Questões

sobre

responsabilidade

civil

do

Estado

-

provas

da

OAB

08/12/2009 - 15:49:08 Questão 1748 (OAB/ MG/ Exame de ordem/ 2005.2/ Prova objetiva) Sobre a Responsabilidade Civil do Estado é INCORRETO afirmar que

A. o Estado não responde pelos danos causados por ato do Poder Legislativo no exercício de sua função primordial. B. o Estado pode responder pelos danos causados em virtude de atos judiciais. C. as empresas públicas e sociedade de economia mista respondem pelos danos que seus agentes causarem a terceiros. D. o Estado responde por danos causados a alunos de escola pública, causado por colega na dependência do estabelecimento. Questão 1749 (Cespe/ UnB ± OAB/ GO/ Exame de ordem/ 2007.1/ Prova objetiva) A promotora M.B., da Vara de Execuções Penais, pediu à justiça novo mandado de prisão contra C.E.T.L., de 18 anos de idade, um dos cinco supostos envolvidos detidos pela morte do menino. Ela solicitou a regressão do regime semi aberto do suspeito, que era condenado pelos crimes de roubo, fur to e tentativa de furto. Se o pedido for aceito, ele voltará a cumprir pena em regime fechado. Como justificativa para o pedido, a promotora argumentou que C.E.T.L. estava foragido na noite em que supostamente dirigia o carro roubado que arrastou a vítima, presa a um cinto de segurança, pelas ruas da Zona Norte do Rio. Desde o dia 28 de dezembro do ano passado, o suspeito estava foragido porque não havia passado a noite na Casa do Albergado. (O Fluminense online. Internet: <www.ofluminense.com.br/noticias com adaptações). Tendo em vista a responsabilidade civil do Estado, assinale a opção correta a propósito do caso descrito no texto acima. A. Há responsabilidade objetiva do estado do Rio de Janeiro, diante da falta de fiscalização do cumprimento da pena em regime semi-aberto. B. Haveria responsabilidade civil do estado do Rio de Janeiro mesmo se, sem a colaboração do citado fugitivo, o evento ocorresse da forma como ocorreu. C. Para o STF, na hipótese de um dos possíveis responsáveis pelo crime ser po licial militar, utilizando-se ilegalmente de arma de fogo da corporação anteriormente furtada por terceiros, haveria a responsabilidade objetiva do estado do Rio de Janeiro, mesmo que o referido policial estivesse de folga. D. Conforme consta do texto apresentado, para que haja a responsabilização civil do estado do Rio de Janeiro, há de se provar culpa. Questão 1750 (OAB/ MG/ Exame de ordem/ 2006.2/ Prova objetiva) A respeito da responsabilidade civil do Estado, marque a alternativa incorreta: A. a responsabilidade dos agentes públicos é subjetiva. B. a responsabilidade de sociedade de economia mista, integrante da Administração indireta da União, que exerce atividade econômica, é objetiva. C. parte da doutrina considera que a responsabilidade da Administração é subjetiva quando se trata de ato omissivo. D. a responsabilidade objetiva da Administração, fundada na teoria do risco, pode ser ilidida na hipótese de caso fortuito ou força maior .

III. Questão 1754 (OAB/ RO/ 43º Exame de Ordem/ 1ª fase) Em matéria de Responsabilidade Civil da Administração Pública (Art. ainda que tenham sido causados por culpa concorrente ou exclusiva da vítima. vale dizer. A responsabilidade civil objetiva. nexo de causalidade e dolo. A responsabilidade civil subjetiva. A responsabilidade civil objetiva. Constituição Federal. 37. B. sob a modalidade do risco administrativo. B. C. somente as assertivas II e Vsão corretas. adotada pelo direito brasileiro. A responsabilidade civil subjetiva. B. dolo e nexo de causalidade. D. A. da CF a responsabilidade civil do Estado é sem culpa. D. somente as assertivas III e IV são corretas. A Constituição Federal de 1988 adotou a teoria do risco integral.pela teoria do risco administrativo. A Constituição Federal de 1988 adotou expressamente a teoria da responsabilidade subjetiva. B. segundo a qual o ente estatal deve indenizar apenas os danos causados por seus agentes quando comprovada culpa ou do lo. C. Questão 1753 (OAB/ RO/ 42º Exame fase) No que concerne à responsabilidade civil do Estado: de Ordem/ 1ª I . segundo a qual o estado deve indenizar os danos causados por seus agentes. no exercício de seu mister. Assinale a alternativa correta. A. culpa (Iatu senso). sob a modalidade do risco administrativo. prevista no § 6°. o dano e o nexo causal entre o fato administrativo e o dano.segundo o art. A Constituição Federal de 1988 adotou expressamente a teoria da responsabilidade objetiva.a responsabilidade objetiva do Estado não admite ação regressiva. independentemente da existência de causas excludentes de responsabilidade. exige-se que a vitima comprove a existência de um fato administrativo. D. nexo de causalidade e dano. do art. . C. II. D. insusceptível de regresso. na forma como adotada pela Constituição Federal de 1988.1/ Prova objetiva) Assinale a alternativa correta. independentemente de terem os mesmos agido com culpa ou dolo.responderá por perdas e danos o magistrado quando. somente as assertivas I e II são corretas. §6° da CF). o Direito pátrio consagrou: A. 37. proceder com dolo ou fraude. somente as assertivas I. denominada objetiva.Questão 1751 (OAB/ PR/ Exame de Ordem/ 2004. C.pelos danos que seus agentes causarem a terceiros é objetiva. Questão 1752 (OAB/ RO/ 41º Exame de Ordem/ 1ª fase) Para caracterização da responsabilidade objetiva do Estado. III e V são corretas. se fazem necessárias a conjugação dos seguintes requisitos: A. segundo a qual o estado deve indenizar todos os danos causados por seus agentes. §6º. IV. A teoria da responsabilidade objetiva. sob a modalidade da culpa administrativa. dano. impõe aos entes estatais o dever de indenizar os danos causados por seus agentes. V. dano e nexo de causalidade. enquanto que aresponsabilidade de seus agentes é com culpa. sob a modalidade do risco integral. subjetiva.

Questão 1755 (OAB/ RS/ Exame de Ordem 2007. restar demonstrada a culpa do agente causador do dano.Aplica-se às concessionárias de serviços públicos. ainda que laudos técnicos comprovem ausência de culpa dos maquinistas. É necessário haver demonstração da relação de causalidade entre o fato danoso ocorrido no serviço público com a respectiva ação administrativa. III . D. D. Questão 1758 (OAB/ SP/ 112º Exame de Ordem/ 1ª fase) O Estado de São Paulo deverá indenizar as famílias dos usuários de trens que faleceram ou se machucaram no recente acidente ocorrido na estação de Perus. Sim. B. I . desde que tenha havido omissão dos funcionários da escola.2/ Prova objetiva) Com relação ao instituto da responsabilidade civil do Poder Público. considere as assertivas abaixo. apresenta-se razoável afirmar: A. B.3/ Prova objetiva ± Tipo 01) Sobre a responsabilidade civil do Estado. Apenas III C. Apenas I e II D. § 6o. em decorrência de dano causado por seus agentes. Sim. decorre da responsabilização objetiva do Estado. da Constituição Federal. é imperioso sempre demonstrar no curso do processo a culpa in eligendo ou in vigilando da Administração Pública. C. Tal fato A. B. D. Apesar de admitir-se a responsabilidade objetiva. imperícia ou imprudência dos agentes públicos.Tal dispositivo adotou a teoria da responsabilidade civil objetiva. porque o município tem responsabilidade objetiva na preservação da intangibilidade física dos alunos. um aluno teve perda da capacidade visual. C. Pode o município ser responsabilizado por indenização? A. Apenas II B. Deverá aplicar-se a teoria do risco integral. decorre da responsabilização subjetiva do Estado. em face da mudança decorrente da Constituição de 1988. Será imprescindível. com fundamento na Constituição da República. Não. C. Questão 1757 (OAB/ SP/ 109º Exame de Ordem/ 1ª fase) Em briga de alunos dentro de recinto de escola pública municipal. poderá ser caracterizado como responsabilização objetiva. ainda que não haja nexo causal entre a perda da capacidade visual e a briga entre os alunos. Apenas II e III Questão 1756 (OAB/ SC/ Exame de Ordem 2006. II . não impe dindo a briga. 37. durante a fase de instrução. Sim. Quais são corretas? A. porque a briga foi fora da sala de aula. por se tratar de ato omissivo do poder público. previsto no art. só implicará responsabilização objetiva do Estado se o acidente decorreu de negligência. .A propositura da ação de regresso contra o agente causador d dano prescinde de o condenação do Poder Público na ação de indenização.

só cabe ação de indenização contra o Escrivão. A ação foi trancada no seu nascedouro. visto que os serviços notariais e de registro são exercidos em caráter privado. Não. ato administrativo e ausência de culpa da vítima. seu desafeto pessoal. A. só cabe ação contra o vendedor do imóvel hipotecado. Questão 1763 (OAB/ SP/ 124º Exame de Ordem/ 1ª fase) O Estado poderá ser condenado a indenizar a mãe de um preso assassinado dentro da própria cela por outro detento? A. porque o dano não foi causado por agente estatal. Não. B. D. C. A. visto este não deter a condição de servidor público. como fiscal da lei. responsabilidade objetiva do Estado. Questão 1764 (OAB/ SP/ 126º Exame de Ordem/ 1ª fase) Um aço dado membro do Ministério Público ingressa. irresponsabilidade civil do Estado. A responsabilidade é subjetiva. responsabilidade subjetiva do Estado. porque o Ministério Público. Questão 1762 (OAB/ SP/ 123º Exame de Ordem/ 1ª fase) Responsabilidade objetiva do Estado se aperfeiçoa com a concorrência (conjunta) dos seguintes requisitos: A. por delegação do Poder Público. D. dano e nexo causal. C. Não. Questão 1761 (OAB/ SP/ 117º Exame de Ordem/ 1ª fase) Assinale a alternativa correta quanto à responsabilidade patrimonial do Estado por omissão. Não responde por omissão. Sim. da chamada A. Cabe responsabilidade civil pelos danos eventualmente causados ao acionado? A. nexo de causa e efeito entre o ato administrativo e a ausência de dolo ou culpa do agente público. Sim. com Ação Civil Pública por Improbidade Administrativa contra um prefeito. A responsabilidade é objetiva. desde que provada culpa dos agentes penitenciários na fiscalização dos detentos. dano etc). serviço público e ocorrência de causa excludente de responsabilidade estatal. não cabe ação contra o Estado. Questão 1760 (OAB/ SP/ 115º Exame de Ordem/ 1ª fase) O Estado lesa direitos individuais não apenas pelo atos ilegais ou ilícitos dos seus representantes. do Poder Público. pode ingressar com Ação Civil Pública. ação administrativa. C. pela responsabilidade objetiva requisitos (nexo causal. B. sem prévio inquérito civil público. Nessa situação. Sim. ante a responsabilidade objetiva do Estado. Trata -se. danos foram acarretados a um adquirente desse imóvel.Questão 1759 (OAB/ SP/ 113º Exame de Ordem/ 1ª fase) Por erro de Escrivão de Registro de Imóveis do Estado de São Paulo. reconhecendo o juiz a inadequação da ação. B. B. . que deixou de registrar que um imóvel estava hipotecado. cabe ação de indenização contra o Estado. mas também quando opera no exercício de inteira legalidade. D. D. A responsabilidade é pelo risco integral. de forma temerária. por caracterizar sua responsabilidade objetiva. C. responsabilidade do Estado por culpa de seus prepostos. C. visto que a atividade registral é prestada em âmbito de serventia extrajudicial não oficializada. B. D. desde que presentes os B. extinguindo a lide sem julgamento do mérito. porque não há vínculo causal entre o evento danoso e o comportamento estatal. aí.

objetiva do risco integral. e devidamente autuada. que. os competentes autos paralelos formados foram distribuídos.C. ajuizaram ação de conhecimento. Socorrido. visando a reparação de danos materiais e morais em decorrência da morte do filho. A respectiva petição inicial foi protocolizada perante a Comarca de Goiânia. pedindo. na pessoa do Senhor Procurador-Geral do Estado. suicidou em cadeia pública estadual localizada no Município de Rio Verde. Estado de Goiás. B. como preceitua a Constituição Federa l de 1988. Recebida a citação pelo Procurador-Geral do Estado. agora na qualidade de procurador(a) do Estado. zelar pela integridade física dos presos. c que. por responsabilização civil. o qual foi atingido em cerca de 40%. Ministério Público agiu com Questão 1765 (OAB/ SP/ 132º Exame de Ordem/ 1ª fase) Vítima da chamada ³bala perdida´ teria mais condições de ser indenizada pelo Estado brasileiro se nossa constituição adotasse a teoria da responsabilidade A.2/ P rova prático profissional) Trace um perfil jurídico e legal da responsabilidade civil do estado.Exame de ordem/ 2003/ Prova prático profissional) Quais são as circunstâncias excludentes da responsabilidade estatal no direito brasileiro? Questão 1768 (OAB/ CE . subjetiva do risco integral. D. vez que a vítima estava sob a custódia e direta proteção do Poder Público estadual. sendo distribuída ao douto Juízo da Primeira Vara da Fazenda Públi a Estadual. a procedência do pedido. no mérito da ação. a seguinte pergunta: há. Com efeito. para se defender. Questão 1769 (OAB/ GO/ Exame de ordem/ 11/01/04/ Prova prático profissional) Em que consistem os institutos da retrocessão e da tredestinação? Responda objetivamente. por enforcamento. que não pode ser tolhida. objetiva do risco administrativo. tempestivamente. em face do Estado de Goiás. Questão 1770 (OAB/ GO/ Exame de ordem/ 25/04/04/ Prova prático profissional) José Gomes e Maria Gomes. vindo logo depois a falecer. pais de Antônio Gomes. qualidade de representante do ente estatal em comento. Estado de Goiás. apresente a medida que entender necessária à defesa do Estado-membro.Exame de ordem/ 2002. fundamentando na hipótese de culpa in -a vigilando do detento em estabelecimento prisional. . foi encaminhado ao hospital mais próximo e submetido a uma cirurgia de aproximadamente 5 horas. em data de 02 de janeiro de 2004. nos termos regimentais Destarte. C. Questão 1766 (Cespe/ UnB/ Exame de ordem 2007. determinou a citação do Estado de Goiás. na . Não. destacando as principais correntes doutrinárias. responsabilidade objetiva do Estado? Questão 1767 (OAB/ CE . nesse caso. quando dois adolescentes atearam fogo em seu corpo. para adotar as medidas necessárias à defesa do ente estatal. nos termos dos artigos 213 e seguintes do Código de Processo Civil. A família pretende processar o Estado. através de seus agentes carcerários. Sim. porque o direito de ingressar com ação judicial é garantia constitucional. desde que comprovado que o membr do o culpa. D.2/ Prova prático profissional) Antônio se encontrava dormindo no chão de uma parada de ônibus. cuja cidade residem. ao final. através de advogado legalmente habilitado. de forma fundamentada. ao(à) examinado(a). a parte autora asseverou. de conseqüência. responda. Não foi apurada culpa ou dolo da equipe médica. ao qual cumpre. com a conseqüente indenização pleiteada. em data de 24 de novembro de 2001. responde ele objetivamente pelos danos causados. Considerando a situação hipotética descrita acima. a responsabilidade civil do Estado. subjetiva do risco administrativo.

situado no Município do Rio de Janeiro. foi atingido por projétil de arma de fogo. Josué. dentro das dependências da unidade hospitalar. Por se tratar de preso de bom comportamento e já haver cumprido metade da pena. Existe responsabilidade civil do Estado? Fundamente. João Beirario assassinou Pedro Aroeira ao tomar de assalto o seu carro. vindo a falecer em hospital público Municipal.1/ Prova prático profissional) Leandro fugiu da cadeia pública de um estado da Federação. responsabilidade do Poder Público. Nessa hipótese. o Estado poderá responder civilmente? Ou a responsabilidade é do juiz? Ou ambos são irresponsáveis? Questão 1773 (OAB/ MG/ Exame de ordem/ 2005.00 (dezoito mil reais). ela teve seus pertences furtados. que caiu em um rio. causando a morte de todos os ocupantes. em determinado momento os freios pifaram e o condutor perdeu o controle do veículo. sem qualquer justificativa. a família da vítima pretende responsabilizar civilmente o Estado ou o Município ou a ambos. o que somente constatou após cessarem os efeitos da medicação. localizada no Município de Ribeirão das Neves. as quais restaram brutalmente assassinadas. a responsabilidade é objetiva ou subjetiva? Por quê? Responde o Estado ou o Município ou ambos respondem solidariamente? Fundamente a resposta. Contudo. Se a resposta for positiva. praticou o seqüestro relâmpago de duas pessoas. Elabore a peça prático -profissional e a assine como Caio. até o dia em que o juiz proferiu sentença acolhendo integralmente a pretensão do autor. a ação teve andamento normal.000. Se a resposta for negativa explicar e fundamentar.2/ Prova prático profissional) João Beirario foi condenado por crime de homicídio e cumpre pena na Penitenciária Dutra Ladeira. tendo em vista a morte de seu saudoso pai. sofreu um acidente vascular cerebral e foi socorrido em sua residência por ambulância do Hospital Central do Exército. que por ali trafegava em seu veículo. em concurso c om mais dois agentes. inscrito na OAB/RJ sob o n° 007 Questão 1777 (OAB/ RJ/ 24º Exame de Ordem/ 2ª fase) Em troca de tiros entre policiais militares e traficantes na Linha Vermelha. Durante a fase instrutória e probatória. Cinco meses depois da fuga. neste caso. ação de indenização contra o proprietário do veículo causador do dano. Questão 1775 (OAB/ RJ/ 18º Exame de Ordem/ 2ª fase) Na hipótese de o descumprimento de ordem judicial no sentido de reforço de policiamento em determinado local causar efetiva invasão de terra. Iniciado o transporte até esse Hospital. Entretanto. até a presente data. em especial. Ante a impossibilidade de conseguir composição amigável intentou.OAB/ PE/ Exame de Ordem/ 2007. fazendo com que os administrados ou consumidores adquirissem um certo bem causador de prejuízo no futuro em decorrência de alteração do projeto inicial pelo respectivo Poder Público? Fundamente sua resposta utilizando-se de argumentos pessoais. sob o efeito de sedativos. de política econômica. foi autorizado a passar um dia com a família na data do aniversário de seu filho caçula. Questão 1772 (OAB/ MG/ Exame de ordem/ 2003. posteriormente à audiência de instrução e julgamento. deseja acionar o Estado por danos materiais e morais. Tício. Nesse caso. haverá responsabilidade objetiva do Estado pelos danos decorrentes da morte causada por fugitivo? Fundamente sua resposta. os autos ficaram. Questão 1774 (Cespe/ UnB . indignado com a demora imotivada. poderá o Estado-membro ser responsabilizado? Questão 1776 (OAB/ RJ/ 24º Exame de Ordem/ 2ª fase) Matusalém. realizava tratamento ambulatorial regular no Hospital Marcílio Dias. Apurada a materialidade e a autoria do crime. Deseja-se saber se há.2/ Prova prático profissional) João Paulo da Fonseca teve o seu veículo danificado em virtude de uma colisão provocada por outro veículo que trafegava na contramão. Eis que. no foro competente.Questão 1771 (OAB/ GO/ Exame de ordem/ 16/12/06/ Prova prático profissional) Seria possível a responsabilização objetiva do Estado por atos de planejamento. Quando voltava de casa para a Penitenciária. por infecção hospitalar. filho único de Matusalém. Questão 1778 (OAB/ RJ/ 28º Exame de Ordem/ 2ª fase) Tainá. não foi a . Este. procura seu escritório de advocacia para que seja proposta a ação judicial cabível em face do respectivo ente público. subordinado à Marinha do Brasil. servidora pública. conclusos pelo prazo de seis anos. A direção confirmou que o fato efetivamente ocorreu dentro das dependências do Hospital e que o dano material apurado foi no montante de R$ 18. de 97 anos de idade.

Elabore a peça. se instalando uma comunidade de mais de trezentas famílias. É possível atribuir responsabilidade civil ao Estado no caso em tela? Justifique. Nº 1. Sabedores que se tratava de um duto onde passava gás. com o intuito de aproveitar em suas residências aquele combustível. ADVOGADO: ANDERSON MOREIRA INSC.100 Questão 1779 (OAB/ RJ/ 29º Exame de Ordem/ 2ª fase) Área em torno de determinado gasoduto da Petrobrás foi invadida. Contudo.subjetiva .paciente ressarcida do dano que sofreu. o mesmo vem a explodir. Outro passageiro foi atingido pelos disparos e veio a falecer.subjetiva ± subjetiva ± subjetiva ± subjetiva . Inconformada.subjetiva . Questão 1780 (OAB/ RJ/ 31º Exame de Ordem/ 2ª fase) Em um ônibus de transporte público de passageiros operado por permissionária ocorreu assalto a mão armada ao qual um dos passageiros reagiu a tiros.subjetiva . um grupo de moradores resolve perfurar o duto. Tainá procura um advogado para que seja proposta uma ação judicial. Quais são os eventuais direitos que os seus sucessores possuem face à permissionária e ao Estado-membro? Gabarito 1748 1749 1750 1751 1752 1753 1754 1755 1756 1757 1758 1759 1760 1761 1762 1763 1764 1765 1766 1767 1768 1769 1770 1771 1772 1773 1774 1775 1776 1777 1778 1779 1780 -A -D -B -C -A -D -D -C ±D -C -C -A ±B ±D -C -A -A -D ± subjetiva . em razão da grande pressão dentro do gasoduto.subjetiva . incendiando todo o local e matando dezenas de pessoas que haviam invadido o local.subjetiva ± subjetiva ± subjetiva ± subjetiva ± subjetiva ± subjetiva .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful