Você está na página 1de 21

w 



 
aww w
2 Por devemos entender, e muito bem de eletricidade?
2 Hoje os veículos, tem praticamente tudo baseado na
eletro-eletrônico.
2 ABS, ESP, Vidros, Travas, Direção, ....
2 Veículos Híbridos
waw
2 Propriedade que a matéria tem de realizar TRABALHO
2 E o que vem a ser POTENCIA?
TIPOS DE ENERGIA
2 Mecânica, Térmica, Química e Elétrica.
Transformação de Energia
2 Química em elétrica
2 Elétrica em mecânica
2 Mecânica em elétrica
w 
2 De onde vem a eletricidade?
2 A eletricidade é uma forma de energia que faz parte da
constituição da MATERIA. Está presente, portanto em todos
os corpos.
2 Tudo que ocupa um lugar no espaço e nos cerca é chamado de
matéria. Ela se apresenta em porções limitadas que recebem o
nome de corpos. Estes podem ser simples ou compostos.
  w 
u   
2 As moléculas se formam porque, na natureza, todos
os elementos que compõem a matéria tendem a
procurar um equilíbrio elétrico.
2 Os átomos são tão pequenos que, se colocados 100 milhões
deles lada a lado, formarão uma reta de apenas 10 milímetros
de comprimento.
   

w ! 
2 Na eletrosfera os elétrons são distribuídos em camadas
ou níveis energéticos. De acordo com o número de
elétrons, ela pode apresentar de um a sete camadas
denominadas K, L, M, N, O, P e Q.
D     

›  › › 
" 
2 A última camada de um átomo é a mais importante na
área da eletricidade, pois, é onde se encontram os
chamados elétrons livres
2 Os elétrons dessa camada podem deslocar-se de um
átomo para o outro (sempre em relação a última
camada), daí o nome "elétrons livres". Isso ocorre em
função da distância da última camada em relação ao
núcleo. Quanto maior a distância, menor a força de
atração que o núcleo oferece aos elétrons.
å       
2 No seu estado natural, o átomo possui o número de prótons
igual ao número de elétrons. Nessa condição, dizemos que o
átomo está em equilíbrio ou eletricamente neutro.
2 O átomo está em desequilíbrio quando tem o número de
elétrons maior ou menor que o número de prótons. Esse
desequilíbrio é causado sempre por forças externas que
podem ser magnéticas, térmicas ou químicas.
2 A transformação de um átomo ocorre devido a forças
externas ao próprio átomo. Uma vez cessada a causa externa
que originou o íon, a tendência natural do átomo é atingir o
equilíbrio elétrico. Para atingir esse equilíbrio, ele cede os
elétrons que estão em excesso ou recupera os elétrons que
estão em falta.
A
w          
2 Com a condição que um átomo pode perder e receber
elétrons, podemos ter a seguinte condição se tivéssemos
um átomo com três prótons no seu núcleo:

A esse fluxo de elétrons, chamamos de corrente de elétrons


ou corrente elétrica.
w 
2 A quantidade de carga elétrica que um corpo possui, é
determinada pela diferença entre o número de prótons e o
número de elétrons que o corpo contém.
2 O símbolo que representa a quantidade de carga elétrica de
um corpo é £ e sua unidade de medida é o coulomb ( ).
2 ?   
? ? 
2 Em eletricidade de Auto, dificilmente iremos utilizar essa
unidade de medida, e sim o àmpere.
2 Sendo assim temos:
2 ?   ?    

        
2 Como estamos medindo a quantidade de elétrons que passa
por um condutor numa faixa de tempo, dizemos que estamos
medindo a intensidade da corrente elétrica.
wa #$w%w
2 A diferença de potencial se da através de corpos que
TENHAM DIFERENTES CARGAS ELETRICAS.
2 Para que os elétrons possam deslocar-se percorrendo
determinado caminho através de um condutor, é necessário
que exista um estímulo, uma força ou pressão elétrica.
2 A tensão é justamente essa força. Podemos então concluir, que
a tensão elétrica é a força que movimenta os elétrons livres.
$ w"&'w
2 A tensão elétrica é a diferença de potencial entre dois
corpos, (força com que se atrai os elétrons) responsável
pelo descolamento de elétrons de um corpo para o
outro.
2 A corrente elétrica é o movimento dos elétrons
(quantidade de elétrons) de um corpo para o outro e
será mais intensa quanto maior for a tensão elétrica.
2 A tensão elétrica é medida em volts. Devido sua unidade
de medida, é muito comum ouvirmos a expressão
voltagem. No caso da corrente elétrica, também se houve
amperagem. O correto é tensão e corrente.
Ô  
2 Chamamos de resistência elétrica a força que se opõem
ao movimento dos elétrons.
2 Já vimos anteriormente que, para que exista corrente,
através de um condutor, é necessário que haja uma
diferença de potencial (tensão elétrica). Entretanto, toda
corrente está sujeita a uma dificuldade maior ou menor
na movimentação de elétrons.
2 Essa dificuldade (resistência elétrica) podem ser causadas
por diversos fatores, como:
2 A resistência elétrica também é uma grandeza física, ou
seja, pode ser medida. A unidade de medida da
resistência elétrica é o ohm e é simbolizada pela letra
grega l (ômega).
u    
2 Quanto maior o número de elétrons livres que se
encontram no material, menor será a resistência ao fluxo
dos elétrons. O cobre possui uma quantidade muito boa
de elétrons livres, por isso, sua resistência é baixa,
facilitando o fluxo da corrente.
^      
2 Quanto maior for o comprimento do condutor, maior
será sua resistência elétrica.
u
       
2 Material com maior seção "mais grosso" possui resistência
menor que um material de pequena seção "mais fino".
          

2 O condutor quando exposto a uma temperatura elevada,


tem sua resistência elétrica alterada para maior.
Resumindo, quanto maior for a temperatura, maior será a
resistência.
 ()

2 Corrente Elétrica é a quantidade de água.
2 Tensão é a diferença de altura.
2 Resistência é os canos.