Você está na página 1de 13

Aparelho Circulatório

dos Vertebrados –
Parte 2
Circulação - Répteis
 A maioria dos répteis possui um coração dividido em dois átrios e
um ventrículo com uma barreira (septo) no meio que não o divide
completamente

 há, então mistura de sangue rico e pobre em oxigênio, como nos


anfíbios.

 Nos crocodilianos, répteis mais complexos, o ventrículo está


quase totalmente dividido de maneira que a troca de sangue
dentro do coração é irrisória,
 no entanto, há uma comunicação entre os dois troncos aórticos,
o forame de panizza, antes de formarem a artéria aórtica dorsal.
Circulação - Répteis
Circulação – Aves e
Mamíferos
Nas aves e nos mamíferos, o coração apresenta 4 câmaras,
sendo que os ventrículos são totalmente isolados um do outro,
garantindo que do lado direito circule apenas sangue pobre em
oxigênio que vai ser encaminhado para os pulmões (hematose);
e do lado esquerdo circule apenas sangue rico em oxigênio
(vindo dos pulmões), que vai ser encaminhado para o organismo
como um todo

 a circulação é dupla (sangue passa duas vezes pelo coração) e


completa (porque não há mistura)

 A única diferença mais significativa é que nas aves, a artéria


aorta (principal artéria do organismo, porque sai do coração
levando sangue para distribuir ao corpo inteiro) vira para o lado
direito ao sair do coração, e nos mamíferos, para o lado
esquerdo.
Circulação – Mamíferos
Circuito do Sangue no
Coração
Estrutura de uma válvula
(mitral)
Circuito do Sangue
 quando chega vindo do corpo, o
sangue vem através da veia cava.
 quando o átrio direito está
relaxado (diástole), uma nova
quantidade de sangue entra e ali
fica guardada.

 a válvula tricúspide separa o átrio


direito do ventrículo direito.
Circuito do Sangue

 na hora da sístole atrial, a válvula


tricúspide se abre e o sangue que
estava no átrio direito passa para o
ventrículo direito.
Circuito do Sangue
 a válvula pulmonar controla a saída
de sangue do ventrículo direito. Na
hora da sístole ventricular, a válvula
se abre e o sangue que estava no
ventrículo direito é bombeado para
fora do coração.
 este sangue sai com destino ao
pulmão (pois está pobre em O2, que
foi consumido pelos órgãos do corpo).
O vaso de saída é a artéria
pulmonar.

 o ventrículo relaxa (diástole) e


aguarda a chegada de mais sangue,
vindo do átrio.
Circuito do Sangue
 depois de passar pelo pulmão e ser
filtrado, o sangue (agora rico em O2)
volta para o coração. Ele entra pela
veia pulmonar com destino ao átrio
esquerdo.
 o átrio relaxa (diástole); uma nova
quantidade de sangue entra no átrio e
ali fica guardado enquanto a válvula
permanecer fechada.

 a válvula bicúspide ou válvula mitral


separa o átrio esquerdo do ventrículo
esquerdo.
Circuito do Sangue
 Na hora da sístole atrial, a
válvula se abre e o sangue
que estava no átrio esquerdo
passa para o ventrículo
esquerdo.
Circuito do Sangue
 A válvula aórtica controla a saída
de sangue do ventrículo esquerdo.
Na hora da sístole ventricular, a
válvula se abre e o sangue que
estava no ventrículo é bombeado
para fora do coração.
 Este sangue sai para ser
distribuído para todo o corpo, pois
veio do pulmão e está filtrado. Ele
sai pela artéria aorta, a principal
artéria do corpo humano. Dela
derivam quase todas as outras
artérias do organismo.