Você está na página 1de 22

BIOMA

CA ATINGA
LOCALIZAÇÃO

• A caatinga ocupa cerca de 7% do


território brasileiro (Maranhao,
Sergipe, Alagoas, Bahia e norte de
Minas Geais)

• A caatinga ocupa uma área de


734.478 km2.
CLIMA
• O clima da caatinga é o tropical semiárido.
• Características do clima:

↓ Umidade → Chuvas irregulares e escassez


↓ Índice de chuvas → Pouca variação de temperatura
↑ Temperaturas

• As temperaturas médias anuais são superiores a 25 °C,em alguns lugares superior a


32 °C .

• As médias anuais de chuvas são muito irregulares.


SOLO
• Rasos e pedregosos

• Ricos em minerais ,mas pobre em


matéria orgânica.

• Não armazena água.

• Na estação seca a temperatura dos


solos podem chegar a 60 °.
VEGETAÇÃO

• Forte presença de arbustos com


galhos retorcidos e com raízes
profundas.

• Presença de cactos e bromélias.

• As folhas desde tipo de vegetação


são de tamanho pequeno.
RELEVO -
DEPRESSÕES

As maiores depressões são


a São Franciscana, a
Cearense e a do Meio
Norte.
RELEVOS –
P L A N A LT O S
FITOFISIONOMIAS

• A Caatinga é caracterizada por


apresentar espécies de vegetação
xerófita, isto é, vegetação adaptada
ao clima árido, expressada pela sua
caducidade (queda de folhas), por
suas raízes profundas e pela
folhagem adaptada para a retenção
da umidade.
FAUNA

• A FAUNA É PRINCIPALMENTE
COMPOSTA POR RÉPTEIS E
AVES, EXISTINDO TAMBÉM
ALGUMAS ESPÉCIES DE
MAMÍFEROS E ANFÍBIOS.
FLORA

• A CAATINGA É MUITO VARIÁVEL


FLORISTICAMENTE,
DEPENDENDO DO REGIME DE
CHUVAS E DO TIPO DE SOLO.
ESSA FLORESTA É CONSIDERADA
ARBÓREA OU ARBUSTIVA,
FORMADA POR ÁRVORES E
ARBUSTOS BAIXOS COM
GALHOS RETORCIDOS, ERVAS
RASTEIRAS E CACTOS.
• CACTÁCEAS

• BROMELIÁCEAS
FLORA

• ARBÓREO (8 a 12 metros) - ÁRVORES

• ARBUSTIVO (2 a 5 metros) - ARBUSTOS

• HERBÁCEO (abaixo de 2 metros) – ERVAS,


GRAMÍNEAS
BACIAS HIDROGRÁFICAS

• Bacia do Rio São Francisco (Pernambuco, Sergipe e Alagoas)

• Bacia do Rio Parnaíba. (Quase totalmente o estado do Piauí, parte do Maranhão e


uma pequena área do Ceará)

• A Bacia Costeira do Nordeste Oriental também está localizada nesta região. (Parte
do Maranhão)
PRINCIPAIS RECURSOS
HÍDRICOS

• Os rios que fazem parte da caatinga


brasileira são, em maioria,
intermitentes ou temporários. Isto
quer dizer que estes rios secam em
períodos em que não chove. No caso
deste bioma, onde há escassez de
chuva durante maior parte do ano, os
rios que nascem na região ficam secos
por longos períodos.
ESPÉCIES AMEAÇADAS DE EXTINÇÃO

ARARA-AZUL-DE-LEAR P I T U ( M AC R O B R AC H I U M C A R C I N U S )
(ANODORHYNCHUS LEAR)
M O R C E G O V E R M E L H O ( M YOT I S G ATO - M A R AC A J Á ( L E O PA R D U S
RU B E R ) WIEDII)
TAT U - B O L A ( TO LY P E U T E S BARAÚNA (SCHINOPSIS
TRICINCTUS) BRASILIENSIS)
PRINCIPAIS CAUSAS DE
DEGRADAÇÃO
• Desmatamento;

• Queimadas;

• Exploração dos recursos naturais;

• Agricultura irrigada de forma insustentável;

• Práticas indevidas do uso do solo;

• O aumento da intensidade do uso do solo e a redução


da cobertura vegetal nativa têm levado, em especial, à
redução da sua fertilidade, o que demonstra a fragilidade
desse ecossistema.
UNIDADES DE
CONSERVAÇÃO
• Frente ao avançado desmatamento
que chega a 46% da área do bioma,
segundo dados do Ministério do
Meio Ambiente (MMA), o governo
busca concretizar uma agenda de
criação de mais unidades de
conservação federais e estaduais
no bioma, além de promover
alternativas para o uso sustentável
da sua biodiversidade.
UNIDADES DE CONSERVAÇÃO
• APA da Chapada do Araripe • Flona de Negreiros
• APA do Boqueirão da Onça • Flona de Palmares
• APA Serra da Ibiapaba • Flona de Sobral
• APA Serra da Meruoca • Flona do Araripe-Apodi
• Esec de Aiuaba • Mona do Rio São Francisco
• Esec do Castanhão • Parna da Chapada Diamantina
• Esec do Seridó • Parna da Furna Feia
• Esec Raso da Catarina • Parna da Serra da Capivara
• Flona Contendas do Sincorá • Parna da Serra das Confusões
• Flona de Açu • Parna de Sete Cidades
• Parna de Ubajara
• Parna do Boqueirão da Onça
• Parna do Catimbau
• Rebio de Serra Negra
• RPPN Ambientalista Francy Nunes
• RPPN Chanceler Edson Queiroz
• RPPN Fazenda Almas
• RPPN Francisco Braz de Oliveira
• RPPN Monte Alegre
• RPPN Não me Deixes
• RPPN Neném Barros
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• Importância do bioma
(A Caatinga existe apenas no Brasil e é um patrimônio muito
valioso.)

• Preservação ambiental
(Governo intensifica preservação do bioma Caatinga, único no
mundo)

• Ameaças a caatinga
(Infelizmente, a Caatinga é um dos biomas mais degradados do
país, concentrando mais de 60% das áreas susceptíveis à
desertificação.)