Você está na página 1de 18

|  


    

—     —    


— 
      —  
— 
     —    ' 
—       — (   
— !        — )   
 — *  
— "#  $      — *  +
— |%  "#    — *  , - .
   
— |%     
—     
—    & 
!   
   /
— Na introdução de novos produtos — No aproveitamento de ciclos de moda.

— No estímulo de vendas de produtos já — para estabelecer um a ponte entre o


conhecidos pelo consumidor esforço publicitário e o esforço de vendas.

— Para proporcionar um contato mais — Para estabelecer emulação na equeipe


íntimo do produto com o consumidor. de vendas.

— No momento de exibir alterações nos — Na manutenção de imagem de marca


produtos. perante o consumidor.
   | 
/   
ðNTRODUÇÃO

CRESCð ENTO

TURðDDE

DECLÍNðO
|  /   

 | 
   

    
 | 

 * 

 &( 


ðNTRODUÇÃO

— O mercado ainda não conhece o produto


— inda não existe lucro
— ðmagem em formação
— Distribuição sendo iniciada
— ðnvestimento em outras ͞promotion͟ elevada

 | 
   
  
  

 | 

 * 

 &(


|     
|'| *0
 

 | 
   


  


è0    


  
è      
è1#   # 
è2     
è' $ 
è  +3      
ðNTRODUÇÃO 
 %45555

—  promoção deve  + o conhecimento do produto

— Deve participar do processo de %    

— Deve   os 

— Deve #   Ä obter boas exposições

— E para o consumidorÄ deve destacar o produtoÄ


  + Ä ressaltar atributosÄ apoiar
ações de propaganda e publicidade
CRESCð ENTO

— ]endas crescem rapidamente


— Lucro começa a surgir pela economia de escala
— Começam surgir concorrentes (Ou os que existem
reagem)
— Distribuição e mercado se expandem.

 | 
   
  
  

 | 

 * 

 &(


|     
 |'| *0
 

è     6 %   -$ .


è&#        
è  %  +7
è*   %   
è1     -#$    $  7.
è      -   .
CRESCð ENTO 
 %45555

— anter preço. companhar a movimentação do


mercado.
— anter nível de atividade de ͞promotion͟
— Promoções & erchandising devem visar o aumento
de conhecimento e aceitação
— Estimulo a novas metas (vendas distribuiçãoÄ
estoque)
TURðDDE

— Î uma vitória. E um desafio para o produto


— /
— ðmagem sedimentadaÄ alto nível de conhecimento e aceitação.
— Economia de escala (alto lucro)
— Boa distribuição
— &%
— Só dois caminhos:    ou
  .

 | 
   
  
  

 | 

 * 

 &(


|     
 *18 &1&
 

è0   

è1)   *9* : -#  .


è 7   
è 7    
è|#   
è2     
è17
   %4
è1  
è; <
TURðDDE 
 %45555

—    %  com estratégias para garantir posições


conquistadas
— ções que representem #   <
— ções que mantenham o produto atual
— 1   %  
—  o produto   
 (Omo)
— +7   
— odificar     (relógiosÄ automóveis)
— *%   +Ä modificando formas de
comercializaçãoÄ trabalhando preço.
— Busca de   
— ções que busquem  (   %4
DECLÍNðO

— O problema é o segmento ou o produto


— Queda das vendasÄ enfraquecimento da imagem (ou da preferência)
— Queda dos lucros
— uitos concorrentes
— Rejeição do distribuidor ou consumidor

 | 
   
  
  

 | 

 * 

 &(


|     
 &|=0 
 

 !8 |>?8 1!8 5




è' #    5 

è2%  $  7   


è  $ #$ $    
è   
è13     #
 % -      
 .
DECLÍNðO

— Î tardeÄ as ações de correção já deviam ter sido


feitas!!!!
— ðdeal é substituir ou descontinuar o produto
— Nesta fase (se for continuar) é difícilÄ leva tempoÄ
precisa de investimento. Não é vantajoso
— Pacotes promocionais para trade e descontos para o
consumidor
— Sair pode ser mais barato que continuar
10 & *@A