Você está na página 1de 18

| 


 

    
   

   
Danielle Torri
Beatriz Staimbach albino
Alexandre Fernandez Vaz
ï
 

 esporte é tradicionalmente uma atividade


considerável positiva na educação de crianças e
jovens, assim como projetos de inclusão social.
Por ser bastante conhecida e pouco questionada.
Um espaço privilegiado para o esporte são as aulas
de Educação Física, mesmo que sejam elas
muitas vezes uma caricatura do esporte formal,
dadas as condições materiais precárias de nossas
escolas.
 

Apresentar resultados de uma pesquisa que


procurou analisar aspectos de um programa de
Esporte Escolar de uma escola de Santa
Catarina. A prática desse programa substitui a
obrigatoriedade da Educação Física.
! 
   
 
    

 corpo definidor de condutas e de normas,


portador de valores, mensageiro de significados
que provoca, simultaneamente, admiração e
repulsa. Ele é resultado do cruzamento entre
natureza e cultura e, como tal, passa por
processos de incitamento e potencialização para
fins específicos de controle nos ambientes
educacionais.
bservamos, orientados por um roteiro especifico,
duas turmas/equipes de futsal.
! 
   
 
    

A primeira turma observada era da categoria


infantil masculina, na qual treinavam crianças de
12 a 14 anos. Esses treinamento aconteciam à
noite, todos os dias da semana, durante uma
hora e meia. E supervisionado por um professor
ligado ao programa.
 segundo grupo escolhido foi uma turma/equipe
feminina da faixa etária superior à masculina que
participa das atividades esportivas em
substituição às aulas regulares de Educação
Física no Ensino Médio.
! 
   
 
    

 campo investigado foi, como dito, um grande


colégio público da região central de Florianópolis
que dispõe, no que se refere aos espaços
diretamente relacionados às práticas corporais,
diferencia por possuir dois departamentos .

 departamento de Educação Física e o


Departamento de Esporte Escolar. Este tratando
de promover o aprendizado de modalidades
esportivas e o treinamento para competições
federativas oficiais.
! 
   
 
    

Três das categorias foram selecionadas para


condensar vários aspectos resultante de
observação e permitir expressar algo da
produção de conhecimentos estruturados pela
educação.
! 
   
 
    

: Categorias de castigos, punições e sacrifícios

: Formação Humana X Sonho de profissionalização

: ituais como técnicas.


V  
  

Ao observamos as sessões de treinamento do


professor ele conduzia as atividades
determinando pausas e a duração das atividades
ao exigir que seus alunos abandonassem as
brincadeira e dedicassem o máximo àquele
momento.
V  
  
 professor fazia uso de frases de incentivo para
reafirmar o seu treinamento quando fazia
treinamento de condicionamento físico muito
extenuante.
Quando os alunos executavam algo que não era
previsto eram castigados.

Tipos de castigos:
Ficar sem beber água;
epetição de exercícios, como forma de
pagamento.
= 
|
 
 
 

m Papel do profissional na família


m Futebol é um sonho?
m Trabalho sério com Futsal
m Valorizar o lado humano
m ealidade X sonho
m Presença das Mulheres no esporte
m Preconceito quanto a menor habilidade técnica
= 
|
 
 
 

m Padrão de Beleza atual

m Padrão masculino a ser seguido esporte

m Homens X esporte historicamente


femininos
Ò  !"


 trabalho dos dois técnicos pouco se diferenciava


da imagem do futebol de campo profissional. 
treinamento mais forte acontece no esporte para
competição, serve para aumentar e potencializar
o desempenho. Nos treinamentos observados,
não foi diferente.

: Preparação Física
: Padrão de jogo
Ò  !"


A pouca variabilidade dinâmica se constituía de


atividade recorrentes, entretanto continuavam a
repeti:las porque sabia que a recompensa viria
no final.

Alongamentos muscular, procedimentos técnicos e


o chamado coletivo.
Ò  !"


As atividades observadas eram quase sempre


parecidas.  que mudava era o discurso do
professor, dependendo do momento em que o
grupo se encontrava.

Preparação física
Padrão de jogo
Ò  !"


As atividades possuíam, entretanto, um valor


ritualístico, que muitas vezes servia ao professor
para validar seu trabalho frente aos pais e aos
próprios alunos, já que talvez ele soubesse, que
certas atividades seriam desnecessárias.
V
   

corre uma relação entre as atividades rituais que utilizam uma
certa tradição e o caráter científico do treinamento, ambos
vinculados ao mecanismo de controle do corpo. Há uma idéia
de que o corpo na escola, por meio de práticas esportivas tem
grande influência na definição de conduta e de
comportamento.

Por fim, vale destaca a importância da indústria cultural nos


processos de conformação das práticas esportivas no
ambiente estudado:Normas, expectativas, vocabulário e
práticas estão fortemente referenciadas no esporte:
espetáculo, tal como conhecemos por meio da indústria do
entretenimento que não apenas o divulga, mas desenvolve
como produto largamente consumido até mesmo nas práticas
escolares.
Ò#


Educação e Pesquisa, São Paulo, v.33,p. 499:12,


set/dez. 2007