Você está na página 1de 15

ASPECTOS

SINTÁTICOS DO
VERBO
PROF. SAULO LOPES
O VERBO NO INFINITO Ser criado, gerar-se, transformar 
O amor em carne e a carne em amor; nascer 
Respirar, e chorar, e adormecer 
E se nutrir para poder chorar 

Para poder nutrir-se; e despertar 


Um dia à luz e ver, ao mundo e ouvir 
E começar a amar e então sorrir 
E então sorrir para poder chorar. 

E crescer, e saber, e ser, e haver 


E perder, e sofrer, e ter horror 
De ser e amar, e se sentir maldito 

E esquecer tudo ao vir um novo amor 


E viver esse amor até morrer 
E ir conjugar o verbo no infinito...

Vinicius de Moraes
Rio de Janeiro, 1962
VERBO SER Que vai ser quando crescer?
Vivem perguntando em redor. Que é ser?
É ter um corpo, um jeito, um nome?
Tenho os três. E sou?
Tenho de mudar quando crescer? Usar outro nome, corpo e jeito?
Ou a gente só principia a ser quando cresce?
É terrível, ser? Dói? É bom? É triste?
Ser; pronunciado tão depressa, e cabe tantas coisas?
Repito: Ser, Ser, Ser. Er. R.
Que vou ser quando crescer?
Sou obrigado a? Posso escolher?
Não dá para entender. Não vou ser.
Vou crescer assim mesmo.
Sem ser Esquecer.

Linda obra, não é?

Carlos Drummond de Andrade


Boitempo II – Menino antigo
Em função da relação que os verbos
estabelecem com outras palavras,
podemos dividi-los de duas maneiras:
verbos de ligação e verbos significativos.

PREDICAÇÃO VERBAL
VERBOS DE LIGAÇÃO
Não possuem conteúdo referencial no sentido estrito do termo, servindo apenas
como ela ou ligação entre o sujeito e o predicado.

Eduardo anda muito cansado.

Dayle é a artilheira do campeonato.

SER; ESTAR; PARECER; FICAR; ANDAR; PERMANECER;


CONTINUAR.

Mônica anda muito depressa.


VERBOS SIGNIFICATIVOS
Expressam uma informação, isto é, basicamente
indicam uma ação. Também são chamados verbos
nocionais. Quanto à transitividade, classificam-se em:

INTRANSITIVOS

Verbos de sentido completo, compõem o predicado sem


necessidade de complemento.

Cheguei.

Rainária só arrasa.
VERBOS SIGNIFICATIVOS
TRANSITIVOS DIRETOS

Verbos de sentido incompleto, que exigem


complemento sem mediação de preposição.

Aécio comprou um lindo guarda-chuva.

Alice adora hibiscos outonais.


VERBOS SIGNIFICATIVOS
TRANSITIVOS INDIRETOS

Verbos de sentido incompleto, que exigem


complemento com mediação de preposição.

Esdras gosta de passear ao pôr-do-sol.

Lívia confia em sua beleza de de Miss.


VERBOS SIGNIFICATIVOS
TRANSITIVOS DIRETOS E INDIRETOS

Verbos de sentido incompleto, que exigem


complemento com mediação de preposição.

Lucas encantou a plateia com sua


negritude.
Yarai devolveu à loja os cãezinhos
agitados.
TUDO É UMA QUESTÃO DE CONTEXTO
A canoa virou rapidamente. (VI)
O motorista virou o carro à direta. (VTD)
Meu chefe virou fera. (VL)
O aluno falou muito bem. (VI)
O aluno falou palavras belas. (VTD)
O aluno falou palavras belas ao professor. (VTDI)
Estávamos muito cansados. (VL)
A mobília estava num dos cômodos da casa. (VI)
Os verbos podem, ainda estabelecer
relações com o seu sujeito sintático.

VOZES VERBAIS
VOZ ATIVA
Quando o processo verbal é visto como ação, atividade
ou estado que, no enunciado, origina-se no sujeito.

Gaby passeia com seu Chowchow no bosque.


VOZ PASSIVA
Quando o sujeito é paciente do processo verbal.
A voz passiva pode ser:

1) analítica: ( V. aux. ser + V. princ. part. pass. );


2) sintética: (V. princ. + partícula apassivadora [-se]).

Laryssa foi beijada pelo crush-sensation.

Beija-se Laryssa.
VOZ REFLEXIVA
Quando o sujeito é, ao mesmo tempo, agente e paciente
do processo verbal.

O casal abraçou-se após o pedido de noivado.


A PICTURE
ALWAYS REINFORCES
THE CONCEPT