......O contrato que regulamenta as condições do aluguel de um imóvel chama-se contrato de locação ou locatício.

É elaborado de acordo com um padrão de cláusulas e requisitos, deve ser lido e assinado pelo locador, pelo locatário e por duas testemunhas e, depois, registrado em cartório. Só assim ambos os lados garantirão seus direitos legais. ......Anexado ao contrato, as imobiliárias e/ou os proprietários costumam apresentar um inventário do que se encontra no imóvel e do seu estado de conservação --um relatório de vistoria. Também o inquilino deve fazer sua vistoria, antes de ocupar o imóvel, anotando todas as particularidades que tenha encontrado --a existência de lustres, chuveiros, manchas de umidade, o estado de conservação de janelas, vidros, portas, batentes, armários, soalho, pisos cerâmicos, azulejos etc. ......Para ficar claro que se trata de uma vistoria desse imóvel, devem constar da relação as informações sobre o apartamento, o nome do locador e o do locatário. ......Depois o inquilino precisa entregar o relatório ao proprietário ou a seu representante, para que o assine e guardar consigo uma cópia assinada. Se não quiserem assinar, o locatário pode registrar em cartório, como documento, o seu inventário do imóvel. Documentos ......Para elaborar e conferir um contrato de locação, é necessário ter os seguintes documentos: - Locador: matrícula do imóvel, RG, CPF, contas em dia de serviços públicos (água, luz e outros), carnê do IPTU e procuração (se o contrato for assinado por um representante). - Locatário: cópia da carteira de identidade e do CPF (idem para o cônjuge), RG, CPF e comprovante de renda (contracheque, Imposto de Renda). - Fiador (se houver): RG, CPF, escritura definitiva do imóvel dado em fiança e carnê do IPTU. Cláusulas e requisitos ......Todos estes tópicos devem constar do contrato de aluguel: - nome e qualificação do(s) locador(es), do locatário e do fiador, se houver; - descrição e endereço do imóvel; - valor do aluguel e índice adotado no reajuste (sempre anual); - forma e local de pagamento; - multa e/ou juros de mora por atraso no pagamento; - garantia dada pelo locatário; - discriminação dos impostos e taxas e dos responsáveis pelo pagamento; - destinação do imóvel, se residencial ou comercial; - início e duração do contrato. Direitos e deveres ......Conversar, buscar o entendimento, é a forma mais rápida e eficiente de locador e locatário resolverem divergências. No entanto, se os conflitos se acirrarem, eles deverão antes de recorrer à Justiça informar-se sobre os direitos e deveres de ambos estabelecidos pela Lei do Inquilinato. Impostos e despesas ......É comum e legal transferir ao inquilino, no contrato, o pagamento do IPTU e do seguro contra incêndio, muito embora o inquilino não seja nem o dono do imóvel nem o beneficiário do seguro --que é o próprio dono. ......A lei determina que o inquilino se responsabilize pelos gastos "ordinários" (rotineiros) do imóvel, e o locador, pelos extraordinários. Trata-se de gastos que ocorrem principalmente em condomínios de apartamentos.

Sobre o Contrato de Locação

Despesas rotineiras: o inquilino paga - Taxa de condomínio: salários, encargos trabalhistas, contribuições previdenciárias e sociais dos empregados do condomínio. - Consumo de água, gás e energia elétrica. - Limpeza, conservação e pintura das instalações e dependências de uso comum. - Manutenção das instalações e equipamentos hidráulicos, elétricos, mecânicos e de segurança. - Manutenção de elevadores, porteiros eletrônicos e antenas coletivas. - Rateios de saldo devedor, desde que a dívida tenha ocorrido no período de locação. Despesas extraordinárias: o locador paga - Indenizações trabalhistas e previdenciárias pela dispensa de empregados antes do início da locação. - Reformas ou acréscimos à estrutura do imóvel. - Serviços de pintura, iluminação e esquadrias externas. - Obras destinadas a repor as condições de habitabilidade do imóvel. - Instalação de equipamentos de segurança e de incêndio, de telefonia, de intercomunicação, de esporte e de lazer. - Despesas de decoração e paisagismo nas áreas de uso comum. - Constituição de fundo de reserva (espécie de poupança para cobrir despesas urgentes e inadiáveis não previstas no orçamento).

Outros detalhes
Reuniões de condomínio ......Não são exclusivas dos proprietários. Os inquilinos também podem participar e têm direito a voto. As questões relativas aos condomínios de apartamentos são reguladas pela lei n.º 4.591, de 16 de dezembro de 1964. ......Ela afirma que, na ausência do locador, o inquilino poderá votar nas assembléias, desde que as decisões não envolvam despesas extraordinárias ou situações especiais do condomínio (que são deveres do locador), como demolição ou venda do prédio. Reformas e adaptações ......Atenção ao que diz a Lei do Inquilinato quanto a reformas, adaptações, modificações ou benfeitorias no imóvel alugado. Às vezes, proprietário e inquilino podem se desentender sobre a necessidade desta ou daquela obra. É bom, portanto, saberem que a lei faz distinção entre as modificações "necessárias", as "úteis" e as "voluptuárias". ......O inquilino não pode, por exemplo, "modificar a forma interna ou externa do imóvel sem o consentimento prévio e por escrito do locador". Por "modificar a forma" entenda-se erguer uma parede, abrir nova janela num dos quartos etc. ......Já se o inquilino decidir refazer um quadro de força (a caixa com comutadores de distribuição de energia elétrica) que está em péssimas condições, ele não precisará de autorização do proprietário e poderá receber de volta o dinheiro gasto na reforma. ......É uma benfeitoria necessária. Por outro lado, uma nova pintura no imóvel é uma benfeitoria útil. Assim, deve ser autorizada pelo locador, e o inquilino também tem direito a ressarcimento. ......As benfeitorias voluptuárias --consideradas desnecessárias por não ampliarem nem melhorarem o uso de determinada coisa-- não são indenizáveis, ou seja, o inquilino não tem o direito de exigir do proprietário que lhe pague as despesas. Porém, no final da locação, essas benfeitorias voluptuárias podem ser levadas pelo inquilino, desde que a retirada delas não afete a estrutura do imóvel.

......Se o fundo de reserva for utilizado para cobrir despesas rotineiras, o inquilino deverá participar do rateio entre os demais moradores para repor o que foi gasto. ......Se o imóvel necessitar reparos urgentes por conta do proprietário, o inquilino não poderá fazer objeções. Se os reparos durarem mais de dez dias, o inquilino terá direito a desconto no aluguel proporcional ao período excedente. ......Para "pagar na Justiça", é preciso reclamar do proprietário num Juizado Especial Cível (ex-Juizado de Pequenas Causas), sem nenhum gasto extra, ou constituir advogado. Deveres do proprietário - Entregar o imóvel ao inquilino em condições de uso. - Pagar as taxas de administração imobiliária, como, por exemplo, a ficha cadastral do inquilino e do fiador. - Assumir a responsabilidade por problemas e defeitos existentes antes da locação. - Fornecer recibo discriminando as importâncias pagas pelo locatário. - Pagar os impostos, as taxas e o seguro contra fogo do imóvel, a não ser que o contrato estabeleça expressamente que o inquilino deve pagá-los. - A lei diz que o pagamento do IPTU deve ser feito pelo proprietário, mas aceita a transferência dessa obrigação ao inquilino, desde que estipulada no contrato. Deveres do inquilino - Pagar o aluguel no prazo combinado. - Tratar do imóvel "com o mesmo cuidado que teria se fosse seu". - Entregá-lo, no final do contrato, no estado em que o recebeu. - Reparar os danos no imóvel provocados por ele, familiares ou visitantes. - Comunicar o aparecimento de qualquer problema ou irregularidade cujo reparo seja de responsabilidade do locador. - Permitir a vistoria do imóvel pelo locador ou pessoa autorizada por ele, desde que o dia e a hora sejam previamente combinados.

Garantias na Locação

.....O locador só pode exigir uma forma de garantia .....Muitos inquilinos atrasam o pagamento do aluguel. A multa definida em contrato é como uma garantia do locador de que receberá o pagamento em dia um dever do locatário. A lei, apesar de aceitar a cobrança de multa, não estipula um percentual, que é definido em contrato, assim como a cobrança de juros de mora (por dia de atraso). .....Para se precaver contra um atraso prolongado tanto no aluguel como em outras taxas, o proprietário tem o direito de exigir em contrato uma de três garantias: fiança, caução e seguro-fiança. Fiança .....O inquilino apresenta uma pessoa que, na falta dele, se responsabilize pelo pagamento de tudo que o contrato prevê - um fiador. Para ser fiador é preciso possuir um imóvel de preço compatível com o que está sendo alugado. .....O artigo 40 da lei nº 8.245 especifica os casos em que o locador pode exigir outro fiador ou a mudança da modalidade de garantia: - morte do fiador; - ausência, interdição, falência ou insolvência do fiador, declaradas judicialmente; - alienação ou gravação (limitação dos direitos) de todos os bens imóveis do fiador ou sua mudança de residência sem comunicação ao locador; - exoneração do fiador;

- prorrogação da locação por prazo indeterminado, tendo sido a fiança ajustada por prazo certo; - desaparecimento dos bens móveis; - desapropriação ou alienação do imóvel. . Aluguel adiantado .....Mas, se o inquilino não puder oferecer uma das garantias acima, diz a lei, o locador terá a alternativa de exigir o pagamento adiantado do aluguel até o sexto dia útil do mês. .....Entretanto, se exigir mais que uma das garantias previstas ou então cobrar mais do que o acertado no contrato de aluguel, o locador poderá ser multado e até preso. Caução .....O inquilino deposita em caderneta de poupança, aberta em nome dele e do locador, uma quantia que não pode exceder o valor de três aluguéis. No final do contrato, não havendo dívidas, ele retira o dinheiro e os rendimentos. A caução pode ser dada também em bens móveis (carro, eletrodomésticos) ou imóveis. Seguro-fiança .....O inquilino contrata numa seguradora esse tipo de seguro, que garante o aluguel. Em geral, as empresas exigem que o locatário, além de boa ficha cadastral, tenha renda de três vezes ou mais o valor da locação. É a modalidade menos usada no Brasil. Chega a custar 1,5 aluguel por ano, algo como 12,5% mais no valor do aluguel de um mês.

Prazo da Locação

.....Não existe prazo predefinido para os contratos de locação, ainda que muitas imobiliárias digam que esse prazo "está na lei". Há na lei, sim, uma espécie de linha divisória: a partir do prazo de 30 meses, vigoram normas diferentes das que valem para contratos com prazo inferior. Mais de 30 meses .....Os contratos de locação em geral são feitos por 30 meses. Isso porque eles terminam no final desse prazo, sem necessidade de aviso. Se aí você, como inquilino, continuar no imóvel por mais de 30 dias sem que o proprietário peça, por escrito, a desocupação, a locação é considerada prorrogada por prazo indeterminado. .....A partir do fim dos 30 meses, no entanto, o locador adquire o direito de retomar o imóvel quando quiser, desde que conceda um prazo de 30 dias para a desocupação. Daí ser aconselhável o inquilino pedir a renovação do contrato por escrito, garantindo para si outro prazo certo de permanência no imóvel e evitando o temor do despejo a cada dia que passa. Menos de 30 meses .....Eis por que proprietários e imobiliárias raramente fazem contratos de locação com prazo inferior a 30 meses, verbal ou escrito: se a desocupação não é solicitada por escrito ao final do contrato, ele fica prorrogado automaticamente por tempo indeterminado e, caso o proprietário queira retomar o imóvel, terá de esperar que se passem pelo menos outros cinco anos. Ou então se valer de condições especiais. O inquilino só é obrigado a desocupar o imóvel: - se o dono provar que é para uso próprio, do cônjuge, dos pais ou dos filhos, desde que não tenham casa própria;

artigo 21....... se o inquilino paga o aluguel em dia... parágrafo 5). oferecê-lo primeiro e por escrito ao inquilino. a transferência dos filhos para outra escola. o inquilino poderá fazer a consignação do pagamento na Justiça.Veja. tentar um acordo. Revisional .Qualquer acordo .. entre outros fatores..Nos últimos anos. .......Segundo a lei que estabeleceu regras para o Plano Real (nº 9.. o reajuste é sempre anual e não pode se basear na variação do salário mínimo ou de moeda estrangeira...Na hora de rever o preço do aluguel.. as duas situações distintas em que o preço do aluguel pode ser modificado: Reajuste ... .. o mais correto é negociar... Os índices mais usados são o IGP-M......É a atualização do valor pago segundo o índice preestabelecido em contrato. Direito de preferência .FIPE).. o IPC (da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas .. pagar na Justiça. A revisão judicial só pode ser pedida após três anos de vigência do contrato ou do último acordo. Fonte: Direito Total Revisão do Contrato de Locação .. querer vendê-lo ou simplesmente rescindir o contrato..069/95.. A iniciativa pode ser adotada de forma amigável ou por meio da Justiça.. que é a periodicidade mínima permitida por lei. a distância do local de trabalho.O proprietário que quiser vender o imóvel alugado deverá. e sua familiaridade com a vizinhança..amigável ou judicial .. . . o IPCA e o INPC (ambos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . ou.É a atualização do valor pago com base no preço de mercado. como se diz popularmente.Se o proprietário pedir um reajuste maior do que o estipulado em contrato e se recusar a receber o aluguel com o reajuste correto....... No documento deve constar que o valor somente poderá ser modificado após um ano. o mercado de locação permaneceu estável. E geralmente acontece quando o valor do aluguel está muito abaixo da cotação normal. como por exemplo o proprietário pedir o imóvel de volta.... ou . mesmo que isso exija tempo e boa dose de paciência. . Término da Locação ..O inquilino. . .Várias situações podem provocar o fim de um contrato de locação.. Com o entendimento.Ele deve levar em conta os gastos com mudança.para alterar o preço do aluguel (reajuste ou revisional) deve ser feito por escrito.. de seu lado.IBGE). o IGP-DI (ambos da Fundação Getúlio Vargas FGV). pode ser vantajoso para o proprietário dar um desconto..para demolição e edificação. ele ganha permanecendo no local... cuida bem do imóvel e não dá trabalho.. ganham as duas partes.. por lei. Por isso.. que terá 30 dias para dar a resposta...para a realização de obras que aumentem a área construída em pelo menos 20%.. ainda que pague um pouco mais com o reajuste... a seguir. também pode fazer o jogo do contente: se o imóvel é adequado a suas necessidades. .

......A retomada do imóvel pelo proprietário ficou mais fácil com a volta da denúncia vazia --como diz o nome... Denúncia vazia e despejo ..contratos de menos de 30 meses. Se não fizer isso. seu direito de preferência e até desfazer a venda a outra pessoa. na Justiça. é sempre bom pedir à imobiliária ou ao proprietário um comprovante de que todos os pagamentos foram feitos e de que as chaves foram entregues..O proprietário pode também pedir a retomada do imóvel.. A multa que mais aparece nos contratos de locação é de três meses de aluguel.. Em imóveis sublocados.falta de pagamento do aluguel.Se o inquilino quiser ir embora do imóvel antes do prazo. a partir do registro da venda ou da data do compromisso de compra e venda..alienação.Aceita a ação de denúncia vazia pela Justiça...infração legal ou contratual. ... ... ... cessão ou venda do imóvel. o comprador deverá pedir a desocupação do imóvel no prazo de 90 dias.245. E tomar o cuidado de dar baixa de seu nome nas companhias responsáveis pela distribuição de energia elétrica e gás e na companhia telefônica.Ao desocupar o imóvel. deverá pagar a multa estabelecida no contrato.Se não for consultado pelo proprietário.. . Essa figura jurídica havia sido abolida na antiga Lei do Inquilinato e foi revalidada pela lei nº 8.recusa em permitir reforma determinada pelo poder público. o fim de um contrato sem justificativa expressa. por meio da Justiça... o inquilino tem de 15 a 30 dias para desocupar o imóvel.... para não continuar responsável pelas contas. A retomada do imóvel sem motivo pode ser aplicada nos seguintes casos: .Se o inquilino abrir mão da compra.... se o inquilino permanecerr no imóvel por ao menos cinco anos ininterruptos... poderá ser obrigado a sair à força. Rescisão . . ... .Uma das vantagens de ter o contrato registrado em cartório é o direito que o inquilino adquire de permanecer no imóvel até o final do prazo estipulado em contrato --mesmo que o proprietário lhe ofereça a preferência pela compra do imóvel e o inquilino recuse a compra. o inquilino permanecerá no imóvel e manterá o contrato de locação.. .. . Se o pedido não for feito nesse período. Mas atenção: o valor pago como multa deve ser proporcional ao tempo restante da locação. a preferência é do sublocatário e depois do locatário.. com uma ação ordinária de despejo.. nos seguintes casos: ...contratos assinados após 20 de dezembro de 1991 com prazo igual ou superior a 30 meses. o inquilino poderá fazer valer. ..

O valor mensal da locação será aquele pactuado no preâmbulo deste instrumento. sob as cláusulas e condições seguintes: I . e o LOCATÁRIO. resolvem ajustar a locação do imóvel retro descrito. com base no índice governamental destinado a promover a atualização monetária das mensalidades locatícias em REAIS ou. e os aluguéis serão reajustados na periodicidade também retro mencionada. devendo o LOCATÁRIO restituí-lo. que ora contratam. medido pela Fundação Getúlio Vargas. na sua falta. findo o prazo. O LOCADOR. pelo índice da inflação do período.O modelo de Contrato de Locação (Aluguel) abaixo e os demais modelos deste site são padrões destinados a dar ao inquilino e ao locatário um entendimento superficial dos caminhos existentes de acordo com a Lei do Inquilinato. VALOR MENSAL DA LOCAÇÃO: R$ em algarismos e por extenso PERIODICIDADE DO REAJUSTE: sempre no limite do que a lei permitir. LOCADOR: nome e qualificação LOCATÁRIO: nome e qualificação FIADORES: nome e qualificação inclusive do cônjuge IMÓVEL: tipo e endereço FINALIDADE: residencial ou não residencial ATIVIDADE: residência ou comércio PRAZO DA LOCAÇÃO: duração da locação INÍCIO: data do início da locação TÉRMINO: data do término da locação VENCIMENTO: DIA dia do pagamento DE CADA MÊS. supraqualificado. independente de notificação judicial ou extrajudicial. também supraqualificado.A locação vigerá pelo período estabelecido no preâmbulo deste instrumento. II .Modelo Contrato de Locação de Imóveis ADVERTÊNCIA . entretanto não substituem o advogado de sua confiança que deverá ser consultado para a feitura de documentos jurídicos. ou no menor período que a legislação vier a permitir. .

O pagamento após o prazo de vencimento implica na multa de mora de 10% (dez por cento) sobre o débito. neste caso. IMPRETERIVELMENTE. a taxa de luz. NO DIA DO VENCIMENTO. VII . Parágrafo único . Sendo necessário substituir qualquer aparelho ou peça de instalação. e obriga-se pela sua conservação.III . obrigando-se. responsabilizando-se pela imediata reparação de qualquer estrago feito por si. sobre o aluguel anual em vigor à época da infração. VIII . IV . sem que para isso seja necessária qualquer despesa por parte do LOCADOR. moral. seus prepostos ou visitantes. supra-estabelecido.A eventual tolerância em qualquer atraso ou demora no pagamento de aluguéis. trazendo-o sempre nas mesmas condições. VI . de forma que. esteja o imóvel em condições de ser novamente alugado. esgoto. devendo o pagamento ser efetuado no endereço (onde deverá ser pago o aluguel). V . Incumbe ao LOCATÁRIO. ainda. ao direito de retenção ou de indenização. ou do condomínio.Nenhuma obra ou modificação será feita no imóvel sem autorização prévia e escrita do LOCADOR.A infração de qualquer das cláusulas deste contrato faz incorrer o infrator na multa irredutível de 20% (vinte por cento). Parágrafo único . poderá visitar o imóvel. Qualquer benfeitoria porventura construída adere ao imóvel. ou outro que lhe seja fixado por escrito. em perfeito estado de conservação e limpeza. com todas as instalações em perfeito funcionamento. durante a locação. no seu todo ou em parte. cabendo. renunciando o LOCATÁRIO. limpo. quando finda a locação. que serão pagas às repartições arrecadadoras respectivas. impostos. força. em hipótese alguma poderá ser considerada como modificação das condições do contrato. também.Além do aluguel são encargos do LOCATÁRIO e FIADORES o imposto predial (IPTU). por si ou por preposto. ( pintura nova ? ) e conservado. ou rescindida esta. bem como a tranqüilidade e o bem-estar dos vizinhos. sujeitando-se a parte inadimplente ao pagamento das perdas e danos que forem apuradas. fica entendido que esta substituição se fará por outra da mesma qualidade. ou demais encargos de responsabilidade do LOCATÁRIO. para verificar o exato cumprimento das cláusulas deste contrato. que permanecerão em vigor para todos os efeitos. ao LOCATÁRIO fazer a . e dele usará de forma a não prejudicar as condições estéticas e de segurança.O LOCADOR.O LOCATÁRIO recebe o imóvel (recém-pintado ?). satisfazer por sua conta as exigências das autoridades sanitárias de higiene. independentemente de qualquer notificação ou aviso. o imóvel. a restituí-lo. seguro.O aluguel será exigível. quando forem entregues as chaves. taxas. e importa na sua rescisão de pleno direito. expressamente. salvo se convier ao LOCADOR que tudo seja reposto no anterior estado.O LOCATÁRIO não poderá sublocar. o seguro de incêndio. condomínio e quaisquer outras que recaiam ou venham a recair sobre o imóvel locado. saneamento.

acessórias da dívida principal. qualificados no preâmbulo deste instrumento. quer quanto à execução de aluguéis. Parágrafo segundo .A responsabilidade do LOCATÁRIO e FIADORES pelo aluguel e demais obrigações legais e contratuais só terminará com a devolução definitiva das chaves e quitação de todos os débitos de locação e os consectários legais e contratuais. XI .Como garantia do cumprimento das obrigações pactuadas. quer quanto à ação de Despejo. assinam os FIADORES. inclusive indenização de danos no imóvel e reparos necessários. o LOCADOR. lavraram o presente instrumento em 02 (duas) vias de igual teor e forma para as finalidades de direito. Parágrafo primeiro . X .É de responsabilidade do LOCATÁRIO o pagamento do seguro anual de incêndio do imóvel locado.O foro deste contrato. como principais pagadores. IX . com AR (Aviso de Recebimento) dirigido aos respectivos endereços mencionados no preâmbulo deste instrumento.Os FIADORES e principais pagadores renunciam aos preceitos dos arts. se necessários. garantindo o seu valor real. bem como ao direito de serem cientificados ou citados para a ação de despejo contra o LOCATÁRIO. inclusive para os fiadores. XII . E por estarem justos e contratados. ao final. obrigando-se. às despesas judiciais. no importe de 20% (vinte por cento) sobre o valor da causa. em nome do LOCADOR. (cidade e data) LOCADOR(A) LOCATÁRIO(A) FIADOR(A) CÔNJUGE DO(A) FIADOR(A) Testemunha: . responsabilizando-se por aluguéis. inclusive reparos. responsabilizando-se. e honorários de advogado. tributos e encargos até a conclusão da obra. tributos e demais encargos. inclusive. 924 e 1500 do Código Civil. o LOCATÁRIO e os FIADORES poderão ser citados pelo correio.reposição por sua conta. é o da Comarca de (cidade?).Na hipótese de ser necessária qualquer medida judicial. além dos ônus judiciais respectivos. pelo fiel cumprimento de todas as cláusulas ora reciprocamente estipuladas e aceitas.

6. Locatário: JOSÉ GONÇALVES R. CPF. 11. EXEMPLO: CONTRATO DE LOCAÇÃO Locadora: MARIA APARECIDA SILVA. Dados sobre o imóvel: Uso comercial ou residencial.222 SSP/SP CPF/MF: 444. 4.G.222.444.111. 7. fiador(a) e 2 testemunhas.CIVIL: casado ENDEREÇO: Av. Assinatura do locador(a). estado civil e endereço do locador(a) 2. Multa contratual: Cláusula sobre o não cumprimento das obrigações. Domair . Fiança: Dados sobre os fiadores 9. 111 São Paulo ?SP. sala.222-22 PROFISSÃO: Dentista NACIONALIDADE: brasileiro EST. banheiro. Rescisão contratual: em que circunstâncias pode ocorrer e suas conseguências para ambos os lados. com a data de início e a data de término. Valor do aluguel e como será reajustado. 5. Rua Marques nº 893 apto. profissão. área de serviço. 13 ? Vl. Prazo: . CIVIL: Solteira ENDEREÇO: Rua do Carmo.São Paulo ?Contendo 03 dormitórios.444-44 PROFISSÃO: Arquiteta NACIONALIDADE: brasileira EST. Prazo da locação. estado civil e endereço do locatário(a) 3. nacionalidade. Laudo de vistoria: deverá ser anexado ao contrato. 10.Testemunha: O contrato deverá conter: 1. 78 ? São Paulo ?SP. nacionalidade. 39 apto. Pedra Azul. profissão. com uma descrição detalhada das condições do imóvel. cozinha. wc e dormitório de empregada e 1 vaga na garagem. número de vagas na garagem.222. Nome completo e dados de RG. RG: 2. endereço. locatário(a). Imóvel objeto da locação: Exclusivamente residencial. CPF. etc.111 SSP/SP CPF/MF: 222. 8. número e descrição dos cômodos. Nome completo e dados de RG.

e. O aluguel mensal deverá ser pago diretamente na Administradora Lar Tranquilo Imóveis S/C Ltda .323. casado. ora contratado. Na eventual modificação ou extinção do índice eleito ou da legislação em vigor.012-01 residentes e domiciliados nesta Capital. oferecem em garantia desta locação um imóvel situado na Rua de Todos os Santos. cujo vencimento é todo dia 5 (cinco) de cada mês seguinte ao vencido. sob nº de matrícula 22. comerciante. Fiança: MÁRIO REIS. Multa contratual: 3 (três) vezes o valor do aluguel vigente na época da eventual infração. com multa de 10% (dez por cento) . situada na Av. Reajuste: FIPE/IPC ? por 12 (doze) meses. na hipótese do não pagamento em dia. Os signatários deste instrumento que contratam nas qualidades indicadas no preâmbulo.456 SSP/SP e CPF 123.121. CNPJ nº 09. administrador de empresas. têm entre sí. o(a) LOCATÁRIO(A). justa e contratada a locação do imóvel supra mencionado. obriga-se a restituir o imóvel completamente desocupado e em perfeito estado de conservação . na hipótese do não pagamento em dia. Ag. Januária ?São Paulo . 1. 32 ? juntamente com o IPTU e cópia do condomínio pago ou em depósito em conta corrente da Administradora ? Banco 333 BANCOSEGURO .789-11 e sua esposa ANA REIS. Eurípedes. novo índice legal que substitua o atual. 32 c/c . Após um ano do cumprimento do presente contrato e desde que não haja nenhuma pendência referente aos encargos do imóvel e referente ao estado do mesmo conforme vistoria em anexo. como ora o recebe.196 do Código Civil Brasileiro. registrado no 8º Cartório de Registro de Imóveis desta Capital. portadora do RG.232/0001-90. brasileira.122 SSP/SP e do CPF/MF 133.456. fica eleito para os reajustes. com vencimento todo dia 5 (cinco) de cada mês seguinte ao vencido. conforme Plano Real.123. SEGUNDA: O aluguel mensal livremente estipulado neste ato é de R$ 800. brasileiro. o locatário ficará isento da multa Contratual.00 (oitocentos Reais). 669 ? Vl.30 (trinta) meses INÍCIO: 6/06/2000 TÉRMINO: 5/12/2002 ALUGUEL: R$ 800.00 (Oitocentos Reais).022. limpeza e uso. independente de notificação de qualquer espécie ou outra medida judicial sob pena de sujeitar-se do disposto no artigo 1. com multa de 10% (dez por cento). pelas cláusulas e condições a seguir estipuladas: PRIMEIRA: O prazo de locação é o constante do início deste contrato e referido preâmbulo. portador do RG 1. No termo final. o menor período permitido em lei.333.

multas. Parágrafo primeiro: No caso de eventual extinção do índice de variação. consumo de gás. fica convencionado a escolha da menor periodicidade permitida em Lei . poderá o(a) Locador(a) por qualquer índice oficial. à eventualidade de sua prorrogação. por parte do governo Federal. quando finda ou rescindida a locação. QUARTA: Fica convencionado que quando os alugueis forem pagos fora do prazo estipulado na cláusula Segunda. o aluguel e seus encargos. ou mesmo depois de seu vencimento. por ocasião do pagamento do aluguel do mês correspondente. segundo a variação do índice legal. diretamente na Administradora do(a) Locador(a) ou em conta ?corrente da Administradora conforme já mencionado na cláusula segunda. TERCEIRA: O aluguel sofrerá reajustes imediatos e automáticos legais. pagará o(a) LOCATÁRIO(A) as taxas de qualquer âmbito ou natureza sejam Federais. . compromete-se o(a) LOCATÁRIO(A) em enviar o comprovante do condomínio pago. juros e correção monetária ou qualquer outro acréscimo. em razão do que. a qualquer tipo de índice ou tabela deflatora. Parágrafo segundo: O aluguel convencionado entre as partes não embute previsão inflacionária. sendo que qualquer mudança que vier ocorrer na Legislação pertinente. Estaduais ou Municipais. o (a) Locatário(a) pagará nas épocas próprias. ora a cada período de 12 (doze) meses. inclusive. de água e esgoto. além de tal constituir infração contratual deverá o (a) Locatário(a) reembolsar o (a) Locador (a) do valor dispendido. O índice ora eleito é o FIPE/IPC. No caso de depósito em conta-corrente. Se por hipótese o (a) Locador(a) tiver que pagar os referidos encargos diretamente ao Poder Público competente. não será submetido o valor do locatício. QUINTA: Durante a vigência deste contrato. eleita esta disposição sob o prisma de cláusula ?pacta sunt servanda?. a contar da assinatura do presente contrato. efetuando seus pagamentos em dia. no caso de eventual edição por parte do Governo Federal de algum tipo de plano de estabilização econômico/financeira. ficam automaticamente sujeitos ao pagamento de juros de 1% (UM POR CENTO) ao MÊS. contados a partir do dia seguinte do vencimento do aluguel e sobre a importância total devida e à correção monetária.345345-1. força e luz e garagem. bem como as multas e majorações a que der causa pela retenção em seu poder dos avisos de lançamento. de pavimentação. gás (COMGÁS) (se houver) sob pena de rescisão contratual. além da multa. demais tributos incidentes sobre o imóvel. exibindo-as ao Locador(a) por ocasião da entrega de chaves. ou oficioso editado por órgão paraestatal ou correlato que fixe o índice de variação inflacionária verificada dentro do prazo de periodicidade eleita . SEXTA: Compromete-se o(a) Locatário(a) em transferir as contas de consumo de luz para o seu nome. calefação. Além de multas. no prazo máximo de 60 (sessenta dias) . do que declara o (a) Locatário(a) encontrar-se plenamente ciente. perante o órgão competente ELETROPAULO. juntamente com a parcela do IPTU.

vistoriar o imóvel locado. retalhamentos. em horários pré determinados. será de responsabilidade única e exclusiva do(a) Locatário(a) e Fiadores. ou conforme determinar a convenção. estragos ou defeitos nas instalações elétricas. ainda que originado por curto circuito. etc. algum estrago porventura existente. e que fica fazendo parte integrante deste contrato como mais uma cláusula a ser cumprida. responsabilizando-se o(a) Locatário(a) e Fiadores pelos possíveis danos a serem apurados na vistoria para rescisão contratual. . luminárias do edifício. obstacular. bem como a conservação e respectivas ligações junto as repartições competentes. gás. seja qual for a sua natureza ou âmbito. afim de ser ressalvada não só a sua responsabilidade. Parágrafo terceiro: O(A) Locatário(a) faculta desde já ao(à) Locador(a) .SÉTIMA: O (A) Locador(a) não terá qualquer responsabilidade perante o(a) Locatário(a) em caso de incêndio. bem como: reforma. revestimentos. OITAVA: O pagamento de todo e qualquer tributo. como: manutenção de elevadores e demais compartimentos de uso dos moradores. mediante uma solicitação por escrito ao locatário. ou mesmo depois de seu vencimento. ralos. NONA: Em caso de necessidade de rateio. despesa ou encargo. quando este julgar conveniente. pias. sob pena de incidência de multa contratual estabelecida para infrações neste contrato . cerâmicas. torneiras. todas as instalações de luz. conforme vistoria para entrada no imóvel em anexo e com fotos. dispensa e 13º de funcionários serão feitas às expensas do(a) Locatário(a) . o(a) Locatário(a) deverá comunicar por escrito. Na eventualidade de ser o imóvel colocado a venda. como também o(a) do(a) Locador(a). nem mesmo a visitação por interessados devidamente acompanhados por corretores autorizados a promover a venda. consertos de futuras deficiências ou estragos na pintura interna. água. que venha por Lei a ser criado durante a vigência deste contrato. à eventualidade de sua prorrogação. que serão executadas pelo(a) Locador(a). O apartamento encontra-se em perfeitas condições de uso e limpeza. indenização ou compensação. pessoalmente ou através de preposto. trincos. DÉCIMA: O(A) Locatário(a) recebe o imóvel no estado em que se encontra atualmente. construção. Parágrafo primeiro: Para uma perfeita delimitação entre os estragos. fossa. As manutenções do perfeito funcionamento do Edifício. pastilhas. onde Locador(a) . recomposição. que fica obrigado a restituir tudo no estado em que ora recebe. fechaduras. será feita proporcionalmente às áreas de cada unidade. por qualquer forma. Parágrafo segundo: Com exceção das obras necessárias à segurança do imóvel. a cada negativa imotivada à diligência de visitação a que der causa. dentro do prazo máximo de 05 (cinco) dias. calhas. não poderá o(a) Locatário(a) . ao desocupar o imóvel. bem como férias. tampos. em se tratando de condomínio. esgoto. a fixação de placas. sem direito a retenção. pagamento de encargos. tributos ou despesas mencionadas neste contrato. Locatário(a) e Fiadores assinam e responsabilizam-se. findo ou rescindido o presente contrato. externa.

até que o imóvel seja colocado nas mencionadas condições deste contrato. qualquer reforma ou restauração.Parágrafo quarto: Por ocasião da vistoria de imóvel para rescisão contratual. incorrendo o contratante infrator na multa de 3 (três) vezes o valor do aluguel vigente na época da eventual infração. responderá por todas as despesas havidas. ficará facultado ao(a) Locador(a) mandar fazer o serviço substituindo o que for necessário e cobrando do(a) Locatário(a) o valor gasto com material e mão de obra. no curso da locação. por sua conta e risco. finda a Locação. Parágrafo quinto: Ainda que necessária. ressalvado ao(a) Locatário(a) a defesa de seus interesses junto ao poder expropriante. placas. respondendo o (a) Locatário(a) pelo pagamento dos alugueis correspondente ao tempo necessário para colocar o imóvel nas condições do contrato. Será facultado ao Locador (a) . Em caso de desapropriação. se for constatada qualquer anormalidade. tal como se acha redigido. DÉCIMA SEGUNDA: Não é permitida a transferência deste contrato. independentemente de qualquer interpelação. integrando o imóvel. cessão ou empréstimo. Parágrafo oitavo: O(a) Locatário(a) fica obrigado(a) . exigir que as benfeitorias introduzidas com seu consentimento sejam retiradas. Parágrafo sétimo: Na oportunidade em que se der a devolução do imóvel. pelo desgaste natural do imóvel. reparar o defeito ou substituir a peça ou aparelho defeituoso ou quebrado. Locatário(a) e Fiadores. acessão ou modificação a ser introduzida no imóvel locado ou em suas instalações. . cartazes. o(a) Locador(a) notificará o(a) Locatário(a) para dentro do prazo de 05 (cinco) dias. independentemente de indenização e sem direito de retenção ou compensação. nem sublocação. após sua devolução pelo(a) Locatário(a) . DÉCIMA PRIMEIRA: O (A) Locatário(a) obriga-se a usar o imóvel para fins exclusivamente residenciais para ele(a) Locatário(a) e sua família conforme cadastro. inclusive colocação de luminosos . sendo dispensado(a) apenas. todas e quaisquer benfeitorias. Parágrafo sexto: Na hipótese de ser o (a) Locador(a) obrigado a efetuar no imóvel locado. sem prévio consentimento por escrito do(a) Locador(a). o(a) Locatário(a). às expensas do(a) Locatário(a). DÉCIMA TERCEIRA: Locador(a). se o(a) Locatário(a) não atender a notificação. As benfeitorias e ascessões necessárias e autorizadas pelo(a) Locador(a) passarão a pertencer a ele(a). a satisfazer todas as intimações dos poderes públicos. nem promessas dessas modalidades . restituindo o imóvel como lhes foi entregue. que poderá ser extrajudicial. não motivando a rescisão do presente. haverá motivo justo para a recusa do recebimento das chaves. o(a) Locador(a) fica desobrigado(a) das cláusulas do presente contrato. obrigam-se a respeitar o presente contrato em todas as suas cláusulas e condições. se o (a) Locador(a) constatar que a devolução não é feita nas condições da cláusula décima e seu parágrafo retro. letreiros ou qualquer forma de propaganda dependerá da autorização por escrito do(a) Locador(a) sob pena de rescisão contratual. no todo ou em parte. com a faculdade para a parte inocente de considerar simultaneamente rescindida a locação.

extrajudiciais e 20% (Vinte por cento) de verba honorária . DÉCIMA SEXTA: O presente contrato. xx de dddddd de 20xx Assinaturas: Locadora: MARIA APARECIDA SILVA Locatário: JOSÉ GONÇALVES Fiador: Mário Reis Fiadora: Ana Reis Exemplo: Laudo de vistoria Este laudo é parte itegrante do contrato de locação firmado entre as partes: LOCADORA: LOCATÁRIO: IMÓVEL OBJETO DA LOCAÇÃO: apartamento situado na . juntamente com as testemunhas presenciais. será cobrado em processo executivo ou ação apropriada . ratificam todas as cláusulas e dizeres constantes no presente instrumento. também. sendo solidários com o(a) LOCATÁRIO(A) em todas as obrigações aqui assumidas. por estarem justos e contratados. obriga as partes. discutidos e achados conforme. seus sucessores e herdeiros. ficando eleito para todas as questões oriundas do presente contrato o foro de Santana nesta capital. assinando-o em três vias de igual teor e forma. não podendo o(a) Locatário(a) opor-se ao pagamento de porcentagem sob pretexto algum. Esta porcentagem será reduzida para 10% (dez por cento) se a responsabilidade for liquidada no escritório do advogado do(a) Locador(a) independente de qualquer procedimento judicial. E assim. lidos.. DÉCIMA QUINTA: Como garantia assinam. . correndo por conta do devedor além do principal e da multa todas as despesas judiciais.DÉCIMA QUARTA: Tudo o que for devido em razão do presente contrato.. na qualidade de fiadores os qualificados no preâmbulo deste contrato. São Paulo. especialmente o da situação do imóvel. com exclusão de qualquer outro por mais privilegiado que seja.

. espelhos e tomadas com seus respectivos espelhos e funcionando.INÍCIO DA LOCAÇÃO: xx de ddddd de 20xx TÉRMINO: xx de ddddd de 20xx O imóvel possui 03 dormitórios.azulejos perfurados. Cozinha: Piso de . são solicitados do .. Dormitório 3: piso tipo carpete 10 mm na cor verde em regular estado. Locadora.. sala. Janelas com vidros e esquadrias em bom estado. Normalmente os seguintes documentos. São Paulo. Dormitório 1: piso tipo carpete 10 mm na cor verde em regular estado. Pintura em regular estado na cor branca.. armário ... com 3 (três) perfurações de parafusos.. condomínio e IPTU. cozinha. De modo geral o apartamento encontra-se em perfeito estado de conservação e limpeza onde Locatário e Fiadores se comprometem em devolver da mesma forma em que ora o recebem. torneiras (sendo uma com vazamento)... tanque em regular estado.. . Assinam este termo em 03 (três) vias.. Banheiro: Com chuveiro elétrico. Banheiro: Piso em granito marrom e azulejo em perfeito estado. gás.... Área de serviço: Com aquecedor a gás funcionando. Sala: piso de carpete de madeira em estado de novo. Locatárias e Fiadores.. Dormitório de empregada: Repleto de armários embutidos . com rasgo no canto próximo à janela. wc e dormitório de empregada e 01 vaga na garagem. sem trincos. com rasgo no canto próximo à janela. armários embutidos em cerejeira em . luz... cópias autenticadas. xx de xxxxxx de 20xx É de responsabilidade do locatário o pagamento das contas de água. Veja mais informações sobre responsabilidades nas cláusulas quinta e décima do exemplo de contrato de locação acima.banheiro.Portas e janelas com trincos. pia c/ gabinete. armário . Sem vazamentos ou entupimentos. Dormitório 2: piso tipo carpete 10 mm na cor verde em regular estado.... área de serviço.

locatário: 1. carta do contador com declaração de rendimentos com carimbo do CRC e firma reconhecida (se autônomo). 3 últimos recibos do aluguel e condomínio onde mora atualmente (se inquilino) 5. Certidão dos Distribuidores de Protestos e Cíveis (validade 30 dias) . Certidão do Registro Imobiliário (validade 30 dias) 6. Comprovante do estado civil 3. Escritura 5. CPF/MF e RG (se casado. 4. Certidões dos Distribuidores Cíveis e de Protesto (validade 30 dias) Os fiadores normalmente têm que apresentar: 1. Comprovante do estado civil 3. do casal) 2. Comprovante de residência 6. CPF/MF e RG (se casado(a) do casal) 2. Comprovante de renda: 3 últimos holerites (se empregado). Comprovante de renda : 3 últimos holerites e carteira profissional (se empregado) ou Carta do contador com declaração de rendimentos com carimbo CRC e firma reconhecida (se autônomo) 4.

(Nacionalidade). (Nacionalidade). nº (xxx). sob o Registro nº (xxx). (Estado Civil). Cidade (xxx). nº (xxx). (Estado Civil). Carteira de Identidade nº (xxx). Cep (xxx). (Profissão). pelo LOCADOR ao LOCATÁRIO. O imóvel entregue na data da assinatura deste contrato.F.F. que se regerá pelas cláusulas seguintes e pelas condições descritas no presente. (Nacionalidade). residente e domiciliado na Rua (xxx). bairro (xxx). Carteira de Identidade nº (xxx). no Estado (xxx). nº (xxx). (Profissão). possui as características contidas no auto de vistoria anexo. ambos capazes. bairro (xxx). C. C. e sua esposa (Nome).P. do Cartório do (xxx) Ofício de Registro de Imóveis. e sua esposa (Nome). (Profissão).F. nº (xxx). nº (xxx). DO OBJETO DO CONTRATO Cláusula 1ª. Cidade (xxx).F. entre si. C. bairro (xxx). Carteira de Identidade nº (xxx). ambos capazes.P. residente e domiciliado na Rua (xxx). no Estado (xxx). o imóvel de propriedade do LOCADOR. (Nacionalidade). LOCATÁRIO: (Nome do Locatário). justo e acertado o presente Contrato de Locação Residencial com Seguro Fiança1. (Profissão).P. Carteira de Identidade nº (xxx). Cep (xxx). livre de ônus ou quaisquer dívidas. O presente. C. Cláusula 2ª. que desde já aceitam expressamente. . As partes acima identificadas têm. tem como OBJETO. nº (xxx). situado na Rua (xxx). Cidade (xxx). no Estado (xxx).CONTRATO DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL COM SEGURO FIANÇA IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: (Nome do Locador). Cep (xxx).P.

modificar o imóvel da maneira que lhe foi entregue. com todos os tributos e despesas pagas. O imóvel objeto deste contrato será entregue nas condições descritas no auto de vistoria. Cláusula 5ª. Vindo a ser feita benfeitoria. salvo autorização expressa do LOCADOR. As benfeitorias. em caso de edifício onde haja condomínio.DA UTILIZAÇÃO DO IMÓVEL Cláusula 3ª. sublocá-lo ou usá-lo de forma diferente do previsto. com instalações elétricas e hidráulicas em perfeito funcionamento. Cláusula 7ª. A presente LOCAÇÃO destina-se restritivamente ao uso do imóvel para fins residenciais. Fica também acordado. devendo o LOCATÁRIO mantê-lo desta forma. deverá de imediato. restando ao LOCATÁRIO em caso do LOCADOR não aceitá-la. que o imóvel será devolvido nas mesmas condições previstas no auto de vistoria. ou seja. com todos os cômodos e paredes pintados. faculta ao LOCADOR aceitá-la ou não. no ato da entrega das chaves. que. consertos ou reparos farão parte integrante do imóvel. Fica desde já ciente o LOCATÁRIO. sendo que portas. ser submetida a autorização expressa do LOCADOR. DO CONDOMINIO Cláusula 9ª. portões e acessórios se encontram também em funcionamento correto. DAS CONDIÇÕES DO IMÓVEL Cláusula 4ª. Qualquer benfeitoria ou construção que seja destinada ao imóvel objeto deste. Cláusula 8ª. não assistindo ao LOCATÁRIO o direito de retenção ou indenização sobre as mesmas. BENFEITORIAS E CONSTRUÇÕES Cláusula 6ª. além de. restará o mesmo obrigado por todas as cláusulas constantes na . restando proibido ao LOCATÁRIO.

DO SEGURO CONTRA INCÊNDIO E OUTRAS PROVIDÊNCIAS Cláusula 15ª. .Convenção e no Regulamento Interno existente. O LOCATÁRIO fica desde já obrigado a fazer seguro contra incêndios. responsáveis para tal fim. DAS VISTORIAS Cláusula 12ª. permitirá desde logo ao LOCADOR vistoriar o imóvel com possíveis pretendentes. em seguradora idônea e que passe por prévia autorização do LOCADOR. Cláusula 11ª. O LOCATÁRIO permitirá ao LOCADOR. Na ausência de qualquer das partes. o LOCATÁRIO a realizar o conserto. as mesmas se comprometem desde já a deixarem nomeados procuradores. O LOCATÁRIO. do imóvel locado. As partes integrantes deste contrato ficam desde já acordadas a se comunicarem somente por escrito. não se manifestando no prazo estipulado. realizar vistorias no imóvel em dia e hora a serem combinados. o LOCADOR ficará facultado a rescindir o contrato. DOS ATOS DE INFORMAÇÃO ENTRE OS CONTRATANTES Cláusula 14ª. podendo este último averiguar o funcionamento de todas as instalações e acessórios. através de qualquer meio admitido em Direito. contido na cláusula anterior. Parágrafo único. deverá propor por escrito ao LOCATÁRIO que se obrigará a emitir a resposta em 30 (trinta) dias. Caso o LOCADOR manifeste vontade de vender o imóvel objeto do presente. sem prejuízo dos numerários previstos neste. Cláusula 13ª. Não ocorrendo o conserto. Constatando algum vício que possa afetar a estrutura física do imóvel ficará compelido. no prazo de (xxx) dias. DO DIREITO DE PREFERÊNCIA Cláusula 10ª. a partir da comunicação inicial.

Cláusula 19ª. empresa seguradora competente para elaboração de Seguro Fiança.Cláusula 16ª. subseqüente ao vencido. sob pena de multa. DO VALOR DO ALUGUEL Cláusula 21ª. correções e despesas previstas nas Cláusulas 28ª e 29ª. e terá como base o valor de (xxx) aluguéis. devendo fazê-lo até o quinto dia útil de cada mês. O prêmio do seguro ficará a cargo do LOCATÁRIO. o LOCADOR poderá acionar o Seguro Fiança para ser ressarcido dos prejuízos oriundos do descumprimento das cláusulas do presente. a ser efetuado diretamente ao LOCADOR. Cláusula 20ª. todas as despesas por danos causados ao imóvel. Qualquer acidente que porventura venha a ocorrer no imóvel por culpa ou dolo do LOCATÁRIO. ou procurador por este autorizado. o mesmo ficará obrigado a pagar. Emitir-se-á tal recibo. O valor do Seguro Fiança será estipulado pelas partes contratantes e pela empresa seguradora. Cláusula 22ª. Nas hipóteses de inadimplemento das obrigações contratuais do LOCATÁRIO. O LOCATÁRIO se compromete a contratar no primeiro dia útil após a assinatura do presente contrato. a emitir recibo da quantia paga. dos comprovantes de todas as despesas do imóvel devidamente quitadas. sobretudo. além da multa prevista na Cláusula 29ª. Fica obrigado o LOCADOR ou seu procurador. parte integral deste contrato. relacionando pormenorizadamente todos os valores oriundos de juros. Cláusula 18ª. o LOCATÁRIO se obrigará a pagar o valor de R$ (xxx) (Valor Expresso). fazendo o mesmo. . teve conhecimento no auto de vistoria. ou outra despesa. DO SEGURO FIANÇA Cláusula 17ª. Como aluguel mensal. devendo restituí-lo no estado cujo encontrou e que. desde que haja a apresentação pelo LOCATÁRIO. Cláusula 23ª.

). Ocorrendo alguma mudança no âmbito governamental. O LOCATÁRIO. utilizando-se para isso. Cláusula 27ª. DA COBRANÇA Cláusula 26ª. o(s) aluguel(éis). tendo como base. se não compensado(s) até o quinto dia útil contados a partir do vencimento do aluguel. todos os valores agregados ao aluguel. ficarão sob a responsabilidade do LOCATÁRIO pelo pagamento de todos. cobrar do LOCATÁRIO. ressalvando-se quanto à contribuição de melhoria. oriundo(s) deste contrato. de todos os meios legais admitidos. Em caso de falta deste índice. os índices previstos e acumulados no período anual do (IGPM ou IGP ou IPC. até o primeiro dia anterior ao pagamento de todos os valores devidos. DA MULTA Cláusula 29ª. luz. facultando ao LOCADOR a aplicação do disposto na Cláusula 29ª. etc. telefone.Cláusula 24ª. tributo(s) e despesa(s) vencido(s). as condominiais que estejam relacionadas ao uso do mesmo. O(s) cheque(s) utilizado(s) em pagamento. O valor do aluguel será reajustado anualmente. bem como os tributos. DO REAJUSTE Cláusula 25ª. DAS DESPESAS E TRIBUTOS Cláusula 28ª. água. tais como. bem como o próprio aluguel. não vindo a efetuar o pagamento do aluguel até a data . Faculta ao LOCADOR ou seu procurador. serão revistos pelas partes. Parágrafo único. Caso o LOCATÁRIO venha a efetuar o pagamento do aluguel através de cheque. Todas as despesas diretamente ligadas à conservação do imóvel. gás. o reajustamento do aluguel terá por base a média da variação dos índices inflacionários do ano corrente ao da execução do aluguel. ocasionará(ão) mora do LOCATÁRIO. restará facultado ao LOCADOR emitir os recibos de pagamento somente após compensação do mesmo.

DA MULTA POR INFRAÇÃO Cláusula 35ª. Não configurarão novação ou adição às cláusulas contidas no presente instrumento. sem prejuízo do pagamento da multa. ficará obrigado desde já a efetuar o pagamento no primeiro dia útil subseqüente a esta data. DA TOLERÂNCIA Cláusula 33ª. DO DESCONTO Cláusula 32ª. As partes estipulam o pagamento da multa no valor de 03 (três) aluguéis vigentes a época da ocorrência do fato.estipulada na Cláusula 21ª. fica obrigado a pagar multa de 10% (dez por cento) sobre o valor do aluguel estipulado neste contrato. mais correção monetária. os atos de mera tolerância referentes ao atraso no pagamento do aluguel ou quaisquer outros tributos. O LOCATÁRIO terá um prazo de tolerância para efetuar o pagamento do aluguel até o 2º (segundo) dia útil após o vencimento. DO ATRASO NO PAGAMENTO Cláusula 30ª. restará em mora o LOCATÁRIO. bem como juros de mora de 1% (um por cento) ao mês. O LOCATÁRIO terá desconto de R$ (xxx) (Valor Expresso) caso pague o valor do aluguel previsto neste contrato até o 1º dia útil do mês subseqüente ao vencido. . juros de mora e correção monetária. Em caso de atraso no pagamento dos aluguéis e não compensando o cheque destinado para tal fim. Caso não seja dia útil. ficando responsabilizado por todos os pagamentos previstos neste atraso. Cláusula 31ª. Cláusula 34ª. a ser aplicada àquele que venha a infringir quaisquer das cláusula contidas neste contrato exceto quando da ocorrência das hipóteses previstas na Cláusula 37ª.

desde que ocorra notificação por escrito ao LOCATÁRIO. Cláusula 38ª. data a qual o imóvel deverá ser devolvido nas condições previstas na Cláusula 42ª. bem como quaisquer outras hipóteses que maculem o imóvel de vício e impossibilite sua posse. do mês (xxx) no ano de (xxx). rescindí-lo a qualquer tempo. DA RESCISÃO Cláusula 37ª. caso o imóvel seja utilizado de forma diversa da locação residencial. vigentes à data da entrega das chaves. do mês (xxx) no ano de (xxx) e findar-se no dia (xxx). sem prejuízo dos dispostos nas Cláusulas 29ª e 42ª. independente de qualquer comunicação prévia ou indenização por parte do LOCATÁRIO. a data prevista. Ultrapassando o contrato. Poderá também o presente instrumento ser rescindido. . independente de dolo ou culpa do LOCATÁRIO. incêndio ou algo que venha a impossibilitar a posse do imóvel. independentemente de aviso ou qualquer outra medida judicial ou extrajudicial. efetivando-se com a entrega das chaves. DO PRAZO Cláusula 39ª. DA PRORROGAÇÃO DO CONTRATO Cláusula 40ª. que ficará compelido a sair do imóvel dentro do prazo de 30 (trinta) dias. quando: a) Ocorrendo qualquer sinistro. sem prejuízo da obrigação do LOCATÁRIO de efetuar o pagamento das multas e despesas previstas na Cláusula 29ª. b) Em hipótese de desapropriação do imóvel alugado. tornando-se contrato por tempo indeterminado. A presente locação terá o lapso temporal de validade de (xxx) meses. Caso venha o LOCATÁRIO a devolver o imóvel antes do termino da vigência do contrato o mesmo pagará a título de multa o valor de 03 (três) salários mínimos. sem gerar direito a indenização ou qualquer ônus para o LOCADOR. Ocorrerá a rescisão do presente contrato.Cláusula 36ª. a contar do recebimento da notificação. a iniciar-se no dia (xxx). salvo autorização expressa do LOCADOR. ou seja. poderá o LOCADOR.

CONDIÇÕES GERAIS Cláusula 44ª. Por estarem assim justos e contratados. estar em perfeitas condições de funcionamento. DA DEVOLUÇÃO DO IMÓVEL FINDO PRAZO DA LOCAÇÃO Cláusula 42ª. Os autos de vistoria inicial e final. em duas vias de igual teor. Para dirimir quaisquer controvérsias oriundas do CONTRATO. salvo as deterioração decorrentes do uso normal e habitual do imóvel. sendo que as instalações elétricas. hidráulicas e acessórios deverão também. pintado com tinta látex na cor contida no auto de vistoria. sucessores ou cessionários de ambas as partes se obrigam desde já ao inteiro teor deste contrato. o LOCATÁRIO e o LOCADOR ficarão obrigados por todo o teor deste contrato. juntamente com 2 (duas) testemunhas. DO FORO Cláusula 46ª. O presente contrato passa a vigorar entre as partes a partir da assinatura do mesmo. Cláusula 43ª.Cláusula 41ª. Os herdeiros. que farão parte deste contrato conterão assinatura de duas testemunhas. (Local. O LOCATÁRIO restituirá o imóvel locado nas mesmas condições as quais o recebeu. . quais sejam. firmam o presente instrumento. as partes elegem o foro da comarca de (xxx). data e ano). Ocorrendo prorrogação. Cláusula 45ª. dos contratantes e de um engenheiro civil.

F. (xxx). LOCATÁRIO: (Nome do Locatário). residente e domiciliado na Rua (xxx). C. FIADOR 2: (Nome do Fiador 2). Carteira de Identidade nº (xxx). (xxx). cidade (xxx).F.P. (Profissão). Carteira de Identidade nº (xxx).P. (Nacionalidade).P. (Nacionalidade). (Profissão). RG e assinatura da Testemunha 1) (Nome. C. Cep.P. cidade (xxx).P. C. (Profissão). RG e assinatura da Testemunha 2) CONTRATO DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL COM FIADOR IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: (Nome do Locador).F. (Estado Civil). bairro(xxx).F.º (xxx). bairro (xxx). no Estado (xxx). (Nacionalidade).º (xxx). no Estado(xxx).(Nome e assinatura do Locador e sua Esposa) (Nome e assinatura do Locatário e sua Esposa) (Nome. Carteira de Identidade nº (xxx). ambos capazes. e sua esposa (Nome). C. (Estado Civil). capaz.º (xxx). Cep. C. (Profissão). residente(s) e domiciliado(s) na Rua (xxx). (Profissão). (Nacionalidade). (Profissão). (Nacionalidade).F. Carteira de Identidade nº (xxx). bairro (xxx).P. (xxx). nº (xxx). e sua esposa (xxx). n. cidade (xxx). ambos capazes. Cep. juntamente com seus: FIADOR 1: (Nome do Fiador 1). no Estado (xxx). Carteira de Identidade nº (xxx). e sua esposa (xxx). nº (xxx). nº (xxx). n. nº (xxx). (Nacionalidade). C. nº (xxx). (Nacionalidade). nº (xxx). n. Carteira de Identidade nº (xxx). (Profissão). Carteira de Identidade .F. residente e domiciliado na Rua (xxx).

pelo LOCADOR ao LOCATÁRIO. com todos os cômodos e paredes pintados. possui as características contidas no auto de vistoria anexo. com instalações elétricas e hidráulicas em perfeito funcionamento. livre de ônus ou quaisquer dívidas. tem como OBJETO. n. . Cep (xxx). DAS CONDIÇÕES DO IMÓVEL Cláusula 3ª. nº (xxx). restando proibido ao LOCATÁRIO. no ato da entrega das chaves. Carteira de Identidade nº (xxx). sob o Registro n. que desde já aceitam expressamente. do Cartório do (xxx) Ofício de Registro de Imóveis. que o imóvel será devolvido nas mesmas condições previstas no auto de vistoria.F. (xxx). sendo que portas. cidade (xxx). no Estado (xxx).º (xxx). justo e acertado o presente Contrato de Locação Residencial com Fiador. O imóvel objeto deste contrato será entregue nas condições descritas no auto de vistoria. C. situado na Rua (xxx). portões e acessórios se encontram também em funcionamento correto. Fica também acordado.P. sublocá-lo ou usá-lo de forma diferente do previsto. salvo autorização expressa do LOCADOR. o imóvel de propriedade do LOCADOR.nº (xxx). DO OBJETO DO CONTRATO Cláusula 1ª. As partes acima identificadas têm. (Nacionalidade). e sua esposa (xxx). nº (xxx). entre si.º (xxx).P. bairro (xxx). que se regerá pelas cláusulas seguintes e pelas condições de preço. com todos os tributos e despesas pagas. O imóvel entregue na data da assinatura deste contrato. ou seja.F. ambos capazes. O presente. cidade (xxx). residente(s) e domiciliado(s) na Rua (xxx). forma e termo de pagamento descritas no presente. devendo o LOCATÁRIO mantê-lo desta forma. Parágrafo único. Cep. A presente LOCAÇÃO destina-se restritivamente ao uso do imóvel para fins residenciais. no Estado(xxx). bairro(xxx). além de. C. (Profissão). DA UTILIZAÇÃO DO IMÓVEL Cláusula 2ª.

não assistindo ao LOCATÁRIO o direito de retenção ou indenização sobre a mesma. deverá propor por escrito ao LOCATÁRIO que se obrigará a emitir a resposta em 30 (trinta) dias. deverá de imediato. DO CONDOMÍNIO Cláusula 6ª. Cláusula 8ª. sendo que as instalações elétricas. Os autos de vistoria inicial e final. pintado com tinta látex na cor contida no auto de vistoria. Vindo a ser feita benfeitoria.BENFEITORIAS E CONSTRUÇÕES Cláusula 4ª. As benfeitorias. quais sejam. DA DEVOLUÇÃO DO IMÓVEL FINDO PRAZO DA LOCAÇÃO Cláusula 5ª. dos contratantes. DO DIREITO DE PREFERÊNCIA E VISTORIAS ESPORÁDICAS Cláusula 7ª. restará o mesmo obrigado por todas as cláusulas constantes na Convenção e no Regulamento Interno existente. realizar vistorias no imóvel em dia e hora a serem combinados. Caso o LOCADOR manifeste vontade de vender o imóvel objeto do presente. Parágrafo único. faculta ao LOCADOR aceitá-la ou não. modificar o imóvel da maneira que lhe foi entregue. hidráulicas e acessórios deverão também. O LOCATÁRIO restituirá o imóvel locado nas mesmas condições as quais o recebeu. estar em perfeitas condições de funcionamento. em caso de edifício onde haja condomínio. O LOCATÁRIO permitirá ao LOCADOR. que farão parte deste contrato conterão assinatura de duas testemunhas. a partir da comunicação inicial. salvo as deterioração decorrentes do uso normal e habitual do imóvel. ser submetida a autorização expressa do LOCADOR. Qualquer benfeitoria ou construção que seja destinada ao imóvel objeto deste. restando ao LOCATÁRIO em caso do LOCADOR não aceitá-la. Fica desde já ciente o LOCATÁRIO que. podendo este último averiguar o funcionamento de . consertos ou reparos farão parte integrante do imóvel. dos fiadores e de um engenheiro civil.

todas as instalações e acessórios. responsáveis para tal fim. todas as despesas por danos causados ao imóvel. o LOCADOR ficará facultado a rescindir o contrato. Carteira de Identidade nº (xxx). DOS ATOS DE INFORMAÇÃO ENTRE OS CONTRATANTES Cláusula 10ª. (Estado Civil). o mesmo ficará obrigado a pagar. as mesmas se comprometem desde já a deixarem nomeados procuradores. .º (xxx). O LOCATÁRIO fica desde já obrigado a fazer seguro contra incêndios. Qualquer acidente que porventura venha a ocorrer no imóvel por culpa ou dolo do LOCATÁRIO. sob pena de multa. bairro (xxx). DO SEGURO CONTRA INCÊNDIO E OUTRAS PROVIDÊNCIAS Cláusula 11ª. além da multa prevista na Cláusula 18ª. devendo restituí-lo no estado cujo encontrou e que. (Profissão). Como aluguel mensal. subseqüente ao vencido. Na ausência de qualquer das partes.F. DAS DESPESAS E TRIBUTOS Cláusula 13ª. residente e domiciliado na Rua (xxx). em seguradora idônea e que passe por prévia autorização do LOCADOR. permitirá desde logo ao LOCADOR. Não ocorrendo o conserto. (xxx). sem prejuízo dos numerários previstos neste. contido no caput desta cláusula. DO VALOR DO ALUGUEL. REAJUSTE. Cláusula 9ª. e na sua ausência ficará autorizado a recebê-lo seu procurador (xxx). Cláusula 12ª. teve conhecimento no auto de vistoria. cidade (xxx). Se constatando algum vício que possa afetar a estrutura física do imóvel ficará compelido o LOCATÁRIO a realizar o conserto.P. correções e despesas previstas nas Cláusulas 17ª e 18ª. vistoriar o imóvel com possíveis pretendentes. a ser efetuado diretamente ao LOCADOR. As partes integrantes deste contrato ficam desde já acordadas a se comunicarem somente por escrito. sobretudo. no Estado (xxx). capaz. no prazo de (xxx) dias. C. (Nacionalidade). Cep. do imóvel locado. através de qualquer meio admitido em Direito. nº (xxx). Devendo fazê-lo até o quinto dia útil de cada mês. n. o LOCATÁRIO se obrigará a pagar o valor de R$ (xxx) (Valor Expresso). O LOCATÁRIO não se manifestando no prazo estipulado.

restará facultado ao LOCADOR emitir os recibos de pagamento somente após compensação do mesmo. relacionando pormenorizadamente todos os valores oriundos de juros. Emitir-se-á tal recibo. ficarão sob a responsabilidade do LOCATÁRIO.Cláusula 14ª. O(s) cheque(s) utilizado(s) em pagamento. etc). O valor do aluguel será reajustado anualmente. DA MULTA E DO ATRASO NO PAGAMENTO Cláusula 18ª. tendo como base. Cláusula 16ª. a emitir recibo da quantia paga. os índices previstos e acumulados no período anual do (IGPM ou IGP ou IPC. oriundo(s) deste contrato. tributo(s) e despesa(s) vencido(s). em caso de falta deste índice. Cláusula 19ª. água. bem como os tributos. não vindo a efetuar o pagamento do aluguel até a data estipulada na Cláusula 13ª. serão revistos pelas partes. luz. Caso o LOCATÁRIO venha a efetuar o pagamento do aluguel através de cheque. fica obrigado a pagar multa de 10% (dez por cento) sobre o valor do aluguel estipulado neste contrato. cobrar do LOCATÁRIO. desde que haja a apresentação pelo LOCATÁRIO. utilizando-se de todos os meios legais admitidos. se não compensado(s) até o quinto dia útil contados a partir do vencimento do aluguel. bem como juros de mora de 1% (um por cento) ao mês. Fica obrigado o LOCADOR ou seu procurador. gás. o reajustamento do aluguel terá por base a média da variação dos índices inflacionários do ano corrente ao da execução do aluguel. O LOCATÁRIO. Em caso de atraso no pagamento dos aluguéis e não compensando o . Cláusula 15ª. Parágrafo único. Todas as despesas diretamente ligadas à conservação do imóvel. mais correção monetária. Faculta ao LOCADOR ou à seu procurador. ressalvando-se quanto à contribuição de melhoria. telefone. bem como o próprio aluguel. Cláusula 17ª. tais como. o(s) aluguel(éis). facultando ao LOCADOR a aplicação do disposto na Cláusula 18ª. ocasionará(ão) mora do LOCATÁRIO. ou outra despesa. dos comprovantes de todas as despesas do imóvel devidamente quitadas. as condominiais que estejam relacionadas ao uso do mesmo. até o primeiro dia anterior ao pagamento de todos os valores devidos. todos os valores agregados ao aluguel. Ocorrendo alguma mudança no âmbito governamental.

quando: . Cláusula 23ª. DA TOLERÂNCIA Cláusula 21ª. independente de qualquer comunicação prévia ou indenização por parte do LOCADOR. As partes estipulam o pagamento da multa no valor de 03 (três) aluguéis vigentes a época da ocorrência do fato. vigentes a data da entrega das chaves. caso não seja dia útil. sem prejuízo do pagamento da multa. restará em mora o LOCATÁRIO. DA MULTA POR INFRAÇÃO Cláusula 22ª. DA RESCISÃO CONTRATUAL Cláusula 24ª.cheque destinado para tal fim. Ocorrerá a rescisão do presente contrato. Caso venha o LOCATÁRIO a devolver o imóvel antes do término da vigência do contrato o mesmo pagará a título de multa o valor de 03 (três) salários mínimos. DO DESCONTO Cláusula 20ª. Não configurarão novação ou adição às cláusulas contidas no presente instrumento. ficará obrigado desde já a efetuar o pagamento no primeiro dia útil subsequente a esta data. ficando responsabilizado por todos os pagamentos previstos neste atraso. O LOCATÁRIO terá um prazo de tolerância para efetuar o pagamento do aluguel até o 2º (segundo) dia útil após o vencimento. juros de mora e correção monetária. a ser aplicada àquele que venha a infringir quaisquer das cláusulas contidas neste contrato exceto quando da ocorrência das hipóteses previstas na Cláusula 24ª. os atos de mera tolerância referentes ao atraso no pagamento do aluguel ou quaisquer outros tributos. sem prejuízo dos dispostos nas Cláusulas 5ª e 18ª. O LOCATÁRIO terá desconto de R$ (xxx) (Valor Expresso) caso pague o valor do aluguel previsto neste contrato até o 1º dia útil do mês subsequente ao vencido.

bem como quaisquer outras hipóteses que maculem o imóvel de vício e impossibilite sua posse. DA PRORROGAÇÃO DO CONTRATO Cláusula 27ª. e que configuram-se também como principais pagadores. do mês (xxx) no ano de (xxx). Cláusula 25ª. sem gerar direito a indenização ou qualquer ônus por parte deste último. já qualificados acima. efetivando-se com a entrega das chaves. mesmo que o presente contrato passe a vigorar por tempo indeterminado. Salvo autorização expressa do LOCADOR. DO PRAZO DE LOCAÇÃO Cláusula 26ª. Ultrapassando o contrato. rescindi-lo a qualquer tempo. . desde que ocorra notificação por escrito ao LOCATÁRIO. Ocorrendo prorrogação. tornando-se contrato por tempo indeterminado. a iniciar-se no dia (xxx). do mês (xxx) no ano de (xxx) e findar-se no dia (xxx).a) Ocorrendo qualquer sinistro. responsabilizando-se pelo fiel cumprimento do presente sem exceção de quaisquer cláusulas. a contar do recebimento da notificação. b) Em hipótese de desapropriação do imóvel alugado. que ficará compelido a sair do imóvel dentro do prazo de 30 (trinta) dias. independente de dolo ou culpa do LOCATÁRIO. rescindir o presente contrato de plano. data a qual o imóvel deverá ser devolvido nas condições previstas na Cláusula 5ª. o LOCATÁRIO e o LOCADOR ficarão obrigados por todo o teor deste contrato. incêndio ou algo que venha a impossibilitar a posse do imóvel. restará facultado ao LOCADOR. Sem prejuízo da obrigação do LOCATÁRIO de efetuar o pagamento das multas e despesas previstas na Cláusula 18ª. Concordam com os termos fixados no presente contrato os Fiadores. independentemente de aviso ou qualquer outra medida judicial ou extrajudicial. ou seja. DA FIANÇA Cláusula 28ª. poderá o LOCADOR. Caso o imóvel seja utilizado de forma diversa da locação residencial. A presente locação terá o lapso temporal de validade de (xxx) meses. a data prevista.

Os herdeiros. (Nome e assinatura do Locador e sua Esposa) (Nome e assinatura do Locatário e sua Esposa) (Nome e assinatura do Fiador 1) (Nome e assinatura do Fiador 2) . em duas vias de igual teor.1.Cláusula 29ª. firmam o presente instrumento. caso o contrato venha a ultrapassar seu prazo de vigência. Os fiadores renunciam expressamente os benefícios contidos nos artigos 1.503 do Código Civil Brasileiro. tornando-se desta forma.498. juntamente com 2 (duas) testemunhas.1. sucessores ou cessionários das partes contratantes se obrigam desde já ao inteiro teor deste contrato. DO FORO Cláusula 33ª. as quais elegem o foro da cidade de (xxx). Cláusula 30ª. para dirimirem quaisquer dúvidas provenientes da execução e cumprimento do mesmo. onde se situa o imóvel.1. Por estarem assim justos e contratados.491. contrato por prazo indeterminado.502 e 1.499.1. DISPOSIÇÕES GERAIS Cláusula 31ª. Os fiadores não se eximirão de responsabilidade solidária. Este contrato deve ser registrado no Cartório de Registro Imobiliário. data e ano). (Local. Cláusula 32ª. O presente contrato passa a vigorar entre as partes a partir da assinatura do mesmo.500.

Carteira de Identidade nº (xxx). nº (xxx). (Nacionalidade). RG e assinatura da Testemunha 1) (Nome. (Profissão).P.P. (Nacionalidade). C. C.F.F. residente e domiciliado na Rua (xxx). Carteira de Identidade nº (xxx). (Estado Civil). (xxx). (Profissão). Cep. nº (xxx). nº (xxx).(Nome. e sua esposa (Nome). . no Estado (xxx). ambos capazes. RG e assinatura da Testemunha 2) CONTRATO DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL COM CAUÇÃO IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTES LOCADOR: (Nome do Locador). cidade (xxx). bairro (xxx).

no Estado (xxx). no ato da entrega das chaves. . possui as características contidas no auto de vistoria anexo. cidade (xxx). e sua esposa (Nome). Cep (xxx). que desde já aceitam expressamente. C. (xxx). restando proibido ao LOCATÁRIO. DAS CONDIÇÕES DO IMÓVEL Cláusula 4ª. DA UTILIZAÇÃO DO IMÓVEL Cláusula 3ª. O imóvel entregue na data da assinatura deste contrato. livre de ônus ou quaisquer dívidas. ambos capazes. tem como OBJETO. salvo autorização expressa do LOCADOR. As partes acima identificadas têm. sob o Registro nº (xxx). (Profissão). nº (xxx).P. residente e domiciliado na Rua (xxx). pelo LOCADOR ao LOCATÁRIO.P. no Estado (xxx). do Cartório do (xxx) Ofício de Registro de Imóveis.LOCATÁRIO: (Nome do Locatário). A presente locação destina-se exclusivamente ao uso do imóvel para fins residenciais. com todos os tributos e despesas pagas. devendo o LOCATÁRIO mantê-lo desta forma. entre si. (Nacionalidade). portões e acessórios se encontram também em funcionamento correto. nº (xxx). Cláusula 2ª. que o imóvel será devolvido nas mesmas condições previstas no auto de vistoria.F. o imóvel de propriedade do LOCADOR. Fica também acordado. Carteira de Identidade nº (xxx). C. com instalações elétricas e hidráulicas em perfeito funcionamento. O imóvel objeto deste contrato será entregue nas condições descritas no auto de vistoria. sublocá-lo ou usá-lo de forma diferente do previsto. cidade (xxx). nº (xxx). bairro (xxx). Carteira de Identidade nº (xxx). que se regerá pelas cláusulas seguintes e pelas condições descritas no presente. (Estado Civil). justo e acertado o presente Contrato de Locação Residencial com Caução1. bairro (xxx). DO OBJETO DO CONTRATO Cláusula 1ª. sendo que portas. ou seja. Cep. situado na Rua (xxx). com todos os cômodos e paredes pintados. (Nacionalidade).F. além de. O presente. (Profissão).

responsáveis para tal fim. O LOCATÁRIO fica desde já obrigado a fazer seguro contra incêndios do imóvel locado. podendo este último averiguar o funcionamento de todas as instalações e acessórios. devendo restituí-lo no estado em que o recebeu. Na ausência de qualquer das partes. Cláusula 10ª. em seguradora idônea e que passe por prévia autorização do LOCADOR. Qualquer acidente que porventura venha a ocorrer no imóvel por culpa ou dolo do LOCATÁRIO. todas as despesas por danos causados ao imóvel. O LOCATÁRIO não se manifestando no prazo estipulado na cláusula anterior. deverá propor por escrito ao LOCATÁRIO que se obrigará a emitir a resposta em 30 (trinta) dias. no prazo de (xxx). através de qualquer meio admitido em Direito. realizar vistorias no imóvel em dia e hora a serem combinados. Caso o LOCADOR manifeste vontade de vender o imóvel objeto do presente. permitirá desde logo ao LOCADOR. o LOCADOR ficará facultado a rescindir o contrato. Constatando algum vício que possa afetar a estrutura física do imóvel ficará compelido o LOCATÁRIO a realizar o conserto. O LOCATÁRIO permitirá ao LOCADOR. Não ocorrendo o conserto. DOS ATOS DE INFORMAÇÃO ENTRE OS CONTRATANTES Cláusula 8ª. Cláusula 7ª. Cláusula 6ª.DIREITO DE PREFERÊNCIA E VISTORIAS ESPORÁDICAS Cláusula 5ª. além da multa prevista neste contrato. o mesmo ficará obrigado a pagar. as mesmas se comprometem desde já a deixarem nomeados procuradores. sem prejuízo dos numerários previstos neste. DO SEGURO CONTRA INCÊNDIO E OUTRAS PROVIDÊNCIAS Cláusula 9ª. As partes integrantes deste contrato ficam desde já acordadas a se comunicarem somente por escrito. a partir da comunicação inicial2. BENFEITORIAS3 E CONSTRUÇÕES . vistoriar o imóvel com possíveis pretendentes.

pintado com tinta látex na cor contida no auto de vistoria. DA CAUÇÃO Cláusula 12ª. O LOCATÁRIO. em depositar à título de fiança. sem prejuízo da Ação Judicial adequada.Cláusula 11ª. Os autos de vistoria inicial e final. sendo que as instalações elétricas. Cláusula 15ª. hidráulicas e acessórios deverão também. Vindo a ser feita benfeitoria. deverá de imediato. quais sejam. sendo aplicado. modificar o imóvel da maneira que lhe foi entregue. estar em perfeitas condições de funcionamento. concorda desde já. que farão parte deste contrato conterão assinatura de duas testemunhas. O LOCATÁRIO restituirá o imóvel locado nas mesmas condições as quais o recebeu. DO CONDOMÍNIO . Finda a locação com a concretização da entrega das chaves e observados os requisitos constantes neste contrato para sua validade. a ser aberta no primeiro dia útil subseqüente à assinatura do presente contrato. As benfeitorias. DA DEVOLUÇÃO DO IMÓVEL FINDO PRAZO DA LOCAÇÃO Cláusula 14ª. faculta ao LOCADOR aceitá-la ou não. tal numerário imediatamente será reposto. em nome do LOCADOR e LOCATÁRIO. O depósito será feito em conta-poupança conjunta. Qualquer benfeitoria ou construção que seja destinada ao imóvel objeto deste. ser submetida a autorização expressa do LOCADOR. o LOCATÁRIO realizará o saque do montante depositado com os rendimentos que foram apurados. Cláusula 13ª. salvo as deterioração decorrentes do uso normal e habitual do imóvel. a caução no valor de R$ (xxx) (Valor Expresso). equivalente a 3 (três) meses de aluguel4. O valor da caução será usado em todas as hipóteses as quais se farão necessários recursos provenientes do LOCATÁRIO. não assistindo ao LOCATÁRIO o direito de retenção ou indenização sobre a mesma. restando ao LOCATÁRIO em caso do LOCADOR não aceitá-la. dos contratantes e de um engenheiro civil. Caso que. não solidária. consertos ou reparos farão parte integrante do imóvel.

Em caso de falta deste índice. restará facultado ao LOCADOR emitir os recibos de pagamento somente após compensação do mesmo.). DA MULTA POR INFRAÇÃO Cláusula 17ª.Cláusula 16ª. Cláusula 18ª. O valor do aluguel será reajustado anualmente. a título de multa. a ser efetuado diretamente ao LOCADOR. Cláusula 20ª. Ocorrendo alguma . Como aluguel mensal. ficará autorizado a recebê-lo seu procurador (Nome do Procurador e endereço completo). VALOR DO ALUGUEL. até o primeiro dia anterior ao pagamento de todos os valores devidos. que. As partes estipulam o pagamento da multa no valor de 03 (três) aluguéis vigentes a época da ocorrência do fato. e na sua ausência. Emitir-se-á tal recibo. relacionando pormenorizadamente todos os valores oriundos de juros. etc. o valor de 03 (três) salários mínimos. o LOCATÁRIO se obrigará a pagar o valor de R$ (xxx) (Valor Expresso). vigentes na data da entrega das chaves. subseqüente ao vencido. em caso de edifício onde haja condomínio. desde que haja a apresentação. Fica desde já ciente o LOCATÁRIO. correções e despesas previstas nas Cláusulas 21 e 22. o mesmo pagará. os índices previstos e acumulados no período anual (IGPM ou IGP ou IPC. Devendo fazê-lo até o quinto dia útil de cada mês. tendo como base. restará o mesmo obrigado por todas as cláusulas constantes na Convenção e no Regulamento Interno existente. pelo LOCATÁRIO. Cláusula 21ª. Caso venha o LOCATÁRIO a devolver o imóvel antes do término da vigência do contrato. dos comprovantes de todas as despesas do imóvel devidamente quitadas. sem prejuízo dos dispostos nas Cláusulas 22ª e 14ª. ou outra despesa. sob pena de multa. a emitir recibo da quantia paga. a ser aplicada àquele que venha a infringir quaisquer das cláusulas contidas neste contrato exceto quando da ocorrência das hipóteses previstas na Cláusula 24. o reajustamento do aluguel terá por base a média da variação dos índices inflacionários do ano corrente ao da execução do aluguel. DESPESAS E TRIBUTOS Cláusula 19ª. Fica obrigado o LOCADOR ou seu procurador. Caso o LOCATÁRIO venha a efetuar o pagamento do aluguel através de cheque.

ocasionarão mora do LOCATÁRIO. de todos os meios legais admitidos. sem prejuízo do pagamento da multa. ficando responsabilizado por todos os pagamentos previstos neste atraso. água. mais correção monetária. utilizando-se para isso. restará em mora o LOCATÁRIO. bem como o próprio aluguel. caso pague o valor do aluguel previsto neste contrato até o 1º dia útil do mês subseqüente ao vencido. DO ATRASO NO PAGAMENTO Cláusula 25ª. bem como os tributos. juros de mora e correção monetária. facultando ao LOCADOR a aplicação do disposto na Cláusula 22. O LOCATÁRIO terá desconto de R$ (xxx) (Valor Expresso). DO DESCONTO Cláusula 26ª. se não compensado(s) até o quinto dia útil contados a partir do vencimento do aluguel. o(s) aluguel(éis). cobrar do LOCATÁRIO. as condominiais que estejam relacionadas ao uso do mesmo. tais como. ressalvando-se quanto à contribuição de melhoria. telefone. fica obrigado a pagar multa de 10% (dez por cento) sobre o valor do aluguel estipulado neste contrato. DA TOLERÂNCIA . ficarão sob a responsabilidade do LOCATÁRIO. bem como juros de mora de 1% (um por cento) ao mês. Cláusula 23ª. oriundo(s) deste contrato. todos os valores agregados ao aluguel. não vindo a efetuar o pagamento do aluguel até a data estipulada na Cláusula 17ª. Em caso de atraso no pagamento dos aluguéis e não compensando o cheque destinado para tal fim. Cláusula 22ª. luz. Faculta ao LOCADOR ou seu procurador. serão revistos pelas partes. Não configurarão novação ou adição às cláusulas contidas no presente instrumento. Todas as despesas diretamente ligadas à conservação do imóvel. O LOCATÁRIO.mudança no âmbito governamental. os atos de mera tolerância referentes ao atraso no pagamento do aluguel ou quaisquer outros tributos. gás. tributo(s) e despesa(s) vencido(s). Cláusula 24ª. O(s) cheque(s) utilizado(s) em pagamento.

ou seja. desde que ocorra notificação por escrito ao LOCATÁRIO. a data prevista. incêndio ou algo que venha a impossibilitar a posse do imóvel. bem como quaisquer outras hipóteses que maculem o imóvel de vício e impossibilite sua posse. b) Em hipótese de desapropriação do imóvel alugado. DA RESCISÃO Cláusula 28ª. ficará obrigado desde já a efetuar o pagamento no primeiro dia útil subseqüente a esta data. O LOCATÁRIO terá o prazo de tolerância para efetuar o pagamento do aluguel até o 2º (segundo) dia útil após o vencimento. A presente locação terá o lapso temporal de validade de (xxx). Caso o imóvel seja utilizado de forma diversa da locação residencial. independente de qualquer comunicação prévia ou indenização por parte do LOCATÁRIO. DA PRORROGAÇÃO DO CONTRATO Cláusula 31ª. tornando-se contrato por tempo indeterminado. Cláusula 29ª. data a qual o imóvel deverá ser devolvido nas condições previstas na Cláusula 14. poderá o LOCADOR. DO PRAZO Cláusula 30ª. do mês (xxx) no ano de (xxx). sem gerar direito a indenização ou qualquer ônus por parte deste último. do mês (xxx) no ano de (xxx) e findar-se no dia (xxx). rescindí-lo a qualquer tempo. Ocorrerá a rescisão do presente contrato. independentemente de aviso ou qualquer outra medida judicial5 ou extrajudicial.Cláusula 27ª. Caso não seja dia útil. rescindir o presente contrato de plano. independente de dolo ou culpa do LOCATÁRIO. Ultrapassando o contrato. salvo autorização expressa do LOCADOR. restará facultado ao LOCADOR. a iniciar-se no dia (xxx). efetivando-se com a entrega das chaves. sem prejuízo da obrigação do LOCATÁRIO de efetuar o pagamento das multas e despesas previstas na Cláusula 22. quando: a) Ocorrendo qualquer sinistro. que ficará .

juntamente com 2 (duas) testemunhas. em duas vias de igual teor. O presente contrato passa a vigorar entre as partes a partir da assinatura do mesmo.compelido a sair do imóvel dentro do prazo de 30 (trinta) dias. a contar do recebimento da notificação. RG e assinatura da Testemunha 2) . Cláusula 33ª. (Nome e assinatura do Locador e sua Esposa) (Nome e assinatura do Locatário e sua Esposa) (Nome. firmam o presente instrumento. Ocorrendo a prorrogação. data e ano). as partes elegem o foro da comarca de (xxx). Por estarem assim justos e contratados. o LOCATÁRIO e o LOCADOR ficarão obrigados por todo o teor deste contrato. Para dirimir quaisquer controvérsias oriundas do CONTRATO. Este contrato deve ser registrado no Cartório de Registro Imobiliário. CONDIÇÕES GERAIS Cláusula 32ª. DO FORO Cláusula 34ª. (Local. RG e assinatura da Testemunha 1) (Nome.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful