Você está na página 1de 14

TIPOS DE PESQUISA

O interesse e a curiosidade do homem pelo saber levam-


no a investigar a realidade sob os mais diversificados
aspectos e dimensões.

Cada abordagem ou busca admite:

a) Níveis diferentes de aprofundamento


b) Enfoques específicos conforme o objeto de estudo,
objetivos visados e a qualificação do pesquisador

É natural, pois, a existência de inumeráveis tipos de pesquisa.

A) Pesquisa Pura
B) Pesquisa Aplicada
Na PESQUISA PURA OU BÁSICA, o pesquisador tem como
meta o saber, buscando satisfazer uma necessidade
intelectual pelo conhecimento.

Já na PESQUISA APLICADA, o investigador é movido pela


necessidade de contribuir, buscando soluções para
problemas concretos

São pesquisas que não se excluem, nem se opõem. Ambas


são indispensáveis para o progresso das ciências e do
homem: uma busca a atualização de conhecimentos para
uma nova tomada de posição, enquanto a outra pretende,
além disto, transformar em ação concreta os resultados de
seu trabalho
Temos três importantes tipos de pesquisa: A
BIBLIOGRÁFICA, A DESCRITIVA, E A EXPERIMENTAL.

QUALQUER ESPÉCIE DE PESQUISA, EM QUALQUER ÁREA,


SUPÕE E EXIGE UMA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA PRÉVIA,
QUER PARA O LEVANTAMENTO DA SITUAÇÃO DA QUESTÃO,
QUER PARA A FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA OU AINDA PARA
JUSTIFICAR OS LIMITES E CONTRIBUIÇÕES DA PRÓPRIA
PESQUISA

 PESQUISA BIBLIOGRÁFICA
A pesquisa bibliográfica procura EXPLICAR UM PROBLEMA A
PARTIR DE REFERÊNCIA TEÓRICAS PUBLICADAS EM
DOCUMENTOS. Pode ser realizada independentemente ou
com parte da pesquisa descritiva ou experimental
Constitui parte da pesquisa descritiva ou experimental,
quando:

 É feita com o objetivo de recolher informações e conhecimentos


prévios acerca de um problema para o qual se procura resposta
ou acerca de uma hipótese que se quer experimentar

A pesquisa bibliográfica é meio de formação por excelência.


Como trabalho científico original, constitui a pesquisa
propriamente dita na área das Ciências Humanas. Como
resumo de assunto, constitui geralmente o primeiro passo de
qualquer pesquisa científica. Os alunos de todos os Institutos e
Faculdades devem, portanto, ser iniciados nos métodos e
técnicas da pesquisa bibliográfica

 Levantamento Bibliográfico

A pesquisa bibliográfica compreende a consulta a livros e


periódicos.
O material de consulta divide-se em vários tipos, mas os dois
principais são:
a) livros didáticos como manuais, teses, monografia etc.; e
b) publicações periódicas: jornais e revistas e impressos diversos

 PESQUISA DESCRITIVA
 A pesquisa descritiva observa, registra, analisa e
correlaciona fatos ou fenômenos variáveis sem manipulá-los.

 Procura descobrir, com a precisão possível, a freqüência de


um fenômeno, sua relação e conexão com outros, sua
natureza e características.

 Busca conhecer as diversas situações e relações que


ocorrem na vida social, econômica e demais aspectos do
comportamento humano, tanto do indivíduo isoladamente
como de grupos e comunidades mais complexas.

 A pesquisa descritiva desenvolve-se, principalmente, nas


Ciências Humanas e abordando aqueles dados e problemas
que merecem ser estudados
Os dados, por ocorrerem em seu habitat natural, precisam
ser coletados e registrados ordenadamente para seu estudo
propriamente dito.

A PESQUISA DESCRITIVA pode assumir diversas formas,


entre as quais se destacam:

a) Estudos exploratórios

 É o passo inicial no processo de pesquisa pela experiência


e auxílio que traz na formulação de hipóteses significativas
para posteriores pesquisas.

 Os estudos exploratórios não elaboram hipóteses a serem


testadas no trabalho, restringindo-se a definir objetivos e
buscar maiores informações sobre determinado assunto de
estudo.

 Tais estudos têm por objetivo familiarizar-se com o


fenômeno ou obter nova percepção do mesmo e descobrir
novas idéias.
A pesquisa exploratória realiza descrições precisas da situação e quer
descobrir as relações existentes entre os elementos componentes da
mesma

Essa pesquisa requer um planejamento bastante flexível para


possibilitar a consideração dos demais aspectos de um problema ou
de uma situação

b) Estudos descritivos

Trata-se do estudo e da descrição das características,


propriedades, existentes na comunidade, grupo ou realidade
pesquisada.

Os estudos descritivos, assim como os exploratórios, favorecem,


numa mais ampla e completa, as tarefas da formulação clara do
problema e da hipótese tentativa de solução
c) Pesquisa de opinião

Procura saber atitudes, pontos-de-vista e preferências que as


pessoas têm de algum assunto, com o objetivo de tomar
decisões.
A pesquisa de opinião abrange uma faixa muito grande de
investigações visam a identificar falhas ou erros, descrever
procedimentos, descobrir tendências, interesses e outros
comportamentos.

d) Pesquisa de motivação
Busca saber as razões inconscientes e ocultas que levam, por
exemplo, o consumidor a utilizar determinado produto

e) Estudo de caso
É a pesquisa sobre um determinado indivíduo, família, grupo ou
para examinar aspectos variados de sua vida
f) Pesquisa documental

São investigados documentos a fim de se poder descrever e


comparar costumes, tendências, diferenças e outras
características

Em síntese:

 A pesquisa descritiva, em suas diversas formas, trabalha


sobre ou fatos colhidos da própria realidade.

 Estuda a realidade presente e não o passado, como ocorre


com a pesquisa histórica.

 A coleta de dados aparece como uma das tarefas


características da pesquisa descritiva.

 Para viabilizar essa importante operação da coleta de dados,


são utilizados, como principais instrumentos, a observação,
a entrevista, o questionário
 PESQUISA EXPERIMENTAL

Enquanto a pesquisa descritiva procura classificar, explicar e


interpretar os fenômenos que ocorrem, A PESQUISA
EXPERIMENTAL PRETENDE DIZER DE QUE MODO OU POR QUE
CAUSAS O FENÔMENO É PRODUZIDO.

Para atingir esses resultados, o pesquisador fará uso de


aparelhos e de instrumentos que a técnica moderna coloca ao
seu alcance ou de procedimentos apropriados e capazes de
tornar perceptíveis as relações existentes entre as variáveis
envolvidas no objeto de estudo

Convém esclarecer que a pesquisa experimental não se identifica


com a de laboratório assim como a descritiva, não é sinônimo de
pesquisa de campo. Os termos "de campo" indicam apenas o
contexto onde elas se realizam. Uma pesquisa pode ser
experimental tanto em contexto de campo quanto de laboratório. O
mesmo acontece com a descritiva. Pode-se dizer que, no contexto
de laboratório, realizam-se mais pesquisas de natureza
experimental
TÉCNICAS DE APRENDIZAGEM

 Leitura
 Resumo
 Fichamento

 LEITURA: processo de aproximação com o tema a ser


estudado

a) Leitura Exploratória
b) Leitura Interpretativa
c) Leitura Problematizada

Estudo: estudar realmente é um trabalho difícil. Exige de quem


a ele se propõe uma posição crítica e sistemática. Exige uma
disciplina intelectual que não se ganha a não ser praticando-a
 RESUMO

 Condensar o que foi extensamente escrito;


 Reduzir, abreviar, concentrar, limitar
 Sintetizar com visão de conjunto
 Para se fazer um resumo é necessário saber analisar o
texto

 Deve-se ter uma leitura atenta até entender o que


diz o texto e ser capaz de repetir ou escrever o que
leu. Reler tantas vezes quantas forrem necessárias,
seguir as técnicas de leitura e estudo.

 Evitar descrever os problemas e idéias como estão


no texto, observar as técnicas de citações. Redigir
com clareza, técnica, lógica.
 FICHAMENTO
O Fichamento é uma parte importante na organização para a
efetivação do levantamento bibliográfico ou pesquisa
documental

 Procura resumir as principais idéias do texto com as


palavras exatas do autor.

 Geralmente, o fichamento é útil para citar, no texto


científico, autores que dêem suporte às idéias
desenvolvidas ou para lembrar idéias importantes para a
pesquisa.