Você está na página 1de 12
ANTIGUIDADE CLÁSSICA . GRÉCIA ANTIGA 13/07/13 Professor Orlando Santos 1
ANTIGUIDADE
CLÁSSICA
. GRÉCIA ANTIGA
13/07/13
Professor Orlando Santos
1
Programação/tópicos abordados  Geografia, povoamento e história  O período Homérico  O período Arcaico 
Programação/tópicos
abordados
 Geografia, povoamento e história
 O período Homérico
 O período Arcaico
 Esparta
 Atenas
 O período Clássico
 A cultura clássica grega
 O período Helenístico
13/07/13
Professor Orlando Santos
2
Geografia, povoamento e história  A Grécia antiga localizava-se ao sul da Península B  A
Geografia, povoamento e
história
 A Grécia antiga localizava-se ao sul da Península B
 A Grécia foi povoada por volta do ano 2000 a.C.
pelos arianos (aqueus, jônios, eólios e dórios).
 Sua história dividiu-se em quatro períodos: Homér
13/07/13
Professor Orlando Santos
3
O período Homérico  Os aqueus foram o primeiro grupo ariano que se fixou na Grécia,
O período Homérico
 Os aqueus foram o primeiro grupo ariano que se fixou na Grécia,
entraram em contato com os cretenses e formaram a civilização
creto-micênica.
 Em 1200 a.C. com a invasão dos dórios, parte dos aqueus fugiu para
o Peloponeso (Primeira Diáspora grega).
 A Ilíada e a Odisséia, poemas épicos de Homero, mostram que nessa
época a vida da Grécia baseava-se na comunidade gentílica.
 Com a desagregação surge a propriedade privada e as classes sociais.
 Data de então o surgimento das pólis ou cidades-estados, cuja
primeira forma de governo foi a monarquia
 Atenas e Esparta foram as principais cidades-estados da Grécia
antiga.
13/07/13
Professor Orlando Santos
4
O período Arcaico  No século VIII a.C. o crescimento demográfico e a falta de terras
O período Arcaico
 No século VIII a.C. o crescimento demográfico e a falta de terras
férteis determinaram a emigração grega (Segunda Diáspora) e a
colonização dos mares Negro e Mediterrâneo.
 Intenso comércio marítimo entre a Grécia e suas colônias,
provocando o enriquecimento da aristocracia e a ruína dos
agricultores.
 Surge nas cidades-estados o conflito entre o demos e a aristocracia
 Nas cidades-estados em que a luta foi vencida pela nobreza ,
consolidou-se o regime aristocrático.
 Nas cidades-estados em que o demos foi vitorioso, as reformas
conduziram ao regime democrático.
13/07/13
Professor Orlando Santos
5
Esparta: Um acampamento em armas  A geografia, o povoamento e a organização de Esparta como
Esparta: Um acampamento em armas
 A geografia, o povoamento e a organização de Esparta
como uma cidade-estado essencialmente militarista.
 A sociedade espartana: esparciatas, a aristocracia
guerreira; periecos, homens livres sem cidadania; hilotas,
os servos do Estado.
 As instituições políticas do regime oligárquico de
Esparta: a diarquia, gerúsia, a ápela e o eforato.
 Educação: o espartano era um cidadão-soldado
controlado pelo Estado desde o seu nascimento até sua
morte.
13/07/13
Professor Orlando Santos
6
Atenas: a educadora da Hélade  A localização geográfica de Atenas na península da Ática e
Atenas: a educadora da Hélade
 A localização geográfica de Atenas na península da Ática e sua
fundação pelos antigos invasores jônios.
 A sociedade ateniense era formada por diversas classes: os cidadãos,
os estrangeiros e os escravos.
 Os legisladores:
As reformas de Drácon: o código escrito.
Sólon: o fim das hipotecas e da escravidão por dívidas.
 Os tiranos:
Psítrato, realizou uma reforma agrária e enfraqueceu os
eupátridas
Clístenes: foi o pai da democracia ateniense, pois
completou as reformas dos demais legisladores
 A democracia dos cidadãos e a marginalização das mulheres, dos
estrangeiros e dos escravos.
13/07/13
Professor Orlando Santos
7
O período clássico  No século V a.C. , a vitória dos gregos sobre os persas
O período clássico
 No século V a.C. , a vitória dos gregos sobre os persas nas Guerras
Médicas assinalou o apogeu da Grécia clássica.
 A Primeira Guerra Médica: a invasão persa e a vitória dos atenienses
na batalha da planície de Maratona.
 A Segunda Guerra Médica: a batalha de Salamina, a Liga de Delos e
a hegemonia de Atenas sobre a Grécia.
 O governo de Péricles: o apogeu da democracia escravista, da cultura
e do imperialismo ateniense.
 A Guerra do Peloponeso: o conflito entre Atenas e Esparta e a
decadência da Grécia clássica.
 A Guerra entre Tebas e Esparta, a invasão macedônica e o fim da
independência grega.
13/07/13
Professor Orlando Santos
8
A cultura clássica grega  Os deuses da Grécia antiga constituíam uma aristocracia divina que habitava
A cultura clássica grega
 Os deuses da Grécia antiga constituíam uma aristocracia divina que
habitava o cume do monte Olimpo.
 Os heróis ou semideuses eram autores de grandes feitos ou vítimas
da fatalidade do destino.
 O pan-helenismo grego manifestava-se através dos oráculos, dos
jogos e dos mistérios.
 A arquitetura monumental e a escultura; a poesia épica e a poesia
lírica; o drama e a comédia.
 As contribuições dos gregos nos campos da medicina (Hipócrates de
Cós), da matemática (Tales de Mileto e Pitágoras), da oratória e
historiografia (Heródoto, Halicarnasso, Tucídides e Xenofonte).
 A filosofia da Grécia clássica: Tales de Mileto, os sofistas, Sócrates,
Platão e Aristóteles.
13/07/13
Professor Orlando Santos
9
O período Helenístico  A conquista da Grécia, por Filipe II, e a conquista do Império
O período Helenístico
 A conquista da Grécia, por Filipe II, e a conquista
do Império Persa, por Alexandre, tiveram como
principal conseqüência a expansão da cultura
grega para o Oriente.
 A fusão da cultura clássica grega com a cultura
oriental do Império Persa levaram ao surgimento
de uma cultura greco-oriental, que ficou
conhecida como helenismo ou cultura helenística.
13/07/13
Professor Orlando Santos
10
O mundo grego 13/07/13 Professor Orlando Santos 11
O mundo grego
13/07/13
Professor Orlando Santos
11
Cronologia da Grécia antiga 13/07/13 Professor Orlando Santos 12
Cronologia da Grécia antiga
13/07/13
Professor Orlando Santos
12