ilustra-
de suas mentiras.
ção de um objeto: mas
(Picasso)
não há tensão no qua-
dro a menos que se lute
com o objeto. Não há
beleza perfeita que não (D) Estou por terra, mas
contenha algo de estra- ainda não vencido. O
nho nas suas propor- índio que sorri no su-
ções. plício estaria vencido?
(Bacon) (IV) Decididamente, o sel-
vagem é melhor que
nós. No entanto, é
verdade, sou um sel-
(B) As sensações de cor,
vagem. E os civiliza-
que dão luminosidade,
dos o pressentem, pois
são a razão das abstra-
em minhas obras não
ções que me impedem,
há nada que surpreenda
seja de cobrir minha
ou perturbe, a não ser
tela, seja de continuar
esse ’selvagem-apesar-
a delimitação dos obje-
de-mim-mesmo’. Por
tos quando seus pon-
isso é inimitável. A obra
tos de contato são su-
de um homem é a expli-
tis e delicados; disso re-
cação desse homem.
(II) sulta que a minha ima-
(Gauguin)
gem ou o meu quadro
seja incompleto. Os pla-
nos são colocados um
acima do outro de onde (V)
emerge o neoimpressio- (E) Para mim a forma nunca
nismo, que delineia os é alguma coisa abstrata,
contornos com o traço mas sempre o signo de
preto, falha que se deve alguma coisa. É sempre
combater a todo custo. um homem, um pássaro
Devo produzir a partir da ou alguma outra coisa.
natureza. Os esboços, Para mim a arte nunca
as telas, se os fizessem, é a forma pela forma.
não seriam mais do (Miró)
que construções copia-
das [da natureza], base-
ada nos meios, sensa- Assinale a alternativa que contém a associação cor-
ções e desenvolvimen- reta.
tos sugeridos pelo mo- a) I-A, II-B, III-E, IV-C, V-D.
delo. b) I-A, II-C, III-D, IV-E, V-B.
(Cézanne)
c) I-B, II-A, III-D, IV-C, V-E.
d) I-B, II-C, III-E, IV-A, V-D.
e) I-D, II-B, III-C, IV-A, V-E.

20 / 24
51 Assinale a alternativa que contém, de cima para
Observe a figura 14 e leia os textos a seguir. baixo, a sequência correta.
a) V, V, F, V, F.
b) V, F, V, F, V.
c) V, F, F, F, V.
d) F, V, F, V, F.
e) F, F, V, F, V.

52
Leia o texto a seguir.
O surgimento da câmera fotográfica digital favoreceu
o consumo descartável de imagens, mantendo, ainda
assim, a preocupação em preservar as fotos baseadas
nos processos de captura e revelação com prata. Um
dos fatores mais _________ para esse tipo de fotografia
é provocado pela combinação de alta umidade relativa
Figura 14: Estudo para Um domingo de verão na Grande Jatte, 1884
Georges Seurat.
do ar e presença de gases como ozônio, pois favorecem
a oxidação dos ____________, que formam as imagens,
______________, que _____________ para a formação
O impressionismo substituiu o enfoque conceitual da na- da imagem.
tureza pelo enfoque perceptual, baseado na experiência (Adaptado de: <http://www.lupa.com.pt/site/index2.php?cont_
de fato. =ver2&id=325&tem=169>. Acesso em: 14 abr. 2012.)
(Adaptado de: DENVIR, B., 1974. apud MORAIS, F. Arte é o que eu e
você chamamos arte. Rio de Janeiro: Record, 2000. p.249.) Com base no enunciado, considere as afirmativas a
seguir.
Os pintores neoimpressionistas são aqueles que instau-
a) danosos; grãos de prata (prata metálica) oxidados; em
raram e, depois de 1886, desenvolveram a técnica de di-
prata metálica; não contribuem.
visão, empregando como meio de expressão a mistura
óptica de tons e tintas. Para estes pintores, o ritmo, a me- b) danosos; grãos de prata (prata metálica) reduzidos;
dida, o contraste foram conduzidos a esta técnica, aten- em íons de prata; não contribuem.
dendo ao seu desejo de um máximo de luminosidade, c) danosos; íons de prata reduzidos; em prata metálica;
coloração e harmonia. contribuem.
(Adaptado de: SIGNAC, P., 1899. apud MORAIS, F. Arte é o que eu e
d) eficazes; íons de prata oxidados; na forma de haletos;
você chamamos arte. Rio de Janeiro: Record, 2000. p.250.)
contribuem.
A partir da figura, dos textos, e dos conhecimentos e) eficazes; grãos de prata (prata metálica) oxidados; em
sobre o que caracteriza o Impressionismo e o Neoim- íons de prata; não contribuem.
pressionismo, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às
afirmativas a seguir.

( ) Exploração de novos parâmetros e concepções


a partir das descobertas sobre a fotografia, a óp- R
(
tica, a física e o funcionamento da visão.
) Enfoque perceptual que destaca os elementos A
visuais, como ponto, luz e cor, baseado na ex- S
(
periência visual.
) Ênfase nos padrões acadêmicos dos salões ofi-
C
ciais e preferência pela representação natura- U
lista da figura humana.
N
H
( ) Recusa dos hábitos de ateliê, como iluminar
modelos e começar com o desenho de contor-
nos para depois passar ao claro-escuro e à cor,
dando preferência ao trabalho ao ar livre. O
( ) Recusa da pesquisa sobre a percepção óptica
quanto à decomposição da luz em componentes
cromáticos.
21 / 24
53 sitivo, Lumen por Watt (lm/W ), considere as afirma-
Leia o texto a seguir. tivas a seguir.
A autenticidade do Santo Sudário, manto considerado sa- I. A troca da lâmpada fluorescente pela de LED
grado pelos católicos, foi, muitas vezes, posta em dú- ocasionará economia de 80% de energia.
vida. Recentemente, alguns estudos de laboratório pa-
recem fornecer evidências de que a imagem no lençol II. A eficácia luminosa da lâmpada de LED é de
não passava de uma fabricação feita para iludir os cren- 56, 25 lm/W .
tes ainda na Idade Média. Em 1988, pesquisadores ti- III. A razão entre as correntes elétricas que pas-
veram acesso a retalhos do tecido e os submeteram ao sam pela lâmpada fluorescente e pela lâmpada
exame de Carbono-14, constatando que o Santo Sudário de LED, nessa ordem, é de 2, 25.
foi criado entre 1260 e 1390. O Carbono-14 (6 C 14 ) é um IV. O consumo de energia elétrica de uma lâmpada
isótopo radioativo presente em todos os seres vivos e, en- de LED durante o seu tempo médio de duração
quanto existir vida, a taxa de 6 C 14 permanece constante. é de 200 kW h.
Após a morte, a quantidade de 6 C 14 tende a diminuir pela
metade a cada 5600 anos, pois ocorre a desintegração Assinale a alternativa correta.
14
6C → 7 N 14 + −1 β 0 . a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
(Adaptado de: Veja, Editora Abril, 2263.ed., ano 45, n.14, 4 abr. 2012.) b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Em relação ao processo de datação por meio do c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
exame de Carbono-14, assinale a alternativa correta. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
a) O nitrogênio 7 N 14 proveniente da desintegração do e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
14 14
6 C , presente no tecido, é um isóbaro do 6 C e pos-
sui 7 prótons e 7 nêutrons. 55
0 Alguns tipos de vidros destinados à construção
b) Na emissão de partículas −1 β após 10 ciclos de meia
civil são autolimpantes devido à presença de filmes
vida, a massa de 6 C 14 permanece a mesma, portanto
nanoestruturados depositados em sua superfície.
é inútil medir a massa do tecido como prova da sua
Vidros com filmes de T iO2 , que apresentam pro-
idade.
priedades fotocatalíticas, quando submetidos à
c) A massa atômica do 6 C 14 é a mesma do 6 C 12 , no radiação ultravioleta proveniente do sol, auxiliam na
entanto o átomo de 6 C 14 faz duas ligações covalentes decomposição de compostos orgânicos aderidos na
simples com átomos de hidrogênio, o que permite sua superfície do vidro. A reação a seguir é um exemplo
identificação no tecido. de decomposição de um composto orgânico na
d) Decorridos 750 anos, a amostra radioativa de 6 C 14 presença de radiação ultravioleta (UV ) catalisado por
no tecido teve sua massa reduzida a 25% da inicial. T iO2 .
Logo, transcorreram-se 4 períodos de meia vida. Composto orgânico (s) + 26O2(g) luz U V + T iO2
−−−−−−−−−−−→
e) Se um contador Geiger acusa 12% do segundo pe- 18 CO2(g) + 18 H2 O(l)
ríodo de meia vida do 6 C 14 presente no tecido, Com respeito a essa reação, considere as afirmativas
conclui-se que sua idade é de aproximadamente 660 a seguir.
anos.
I. Na reação de decomposição, observa-se a oxi-
54 dação dos átomos de carbono presentes no
As lâmpadas de LED (Light Emissor Diode) estão composto orgânico.
substituindo progressivamente as lâmpadas fluores-
II. O composto orgânico é o ácido octadecanoico.
centes e representam um avanço tecnológico nas
formas de conversão de energia elétrica em luz. A III. O catalisador T iO2 diminui a energia de ativa-
tabela, a seguir, compara as características dessas ção da reação de decomposição do composto
lâmpadas. orgânico.
IV. O catalisador T iO2 aumenta o rendimento da re-
Características Fluorescente LED ação.
Potência média (W ) 9 8
Assinale a alternativa correta.
Tempo médio de
duração (horas) 6000 25000 a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
Tensão nominal (Volts) 110 220 b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Fluxo luminoso (lm) 490 450 c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Com relação à eficácia luminosa, que representa a
relação entre o fluxo luminoso e a potência do dispo- e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

22 / 24
56 A figura 15 apresenta o molde de um corpo pe-
As inovações tecnológicas possibilitam a modifica- trificado pela ação do vulcão Vesúvio que atingiu
ção do espaço geográfico, como é o caso do projeto Pompeia em 79 d.C. O fenômeno foi observado por
de transposição do Rio São Francisco. Plínio, o Velho, de sua embarcação.
Sobre essa transposição, atribua V (verdadeiro) ou Com base na figura, no texto e nos conhecimentos
F (falso) às afirmativas a seguir. sobre fenômenos naturais, considere as afirmativas
a seguir.
( ) Objetiva solucionar problemas ambientais do
semiárido nordestino. I. A intensidade de fenômenos naturais, como a
( ) Objetiva aumentar a navegabilidade do Rio São dos vulcões, independe do nível de desenvolvi-
Francisco, com a construção de novas hidro- mento técnico e econômico dos países.
vias. II. Devido às transformações tecnológicas, fenô-
( ) É necessária porque o semiárido nordestino é menos como terremotos, vulcões e mesmo tsu-
desprovido de lençóis subterrâneos. nâmis são passíveis de serem monitorados, mi-
nimizando possíveis catástrofes.
( ) Pretende sanar a deficiência hídrica de regiões
do semiárido, transferindo água para o abaste- III. No caso de vulcões de tipo pliniano, como o Ve-
cimento de açudes e rios menores. súvio, alguns fenômenos antecedem sua erup-
ção, tais como abalos sísmicos, liberação de ga-
( ) Retoma as primeiras preocupações com a seca ses, cinzas e pedras-pomes
do semiárido nordestino, que remontam ao pe-
ríodo de Dom Pedro II. IV. Terremotos, vulcões e tsunâmis são fenômenos
intensificados pela ação antrópica e mesmo com
Assinale a alternativa que contém, de cima para toda a tecnologia ainda são imprevisíveis.
baixo, a sequência correta.
Assinale a alternativa correta.
a) V, V, F, F, V.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) V, F, F, V, V.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) F, V, V, F, F.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) F, V, F, V, V.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) F, F, V, V, F.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
57
Observe a figura 15 e leia o texto a seguir. 58
O espaço geográfico é resultante e condicionante
da organização social, o que pode ser exemplificado
pela apropriação histórica da posse da terra no Brasil
e suas implicações socioespaciais.
Com base nesse processo, assinale a alternativa cor-
reta.
a) A atual estrutura fundiária norte-paranense reproduz
as características do processo de colonização iniciado
no século XVI.
b) A concentração da posse da terra no Brasil foi redu-
zida com a Lei de Terras de 1850, que regulamentou
a propriedade da terra.
c) A manutenção da elevada concentração da posse da
terra e a mecanização agrícola no país intensificaram
o processo de urbanização a partir de 1950.
d) A mecanização da agricultura no interior paranaense,
Figura 15: Molde de corpo petrificado. Pompeia.
a partir de 1930, favoreceu a formação de pequenas
propriedades.
Caíam cinzas nos navios, quanto mais se aproximava,
e) As transformações fundiárias no nordeste brasileiro
mais quentes e mais densas. Pedras-pomes e negras,
pós 1950 caracterizam-se pela ampliação do número
queimadas e quebradas pelo fogo e a praia inacessível
de pequenas propriedades.
pelo desmanchar do monte.
(Adaptado de: Carta de Plínio. Disponível em:
<http://www.culturaclasica.com>. Acesso em: 27 abr. 2012.)

23 / 24
59 60
Leia o texto a seguir. O mosaico botânico brasileiro resulta da expansão
Água também é mar e da retração de florestas, cerrados e caatingas,
E aqui na praia também é margem. provocadas pela alternância de climas úmidos e
Já que não é urgente, aguente e sente, aguarde o tem- secos nas regiões tropicais durante os períodos
poral glaciais.
Chuva também é água do mar lavada no céu imagem Com base nessas considerações, analise a tabela a
seguir.
(ANTUNES, A.; MONTE, M.; BROWN, C. Água também é mar. Memó-
rias, crônicas e declarações de amor. EMI, 2000.)

Esse trecho faz menção ao ciclo hidrológico, sendo a BIOMA Tem- Plu- Solo Vegetação
chuva apresentada como “água do mar lavada”. Com pera- viosi-
a tecnologia dos tempos atuais, a água do mar pode tura dade
ser tratada em grande escala a ponto de tornar-se po- média média
tável. anual anual
Com relação à possibilidade de dessalinização, assi- (°C) (mm)
nale a alternativa correta. X 25 rr800 Possui nutri- Árvores e ar-
a) A principal consequência do processo de dessaliniza- entes, porém bustos cadu-
ção de águas é a salinização de solos produtivos. sem capaci- cifólios e re-
dade de reter dução da su-
b) A salinidade é menos elevada em águas mais quen-
umidade perfície foliar
tes, fator que favorece a dessalinização no Oriente
Y 26 1200 Ácido, rico Árvores com
Médio.
em alumínio caules retor-
c) Devido à grande disponibilidade hídrica em todo o ter- cidos, com
ritório, é desnecessário ao Brasil recorrer ao processo cascas gros-
de dessalinização. sas e folhas
d) O processo de dessalinização tem por objetivo princi- coriáceas
pal a retirada de vírus e bactérias das águas por meio Z 28 2000 Pobre em mi- Árvores de
de técnicas específicas. nerais grande porte
e) O processo de dessalinização pode ser realizado em com folhas
águas do mar e também em águas continentais salo- largas e pe-
bras. renes e maior
densidade
no estrato
arbustivo

Com base na tabela, assinale a alternativa que apre-


senta, correta e respectivamente, a sequência dos bi-
omas representados pelas letras X, Y e Z.
a) Caatinga, cerrado e floresta.

R b) Caatinga, floresta e cerrado.

A c) Cerrado, caatinga e floresta.


d) Floresta, caatinga e cerrado.
S e) Floresta, cerrado e caatinga.
C
U
N
H
O

24 / 24
PROVA 1
O tema geral desta prova é: CIDADES

1 ( ) As três imagens do Bem na cidade justa de Pla-


As cidades antigas, construídas por diversas socie- tão, o Anel de Giges, a Imagem da Linha e a da
dades, expressaram através do tempo sua cultura, Caverna, correspondem, respectivamente, à or-
arquitetura, ciência e modo de vida. Muitas se tor- ganização das três classes da República.
naram monumentos ao ar livre, nos quais se desen- ( ) Na cidade imaginária de Platão, em todas as
volveram pesquisas arqueológicas que abasteceram classes se contestam a família nuclear e a pro-
de objetos históricos as maiores coleções museográ- priedade privada, fatores indispensáveis à cons-
ficas europeias. tituição de uma comunidade ideal.
Relacione as cidades, na coluna da esquerda, com as
suas respectivas sociedades, na coluna da direita. ( ) Na cidade platônica, é dever do filósofo supri-la
materialmente com bens duráveis e alimentos,
(I) Biblos (A) Suméria bem como ser responsável pela sua defesa.
(II) Chichén-Itza (B) Persa ( ) O conceito de justiça na cidade platônica
(III) Lagash (C) Maia estende-se do plano político à tripartição da
(IV) Machu-Pichu (D) Inca alma, o que significa que há justiça na República
(V) Pasárgada (E) Fenícia mesmo havendo classes e diferenças entre elas.
Assinale a alternativa que contém a associação cor- ( ) O filósofo, pertencente à classe dos magistra-
reta. dos, é aquele cuja tarefa consiste em apresentar
a ideia do Bem e ordenar os diferentes elemen-
a) I-B, II-D, III-E, IV-A, V-C.
tos das classes, produzindo a sua harmonia.
b) I-C, II-A, III-D, IV-E, V-B.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
c) I-C, II-D, III-E, IV-B, V-A. baixo, a sequência correta.
d) I-E, II-A, III-D, IV-B, V-C. a) V, V, F, F, F.
e) I-E, II-C, III-A, IV-D, V-B. b) V, F, V, V, F.
c) F, V, V, F, V.
2
A República de Platão consiste na busca racional d) F, V, F, V, F.
de uma cidade ideal. Sua intenção é pensar a polí- e) F, F, F, V, V.
tica para além do horizonte da decadência da cidade-
-Estado no século de Péricles. O esquema a seguir Observe a figura 2 a seguir e responda às questões de
mostra como se organizam as classes, segundo essa 3 a 5.
proposta.

Figura 2: Vista aérea de Veneza.

(Disponível em: <http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/


files/2013/03/veneza29.jpg>. Acesso em: 27 mar. 2013.)

Figura 1: Esquema de organização social na República de Platão.

(Disponível em: <http://obviousmag.org/archives/2009/02/


a_republica_de_platao_uma_alternativa_para_a_organ.htm>.
Acesso em: 8 abr. 2013.) R A S
C U N
Com base na obra de Platão e no esquema, atribua H O
V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir.
1 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

3 c) 13 km/h para o leste, 3 km/h para o oeste, 3 km/h para


No período da Baixa Idade Média, a cidade de Ve- o leste.
neza foi progressivamente revigorada pelo comér- d) 13 km/h para o oeste, 3 km/h para o leste, 3 km/h para
cio, o qual produziu instituições políticas autônomas, o oeste.
libertando-se do poder papal.
Com base na influência político-econômica das cida- e) 13 km/h para o leste, 9 km/h para o oeste, 3 km/h para
des mercantis nesse período, considere as afirmati- o leste.
vas a seguir. 5
Leia o texto a seguir.
I. Os senhores feudais detentores dos domínios
aristocráticos atacaram o poder político das ci- A República de Veneza e o Ducado de Milão
dades nascentes, pois este os impedia de arre- ao norte, o reino de Nápoles ao sul, os Esta-
cadar os seus tributos e taxas. dos papais e a república de Florença no centro
II. As guildas e as corporações de ofícios inseri- formavam ao final do século XV o que se pode
ram nos burgos a concorrência ao libertarem o chamar de mosaico da Itália sujeita a constan-
comércio do monopólio e os trabalhadores de tes invasões estrangeiras e conflitos internos.
seus padrões rígidos de produção. Nesse cenário, o florentino Maquiavel desen-
volveu reflexões sobre como aplacar o caos e
III. As rotas comerciais tornaram-se pontos de con-
instaurar a ordem necessária para a unificação
fluência de inúmeras culturas e credos, profes-
e a regeneração da Itália.
sados por diversos povos, entre os quais ju-
deus, muçulmanos e chineses. (Adaptado de: SADEK, M. T. Nicolau Maquiavel: o cida-
dão sem fortuna, o intelectual de virtú. In: WEFORT, F. C.
IV. Na Europa, as cidades de Veneza e Gênova
(Org.). Clássicos da política. v.2. São Paulo: Ática, 2003.
eram consideradas portas de entrada de produ-
p.11-24.)
tos muito valorizados, como especiarias e teci-
dos, advindos do Oriente. Com base no texto e nos conhecimentos sobre a filo-
sofia política de Maquiavel, assinale a alternativa cor-
Assinale a alternativa correta. reta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. a) A anarquia e a desordem no Estado são aplacadas
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. com a existência de um Príncipe que age segundo a
moralidade convencional e cristã.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
b) A estabilidade do Estado resulta de ações humanas
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
concretas que pretendem evitar a barbárie, mesmo
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. que a realidade seja móvel e a ordem possa ser des-
feita.
4
A gôndola é um meio de transporte comumente usa- c) A história é compreendida como retilínea, portanto a
do nos famosos canais de Veneza e representa um ordem é resultado necessário do desenvolvimento e
dos principais atrativos turísticos da cidade. Um pe- aprimoramento humano, sendo impossível que o caos
destre caminha no sentido oeste-leste com veloci- se repita.
dade constante de 3 km/h em relação à margem do d) A ordem na política é inevitável, uma vez que o âmbito
canal e observa duas gôndolas em movimento: a pri- dos assuntos humanos é resultante da materialização
meira, no sentido oeste-leste, com velocidade cons- de uma vontade superior e divina.
tante de 10 km/h em relação à margem do canal; e
e) Há uma ordem natural e eterna em todas as questões
a segunda, no sentido leste-oeste, com velocidade
humanas e em todo o fazer político, de modo que a
constante de 6 km/h também em relação à margem
estabilidade e a certeza são constantes nessa dimen-
do canal. Além disso, um veneziano observa, de sua
são.
janela, o pedestre caminhando no sentido oeste-leste
e em sua direção.
Ao colocar o sistema referencial inercial no pedestre,
as velocidades relativas da primeira gôndola, da se-
gunda e do veneziano, em relação ao pedestre, são,
respectivamente, de R A S
a) 7 km/h para o leste, 9 km/h para o oeste, 3 km/h para C U N
o oeste. H O
b) 7 km/h para o oeste, 9 km/h para o leste, 3 km/h para
o leste.
2 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

6 7
Pode-se considerar a organização e o funcionamento Os efeitos especiais do isoeugenol presente na noz-
de uma célula eucarionte animal de modo análogo ao -moscada são conhecidos desde a antiga China.
que ocorre em uma cidade. Desse modo, a mem- É notória a importância que essa molécula exerceu
brana plasmática seria o perímetro urbano e o cito- no comércio e na construção e destruição de cida-
plasma, com suas organelas, o espaço urbano. Algu- des.
mas dessas similaridades funcionais entre a cidade
e a célula corresponderiam às vias públicas como
sendo o retículo endoplasmático, para o transporte
e a distribuição de mercadorias; os supermercados
como sendo o complexo de Golgi, responsável pelo
armazenamento de mercadorias, e a companhia elé-
trica como sendo as mitocôndrias, que correspon-
dem à usina de força da cidade. Pode-se, ainda, con-
siderar que a molécula de adenosina tri-fosfato (ATP)
Figura 3: Isoeugenol.
seja a moeda circulante para o comércio de mercado-
rias.
Assinale a alternativa que justifica, corretamente, a Sobre essa molécula, atribua V (verdadeiro) ou
analogia descrita para as mitocôndrias. F (falso) às afirmativas a seguir.
a) Absorção de energia luminosa utilizada na produção
( ) A molécula apresenta estrutura alicíclica insatu-
de ATP.
rada.
b) Armazenamento de ATP produzido da energia de
( ) Apresenta 2 carbonos primários, 7 carbonos se-
substâncias inorgânicas.
cundários e 1 carbono terciário.
c) Armazenamento de ATP produzido na digestão dos
( ) É uma estrutura com grupos funcionais com-
alimentos.
postos.
d) Produção de ATP a partir da oxidação de substâncias
( ) O grupo funcional hidroxila é caracterizado
orgânicas.
como álcool.
e) Produção de ATP a partir da síntese de amido e glico-
( ) Segundo o conceito ácido-base de Arrhenius,
gênio.
essa molécula apresenta caráter básico.
Leia o texto I a seguir e responda às questões 7 e 8. Assinale a alternativa que contém, de cima para
baixo, a sequência correta.
Texto I
a) V, F, V, V, F.
Christos e espiciarias! – por Cristo e especiarias – foi o grito
b) V, F, F, F, V.
jubiloso dos marinheiros de Vasco da Gama quando, em maio
de 1498, eles se aproximaram da Índia e da meta de ganhar c) F, V, V, F, F.
uma fortuna incalculável com condimentos que durante sé- d) F, V, F, V, V.
culos haviam sido monopólio dos mercadores de Veneza. A
e) F, F, V, V, F.
sua demanda e a das fragrantes moléculas da pimenta, da
canela, do cravo-da-índia, da noz-moscada e do gengibre es- 8
timularam uma procura global que deu início à Era dos Des- Assinale a alternativa que apresenta, correta e res-
cobrimentos. pectivamente, o órgão da planta utilizado como
(Adaptado de: COUTEUR, P.; BURRESON, J. Os botões de Napoleão: as especiarias: pimenta, canela, cravo-da-índia, noz-
17 moléculas que mudaram a história. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. -moscada e gengibre.
p.23.)
a) Fruto, semente, botão floral, rizoma, tronco.
b) Fruto, tronco, botão floral, semente, rizoma.
c) Rizoma, semente, tronco, botão floral, fruto.
d) Semente, rizoma, fruto, botão floral, tronco.
R A S
C U N e) Semente, tronco, botão floral, fruto, rizoma.

H O

3 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014
Observe a figura 4 a seguir e responda às questões 10
9 e 10. Leia o texto a seguir.

Para Aristóteles, a boa convivência entre os


habitantes da cidade ideal não seria nunca ob-
tida com a mera apathia (ausência de paixões)
platônica, mas somente através de uma boa
medida entre razão e afetividade. Enfim, a arte
não apenas é capaz de nos trazer saber, ela
tem também uma função edificante e pedagó-
gica.
(FEITOSA, C. Explicando a filosofia com arte. Rio de Ja-
neiro: Ediouro, 2004, p.123.)

Com base na figura, no texto, nos conhecimentos so-


bre Aristóteles e na ideia de que os espaços do Tea-
tro, da Ágora, dos Templos na cidade de Atenas fo-
ram imprescindíveis para a vocação formativa da arte
na Grécia Clássica, considere as afirmativas a seguir.

I. A catarse propiciada pelas obras teatrais trági-


Figura 4: Cidade de Atenas cas apresentadas na cidade grega operava uma
transformação das emoções e tornava possível
que os cidadãos se purificassem e saíssem mais
A figura mostra Atenas na atualidade. Observam-se as ruínas elevados dos espetáculos.
da Acrópolis – onde ficavam os templos como o Parthenon –,
II. A obra poética educava e instruía o cidadão da
o Teatro de Dionísio e a Asthy – com a Ágora (Mercado/Praça
cidade grega, e isso acontecia por consequên-
Pública) e as casas dos moradores.
cia da satisfação que este sentia ao imitar os
9 atos dos grandes heróis que eram encenados no
Sobre a relação entre a organização da cidade de Ate- teatro.
nas, a ideia de pólis e o aparecimento da filosofia na III. O poeta demonstrava o universal como possí-
Grécia Clássica, considere as afirmativas a seguir. vel ao criar modelos de situações exemplares,
que permitem fortalecer o sentimento de comu-
I. A filosofia surgiu simultaneamente à cidade- nidade.
-Estado, ambiente em que predominava o dis-
curso público baseado na troca de opiniões e no IV. O belo nas diversas artes, como nos poemas
desenvolvimento da argumentação. épicos, na tragédia e na comédia, desvinculava-
-se dos laços morais e sociais existentes na pó-
II. A filosofia afastava-se das preocupações ime- lis, projetando-se em um mundo idealizado.
diatas da aparência sensível e voltava-se para as
questões do espírito. Assinale a alternativa correta.
III. O discurso proferido pelo filósofo era dirigido a a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
pequenos grupos, o que o distanciava da vida b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
pública.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
IV. O discurso da filosofia no contexto da pólis
restringia-se ao mesmo tipo de discurso dos d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
guerreiros e dos políticos ao desejar convencer e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
em vez de proferir a verdade.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. R A S
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. C U N
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. H O
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

4 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

11 b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.


Leia o texto a seguir. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Afluente da margem direita do Rio Vermelho, d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
ao norte de Cambé, próximo ao Distrito da e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
Prata, o Rio Palmeira forma um vale onde a
mata nativa ainda concentra reservas. Ali, sé- 13
culos atrás havia um lago. Era um ponto es- Leia o texto a seguir.
tratégico com água, peixe, caça e floresta sub-
tropical. Ali, em 1625 foi construída a redu- O espaço urbano é simultaneamente fragmen-
ção jesuítica de San Joseph – o termo missão tado e articulado: cada uma de suas partes
foi adotado pelos portugueses, enquanto espa- mantém relações espaciais com as demais,
nhóis e pesquisadores preferem redução. ainda que de intensidade muito variável.
(Jornal de Londrina, 3 mar. 2013. p.21.) (CORRÊA, R. L. O Espaço Urbano. 4.ed. São Paulo:
Ática, 2004. p.7. Série Princípios.)
Recentemente no município de Cambé, localizado no
norte do Paraná, foram descobertas ruínas de funda- De acordo com Corrêa, os agentes que fazem e refa-
ções da Redução Jesuítica, que comportou cerca de zem a cidade são os seguintes: os proprietários dos
200 pessoas, com fácil acesso à água e aos produtos meios de produção, sobretudo os grandes industri-
oriundos da floresta. ais, os proprietários fundiários, os promotores imo-
As Reduções ou Missões Jesuíticas no Brasil estão biliários, o Estado e os grupos sociais excluídos.
associadas Com base nos conhecimentos sobre as dinâmicas
a) às ações das bandeiras, que buscavam, nas Redu- desses agentes, considere as afirmativas a seguir.
ções, mão de obra indígena para a escravização. I. O Estado Capitalista atua de forma complexa e
b) às atividades mercantis de minérios e de drogas do variável tanto no tempo como no espaço, refle-
sertão que abasteciam a metrópole. tindo a dinâmica da sociedade da qual é parte
c) à cristianização facultativa dos indígenas pelos irmãos constituinte.
jesuítas com o apoio da Santa Sé. II. O que define a renda pré-capitalista da terra é
d) à libertação dos indígenas do jugo católico, conquis- a renda em trabalho promovida pela ocupação
tando a autonomia para professarem a sua fé. dos espaços da periferia urbana pelos grupos
sociais excluídos.
e) ao desenvolvimento de práticas agrícolas e de pecuá-
ria extensiva que vieram a abastecer o comércio me- III. Os promotores imobiliários atuam para prevenir
tropolitano. a segregação residencial que ocorre nas cida-
des, promovendo a função social da terra.
12
IV. Os grandes proprietários industriais e as em-
Weber compreende a cidade como uma expressão ti-
presas comerciais atuam sobre o espaço,
picamente ligada à racionalidade ocidental.
transformando-o em mercadoria.
Com base nos conhecimentos da sociologia webe-
riana sobre a racionalidade ocidental, considere as Assinale a alternativa correta.
afirmativas a seguir.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
I. A compreensão da cidade ocidental moderna é b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
possível quando se considera uma sequência
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
causal universal na história.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
II. A existência do capitalismo como sociedade es-
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
pecífica do mundo ocidental moderno explica o
surgimento das cidades.
III. A explicação da cidade no Ocidente exige com-
preender a existência de diferentes formas do
poder e da dominação. R A S
IV. Um dos traços fundamentais da cidade no Oci- C U N
dente é a constituição de um corpo burocrático
administrativo regular.
H O
Assinale a alternativa correta.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
5 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

14 Assinale a alternativa que apresenta, correta e


Leia o texto a seguir. respectivamente, as obras de Segall, Malfatti e
Brecheret que, segundo o texto, representam os
Antigamente nem em sonho existia tantas pon-
antecedentes da Semana de Arte Moderna de 1922.
tes sobre os rios, nem asfalto nas estradas.
Mas hoje em dia tudo é muito diferente com
o progresso nossa gente nem sequer faz uma
ideia.
Tenho saudade de rever nas currutelas as mo-
cinhas nas janelas acenando uma flor.
Por tudo isso eu lamento e confesso que a
marcha do progresso é a minha grande dor.
Cada jamanta que eu vejo carregada transpor- a)
tando uma boiada me aperta o coração.
E quando olho minha traia pendurada de tris-
teza dou risada pra não chorar de paixão.
(Adaptado de: Nonô Basílio e Índio Vago. Mágoa de Boia-
deiro.)

O texto aproxima-se sociologicamente da leitura teó-


b)
rica de
a) Comte, que defende a necessidade de formas tradi-
cionais de vida em detrimento da desilusão do pro-
gresso.
b) Durkheim, que analisa o progresso como elemento
desagregador da vida social ao provocar o enfraque-
cimento das instituições.
c)
c) Marx, que condena o desenvolvimento das forças pro-
dutivas por seus efeitos alienantes sobre o homem.
d) Spencer, que tem uma leitura romântica da sociedade
e vê o passado como mais rico culturalmente.
e) Weber, para quem a modernização e a racionalização
é acompanhada pelo desencantamento do mundo.
15 d)
Leia o texto a seguir.
No Brasil, uma das relações entre Arte e Ci-
dade no início do século XX foi o desejo de
“modernizar”. Mario Pedrosa dizia que o Brasil
é um país “condenado” à modernidade. Antes
da ocupação do Teatro Municipal na Semana
de Arte Moderna de 1922, ocorreram três im- e)
portantes antecedentes: a exposição de Lasar
Segall em São Paulo e Campinas, por ser con-
siderada uma relevante exposição de arte mo-
derna no país; a exposição de Anita Malfatti,
em 1917, que, após a crítica de Monteiro Lo-
bato, estimulou os artistas modernos brasilei-
ros a buscarem uma união; a descoberta do
R A
talento escultórico de Victor Brecheret, em S C
1920, que anonimamente fazia seus trabalhos
em meio às obras do Palácio das Indústrias, U N
unindo formas modernas com procedimentos
tradicionais.
H O
(Adaptado de: MICELI, S.; RUBINO, S. Arte e Cidade. A
Metrópole e a Arte. São Paulo: Prêmio, 1992. p.20. (Co-
leção Arte e Cultura, 13).)

6 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

16 I. No horário de rush, o tempo de deslocamento


A construção da cidade de Brasília fez parte do de carro de A até B é maior do que o tempo de
processo desenvolvimentista dos anos 1950 lide- deslocamento por metrô em 1 hora.
rado pelo presidente Juscelino Kubitschek e seu II. No horário de rush, o tempo de deslocamento
vice, João Goulart. O projeto modernizante de JK de A até B por metrô é 1/3 do tempo de desloca-
assentava-se na política do “50 anos em 5”, que pre- mento por carro.
conizava, entre outras coisas, dotar o país de uma
infraestrutura suficiente para sustentar a industriali- III. Fora do horário de rush, é mais rápido fazer o
zação. percurso de A para B de carro.
Com base nos conhecimentos sobre a política econô- IV. Fora do horário de rush, considerando que o sis-
mica desse período histórico brasileiro, assinale a al- tema de metrô tenha melhorado e que sua ve-
ternativa correta. locidade média passe a ser de 70 km/h, então
a) Disseminou o ensino técnico para todas as regiões do o tempo de deslocamento de A até B tanto por
país, por meio dos institutos técnicos federais. carro quanto por metrô é igual.

b) Expandiu a construção de usinas hidrelétricas e abas- Assinale a alternativa correta.


teceu de energia o setor produtivo. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
c) Implantou a SUDAM, que realizou a modernização e b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
a transformação da região amazônica.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Priorizou a importação de veículos automotores para
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
o país se inserir no mercado internacional.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
e) Privatizou a Companhia Siderúrgica Nacional, com a
abertura do seu capital para investidores estrangeiros. 18
Observe as imagens a seguir.
17
Analise a figura a seguir.

Figura 5: Vista aérea de Brasília.

Os habitantes de metrópoles convivem com o pro-


blema dos congestionamentos de automóveis, que
geram estresse, acidentes, poluição sonora, entre
outras consequências. Uma solução para o problema
de mobilidade urbana é o transporte coletivo por li-
nhas de metrô. A figura mostra a região central da ci-
dade de Brasília. Considere que um indivíduo se des-
loca diariamente de carro da posição A, onde mora,
até a posição B, onde trabalha, em um percurso de
12 km representado pela linha tracejada. No horá-
rio de rush, a velocidade média dos automóveis é de
12 km/h e, fora desse horário, é de 42 km/h. Se hou-
vesse em Brasília uma linha de metrô de A até B,
como representado pela linha ponto-tracejada, ela te-
ria 20 km.
Supondo que a velocidade média do metrô seja de
60 km/h, considere as afirmativas a seguir.
7 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

Em junho de 2013, manifestações de rua, envolvendo IV. O deslocamento do homem rural para as cida-
milhares de pessoas, ocuparam os espaços públicos des exige a reelaboração de normas e valores
urbanos, colocando uma série de demandas expres- de comportamento.
sas em cartazes dos mais variados conteúdos.
Com base nas imagens, assinale a alternativa cor- Assinale a alternativa correta.
reta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
a) Imagem 1: “O Estado é laico” testemunha o reconheci- b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
mento de que o governo desconhece os grandes pro- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
blemas nacionais.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
b) Imagem 2: “Não tenho partido. Tenho amor pelo meu
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
país!!!” indica as dificuldades encontradas por jovens
nacionalistas em serem aceitos pelos partidos tradi- 20
cionais, que preferem políticos profissionais e mais ve- Leia o texto a seguir.
lhos.
c) Imagem 3: “Feliciano. A gente não te esqueceu!!!”, É possível identificar no Brasil vários municí-
trata-se de um tributo a líder do movimento pela liber- pios cuja urbanização se deve diretamente à
dade sexual no Brasil, recentemente morto por gan- expansão da fronteira agrícola moderna, for-
gues homofóbicas. mando cidades funcionais ao campo denomi-
nadas de “cidades do agronegócio”.
d) Imagem 4: “Égalité, Fraternité, Liberté” aponta para a
(Adaptado de: ELIAS, D.; PEQUENO, R. Desigualdades
retomada de valores socialistas que identificam o ho-
socioespaciais nas cidades do agronegócio. Revista Bra-
mem para além de sua condição de cidadão.
sileira de Estudos Urbanos e Regionais. 2007. v.9. n.1.
e) Imagem 5: “PEC 37 também não” é um repúdio à ten- p.25-29.)
tativa de aprovar proposta de lei que tratava das com-
petências do Ministério Público nas investigações de Sobre a expansão da fronteira agrícola moderna e o
casos de corrupção. surgimento das “cidades do agronegócio”, assinale
a alternativa correta.
19 a) A expansão da fronteira agrícola moderna e a cria-
Leia o texto a seguir. ção das cidades do agronegócio ocorreram a partir de
1970, com a incorporação das terras do cerrado, im-
Por Nossa Senhora, meu sertão querido
pulsionada por políticas públicas voltadas à ocupação
Vivo arrependido por ter te deixado
de terras e ao desenvolvimento local.
Esta nova vida aqui na cidade
De tanta saudades, eu tenho chorado b) A fronteira agrícola moderna e o aparecimento das ci-
Aqui tem alguém, diz que me quer bem dades do agronegócio estão associados às políticas
Mas não me convém, eu tenho pensado do governo Vargas direcionadas à agricultura, com a
Eu fico com pena, mas essa morena criação, em 1951, do Sistema Nacional de Crédito Ru-
Não sabe o sistema que eu fui criado ral.
Tô aqui cantando, de longe escutando c) A fronteira agrícola moderna e o aparecimento das ci-
Alguém está chorando com o rádio ligado dades do agronegócio ocorreram após investimentos
(Adaptado de: Belmonte e Goiá. Saudades da Minha dos Estados Unidos, na década de 1950, em território
Terra.) brasileiro para produção destinada à exportação.

Com base no texto e nos conhecimentos socioan- d) As cidades do agronegócio estão localizadas predo-
tropológicos acerca das identidades culturais, con- minantemente no Paraná, Rio Grande do Sul e Santa
sidere as afirmativas a seguir. Catarina, estados onde ocorreu a expansão da fron-
teira agrícola moderna a partir da década de 1960.
I. Por serem construções individuais, as identida- e) Por intermédio da expansão da fronteira agrícola mo-
des se dissolvem e desaparecem em contextos derna e da criação das cidades do agronegócio, a par-
socioespaciais diferentes. tir da década de 1950, houve uma difusão do meio
II. A resistência do homem do campo à cidade está técnico-científico-informacional em todo o território na-
ligada às dificuldades que enfrenta para convi- cional.
ver em espaços onde existem instituições a se-
rem seguidas.
III. A dinâmica social da cidade é mais fluida,
sendo, contudo, insuficiente para suprimir a me-
mória coletiva do migrante.
8 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

21 (C) Intervenção
Leia o texto a seguir.
(D) Arte Minimalista
A partir das mudanças ocorridas na arte desde
a década de 1950, houve uma expansão nesse (E) Arte Conceitual
campo, com o surgimento de novas linguagens
e novos meios. Na década de 1960, ocorreu
uma tendência de desmaterialização artística
a partir de questionamento das categorias tra-
dicionais estabelecidas e da intenção de in- (I) Busca desenvolver uma ideia ou conceito
tegrar a arte com a vida. A arte conceitual por intermédio da disposição de vários ele-
significou o deslocamento da obra de arte en- mentos no espaço ou da junção simultâ-
quanto objeto físico para o conceito, visando nea de vários suportes diferentes: objetos,
ao estudo da linguagem artística, sua natureza pessoas ou mesmo animais. Procura criar
e sua função no circuito mercadológico. Com um ambiente que traduza a ideia artística,
a ampliação das possibilidades de expressão, utilizando-se, para isso, muitas vezes, de re-
os artistas contemporâneos têm encontrado no cursos cênicos.
espaço público uma forma de deselitização e (II) Surge a partir das periferias das metrópoles
um espaço de problematização da natureza da como forma de expressão contra a opres-
arte. A ideia torna-se tão importante quanto são provocada pela sociedade industrial e
a matéria, a participação do público na obra invade os centros urbanos e as instituições
passa a ser fundamental, independentemente artísticas. De pichações de signos ou fra-
de técnicas e materiais utilizados. ses de efeito rápido, evolui para uma forma
(Adaptado de: RIBEIRO, M. A. Neovanguardas: Belo Ho- gráfica em que a cor é bastante valorizada.
rizonte – anos 60. Belo Horizonte: C/Arte, 1997. p.46.)
(III) Aberta para a ideia e a informação, renuncia
ao tradicional objeto de arte como artigo de
Com base no texto e nos conhecimentos sobre arte
luxo único, permanente, portátil e vendável.
a partir da década de 1950, relacione as imagens, os
Mais adequadamente transmitida por múlti-
conceitos e suas definições correspondentes.
plas linguagens, como a escrita, a fotogra-
fia, o documento, o mapa, o filme, o vídeo,
a corporal e, sobretudo, por meio da lingua-
gem verbal.
(IV) É uma linguagem que encontrou seu maior
campo de ressonância na escultura. Traba-
lhando quase sempre com estruturas úni-
cas, forma sistemas visuais, caracterizados
principalmente pela utilização de formas pri-
márias puras, sem conotação poética e ide-
ológica.
(V) Caracteriza-se pela alteração momentânea
de um cenário usual, pela introdução de no-
vos elementos e/ou materiais, procurando
gerar uma tensão entre a obra e o meio ur-
bano, entre a arte e o meio formal.

Assinale a alternativa que contém a associação cor-


reta.
a) 1-A-I, 2-B-II, 3-C-III, 4-D-IV, 5-E-V.
b) 1-B-II, 2-C-IV, 3-A-V, 4-D-I, 5-E-III.
c) 1-C-V, 2-D-II, 3-E-I, 4-B-III, 5-A-IV.
d) 1-E-II, 2-A-III, 3-D-IV, 4-B-I, 5-C-V.
e) 1-E-III, 2-B-II, 3-D-IV, 4-A-I, 5-C-V.
(A) Instalação

(B) Graffiti

9 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

22 b) Presburgo, assinado pelo papa Inocêncio I, em 1314.


A cidade desempenha papel fundamental no pensa- c) Santo Ildefonso, assinado pelo Duque de Ferrara, em
mento de Émile Durkheim, tanto por exprimir o de- 1754.
senvolvimento das formas de integração quanto por
intensificar a divisão do trabalho social a ela ligada. d) Latrão, assinado por Benito Mussolini, em 1929.
Com base nos conhecimentos acerca da divisão de e) Roma, assinado pelo Papa João XXIII, em 1963.
trabalho social nesse autor, assinale a alternativa cor-
reta. 24
Leia o texto a seguir.
a) A crescente divisão do trabalho com o intercâmbio li-
vre de funções no espaço urbano torna obsoleta a pre- Kant, mesmo que restrito à cidade de
sença de instituições. Königsberg, acompanhou os desdobramentos
b) A solidariedade orgânica é compatível com a socie- das Revoluções Americana e Francesa e foi le-
dade de classes, pois a vida social necessita de tra- vado a refletir sobre as convulsões da história
balhos diferenciados. mundial. Às incertezas da Europa plebeia, in-
dividualista e provinciana, contrapôs algumas
c) Ao criar seres indiferenciados socialmente, o “homem certezas da razão capazes de restabelecer, ao
massa”, as cidades recriam a solidariedade mecânica menos no pensamento, a sociabilidade e a paz
em detrimento da solidariedade orgânica. entre as nações com vista à constituição de
d) O efeito principal da divisão do trabalho é o aumento uma federação de povos – sociedade cosmo-
da desintegração social em razão de trabalhos parce- polita.
lares e independentes. (Adaptado de: ANDRADE, R. C. Kant: a liberdade, o indi-
e) O equilíbrio e a coesão social produzidos pela cres- víduo e a república. In: WEFORT, F. C. (Org.). Clássicos
cente divisão do trabalho decorrem das vontades e da política. v.2. São Paulo: Ática, 2003. p.49-50.)
das consciências individuais.
Com base nos conhecimentos sobre a Filosofia Polí-
23 tica de Kant, assinale a alternativa correta.
Observe a figura a seguir. a) A incapacidade dos súditos de distinguir o útil do pre-
judicial torna imperativo um governo paternal para in-
dicar a felicidade.
b) É chamado cidadão aquele que habita a cidade,
sendo considerados cidadãos ativos também as mu-
lheres e os empregados.
c) No Estado, há uma igualdade irrestrita entre os mem-
bros da comunidade e o chefe de Estado.
d) Os súditos de um Estado Civil devem possuir igual-
dade de ação em conformidade com a lei universal da
liberdade.
e) Os súditos estão autorizados a transformar em violên-
cia o descontentamento e a oposição ao poder legis-
lativo supremo.

Figura 6: Mapa do Vaticano.

(Disponível em: <http://codigodacultura.files.wordpress.com/ R A


2010/04/mapa-vaticano.gif>. Acesso em: 6 ago. 2013.)
S C
A bênção Urbi et Orbi, dirigida à cidade de Roma e ao U N
mundo, foi proferida pelo Papa Francisco logo após
sua eleição, durante os ofícios da Páscoa cristã, dire- H O
tamente da Basílica de São Pedro, na cidade do Vati-
cano. O Vaticano é uma cidade-estado encravada na
urbe romana e conquistou sua autonomia política por
meio do Tratado de
a) Methuen, assinado por Childerico, em 830.
10 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

25 a) As estrelas-do-mar apresentam cinco braços ramifica-


A Revolução Industrial foi acompanhada por profun- dos e flexíveis, com a boca e o ânus localizados na
das transformações na Europa. Os novos meios região oposta ao substrato.
de transporte, que utilizavam as máquinas térmicas b) As serpentes-do-mar possuem cinco braços finos e
recém-criadas, foram essenciais aos avanços rela- flexíveis, separados uns dos outros e ligados a um
cionados à industrialização por todo o continente. disco central, com a boca localizada na região voltada
Naquele período, foi demonstrado teoricamente que para o substrato.
uma máquina térmica ideal é aquela que descreve um
ciclo especial, denominado ciclo de Carnot. c) Os lírios-do-mar possuem cinco braços, a boca e os
Sobre os princípios físicos da termodinâmica e do ci- pés ambulacrais localizados na região voltada para o
clo de Carnot, assinale a alternativa correta. substrato e o ânus na região superior.

a) As máquinas térmicas, que operam em ciclos, são in- d) Os ouriços-do-mar, desprovidos de braços, diferem do
capazes de retirar o calor de uma fonte e o transformar padrão do filo, com a boca localizada em uma das
integralmente em trabalho. extremidades do corpo, rodeada por tentáculos, e o
ânus na região oposta.
b) Em uma máquina térmica que opera em ciclos de
Carnot, ocorrem duas transformações isobáricas e e) Os pepinos-do-mar têm a boca localizada na região
duas isovolumétricas. voltada para o substrato, o ânus na região superior e
c) No ciclo de Carnot, ocorre uma transformação rever- os pés ambulacrais distribuídos por todo o corpo.
sível, enquanto as demais são irreversíveis.
27
d) O rendimento de uma máquina térmica é nulo quando Leia o texto a seguir.
as etapas do ciclo de Carnot forem transformações re-
versíveis. Descartes, na segunda parte do Discurso do
e) Uma máquina térmica é capaz de transferir calor de Método, apresenta uma crítica às cidades an-
um ambiente frio para um quente sem a necessidade tigas por serem caóticas. Tais cidades, por te-
de consumir energia externa. rem sido no início pequenos burgos e havendo
se transformado, ao longo do tempo, em gran-
Observe a figura 7 a seguir e responda às questões de des centros, são comumente mal calculadas.
26 a 28. Suas ruas curvas e desiguais foram obra do
acaso e não uma disposição da vontade de al-
guns homens que se utilizaram da razão.
(Adaptado de: DESCARTES, R. Discurso do Método. São
Paulo: Nova Cultural, 1999. p.43-44. (Coleção Os Pensa-
dores.))

Com base no texto, nos conhecimentos sobre o ra-


cionalismo cartesiano e sobre uma possível relação
com o tema do planejamento e da construção das ci-
dades, assinale a alternativa correta.
a) A arquitetura das cidades compreende as edificações
planejadas, em que coincidem a ordem racional e a
ordem da realidade objetiva.
Figura 7: Paris. b) A experiência sensível era o princípio capaz de fun-
(Disponível em: <http://3.bp.blogspot.com/-CwvrGXyjWcY/
damentar as leis do conhecimento, permitindo certo
TVmO91YqWsI/AAAAAAAAABc/DwC5qFtrcC4/s1600/
ordenamento das construções nas cidades.
image001.png>. Acesso em: 23 mar. 2013.) c) A mente é como uma folha em branco, isenta de im-
pressões, assim, o conhecimento que nos permite
26 edificar as cidades inicia-se na execução.
A figura lembra o sistema hidrovascular ou ambula- d) O conhecimento se constrói num processo que vai do
cral de um equinoderma. Esse sistema atua na loco- particular para o universal, o que valoriza o caráter
moção, respiração, captura de alimento e como ór- indutivo na construção das cidades.
gão sensorial, consistindo em um conjunto de canais
e) Os engenheiros e os mestres de obras se utilizam do
no interior do corpo e de prolongamentos tubulares,
conhecimento empírico para a edificação e o planeja-
os pés ambulacrais, que se projetam para fora atra-
mento de nossas cidades.
vés de poros.
Com relação às principais características das classes
de equinodermas, assinale a alternativa correta.
11 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

28
Uma das grandes ruas arborizadas e largas da capital
francesa traz o nome de Haussmann, Primeiro Minis-
tro à época da Comuna de Paris e responsável pela
nova configuração espacial que parte da Cidade Luz
passou a ter. Tratava-se, para ele, de eliminar as vi-
elas que impediam o deslocamento das tropas por
ocasião de motins populares. A Comuna de Pa- (III) (IV)
ris também foi objeto de atenção do pensamento de
Marx e Engels.
Sobre a forma como Marx e Engels analisaram a Co-
muna de Paris, assinale a alternativa correta.

a) Foi a primeira experiência real que indicou o que po-


deria ser uma sociedade sem classes.

b) Era um movimento limitado por desconsiderar a forma


parlamentar como instrumento essencial de luta.

c) Exprimia um modelo ideal de vida social a ser seguido


por outras nações da Europa à época de sua realiza- (V)
ção.
(A) Auguste Rodin
d) Representava a continuidade da Revolução Francesa (B) Franz Weissmann
e de seus ideais de liberdade, igualdade e fraterni- (C) Juan Miró
dade. (D) Pablo Picasso
(E) Richard Serra
e) Tratava-se de um movimento pacífico que recusava a
luta de classes como caminho para o comunismo. Assinale a alternativa que contém a associação cor-
reta.

29 a) I-A, II-C, III-E, IV-D, V-B.


Leia o texto a seguir. b) I-B, II-D, III-A, IV-C, V-E.
c) I-C, II-D, III-B, IV-E, V-A.
Um dos principais objetivos da arte pública é d) I-E, II-B, III-D, IV-C, V-A.
deselitizar a arte e estabelecer o diálogo com a
e) I-E, II-C, III-A, IV-D, V-B.
diversidade, fato desafiador para o artista que
cria no ambiente urbano. A cidade é o cenário 30
da arte pública, é a “tela” do artista que inter- Leia o texto a seguir.
vém no espaço urbano. Não se limita à pró-
pria edificação física, mas transita pelo imagi- Segundo a Globalization and World Cities
nário por meio das relações sociais e culturais, Study Group & Network, atualmente são
pelo cotidiano dos frequentadores e fruidores reconhecidas mais de 50 cidades globais no
da obra. planeta, divididas em três grupos, por grau de
(Adaptado de: SILVA, F. P. Arte pública: diálogo com as importância, Alfa, Beta e Gama.
comunidades. Belo Horizonte: C/Arte, 2006. p.21.) (Adaptado de: INFOESCOLA. Cidades Globais. Dis-
ponível em: <http://www.brasilescola.com/geografia/
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o cidades-globais.htm>. Acesso em: 23 jun. 2013.)
tema, relacione as imagens das obras em espaços Sobre o conceito de cidade global, assinale a alterna-
públicos com os seus respectivos artistas. tiva correta.
a) Aplica-se à junção de duas ou mais metrópoles nacio-
nais, com elevado tráfego urbano e aéreo internacio-
nais.
b) Aplica-se às cidades em áreas de conurbação com os
maiores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH)
do planeta.
c) Define-se por cidades que possuem elevados índices
de emprego e renda e que atraem imigrantes de várias
(I) (II) partes do mundo.
12 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

d) Refere-se aos centros de decisão e locais geográficos


estratégicos, nos quais a economia mundial é plane-
jada e administrada.

e) Refere-se a um conjunto de regiões metropolitanas,


que formam áreas com maior número de população
do planeta. (V)

(A) Arte Medieval


31 (B) Arte Moderna
Na perspectiva de Argan (1998), a arte está inserida (C) Arte Contemporânea
no cotidiano da cidade e envolve, entre outros ele- (D) Arte Barroca
mentos, a arquitetura, o urbanismo e o design. (E) Arte Neoclássica

A obra de arte determina o espaço urbano. Assinale a alternativa que contém a associação cor-
São espaço urbano também os ambientes das reta.
casas particulares; e o retábulo do altar da a) I-A, II-C, III-E, IV-D, V-B.
igreja, a decoração do quarto de dormir ou da
b) I-B, II-C, III-A, IV-E, V-D.
sala de jantar, até mesmo o vestuário e o orna-
mento com que as pessoas se movem, recitam c) I-B, II-E, III-D, IV-C, V-A.
a sua parte na dimensão cênica da cidade. d) I-C, II-A, III-E, IV-B, V-D.
(Adaptado de: ARGAN, G. C. História da arte como história
e) I-C, II-E, III-D, IV-B, V-A.
da cidade. São Paulo: Martins Fontes, 1998. p.2-3.)

32
As imagens a seguir representam obras que se Nas últimas décadas do século XX, o Paraná passou
inserem, de múltiplas formas, no cotidiano das por profundas modificações socioespaciais no que
cidades. Relacione-as com os respectivos períodos tange à sua organização e à evolução das atividades
da História da Arte. econômicas, mudanças na base técnica da produção
agrícola e consequente urbanização. Tais transfor-
mações estão inseridas nos processos de expansão
capitalista e na inserção do estado no desenvolvi-
mento capitalista mundial.
Com base nos conhecimentos referentes ao pro-
cesso de urbanização paranaense, suas mesorre-
giões, principais cidades e atividades econômicas,
(I) assinale a alternativa correta.
a) A Região Metropolitana de Curitiba apresenta como
base produtiva principal as indústrias moveleiras ins-
taladas na periferia dos municípios constituintes dessa
região.
b) Maringá e Londrina, as cidades mais importantes do
Norte Central Paranaense, têm como atividade econô-
(II) mica principal o setor terciário que atende às várias
cidades da região.
c) Na mesorregião Sudoeste Paranaense, Cascavel e
Foz do Iguaçu são os principais centros urbanos,
tendo como base produtiva as indústrias têxteis, au-
tomobilísticas e alimentícias.
d) Os municípios mais importantes da mesorregião
(III)
Centro-Sul Paranaense, União da Vitória e Irati, têm
como principal atividade econômica indústrias siderúr-
gicas e alimentícias.
e) Umuarama e Paranavaí são as principais cidades do
Oeste Paranaense e tiveram efetivo aumento da sua
população devido à instalação de indústrias têxteis.
(IV)
13 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

33
Leia o texto a seguir.

Até o século XIX, na arte ocidental, a maté-


ria era usada na escultura como meio de re-
presentar temas. No século XX, os esculto-
res modernos buscaram a autonomia da lin- (V)
guagem, atingindo a compreensão sobre a im-
portância da materialidade. As criações com
volume no espaço já não enfatizaram somente (A) Movimento e desenho no espaço.
a representação de temas. Os escultores, a (B) Luz e abstração.
partir de Rodin, tiveram a consciência de que
(C) Linha e contraste.
a escultura como uma linguagem, mais do que
fazer coisas, é “matérica”, porém pode produ- (D) Volume e superfície/textura.
zir objetos que “dizem” coisas. Além do mode- (E) Espaço e equilíbrio.
lado e do entalhe, os escultores modernos ex-
perimentaram um novo procedimento: a “cons- Assinale a alternativa que contém a associação cor-
trução”, a escultura como desenho no espaço, reta.
a incorporação de massas de ar, do vazio, na a) I-A, II-B, III-C, IV-D, V-E.
composição escultórica; fazendo do Espaço e b) I-B, II-C, III-E, IV-A, V-D.
da Matéria categorias fundamentais dessa lin-
c) I-B, II-D, III-A, IV-C, V-E.
guagem.
d) I-E, II-C, III-A, IV-B, V-D.
(Adaptado de: GAZITÚA, F. El lenguage de la esculura.
Santiago: Bauhaus editorial, 1995.) e) I-E, II-D, III-C, IV-A, V-B.
A partir do texto e com base nos conhecimentos so- 34
bre a arte tridimensional, relacione as figuras com Leia o texto a seguir.
os respectivos elementos (categorias) enfatizados na
linguagem escultórica. Quem examina com atenção a arte nos dias
atuais confronta-se com uma desconcertante
profusão de estilos, formas, práticas e progra-
mas. Não parece haver nenhum material parti-
cular que desfrute do privilégio de ser imedia-
tamente reconhecível como material da arte:
a arte recente tem utilizado não apenas tinta,
metal e pedra, mas também ar, luz, som, pa-
(I) lavras, pessoas, comida e muitas outras coi-
sas. Hoje, existem poucas técnicas e méto-
dos de trabalho, se é que existem, que po-
dem garantir ao objeto acabado a sua acei-
tação como arte. Inversamente, parece, com
frequência, que pouco se pode fazer para im-
pedir que mesmo o resultado das atividades
(II) mais mundanas seja erroneamente compreen-
dido como arte. Embora a pintura possa con-
tinuar sendo importante para muitos, ao lado
dos artistas tradicionais há aqueles que utili-
zam fotografia e vídeo, e outros que se en-
gajam em atividades tão variadas como cami-
nhadas, apertos de mão ou cultivo de plantas.
Com a ampliação dos meios e procedimen-
(III)
tos, os artistas contemporâneos encontram no
meio urbano uma forma de problematização
das instituições artísticas.
(Adaptado de: ARCHER, M. Arte Contemporânea: uma
história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001. p.IX.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre arte


(IV) contemporânea, considere as afirmativas a seguir.
14 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

I. O significado de uma obra de arte não está ne- Com base na figura, no texto e nos conhecimentos
cessariamente contido nela, no entanto pode sobre Walter Benjamin, assinale a alternativa cor-
emergir do contexto específico em que ela reta.
existe. a) A cultura veiculada pelos meios de comunicação
II. Profundas mudanças ocorreram na arte do Oci- de massa enfraquece o posicionamento reflexivo da
dente a partir da Pop Art e do Minimalismo. classe trabalhadora.
O pós-minimalismo inclui o conceitualismo, a b) A razão emancipatória esgota-se com o modelo
Land Art, a Performance, a Body Art e as pri- econômico capitalista e a sociedade de massa.
meiras instalações.
c) Mesmo diante da ordem social mercantil, que faz uso
III. Na arte conceitual, a ideia torna-se arte. O dado
dos anúncios publicitários, pode haver pensamento
principal é o conceito; o artista desvincula-se da
crítico.
matéria e passa a lidar com a ideia. A importân-
cia da obra passa a ser a concepção do trabalho d) O consumismo e a diversão farta e fácil anulam a pos-
e não a materialização da sua ideia. Esse pro- sibilidade de análise e problematização.
cesso de arte transforma o espectador em inte- e) O projeto da razão foi cumprido sem ter alcançado sua
grante ativo. promessa, restando ao mundo o irracionalismo.
IV. Na arte contemporânea, valoriza-se e prioriza-se
36
o novo, o original na composição formal dos ob-
Leia o texto a seguir.
jetos de arte, como ocorria nos movimentos van-
guardistas do modernismo. Van Gogh (1853-1890) vendeu um único qua-
Assinale a alternativa correta. dro em vida a seu irmão, por 400 francos. Nas
palavras do artista: “Não posso evitar os fatos
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. de que meus quadros não sejam vendáveis.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. Mas virá o tempo em que as pessoas verão
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. que eles valem mais que o preço das tintas”.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
(Disponível em: <http://www.naturale.med.br/artes/4_
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
Van_Gogh.pdf>. Acesso em: 2 out. 2013.)
35
A mercantilização da cultura impulsionou o mer-
Observe a figura e leia o texto a seguir.
cado de artes nos grandes centros urbanos. Hoje,
Loucos os que la- o quadro Jardim das Flores, de Van Gogh, é
mentam o declínio da avaliado em aproximadamente 84 milhões de dóla-
crítica. Pois sua hora res. Supondo que há 61 anos essa obra custasse
há muito tempo já 84 dólares e que sua valorização até 2013 ocorra se-
passou. Crítica é uma gundo uma PG, assinale a alternativa que apresenta,
questão de correto corretamente, o valor dessa obra em 2033, consi-
distanciamento. Ela derando que sua valorização continue conforme a
está em casa em um mesma PG.
mundo no qual pers- a) 001,68×109 dólares.
Figura 8: Times Square. pectivas e prospectos
vêm ao caso e ainda b) 008,40×109 dólares.
(Disponível em:
<www.paraviagem.com.br>. é possível adotar um c) 084,00×107 dólares.
Acesso em: 20 ago. 2013.) ponto de vista. d) 168,00×106 dólares.
As coisas nesse meio tempo caíram de maneira dema- e) 420,00×107 dólares.
siado abrasante sobre o corpo da sociedade humana.
A “imparcialidade”, o “olhar livre” são mentiras, quando
não é a expressão totalmente ingênua de chã incompe-
tência. O olhar mais essencial hoje, o olhar mercantil que
penetra no coração das coisas, chama-se reclame. Ele R A S
desmantela o livre espaço de jogo da contemplação. –
O que, afinal, torna os reclames tão superiores à crítica?
C U N
Não aquilo que diz a vermelha escrita cursiva elétrica – H O
mas a poça de luz que a espelha sobre o asfalto.
(Adaptado de: BENJAMIN, W. Rua de mão única. In: Obras Escolhi-
das II. Tradução de Rubens Rodrigues Torres Filho, 6.ed. São Paulo:
Brasiliense, 2012. p.56.)

15 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

37 I. Rio de Janeiro, capital da colônia desde a che-


Leia os textos a seguir. gada dos portugueses ao Brasil, foi adminis-
trada por governos compostos por brasileiros e
Rio 40 Graus lusitanos.
II. São Paulo de Piratininga foi definido como o lo-
Fernanda Abreu
cal naturalmente destinado ao desenvolvimento
Rio 40 graus econômico devido à importância de sua hidro-
Cidade maravilha grafia.
Purgatório da beleza III. A Revolta da Vacina, no Rio de Janeiro, deveu-se
E do caos à política higienista adotada pelo governo, que
visou, entre outras coisas, sanear a cidade.
O Rio é uma cidade
De cidades misturadas IV. Os casarões da Avenida Paulista, expressões da
O Rio é uma cidade riqueza da oligarquia cafeeira, foram progressi-
De cidades camufladas vamente substituídos pelos espigões das corpo-
Com governos misturados rações financeiras.
Camuflados, paralelos
Assinale a alternativa correta.
Sorrateiros
Ocultando comandos... a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
Quem é dono desse beco? b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
Quem é dono dessa rua?
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
De quem é esse edifício?
De quem é esse lugar? d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

38
Os indicadores demográficos e socioeconômicos
têm possibilitado avaliar o desenvolvimento da popu-
lação nas cidades, estados ou países.
Sobre os indicadores sociais, assinale a alternativa
Sampa correta.

Caetano Veloso
a) População absoluta é o índice obtido com base no
número de óbitos ocorridos durante um ano em uma
Alguma coisa acontece no meu coração população pela multiplicação do número total da po-
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João pulação por mil e dividido pelo número de óbitos.
É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi b) Taxa bruta de natalidade é o número total de habitan-
Da dura poesia concreta de tuas esquinas tes de um lugar diretamente relacionada com a renda
Da deselegância discreta de tuas meninas familiar per capita, refletindo na qualidade da alimen-
E foste um difícil começo tação, higiene e assistência médica.
Afasto o que não conheço
c) Taxa de crescimento vegetativo ou natural é a dife-
E quem vem de outro sonho feliz de cidade
rença entre a taxa de natalidade e a taxa de mortali-
Aprende depressa a chamar-te de realidade
dade expressa por mil habitantes, verificada em uma
Porque és o avesso do avesso do avesso do avesso
população de um determinado período, geralmente de
Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas um ano.
Da força da grana que ergue e destrói coisas belas
d) Taxa de fecundidade é o índice obtido com base no
Da feia fumaça que sobe, apagando as estrelas
número de nascimentos ocorridos durante um ano em
Eu vejo surgir teus poetas de campos, espaços
uma determinada população, podendo ser expresso
Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva
por mil habitantes ou em percentagem.
Rio de Janeiro e São Paulo são duas das mais im- e) Taxa de mortalidade infantil é obtida pelo cálculo da di-
portantes cidades brasileiras. Com suas dinâmicas ferença entre a taxa de natalidade e a de mortalidade
de organização interna, ora distintas, ora semelhan- observadas em uma população em um determinado
tes, estruturaram-se no contexto de um processo his- período, podendo ser positiva, negativa ou nula.
tórico desde a colonização até os dias atuais.
Com base nos textos e nos conhecimentos sobre
a importância dessas cidades na história do Brasil,
considere as afirmativas a seguir.
16 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

39 ( ) A Agenda Habitat contribuiu para a elabora-


Uma das contribuições da Física para o bem-estar e a ção da Agenda 21 Brasileira, especialmente no
segurança nas cidades é o constante avanço tecnoló- que tange ao eixo temático denominado Cidades
gico aplicado à iluminação pública. Parte das luminá- Sustentáveis, com o intuito de melhorar as con-
rias do século XIX era acesa manualmente por várias dições dos assentamentos humanos.
pessoas ao entardecer. Hoje, o acionamento das lâm- ( ) A erradicação da pobreza e a resolução do pro-
padas tornou-se automático devido à aplicação dos blema habitacional são requisitos para a promo-
conhecimentos sobre o efeito fotoelétrico (descrito ção do desenvolvimento sustentável nas gran-
por Albert Einstein, em 1905) e ao desenvolvimento des cidades.
das células fotoelétricas instaladas nos postes de ilu-
( ) Apesar de pautada na década de 1980, a proble-
minação pública, capazes de detectar a presença de
mática ambiental urbana ganhou visibilidade na
luz natural.
década de 1990, impulsionada pelos fóruns in-
Sobre o efeito fotoelétrico, considere as afirmativas a
ternacionais.
seguir.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
I. Consiste na emissão de elétrons de uma super- baixo, a sequência correta.
fície metálica quando esta é iluminada com luz
de determinada frequência. a) V, V, V, F, F.
b) V, F, V, F, F.
II. Ocorre independentemente da frequência da luz
incidente na superfície do metal, mas é depen- c) V, F, F, V, F.
dente de sua intensidade. d) F, V, F, F, V.
III. Os elétrons ejetados de uma superfície metálica, e) F, F, V, V, V.
devido ao efeito fotoelétrico, possuem energia
cinética igual à energia do fóton incidente. 41
O fenômeno chamado Smog Fotoquímico é catali-
IV. Por mais intensa que seja a luz incidente, não sado por luz solar e é reconhecido como um conjunto
haverá ejeção de elétrons enquanto sua frequên- de reações químicas que ocorrem nas atmosferas
cia for menor que a frequência limite (ou de das regiões metropolitanas. Os reagentes originais
corte) do metal. mais importantes nas ocorrências do Smog Fotoquí-
mico são o óxido nítrico (NOx ), os hidrocarbonetos
Assinale a alternativa correta.
e os compostos orgânicos voláteis (COVs), que são
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. poluentes emitidos no ar, provenientes da queima in-
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. completa dos motores de combustão interna e de ou-
tras fontes.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
A reação desses compostos na presença de luz solar
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. é apresentada a seguir.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. COVs + NOx + O2 + luz solar → mistura de O3 ,
HNO3 , compostos orgânicos.
40 Como se observa, um dos produtos da reação do
No século XX, devido às crises, houve o questiona- Smog Fotoquímico é o HNO3 , que pode contribuir
mento da racionalidade econômica e das tecnologias para a formação de chuva ácida. O uso de catalisa-
dominantes diante do uso desenfreado dos recursos dores metálicos colocados no sistema de exaustão
naturais, exigindo, com isso, mudanças de atitude de veículos movidos a gasolina, antes do tubo de es-
frente aos cuidados com o meio ambiente. cape, contribui para a redução da emissão de NOx .
Em relação às atuais políticas públicas ambientais no Com base no texto e levando em conta que o HNO3 é
Brasil, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmati- o produto formado, considere as afirmativas a seguir.
vas a seguir.
I. Se uma amostra de 100,00 mL de chuva ácida
( ) A Agenda Marrom, criada em 1970, ganhou im- possui pH 4,00, o volume de solução de NaOH
portância efetiva e foi elaborada com o intuito de 0,01 mol/L para consumir o ácido é de 1,00 mL.
atender, de maneira pioneira, à conservação da
vegetação ripária nas zonas rurais.
II. A reação 2NOx → N2 + xO2 catalisada por
( ) A Agenda Verde é responsável pela formulação
Rh (ródio metálico), que ocorre no sistema
e gestão dos recursos hídricos decorrentes de
de exaustão de veículos, é um tipo de reação
atividades poluidoras, como a realização de es-
catalítica heterogênea.
tudos e pesquisas sobre poluição, qualidade do
ar, da água e do solo.
17 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

III. A precipitação de chuvas ácidas é capaz de dis- 43


solver o alumínio na forma de A(OH)3 retido em Leia o texto a seguir.
sedimentos e rochas.
O sistema de esgoto projetado pelas socie-
IV. A precipitação de chuvas ácidas em solos con- dades modernas ainda preserva a mesma
tendo CaCO3 aumenta o pH do solo. estrutura básica dos sistemas construídos
Assinale a alternatva correta. durante a Roma antiga, chamado de Cloaca
Máxima. Com a criação dos sistemas de
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
galerias subterrâneas, parte dos problemas
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. de infraestrutura urbana e saúde pública foi
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. solucionada, restando, no entanto, fatores que
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. preocupam os responsáveis pela manutenção
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. dessas galerias, dentre eles o confinamento
de gases. Por se tratar de ambiente com
42 pouca circulação de ar e por conter matéria
Leia o texto a seguir. orgânica em decomposição, produz, entre
A importância do saneamento e sua relevân- outros, o gás sulfídrico (H2 S), que é inflamável
cia à saúde humana remontam às mais antigas (limite inferior de explosão 4,3 g de H2 S(g)
culturas. O desenvolvimento do saneamento em 100 cm3 de espaço confinado), tornando
sempre esteve ligado à evolução das civiliza- importante o trabalho de manutenção dessas
ções. Na civilização greco-romana, por exem- redes, pois seu entupimento sazonal pode
plo, há vários relatos das práticas sanitárias e causar sérios acidentes.
higiênicas e suas relações com o controle das (Adaptado de: <http://www.protecaorespiratoria.com/2011/
doenças. Entre as práticas sanitárias coletivas 07/gases-produzidos-em-galerias-de-esgoto.html>.
mais marcantes na antiguidade estão a cons- Acesso em: 23 abr. 2013.)
trução de aquedutos, os banhos públicos e os
esgotos romanos, tendo como símbolo histó- Em uma hipotética situação, uma rede de esgoto obs-
rico a conhecida Cloaca Máxima de Roma. truída permaneceu fechada por dois dias, criando
(Adaptado de: Manual de Saneamento Básico. Disponí-
uma câmara de 1 m3 contendo 4 mol de gás H2 S a
vel em: <www.tratabrasil.org.br/datafiles/uploads/estudos/
uma pressão de 2 atm. Em um dia quente (25 °C),
pesquisa16/manual-imprensa.pdf>. Acesso em: 17 abr.
ao fazer a manutenção, um funcionário está prestes
2013.)
a utilizar um maçarico para cortar a tubulação no lo-
cal obstruído.
Com base nos conhecimentos sobre as doenças pro- Com base no texto, na situação apresentada e nos
vocadas por bactérias e relacionadas à falta de sane- conhecimentos sobre química, assinale a alternativa
amento básico, considere as afirmativas a seguir. correta.

I. A febre tifoide causa forte dor de cabeça e, em a) O funcionário trabalhará em condições normais de se-
casos graves, perfuração do intestino e morte. A gurança ao tentar cortar a tubulação obstruída da rede
bactéria é adquirida pela ingestão de água con- de esgoto com o maçarico, considerando a concentra-
taminada com fezes de portadores. ção do limite inferior de explosão do H2 S.
II. Na cólera, a bactéria se multiplica no intestino b) O H2 S gasoso forma pontes de hidrogênio com a
delgado e produz uma toxina que induz as célu- água contida no esgoto, reduzindo significativamente
las intestinais a liberar água e sais. a quantidade de matéria de H2 S no sistema, tornando
III. Na giardíase, a bactéria prolifera no organismo o trabalho com o maçarico seguro para o funcionário.
causando febre e dor de garganta, formando c) O volume ocupado pelo gás é diretamente proporcio-
uma membrana que pode bloquear a passagem nal à sua pressão, sendo o volume de gás alto o sufi-
de ar para os pulmões. ciente para oferecer riscos ao trabalho do funcionário.
IV. A criptococose é provocada por bactéria pre-
d) A pressão parcial do H2 S é dependente da pressão do
sente na urina dos ratos. As pessoas infectam-
ar presente na câmara, aumentando o efeito explosivo
-se pelo contato com água e solo contaminados.
do H2 S e tornando inseguro o trabalho do funcionário
Assinale a alternativa correta. com o maçarico.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. e) A quantidade de matéria de H2 S gasoso no ambiente,
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. nas condições indicadas, ocupa o espaço inferior da
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. câmara e possibilita ao funcionário fazer o corte pela
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. parte superior, sem manter contato com o gás.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

18 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

44 45
Leia o texto a seguir. Em grandes cidades, o despejo de esgoto doméstico
sem tratamento adequado tem provocado um pro-
Um homem provocou a explosão de uma cesso de eutrofização nos lagos e rios próximos à
fossa, danificando residências. Passava das zona urbana.
10h quando colocou o carbureto, uma subs- Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o
tância química, na fossa da casa da sogra. evento que explica a mortalidade de organismos no
Segundo testemunhas, ele lançou um fósforo ambiente aquático decorrente do lançamento de uma
aceso no buraco, provocando imediatamente a quantidade excessiva de matéria orgânica.
explosão que o arremessou sobre um muro de
aproximadamente 2,5 metros, causando-lhe a) Aumento da quantidade de bactérias anaeróbicas, di-
fraturas. Por que a fossa explodiu? Ao se minuindo a concentração do oxigênio e dos sais dis-
jogar o carbureto, em contato com água, solvidos na água.
produzem-se gás acetileno (gás utilizado em b) Diminuição da concentração de fosfatos para a ativi-
maçaricos), hidróxido de cálcio e uma grande dade fotossintetizante das bactérias autótrofas.
quantidade de calor. c) Diminuição dos peixes herbívoros que se alimentam
(Adaptado de: <http://www.folhape.com.br/cms/opencms/ da matéria orgânica decorrente da proliferação de
folhape/pt/edicaoimpressa/arquivos/2012/10/01_10_2012/ bactérias anaeróbicas.
0045.html>. Acesso em: 15 maio 2013.)
d) Proliferação de bactérias aeróbicas, diminuindo a con-
Com base no texto e nos conhecimentos sobre quí- centração de oxigênio dissolvido na água.
mica, considere as afirmativas a seguir. e) Proliferação de organismos autótrofos que promovem
uma competição intraespecífica por matéria orgânica.
I. 1 mol de CaC2 é produzido a partir de 2 mol de
C e 1 mol de Ca.
Leia o texto II a seguir e responda às questões 46 e 47.
II. A fórmula mínima para a reação da produção do
gás acetileno é: Texto II
2CaC2(s) +4 H2 O() → 2C2 H2(g) +2Ca(OH)2(aq)
O crescimento das cidades e a expansão de novos processos
III. Ao atear fogo àquele sistema gasoso fechado, industriais associados às mudanças climáticas tornaram mais
ocorreu a redução aparente do carbono do ace- difícil o tratamento de água doce para o abastecimento de
tileno para o dióxido de carbono. água potável. As estações captam a água doce e realizam o
IV. O acetileno C2 H2 não segue a regra do octeto tratamento químico convencional pela adição sequencial de
quando representado pela estrutura de Lewis. sulfato de alumínio Al2 (SO4 )3 , carbonato de sódio Na2 CO3 e
gás C2 . Com a adição dessas substâncias, a água torna-se
Assinale a alternativa correta. potável de acordo com a legislação atual. No entanto,
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. pesquisas recentes apontam a presença de fenolftaleína e
dos herbicidas triclosan e atrazina em amostras de água
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
de torneira em capitais brasileiras. Essas substâncias não
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. podem ser removidas por meio do tratamento químico
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. convencional e a presença delas na água potável é resultado
da presença de dejetos industriais, agrotóxicos e remédios
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
em rios e reservatórios, sobretudo por conta do adensamento
populacional. O triclosan é um antisséptico presente em
enxaguatórios bucais em uma concentração de 0,3% (m/V).
As estruturas moleculares da atrazina (A), da fenolftaleína
R (B) e do triclosan (C) são apresentadas a seguir.

A
S
C
U
N
H
O

19 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

46 c) A fenolftaleína também é um indicador ácido-base.


Com base no texto, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) Assim, sua mudança de cor ocorre quando essa molé-
às afirmativas a seguir. cula, dissociada em água, atinge o equilíbrio químico.
Dados: d) As moléculas A, B e C possuem ligações sigma (σ )
C2(g) + 2e− → 2C− E◦ (V) = +1,36 e pi (π ), portanto pelo menos uma dessas moléculas
2H+ + 2e− → H2(g) E◦ (V) = +0,00 possui carbono quiral.
A3+ + 3e− → A(s) E◦ (V) = −1,66 e) O triclosan é um herbicida pertencente à classe de
F2(g) + 2e− → 2F− E◦ (V) = +2,87 compostos organoclorados. A porcentagem de áto-
mos de cloro na fórmula estrutural do triclosan é de
( ) Durante o tratamento da água, ocorre a seguinte
30%.
reação: C2(g) + A3+ ↔ 2C− + A(s)
( ) No tratamento da água, pode-se substituir o gás 48
C2 por fluoreto, tendo em vista que o fluoreto No Paraná, a situação do saneamento público é preo-
possui caráter oxidante maior que C2 . cupante, já que o índice de tratamento de esgoto é de
apenas 53%, ou seja, quase metade das residências
( ) O A2 (SO4 )3 reage com Na2 CO3 de acordo com
no Estado ainda joga esgoto em fossas. José pos-
a reação a seguir:
sui, em sua residência, uma fossa sanitária de forma
A2 (SO4 )3(aq) + 3Na2 CO3(aq) ↔ A2 (CO3 )3(s) +
cilíndrica, com raio de 1 metro e profundidade de
3Na2 SO4(s)
3 metros.
( ) O Na2 CO3(s) é um sal básico e, em água, hi- Supondo que José queira aumentar em 40% o volume
drolisa liberando íons OH− , que reagem com de sua fossa, assinale a alternativa que apresenta,
A3+ , formando A(OH)3(s) , um precipitado que corretamente, de quanto o raio deve ser aumentado
flocula e decanta as sujidades. percentualmente.

( ) O gás C2 é um poderoso agente oxidante. Por Dado: 1, 4 = 1, 183
esse motivo é usado no tratamento de água para a) 11,8%
oxidar compostos orgânicos e eliminar micro-
b) 14,0%
-organismos causadores de doenças.
c) 18,3%
Assinale a alternativa que contém, de cima para
d) 60,0%
baixo, a sequência correta.
a) V, V, V, F, F. e) 71,2%

b) V, F, V, V, F. 49
c) V, F, F, F, V. Quando as dimensões de uma fossa são alteradas, o
aumento da pressão em qualquer ponto de sua base,
d) F, V, F, V, F.
quando cheia, deve-se, exclusivamente, à mudança
e) F, F, F, V, V. de
47 a) área da base.
Com base no texto e nos conhecimentos sobre rea- b) diâmetro.
ções químicas que envolvem tratamento de efluentes,
c) formato da base.
assinale a alternativa correta.
d) profundidade.
a) A degradação da atrazina pode ser realizada por meio
do processo Foto-Fenton, em que íons férricos (Fe3+ ) e) perímetro da base.
hidrolisam conforme reação (1) e, posteriormente, na
presença de luz UV, formam radicais hidroxil (HO·)
conforme reação (2). O radical hidroxil, altamente
oxidante, é capaz de degradar a molécula de atra-
zina. Assim, sabendo que o Kps do Fe(OH)3 é de
4,00×10−38 , é recomendável realizar a reação de de-
R A
gradação em meio alcalino. S C
(1) Fe3+ + H2 O → Fe(OH)2+ + H+
(2) Fe(OH)2+ hν → Fe2+ + HO·
U N
b) Se cada indivíduo de uma população de 500 mil ha- H O
bitantes consome 5,00 mL diários de antisséptico e
descarta em um reservatório de 1,00×106 de litros,
a concentração de triclosan em mg/L no reservatório
será de 7,48 mg/L.
20 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

50 salada representa 64,5% do consumo máximo diário


Analise a figura a seguir. aconselhado para um adulto.

b) Os ácidos graxos relacionados a seguir são isômeros


geométricos.

A questão da acessibilidade nas cidades é um desa-


fio para o poder público. A fim de implementar as
políticas inclusivas, a Associação Brasileira de Nor- c) A molécula de colesterol é mostrada a seguir.
mas Técnicas (ABNT) criou normas para acessibili-
dade arquitetônica e urbanística. Entre elas estão as
de construção de rampas de acesso, cuja inclinação
com o plano horizontal deve variar de 5% a 8,33%.
Uma inclinação de 5% significa que, para cada metro
percorrido na horizontal, a rampa sobe 0,05 m. Recor-
rentemente, os acessos por rampas não respeitam
Para realizar a extração do conteúdo de colesterol de
essas normas, gerando percursos longos em incli-
amostras de carne, é recomendável utilizar água em
nações exageradas. Conforme a figura, observou-se
vez de hexano.
uma rampa de acesso, com altura de 1 metro e com-
primento da rampa igual a 2 metros.
d) Analisando as duas estruturas moleculares a seguir,
Se essa rampa fosse construída seguindo as normas
percebe-se que a solubilidade da sucralose em água
da ABNT, com inclinação de 5%, assinale a alternativa
a 25 °C é maior que a da sacarose.
que apresenta, corretamente, a diferença de compri-
mento dessas rampas, em metros.
a) 5
b) 20
1
c) 2 +
20

d) 401 − 2
√ 1
e) 4, 01 +
20
e) Ácidos graxos saturados têm pontos de fusão mais al-
51
tos do que os insaturados de mesmo número de car-
A população das grandes cidades tem cada vez me-
bono. Assim, maiores quantidades de ácidos graxos
nos condições de se alimentar adequadamente. A
insaturados estão presentes em óleos vegetais, em
consequência é o aumento do número de glicêmicos,
comparação com as margarinas.
portadores de hipertensão arterial e doenças cardio-
vasculares, sendo o açúcar (sacarose), o sal de co-
zinha (NaC), o colesterol e os ácidos graxos satura-
dos e insaturados trans os maiores responsáveis por
esse aumento. O consumo máximo aconselhado de
sódio por dia para um adulto é de 2,0 g.
R A
Com base no texto e nos conhecimentos sobre hábi-
tos alimentares, assinale a alternativa correta.
S C
a) Se uma salada que contém 100 g de rúcula (33 mg U N
de sódio), 300 mg de NaC, 100 g de iogurte (50 mg
de sódio) e 2 fatias de queijo ricota (750 mg de sódio)
H O
for consumida com uma fatia de pão de trigo integral
(157 mg de sódio), a quantidade de sódio contida na
21 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

52 54
Nas grandes cidades, encontramos indivíduos sub- As ambulâncias, comuns nas grandes cidades,
metidos a jornadas de trabalho com longos períodos quando transitam com suas sirenes ligadas, causam
em jejum, como também indivíduos que se alimen- ao sentido auditivo de pedestres parados a percep-
tam excessivamente de carboidratos em refeições rá- ção de um fenômeno sonoro denominado efeito
pidas. Doppler.
Com base nessas considerações e nos conhecimen- Sobre a aproximação da sirene em relação
tos sobre as ações dos hormônios insulina e gluca- a um pedestre parado, assinale a alterna-
gon, assinale a alternativa correta. tiva que apresenta, corretamente, o efeito so-
a) Com a redução da taxa de glicose no sangue, as cé- noro percebido por ele causado pelo efeito
lulas do fígado liberam insulina que age no pâncreas, Doppler.
quebrando o glicogênio em glicose. a) Aumento no comprimento da onda sonora.
b) Com a redução da taxa de glicose no sangue, as cé- b) Aumento na amplitude da onda sonora.
lulas do pâncreas liberam glicogênio na forma de in-
c) Aumento na frequência da onda sonora.
sulina que estimula o fígado a armazenar glucagon na
forma de glicogênio. d) Aumento na intensidade da onda sonora.
c) Com a redução da taxa de glicose no sangue, as célu- e) Aumento na velocidade da onda sonora.
las do pâncreas liberam glucagon que age no fígado,
quebrando o glicogênio em glicose. 55
A poluição sonora em grandes cidades é um pro-
d) Com o aumento da taxa de glicose no sangue, as cé-
blema de saúde pública. A classificação do som
lulas do fígado liberam glucagon que estimula o pân-
como forte ou fraco está relacionada ao nível de in-
creas a armazenar glicose na forma de insulina.
tensidade sonora I , medido em watt/m2 . A menor
e) Com o aumento da taxa de glicose no sangue, as cé- intensidade audível, ou limiar de audibilidade, pos-
lulas do pâncreas liberam glucagon que estimula o fí- sui intensidade I0 = 10−12 watt/m2 , para a frequên-
gado a armazenar insulina na forma de glicogênio. cia de 1000 Hz. A relação entre as intensida-
53 des sonoras permite calcular o nível sonoro, N S ,
Uma das tentativas para minimizar os congestiona- do ambiente, em decibéis
 (dB), dado pela fórmula
I
mentos de trânsito nas metrópoles é o rodízio de N S = 10 · log . A tabela a seguir mostra a re-
veículos. Na cidade de São Paulo, isso se faz de I0
acordo com o final das placas. Na segunda-feira, lação do nível sonoro com o tempo máximo de expo-
não circulam os veículos com placas de final 1 e 2; sição a ruídos.
na terça-feira, com finais 3 e 4; na quarta-feira, com
Nível sonoro (dB) Tempo máximo de exposição
finais 5 e 6; na quinta-feira, com finais 7 e 8 e na
(em horas) de modo a evitar
sexta-feira, com finais 9 e 0. Com esse tipo de rodí-
lesões auditivas irreversíveis.
zio, supondo uma distribuição uniforme de finais de
80 16
placas, somente 80% da frota de veículos circulam
diariamente. Considere outro rodízio de veículos 85 8
como descrito na tabela a seguir. 90 4
95 2
Nova proposta de rodízio 100 1
Dia da semana Finais de placas que
NÃO podem circular Com base nessa tabela, no texto e supondo que o
segunda-feira 0, 1, 2, 3 ruído em uma avenida com trânsito congestionado
terça-feira 2, 3, 4, 5 tenha intensidade de 10−3 watt/m2 , considere as afir-
quarta-feira 4, 5, 6, 7 mativas a seguir.
quinta-feira 6, 7, 8, 9
sexta-feira 8, 9, 0, 1 I. O nível sonoro para um ruído dessa intensidade
é de 90 dB.
Supondo uma distribuição uniforme de finais de pla-
II. O tempo máximo em horas de exposição a esse
cas, a partir da configuração proposta nessa tabela,
ruído, a fim de evitar lesões auditivas irreversí-
assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o
veis, é de 4 horas.
percentual da frota que circulará diariamente.
III. Se a intensidade sonora considerada for igual ao
a) 40%
b) 55% limiar de audibilidade, então o nível sonoro é de
c) 60% 1 dB.
d) 65% IV. Sons de intensidade de 1 watt/m2 correspondem
e) 70% ao nível sonoro de 100 dB.
22 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

Assinale a alternativa correta. d) O método de Ford potencializou o parcelamento de


a) Somente as afirmativas I e II são corretas. tarefas, largamente utilizado por Taylor.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. e) Para obter ganhos elevados, a organização fordista
implicava uma drástica redução dos salários dos tra-
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
balhadores.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. 58
Em um ambiente com elevado número de indústrias e
56 de circulação de veículos, como as regiões metropo-
O desrespeito às leis de trânsito, principalmente litanas, as partículas em suspensão e os gases polu-
àquelas relacionadas à velocidade permitida nas vias entes são levados pelas correntes de convecção para
públicas, levou os órgãos regulamentares a utiliza- as camadas mais altas da atmosfera, onde se dis-
rem meios eletrônicos de fiscalização: os radares ca- sipam. O fenômeno meteorológico da inversão tér-
pazes de aferir a velocidade de um veículo e capturar mica, que ocorre geralmente no inverno, tem como
sua imagem, comprovando a infração ao Código de consequência o impedimento da dispersão dos polu-
Trânsito Brasileiro. entes, causando problemas respiratórios na popula-
Suponha que um motorista trafegue com seu carro à ção.
velocidade constante de 30 m/s em uma avenida cuja Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a
velocidade regulamentar seja de 60 km/h. A uma dis- causa da inversão térmica.
tância de 50 m, o motorista percebe a existência de a) Uma massa de ar frio ascendente impede o movi-
um radar fotográfico e, bruscamente, inicia a frena- mento descendente de uma camada de ar quente.
gem com uma desaceleração de 5 m/s2 .
Sobre a ação do condutor, é correto afirmar que o veí- b) Uma massa de ar quente descendente impede o mo-
culo vimento ascendente de uma camada de ar frio.

a) não terá sua imagem capturada, pois passa pelo radar c) Uma massa de ar frio penetra entre camadas de ar
com velocidade de 50 km/h. quente, impedindo o movimento descendente do ar.

b) não terá sua imagem capturada, pois passa pelo radar d) Uma massa de ar quente penetra entre camadas de
com velocidade de 60 km/h. ar frio, impedindo o movimento descendente do ar.
c) terá sua imagem capturada, pois passa pelo radar e) Uma massa de ar quente penetra entre camadas de
com velocidade de 64 km/h. ar frio, impedindo o movimento ascendente do ar.
d) terá sua imagem capturada, pois passa pelo radar
com velocidade de 66 km/h.
e) terá sua imagem capturada, pois passa pelo radar
com velocidade de 72 km/h.

57
No início do século XX, o desenvolvimento indus-
trial das cidades criou as condições necessárias para
aquilo que Thomas Gounet denominou “civilização
R
do automóvel”. Nesse contexto, um nome se des- A
tacou, o de Henri Ford, cujas indústrias aglutinavam
contingentes de trabalhadores maiores que o de pe-
S
quenas cidades com menos de 10.000 habitantes. O C
nome de Ford ficou marcado pela forma de organiza-
ção de trabalho que propôs para a indústria. U
Com base nos conhecimentos sobre a organização
do trabalho nos princípios propostos por Ford, assi-
N
nale a alternativa correta. H
a) A organização dos sindicatos de trabalhadores dentro
da fábrica transformou-os em colaboradores da em-
O
presa.
b) A implantação da produção flexível de automóveis ga-
rantiu uma variedade de modelos para o consumidor.
c) A produção em massa foi substituída pela de peque-
nos lotes de mercadorias, a fim de evitar estoques de
produtos.
23 / 24
UEL – VESTIBULAR 2014

59 movimento e as formas orgânicas que caracte-


Leia o texto e observe as imagens a seguir. rizam sua poética. Nessas obras, a ênfase está
em um geometrismo de ângulos agudos.
A artista radicada no Brasil Tomie Ohtake co-
memorou 100 anos em 2013. A imigrante é Assinale a alternativa correta.
considerada a “Dama das artes brasileiras”. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
Chegou ao Brasil em 1936 e só começou a b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
pintar aos 40 anos de idade, construindo uma
trajetória como poucos artistas brasileiros con- c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
seguiram. A década de 1960, quando se natu- d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
ralizou brasileira, foi decisiva para a sua matu- e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
ração como pintora originária da abstração in-
formal. O domínio da esfera técnica de seu tra- 60
balho foi então confluindo com sua personali- Conforme dados da Agência Nacional de Aviação Ci-
dade, passando a servi-la plenamente. O con- vil (ANAC), no Brasil, existem 720 aeródromos pú-
trole do processo coincidiu com uma nova ori- blicos e 1814 aeródromos privados certificados. Os
entação dada progressivamente ao trabalho, programas computacionais utilizados para gerenciar
com destaque ao estudo da relação forma-cor. o tráfego aéreo representam a malha aérea por meio
(Adaptado de: FARIAS, A. Pintura e Pureza. Instituto de matrizes. Considere a malha aérea entre quatro
Tomie Ohtake. 2013.) cidades com aeroportos por meio de uma matriz. Se-
jam as cidades A, B , C e D indexadas nas linhas
e colunas da matriz 4×4 dada a seguir. Coloca-
-se 1 na posição X e Y da matriz 4×4 se as cidades
X e Y possuem conexão aérea direta, caso contrário
coloca-se 0. A diagonal principal, que corresponde à
posição X = Y , foi preenchida com 1.

A partir dos conhecimentos sobre a trajetória da pro- Considerando que, no trajeto, o avião não pode pou-
dução plástica e da obra de Tomie Ohtake, considere sar duas ou mais vezes em uma mesma cidade nem
as afirmativas a seguir. voltar para a cidade de origem, assinale a alternativa
correta.
I. A capacidade de renovação da artista está ex- a) Pode-se ir da cidade A até B passando por outras
pressa nas diferentes fases de sua pintura e nas cidades.
suas composições de gravura e escultura. Para b) Pode-se ir da cidade D até B passando por outras
ela, a cor nunca é simplesmente a cor, mas algo cidades.
que acontece em um corpo. É nessa intenção
intuitiva que suas obras se estabelecem. c) Pode-se ir diretamente da cidade D até C .
d) Existem dois diferentes caminhos entre as cidades
II. A produção da artista caracteriza-se pela busca
A e B.
persistente da síntese, da depuração, do des-
bastamento de tudo quanto seja supérfluo, re- e) Existem dois diferentes caminhos entre as cidades
duzindo sua expressão ao estrito para obter o A e C.
registro mais elevado.
III. O gesto, a cor e a matéria são o trinômio basilar
da poética da artista. Geralmente, suas escultu-
ras são realizadas em metal, monocromáticas e
com cores aplicadas homogeneamente.
IV. Nas obras públicas, a artista perde a caracterís-
tica gestual, a linha curva, a alusão à natureza, o
24 / 24
1 6 ; < : = ø Ć - ;  8 ) : )  )  8 : 7 > ) "  )8ZW^IĚKWUXW[\ILM[M[[MV\IY]M[\ĦM[
WJRM\Q^I[LMUīT\QXTIM[KWTPIMUY]MPĒ[WUMV
 +WVNQZIIJIQ`W[M]VWUMMVīUMZWLMQV[KZQĘĔW \M]UIIT\MZVI\Q^IKWZZM\I<ZIV[KZM^IXIZIW
)[[QVMVWTWKITQVLQKILW +IZ\ĔW:M[XW[\IWZM[]T\ILWY]MR]TOIZKWZZM\W
 MU KILI Y]M[\ĔW XZMMVKPMVLW W ZM\ēVO]TW
 >MZQNQY]M [M W[ LILW[ QUXZM[[W[ VW +IZ\ĔW KWZZM[XWVLMV\M KWU KIVM\I M[NMZWOZĒNQKI
:M[XW[\IKWZZM[XWVLMUIW[[M][+I[WPIRI \ZIV[XIZMV\MLM\QV\IXZM\IW]Ib]TM[K]ZI
ITO]UI QZZMO]TIZQLILM KWU]VQY]MI QUMLQI\I
UMV\MIW.Q[KITLI8ZW^I  )L]ZIĘĔWLM[\I8ZW^I[MZĒLMY]I\ZWPWZI[
RĒQVKT]ĞLWW\MUXWLM[\QVILWIWXZMMVKPQUMV\W
 6ĔW[MZĔWXMZUQ\QLW["MUXZĚ[\QUW[LMUI\MZQIQ[# LW+IZ\ĔW:M[XW[\I
KWV[]T\I[MKWU]VQKIĘĔWMV\ZMW[KIVLQLI\W[#
][W LM TQ^ZW[ IXW[\QTI[ M IXWV\IUMV\W[  6W+IZ\ĔW:M[XW[\IIV]TIUIY]M[\ĔW"UIZKIZ
:MTĤOQW[ M IXIZMTPW[ MTM\ZĥVQKW[ MU OMZIT UIQ[LM]UIIT\MZVI\Q^IKWZZM\IZI[]ZIZW]
LM^MZĔW [MZ LM[TQOILW[ M KWTWKILW[ VW [IKW XZMMVKPMZ ITĚU LW[ TQUQ\M[ LW ZM\ēVO]TW
XTĒ[\QKWNWZVMKQLWXMTW.Q[KIT LM[\QVILW XIZI KILI UIZKIĘĔW 6ĔW PI^MZĒ
[]J[\Q\]QĘĔWLW+IZ\ĔW:M[XW[\IXWZMZZWLM
 )O]IZLM I]\WZQbIĘĔW XIZI IJZQZ W +ILMZVW LM XZMMVKPQUMV\W
8ZW^I)V\M[LMQVQKQIZI8ZW^IKWVNQZIIQUXZM[
[ĔW M I XIOQVIĘĔW M MU KI[W LM Y]ITY]MZ ! )WKWVKT]QZIXZW^IXMZUIVMĘIMU[M]T]OIZM
QZZMO]TIZQLILM KWU]VQY]MI QUMLQI\IUMV\M IW KWU]VQY]MIW.Q[KIT)O]IZLMI]\WZQbIĘĔWXIZI
.Q[KIT LM^WT^MZMU[MXIZILWW+ILMZVWLM8ZW^IMW
+IZ\ĔW:M[XW[\ILM^QLIUMV\MI[[QVILW[
 )QV\MZXZM\IĘĔWLI[Y]M[\ĦM[ĚXIZ\MLWXZWKM[
[WLMI^ITQIĘĔWVĔW[MVLWXMZUQ\QLI[XMZO]V
\I[IW.Q[KIT
O tema desta prova é: Diversidade e Cotidiano

1 e) O processo civilizador propiciou sucessivas aproxima-


Leia o texto a seguir. ções sociais entre o mundo dos adultos e o das crian-
ças, favorecendo a transição entre etapas geracionais
O homem ocidental nem sempre se comportou e reduzindo o embaraço com temas relativos à sexua-
da maneira que estamos acostumados a con- lidade.
siderar como típica ou como sinal caracterís-
tico do homem “civilizado”. Se um homem da 2
atual sociedade civilizada ocidental fosse, de Leia o texto a seguir.
repente, transportado para uma época remota
Podemos definir uma causa como um objeto,
de sua própria sociedade, tal como o período
seguido de outro, tal que todos os objetos se-
medievo-feudal, descobriria nele muito do que
melhantes ao primeiro são seguidos por ob-
julga “incivilizado” em outras sociedades mo-
jetos semelhantes ao segundo. Ou, em ou-
dernas. Sua reação em pouco diferiria da que
tras palavras, tal que, se o primeiro objeto não
nele é despertada no presente pelo comporta-
existisse, o segundo jamais teria existido. O
mento de pessoas que vivem em sociedades
aparecimento de uma causa sempre conduz
feudais fora do Mundo Ocidental. Dependendo
a mente, por uma transição habitual, à ideia
de sua situação e de suas inclinações, sentir-
do efeito; disso também temos experiência.
-se-ia atraído pela vida mais desregrada, mais
Em conformidade com essa experiência, po-
descontraída e aventurosa das classes supe-
demos, portanto, formular uma outra definição
riores dessa sociedade ou repelido pelos cos-
de causa e chamá-la um objeto seguido de ou-
tumes “bárbaros”, pela pobreza e rudeza que
tro, e cujo aparecimento sempre conduz o pen-
nele encontraria. E como quer que entendesse
samento àquele outro. Mas, não temos ideia
sua própria “civilização”, ele concluiria, da ma-
dessa conexão, nem sequer uma noção dis-
neira a mais inequívoca, que a sociedade exis-
tinta do que é que desejamos saber quando
tente nesses tempos pretéritos da história oci-
tentamos concebê-las.
dental não era “civilizada” no mesmo sentido e
(Adaptado de: HUME, D. Investigação sobre o entendi-
no mesmo grau que a sociedade ocidental mo-
mento humano e sobre os princípios da moral. Seção VII,
derna.
29. Trad. José Oscar de Almeida Marques. São Paulo:
(Adaptado de: ELIAS, N. O processo civilizador. v.1. 2.ed.
UNESP, 2004. p.115.)
Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994. p.13.)
Com base no texto e nos conhecimentos acerca das
Com base no texto e nos conhecimentos de Norbert noções de causa e efeito em David Hume, assinale a
Elias sobre as normas e as emoções disseminadas alternativa correta.
nas práticas cotidianas, especialmente no tocante à
a) As noções de causa e efeito fazem parte da realidade
formação da civilização na sociedade moderna oci-
e por isso os fenômenos do mundo são explicados
dental, assinale a alternativa correta.
através da indicação da causa.
a) A construção social do processo civilizador comprova
b) A presença do efeito revela a causa nele envolvida,
que este é um fenômeno sem características evoluti-
o que garante a explicação de determinado aconteci-
vas, dadas as sucessivas rupturas e descontinuidades
mento.
observadas, por exemplo, em relação aos controles
das funções corporais. c) A causa e o efeito são noções que se baseiam na ex-
periência e, por meio dela, são apreendidas.
b) Os estudos do processo civilizador comprovam que
as emoções são inatas, com origem primitiva, o que d) A causa e o efeito são conhecidos objetivamente pela
garante a empatia entre indivíduos de diversas socie- mente e não por hábitos formados pela percepção do
dades e culturas, bem como de diferentes classes so- mundo.
ciais. e) A causa e o efeito proporcionam, necessariamente,
explicações válidas sobre determinados fatos e acon-
c) Os mecanismos de controle e de vigilância da socie-
tecimentos.
dade sobre as maneiras de gerenciar as funções cor-
porais correspondem a um aparelho de repressão que
se forma na economia política da sociedade, sendo,
portanto, exterior aos indivíduos.
d) O modo de se alimentar, o cuidado de si, a relação R A S
com o corpo e as emoções em resposta às funções
corporais são produtos de um processo civilizador, de
C U N
longa duração, por meio do qual se transmitem aos H O
indivíduos as regras sociais.
1 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

3 Para Edgar Degas, o artista não é um sim-


Diariamente, milhões de toneladas de lixo são lan- ples receptor, uma tela sobre a qual se pro-
çados no ambiente. Aos poucos, após a década jeta uma imagem, ele é um ser empenhado em
de 1950, o lixo passou a ser sinônimo de energia, captar a realidade, em se apropriar do espaço.
matéria-prima e solução. Processos alternativos, Em seus quadros, alguns temas se repetem:
como a reciclagem, por exemplo, reduzem o lixo e os gestos rítmicos das bailarinas e as mulhe-
atuam nos processos produtivos, economizam ener- res executando movimentos cotidianos, como
gia, água e matéria-prima. A coleta seletiva é a maior pentear-se ou banhar-se.
aliada no reaproveitamento dos resíduos. (Adaptado de: ARGAN, J. C. História da Arte Moderna.
Com base nos conhecimentos sobre reciclagem, atri- São Paulo: Companhia das Letras, 1992. p.104-109.)
bua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir.
Com base na figura, no texto e nos conhecimentos
( ) O alumínio e o vidro mantêm suas característi- sobre o Impressionismo, considere as afirmativas a
cas praticamente inalteradas ao serem recicla- seguir.
dos.
I. Os impressionistas eram unânimes em relação
( ) O vidro é o único material que permite uma jun- à compreensão da sensação visual como fenô-
ção de cores recicláveis, tendo uma reciclagem meno mental.
finita ao longo do tempo.
II. Monet promovia a dissolução visual do mundo
( ) A reciclagem busca a redução dos custos de fa- em suas telas e Degas voltou-se para um dese-
bricação de alguns produtos, sobretudo em fun- nho que estrutura a ação no espaço.
ção do menor desperdício de energia. III. Degas recorreu, sem preconceitos, à fotografia,
( ) O volume de matéria-prima recuperado atual- e isso é perceptível em seus desenhos e pintu-
mente pela reciclagem encontra-se acima das ras, sobretudo pelos enquadramentos.
necessidades da indústria. IV. Em Mulher penteando seu cabelo, nota-se a
( ) A reciclagem é uma forma de reintroduzir o lixo pose complexa, o movimento suspenso captu-
no processo industrial, retirando os resíduos do rado em uma etapa do esforço físico e a tensão
fluxo terminal. formulada por linhas e manchas.

Assinale a alternativa correta.


Assinale a alternativa que contém, de cima para
baixo, a sequência correta. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
a) V, V, F, V, F. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

b) V, F, V, F, V. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.


d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
c) V, F, F, F, V.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
d) F, V, F, V, F.
5
e) F, F, V, V, V.
Leia o texto a seguir.
4 Ao que parece, duas causas, e ambas natu-
Analise a figura e leia o texto a seguir. rais, geraram a poesia. O imitar é congênito
no homem, e os homens se comprazem no
imitado. Sinal disso é o que acontece na ex-
periência: nós contemplamos com prazer as
imagens mais exatas daquelas mesmas coisas
que olhamos com repugnância, por exemplo,
as representações de animais ferozes e de ca-
dáveres. Causa é que o aprender não só muito
apraz aos filósofos, mas também, igualmente,
aos demais homens, se bem que menos par-
ticipem dele. Efetivamente, tal é o motivo por
que se deleitam perante as imagens: olhan-
do-as aprendem e discorrem sobre o que seja
cada uma delas, e dirão, por exemplo, “este é
tal”. Porque, se suceder que alguém não te-
Edgar Degas, Mulher penteando seu cabelo, nha visto o original, nenhum prazer lhe advirá
giz pastel sobre papel cartão, 45,76 × 43,97 cm, 1889. da imagem, como imitada, mas tão-somente
2 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017
 
da execução, da cor ou qualquer outra causa 108 − 1
a) loge
da mesma espécie. 19
 
(Adaptado de: ARISTÓTELES, Poética. Trad. Eudoro de 109 − 1
Sousa. São Paulo: Abril Cultural, 1973. p.445. Os Pensa- b) loge
19
dores.)  
109 − 1
Com base no texto e nos conhecimentos sobre a no- c) loge
20
ção de imitação (mímesis) em Aristóteles, assinale a 
alternativa correta. 108 − 1
d)
a) A pintura e a poesia retratam prazerosamente as coi- 19
sas imitadas como mais belas do que são na reali- 
dade.
109 − 1
e)
20
b) A pintura e a poesia são prazerosas quando retratam
coisas agradáveis, já as imitações desagradáveis ne- 7
nhum prazer causam nas pessoas. Mimetismo é um termo utilizado em biologia, a par-
c) Ao dizer “este é tal”, percebem-se a cor e as técni- tir da metade do século XIX, para designar um tipo
cas usadas pelo pintor, o que provoca uma sensação de adaptação em que uma espécie possui caracte-
desagradável. rísticas que evoluíram para se assemelhar com as
de outra espécie. As observações do naturalista
d) As imitações da poesia e da pintura causam prazer Henry Walter Bates, estudando borboletas na Amazô-
ao se reconhecer o retratado, mesmo que seja uma nia, levaram ao desenvolvimento do conceito de mi-
retratação de algo desagradável. metismo batesiano.
e) Diferentemente da pintura, a poesia surgiu via causas É correto afirmar que o mimetismo batesiano é uma
naturais, pois, nesta, a imitação é uma característica adaptação em que
adquirida na experiência.
a) a fêmea de algumas espécies de inseto é imitada por
6 flores que se beneficiam da tentativa de cópula do ma-
Leia o texto a seguir. cho para sua polinização.
b) uma espécie apresenta características que a asseme-
Precisamos de um nome para o novo repli- lham ao ambiente, dificultando sua localização por ou-
cador, um substantivo que comunique a ideia tras espécies com as quais interage.
de unidade de transmissão cultural. “Mimeme”
vem do grego “aquilo que é replicado”, mas c) um modelo inofensivo é imitado por um predador para
eu quero um monossílabo que se pareça com se aproximar o suficiente de sua presa a ponto de
gene. Eu espero que meus amigos clássicos capturá-la.
me perdoem por abreviar mimeme para meme. d) um modelo tóxico ou perigoso é imitado por espécies
Se uma ideia se alastra, é dita que se propaga igualmente tóxicas ou perigosas.
sozinha. e) um modelo tóxico ou perigoso é imitado por espécies
(Adaptado de: DAWKINS, R. O gene egoísta. Trad. Ge- palatáveis ou inofensivas.
raldo H. M. Florsheim. Belo Horizonte: Itatiaia, 2001.
p.214.)

Diversos segmentos têm utilizado serviços de


marketing para criação e difusão de memes de seu
interesse. Um partido político com P0 = 20 filiados
R
encomendou um anúncio que se tornou um meme A
em uma rede social, sendo que 5% dos K = 2 · 109
usuários ativos visualizaram o anúncio no instante
S
t = 1. Sejam e > 1, r > 0 constantes e suponha que
a função P (t) dada por
C
U
P (t) =
K · P0 · e
K + P0 (er·t − 1)
r·t
N
H
representa a quantidade de usuários da rede social
que visualizaram o meme no instante t.
O
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o
valor da constante r para essa rede social.
3 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

8 (contém, no mínimo, 87% de metano e outros hidro-


A utilização de combustíveis fósseis pela espécie hu- carbonetos leves). Nos motores a explosão, a potên-
mana tem restituído à atmosfera, na forma de CO2 , cia pode variar em função da composição química e
átomos de carbono que ficaram fora de circulação das propriedades físico-químicas dos combustíveis.
durante milhões de anos. O ciclo do carbono con- Assim, a adoção de um determinado combustível não
siste na passagem de átomos de carbono (C) presen- adulterado em detrimento de outro pode alterar o de-
tes nas moléculas de gás carbônico (CO2 ) disponí- sempenho do motor e, também, influenciar o nível de
veis no ecossistema para moléculas que constituem emissão de poluentes na atmosfera.
as substâncias orgânicas dos seres vivos (proteínas, Em relação às propriedades físico-químicas e à com-
glicídios, lipídios etc.) e vice-versa. posição química desses combustíveis comercializa-
Relacione as afirmativas a seguir com as etapas do dos no Brasil, assinale a alternativa correta.
ciclo do carbono indicadas no esquema. a) Do ponto de vista ambiental, a queima de álcool etílico
anidro libera maiores quantidades de enxofre do que
(I) Grande parte das substâncias orgânicas incor-
a queima de GNV.
poradas pelos herbívoros são degradadas na
respiração celular e o carbono, liberado na b) Em uma proveta, são misturados 50,0 mL de gasolina
forma de gás carbônico. comum não adulterada e 50,0 mL de água. Após a
mistura ser agitada, na fase superior, haverá 36,5 mL
(II) O gás carbônico é captado pelos organismos fo-
de gasolina pura e, na fase inferior, 63,5 mL de água
tossintetizantes e seus átomos são utilizados na
e álcool etílico anidro.
síntese de moléculas orgânicas.
c) Em uma proveta, são misturados 50,0 mL de álcool
(III) O carbono constituinte da biomassa é transfe- etílico anidro não adulterado e 50,0 mL de hexano.
rido aos herbívoros. Após a mistura ser agitada, na fase superior, haverá
(IV) Parte das moléculas orgânicas produzidas na fo- 54,0 mL de hexano e água e, na fase inferior, 46,0 mL
tossíntese é degradada pelo próprio organismo de álcool etílico anidro.
em sua respiração celular e o carbono, devol- d) Se 50,0 mL de gasolina pura forem misturados com
vido ao ambiente na forma de gás carbônico. 50,0 mL de álcool etílico hidratado, haverá formação
(V) O carbono constituinte da biomassa é restituído de apenas uma fase, tendo em vista que a água é
ao ambiente com a morte do organismo. miscível na gasolina em qualquer proporção.
e) O gás metano, quando queimado, emite mais gases
tóxicos que a queima da gasolina, pois libera maior
quantidade de monóxido de carbono.

10
Um automóvel trafega 240 km por dia e apresenta um
desempenho de 12 km/L, quando utiliza, exclusiva-
mente gasolina, ou de 15 km/m3 , quando utiliza, ex-
clusivamente, GNV (gás natural veicular).
Assumindo que o preço da gasolina é de R$ 3,50 por
litro, que o preço do GNV é de R$ 2,00 por m3 e
desconsiderando quaisquer outros fatores, assinale
Assinale a alternativa que contém a associação cor-
a alternativa que apresenta, corretamente, a quanti-
reta.
dade mínima de dias suficiente para que seja possível
a) I-C, II-B, III-F, IV-G, V-A. comprar um celular de R$ 3.819,00 com a economia
b) I-D, II-C, III-B, IV-G, V-F. gerada pelo uso exclusivo do GNV.

c) I-G, II-B, III-D, IV-C, V-E. a) 011


b) 012
d) I-G, II-C, III-D, IV-A, V-H.
c) 100
e) I-H, II-D, III-B, IV-C, V-A.
d) 101
9 e) 102
Os combustíveis para veículos automotores de pas-
seio mais comercializados no Brasil são o álcool etí-
lico hidratado (pureza de 96%) e a gasolina comum,
contendo 27% de álcool etílico anidro. Em grandes
centros, utiliza-se como alternativa o GNV (gás na-
tural veicular) constituído por hidrocarbonetos leves
4 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

11 Leia a charge a seguir e responda às questões de 12 a 14.


Atualmente, os combustíveis mais utilizados para o
abastecimento dos carros de passeio, no Brasil, são
o etanol e a gasolina. Essa utilização somente é pos-
sível porque os motores desses automóveis funcio-
nam em ciclos termodinâmicos, recebendo combus-
tível e convertendo-o em trabalho útil.
Com base nos conhecimentos sobre ciclos termodi-
nâmicos, assinale a alternativa que apresenta corre-
tamente o diagrama da pressão (P) versus volume (V)
de um motor a gasolina.
Figura 1
a)
(Disponível em: <http://tirinhasdefisica.blogspot.com.br/>.
Acesso em: 27 abr. 2016.)

12
Com base na charge e nos conhecimentos sobre ele-
tromagnetismo, é correto afirmar que a lâmpada de
40 W tem intensidade luminosa menor que a lâmpada
de 60 W, pois a
b) a) corrente elétrica que passa por ela é menor que a cor-
rente que passa pela de 60 W.
b) diferença de potencial (ddp) aferida na de 40 W é me-
nor que na de 60 W.
c) resistência à passagem de corrente elétrica é maior
na de 60 W.
d) resistência à passagem de corrente elétrica é maior
na de 40 W.
c) e) resistência e a corrente elétrica que passa por ela são
menores que na de 60 W.

13
Considere que as lâmpadas descritas na charge emi-
tem luz amarela que incide na superfície de uma placa
metálica colocada próxima a elas.
Com base nos conhecimentos sobre o efeito fotoelé-
trico, assinale a alternativa correta.

d) a) A quantidade de energia absorvida por um elétron que


escapa da superfície metálica é denominada de fótons
e tem o mesmo valor para qualquer metal.
b) Se a intensidade luminosa for alta e a frequência da
luz incidente for menor que a frequência-limite, ou de
corte, o efeito fotoelétrico deve ocorrer na placa metá-
lica.
c) Se a frequência da luz incidente for menor do que a
frequência-limite, ou de corte, nenhum elétron da su-
e) perfície metálica será emitido.
d) Quando a luz incide sobre a superfície metálica, os nú-
cleos atômicos próximos da superfície absorvem ener-
gia suficiente e escapam para o espaço.
e) Quanto maior for a função trabalho da superfície metá-
lica, menor deverá ser a frequência-limite, ou de corte,
necessária para a emissão de elétrons.

5 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

14 15
As lâmpadas incandescentes, como as presentes na Com base na charge e nos conceitos da termodinâ-
charge, foram progressivamente substituídas por ou- mica, é correto afirmar que as luvas de amianto são
tros tipos de menor consumo de energia elétrica. utilizadas porque a condutividade térmica
Com base nos conhecimentos sobre reações de oxi- a) da cuia de cristal é menor que a do líquido.
dação e redução e considerando que a rosca dessa
lâmpada seja confeccionada em ferro (Fe(s) ) e que b) da cuia de cristal e a do amianto são iguais.
esteja sendo utilizada em um ambiente úmido, assi- c) do amianto é menor que a da cuia de cristal.
nale a alternativa correta. d) do amianto é maior que a da cuia de cristal.
(Valores dos potenciais padrão de redução: Cu2+ /Cu(s) = +0,34 V;
Zn2+ /Zn(s) = -0,76 V; Sn2+ /Sn(s) = -0,14 V; Fe2+ /Fe = -0,44 V;
e) do amianto é maior que a do líquido.
Ag+ /Ag(s) = +0,80 V; Mg2+ /Mg(s) = -2,38 V)
16
a) A Ag(s) possui maior tendência a sofrer oxidação que O sistema nervoso compreende uma rede de comu-
o Fe(s) . Portanto, o emprego de Ag(s) é adequado nicações e controles que permite ao organismo in-
como ânodo de sacrifício se a rosca for revestida com teragir com o ambiente. Essa interação pode se dar
esse metal. através de estruturas chamadas de receptores senso-
b) Como o Cu(s) possui maior potencial padrão de oxi- riais, as quais detectam diferentes formas de energia,
dação que o Fe(s) , sofre corrosão com maior intensi- como a térmica, representada na charge.
dade, sendo inadequado para a confecção da rosca. Com relação ao sistema sensorial, atribua V (verda-
deiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir.
c) Por possuir menor potencial padrão de oxidação que
o Fe(s) , o Mg(s) atua como protetor catódico quando ( ) O sistema sensorial, por meio de seus recepto-
lascas desse metal revestem parte da rosca. res, leva informações da interação do corpo com
d) O Sn(s) , por apresentar maior tendência a sofrer oxi- o ambiente ao sistema nervoso central, na forma
dação que o Fe(s) , pode atuar como ânodo de sacrifí- de impulsos nervosos.
cio se a rosca for revestida com esse metal. ( ) As sensações de dor e de temperatura apresen-
e) O Zn(s) tem maior tendência a sofrer oxidação que o tam os mesmos conjuntos de receptores e, por
Fe(s) , podendo proteger a rosca da ferrugem quando serem sensações distintas, são transportadas
ela for revestida com esse metal. por diferentes tipos de fibras até o sistema ner-
voso central e, por diferentes vias, ao sistema
Leia a charge a seguir e responda às questões de 15 a 17. nervoso periférico.
( ) Os corpúsculos de Meisnner, de Paccini, de
Ruffini, de Merkel e de Krause são responsáveis
por diferentes percepções sensoriais quando
em contato da pele com diferentes objetos ou
com o ambiente.
( ) Os bulbos terminais de Krause, por serem ter-
minações livres, têm por função perceber va-
riações de temperatura e, por isso, apresentam
uma distribuição uniforme por todo o corpo.
( ) Na espécie humana, os receptores cutâneos es-
tão presentes na pele da face, na palma das
mãos e na ponta dos dedos, os quais se apre-
sentam na forma de terminações nervosas li-
vres, o que nos permite sentir a dor.
Figura 2
(Disponível em: <http://www.fisica.net/einsteinjr/6/Image373.gif>. Assinale a alternativa que contém, de cima para
Acesso em: 27 abr. 2016.) baixo, a sequência correta.
a) V, V, F, V, F.
b) V, F, V, F, V.
c) F, V, V, F, F.
d) F, V, F, F, V.
e) F, F, V, V, V.

6 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

17 Leia a tirinha a seguir e responda às questões de 18 a 26.


Leia o texto e o mapa a seguir.

Os primeiros a fazerem uso da erva-mate fo-


ram os índios Guaranis, que habitavam a re-
gião definida pelas bacias dos rios Paraná, Pa-
raguai e Uruguai, na época da chegada dos
colonizadores espanhóis. Da metade do sé-
culo XVI até 1632, a extração de erva-mate era
a atividade econômica mais importante da Pro- Figura 3
víncia Del Guairá, território que abrangia prati-
(Disponível em: <https://dicasdeciencias.com/2011/03/28/
camente o Paraná e no qual foram fundadas
garfield-saca-tudo-de-fisica/>. Acesso em: 27 abr. 2016.)
3 cidades espanholas e 15 reduções jesuíti-
cas.
18
Com base no diálogo entre Jon e Garfield, expresso
na tirinha, e nas Leis de Newton para a gravitação
universal, assinale a alternativa correta.
a) Jon quis dizer que Garfield precisa perder massa e
não peso, ou seja, Jon tem a mesma ideia de um co-
merciante que usa uma balança comum.
b) Jon sabe que, quando Garfield sobe em uma balança,
ela mede exatamente sua massa com intensidade de-
finida em quilograma-força.
c) Jon percebeu a intenção de Garfield, mas sabe que,
devido à constante de gravitação universal “g”, o peso
do gato será o mesmo em qualquer planeta.
(Disponível em: <http://www.museuparanaense.pr.gov.br/ modules/
conteudo/conteudo.php?conteudo=62>. Acesso em: 12 jul. 2016.) d) Quando Garfield sobe em uma balança, ela mede exa-
tamente seu peso aparente, visto que o ar funciona
Com base nos conhecimentos sobre a presença da como um fluido hidrostático.
erva-mate Ilex paraguariensis no Estado do Paraná, e) Garfield sabe que, se ele for a um planeta cuja gravi-
considere as afirmativas a seguir. dade seja menor, o peso será menor, pois nesse pla-
neta a massa aferida será menor.
I. A presença do mate na porção oeste do Es-
tado propiciou o desenvolvimento da ferrovia
naquela região.
II. O interior do Paraná transformou-se com a cres-
cente importância da indústria do mate, pois a
intensificação do extrativismo favoreceu a ocu-
pação de áreas basicamente inexploradas.
III. A área compreendida entre os vales dos rios Ivaí
e Tibagi foi adquirida pelo capital inglês, interes-
R
sado na exploração dos ervais da região. A
IV. A intensificação do extrativismo do mate e a S
crescente importância da sua indústria favore-
ceram a ocupação e a substituição de áreas an- C
teriormente voltadas ao plantio de café.
U
Assinale a alternativa correta. N
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
H
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. O
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

7 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

19 20
Entre algumas interpretações, a charge traz um apelo Garfield, um dos personagens da charge, construiu
ao cuidado com a saúde. As características e as pro- sua fama devido ao fato de apresentar algumas ca-
priedades nutricionais de um produto industrializado racterísticas, como, por exemplo, a deposição exces-
a ser ingerido cotidianamente são muito importantes siva de gordura corporal. Essa condição, na qual
para promover a saúde alimentar, o que implica a ne- se incluem os humanos, pode ser explicada pela in-
cessidade de o consumidor verificar o rótulo dos pro- gestão de alimentos em quantidades maiores do que
dutos alimentícios. A tabela a seguir apresenta infor- aquelas que podem ser utilizadas pelo organismo
mações nutricionais de uma bebida láctea destinada para a obtenção de energia.
ao público infantil. Com base nos conhecimentos sobre metabolismo,
assinale a alternativa correta.
a) A função do metabolismo é transformar moléculas
grandes e complexas em pequenas, simples e solú-
veis, assim, o amido é convertido em ácidos graxos,
as proteínas, em aminoácidos, e os lipídios, em molé-
culas de glicose.
b) As substâncias reguladoras, por possuírem a função
de suprir as necessidades energéticas, garantem um
metabolismo normal e devem ser ingeridas em todas
as refeições.
c) O catabolismo é a etapa na qual os nutrientes são as-
similados e utilizados para formar novas substâncias
indispensáveis ao crescimento, à manutenção e à re-
generação do organismo.
d) O anabolismo é a etapa na qual ocorre a quebra de
moléculas complexas em outras mais simples, com li-
beração de energia e eliminação de substâncias de
excreção.
Dados: massas molares (g/mol): C = 12; H = 1; O = 16;
ΔH de combustão da sacarose = -1350 kcal/mol; e) O pâncreas produz o glucagon, que age no fígado e
Kps (Ca3 (PO4 )2 ) = 1,3×10−32 ; Kps (Fe3 (PO4 )2 ) = 1,0×10−36 ; estimula a glicogenólise, reação que transforma o gli-
vitaminas D e E são lipossolúveis; proteínas possuem, em média, cogênio em glicose, e a insulina, que tem por função
16,5% de nitrogênio. reduzir a concentração de glicose no sangue.

Considerando as informações apresentadas na ta- 21


bela e com base nos conhecimentos sobre termoquí- Existem critérios, cada qual com suas vantagens e li-
mica, reações químicas, sistemas heterogêneos e mitações, para determinar se certo indivíduo é obeso.
propriedades de ácidos carboxílicos, assinale a alter- Um dos principais testes aplicados para esse fim é o
nativa correta. cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), definido
a) A quantidade de energia liberada, por meio da com- pela equação
bustão completa de sacarose, ao serem ingeridos dois
potes da bebida láctea, é de 2700 kcal. p
I=
b) Se a bebida láctea for ingerida após uma refeição rica h2
em gorduras, a disponibilidade das vitaminas D e E na
forma livre para o organismo será menor. em que I representa o IMC (kg/m2 ), h representa a
c) Se as gorduras totais são, majoritariamente, ácidos altura (m) e p representa a massa (kg). De acordo
graxos livres saturados de cadeia longa, então, após com a Organização Mundial da Saúde (OMS), um in-
ingestão da bebida láctea, elas serão mais bem dis- divíduo é classificado como tendo IMC normal se
solvidas na fase aquosa do sangue. 18, 5 ≤ I ≤ 24, 9.
d) Se o ferro está na forma Fe2+ e o cálcio na forma Considerando um universo composto por indivíduos
Ca2+ , na presença de fosfato e na ausência de qual- adultos, cuja altura h seja tal que 1, 5 ≤ h < 1, 9, as-
quer outra espécie química, a disponibilidade dos íons sinale a alternativa que apresenta, corretamente, a re-
Ca2+ para o organismo será maior. gião no plano cartesiano h × p definida por todas as
e) O consumo de um pote da bebida láctea equivale à combinações de altura e massa dos indivíduos com
ingestão de, aproximadamente, 1,6 g de nitrogênio. IMC normal, nesse universo.

8 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

a) * 22
Leia o texto a seguir.

Moldado pelo contexto social e cultural em que


o ator se insere, o corpo é o vetor semântico
pelo qual a evidência da relação com o mundo
é construída: atividades perceptivas, mas tam-
bém expressão dos sentimentos, cerimoniais
dos ritos de interação, conjunto de gestos e mí-
micas, produção da aparência, jogos sutis da
b) * sedução, técnicas do corpo, exercícios físicos,
relação com a cor, com o sofrimento etc.
(LE BRETON, D. A sociologia do corpo. Petrópolis: Vozes,
2007. p.7.)

A tirinha e o texto evocam referências do lugar so-


cialmente ocupado pelo corpo. O físico e a estética
corporal são temas da vida cotidiana na sociedade
moderna e, enquanto tais, são suscetíveis de ressig-
nificações, como também de uma multiplicidade de
representações.
c) *
Com base nos conhecimentos contemporâneos so-
bre o corpo e as corporalidades, produzidos pelas ci-
ências sociais, considere as afirmativas a seguir.

I. Os usos que homens e mulheres fazem de seu


físico e a construção dos julgamentos sobre as
aparências dependem de um conjunto de siste-
mas simbólicos, cujas significações fundamen-
tam a existência individual e coletiva.
II. O processo de socialização da experiência cor-
d) *
poral é uma condição social de homens e mulhe-
res que se conclui na adolescência, sendo este
um momento final da formação identitária.
III. Nos anos 1960, a emergência dos novos sujei-
tos sociais produziu fortes críticas à importân-
cia social atribuída aos corpos e representou um
retorno às lutas materialistas, preocupadas com
a estrutura econômica.
IV. Na sociedade atual, o poder é exercido por meio
da produção de corpos dóceis, configurando,
assim, as sociedades disciplinares, tanto na di-
mensão econômica quanto na política.

e) * Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

9 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

23 24
Leia o texto a seguir. Observe a figura e leia o texto a seguir.

ODE XI do LIVRO I
Horácio
não me perguntes – é vedado saber –
o fim
que a mim
e a ti darão os deuses Leucônoe
nem babilônios
números consultes antes
o que for recebe Orlan, Autorretrato, fotografia digital, 2004.
quer te atribua Júpiter muitos invernos Orlan foi a primeira artista a utilizar a cirurgia
quer o último estética nas suas performances com a inten-
que o mar tirreno debilita com abruptas ção de transformar a operação em um evento
r o c h a s artístico e não obter um resultado final que
bebe o vinho sabe a vida e corta adequasse seu rosto aos padrões de beleza
a longa esperança vigentes. A figura faz parte de uma série de
enquanto falamos autorretratos produzidos a partir da apropria-
foge ção de práticas de intervenções corporais pro-
invejoso venientes de outras tradições e da hibridização
o tempo: do seu rosto com imagens de registros etno-
curte o dia gráficos, por meio da manipulação digital. Es-
desamando amanhãs ses autorretratos buscam o mesmo apelo vi-
(Adaptado de: Trad. Augusto de Campos. Disponível em: sual que as propagandas de produtos de be-
<http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/>. Acesso em: 12 jun. leza.
2016.)
(Adaptado de Entrevista: “Orlan, artiste: Mon corps est
Esse poema de Horácio (65 a.C. – 8 a.C.) revela um va- devenu un lieu public de débat”. (Orlan, artista: Meu corpo
lor ou mores romano, que é denominado hedonismo, se tornou um lugar público de debate). In: Le Monde. Pa-
o fundamento moral do cotidiano romano. ris, 22 abr. 2009.)
Sobre esse hábito, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) Com base na figura e no texto, considere as afirmati-
às afirmativas a seguir. vas a seguir.
( ) A influência grega sobre a cultura romana cons- I. Ao evidenciar a falta de um padrão universal
truiu o hábito do culto ao corpo e de regras die- de beleza feminina, Orlan indica que a beleza é
téticas. construída socialmente.
( ) A locução latina Carpe diem, que significa apro- II. Orlan, ao problematizar o estatuto do corpo e da
veite o dia, expressa a moral hedonista romana. beleza nas sociedades de culturas tradicionais,
( ) O hedonismo implicava uma vida de comedi- questiona os padrões de beleza da sociedade
mento e restrições, sobretudo em relação aos ocidental contemporânea.
hábitos de higiene. III. Ao recorrer às imagens e às práticas de inter-
( ) O hedonismo preconizava a valorização do ócio venções corporais de outras culturas, Orlan re-
e do prazer em detrimento de outras ocupações vela que o que é considerado feio diz respeito às
do cotidiano. culturas tradicionais.
( ) O prazer dos romanos à mesa, com fartos ban- IV. O processo de hibridização da imagem do rosto
quetes e longas comemorações, era uma prática de Orlan com máscaras africanas, ou outras re-
hedonista. presentações, visa à constituição de um novo
conceito de beleza.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
baixo, a sequência correta. Assinale a alternativa correta.
a) V, V, V, F, F. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) V, F, F, V, V. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) V, F, F, F, V. c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) F, V, V, F, F. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) F, V, F, V, V. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

10 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

25 26
Leia o texto a seguir. No pensamento sociológico clássico e contemporâ-
neo, as dimensões igualdade, diferença e diversidade
Por que não dividir um segmento unitário em assumem importância para estudos relacionados à
duas partes iguais? A resposta é que, simples- questão das desigualdades sociais.
mente, com a igualdade não existe diferença, Com base nos conhecimentos sobre as perspectivas
e sem diferença não há universo perceptivo. O sociológicas que explicam a desigualdade social, no
“número de ouro” é uma razão constante de- cotidiano das sociedades capitalistas, assinale a al-
rivada de uma relação geométrica que os an- ternativa correta.
tigos chamavam de “áurea” ou de divisão per-
feita, e os cristãos relacionaram este símbolo a) A sociologia weberiana, quando analisa as moder-
proporcional com o Filho de Deus. nas sociedades ocidentais, demonstra que os fatores
econômicos e os antagonismos entre as classes de-
(Adaptado de: LAWLOR, R. Mitos – Deuses – Mistérios
terminam as hierarquias de poder e os tipos de domi-
– Geometria Sagrada. Madrid: Edições del Prado, 1996.
nação.
p.46.)
b) As análises de Marx defendem a ideia de que as mu-
O número de ouro, denotado pela letra grega φ, é de- danças mais recentes na ordem mundial capitalista al-
finido como a única raiz positiva da equação a seguir. teraram a preeminência das classes na explicação das
assimetrias sociais e diversidades culturais.
x2 = x + 1
c) Na sociologia de Bourdieu, os fatores econômicos,
simbólicos e culturais, a exemplo da renda, do prestí-
Com base no texto e na definição do número de ouro,
gio e dos saberes, incorporados pelos agentes em seu
atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a se-
cotidiano e em sua trajetória de vida, são responsáveis
guir.
pela diferenciação de posições nos campos sociais.

( ) 2φ = 1 + 5 d) No pensamento funcionalista, a origem da desigual-
( ) O número de ouro φ pode ser expresso como dade social encontra-se nas contradições econômicas
um quociente de números inteiros não nulos. e políticas entre os agrupamentos, que mantêm rela-
ções uns com os outros para produzir e reproduzir a
( ) Os números φ, φ + 1, 2φ + 1 estão em progres-
estrutura social.
são geométrica de razão φ.
e) Para os pensadores críticos do neoliberalismo, a mo-
( ) φ−1 = φ − 1
bilidade dos indivíduos de um estrato social para ou-
( ) φ não pode ser expresso através de uma equa- tro, no Brasil, é acompanhada igualmente por mudan-
ção, por ser derivado de uma relação geomé- ças na estrutura de classes sociais, na medida em que
trica. pobres e ricos se aproximam.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
baixo, a sequência correta.
a) V, V, V, F, F.
b) V, F, V, V, F.
c) V, F, F, F, V.
d) F, V, V, F, V.
e) F, V, F, V, F.
R
A
S
C
R A U
S C N
U N H
O
H O
11 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

27 28
Leia a charge a seguir. Sobre o processo histórico da denominada Guerra do
Ópio, ocorrida na China, em 1841, assinale a alterna-
tiva correta.
a) Os Estados Unidos da América iniciaram a expan-
são para o Oriente, comercializando o ópio monopoli-
zado pelos chineses, o que provocou uma guerra en-
tre eles, encerrada com o acordo de divisão igualitária
das cotas comerciais.
b) O Japão, em suas conquistas imperialistas no conti-
nente asiático, travou uma guerra com a China pelo
domínio do comércio do ópio na região; nesse pro-
cesso, estabeleceram o Tratado de Pequim, no qual
Hong Kong passou ao domínio japonês.
(Disponível em: <portaldoprofessor.mec.gov.br>. c) O império russo, parceiro da China no comércio do
Acesso em: 15 jun. 2016.) ópio, transportava-o para os portos de Xangai com
maior agilidade e altas taxas aduaneiras, o que fez
A charge evidencia uma situação cotidiana relacio- com que exigisse a franquia desse produto.
nada à compra de medicamentos, na qual ocorrem
d) A Inglaterra, que dominava a comercialização do ópio
dúvidas por parte da consumidora, tendo em vista
na China, impôs aos chineses uma indenização por
os diferentes medicamentos comercializados: os de
eles terem, a pretexto de proteger a saúde de sua po-
marca, os similares e os genéricos. Essa dúvida, no
pulação, confiscado e destruído uma grande carga de
entanto, não deveria existir, pois os diferentes tipos
ópio.
de medicamentos devem apresentar o mesmo efeito
terapêutico. O que não se sabe, por parte da popu- e) A França teve uma de suas colônias, o Afeganistão,
lação em geral, é que muitos medicamentos são ven- como um grande produtor de ópio e concorrente co-
didos na forma de dois isômeros ópticos em quan- mercial dos chineses, que monopolizavam essa ativi-
tidades iguais, mas apenas um deles possui ativi- dade com elevados lucros; visando quebrar tal mono-
dade terapêutica. Por exemplo, o ibuprofeno é um pólio, os franceses bloquearam os portos chineses.
anti-inflamatório que é comercializado na sua forma 29
(S)+ (ativa) e (R)- (inativa), conforme mostram as fi- O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e
guras a seguir. Crime (UNODC) elabora anualmente o Relatório Mun-
dial sobre Drogas, que inclui informações sobre pro-
dução, consumo e tráfico. O relatório da UNODC, em
2014, exibe o gráfico a seguir, que apresenta o per-
centual da população estadunidense que utilizou de-
terminada droga, no ano apontado.

Com base nessas informações, considere as afirma-


tivas a seguir.

I. O ibuprofeno é comercializado na forma de ra-


cemato.
II. Os dois isômeros são diasteroisômeros.
III. Os dois isômeros apresentam isomeria de posi-
ção.
IV. Os dois isômeros possuem pontos de fusão
iguais.

Assinale a alternativa correta. (Adaptado de: World Drug Report. 2014.)

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.


Com base no gráfico e supondo que Cannabis, opioi-
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
des e cocaína são também drogas ilícitas e que a po-
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. pulação dos Estados Unidos cresceu em 10 milhões
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. de pessoas de 2007 a 2012, assinale a alternativa cor-
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. reta.
12 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

a) De acordo com o gráfico, o conjunto dos indivíduos d) Na molécula mefedrona, existe a função aldeído.
que utilizaram opioides em 2011 é disjunto daquele e) Na molécula mCPP, existe a função amida ligada ao
formado por usuários de Cannabis no mesmo ano. grupo benzílico.
b) Houve um aumento de 20% no número de indivíduos
que utilizavam Cannabis nos Estados Unidos, de 2007 31
a 2012. Nas sociedades contemporâneas, ocorrem expan-
sões do desenvolvimento e do uso de substâncias
c) A explicação para o aumento do percentual do uso de
químicas com a finalidade de interferir nas sensa-
pelo menos uma droga ilícita em 2012 é o acréscimo
ções, nas percepções e nos comportamentos dos in-
do percentual do uso da cocaína.
divíduos. Partes dessas substâncias são considera-
d) A probabilidade de um estadunidense, escolhido ao das lícitas e outras ilícitas, a depender dos valores
acaso em 2006, não utilizar droga ilícita é menor que hegemônicos de uma dada sociedade. O consumo
86%. dessas substâncias lícitas e ilícitas constitui prática
e) A probabilidade de um estadunidense, escolhido ao cotidiana e mobiliza uma diversidade de julgamentos
acaso em 2004, ter utilizado pelo menos uma droga de valor. As preocupações com o consumo das dro-
ilícita é de 18%. gas ilícitas encontram respostas em determinados ti-
pos de políticas de repressão por parte do Estado.
30 Com base nos conhecimentos sobre as políticas de
Estimulantes do grupo da anfetamina (ATS, segurança e de repressão e suas relações com os te-
amphetamine-type stimulants) são consumidos mas do poder, da dominação e do controle, assinale
em todo o mundo como droga recreativa. Dessa a alternativa correta.
classe, o MDMA, conhecido como ecstasy, é o
a) As perguntas sobre por que as pessoas violam as nor-
segundo alucinógeno mais usado no Brasil. Em
mas, como, por exemplo, comprar e consumir drogas
alguns casos, outras substâncias, como cetamina,
ilícitas, a reiteração de vícios e como fazer para que
mefedrona, mCPP, são comercializadas como
as pessoas abandonem práticas delituosas são típi-
ecstasy. Assim, um dos desafios da perícia policial
cas dos estudos do interacionismo simbólico.
é não apenas confirmar a presença de MDMA nas
amostras apreendidas, mas também identificar sua b) Os estudos de Loïc Wacquant demonstram a tendên-
composição, que pode incluir novas drogas ainda cia de ampliação dos direitos e benefícios sociais, com
não classificadas. consequente redução do chamado capitalismo de pi-
As fórmulas estruturais das drogas citadas são lhagem de abrangência internacional e diminuição do
apresentadas a seguir. denominado Estado penal.
c) Políticas, como as de choque de ordem e da tolerância
zero, têm resultados positivos em termos de respeito e
de reconhecimento dos direitos humanos das popula-
ções pobres e residentes de áreas de vulnerabilidade
social.
d) De acordo com Howard Becker, todos os grupos so-
ciais fazem regras e tentam impô-las, mas o rotulado
como desviante pode ter uma opinião diferente sobre
a questão, assim como aquele que infringe a regra
pode pensar que quem o julga é que é um outsider.
e) Os estudos positivistas preocupam-se com questões
como quem define as regras sobre que tipos de ati-
vidades são considerados normais e que tipos são
considerados desviantes ou ilícitos e de que forma os
agentes definem tais regras.

Sobre as funções orgânicas nessas moléculas, assi-


nale a alternativa correta.
R A S
a) Em todas as moléculas, existe a função amida.
C U N
b) Na molécula MDMA, existe a função éster.
c) Na molécula cetamina, existe a função cetona.
H O
13 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

32 ( ) A representação da mulher nas obras de Di Ca-


Observe a figura e leia o texto a seguir. valcanti revela que o belo na arte e a beleza fe-
minina são universais e imutáveis.

Assinale a alternativa que contém, de cima para


baixo, a sequência correta.
a) V, V, F, V, F.
b) V, F, V, F, V.
c) V, F, F, F, V.
d) F, V, V, F, F.
e) F, F, V, V, F.

33
Leia o texto a seguir.

No fundo do mato virgem nasceu Macunaíma,


herói de nossa gente. Já na meninice fez coi-
sas de sarapantar. De primeiro: passou mais
Di Cavalcanti, Moças com violão,
de seis anos não falando. Se o incitavam a fa-
óleo sobre tela, 49,8 × 60,8 cm, 1937.
lar, exclamava: – Ai que preguiça!... e não dizia
Emiliano Di Cavalcanti foi um dos idealizado- mais nada. Quando era pra dormir trepava no
res da Semana de Arte Moderna de 1922. Nos macuru pequeninho sempre se esquecendo de
períodos de 1923 a 1925, morou na capital mijar. Como a rede da mãe estava por debaixo
francesa e teve contato com alguns artistas do berço, o herói mijava quente na velha, es-
da Escola de Paris, entre eles, Pablo Picasso, pantando os mosquitos bem. Então adormecia
que se evadia das linhas severas do cubismo sonhando palavras feias, imoralidades estram-
para as curvas sensuais das madonas clássi- bólicas e dava patadas no ar.
cas. O crítico Frederico Morais (2005) afirmou: (Adaptado de: ANDRADE, M. Macunaíma. Rio de Janeiro:
“Di Cavalcanti deu à mulata brasileira a digni- Agir, 2008. p.7.)
dade da madona renascentista, madonizou a
Enquanto produção cultural, o Modernismo procu-
nossa mulata.”
rava reconhecer as identidades que formavam o povo
(Adaptado de: Mestres do Modernismo: exposi- brasileiro.
ção. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a
São Paulo, Fundação José e Paulina Nemirovsky e presença da temática indígena no movimento, tendo
Pinacoteca do Estado, 2005. e In. MORAIS, por modelo o romance de Mário de Andrade.
F. <www.elfikurten.com.br/2013/05/emiliano-di-cavalcani-
reminiscências.html>. Acesso em: 12 abr. 2016.)
a) A utilização da temática indígena configurava um pro-
jeto nacional de busca dos valores nativos para a for-
A partir dessa figura, da afirmação do crítico Fre- mação da identidade brasileira, na época.
derico Morais e dos conhecimentos sobre o moder- b) Como herói indígena, Macunaíma difere das repre-
nismo brasileiro, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) sentações românticas, já que ele figura como um
às afirmativas a seguir. anti-herói, um personagem de ações valorosas, mas
também vis.
( ) As mulatas de Di Cavalcanti são o resultado de
uma interpretação pessoal das mulheres clássi- c) Macunaíma se insere no racismo corrente no início do
cas de Picasso. século XX, que via uma animalidade no indígena, con-
siderado coisa, e não gente.
( ) As mulheres de Di Cavalcanti não são sofridas
e solitárias, expressam, plasticamente, o que há d) O indígena foi considerado pelos modernistas como
de ondulante, de macio, de materno e de sensual único representante da identidade brasileira, pois sua
no corpo feminino. cultura era vista como pura e sem interferência de ou-
tros povos.
( ) Di Cavalcanti reproduz, acriticamente, as lições
que aprendeu com artistas da Escola de Paris. e) O trecho reafirma a característica histórico-antropoló-
gica do patriarcado brasileiro, que compreendia o in-
( ) Em Paris, Di Cavalcanti, em contato com obras
dígena como um incivilizado puro e ingênuo.
do passado e do seu presente, intensificou sua
visão de um Brasil multicultural, nem exótico,
nem folclórico.
14 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

34 III. Dança é um movimento executado dentro de cer-


Observe a figura e leia o texto a seguir. tas regras, não necessariamente regulares ou
aparentes, e que se desenvolve no espaço e num
tempo.
IV. Em Benguelê, a variedade rítmica e a diversi-
dade de movimentos executados atestam o ca-
ráter plural do espetáculo.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

35
Imagem do espetáculo de 2009. Os movimentos migratórios existentes no Brasil, a
(Disponível em: <http://www.grupocorpo.com.br/obras/ partir de 2001, mostram que 41% dos habitantes do
benguele#fotos>. Acesso em: 12 ago. 2016.) país não eram naturais do município de residência
e cerca de 16% deles não eram procedentes da Uni-
Corpo é um grupo de dança mineiro que, em dade Federativa em que moravam.
2016, comemora quarenta anos de história. Considerando a realidade exposta, assinale a alter-
Seu tempo de atuação é marcado pela plu- nativa que apresenta, corretamente, motivos que es-
ralidade, questão reconhecida tanto na arte timularam fluxos migratórios nesse período.
contemporânea, quanto na constituição dos a) A ausência de ciclos econômicos e de investimentos
aspectos identitários da cultura brasileira. O produtivos, públicos ou privados.
espetáculo intitulado Benguelê, executado
pelo grupo em 2009, é uma exaltação ao b) A contínua e crescente desintegração dos espaços ur-
passado africano e às suas marcantes e pro- banos e rurais.
fundas raízes na cultura brasileira. Riscando c) A migração pendular, que provoca um estado de crise
o palco, sem nenhum pudor, o coreógrafo permanente de repulsão da população.
evoca, do início ao fim, ritmos afro-brasileiros d) A saída do campo para a cidade devido às precárias
como o maracatu, o candomblé e o congado. condições de trabalho lá existentes.
Anarquia e frenesi se dão através das batidas
de pé, remelexos de quadril, ombros e pélvis. e) O desenvolvimento dos sistemas de transportes, ener-
A diversidade rítmica ganha vida ao som da gia e comunicações.
música do compositor, cantor e violonista
João Bosco. Ora festivos, ora ritualísticos,
os movimentos sugerem danças tribais, em
que a representação das figuras humanas,
vergadas pelo tempo, ou animalizadas, pontua
o espetáculo.
(Adaptado de: <http://www.grupocorpo.com.br/obras/
benguele#release>. Acesso em: 12 ago. 2016.) R A
Com base no texto, nas imagens e nos conhecimen- S C
tos sobre manifestações artísiticas, considere as afir-
mativas a seguir. U N
I. Benguelê é um espetáculo de dança popular que H O
parte de pressupostos como a simetria, a beleza
e a leveza para a composição coreográfica, a fim
de abordar os aspectos folclóricos da arte.
II. Na arte contemporânea, convivem temporalida-
des diversas da tradição artística, em consonân-
cia com o tempo presente.
15 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

36 a) V, V, V, F, F.
Leia o texto e analise os gráficos, a seguir, que repre- b) V, F, V, F, V.
sentam as pirâmides etárias da população (em %) de
c) V, F, F, V, V.
países subdesenvolvidos e desenvolvidos, em 2000.
d) F, V, V, F, F.
A estrutura etária da população tem reflexos
e) F, F, F, V, V.
importantes na economia de um país. A po-
pulação economicamente ativa (PEA), ou seja, 37
aquela que trabalha e produz riquezas, é com- Leia o texto a seguir.
posta, em sua maioria, de adultos (de 20 a
59 anos de idade). É essa população que, por No nosso mundo globalizado, nenhum país é
meio do recolhimento de impostos, ajuda o Es- uma ilha. Os conflitos violentos criam pro-
tado a sustentar a economia nacional. Uma blemas que se deslocam sem passaporte e
defasagem muito grande no número de ati- não respeitam as fronteiras nacionais, mesmo
vos em relação aos inativos desequilibra essa quando estas são defendidas de maneira ela-
equação. borada.
(ONU/PNUD. Relatório do desenvolvimento humano 2005:
racismo, pobreza e violência. Madri: Mundi-Prensa, 2005.
p.74.)

Com base nos conhecimentos sobre as guerras civis,


na ordem global, atribua V (verdadeiro) ou F (falso) às
afirmativas a seguir.

( ) Afetam as redes comerciais locais, os mercados


e toda economia, aumentando a pobreza, a des-
nutrição e as enfermidades infecciosas.
( ) Afetam países ricos dotados de recursos tecno-
(Adaptado de: MOREIRA, J. C.; SENE, E. Geografia. São Paulo: lógicos de alto valor comercial, que são incapa-
Scipione, 2005. p.440.) zes de regular seus recursos.
( ) Desestimulam os investimentos internos e es-
Com base no texto, nos gráficos e nos conheci- trangeiros, provocando fuga de capitais, redu-
mentos sobre estrutura etária da população, atribua zindo o crescimento.
V (verdadeiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir.
( ) Geram infraestruturas precárias, baixo dina-
( ) A pirâmide etária dos países subdesenvolvidos mismo econômico, perdas de vida, mutilação e
apresenta uma base larga e um topo estreito, em sofrimento generalizado.
virtude da baixa expectativa de vida da popula- ( ) Geram proteção às mulheres vulneráveis à vio-
ção. lência sexual e às crianças expostas a traumas
( ) O estudo sobre pirâmides etárias possibilita psicológicos.
compreender, entre outros fatores, a dinâmica Assinale a alternativa que contém, de cima para
populacional e econômica de um país e sua his- baixo, a sequência correta.
tória recente.
a) V, V, V, F, F.
( ) O aumento da expectativa de vida da população,
acompanhado da queda das taxas de natalidade b) V, F, V, V, F.
e mortalidade, provoca mudanças na pirâmide c) V, F, F, F, V.
etária. d) F, V, V, F, V.
( ) O aumento da população economicamente ativa e) F, V, F, V, F.
em relação aos inativos desequilibra a produção
de riquezas e diminui o recolhimento de impos-
tos.
( ) Nos países subdesenvolvidos, a combinação
entre baixa natalidade e alta expectativa de vida
tem levado ao progressivo envelhecimento da R A S
população e à recessão econômica.
C U N
Assinale a alternativa que contém, de cima para
baixo, a sequência correta.
H O
16 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

Leia o texto I a seguir e responda às questões de 38 a 42. 40


Observe as figuras a seguir.
Texto I

O tempo nada mais é que a forma da nossa intuição interna.


Se a condição particular da nossa sensibilidade lhe for su-
primida, desaparece também o conceito de tempo, que não
adere aos próprios objetos, mas apenas ao sujeito que os in-
tui.
(KANT, I. Crítica da razão pura. Trad. Valério Rohden e Udo Baldur
Moosburguer. São Paulo: Abril Cultural, 1980. p.47. Coleção Os Pensa-
dores.) José Pancetti, Ondina, Janine Antoni, Touch,
óleo sobre tela, 54 × 74 cm, videoinstalação, Still do filme,
38 335,28 × 452,12 cm, 2002.
1954.
Com base nos conhecimentos sobre a concepção
kantiana de tempo, assinale a alternativa correta.
Distantes geográfica e temporalmente, o artista mo-
a) O tempo é uma condição a priori de todos os fenôme- dernista brasileiro José Pancetti e a artista con-
nos em geral. temporânea norte-americana Janine Antoni dialogam
b) O tempo é uma representação relativa subjacente às nesses trabalhos. O ex-marinheiro tematiza o que vi-
intuições. venciou ao longo da vida no mar. Ela, artista perfor-
mática, aborda a relação com o espaço onde passou
c) O tempo é um conceito discursivo, ou seja, um con-
sua infância. Pancetti altera a superfície da pintura ao
ceito universal.
criar a ilusão de profundidade com os planos e a ilu-
d) O tempo é um conceito empírico que pode ser abs- minação. Na performance, Antoni subverte a condi-
traído de qualquer experiência. ção “real”, tornando possível, com o artifício de uma
e) O tempo, concebido a partir da soma dos instantes, é corda, “caminhar” sobre as águas.
infinito. Com base nas figuras e nos conhecimentos sobre
as manifestações artísticas na contemporaneidade,
39 considere as afirmativas a seguir.
A questão do tempo sempre foi abordada por filóso-
fos, como Kant. Na física, os resultados obtidos por I. A arte é o espaço de ressignificação das rela-
Einstein sobre a ideia da “dilatação do tempo” expli- ções humanas com o mundo, onde se podem
cam situações cotidianas, como, por exemplo, o uso atualizar situações relativas à memória e à pas-
de GPS. sagem do tempo.
Com base nos conhecimentos sobre a Teoria da Re- II. A videoinstalação de Antoni e a pintura de
latividade de Einstein, assinale a alternativa correta. Pancetti têm como referência a paisagem, tanto
a) O intervalo de tempo medido em um referencial em real quanto como gênero pictórico.
que se empregam dois cronômetros e dois observa- III. Na arte contemporânea, o embate e a apreensão
dores é menor do que o intervalo de tempo próprio da paisagem natural pelo artista são questões
no referencial em que a medida é feita por um único superadas.
observador com um único cronômetro.
IV. A pintura de Pancetti e a videoperformance de
b) Considerando uma nave que se movimenta próximo à Antoni revelam o início e o desfecho da crise
velocidade da luz, o tripulante verifica que, chegando do artista contemporâneo com os procedimen-
ao seu destino, o seu relógio está adiantado em rela- tos tradicionais da arte.
ção ao relógio da estação espacial da qual ele partiu.
Assinale a alternativa correta.
c) As leis da Física são diferentes para dois observado-
res posicionados em sistemas de referência inerciais, a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
que se deslocam com velocidade média constante. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
d) A dilatação do tempo é uma consequência direta do c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
princípio da constância da velocidade da luz e da ci-
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
nemática elementar.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
e) A velocidade da luz no vácuo tem valores diferentes
para observadores em referenciais privilegiados.

17 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

41 c) Algumas características conferem a seus portadores


Os ritmos biológicos manifestam-se em períodos de vantagens para explorar o meio ambiente de forma a
tempo que podem variar de milissegundos até anos. tornar a sobrevivência e a reprodução mais eficientes.
Muitos desses ritmos estão associados ao ciclo geo-
d) A variação casual apresenta-se em primeiro lugar e a
físico chamado de claro/escuro, o qual é de suma im-
atividade ordenada do meio ambiente vem posterior-
portância para todas as espécies que possuem pig-
mente, ou seja, a variação independe do meio.
mentos fotossintetizantes.
Com base nos conhecimentos sobre fotossíntese, e) A adaptação é o inevitável produto final de processos
considere as afirmativas a seguir. fisiológicos requeridos pelas necessidades dos orga-
nismos de fazer face às mudanças de seu meio ambi-
I. Na presença da luz, o dióxido de carbono (CO2 ), ente.
necessário à fotossíntese, chega às células fo-
tossintetizantes através dos estômatos, estrutu- Analise a charge a seguir e responda às questões de 43
ras presentes nas folhas. a 49.
II. Na fase química, ocorrem a quebra da molécula
de água, o transporte de elétrons com produção
de NADPH, a síntese de ATP e, como resultado,
a fixação de carbono.
III. As plantas chamadas de C4 são abundantes em
ambientes que disponibilizam pouca luz, muita
água, temperatura baixa, e possuem uma menor
demanda energética por necessitarem de menos
ATP para fixar o carbono.
IV. Para que ocorra a fotossíntese, são necessários
os pigmentos, as enzimas e os fatores abióticos
que podem variar na quantidade ou na intensi-
dade com que estão disponíveis nos diferentes
ambientes.
Figura 4
Assinale a alternativa correta. (Disponível em: <https://sociologiareflexaoeacao.files.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas. wordpress.com/2015/07/cena-cotidiana-autor-desconhecido-
facebook.jpg>. Acesso em: 20 abr. 2016.)
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
43
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
Leia o texto a seguir.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
O avanço do uso de novas tecnologias de in-
42
formação e comunicação altera as relações
No início do século XIX, alguns naturalistas passa-
sociais, os hábitos cotidianos e os costumes
ram a adotar ideias evolucionistas para explicar a di-
das pessoas, especialmente nas grandes ci-
versidade do mundo vivo. Embora os teólogos na-
dades. Um exemplo é a crescente utilização
turais tivessem reconhecido a importância do meio
da Internet, das redes sem fio, dos celula-
ambiente e as adaptações dos organismos a ele,
res e smartphones tanto em pesquisas esco-
Jean-Baptiste Lamarck foi o primeiro a reconhecer a
lares como nos espaços privados e públicos.
importância crucial do tempo para explicar a diversi-
Nos trens, nos ônibus e nas ruas, o uso des-
dade da vida.
sas tecnologias se multiplica e se transforma
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente,
quase em uma regra, relegando àqueles que
uma contribuição de Lamarck para o pensamento
não os usam como comportamentos “fora dos
evolucionista da época, além do fator tempo.
padrões”.
a) Uma vez que, a cada geração, sobrevivem os mais (Adaptado de: OLIVEIRA, L. F.; COSTA, R. C. R. Socio-
aptos, eles tendem a transmitir aos descendentes as logia para jovens do século XXI. Rio de Janeiro: Imperial
características relacionadas a essa maior aptidão para Novo Milênio, 2013. p.250-254.)
sobreviver.
b) Os indivíduos que sobrevivem e se reproduzem, a Com base na charge, no texto e nos conhecimentos
cada geração, são os que apresentam determinadas sociológicos sobre os efeitos da expansão das novas
características relacionadas com a adaptação às con- tecnologias de informação e comunicação nas rela-
dições ambientais. ções sociais, assinale a alternativa correta.
18 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

a) Para Zigmunt Bauman, na modernidade líquida, a in- d) O esvaziamento do sentido da experiência criado pela
tensa interatividade e a multiplicação das relações em Indústria Cultural atesta a superficialidade inerente à
rede criam vínculos sociais duradouros e quadros de personalidade na medida em que ela é uma abstra-
referência e de identificação permanentes. ção.
b) Para Umberto Eco, os efeitos principais do avanço dos e) O poder de reificação exercido pela Indústria Cultural
novos meios de comunicação, nos locais mais isola- sobre a personalidade consiste em criar um equilíbrio
dos, são a padronização dos comportamentos, o de- entre sensibilidade (emoções) e pensamento (máxima
saparecimento das diversidades culturais e das tradi- abstração).
ções comunitárias.
45
c) O uso de tecnologias móveis e pessoais de comunica- Leia o texto a seguir.
ção, como os smartphones, ao mesmo tempo em que
estimula relações sociais virtuais, seja através de voz, A prudência sugere que, para qualquer pes-
de SMS, de fotos ou vídeos, dificulta a disseminação soa que deseja agarrar uma chave sem per-
de conteúdos e de ideias divergentes. der tempo, nenhuma velocidade é alta demais;
qualquer hesitação é desaconselhada, já que
d) Na contemporaneidade, o acesso universal e ilimitado a pena é pesada.
às redes digitais rompe com o controle das grandes
(BAUMAN, Z. Vida para Consumo: a transformação das
empresas sobre a produção e a circulação de notícias
pessoas em mercadorias. Trad. Carlos Alberto Medeiros.
e com a sua atuação em rede nacional e internacional.
Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008. p.50.)
e) A utilização cada vez mais frequente de celulares con-
fere maior mobilidade nas comunicações, modifica as Com base na charge e na sociedade agorista, consi-
formas de controle dentro e fora dos grupos e torna dere as afirmativas a seguir.
públicas conversas consideradas, no passado, restri- I. Na sociedade agorista, o volume de informação
tas ao mundo privado. disponível é superior ao que seria consumido
por uma pessoa culta do século XIII ao longo da
44
vida, o que gera a necessidade de proteção con-
Leia o texto a seguir.
tra as informações indesejadas.
As reações mais íntimas das pessoas es- II. Os sentimentos de felicidade ou a sua ausên-
tão tão completamente reificadas para elas cia derivam de esperanças e expectativas, assim
próprias que a ideia de algo peculiar a como de hábitos aprendidos, e tudo isso tende
elas só perdura na mais extrema abstração: a diferir de um ambiente social para outro.
personality significa para elas pouco mais que III. A modernização tecnológica, materializada em
possuir dentes deslumbrantemente brancos e equipamentos, facilitou o acesso a produtos e
estar livres do suor nas axilas e das emoções. transformou as ações eventuais em hábitos diá-
Eis aí o triunfo da publicidade na indústria cul- rios e comuns.
tural.
IV. O consumo é uma condição estimulada pelo
(ADORNO, T. W.; HORKHEIMER, M. Dialética do esclare- convívio humano e o consumismo, um aspecto
cimento. Trad. Guido Antonio de Almeida. Rio de Janeiro: permanente e irremovível, sem limites temporais
Jorge Zahar, 1985. p.138.) ou históricos, natural e praticado por todos.
A respeito da relação entre Indústria Cultural, es- Assinale a alternativa correta.
vaziamento do sentido da experiência e superficia-
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
lização da personalidade, assinale a alternativa cor-
reta. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
a) A abstração a respeito da própria personalidade é
uma capacidade por meio da qual o sentido da ex- d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
periência, esvaziado pela Indústria Cultural, pode ser e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
reconfigurado e ressignificado.
b) A superficialização da personalidade e o esvazia-
mento do sentido da experiência são efeitos secun-
dários da Indústria Cultural, decorrentes dos exageros
da publicidade.
c) A superficialização da personalidade resulta da ação R A S
por meio da qual a Indústria Cultural esvazia o sen- C U N
tido da experiência ao concebê-la como um sistema
de coisas.
H O
19 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

46 II. Com as privatizações dos serviços de telefonia


Observa-se, na charge, que apenas um indivíduo está ocorridas nos anos 1990, o setor recebeu gran-
lendo um livro, causando curiosidade nos demais, des investimentos privados e passou a operar
que fazem uso do celular. Entre algumas interpre- em melhores condições técnicas.
tações, essa imagem pode ser relacionada a um sis- III. A expansão ocorrida no setor de telefonia, no
tema químico, no qual o indivíduo lendo o livro é uma período de 1997 a 2011, demandou investimen-
entidade química (molécula ou átomo) que não in- tos na ordem de bilhões de dólares pelo Estado
terage, não possui afinidade com os demais indiví- que, possuidor de recursos, resolveu investir no
duos. setor para atrair investimentos.
Com base nos conhecimentos sobre substâncias
IV. Atualmente, as empresas de telefonia no Brasil
e misturas, materiais homogêneos e heterogêneos,
prestam serviços de alta qualidade a seus cli-
atribua V (verdadeiro) ou F (falso) aos sistemas quí-
entes, comparados aos serviços prestados nos
micos que correspondem, metaforicamente, à ima-
países desenvolvidos.
gem da charge.
Assinale a alternativa correta.
( ) Mistura de sólidos CaO e CaCO3 .
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
( ) Mistura de benzeno e hexano. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
( ) Gelatina.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
( ) Mistura de CC4 e H2 O. e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
( ) Mistura de ácido etanoico e álcool metílico. 48
Observe a figura a seguir.
Assinale a alternativa que contém, de cima para
baixo, a sequência correta.
a) V, V, V, F, F.
b) V, V, F, F, V.
c) V, F, V, V, F.
d) F, V, F, V, F.
e) F, F, V, F, V.

47
Analise o gráfico a seguir.

Cinthia Marcelle, Sobre este mesmo mundo,


lousa e giz, 120 × 840 × 8 cm, 2010.

Na instalação da artista brasileira Cinthia Marcelle,


verifica-se um conjunto de elementos do cotidiano
escolar, como a lousa, o pó de giz e o apagador.
Com base nessa instalação e nos conhecimentos so-
bre arte contemporânea, considere as afirmativas a
seguir.
I. Ao atestar que é Sobre este mesmo mundo, a
instalação aponta para os sentidos das transfor-
mações do cotidiano escolar.
(SENE, E.; MOREIRA, J. C. Geografia Geral e do Brasil: espaço
geográfico e globalização. 2.ed. São Paulo: Scipione, 2013. p.36.)
II. O conjunto de elementos propostos e o modo
como eles estão dispostos indicam o caráter
temporal abordado pela instalação.
Com base no gráfico e nos conhecimentos sobre a
economia brasileira a partir de 1985, considere as III. A arte contemporânea desvela, por meio do que
afirmativas a seguir. lhe é próprio, o que é, ao mesmo tempo íntimo e
social, pessoal e cultural.
I. No Brasil dos anos 1990, uma linha telefônica IV. A produção de arte contemporânea, apartada de
fixa era considerada patrimônio pessoal, cuja toda a temporalidade que a precede, abandona
aquisição era inacessível à maioria da popula- os materiais tradicionais e elege a instalação
ção. como forma ideal da arte.
20 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

Assinale a alternativa correta. Observe a figura a seguir e responda às questões de 50 a


52.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

49
A tabela periódica classifica os elementos químicos
em períodos (faixas horizontais) e grupos (faixas ver-
ticais). Essa classificação mostra que elementos quí-
micos podem apresentar propriedades físicas e quí-
micas similares ou completamente diferentes em fun-
ção de sua localização na tabela periódica. Uma ob-
servação mais detalhada da charge, se inclinada a Figura 5
90◦ à direita, permite remeter a uma tabela periódica, Alex Flemming, Estação Sumaré, instalação,
pois indivíduos que fazem uso de celular apresentam fotografias e textos impressos com tinta vinílica sobre vidro,
comportamentos diferentes em relação ao indivíduo 44 peças de 1,75 m × 1,25 m cada, 1998.
que está lendo o livro.
50
Leia o texto a seguir.

Uma das obras de Alex Flemming é a instala-


ção realizada na Estação Sumaré do Metrô de
São Paulo, constituída por vinte e dois retratos
frontais, do tipo fotos para documentos de
identidade, impressos sobre vidro, contendo
vinte e dois poemas de autores brasileiros.
(Adaptado de: <http://www.metro.sp.gov.br/cultura/arte-
metro/livro-ital/arquivos/assets/downloads/publication.pdf>.
Acesso em: 12 maio 2016.)
De acordo com a imagem, foram atribuídas algumas
letras escolhidas arbitrariamente, mas que não cor- Sobre o trabalho de Flemming, considere as afirmati-
respondem aos símbolos dos elementos químicos na vas a seguir.
tabela periódica.
Sobre os conhecimentos acerca da classificação e I. O sentido da proposição de Flemming permane-
propriedade periódica dos elementos e em conso- ceria inalterado em museus e galerias de arte.
nância com a imagem, assinale a alternativa correta. II. A instalação remete à questão da identidade e,
a) Se os indivíduos designados pelas letras A e X repre- ao mesmo tempo, da alteridade.
sentam, respectivamente, Ca (Z = 20) e Sr (Z = 38), III. Embora a estação de metrô seja um espaço de
então o número de elétrons na camada de valência é trânsito, o artista evidencia outro modo de rela-
diferente para os dois elementos químicos. ção com ele, conferindo aos passantes e às ima-
b) Se o indivíduo designado pela letra F, que está lendo o gens a possibilidade de pertencimento.
livro, também faz uso de celular, então este elemento IV. As imagens em grande escala, para um espaço
comporta-se como um gás nobre. público determinado, resultam em uma instala-
c) Se os indivíduos designados pelas letras G e D repre- ção de impacto visual que sugere sentidos polí-
sentam, respectivamente, C (Z = 17) e Br (Z = 35), ticos sob forma plástica.
então D é maior e possui menor eletronegatividade
Assinale a alternativa correta.
que G.
d) Se os indivíduos designados pelas letras M e P repre- a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
sentam, respectivamente, Cr (Z = 24) e Mn (Z = 25), b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
então o número de elétrons na camada de valência é c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
o mesmo para os dois elementos químicos. d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Se os indivíduos designados pelas letras J e Y repre- e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
sentam, respectivamente, Sn (Z = 50) e Sb (Z = 51),
então J é menor e possui menor eletropositividade que
Y.
21 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

51 52
Leia o texto a seguir. Leia o texto a seguir.

Na supermodernidade, os lugares considera- A biometria é utilizada para a identificação pes-


dos identitários, relacionais e históricos são soal e apresenta as seguintes características:
diferentes dos não lugares, que se definem universalidade, imutabilidade, facilidade de co-
como grandes espaços de circulação e de pas- leta e aceitação pública. A utilização das im-
sagem das pessoas, a exemplo dos terminais pressões digitais para reconhecimento biomé-
de metrô, dos aeroportos, das estações, dos trico oferece segurança e eficácia, podendo
parques de lazer, das grandes cadeias de ho- substituir os cartões e as senhas que se usa
téis e de supermercados. Nos não lugares, o no dia a dia.
único rosto que se esboça e a única voz que (Adaptado de: MAZI, R. C.; PINO JUNIOR, A. Identifica-
toma corpo, no diálogo silencioso do indiví- ção biométrica através da impressão digital usando redes
duo com as paisagens, imagens, orientações neurais artificiais. Anais do XIV Encita. 2008.)
e propagandas, são os seus – rosto e voz de
uma solidão ainda mais desconcertante por- Suponha que esse processo seja constituído de duas
que evoca milhões de outras. etapas: na primeira, o usuário tem seu polegar digi-
(Adaptado de: AUGÉ, M. Não lugares: introdução a uma talizado e a imagem gerada é transformada em um
antropologia da supermodernidade. Campinas: Papirus, padrão matemático; na segunda, esse padrão é com-
2012. p.74-110.) parado em um banco de dados de usuários para se
determinar a quem pertence a imagem digitalizada.
O texto do antropólogo Marc Augé e a presença de Suponha também que o padrão matemático armaze-
obras de arte em uma estação de metrô remetem para nado seja a equação da elipse central presente no
a importância de estudos contemporâneos sobre as polegar direito e que o banco de dados de usuários
relações entre os indivíduos e os espaços da super- contenha as entradas a seguir.
modernidade, com intensa circulação de pessoas.
Com base na figura, no texto e nos conhecimen- Usuário Padrão matemático

tos socioantropológicos sobre as relações dos indi- Bento Alves 2(x − 2)2 + (y − 2 2
√1) 2 = sen (7)
víduos com os espaços denominados de não luga- 2
Egbert 2(x − 1) + (y − 2) = log3 (9)
res, na contemporaneidade, considere as afirmativas Macabéa (x − 1 − sen(3))2 +√(y − cos(3))2 = 2
a seguir. (y − 3)2 √
Marius (x − 1)2 + √ = 3+1
I. Na contemporaneidade, nos grandes espaços 3
5 √
por onde as pessoas circulam e transitam, o Olímpico 7(x − 1) + (y − 2)2 = 5 cos(0)
2
“estar junto” é feito de pura semelhança, sem 2
nós sociais para além daqueles que os agregam
Um desses usuários teve o polegar direito digitali-
como um somatório de indivíduos.
zado e as propriedades da elipse central E (ilustrada
II. Nos grandes locais de circulação, prevalecem na figura) são as seguintes:
as experiências sem precedentes de individuali-
dade solitária e de mediação não humana; suas • A elipse E passa pelo ponto (1, 0);
referências, na multidão, são os avisos, os pai-
néis, o outdoor ou a tela. • A elipse E não intercepta o eixo y;
III. Os grandes espaços públicos das cidades, por
• A elipse E intercepta o eixo x em apenas
onde os indivíduos passam, compram e se diver-
um ponto.
tem, formam um social orgânico e interdepen-
dente de relações sociais e de experiências que Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o
se complementam. usuário a quem pertence a digital.
IV. Nas superfícies da supermodernidade, onde
a) Bento Alves.
prevalece o intenso trânsito de pessoas, a ge-
ração de identidades sociais e culturais sobre- b) Egbert.
põe-se à atualidade e à urgência do momento. c) Macabéa.
d) Marius.
Assinale a alternativa correta. e) Olímpico.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

22 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017
Observe a charge a seguir e responda às questões de 53 c) Os liberais exaltados eram proprietários rurais, inte-
a 55. grantes do exército e classe média urbana, que defen-
diam a descentralização do poder imperial e a autono-
mia das províncias.
d) Os liberais moderados, ou chimangos, eram comer-
ciantes portugueses, aristocratas e integrantes da alta
patente do exército, que defendiam a volta do ex-impe-
rador e a autonomia das províncias.
e) Os restauradores, ou caramurus, eram membros do
setor rural abolicionista e intelectuais da classe média;
defendiam as reformas socioeconômicas que visavam
à expulsão do ex-imperador.

55
Leia o texto a seguir.

O começo aqui foi muito difícil para nós. O


pior foi a adaptação. Vocês conheceram nossa
maravilhosa moradia em Berlim-Dahlen e iam
Figura 6 se assustar vendo em que primitividade vive-
mos agora. Moramos em uma casa de ma-
(Disponível em: <http://xicosa.blogfolha.uol.com.br/
deira com cozinha, sala e dois pequenos quar-
files/2014/02/AngeliIdeologia.gif>. Acesso em: 20 abr. 2016.)
tos, um para mim e nosso filho adotivo Bobby,
o outro para a minha esposa, a filha dela Magdi
53 e Marlies, filha adotiva.
Na charge, existe a dúvida do que é esquerda e do
(BEHREND, S. Carta de Rudolf Isay. 1936. NDPH-UEL.)
que é direita, porém um dos mais importantes fenô-
menos do processo embrionário dos animais é o A desestruturação da vida cotidiana na Alemanha,
desenvolvimento dos três eixos corporais, entre os após 1932, expressa na carta do jurista Rudolf Isay,
quais o eixo direito-esquerdo. Com raras exceções, deveu-se à ascensão de um partido
todo embrião animal desenvolve esses eixos embrio-
nários, que definem a estrutura corporal do futuro or- a) comunista, porém rompido com a URSS.
ganismo. b) fascista, acrescido de elementos eugênicos.
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, c) liberal, de ideais oligárquicos.
em que momento, nos seres humanos, o eixo direito-
-esquerdo é definido durante o desenvolvimento em- d) socialista, vinculado à Internacional Comunista.
brionário. e) trabalhista, fundamentado no marxismo inglês.
a) Durante a fase de clivagem.
b) Durante a formação da blástula.
c) Na gastrulação.
d) Na histogênese.
e) No estágio de mórula. R
54 A
Sob o ponto de vista das ideias, foram diversas as
correntes políticas que atuaram no período regencial S
no Brasil (1831-1840).
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente,
C
os integrantes e suas posições político-ideológicas. U
a) Os cabanos situavam-se na região norte do país,
eram administradores das províncias, corporações do
N
exército local e elite dos comerciantes portugueses; H
defendiam o retorno da família imperial.
b) Os farroupilhas eram pequenos proprietários rurais e
O
comerciantes, representavam o setor mais conserva-
dor do grupo dos chimangos; postulavam o retorno da
monarquia com a imposição de medidas centralizado-
ras.
23 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017
Leia a tirinha e o texto II a seguir e responda às questões 57
de 56 a 58. Leia o texto a seguir.

Esclarecimento é a saída do homem de sua


menoridade, da qual ele próprio é culpado. A
menoridade é a incapacidade de fazer uso do
seu entendimento sem a direção de outro indi-
víduo ... Sapere Aude! Tem coragem de fazer
uso de teu próprio entendimento, tal é o lema
do esclarecimento.
(KANT, I. Resposta à pergunta: que é ‘Esclarecimento’
(‘Aufklärung’). Trad. Floriano de Souza Fernandes, 2.ed.
Petrópolis: Vozes, 1985. p.100-117.)

Tendo em vista a compreensão kantiana do Esclareci-


mento (Aufklärung) para a constituição de uma com-
preensão tipicamente moderna do humano, assinale
a alternativa correta.
a) Fazer uso do próprio entendimento implica a destrui-
ção da tradição, na medida em que o poder da tradi-
ção impede a liberdade do pensamento.
Figura 7
b) A superação da condição de menoridade resulta do
(Disponível em: <http://xicosa.blogfolha.uol.com.br/ uso privado da razão, em que o indivíduo faz uso res-
files/2014/02/AngeliIdeologia.gif>. Acesso em: 20 abr. 2016.) trito do próprio entendimento.
Texto II c) A saída da menoridade instaura uma situação dura-
Exercita-te primeiro, caro amigo, e aprende o que é preciso doura, pois as verdadeiras conquistas do Esclareci-
conhecer para te iniciares na política; antes, não. Então, pri- mento se afiguram como irreversíveis.
meiro precisarás adquirir virtude, tu ou quem quer que se dis- d) A menoridade é uma tendência decorrente da natu-
ponha a governar ou a administrar não só a sua pessoa e reza humana, sendo, por esse motivo, superada no
seus interesses particulares, como a cidade e as coisas a ela Esclarecimento, com muito esforço.
pertinentes. Assim, o que precisas alcançar não é o poder
e) A condição fundamental para o Esclarecimento é a li-
absoluto para fazeres o que bem entenderes contigo ou com
berdade, concebida como a possibilidade de se fazer
a cidade, porém justiça e sabedoria.
uso público da razão.
(PLATÃO, O primeiro Alcebíades. Trad. Carlos Alberto Nunes. Belém:
EDUFPA, 2004. p.281-285.) 58
56 Otávio tornou-se o primeiro imperador no período do
Com base na tirinha, no texto II e nos conhecimentos alto império romano e a Pax romana impôs militar-
sobre a ética e a política em Platão, assinale a alter- mente seu domínio hegemônico no cotidiano de di-
nativa correta. ferentes povos da região norte da África e de grande
parte da Europa.
a) A virtude individual terá fraca influência sobre o go- Com base nos conhecimentos sobre o Império Ro-
verno da cidade, já que a administração da cidade in- mano sob o governo de Otávio, considere as afirma-
depende da qualidade de seus cidadãos. tivas a seguir.
b) Justiça, sabedoria e virtude resultam da opinião do le-
gislador sobre o que seria melhor para a cidade e para I. Quando Otávio se tornou o primeiro romano a
o indivíduo. congregar o título de Augusto, implantou-se o
c) O indivíduo deve possuir a virtude antes de dirigir a culto ao governante, diferentemente dos dirigen-
cidade, pois assim saberá bem governar e ser justo, tes anteriores.
já que se autogoverna. II. Otávio buscou interferir no cotidiano dos roma-
d) Para se iniciar em política, primeiro é necessário o po- nos ao incentivar a constituição de famílias nu-
der absoluto para fazer o bem para a cidade e a si merosas e impor punição às mulheres adúlteras.
próprio. III. Sob seu governo, estabeleceu-se uma diferença
e) Todo conflito desaparece em uma cidade se a virtude dos governos anteriores pelo sistema de coleta
fizer parte da administração, mesmo que o dirigente de impostos, pois o Estado assumiu o papel que
não a possua. era dos publicanos.
24 / 25
UEL – VESTIBULAR 2017

IV. A organização social dos romanos distribuídos a) 11 mil


em ordens sociais foi revisada e implantou-se a b) 22 mil
hereditariedade como critério privilegiado da di-
ferenciação. c) 27 mil
d) 31 mil
Assinale a alternativa correta.
e) 33 mil
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. 60
Leia o texto a seguir.
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. Uma parte considerável dos novos ativistas já
compareceu a protestos e a encontros presen-
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
ciais, mas há muitos que se manifestam exclu-
59 sivamente na Internet sob a forma de textos,
Com a finalidade de se calcular a quantidade de pes- hashtags e vídeos. E o volume de informação
soas presentes em manifestações sociais em deter- produzido por eles sinaliza a centralidade que
minado trecho urbano, são utilizadas diferentes me- a política assumiu no dia a dia dos brasileiros.
todologias, sendo que uma delas consiste em quatro (Adaptado de: CIRNE, S. Somos todos ativistas. Galileu.
etapas: abr. 2016. p.41.)

1. estabelece-se a área A (em m2 ) da região deli- As formas de ativismo on-line e off-line, no Brasil, de-
mitada pelo trecho da manifestação; monstram a emergência, na sociedade civil, de novos
2. posicionam-se alguns fiscais que ficam respon- atores políticos, que se articulam por meio de ações
sáveis, cada um, por uma sub-região fixa e ex- coletivas em rede.
clusiva do trecho urbano, a fim de coletar, de Com base no texto e nos conhecimentos sobre as re-
maneira simultânea e periódica, quantas pes- centes formas de mobilização dos atores da socie-
soas se encontram em sua sub-região no mo- dade civil, assinale a alternativa correta.
mento de cada medição; a) As ações coletivas em rede podem ser comparadas
3. calcula-se a média M de todas as medições rea- aos movimentos sindicais brasileiros da década de
lizadas por todos os fiscais; 1970, por adotarem práticas de organização e de mo-
bilização em defesa da esfera privada contra a opres-
4. ao final, declara-se que há A · M pessoas pre-
são estatal.
sentes na manifestação.
b) As manifestações políticas organizadas em redes de
Suponha que uma manifestação ocorreu na região movimentos caracterizam-se pela participação de di-
hachurada dada pelo setor de uma coroa circular de versos grupos e de múltiplos atores imersos na vida
centro O (conforme figura) e que foi observada por cotidiana, com militância parcial e efêmera.
3 medições com 2 fiscais cada, cujas tabelas dos da-
c) O atual ativismo político no Brasil, a exemplo do
dos coletados encontram-se a seguir.
mundo, mobiliza entidades e organizações ideologica-
mente unificadas e com práticas comuns no mercado,
Medição 1 Medição 2 Medição 3
a fim de obter vantagens coletivas trabalhistas e sala-
Fiscal 1 3 3 4
riais.
Fiscal 2 2 4 5
d) O ciberativismo, na contemporaneidade, envolve,
como no passado, a mobilização das grandes classes
e a afirmação do movimento operário como principal
protagonista das transformações socioeconômicas.
e) Os sujeitos dos movimentos favoráveis às políticas
neoliberais, na atualidade brasileira, organizam-se em
rede para a defesa da intervenção e da regulação da
economia e das relações de trabalho, pelo Estado.

Considerando essa metodologia e a aproximação


22
π≈ , assinale a alternativa que apresenta, corre-
7
tamente, a quantidade de pessoas que estiveram pre-
sentes na manifestação, naquele trecho.
25 / 25

SULPHLUDIDVHFRQKHFLPHQWRVJHUDLV3529$

1 6 ; < : = ø Ć - ;  8 ) : )  )  8 : 7 > ) "


 +WVNQZIIJIQ`W[M]VWUMMVīUMZWLMQV[KZQĘĔW  )8ZW^IĚKWUXW[\ILM[M[[MV\IY]M[\ĦM[
)[[QVMVWTWKITQVLQKILW WJRM\Q^I[LMUīT\QXTIM[KWTPIMUY]MPĒ[WUMV
 \M]UIIT\MZVI\Q^IKWZZM\I<ZIV[KZM^IXIZIW
 >MZQNQY]M [M W[ LILW[ QUXZM[[W[ VW +IZ\ĔW +IZ\ĔW:M[XW[\IWZM[]T\ILWY]MR]TOIZKWZZM\W
:M[XW[\IKWZZM[XWVLMUIW[[M][+I[WPIRI MU KILI Y]M[\ĔW XZMMVKPMVLW W ZM\ēVO]TW
ITO]UI QZZMO]TIZQLILM KWU]VQY]MI QUMLQI\I KWZZM[XWVLMV\M KWU KIVM\I M[NMZWOZĒNQKI
UMV\MIW.Q[KITLI8ZW^I \ZIV[XIZMV\MLM\QV\IXZM\IW]Ib]TM[K]ZI

 6ĔW[MZĔWXMZUQ\QLW["MUXZĚ[\QUW[LMUI\MZQIQ[#  )L]ZIĘĔWLM[\I8ZW^I[MZĒLMY]I\ZWPWZI[


KWV[]T\I[MKWU]VQKIĘĔWMV\ZMW[KIVLQLI\W[# RĒQVKT]ĞLWW\MUXWLM[\QVILWIWXZMMVKPQUMV\W
][W LM TQ^ZW[ IXW[\QTI[ M IXWV\IUMV\W[ LW+IZ\ĔW:M[XW[\I
:MTĤOQW[ M IXIZMTPW[ MTM\ZĥVQKW[ MU OMZIT
LM^MZĔW [MZ LM[TQOILW[ M KWTWKILW[ VW [IKW  6W+IZ\ĔW:M[XW[\IIV]TIUIY]M[\ĔW"UIZKIZ
XTĒ[\QKWNWZVMKQLWXMTW.Q[KIT UIQ[LM]UIIT\MZVI\Q^IKWZZM\IZI[]ZIZW]
XZMMVKPMZ ITĚU LW[ TQUQ\M[ LW ZM\ēVO]TW
 )O]IZLM I]\WZQbIĘĔW XIZI IJZQZ W +ILMZVW LM LM[\QVILW XIZI KILI UIZKIĘĔW 6ĔW PI^MZĒ
8ZW^I)V\M[LMQVQKQIZI8ZW^IKWVNQZIIQUXZM[ []J[\Q\]QĘĔWLW+IZ\ĔW:M[XW[\IXWZMZZWLM
[ĔW M I XIOQVIĘĔW M MU KI[W LM Y]ITY]MZ XZMMVKPQUMV\W
QZZMO]TIZQLILM KWU]VQY]MI QUMLQI\IUMV\M IW
.Q[KIT ! )WKWVKT]QZIXZW^IXMZUIVMĘIMU[M]T]OIZM
KWU]VQY]MIW.Q[KIT)O]IZLMI]\WZQbIĘĔWXIZI
 )QV\MZXZM\IĘĔWLI[Y]M[\ĦM[ĚXIZ\MLWXZWKM[ LM^WT^MZMU[MXIZILWW+ILMZVWLM8ZW^IMW
[WLMI^ITQIĘĔWVĔW[MVLWXMZUQ\QLI[XMZO]V +IZ\ĔW:M[XW[\ILM^QLIUMV\MI[[QVILW[
\I[IW.Q[KIT
O tema desta prova é: Vida/Morte.

Analise a figura 1 a seguir e responda às questões de 1 a 2


6. Leia o texto a seguir.
A produção de Rivane Neuenschwander caracteriza-se
por uma atenção incomum ao detalhe. É um olhar que im-
plica inclinar-se, deslocar-se do ponto de vista cotidiano
de um bípede ereto, ver o chão e vê-lo de perto, sempre
através de uma lente de aumento. [...] Opera-se uma mu-
dança de escala, não na imagem, mas em nosso ponto
de vista, em nossa percepção.
(Adaptado de: ZACCAGNINI, C. Rivane Neuenschwander. In:
PEDROSA, A. (org.) Através: Inhotim. Brumadinho, MG: Instituto Inho-
tim, 2008, p. 310.)

Com base no texto, na figura 1 e nos conhecimentos


sobre arte contemporânea, assinale a alternativa cor-
reta sobre o trabalho de Rivane Neuenschwander.
Figura 1 a) Constitui um circuito a partir do qual é possível conferir
(Rivane Neuenschwander, Mal-entendido, casca de ovo, areia, água, vidro e no cotidiano as relações que até então eram invisíveis.
fita mágica, 2000.)
b) Requer que a percepção seja ativada por um movi-
mento, e isso resulta em olhar para o mundo de modo
1
acelerado.
A observação da figura 1 permite constatar que a parte
do ovo submersa aparenta ser maior que aquela que c) Demonstra a alteração do campo perceptual de modo
está fora d’água. que o ponto de vista cotidiano apreenda os grandes
Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, eventos.
os princípios físicos que explicam o efeito da amplia- d) Repercute os sentidos da vida cotidiana ligados à ali-
ção mencionada. mentação e, por essa razão, nos apresenta elementos
a) O copo funciona como uma lente divergente, sendo advindos dela.
que os raios refletidos do ovo passam de um meio me- e) Sugere que os objetos presentes no cotidiano, como
nos refringente (água) para um meio mais refringente texto, copo, água e ovo, são obras de arte.
(ar).
b) O copo funciona como uma lente convergente, sendo
que os raios refletidos do ovo passam de um meio
mais refringente (água) para um meio menos refrin-
gente (ar).
c) O copo funciona como uma lente divergente e, neste
caso, para o ovo (objeto real), a lente proporciona ao
observador a formação de uma imagem real, invertida
e ampliada.
d) O copo funciona como uma lente convergente e, neste
caso, para o ovo (objeto real), a lente proporciona ao
observador a formação de uma imagem real, direita e
R A S
C U N
ampliada.

H O
e) O copo funciona como uma lente convergente e, neste
caso, para o ovo (objeto real), a lente proporciona ao
observador a formação de uma imagem virtual, inver-
tida e ampliada.

R A S
C U N
H O
1 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

3 4
O ovo consiste de casca, gema e clara. A casca é for- Leia o texto e observe a figura a seguir.
mada fundamentalmente por carbonato de cálcio; a
O corpo da galinha sabe muito de geometria. Foi o ovo
gema, por água, lipídeos, proteína, glicose e sais mi-
que me contou. Porque o ovo é um objeto geométrico
nerais; a clara, basicamente, por proteína (albumina).
construído segundo rigorosas relações matemáticas. A
O simples fato de inserir um ovo em um meio aquoso
galinha nada sabe sobre geometria, na cabeça. Mas o
e depois submetê-lo ao aquecimento nos remete a
corpo dela sabe. Prova disso é que ela bota esses as-
alguns conceitos de química que podem ser explo-
sombros geométricos. Sabe muito também sobre anato-
rados cotidianamente. Sabe-se que, se um ovo for
mia. O ovo não é uma esfera.
aquecido em vinagre (4,5% de CH3 COOH), a chance
de trincar a casca é pequena devido à (ALVES, R. O ovo. Correio Popular, Caderno C, 3 fev. 2002.)

reação de _________ deixando a casca com maior


elasticidade. O ovo é aumentado se colocarmos em
contato com vinagre por um determinado tempo de-
vido a um processo chamado de _________. Se um
ovo próprio para consumo for inserido em água sal-
gada, diferentemente do que ocorre em água pura,
ele flutua porque _________. Se for colocado em so-
lução saturada de sacarose, o ovo afunda devido a
um processo chamado de _________. Um ovo, com
o passar do tempo, perde água de seu interior pelos
poros da casca por um processo de _________. E,
se colocarmos um ovo podre em água pura, ele irá
_________.
Assinale a alternativa que preenche correta e respec- Dois valores positivos são necessários para descre-
tivamente as lacunas. ver a geometria de um ovo: R e L . Em função des-
a) CaCO3 com CH3 COOH, formando acetato de cálcio tes, o volume total V do ovo é dado pela expressão
e ácido carbônico; osmose; a densidade da água sal- V = πR2 L. Suponha que um ovo flutue em um
gada é maior do que a da água pura; osmose; vapo- copo d’água, conforme indicado na figura. Um mate-
rização; flutuar porque sua densidade é menor que a mático determina que o volume S da parte submersa
da água. do ovo, em função da altura h > 0 da parte que se
encontra acima d’água, é dado pela equação a seguir.
b) CaCO3 com lipídeos, formando ácido graxo e ácido
carbônico; osmose reversa; a densidade da água sal- πR2

1

gada é menor que a da água pura; osmose; osmose; S= L2 − h2
L 2
afundar porque sua densidade é maior que a da água.
c) CaCO3 com proteína, formando aminoácido e ácido Considerando as equações, assinale a alternativa que
carbônico; osmose; a densidade da água salgada é apresenta, corretamente, o valor de h , sabendo que
menor que a da água pura; osmose; vaporização; afun- o volume da parte submersa corresponde a 80% do
dar porque sua densidade é menor que a da água. volume total do ovo.
d) CaCO3 com CH3 COOH, formando ácido graxo e ácido a) L
carbônico; osmose; a densidade da água salgada é
b) 0, 2L
maior que a da água pura; osmose; osmose; flutuar,
pois sua densidade é maior que a da água. c) 0, 8L

e) CaCO3 com CH3 COOH, formando acetato de cálcio e 8
d) L
água; osmose reversa; a densidade da água salgada 10

é maior que a da água pura; osmose reversa; vapo- 10
rização; flutuar, pois sua densidade é maior que a da e) L
5
água.

R A S
R A S C U N
C U N H O
H O
2 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

5 c) Segundo a hipótese autotrófica, os primeiros seres vi-


As células-ovo, ou zigoto, possuem substâncias nu- vos, por serem muito simples, não teriam mecanis-
tritivas armazenadas no citoplasma, que constituem mos celulares desenvolvidos para capacitá-los a pro-
o vitelo. Assinale a alternativa que relaciona correta- duzir substâncias alimentares, obrigando-os a utilizar
mente as células-ovo à quantidade e distribuição do as substâncias disponíveis no meio.
vitelo, aos grupos animais que as apresentam e ao d) É preconizado pela hipótese heterotrófica que a par-
tipo de segmentação. tir da energia consumida por reações químicas entre
a) Ovos isolécitos, que possuem pouco vitelo distribuído componentes orgânicos da crosta terrestre, os primei-
de maneira uniforme, estão presentes em mamíferos ros seres vivos produziam suas próprias substâncias
e apresentam segmentação holoblástica. alimentares.
b) Ovos heterolécitos, que possuem uma quantidade gran- e) Para a hipótese autotrófica, com a formação da ca-
de de vitelo restrita à região central, estão presentes mada de ozônio na estratosfera, por consequência da
nos moluscos e apresentam segmentação meroblás- presença do gás oxigênio na atmosfera terrestre, os
tica. seres vivos, antes restritos aos ambientes aquáticos,
c) Ovos telolécitos, que possuem pouco vitelo distribuído passaram a colonizar ambientes de terra firme.
de maneira uniforme, estão presentes em anelídeos e
Leia o texto, analise a figura a seguir e responda às ques-
apresentam segmentação superficial.
tões 7 e 8.
d) Ovos centrolécitos, que possuem uma quantidade mo-
derada de vitelo distribuída de maneira uniforme, es- A Peste Negra, ou Morte Negra, era assim cha-
tão presentes nos anfíbios e apresentam segmenta- mada porque no seu desenvolvimento provo-
ção holoblástica. cava hemorragias subcutâneas, que assumiam
uma coloração escura no momento terminal da
e) Ovos mesolécitos, que possuem uma grande massa
doença. A morte dava-se entre três e sete dias,
de vitelo na região central, estão presentes nos inse-
depois de contraída a patologia, e levava de
tos e apresentam segmentação meroblástica.
75 a 100% dos acometidos. O agente cau-
6 sador da peste era transmitido pelo rato, por
Leia o texto a seguir. meio das pulgas e sua penetração na pele hu-
mana causava uma adenite aguda, que rece-
A determinação de um ambiente propício à origem da bia o nome de “bubão”, principal sintoma da
vida na Terra divide as opiniões dos cientistas. Uns de- doença. Daí também o nome de peste bubô-
fendem que o surgimento da vida teria ocorrido, por exem- nica.
plo, na sopa primitiva dos oceanos, em superfícies de mi-
(SIMONI, K. De peste e literatura: imagens do Decameron
nerais de argila, ou então em sistemas hidrotermais, so-
de Giovanni Boccaccio. Anuário de Literatura Umbral.
los, atmosfera, lagos e ilhas vulcânicas. Vale a ressalva
Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/
de que a presença de determinados compostos químicos
article/viewFile/5447/4882>. Acesso em: 27 jun. 2017.)
em meteoritos aponta ainda uma contrariedade em rela-
ção à concepção de que o universo é pobre em matéria
orgânica.
(Adaptado de: FERREIRA, S; ALVES, M, I, C; SIMÕES, P. P . Ambien-
tes e Vida na Terra – os primeiros 4.0 Ga. Estudos do Quaternário, 5,
APEC, Porto, 2008, p. 99–116.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre teo-


rias da origem da vida, assinale a alternativa correta.

a) A teoria da geração espontânea, ou biogênese, por


considerar a multiplicidade de formas de vida exis-
tente, defende a concepção atualmente aceita, segun-
do a qual seres vivos podem surgir por mecanismos
que não sejam através da reprodução.
b) Para a Panspermia, a vida na Terra é resultado de
Figura 2: A dança macabra. Xilogravura italiana de 1486.
processos químicos em que compostos orgânicos se
combinaram formando moléculas inorgânicas comple- (FRANCO JUNIOR, H. A idade Média, nascimento do Ocidente. SP:
xas, as quais deram origem aos seres vivos com ca- Brasiliense, 2006. p. 30.)
pacidade de reprodução.

3 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

7 9
A Peste Negra, que atingiu a Europa no séc. XIV, es- Pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz)
palhou o pânico e transformou a maneira como se afirmam que o vírus responsável pelo atual surto de
concebia a morte. A Dança Macabra, expressão ar- febre amarela no Brasil tem sofrido variações genéti-
tística surgida nesse período, representava temas fú- cas inéditas. A primeira epidemia de febre amarela no
nebres e sombrios, como a decrepitude dos corpos Brasil ocorreu em Recife, procedente do continente
já em forma cadavérica ou esquelética. Ao chamar africano no século XVII. Em 2017, encontra-se distri-
a atenção para a fragilidade e a finitude da vida, su- buído no território brasileiro, como mostra o mapa.
geria que todos, independentemente de sua posição
social, haviam de compartilhar o mesmo destino.
Com base na figura 2, nos textos e nos conhecimen-
tos sobre a Baixa Idade Média, assinale a alternativa
correta.
a) Em uma sociedade dividida em ordens, a Dança Ma-
cabra foi interpretada como uma crítica social que ni-
velava os estamentos em face do fenômeno da morte.
b) Na gravura, dois personagens são conduzidos por fi-
guras macabras, revelando que, devido às péssimas
condições de vida, os camponeses eram os que mais
temiam a morte.
c) Na maioria dos países, a epidemia de Peste Negra as-
solou burgos e castelos, mas preservou os campone-
ses do contágio, por estarem eles isolados no campo.
d) Por viverem nos mosteiros, os membros da Igreja fo-
ram poupados da Peste Negra, reforçando a imagem
do clero como estamento de origem divina.
e) Devido ao grande número de vítimas da Peste Negra,
a sociedade na Baixa Idade Média se tornou indife-
rente à morte, entendendo-a apenas como uma pas-
(Ministério da Saúde / Secretaria de Vigilância da Saúde
sagem à vida eterna.
Disponível em:
8 <http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/marco/
Com base no texto, assinale a alternativa que apre- 18/Informe-especial-COES-FA.pdf>. Acesso em: 9 jun. 2017.)
senta, corretamente, o agente etiológico e o modo de
transmissão da Peste Negra. Com base no mapa e nos conhecimentos geográficos
sobre a febre amarela, assinale a alternativa correta.
a) Um protozoário, adquirido pelo contato com as fezes
da pulga que defeca ao picar. a) O surto de febre amarela no ano de 2017 atingiu as
duas metrópoles nacionais da região sul do país.
b) Uma bactéria, transmitida através da picada da pulga
contaminada. b) Os fatores climáticos como temperatura, umidade e
duração da estação chuvosa têm implicações na dis-
c) Um protozoário, transmitido pela saliva da pulga con-
seminação da febre amarela no interior do país.
taminada.
c) A febre amarela está restrita aos municípios locali-
d) Uma bactéria, adquirida pelo contato com as fezes da
zados nos domínios morfoclimáticos Amazônico e de
pulga através do ferimento da picada.
Cerrado.
e) Um vírus, transmitido pela picada da pulga contami-
d) A expansão do vírus em direção ao interior chegou
nada.
ao oeste paulista devido à presença de condomínios
próximos a reservas florestais.
e) A recomendação temporária para a vacinação é para
os três estados mais populosos do país: Espírito Santo,
R A S Bahia e Rio Grande do Sul.

C U N
H O
4 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

10
Em uma população totalmente suscetível a uma doen-
ça infecciosa, o número de novas infecções C(n), no
instante de tempo n, cresce em progressão geomé-
trica de razão q > 0. Isto é, C(n) = C0 q n , onde n
é expresso em uma certa unidade de medida e C0 é
a quantidade de infectados no instante inicial n = 0.
A seguir, é apresentada uma tabela com exemplos.

q Unidade de medida
Doença

Sarampo 15 4 dias
Difteria 6 4 dias (Cena da peça A classe morta, Tadeusz Kantor, 1975.
SARS 5 10 dias Imagem disponível em:
Influenza (cepa pan- 3 7 dias <http://www.caleidoscopio.art.br/cultural/teatro/teatro-
dêmica de 1918) contemporaneo/tadeusz-kantor-fases-a-classe-morta-parte-
Ebola (surto de 2 2 semanas quatro.html>. Acesso em: 28 maio
2014) 2017.)
(Adaptado de:
<https://en.wikipedia.org/wiki/Basic_reproduction_number>. Acesso Com base no texto, na figura e nos conhecimentos
em: 25 maio 2017.) sobre o teatro, na relação entre obra e contexto e na
arte contemporânea, considere as afirmativas a se-
Suponha que uma cidade totalmente suscetível, na guir.
Europa medieval, tenha sido tomada pela Peste Ne-
I. A proposição teatral de Kantor se dá de acordo
gra, que se iniciou com C0 = 15 infectados.
com a ideia de mimesis e, para ele, a função do
Considerando que, em 8 dias, a soma de infectados
teatro é demonstrar, a partir da definição das
desde o início da infestação totalizou 195 pessoas e
personagens e das suas falas, o modo como o
que a unidade de medida seja de 4 dias, assinale a
homem e a arte se constituem na vida cotidiana.
alternativa que apresenta, corretamente, a razão q .
II. É perceptível, na disposição dos objetos em cena
a) 2
e dos atores, o modo como o autor evoca o sen-
b) 3 tido de vida e morte, intensificado pela atmos-
c) 5 fera criada por esses elementos.
d) 6 III. A concepção teatral de Kantor considera o texto
não como determinante de toda ação, mas como
e) 10
guia; nesse sentido, o processo de construção
11 da peça é um fator importante, ficando de lado a
Leia o texto e observe a figura a seguir. representação da vida e, em jogo, sua presenti-
ficação.
Para Tadeusz Kantor (Polônia, 1915-1990), nada expressa
melhor a vida do que a ausência de vida, sendo a morte IV. Em A classe morta, a morte é elevada à condição
um processo que está muito distante do religioso-sobre- de elemento estético e, como elemento, consti-
natural. Ela é a condição finita da temporalidade que fun- tui um processo criativo que nada tem de sobre-
damenta o sentido da existência e que permeia o tempo natural e se institui como realidade sensível.
todo a vida humana. Em sua concepção, o teatro se
Assinale a alternativa correta.
constrói na ação e não pelo aparato de reprodução literá-
ria. Um texto dramático, não fechado, não conclusivo. a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
(Adaptado de: CINTRA, W. F. A. A morte como poética no teatro de
Tadeusz Kantor. In: VI Congresso de Pesquisa e Pós-Graduação em c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
Artes Cênicas, 2010.) d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

5 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

Leia a charge a seguir e responda às questões 12 e 13. b) Os novos movimentos sociais têm apresentado como
grandes traços a heterogeneidade dos atores envolvi-
dos, a valorização das adesões individuais e as ali-
anças pontuais independentes do pertencimento de
classe.
c) O liberalismo econômico é o referencial teórico dos
movimentos contra a globalização, revelando a des-
crença geral com os grandes projetos inspirados nos
ideais socialistas e o fim das grandes narrativas.
d) Para teóricos do “fim da linha” ou do “fim da histó-
ria”, a pós-modernidade está marcada pela ausência
de perspectivas para superar a cristalização de valo-
res, práticas e projetos sociais defendidos na época
Figura 3 da modernidade.
(Adaptado de: <http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/rolmops-e- e) O “fim da linha” é o reconhecimento de que os valores
catchup/wp-content/uploads/sites/71/2015/03/15-março1-650x329.jpg>. criados pela modernidade foram cumpridos, restando
Acesso em: 10 maio 2017.) às novas gerações, garanti-los sem alterações signifi-
cativas.
12 14
Com base na figura 3 e nos conhecimentos sobre o Observe a figura a seguir.
atrito e as Leis de Newton, assinale a alternativa cor-
reta.
a) Quando um corpo se movimenta em relação a outro,
a força de atrito aparece sempre no sentido direto à
tendência de movimento.
b) No final da caminhada (figura 3), a pessoa que está na
frente fica parada sem escorregar, pois a Fatmax = µe
mg sen θ e portanto µe = tg−1 θ.
c) Se por algum motivo (na figura 3), quem está atrás
puxasse quem está na frente, a Fat estaria no mesmo
sentido do “puxão” para quem aplicou a força.
d) Podemos afirmar que a força de atrito é proporcional
à força normal e independente da área de contato.
e) No final da caminhada, a pessoa que está na frente
está sujeita a uma Fat , e, para que esta seja máxima,
devemos ter Fatmax = µe mg senθ. (Disponível em: <http://misturaurbana.com/2015/11/dupla-osgemeos-criam-
arte-em-homenagem-ao-desastre-de-mariana-mg-e-cobram-acoes/>.
13 Acesso em: 25 abr 2017).
Na figura 3, o “fim da linha” é também uma metá-
fora para interpretações como aquelas que defendem Na figura, é possível observar um aparelho de TV,
que a sociedade atual encontra-se no “fim da his- que se comporta como um corpo maciço que supos-
tória”, tese popularizada por Francis Fukuyama, ou tamente flutua em equilíbrio sobre a lama. Nessas
diante do “fim das utopias”, formulada por autores condições, é correto afirmar que a TV flutua porque
como Anthony Giddens e Zigmunt Baumann. Este
a) a massa específica do aparelho de TV é maior que a
debate teórico e social coloca no centro da reflexão
massa específica da lama.
temas como modernidade, mudanças e movimentos
sociais. b) o volume de lama deslocado (Vl ) é igual ao volume
Sobre o contexto sociopolítico e os fundamentos pre- total do aparelho de TV (Vtv ).
sentes nesse debate, assinale a alternativa correta. →

c) o módulo do seu peso ( P ) é igual ao módulo do em-


a) Os protestos coletivos urbanos, a partir dos anos 1990, puxo ( E ) exercido pela lama.
quando ocorrem, demonstram ser uma ferramenta po- d) a densidade do aparelho de TV é maior que a densi-
lítica empregada primordialmente pelos indivíduos mais dade da lama.
pobres e menos escolarizadas. →

e) o módulo do empuxo ( E ) exercido pela lama é maior


que o módulo do seu peso ( P ).

6 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

15 Leia o texto a seguir e responda às questões 16 e 17.


A mineração tem provocado acidentes com consequên-
cias socioambientais, como é o caso da catástrofe O rompimento da barragem da Samarco em
decorrente do rompimento da barragem da Samarco novembro de 2015 em Mariana (MG) é um dos
em Mariana (MG). maiores desastres do século XXI, considerando
Com base nos conhecimentos sobre a tragédia de o volume de rejeitos despejados no meio am-
Mariana e o meio ambiente, atribua V (verdadeiro) ou biente.
F (falso) às afirmativas a seguir. Pesquisadores apontam que o resíduo sólido
da barragem é constituído por Goethita 60%,
( ) A onda de lama, que atingiu populações ribei- Hematita (óxido de ferro) 23%, Quartzo (SiO2 )
rinhas, deslocou-se pelo rio Doce atravessando 11,0%, Caulinita Al2 Si2 O5 (OH)4 5,9% e al-
municípios mineiros e capixabas até alcançar sua guns metais, tais como bário, chumbo, crômio,
foz no oceano Atlântico. manganês, sódio, cádmio, mercúrio e arsênio.
( ) A ruptura da barragem do Fundão à jusante atin- (Adaptado. Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br/
giu também a de Santarém à montante, causan- geral/noticia/2016-01/desastre-em-mariana-e-o-maior-acidente-
do-lhe sérias avarias e impactos ambientais. mundial-com-barragens-em-100-anos>. Acesso em: 26
( ) O mineral de ferro extraído pela mineradora era abr 2017.)
transportado, na forma pastosa, por minerodu-
tos até o Espírito Santo, dispensando o trans- Dados: Massas atômicas de: Fe = 56 u; O = 16 u;
porte por estradas ou ferrovias. Si = 28 u; Al = 27 u; H = 1 u.

( ) O Quadrilátero Ferrífero é uma região localizada 16


no centro-sul de Minas Gerais, cuja estrutura geo- Sendo a Hematita composta por 70% de ferro, assi-
lógica é formada por rochas do período pré-cam- nale a alternativa que apresenta, corretamente, sua
briano (era Proterozoica). fórmula molecular.
( ) A onda de rejeitos que atingiu o distrito de Bento a) FeO
Rodrigues provocou a migração pendular para a b) Fe3 O4
Região Metropolitana, com subsídio da empresa
mineradora. c) Fe2 O3
d) Fe2 O4
Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo,
a sequência correta. e) Fe3 O2

a) V, F, V, V, F 17
b) V, F, V, F, F Se a Caulinita possui um teor de 21,7% de silício, as-
sinale a alternativa que apresenta, corretamente, a
c) V, V, F, F, V porcentagem total de silício no resíduo sólido da bar-
d) F, V, F, V, F ragem.
e) F, F, V, F, V a) 1,1
b) 2,5
c) 3,4
d) 5,0
e) 6,4

R A
S C R A
U N S C
H O U N
H O

7 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

18 em deslocamento, o diretor estabelece um outro modo de


Leia o texto a seguir. fruição no teatro. Ao contrário de um lugar fixo e deter-
minado para o espectador, ele o coloca em movimento e,
O lançamento sem tratamento prévio de efluentes, de ori-
por vários ângulos, possibilita o seu contato também com
gem doméstica ou industrial, em uma grande variedade
a poluição da cidade.
de ambientes aquáticos, pode levar mananciais de água
doce a apresentarem alto grau de poluição ou até mesmo (Adaptado de: FERNANDES, Sílvia. Cartografia de BR3 - Entrevista
a sua morte, constituindo fator de preocupação. com Antônio Araújo. São Paulo: Revista Sala Preta (09-10-2005) p.
169-173.)
(Adaptado de: BARRETO, L.E. et al. Eutrofização em rios brasileiros.
Enciclopédia Biosfera. v.9, n 16, 2013, p. 2165–2179.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre eu-


trofização ou eutroficação, considere as afirmativas
a seguir.

I. Quanto maior a quantidade de nitrogênio e fós-


foro no rio ou na lagoa, menor será o consumo
de oxigênio pelos microrganismos existentes no
ambiente; isso ocorre porque tanto os minerais
quanto os microrganismos concorrem pelo oxi-
gênio dissolvido na água.
II. O nitrogênio e o fósforo são nutrientes de grande
importância para os mais diferentes tipos de ca- (BR3, Dramaturgia de Bernardo Carvalho e direção de Antônio Araújo,
deias alimentares aquáticas e terrestres, porém, Rio Tietê, São Paulo, 2006.)
quando em baixas concentrações e associados
às más condições de luminosidade, provocam Com base no texto, na figura e nos conhecimentos
nos rios e lagos um fenômeno chamado de eu- sobre teatro, relação entre obra e contexto, vida e co-
trofização. tidiano na arte contemporânea, considere as afirma-
III. Como consequência da eutrofização, a água pode tivas a seguir.
apresentar as seguintes alterações: sabor, odor, I. Dispondo os espectadores dentro de barcos e
cor, redução do oxigênio dissolvido, crescimento deslocando-os durante o espetáculo, o grupo re-
excessivo de plantas aquáticas, mortandade de dimensiona aspectos do teatro clássico, revigo-
peixes e de outras espécies aquáticas, além do rando o que perdurou do teatro grego: a relação
comprometimento das condições mínimas para com a paisagem.
o lazer.
II. Em BR3, ao abolir o princípio da perspectiva por
IV. Um dos problemas da aceleração do processo colocar o espectador em barcos, dentro do rio,
de eutrofização é o aumento da probabilidade sujeito ao deslocamento, a dramaturgia retoma
de proliferação de cianobactérias, as quais por um aspecto do teatro medieval, no qual não ha-
serem potencialmente tóxicas podem alterar a via espectador privilegiado.
qualidade das águas, comprometendo o abaste-
III. Ao longo do tempo, diversos tipos de espaço fo-
cimento público.
ram utilizados para apresentações cênicas, desde
Assinale a alternativa correta. a arquitetura dos teatros gregos, romanos e o
palco elisabetano, até praças, ruas, galpões e
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
prédios desativados.
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
IV. Em BR3, o espaço é compreendido não somente
c) Somente as afirmativas III e IV são corretas. como aquele no qual algo será representado, mas,
d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. também, como parte da dramaturgia das peças;
assim, as memórias e os significados de cada
e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.
lugar potencializam os sentidos do que é visto.
19 Assinale a alternativa correta.
Leia o texto e observe a figura a seguir.
a) Somente as afirmativas I e II são corretas.
Teatro da Vertigem é um grupo que tem como importante
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
eixo de pesquisa o espaço cênico, como por exemplo, a
peça teatral BR3, do início dos anos 2000. Ao utilizar c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.
um rio degradado como cenário e colocar a platéia den- d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
tro de barcos para acompanhar o espetáculo, que se dá e) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

8 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

20 21
Leia o texto a seguir. Leia o texto a seguir.
Assim como Darwin descobriu a lei do desenvolvimento Eu vi coisas que vocês não imaginariam. Naves de ata-
da natureza orgânica, Marx descobriu a lei do desenvol- que em chamas ao largo de Órion. Eu vi raios-c brilharem
vimento da história humana. A produção dos meios ime- na escuridão próximos ao Portão de Tannhäuser. Todos
diatos de vida, materiais e, por conseguinte, a correspon- esses momentos se perderão no tempo, como lágrimas
dente fase de desenvolvimento econômico de um povo na chuva. Hora de morrer.
ou de uma época é a base a partir da qual tem se desen- (Disponível em: <https://pt.wikiquote.org/wiki/Blade_Runner>. Acesso
volvido as instituições políticas, as concepções jurídicas, em: 11 jul. 2017.)
as idéias artísticas. A descoberta da mais-valia clareou
Esta é uma fala do androide Roy que queria eliminar
estes problemas.
Decard, no filme Blade Runner, o Caçador de Androi-
(Adaptado de: ENGELS, F. Discurso diante do túmulo de Marx. 1883. des (1982), dirigido por Ridley Scott. No entanto, no
Disponível em: <http://www.marxists.org/espanol/m-e/1880s/83- combate, Roy o salvou da morte. Essa reflexão apre-
tumba.htm>. Acesso em: 11 set. 2017.) senta a noção de uma existência construída por múl-
Com base no texto e nos conhecimentos sobre a con- tiplas experiências as quais, que por serem as memó-
cepção materialista da história, assinale a alternativa rias de Roy, se perderiam para sempre.
correta. Com base nos conhecimentos hoje predominantes
sobre os fundamentos da história, atribua V (verda-
a) Existem leis gerais e invariáveis na história, que fa-
deiro) ou F (falso) às afirmativas a seguir.
zem a vida social retornar continuamente ao ponto de
partida, isto é, a uma forma idêntica de exploração do ( ) A História privilegia, nos seus estudos, as expe-
homem sobre o homem. riências coletivas dos grandes grupos humanos,
excluindo a vida do indivíduo comum.
b) A mais-valia, ou seja, uma maneira mais eficaz de os
proprietários lucrarem por meio da venda dos produtos ( ) A historiografia desconsidera a memória oral para
acima de seus preços, é uma manifestação típica da registrar as formas culturais de compreensão do
sociedade capitalista e do mundo moderno. mundo.
c) O darwinismo social é a base da concepção materia- ( ) Nos museus e cemitérios, descansam os perso-
lista da história na medida em que esta teoria demons- nagens históricos cujas ideias não mais afetarão
tra cientificamente que somente os mais aptos podem os vivos.
sobreviver e dominar, sendo os capitalistas um exem- ( ) Memória e história são noções diferentes, mas
plo. se complementam e interagem quando depoimen-
tos orais são registrados em documentos.
d) A partir de intercâmbios na infraestrutura da vida so-
cial, desenvolve-se um conjunto de relações que pas- ( ) Um fato histórico gera uma diversidade de docu-
sam a integrar o campo da superestrutura, com uma mentos, e as interpretações sobre ele ressignifi-
interdependência necessária entre elas. cam o seu teor.

e) A sociedade burguesa, por intensificar a exploração Assinale a alternativa que contém, de cima para baixo,
dos homens através do trabalho assalariado, constitui- a sequência correta.
se em forma de organização social menos desenvol- a) V, F, F, V, F
vida que as anteriores. b) V, F, V, F, V
c) V, V, F, V, F
d) F, F, F, V, V
e) F, V, V, F, V

R A S R A S
C U N C U N
H O H O

9 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

22 a) O preceito metodológico do “trato direto das coisas”


Leia a charge a seguir. supõe que cada um já possui em si as condições para
realizar a investigação da natureza.
b) A investigação da natureza consiste em aplicar um
conjunto de pressupostos metafísicos, cuja função é
orientar a investigação.
c) As “séries e ordens” referentes aos fatos particulares
resultam da aplicação dos pressupostos do método de
investigação.
d) A renúncia às noções que cada um possui é o princí-
pio do método de investigação, que levará a ida aos
fatos particulares.
e) O método de interpretação da natureza propõe uma
nova atitude com relação às coisas e uma nova com-
preensão dos poderes do intelecto.

24
(BENSAÏD, D. Marx, manual de instruções, SP, Boitempo Editorial, Leia a charge a seguir.
2014, p. 62.)

A charge remete a discussões que têm marcado o


pensamento sociológico e a sociologia contemporâ-
nea. Assinale a alternativa que apresenta, correta-
mente, o teor desses debates.
a) O reconhecimento de que as classes sociais deixaram
de existir com a implantação dos modos de produção
comunistas na Europa e, desde então, perderam sua
importância histórica.
b) As classes existiram apenas como um fenômeno loca-
lizado historicamente no tempo, de tal modo que hoje
mesmo os partidos de esquerda renunciaram a identi- (Disponível em: <https://www.revistaforum.com.br/mariafro/2012/05/24/
ficar sua permanência na sociedade contemporânea. laerte-dia-do-orgulho-reacionario/>. Acesso em: 15 jun. 2017.)
A charge remete a um conjunto de questões que apon-
c) As classes sociais, assim como a estrutura social, são
tam, senão para a morte, ao menos para o refluxo
construções conceituais ideológicas, de modo que não
do espírito democrático na modernidade, em diver-
existem empiricamente na vida social.
sos países. Nessas manifestações, verifica-se
d) As lutas de classes existiram enquanto se mantiveram a) a intensificação do nacionalismo e a defesa de polí-
os partidos de esquerda tradicionais e, com a morte ticas protecionistas animadas pela crise mundial dos
desses, as lutas de classe foram substituídas por em- empregos, disputados em maior intensidade no con-
bates identitários. texto dos deslocamentos de grandes contingentes po-
e) As classes deixaram de ser o referencial analítico pri- pulacionais.
vilegiado, mas conservam sua importância, pois as re- b) a defesa intransigente do Estado laico, capaz de con-
lações entre capital e trabalho no mundo moderno se cretizar os valores da ciência e da razão, em detri-
mantêm. mento da vinculação aos ideais fornecidos pelos diver-
sos matizes de religião existentes no mundo moderno.
23
Leia o texto a seguir. c) a recusa aos princípios da meritocracia, uma vez que
esta atende a algumas centenas de privilegiados con-
Resta-nos um único e simples método, para alcançar os templados com as políticas compensatórias conduzi-
nossos intentos: levar os homens aos próprios fatos par- das pelos governos nacionais das mais variadas ten-
ticulares e às suas séries e ordens, a fim de que eles, por dências.
si mesmos, se sintam obrigados a renunciar às suas no-
d) o tratamento das questões sociais via valorização da
ções e comecem a habituar-se ao trato direto das coisas.
perspectiva dialógica, eliminando, assim, o uso de me-
(BACON, F. Novum Organum Trad. José Aluysio Reis de Andrade. São
didas coercitivas nos espaços público e privado.
Paulo: Abril Cultural, 1973, p. 26.)
e) a necessidade de politização do ensino, trazendo para
Com base no texto e nos conhecimentos sobre o pro- o âmbito escolar temas polêmicos, como a educação
blema do método de investigação da natureza em Ba- sexual, gênero e tratamento humanizado na questão
con, assinale a alternativa correta. das drogas.

10 / 26
UEL – VESTIBULAR 2018

25 26
Segundo o documento “Mapa da Violência 2016: Ho- Os dados apresentados pelo Mapa da Violência de
micídios por armas de fogo no Brasil”, morre-se mais 2016, publicado pela Faculdade Latino-americana de
por armas de fogo no Brasil do que em conflitos como Ciências Sociais (FLACSO), reiteram o padrão segundo
no Iraque e no Afeganistão. Além disso, somos o dé- o qual a juventude brasileira encontra-se em maior
cimo país em mortes por arma de fogo no mundo. vulnerabilidade frente às situações de violência, es-
Uma das variáveis que torna a arma de fogo tão le- pecialmente no que se refere às mortes provocadas
tal é a velocidade de saída do projétil do armamento. por armas de fogo. De acordo com os especialistas
Para calcular essa velocidade, um dos dispositivos responsáveis por este estudo, tal situação exige polí-
possíveis é o pêndulo balístico. Quando um projétil ticas de juventude e políticas para a juventude.
de massa m é disparado com velocidade vo e atinge o Sobre juventudes, vulnerabilidade juvenil e políticas
pêndulo de massa M, este é elevado a uma altura má- públicas para a redução da violência, considere as
xima h e para, momentaneamente, conforme ilustra a afirmativas a seguir.
figura a seguir.
I. A condição juvenil é socialmente construída e
atravessada por condições sociais como classe,
raça, escolaridade, local de moradia, religião e
gênero.
II. O trabalho é uma dimensão constitutiva da con-
dição juvenil e é vivenciado positivamente por