Você está na página 1de 26

CURSO PARA COMPONENTES

DE CIPA

1
RISCOS AMBIENTAIS

2
RISCOS AMBIENTAIS

São agentes presentes nos ambientes de trabalho, capazes de


afetar o trabalhador a curto, médio e longo prazo, provocando
acidentes com lesões imediatas e/ou doenças chamadas
profissionais ou do trabalho, que se equiparam a acidentes do
trabalho.

3
RISCOS AMBIENTAIS
Atribuições

Uma das atribuições da CIPA, é a de identificar e relatar os riscos


existentes nos setores e processos de trabalho. Para isso é
necessário que se conheça os riscos que podem existir nesses
setores, solicitando medidas para que os mesmos possam ser
eliminados e/ou neutralizados.
Identificados esses riscos, os mesmos deverão ser transcritos no
Mapa de Riscos.

4
RISCOS AMBIENTAIS
Classificação:

Riscos Físicos:
Riscos Químicos:
Riscos Biológicos:
Riscos Ergonômicos:
Riscos de Acidentes.

5
RISCOS AMBIENTAIS
Atribuições

Risco Físico: Ruído, vibrações, radiações ionizantes e não


ionizantes, frio, calor, pressões anormais e umidade.

6
RISCOS AMBIENTAIS
Atribuições

Risco Químicos: Poeiras minerais (Perfurações, explosão,


extração mineral, britagem de pedra, carregamento e transporte de
materiais), poeiras vegetais (Campos de Algodão, cana de açúcar
atividades em tecelagem), poeiras alcalinas (é originaria
principalmente do calcário), fumos metálicos (Atividades que
envolvam metais) névoas (aerodispersoides líquidos, partículas
geradas por ruptura mecânica de líquidos), neblinas
(aerodispersoides líquidos, partículas geradas pela condensação
de vapores de substâncias líquidas a temperatura normal), gases e
vapores e produtos químicos diversos.

7
RISCOS AMBIENTAIS
Atribuições

Risco Biológico: Os riscos biológicos ocorrem por meio de micro-


organismos que, em contato com o homem, podem provocar
inúmeras doenças. Muitas atividades profissionais favorecem o
contato com tais riscos. É o caso das indústrias de alimentação,
hospitais, limpeza pública (coleta de lixo), laboratórios, etc.

São considerados riscos biológicos: vírus, bactérias, parasitas,


protozoários, fungos e bacilos.

8
RISCOS AMBIENTAIS
Atribuições
Risco Ergonômico: A ergonomia ou engenharia humana é uma
ciência relativamente recente que estuda as relações entre o
homem e seu ambiente de trabalho e definida pela Organização
Internacional do Trabalho - OIT como "A aplicação das ciências
biológicas humanas em conjunto com os recursos e técnicas da
engenharia para alcançar o ajustamento mútuo, ideal entre o
homem e o seu trabalho, e cujos resultados se medem em termos
de eficiência humana e bem-estar no trabalho".

Ex: Monotonia, posturas incorretas, ritmo de trabalho intenso,


fadiga, preocupação, trabalhos físicos pesados e repetitivos.

9
RISCOS AMBIENTAIS
Atribuições

Risco de Acidentes / Mecânicos: Arranjo físico inadequado,


máquinas e equipamentos sem proteção, ferramentas
inadequadas ou defeituosas, iluminação inadequada, eletricidade,
probabilidade de incêndio ou explosão, armazenamento
inadequado, animais peçonhentos e ausência de sinalização..

10
RISCOS AMBIENTAIS
Prioridade no Controle de Risco

Eliminar o risco;

Neutralizar / isolar o risco, através do uso de equipamento de


Proteção Coletiva.

Proteger o trabalhador através do uso de equipamentos de


Proteção Individual.

11
RISCOS AMBIENTAIS
Mapa de Riscos

O que é o Mapa de Risco: É a representação gráfica do


reconhecimento dos riscos existentes nos setores de trabalho, por
meio de círculos de diferentes cores e tamanhos.

Objetivos do Mapa de Risco: Reunir as informações para


estabelecer o diagnóstico da situação de segurança e saúde no
trabalho na empresa e, possibilitar durante a sua elaboração, a
troca e divulgação de informações entre os trabalhadores, bem
como estimular sua participação nas atividades de prevenção.

12
RISCOS AMBIENTAIS
Mapa de Riscos

Quem elabora o Mapa de Risco: O mesmo é elaborado pelos


membros da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA,
após ouvir os trabalhadores de todos os setores produtivos da
empresa, com assessoria do SESMT – Serviços Especializados
em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, quando
este existir.

13
RISCOS AMBIENTAIS
Representação gráfica do Mapa de Riscos
Os riscos serão representados por círculos de tamanhos e cores
diferentes que devem ser apostos sobre a planta (Layout) do local
analisado.

O tamanho do circulo indicará se o risco é grande, médio ou pequeno


(quanto maior for o circulo, maior o risco).

Para cada tipo de risco os círculos serão representados por uma cor
diferente, conforme segue:

Riscos Físicos: Verde;


Riscos Químicos: Vermelho;
Riscos Biológico; Marrom;
Riscos Ergonômicos: Amarelo;
Riscos de Acidentes/Mecânicos: Azul.

14
RISCOS AMBIENTAIS
Representação gráfica do Mapa de Riscos

Alguns exemplos práticos:

Num dado almoxarifado foi detectada a existência de muita poeira:

Risco Grande (muita poeira)


Cor Vermelha (risco químico)

15
RISCOS AMBIENTAIS
Representação gráfica do Mapa de Riscos

Alguns exemplos práticos:

Em uma área de escritório foram encontradas algumas cadeiras fixas,


utilizadas para operação do microcomputador:

Risco Médio (cadeiras fixas)


Cor Amarela (risco ergonômico)

16
RISCOS AMBIENTAIS
Representação gráfica do Mapa de Riscos

Alguns exemplos práticos:

Na copa foi encontrado um botijão de gás:

Risco Pequeno (gás de cozinha)


Cor Azul (risco de acidentes/mecânico)

17
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

Perigos e riscos associados à movimentação manual de cargas no local


de trabalho:

A movimentação manual de cargas é qualquer uma das seguintes


atividades, executada por um ou diversos colaboradores: Levantar,
agarrar, abaixar, empurrar, puxar, transportar ou deslocar uma carga. A
carga pode ser animada (uma pessoa ou um animal) ou inanimada (um
objeto).

18
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

De que forma a movimentação manual de cargas pode afetar a saúde dos


trabalhadores:

A movimentação manual de cargas pode causar:

Danos cumulativos devidos à deterioração gradual e cumulativa do


sistema músculo esquelético em resultado de atividades contínuas de
elevação/movimentação, por exemplo, dores lombares;

Traumatismos agudos, como cortes ou faturas, devido a acidentes.

19
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

O que torna a movimentação manual de cargas perigosa?

Existem vários fatores de risco que tornam a movimentação manual de


cargas perigosa e aumentam o risco de lesões. As lesões lombares,
nomeadamente, estão relacionadas com quatro aspecto da movimentação
manual de cargas.

As cargas: O risco de lesões lombares aumentam se as cargas forem:

Pesadas;
Grandes;
Difíceis de segurar;
Desequilibrados ou instáveis;
Difíceis de alcançar;
De forma ou dimensão que limite a visão do trabalhador.

20
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

O que torna a movimentação manual de cargas perigosa?

As tarefas:

O risco de lesões lombares aumenta se as tarefas forem:

Extenuantes: Frequentes ou durante muito tempo;


Posturas ou movimentos difíceis;
Movimento repetitivos.

21
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

O que torna a movimentação manual de cargas perigosa?

O ambiente de trabalho:

As seguintes características do ambiente de trabalho podem aumentar o


risco de lesão lombares:

Espaço insuficiente;
Pavimento irregular;
Calor excessivo;
Frio excessivo;
Insuficiência de iluminação.

22
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

O que torna a movimentação manual de cargas perigosa?

Os indivíduos:

Alguns fatores individuais podem afetar o risco de lesões lombares:

Falta de experiencia;
A Idade;
Características e capacidade físicas;
Antecedentes de lesões lombares.

23
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

O que torna a movimentação manual de cargas perigosa?

Avaliação dos riscos:

Os empregados devem avaliar os riscos para a segurança e saúde dos


seus trabalhadores. Podem ser tomadas medidas simples para proceder a
uma eficaz avaliação dos riscos:

Identificar perigos;
Identificar os indivíduos;
Avaliar se as precauções;
Acompanhar os riscos;

24
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

Medidas de prevenção.

Os acidentes e os problemas de saúde podem ser prevenidos através da


eliminação ou, pelo menos, da redução dos riscos de movimentação
manual de cargas. Deve ser utilizada a seguinte hierarquia de medidas de
prevenção:

Eliminação do risco;
Medidas técnicas;
Medidas organizacionais;
Prestação de informações.

25
LEVANTAMENTO MANUAL DE CARGAS

Medidas de prevenção.

Os acidentes e os problemas de saúde podem ser prevenidos através da


eliminação ou, pelo menos, da redução dos riscos de movimentação
manual de cargas. Deve ser utilizada a seguinte hierarquia de medidas de
prevenção:

Eliminação do risco;
Medidas técnicas;
Medidas organizacionais;
Prestação de informações.

26